Revista GGN

Assine

FHC vs Lula/Dilma, um quadro comparativo

Não é verdade que o PT quebrou o Brasil, muito pelo contrário, o que tivemos foi desenvolvimento e inclusão social, claro, até o dia em que a classe dominante optou pelo golpe de Estado:

O BRASIL REAL - DE 2002 A 2013
Por Luiz Alberto de Vianna Moniz Bandeira. Fonte: Pátria Latina


1. Produto Interno Bruto:
2002 – R$ 1,48 trilhões
2013 – R$ 4,84 trilhões

2. PIB per capita:
2002 – R$ 7,6 mil
2013 – R$ 24,1 mil

3. Dívida líquida do setor público:
2002 – 60% do PIB
2013 – 34% do PIB

4. Lucro do BNDES:
2002 – R$ 550 milhões
2013 – R$ 8,15 bilhões

5. Lucro do Banco do Brasil:
2002 – R$ 2 bilhões
2013 – R$ 15,8 bilhões

6. Lucro da Caixa Econômica Federal:
2002 – R$ 1,1 bilhões
2013 – R$ 6,7 bilhões

7. Produção de veículos:
2002 – 1,8 milhões
2013 – 3,7 milhões

8. Safra Agrícola:
2002 – 97 milhões de toneladas
2013 – 188 milhões de toneladas

9. Investimento Estrangeiro Direto:
2002 – 16,6 bilhões de dólares
2013 – 64 bilhões de dólares

10. Reservas Internacionais:
2002 – 37 bilhões de dólares
2013 – 375,8 bilhões de dólares

11. Índice Bovespa:
2002 – 11.268 pontos
2013 – 51.507 pontos

12. Empregos Gerados:
Governo FHC – 627 mil/ano
Governos Lula e Dilma – 1,79 milhões/ano

13. Taxa de Desemprego:
2002 – 12,2%
2013 – 5,4%

14. Valor de Mercado da Petrobras:
2002 – R$ 15,5 bilhões
2014 – R$ 104,9 bilhões

15. Lucro médio da Petrobras:
Governo FHC – R$ 4,2 bilhões/ano
Governos Lula e Dilma – R$ 25,6 bilhões/ano

16. Falências Requeridas em Média/ano:
Governo FHC – 25.587
Governos Lula e Dilma – 5.795

17. Salário Mínimo:
2002 – R$ 200 (1,42 cestas básicas)
2014 – R$ 724 (2,24 cestas básicas)

18. Dívida Externa em Relação às Reservas:
2002 – 557%
2014 – 81%

19. Posição entre as Economias do Mundo:
2002 - 13ª
2014 - 7ª

20. PROUNI – 1,2 milhões de bolsas

21. Salário Mínimo Convertido em Dólares:
2002 – 86,21
2014 – 305,00

22. Passagens Aéreas Vendidas:
2002 – 33 milhões
2013 – 100 milhões

23. Exportações:
2002 – 60,3 bilhões de dólares
2013 – 242 bilhões de dólares

24. Inflação Anual Média:
Governo FHC – 9,1%
Governos Lula e Dilma – 5,8%

25. PRONATEC – 6 Milhões de pessoas

26. Taxa Selic:
2002 – 18,9%
2012 – 8,5%

27. FIES – 1,3 milhões de pessoas com financiamento universitário

28. Minha Casa Minha Vida – 1,5 milhões de famílias beneficiadas

29. Luz Para Todos – 9,5 milhões de pessoas beneficiadas

30. Capacidade Energética:
2001 - 74.800 MW
2013 - 122.900 MW

31. Criação de 6.427 creches

32. Ciência Sem Fronteiras – 100 mil beneficiados

33. Mais Médicos (Aproximadamente 14 mil novos profissionais): 50 milhões de beneficiados

34. Brasil Sem Miséria – Retirou 22 milhões da extrema pobreza

35. Criação de Universidades Federais:
Governos Lula e Dilma - 18
Governo FHC - zero

36. Criação de Escolas Técnicas:
Governos Lula e Dilma - 214
Governo FHC - 11
De 1500 até 1994 - 140

37. Desigualdade Social:
Governo FHC - Queda de 2,2%
Governo PT - Queda de 11,4%

38. Produtividade:
Governo FHC - Aumento de 0,3%
Governos Lula e Dilma - Aumento de 13,2%

39. Taxa de Pobreza:
2002 - 34%
2012 - 15%

40. Taxa de Extrema Pobreza:
2003 - 15%
2012 - 5,2%

41. Índice de Desenvolvimento Humano:
2000 - 0,669
2005 - 0,699
2012 - 0,730

42. Mortalidade Infantil:
2002 - 25,3 em 1000 nascidos vivos
2012 - 12,9 em 1000 nascidos vivos

43. Gastos Públicos em Saúde:
2002 - R$ 28 bilhões
2013 - R$ 106 bilhões

44. Gastos Públicos em Educação:
2002 - R$ 17 bilhões
2013 - R$ 94 bilhões

45. Estudantes no Ensino Superior:
2003 - 583.800
2012 - 1.087.400

46. Risco Brasil (IPEA):
2002 - 1.446
2013 - 224

47. Operações da Polícia Federal:
Governo FHC - 48
Governo PT - 1.273 (15 mil presos)

48. Varas da Justiça Federal:
2003 - 100
2010 - 513

49. 38 milhões de pessoas ascenderam à Nova Classe Média (Classe C)

