Revista GGN

Assine

Defensoria Pública se opõe a transferência de presos para presídios federais

O BANDO DOS 4 SE MOVIMENTA PARA ATINGIR DIRCEU e DELÚBIO SOARES….Apesar de terem sido julgados por crime que não cometeram, os presos não se refugiaram em nenhuma embaixada, pelo contrário, se entregaram a esse Judiciário torpe que, baseado em fofocas da Veja, quer mandar os presos para presídios de segurança máxima que, na prática, é o que são os presídios federais. Quanto a estas falsas a acusações, o que quer o quarteto imprensa(cabeça)- Barbosa- VEP juiz de merda Bruno Ribeiro e uma tal de “força-tarefa” formada por 6 procuradoras malas do MP-DF? Está claro que querem é dar um jeito de enquadrar os petistas como portadores de mau comportamento e assim evitar que eles sejam beneficiados pela soltura no tempo minimo do cumprimento da pena, beneficio que é concedido a quem tem bom comportamento na prisão, como reza o nosso ordenamento jurídico. Além desta instenção, há também, por parte da imprensa, a intenção de vingar-se contra um desafeto políticos que, como temos visto, estão sendo vítimas de humilhação e tortura de forma a anulá-los enquanto cidadãos, quiçá fisicamente. Estamos diante de uma ditadura midiática. Sobre o perfil de algumas promotoras que já ocuparam o MP-DF, assista ao vídeo abaixo e saiba o pouco sobre as "profissionais" que na tal tarefa constituída por Barbosa para perseguir petistas mediante o joguinho sujo MP-DF e VEP e, do outro lado, imprensa e Joaquim Barbosa

 

DEFENSORIA: TRANSFERÊNCIA DE PRESOS CONTRARIA LEIAgencia Brasil/Marcello Casal jr: Brasília - O avião da Polícia Federal que trouxe nove condenados na Ação Penal 470 que se apresentaram em São Paulo e em Belo Horizonte pousou hoje (16) no Aeroporto de Brasília, às 17h45. Eles deverão ser levados à Superintendência da Polícia Federal (PF

 

Segundo parecer, presídios federais são para detentos em regime fechado, não em regime semiaberto, como é o caso da condenação do ex-ministro José Dirceu pelo STF; posição contraria pedido do Ministério Público do Distrito Federal por causa de supostas regalias concedidas na Papuda aos condenados na AP 470

 

19 DE MARÇO DE 2014 ÀS 07:44

 

247 – Em parecer contrário ao Ministério Público do Distrito Federal, a Defensoria Pública do DF se manifestou contra a transferência dos presos da AP 470 para presídios federais, segundo a qual julga ser contrária à Lei de Execução Penal.

Em documento enviado na semana passada à Vara de Execuções Penais, o MP reiterou o pedido para transferência dos presos. Segundo promotores, a administração do Distrito Federal, que está nas mãos do governador Agnelo Queiroz (PT), não teria respondido de forma satisfatória a perguntas sobre o suposto tratamento diferenciado concedido a presos do esquema do chamado “mensalão”.

A Defensoria alega, no entanto, que presídios federais são para detentos em regime fechado, não em regime semiaberto, como é o caso dos condenados na AP 470, como é o caso do ex-ministro José Dirceu e de Delúbio Soares.

A decisão sobre o caso está nas mãos do juiz Bruno Ribeiro, que deverá encaminhar parecer ao Supremo Tribunal Federal.

O magistrado tem sido o braço-direito de Joaquim Barbosa na perseguição a Dirceu. Filho de um ex-dirigente tucano em Brasília, ele adiou, sem informar o motivo, o depoimento que o ex-ministro daria sobre o caso em que é acusado de ter usado celular de dentro da Penitenciária da Papuda, marcado para o final de fevereiro. O episódio – já negado até mesmo pela sindicância interna do presídio – tem prolongado a resposta sobre seu pedido de trabalho externo. Enquanto isso, Dirceu permanece ilegalmente preso em regime fechado.

 

Sem votos

Comentar

O conteúdo deste campo é privado e não será exibido ao público.
CAPTCHA
Esta questão é para testar se você é um visitante humano e impedir submissões automatizadas por spam.