Revista GGN

Assine

Mas afinal, quem elegeu esse bando?, por Carlos Motta

Mas afinal, quem elegeu esse bando?

por Carlos Motta

Tem horas em que vejo pensando com os meus botões: mas, afinal, por que existe tanta gente indignada com os deputados, com os senadores, com o governador, com presidente da República, ou mesmo com o prefeito e os vereadores de sua cidade?

Está certo que, descontando as exceções, os parlamentares e os chefes de Executivo do Brasil são, com a maior boa vontade que possamos ter, deploráveis.

Num chute bem dado, é possível dizer que 90% deles são semialfabetizados, defendem seus próprios interesses, não fazem distinção entre o público e o privado, foram eleitos sem respeitar a legislação eleitoral, e usam o cargo como mero balcão de negócios - são corruptos, ou picaretas, como queiram.

Mas, insisto com os meus botões, quem votou nessa súcia, ou seja, quem botou essa corja nas câmaras municipais, assembleias legislativas, Congresso Nacional, governos estaduais ou nas prefeituras?

O povo brasileiro, responde o Grilo Falante, aquela voz interior que existe para nos apoquentar sempre que dúvidas desconfortáveis nos assaltam.

"Eles não são fruto de geração espontânea", me explica o hóspede indesejado.

Daí em diante, o comichão me rói o cérebro e, vítima de enorme desconforto, chego à conclusão que, se esse povo vota nesses desclassificados, eleição após eleição, é porque confia neles, acha que eles merecem representá-lo, está contente com o "trabalho" que fazem - ou então não dá a menor importância a eles ou à sua atuação.

Seja como for, os parlamentares e os chefes de Executivo brasileiros representam o que é o povo deste imenso país - uma nação, afinal, é formada por seus cidadãos, com suas virtudes e defeitos.

A essa altura, meus botões me viram as costas, tampam seus ouvidos, e se recusam a ouvir a minha peroração.

Não querem ser cúmplices, nem mesmo testemunhas, de tamanho sacrilégio.

Afinal, quem sou eu para criticar o povo brasileiro, tão elogiado por poetas, escritores, intelectuais, pessoas de muito mais valor do que este ordinário indivíduo?

E, sem essa audiência, me calo, certo de que, se falei muita bobagem, sempre haverá um Tiririca, um Bolsonaro, um Dória, qualquer um desses ilustres representantes da classe política, para me contrariar com seus notáveis exemplos.

Imagens

Média: 4.6 (11 votos)
23 comentários

Comentários

Espaço Colaborativo de Comentários

Opções de exibição de comentários

Escolha o modo de exibição que você preferir e clique em "Salvar configurações".
imagem de Auxiliadora
Auxiliadora

Cidadania

Retificar comentário: Cidadania não é somente o direito de votar.

Seu voto: Nenhum
imagem de Auxiliadora
Auxiliadora

Cidadania

A cidadania não é somente votar e ser votado, cidadania também é o dever de fiscalizar os eleitos, cobrar as promessas de campanha eleitoral, é obrigação cívica.

É o que chamamos de consciência política e democracia participativa.

O que falar de uma sociedade que vende o seu voto? e diz que esquece em quem votou, e usa o bordão "rouba, mas faz", como bem diz o autor do texto "Mas, insisto com os meus botões, quem votou nessa sucia, ou seja, quem botou essa corja nas câmaras municipais, assembleias legislativas, Congresso Nacional, governos estaduais ou nas prefeituras?

A educação é o pilar da cidadania, entretanto educação sem princípios não dá semente boa.

Aécio, Serra, Anastasia, Alckmin, Blairo Maggi, Cássio Cunha, Jader Barbalho, Ivo Cassol, Marcelo Miranda, Caiado, Perillo, Tasso Jeirissati, etc.

E Carlos Motta conclui "Daí em diante o comichão me rói o cérebro e, vítima de enorme desconforto, chego à conclusão que, se esse povo vota nesses desclassificados, eleição após eleição, e porque confia neles, acha que eles merecem representá-lo, estão contentes com o "trabalho" que fazem - ou então não dá a menor importância a eles ou a sua atuação".

