Revista GGN

Assine

Lula será candidato à presidente nas eleições de 2018. Se eleições houver!

Lula será candidato a presidente nas eleições de 2018. Se eleições houver!
Que bom!
Porém, em vez de ficar plenamente satisfeito, fico apreensivo. Nada a ver com medo. É dó!
Dó do Lula, de sua família, de seus amigos e de nós, que acreditamos num país democrático, justo e igualitário.
Ele, sem dúvida alguma, é o favorito.
A quadrilha dos golpistas sabem deste favoritismo. E tanto sabem que em editorial de domingo último o estadão perguntou “se essa gente (que vota no Lula) não aprende” , antevendo a vitória do ex-sindicalista.
Ou seja, neste exato momento a máquina de destruição de reputações está sendo azeitada.
Vejamos, antes das eleições.
O serviçal Sérgio “Banestado” Moro tem como missão “lavajatense” inviabilizar a candidatura do mesmo. Acusando-o do que quer que seja, mesmo sem prova.
Falhando, o empregado da casa grande será posto no gelo. Ou no esgoto, se preferirem.
Aí a mídia, sabidamente golpista, cairá com todas as armas na pessoa do ex-presidente. A Globo colocará toda sua staff a trabalhar na desconstrução da imagem do Lula.
O STF, o legislativo, o judiciário, o MPF e os delegados da PF irão bater, bater, bater até não poder mais!
Os torturadores de priscas eras se sentirão amadores diante de tanta crueldade.
O Estado colocará seu poder absoluto e exclusivo do uso da violência contra apenas um homem. Seu inimigo. Único inimigo.
E tome porrada! Será um massacre jamais visto!
Haverá mentiras, factoides, manipulações, armações. Aparecerão personagens jamais visto dispostos a caluniar e vilipendiar o ex-metalúrgico.
Lula aguentará? Temo que sim! E os outros? Temo que não!
Nós, que também o apoiamos, sofreremos com essa campanha de desgaste. Seremos ameaçados fisicamente. Seremos xingados, discriminados, excluídos e até demitidos.
E nos angustiaremos mais ainda sabendo que tudo isto poderia ter sido evitado, se Lula e Dilma tivessem a coragem e a iniciativa de democratizar os meios de comunicações, exterminando com o poder da Globo.
O trucidamento será em nome do quê? De um projeto democrático, social, econômico e político? Interessante!
Agora, caso não fale, em alto e em bom som, que irá democratizar a mídia tudo que disser serão palavras, nada mais que palavras!
Uma observação: creio que entrando na disputa presidencial este assunto (massacre midiático e institucional) já dever ter sido aventado. E muito bem conversado. Então, a decisão de disputar a presidência é de foro íntimo do Lula .
Depois das eleições.
Bem, digamos Lula venceu. E a mídia fracassou.
Porém o fracasso da Globo é tipo uma vitória de Pirro. Ela não deixará de causar estragos na sociedade. A explosão de ódio alcançará picos jamais vistos.
As campanhas de secessão por parte de paulistas, gaúchos, catarinenses, paranaenses se recrudescerão.
Os zumbis, que estão em estado letárgicos, serão chamados pela Globo a se manifestarem novamente.
Quantos pixulecos serão feitos? E o pato da FIESP?
Lula irá governar neste ambiente pré-guerra civil?
Lula é o Lula.
Agora, a probabilidade de termos outro congresso conservador, fundamentalista, homofóbico, misógino, racista e fascista são enormes.
A câmara dos deputados, já com “expertise” em solapar o executivo, boicotará todas as propostas do futuro governo. Pauta bomba, faltando nas sessões, apelando ao STF, seja lá o que for, armas não faltarão!
Ah sim! O STF sozinho fez um estrago legal no governo da presidenta, lembram-se? E sem a presença do Alexandre de Moraes, o novo ministro.
Se recordam o que o moleque Aécio Neves fez? Inconformado com a derrota, a partir do primeiro dia, não deixou Dilma governar. O pulha destruiu a incipiente democracia brasileira.
Então a canalhada virá com a faca entre os dentes.
Aloysio Nunes, agora chanceler do traíra Temer, afirmou que queria ver a Dilma sangrar. Qual a praga que ele jogará em cima do Lula?
Bom, onde passa um boi, passa uma boiada, já diz o velho ditado.
Pra quem deu um impeachment fraudulento, por que não dar outro, certo? Basta inventar o motivo.
Serão anos perversos!
O Brasil não existirá mais como nação. Serão os senhores e os neo-escravos.
E Lula, por tudo que fez em prol da democracia, não merecia este fim que prevejo.
Em compensação, ele terá sempre o povo a seu lado.
A história um dia o resgatará.
É ser pessimista? Sim.
Quando se usa a razão ficamos pessimistas. Mas quando agimos ficamos otimistas.
Então vamos à luta!
STF anule o impeachment! Recoloque a Dilma em seu devido lugar!
Ela, e apenas ela, poderá salvar o que resta da democracia!

Imagens

Sem votos

Comentar

O conteúdo deste campo é privado e não será exibido ao público.
CAPTCHA
Esta questão é para testar se você é um visitante humano e impedir submissões automatizadas por spam.