50. 42 milhões de pessoas saíram da miséria

FONTES:
47/48 - http://www.dpf.gov.br/agencia/estatisticas
39/40 - http://www.washingtonpost.com
42 - OMS, Unicef, Banco Mundial e ONU
37 - índice de GINI: www.ipeadata.gov.br
45 - Ministério da Educação
13 - IBGE
26 - Banco Mundial
 

Atualização - 12/2/2017 -  Golpistas receberam um pais com numermos equilibrados http://jornalggn.com.br/blog/jose-carlos-lima/infograficos-demonstram-que-os-golpistas-tomaram-de-assalto-um-pais-equilibrado-economicamente 

Média: 4.3 (30 votos)
96 comentários

Comentários

Espaço Colaborativo de Comentários

Opções de exibição de comentários

Escolha o modo de exibição que você preferir e clique em "Salvar configurações".
imagem de Marcio Orsi
Marcio Orsi

Dados mágicos

Criou universidades? Criou, inclusive a minha que tem 100 anos, porém como Lula mudou de CEFET para UTFPR, logo ele criou uma universidade.

Pobreza caiu? Claro, passamos a ter uma linha de miséria de 70 reais e uma classe média de 350 a 100 reais! Sério isso?

PIB subiu, obvio... até o PIB da afríca subiu!

Claro que produz mais energia, tem mais demanada, logo produz mais energia. Ou você acha que com a era digital e com a população maior necessita de menos energia.

FIES? Maior programa de privatização de universidade que já vi! Milhões de uniesquinas e diplomas que me dão vergonha! 

Cotas? Bom, pra que melhorar o ensino básico, vamos facilitar a entrada na universidade!

Minha casa minha vida, gosto desse programa! Nada contra.

Financiamento de carro? Quanto as industrias estão pagando por isso?

.........................e mais n motivos para essa baboseira de comparações! É obrigação de um país em desenvolvimento ter números mais altos com passar dos anos, isso aconteceu na maioria dos governos!

Agora criar uma falsa economia por base empréstimos, uma falsa classe média com salários abaixo de mil reais, uma falsa classe universitária que não sabe o que é números primos, uma falsa taxa de números de analfabetos........para mim isso é iludir o povo com falsos dados para se manter no poder!

Seu voto: Nenhum
imagem de Alex Alex
Alex Alex

Verdade!

A verdade dói! contra numeros , não tem argumentos! Volta pra jaula macaco!!!!

Seu voto: Nenhum (1 voto)
imagem de Brasileiro Honesto e Digno
Brasileiro Honesto e Digno

O Maior ato de Corrupção Acontece na noite de Véspera de Eleição

Concordo em tese com as ambas afirmações mas deixo um adendo, esse atual governo, que usa de artimanhas para se manter no poder, que tenta frear importantes ações da policia federal, que tem um presidente da república em pleno exercicio da sua função envolvido em crimes ainda piores que sua antecessora é demais para o País.

Lembrem-se senhores, o maior ato de corrupção acorre justamente na noite que antecede as eleições, quando os "Endinheirados" por essa podridão advinda a politica suja, invade os becos e baixadas do nosso querido Brasil, comprando os mais necessitados, costumo dizer sempre que a Corrupção so Existe de houver o Corrupto, o Brasil so irá sair dessa lama com o voto consciente, e não adianta esperar no futuro politicos melhores, temos sim que ter melhores eleitores... 

A Democracia se fortalece com o exercício do voto!

Seu voto: Nenhum
imagem de Du Pereira
Du Pereira

Tá certo o governo do PT foi

Tá certo o governo do PT foi maravilhoso e FHC não fez nada... ainda ficam dizendo que os demais vivem no céu... pena que a realidade reflete algo completamente difenrente dos números. Não vou nem citar a corrupção instrínsica do governo do PT e a ideologia duvidosa que o partido segue. Independente de FHC ter criado ou não o plano Real teve peito para fazer e isso ninguém pode dizer o contrário não sou defensor de nenhum partido acho que político que rouba tem que ir para cadeia... Lula não fez se quer uma reforma necessário para o futuro do Brasil apenas medidas populistas inconsequentes para ganhar votos e se perpetuar seu legado será um país quebrado e com povo dividido pois acha que o bem estar momentânio está ligado a uma figura despreparada como ele. 