Conclusão: uma parcela da sociedade é corrupta, justificar que o povo não é cúmplice da corrupção porquê dos 513 deputados federais, só 36 são eleitos com votos próprios, é fechar os olhos para a reeleição de prefeito, governador, senador e vereador que estão no poder a mais de três décadas cometendo crimes. Cito Aécio Neves a 30 anos no poder.

Seu voto: Nenhum
imagem de Jus Ad Rem
Jus Ad Rem

.

Infelizmente os políticos são o reflexo da sociedade. Eles são o extrato do povo brasileiro.

Este é um pais de gente que, não aceitando o resultado das eleições, começa a ofender quem votou diferente dele, pede para fazer um muro dividindo o Brasil e, vai às ruas pedir impeachment.

E agora, diante do golpista ladrão governando, o país se cala.

Essa é a sociedade que elegeu esses políticos picaretas.

Seu voto: Nenhum

Cansaço !

Desta gente que até tem certa simpatia  pelo PT, mas não perde a ocasião de dizer que o Lula sempre é o culpado de tudo. Teve um "poder imperial" nas mãos e não soube usá-lo. E esquecem-se de quem passou o governo para o Lula e quem o passou para o Partido da SOCIAL DEMOCRACIA Brasileira, este sim, foi o maior engodo de nossa política. Somente usou o plano Real do pres. Itamar,  privatizou de forma vargonhosa várias empresas, principalmente as teles. Criou as "modernas " agências, onde quem manda realmente são os interessados nelas , e para completar sua grande obra, comprou sua reeleição. Procurei, de lanterna na mão alguma outra coisa que pudesse dizer ter sido obra dele, e nada encontrei (se alguém souber, favor dizer, pois não desejo ser injusta). Introduziu o Real , muito bem . Porém, com todos aplaudindo o grande Presidente. Seus atos jamais foram investigados , mas ele e seus acessores, família, Serra e família, dentre outros, não sairam de mãos vazias.

Se era ele o tão aplaudido presidente, pq não fez nada em benefício do povo ? Nenhuma reforma que o Brasil  precisasse, nada ! Ele sim teria condições para fazê-las já que estava com a "faca e o queijo" nas mãos. O país quebrou 3 vezes e o FMI teve de comparecer, estabelecendo medidas não solicitadas (?). Deixou um país com uma dívida imensa.

E o Lula, que tb é um ser humano, como qualquer um de nós, fez o que achou prioritário no momento "Se o povo se alimentar 3 vezes por dia, já terei cumprido meu objetivo maior" , disse em seu discurso de posse. Mas como agiria para ter seus projetos aprovados no congresso ? E aliou-se ao maior partido que poderia  permitir que isto acontecesse, e com imensa participação nas lutas pela democracia.( Afinal o PSDB tinha se aliado à antiga Arena, atual DEM , que deu o suporte necessário à ditadura ). Sem se alinhar com outro partido, vamos ser realista, nenhum governo consegue nada, dentro do atual modelo eleitoral do país.

Se o Lula se candidatar novamente (o que não desejo para ele), vou aconselhá-lo a adquirir uma varinha de condão .Assim ninguém poderá dizer que ele podia ter feito e não fez.

Ah! vão te catar.....

Seu voto: Nenhum (2 votos)

lenita

imagem de Serjão
Serjão

e como cansa

Quem elegeu essa quadrilha foi o Capital.

Foi a rede esgoto.

Foi a Escola Sem Partido da Ditadura Militar e Midiática.

Sem falar nos gringos, já que dizem estar fora de moda e ultrapassado falar em Império.

A culpa na realidade é de Jesus Cristo, era filho de Deus, do Todo-Poderoso, e não nos levou a todos para o Paraíso junto com ele.

Por falar em Jesus e em Sabedoria Popular, caso houvesse mesmo alguma sabedoria no povo, na massa informe, naquele famoso escrutínio o escolhido não teria sido o outro, o ladrão.

Realmente, uma lástima o Lula não ser mágico, não ter essa varinha; por isso também o culpo.

