Revista GGN

Assine

O Mundo Bizarro vai engolindo o Brasil, por Carlos Motta

​O Mundo Bizarro vai engolindo o Brasil

por Carlos Motta

Li muito gibi quando era moleque.

O primeiro deles foi o Pato Donald, que meu pai, o saudoso capitão Accioly, comprava toda semana, religiosamente. 

Tenho até hoje, guardados, vários exemplares da revistinha, e também do Zé Carioca, lançado algum tempo depois do Pato.

Com mais idade, descobri outros gibis, de faroeste e super-heróis.

Enchi uma Cesta de Natal Amaral - alguém se lembra dela? - com as revistas, que depois de reler várias vezes, trocava por outras com os amigos de então.

Suportava as missas dominicais das 11 horas, na Catedral Nossa Senhora do Desterro, em Jundiaí, interior paulista, para as quais ia levado por minha mãe, porque sabia que depois seria recompensado pela visita às quatro bancas de revistas, ao lado da igreja, que exibiam as maravilhas do mundo de fantasia que toda criança frequenta.

Foi nas páginas do Super-Homem que conheci um desses universos surpreendentes. 

Não, não foi Krypton, a terra natal do herói, mas sim o extraordinário Mundo Bizarro, um planeta simetricamente oposto à Terra, até mesmo no comportamento de seus habitantes.

O Super-Homem de lá era um vilão de meter medo, e Lex Luthor, pasmem, era bonzinho!

Os anos se passaram, e, com a triste realidade de nosso dia a dia, o Mundo Bizarro se apagou de minha memória - assim como toda a fantasia do universo dos super-heróis, xerifes, detetives, patos e ratos falantes.

E tudo corria no ritmo dos homens ordinários, até que, para minha surpresa, descubro que o Mundo Bizarro existe, sim, não é apenas uma criação dos estúdios da DC Comics - ele está aqui, no Brasil, camuflado em praticamente todas as suas cidades.

Qualquer um de nós, com um pouco de atenção, é capaz de descobrir os "bizarros".

Eles geralmente se vestem bem, usam roupas de grifes caras, ternos bem cortados, se locomovem em carrões, principalmente SUVs com vidros escuros, raramente se misturam com os terráqueos, e ocupam altos cargos, seja na administração pública, seja na chamada iniciativa privada.

Têm, também, a característica de dizer uma coisa e fazer outra. 

Aparentemente, estão do lado da lei, são caridosos, religiosos, têm a fala suave - são, em resumo, homens de bem.

Dissimulados, enganam muita gente.

Volta e meia, porém, alguns deles são apanhados fazendo as suas maldades. 

Alguns são punidos, mas a maioria se livra de qualquer pena.

É que no Brasil de verdade, esse imenso país de tantas e tão profundas injustiças, o maior poder de um super-herói não é voar, nem ficar invisível ou ter uma força sobre-humana para combater o crime - é simplesmente ser capaz de sobreviver.

O Mundo Bizarro cresce, se espalha e vai tomando conta do Brasil.

Imagens

Média: 5 (8 votos)
2 comentários

Comentários

Espaço Colaborativo de Comentários

Opções de exibição de comentários

Escolha o modo de exibição que você preferir e clique em "Salvar configurações".
imagem de ze sergio
ze sergio

o mundo...

Esquerdopata contra a Igreja Católica. Obra da doutrinação marxista em algum curso de Sociologia? Que novidade da nossa Elite Tupiniquim?! Elite que não é Elite. Esquerda que não é Esquerda. Os séculos passam, o discurso básico continua o mesmo. Antes da 2.a Guerra. Depois. O Planeta imutável de tal ideologia cabe sempre para nossos intelectuais. Elite que não é Elite. Esquerda que não é Esquerda. Passados 40 anos de (re)democratização, 30 anos de ConstituiçãoEscárnioCaricaturaCidadã, Ditadura travestida de Democracia em eleições obrigatórias (por que nossa elite querem assim. Afinal o povo brasileiro precisava aprender. Segundo eles, é claro), então agora quase meio século depois, o novo "monstro" a ser combatido é a Justiça. Justiça, Poder Judiciário, Procuradores, Promotores e Juízes que seguem a "Bíblia" que esta Esquerda escreveu. Pelos Apostolos que esta Esquerda indicou e empossou. É Surreal as explicações e desculpas de Extremistas e Fundamentalistas que foram doutrinados a crer que D. Sebastião retornou na forma de um Sindicalista. Até mesmo depois desta Justiça levar para a acadeia bandidos como José Dirceu, Genoino, João Paulo Cunha e outros. E levará Azeredo, Aécio, ...e boa parte da Esquerda emplumada, ainda creem que é a Justiça que está errada. E não este país que perdeu novamente quase meio século em estórias fantasiosas. Os gibis explicam muito.        

Seu voto: Nenhum

O Bizarro existe há milênios

Pode parecer que as coisas estão piorando, mas isto são só ciclos. Há milênios existiam os " bizarros " numa época em que imperadores jogavam cristãos para as feras, e a elite daqueles tempos se divertia e dava vazão a sua perversidade sem limites. 


As coisas melhoram, pioram, são só ciclos.

A diferença entre o " bizarro " pobre e o " bizarro " rico, é que o pobre pouco pode fazer de mal, mas o " bizarro " rico consegue potencializar a sua maldade graças ao poder e ao dinheiro que tem em mãos.

Seu voto: Nenhum (3 votos)

Ze Guimarães

Concordo.  Todavia o fenômeno

Concordo. 

Todavia o fenômeno não é recente.

Há exatamente um ano fiz referência ao mesmo usando um episódio de Star Treck:

http://jornalggn.com.br/blog/fabio-de-oliveira-ribeiro/star-trek-e-o-uni...

E como você sugere as coisas estão piorando. 

Seu voto: Nenhum (4 votos)

Comentar

O conteúdo deste campo é privado e não será exibido ao público.
CAPTCHA
Esta questão é para testar se você é um visitante humano e impedir submissões automatizadas por spam.