Revista GGN

Assine

Movimento Nacional pela Anulação do Impeachment fez audiência com ministra Carmem Lúcia, presidente do STF.

Movimento Nacional pela Anulação do Impeachment fez audiência com ministra Cármem Lúcia, presidente do STF.
Aconteceu na manhã de quinta-feira (13), em Brasília, uma audiência de representantes do Movimento Nacional pela Anulação do Impeachment (MNAI) com a Ministra Cármen Lúcia, Presidente do Supremo Tribunal Federal (STF). Durante a audiência foi cobrado celeridade no julgamento dos mandados de segurança que pedem a anulação do golpe de Estado e a recondução de Dilma Rousseff ao seu cargo de Presidenta da República, eleita de forma democrática com mais de 54 milhões de votos.
Os mandados de segurança foram impetrados ainda no ano de 2016, há cerca de 10 meses, pela defesa da Presidenta Dilma e atualmente encontram-se na Procuradoria Geral da República (PGR). No dia 24 de maio foi encaminhada por Dilma uma liminar ao STF pedindo sua recondução imediata ao cargo e o julgamento dos mandados.
Wallace Martins, advogado responsável por um dos Amicus Curiæ que acompanham o andamento dos mandados de segurança, colocou à Cármen Lúcia que, diante da crise política instalada no país, é urgente o posicionamento do STF nesta ação, cujo resultado esperado é a anulação do Impeachment: "Não só o STF como toda sociedade e nossa democracia merecem o julgamento desta ação", afirmou, lembrando à Presidente do STF que também cabe a ela solicitar que os documentos retornem da PGR. Fernanda Pieruzzi, militante petista do MNAI, afirmou que não há mais o que esperar. "Como guardião da Constituição e portanto, da Democracia, o STF nos deve essa resposta”.
Ainda durante a audiência, Antônio Carlos, da Executiva Nacional do Partido da Causa Operária (PCO) e representante político desse Amicus Curiæ, também esteve presente e pontuou que a Presidente do STF recebeu o movimento como parte de uma pressão popular de comitês espalhados por todo o país, que lutam exigindo a anulação do golpe. Valdson Silva, representante de Brasília do MNAI, lembrou Cármen Lúcia que, nas ruas e nas redes sociais, a população quer a anulação do golpe: "Ao mesmo tempo que a população apoia a volta de Dilma, o Brasil está desacreditado sobre um posicionamento do STF, motivo pelo qual a urgência do julgamento desses mandados é necessária." Uma carta do MNAI dirigida à Cármen Lúcia foi entregue pelos integrantes em mãos à Presidente do STF. Ao final, a Assessoria de imprensa do STF entrevistou o advogado Wallace Martins, que comunicou o posicionamento da Presidente do STF em encaminhar a processo.
O MNAI considera que a audiência no STF, com a Ministra Cármen Lúcia, Presidente do Supremo, chefe máxima do Judiciário, foi um importante passo para afirmar a responsabilidade do STF no desenlace da crise política e jurídica no país. Para nós, esta audiência somente reforça a necessidade continuação da concreta luta contra o golpe de Estado em curso no país e suas consequências nefastas ao povo brasileiro.
Assinem a Ação Popular pela Anulação do Golpe e integrem-se a esta mobilização que não para de crescer no país!
Link para baixar o arquivo:
https://drive.google.com/…/0B27MauY6p65dMUtwZFBSY3VRVlk/view

Assine e convide mais pessoas a assinar. Envie as folhas preenchidas para a Caixa Postal 19057 Vila Nova Conceição São Paulo/SP CEP 04505-970

Imagens

Sem votos
1 comentário

Comentários

Espaço Colaborativo de Comentários

Opções de exibição de comentários

Escolha o modo de exibição que você preferir e clique em "Salvar configurações".

Tem que combinar com a globo

Se não combinar com a globo, a turba reagirá descontrolada.

Vamos ver se ela será tão boa para promover a paz quanto foi para instilar o ódio.

Seu voto: Nenhum

 

O amor é lindo!

Comentar

O conteúdo deste campo é privado e não será exibido ao público.
CAPTCHA
Esta questão é para testar se você é um visitante humano e impedir submissões automatizadas por spam.