A culpa é sua, Lula; a culpa é sua, Dilma; a culpa é do Partido dos Trabalhadores.

Uma imensa diferença entre os erros de Lula e Dilma e o malfeito de toda essa cafajestada; não foram por má-fé, foram equívocos (que os santos e os perfeitos fiquem nos altares) de quem tentou fazer algo de concreto por essas miseráveis pessoas e esse desgraçado País.

 

Seu voto: Nenhum
imagem de Eduardo Outro
Eduardo Outro

Duplo cansaço, Lenita. Os

Duplo cansaço, Lenita. Os coxinhas inevitáveis que temos que aguentar dizendo que tudo é culpa de Lula, Dilma e o PT faz parte da cruz. Pior os que se dizem contra os coxinhas mas falam que tudo é culpa de Lula, Dilma e o PT. Uns se escoram em Maquiavel criticando o republicanismo dos atuais governantes parecendo se esquecer que o pensador florentino repousa em Santa Croce há 500 anos. Como se fosse fácil governar hoje com os principios do pensador. Outros parecem não perceber que Dilma foi deposta por um golpe provocado por seus acertos, que foram muitos, não pelos erros, em muito menor quantidade. Será que se fosse possível voltar o tempo sem retirar de nós o conhecimento adquirido no período até hoje, e chegássemos a 2014, esse pessoal votaria no Aécio ? Será que não votaram e as críticas são freudianas, para tentar aplacar a culpa ? Só eles têm a resposta. 

Seu voto: Nenhum
imagem de Paulo Dantas
Paulo Dantas

Um povo que ...

Um povo que não se emenda (orçamentária) ...

Seu voto: Nenhum

Dos 513 deputados na Camara

Dos 513 deputados na Camara do Brasil, só 36 foram eleitos com votos próprios. Para entender essa desproporção segue link: https://brasil.elpais.com/brasil/2016/04/19/politica/1461023531_819960.html

Seu voto: Nenhum (2 votos)
imagem de ze sergio
ze sergio

dos...

A Censura grita, revelando o porquê e onde está este país em pleno 2017.

Seu voto: Nenhum (1 voto)

E PÕE BOBAGEM NISSO, CARLOS MOTTA...

Quem defende o PT, em vez do povo; e não cobra a emancipação política dos brasileiros, que, graças ao PT sao tratados como retardados, não tem moral para criticar nosso povo!

O povo é consciente, e vota com inteligência. Ninguém tem bola de cristal, para adivinhar que um candidato vai nos trair. Culpa teríamos, se tivéssemos direito de convocar o PLEBISCITO DESTITUINTE deles com nossos ABAIXO ASSINADOS, mas não o fizéssemos. E sabe por que não temos esse direito? Pq qdo o Lula teve condições, ele não nos conquistou tais direitos, como fizeram praticamente todos os nossos vizinhos sul-americanos na mesma época.

Aliás, o PT:

a) Vetou a Lei do VOTO IMPRESSO. Ato que RETIRA qualquer autoridade para reclamar dos políticos eleitos, já que o processo eleitoral de 2014 foi feito sem absolutamente nenhuma auditoria.

b) Retirou da lei nosso direito de convocar REFERENDOS, e não o cobra em seus blogs, programas de TV, e carros de som, junto com o do PLEBISCITO DESTITUINTE DE POLÍTICOS, nem agora que o país virou um caos.

c) O PT omitiu-se, apanhou calado, e alimentou a reprovação do povo contra si, como se já fosse combinado sair do governo, ao não convocar a CADEIA NACIONAL DE TVS, para dar satisfação aos eleiotres, e explicar o que era o golpe. Por causa disso, hoje as pessoas estão perdidas, apáticas, e sem ação...

Seu voto: Nenhum

DEMOCRACIA DIRETA
Porque o Brasil é de todos os brasileiros.
https://www.facebook.com/democracia.direta.brasileira/
 

"Cri-cri", diz o grilo

Também sinto-me assim, caro Carlos. Mas acho que a gente precisa se dar uns descontos, aí. Não há como fugir da responsabilidade de termos eleito esse Congresso mas temos que considerar que não o fizemos com consciência e de livre e espontânea vontade. A informação que obtivemos para escolha deste ou daquele parlamentar nos vem através da mídia, representante desse proto-capitalismo que vivemos. Subestimar esse poder, mesmo que para tentarmos manter minimamente o orgulho e a pose de "ninguém me manipula", só nos expõe a mais manipulações. Pode parece paradoxo mas não é: só a humildade nos fortalece; só ela é capaz de mostrar eventuais fraquezas, primeira fase para fortalecermo-nos. Claro que não se trata de diminuirmo-nos frente aos outros. Trata-se, sim, de sermos honestos conosco mesmos.

Fomos nós que elegemos esse bando como somos nós que mantemo-nos vítimas do capital que vem arrasando estados nacionais desde o final da chamada Segunda Guerra mas com especial afinco, desde 2008. Mas também nesse caso somos, a um tempo, vítimas e algozes. Não gostamos da usurpação do estado pela iniciativa privada mas gostamos da iniciativa privada (senão nem a praticaríamos). Não dá para esperar que quem pratica a iniciativa privada contenha-se e evite interferir no estado, esse papel cabe ao que é público. Adianta alguma coisa reclamarmos de algo que nós mesmos fazemos? E pior, continuamos a fazer.

"Cri-cri..."

Só sei que esse negócio de fazer ouvidos moucos ao grilo está levando a gente, além de dissociarmo-nos de nós mesmos, alienarmo-nos de nós mesmos, a ficar realmente surdo.

***

"Eu não sou cachorro, não..."

Seu voto: Nenhum

Menos! (e mais!)

Não há uma relação automática e mecânica entre "vontade popular" e representação política.

No meio do caminho existe uma pedra: a forma institucional do processo eleitoral, com uma gigantesca e bilhonária maquinária de convencer consumistas imbecilizados a votarem em sabão em pó, com um sistema político-partidário onde os mais espertos sempre conseguem vender algum estelionato com jeitinho de bibelô.

Será que ninguém percebe que essa bestial corja política que hoje ocupa as poltronas do governo sempre apostou tudo na máquina, jamais em projetos ou compromissos? e que é essa a lógica intrínseca da política segundo as oligarquias? e que é assim que ela quer que seja e continue sendo?

E aí eu pergunto? E quem foi que, pretendendo-se "transformador", manteve a máquina o mais azeitada possível, se acumpliciou sorridentemente com ela, achando que ela mesma o tinha beatificado? Quem foi que alimentou a lógica cultural do consumismo imbecilizante, esqueceu-se da cidadania e do debate dos direitos, preferindo, em seu lugar, distribuir bonos e cotas? Quem foi que se esqueceu comodamente da política para entregar todo o politicamente pensável à antipolítica?

Quando os aristocratas do pensamento, do alto de suas confortáveis poltronas, procuram bodes expiatórios, o zé povinho é sempre o melhor dos candidatos!

Seu voto: Nenhum (1 voto)

Não é pessoal, caro Ricardo mas...

É o Capital, estúpido.

Seu voto: Nenhum (1 voto)

Também não é pessoal, Renato

Mas há muito mais mediações simbólicas entre o céu e a terra que podem imaginar certas filosofias automatistas e reducionistas.

Seu voto: Nenhum
imagem de Gowalker
Gowalker

Dinheiro

Quem botou essa corja foi o dinheiro.

Seu voto: Nenhum (1 voto)
imagem de CB
CB

Desculpem pela confissão, mas

Desculpem pela confissão, mas não levo mais a menor fé nesta tal de "democracia". Se os rebeldes liderados por Fidel Castro tivessem derrubado Fulgêncio e depois tivessem chamado o povo às urnas, os mesmos pilantras de sempre, com apoio maciço da CIA e da mídia financiada pelos EUA, teriam engabelado o povo e voltariam ao poder pelo voto. Vivo na parte "light" da periferia paulistana, eu conheço de perto a tal "sabedoria" popular. Aqui o psdb sempre ganha, seja para vereador, prefeito, governador, presidente, deputado, senador e qualquer outra coisa que inventarem. Daqui teve gente que vestiu camiseta pirata da cbf e pagou ônibus com bilhete único -implantado pelo PT- pra se misturar com os ricos que tiveram metrô de graça pra participar daquela palhaçada toda na Paulista. Ano passado, o dória ganhou de lavada por aqui. Não tenho pena deste povo e nem acredito numa vírgula desta história de "sabedoria popular", ainda mais quando vejo velhinhas que ficam em pontos de ônibus distribruindo, sem receber nada, panfeltinhos e livretos de igrejinhas de garagem das seitas evangélicas.

Seu voto: Nenhum

O pior de tudo é saber que

O pior de tudo é saber que algo parecido, ou pior, irá ser eleito na eleição de 2018. O descontentamento com a politica, segundo as pesquisas, elegem a direita ...

Seu voto: Nenhum (3 votos)

George Vidipó

imagem de Eduardo Outro
Eduardo Outro

O povo SEMPRE vota certo,

O povo SEMPRE vota certo, Carlos !  Os que votam em Bolsonaro, Doria e Tiririca QUEREM eles como representantes. É fácil entender o porque da preferência: Se Marcola for candidato dá para querer que um membro do PCC vote no Papa Francisco ? Os que são enganados, de boa fé, por serem enganados e de boa fé estão votando certo nos enganadores de má fé, não são culpados. "Ah ! então não tem jeito, seremos sempre vítimas de enganadores de má fé ou fazemos parte desse grupo !". Não!!! Há 2 maneiras de se resolver: 1a.) Politizar e moralizar o povo diminuindo a chance de ser enganado e de votar em benefício próprio. Típica  sugestão  feola,  fácil  de  falar  mas como  executar?            Quantos garrinchas existem?  Quanto tempo leva ? Colocada aqui apenas para ser descartada nem com boa fé dá para  acreditar viável. 2a.) Diminuir para uns 150 o número de deputados federais e para uns 30 o número de senadores (similar para deputados estaduais e vereadores). Permissão para apenas uma reeleição. Além da economia (irrisória em termos de país, mas que daria para uma porção de bolsas-família, onde o pouco não é irrisório) isso deixaria de atrair para a política muitos dos picaretas que hoje a infestam. E mesmo que alguns cheguem lá ficaria muito mais fácil de serem identificados ( mais difícil quando são mais de meio mil),  e barrados já na reeleição. Sugestão feola também ? Talvez, só que vivemos um tempo de descrédito total da política o que pode levar a ter apoio até dos bolsonaros, dorianas e tiriricas. E pressão popular para mudança pode ser jogada dos garrinchas, que para isso há muitos, exemplo claro de um blogueiro de nome Carlos Motta. Não daria para se pensar nisso ao menos como uma idéia germinal ?

Seu voto: Nenhum
imagem de Paulo R Ribeiro
Paulo R Ribeiro

O tempo provou que Pelé

O tempo provou que Pelé estava certo, como bem demonstra o brilhanteartigo de Carlos Motta. Ingênuos, tanto Lula como Dilma acomodaram-se durante o péríodo de bonança e não promoveram as mudanças necessárias no sistema político nacional. A meu ver, a instituição do voto deve romper com o arcaico modelo calcado na proporção unitária entre o cidadão e o voto propriamente dito. Calma la, não estou dizendo que o voto do rico valeria mais que o voto do pobre, como devem tere pensado alguns de forma açodada. O que deveria prevalecer no sistema participativo é o lado coletivo, que deve prevalecer ante o ato solitário de apertar uma tecla qualquer na urna eletrônica. O que Lula e Dilma falharam foi na não inclusão dos sindicatos e entidades da sociedade civil no processo eleitoral. Para não me tornar enfadonho, vou explicar em poucas linhas o que considero o modelo ideal mais democrático para uma sociedade democrática representativa. Nas eleições proporcionais (deputados, vereadores e senadores), os eleitores votariam em listas apresentadas pelos sindicatos, sendo que os sindicatos com maior número de filiados teriam um peso diferenciado na composição da contagem final. Já nas eleições majoritárias, a população elegeria dentro do seu respectivo coletivo o nome que mais lhe convém. Na contagem geral, como os sindicatos terão peso diferenciado conforme a sua força, teremos um vencedor que fosse de fato aquele com mais legitimidade. Mas, infelizmente, devido ao retrocesso do golpe, estamos longe de evoluir a este ponto.

Seu voto: Nenhum
imagem de jossimar
jossimar

"Mas, insisto com os meus

"Mas, insisto com os meus botões, quem votou nessa súcia, ou seja, quem botou essa corja nas câmaras municipais, assembleias legislativas, Congresso Nacional, governos estaduais ou nas prefeituras?"

R.: "O povo brasileiro, responde o Grilo Falante, aquela voz interior que existe para nos apoquentar sempre que dúvidas desconfortáveis nos assaltam."

 

E vai continuar votando nos mesmos. Por isto eu acredito que este negócio de eleição direta já nã vai mudar o quadro em absolutamente nada.

Digamos que o Lula fosse eleito. Como ele conseguiria governar com este bando de facínoras que compõe o congresso? Alguém acredita que estes mesmos cidadãos mudariam da noite para o dia se interessando verdadeiramente em tornar o Brasil um país decente e desenvolvido?

E nas eleições para o parlamento? Alguém acredita que um povo semi analfabeto e desprovido de ideologia que não seja a do próprio bolso(prioridade da dita classe média) elegeria políticos que dessem uma mínima base de sustentação a um hipotético governo Lula?

Acredito que, na política e administração pública, os brasileiros têm aquilo que merecem, ou seja, PORRA NENHUMA.

Seu voto: Nenhum
imagem de J J lopez
J J lopez

O governo Caiu. Falta completar a travessia da ponte

A frase do senador denunciado, aquele mesmo do dinheiro voando na Paraíba deu a declaração acima ontem nos jornais. Seria cômico se não fosse trágico. Cunha Lima tenta agora se descolar de um governo que ele defendeu(e ainda defende) com unhas e dentes e que agora espertamente que o o seu presidente ilegítimo e medíocre fez parte do seviço sujo começa a mandar o recado que ele está caindo. Temer fez parte do remendo da pinguela, o outro remendo Rodrigo Maia já se prepara para completar o serviço . Vergonha! Golpe no golpe.

Seu voto: Nenhum (3 votos)
imagem de ze sergio
ze sergio

o governo....

Parabéns à nossa Elite Esquerdopata. Depois de 40 anos fazendo merda, agora ela descobre que Democracia é "do povo, pelo povo, para o povo". e não os dignissimos "Representantes do Povo", eleitos ditatorialmente e obrigatoriamente numa fraude democrática imposta por uma farsante Constituição Cidadã. Depois de 4 décadas em que socialistas, (re)democratas, combatentes contra uma tal elite e seu capitalismo transformam o país nesta tragédia que estamos vivendo em pleno 2017, os tais "jênios" querem fazer parecer que a culpa é de figuras que somente agora surgem, em menos de 2 ou 3 anos, como Dória, Bolsonaro, Tiririca ou o que poderá surgir de urnas, que daqui para a frente devem ser livres, facultativas e de baixissimo custo. Ate porque nossa "ultrasupermegapower" urna eletrônica até agora só pariu rato. Você que correu atrás do caixão de Tancredo, aquele que deixou o tal "Neto Nasal Ágil"", que chorou a morte de Arraes, que deixou o tal "Neto Jatinho Desgovernado Caixa2", ou a morte de Covas, que deixou o tal "Neto Entrou na estrada pague pedágio", que foi na Sé pedir Diretas ( mas no 1,o dos golpes, fizeram acordo com os Militares e elegeram Sarney), que aplaudiu a ConstituiçãoEscárnioCaricaturaCidadã nas mãos do farsante Ulisses, que votou na República da USP, do PrincipeRainha da Inglaterra FHC, no Sindicalista e na GuerrilheiraTerrorista e todos seus satélites, esperando por Democracia e Melhores Condições Sociais, e tem esta tragédia fantasiada de país, representada por Pedrinhas, Alcaçuz ou PCC, um tal "Partidão" que nossa esquerdopatia reinventou semelhante ao Comando Vermelho do Presídios cariocas dos anos 50, nossa Elite quer dizer que a culpa é sua. E está coberta de razão. É somente sua. Por ter acreditado em mentiras e medíocres. O resultado esta aí. Durma com esta verdade. Mas durma com as portas bem trancadas. O Brasil se explica.       

Seu voto: Nenhum

So rindo para nao chorar

So rindo para nao chorar viu

O Brasil nas maos do PFL sucedâneo do PDS e ARENA: é isso o que significa Rodrigo Maia entronizado pelos donos do golpe, se bem que, em termos de ilegitimidade e fortalecimento da maquina da corrupcao e destruicao dos nossos direitos, tanto faz Temer como Rodrigo Maia ou outro laranja da Globo que se apresente: o que interessa aos donos do golpe ? a manutençao do regime golpista a serviço do mercado e acesso ao povo transformado em Senzala.

Ja que o filme A Lei é Para Todos Menos Para Tucanos ja foi produzido, os donos do golpe enterraram a Lava Jato quando a PF bateu lhes à porta…so falta o grand finale sonhado pela Globo, a prisao de Lula Voz do Brasil Voz do Povo. ? o que ocorrerá com demais lideres de esquerda no Cone Sul onde, nas palavras do jurista Zafaronni, estudioso do lawfare, ocorre a Operaçao Condor Judicial.

Sem grana a PF fica em casa como nos velhos tempis de FHC e com salarios sendo corroidos e sem reposicao…e no que deu a Senzala achar que tinha livre acesso a Casa Grande: foram feitos de capitães do mato sem saber.

Esse pais mal sai de um golpe ja cai noutro….nem dá tempo de cuidar dos cadaveres insepultos do ultimo golpe, ja vem outro….e parte da populaçao faz papel de capit?o do mato quando levam ao poder figuras como Doria qual esses carregaram o pato da FIESP que financiou os golpes de 64 e 2016…os 300 anos de regime escravista e seculos de colonialismo, herança contra a qual pairam sobre nossas cabeças como herança maldita a ser superada e essa superaçao não se darå pela politica de conciliaçao de classes, pois a classe dominante, corrupta, avessa ? democracia e golpista, já provou que n?o quer este caminho, aliás, quando a situaçao torna se insuportavel faz de conta que quer a conciliaçao para, logo depois, dar o golpe. Perus denuncia e mostra o que é um golpe, sendo prova viva de um tempo que periga voltar: por isso os ossos do cemitério de Perus correm risco de virar pó antes que novos ossos, agora os do golpe de 2016, brotem.

Seu voto: Nenhum (1 voto)

 

...spin

 

 

Uma democracia deturpada

É claro que quem colocou essa corja lá foi o povo, mas daí colocar a responsabilidade no povo sem analsar como se realizam as eleições no país, ou os vícios que temos no processo eleitoral brasleiro, é enganoso.

Primeiro, quem se candidata hoje, além de ter uma certa projeção depende do poder financeiro. Para se eleger é preciso dinheiro e muito dinheiro, quanto mais o sujeito aparecr na mídia, em eventos, se tornar uma celebridade mais chance tem de ser eleger e para isso é preciso grana.

Somos um povo avesso a política, avesso ao debate, compramos as fórmulas prontas da mídia que massifica com informações e análises que tem por objetivo apenas apoiar os seus interesses.

A classe média tem  ranço do conservadorismo, cultivado diariamente pela mídia, nas questões políticas fica claro suas posições preconceituosas, religiosas e extrememante "anti-comunista", são contra qualquer tipo de avanço social que privilegie os mais pobres. Essa classe se enxerga come mortadela e arrota caviar. Votam naqueles que mais explicitam esse conservadorismo.

Veja, por exemplo, a maioria dos evengélicos, votam em pastores como Feliciano, e etc., porque são os mais próximos a sua realidade de pensamento, independente da índole do candidato, ou seja, não analisam se ele realmente prega as virtudes do evangelho, e nisso o poder econômico, vendendo uma falsa imagem tem poder decisivo.

O povo brasleiro está alijado da democracia, o que temos hoje são guetos que colocam seus representantes para defender seus interesses setoriais, bancada da bola, do boi, da bala...

A democracia não chega nas periferias do Brasil, não chega na zonas rurais mais pobres, o povo na verdade nunca participou do processo eleitoral e político do Brasil

Seu voto: Nenhum (1 voto)

"Recria tua vida, sempre, sempre. Remove pedras e plantas roseiras e faz doces. Recomeça. Faz da tua vida mesquinha um poema e viverás no coração dos jovens e na memória das gerações que hão de vir". Cora Coralina

Foi a Ditadura...

Caro João, eu sempre penso, por minha conta e risco -risos!, que um país que atravessa 21 anos de ditadura, sofre sequelas. Claro que podemos considerar que foi-se a maldita em 1985, mas tanto naquela época como agora me interesso pelo que vai na política, afinal aprendi com o saudoso "O Pasquim".

É espantoso, como os "bordões" dos anos 70 ainda repercutem hoje: 

"política é uma coisa suja", "não adianta, todos são ladrões", "o mundo sempre foi assim e será".

Tenho o hábito de puxar assunto nas ruas, com o povão mesmo...Acho que tenho essa facilidade, pois abordo de forma amiga e fico sondando.

É no ônibus, na fila do supermercado, no Banco...

Somos sequelados, no meu entender. Em 21 anos pelo menos duas gerações, pais e filhos, aprenderam, a correr das ações e posicionamentos coletivos. Muitos, diria a maioria, ainda vê greves como sinônimo de balbúrdia, sindicalismo como coisa desagradável, e reinvidicação de direitos como "criar confusão".

Gostaria mesmo de ver um dia um estudo feito por alguém com competência, um historiador, sociólogo, sobre este tipo de sequela, porque por enqunto é só um achismo meu.

Seu voto: Nenhum

"Penso, logo existo"

imagem de MThereza
MThereza

isso mesmo. sem contar que

isso mesmo. sem contar que nem sempre o mais votado é quem assume. 

Seu voto: Nenhum (1 voto)
imagem de carlos alberto rodrigues de carvalho filhorsc
carlos alberto rodrigues de carvalho filhorsc

O povo

 O povo não sabe votar porque quando chega em casa do trabalho ou vai pro boteco ou vai assistir Jornal Nacional e novela, ele não quer estudar historia ou qualquer coisa que o valha, o jovem não se informa, ele prefere os youtubers com informação inutil, ou musica barulhenta, então não fica sabendo votar, vai no embalo dos outros( os outros ) que eu digo é da televisao, basta o que a televisao diz para repetir o causo e atitudes.A televisao diz: o Lula é ladrao, mesmo que não encontraram nenhum centavo roubado em sua conta, ai os midiotas repetem o Lula é ladrao e como reverter isso: não sei, as pessoas agem sem se darem conta que estão erradas, o que esta ajudando são os adversários, são tão corruptos e sem vergonha que estão clareando a mente do povo.

Seu voto: Nenhum (1 voto)
imagem de José Ricardo Romero
José Ricardo Romero

Arre que surge alguém como

Arre que surge alguém como este Carlos Mota com discernimento. Tem total razão. Os eleitores brasileiros colocaram estes políticos idiotas no congresso, assembléias, e no poder executivo quase como um todo. É preciso lembrar que um fator do mais alto peso influenciou de forma determinante esta situação: as religiões evangélicas. Todos sabem a conexão bispos, políticos, empresários e os fiéis que votam em quem os bispos pedirem para votar. E o que é pior: a correa de transmição aumentou muito ultimamente. Se alguém pensa que, na remota hipótese de haver eleições dignas deste nome em 2018 o congresso será de melhor qualidade, pode esquecer. Será muito pior.

Seu voto: Nenhum (1 voto)

Comentar

O conteúdo deste campo é privado e não será exibido ao público.
CAPTCHA
Esta questão é para testar se você é um visitante humano e impedir submissões automatizadas por spam.