Seu voto: Nenhum
imagem de JotaErre Morais
JotaErre Morais

É uma pena ter que ler

É uma pena ter que ler informações de alguém que em meio a tantos escândalos de corrupção, se presta a defender seus agressores. Com certeza deve ser alguém sozinho, egoísta ou muito ingênuo; que não se importa com o sofrimento dos brasileiros de bem, bem como o de seus familiares e amigos. O que nosso imenso país precisa meu senhor, é de uma lavagem rigorosa, diferente da que fizeram em sua cabeça.

Seu voto: Nenhum (6 votos)
imagem de Wilker
Wilker

Somente uma informação

Somente uma informação pessoal. O Plano Real não foi criado pelo FHC. Nossa inflação já era pesquisada por economistas da USP a mais de 15 anos. Um desses economistas era o Bresser Pereira, que chegou a ser Ministro da Fazenda. Quando o Plano Real foi exposto, por acaso estávamos no governo FHC. A nossa inflação absurda era uma das mais estudadas pelo mundo, pelo fato de ser única, sui generis, inclusive nomeada de "inflação inercial", pois avançava sem motivos. Então sinto ter de entristecer os defensores do FHC, quando apelam pra única que seria a grande façanha do seu governo.

Seu voto: Nenhum (6 votos)
imagem de Bruno Morgado
Bruno Morgado

Adorei as fontes

Como eu gosto de postagens em que a pessoa coloca as fontes para o site sem no entanto colocar o link correto dos dados.

Outra coisa engraçada que reparei, é que o post foi atualizado em 2017, mas o blogueiro só coloca os dados de 2002 a 2013, como se o goberno do PT só tivesse terminado nesse ano.

No mais seguem os links REAIS dos numeros entre FHC e LULA/DILMA (ATE 2015/2016):

INFLACAO:
http://g1.globo.com/economia/noticia/2016/01/inflacao-oficial-fica-em-10...

DESEMPREGO:
https://economia.uol.com.br/empregos-e-carreiras/noticias/redacao/2016/0...

CORRUPÇÃO:
http://politica.estadao.com.br/blogs/fausto-macedo/rombo-na-petrobras-po...

ABORTO:
http://g1.globo.com/especiais/eleicoes-2010/noticia/2010/10/saiba-como-q...

CRIMINALIDADE:
http://agenciabrasil.ebc.com.br/geral/noticia/2014-07/p-2brasil-viveu-au...

MISERIA:
https://economia.terra.com.br/indice-de-miseria-salta-6-pontos-e-alcanca...

É importante salientar também que alguns dados divulgados até 2014 eram passíveis de maquiagem por Dilma (uma das causas de seu impeachment) e por isso é fácil encontrar mátérias dizendo, por exemplo, que o Brasil cumpriu 100% com as exigencias da ONUI com relação à MIsséria atré 2014.

Veja ainda que coloquei diversas fontes ( e não somente as que me agradavam), de diversos jornais e meio de notícias tradicionalmente sérios.

 

 

Seu voto: Nenhum
imagem de Rogério Bittencourt
Rogério Bittencourt

Acho graça quando alguém cita

Acho graça quando alguém cita os canais globo como referência de alguma coisa.  Qual a credibilidade?    Citar 2015  também  é desconsiderar que não houve governo.  Quem governou foi o Eduardo Cunha, todos sabem disso.  Suas refutações são brincadeiras.

Seu voto: Nenhum (11 votos)
imagem de vitor
vitor

mi-mi-mi

mi-mi-mi, mi-mi-mi, mi-mi-mi...

Vai chorar na cama que é lugar quente. Dilma foi um lixo!

Seu voto: Nenhum (2 votos)
imagem de Arthur Accioly
Arthur Accioly

Poderia ao invés de colocar

Poderia ao invés de colocar os sites de forma genérica, colocar os links diretos? Ficaria muito melhor para os leitores. Obrigado.

Seu voto: Nenhum (4 votos)
imagem de ana maria barbosa
ana maria barbosa

tambem não sabe

Engraçado falar que outro não cita as se ele mesmo não as conhece, só sabe que foi a Globo que falou.

Seu voto: Nenhum (5 votos)
imagem de Paulo Zilli Jr
Paulo Zilli Jr

Quanta bobagem

Meu deus, só vi bobagem neste post, e cadê a parte que o PT acabou com o Brasil?

Seu voto: Nenhum (19 votos)
imagem de Rodrigo Soares
Rodrigo Soares

E onde foi que vc viu que o

E onde foi que vc viu que o Brasil esta acabado? Onde um pais com 370 bilhões de dólares estaria acabado? Um pais que devia trilhões ao FMI hoje é credor! Um pais que foi humilhado no encontro das nações unidas hoje figurar entre os 10 maiores do mundo esta acabado? Vcs deveriam parar de ridicularizar o nosso pais e começar a observar o quanto ele representa e o quando crescemos! Hoje pessoas como vc tiram ferias no exterior, viajam de avião para encontrar com amigos, fazem churrasco todos os fins de semana e conhece centenas de jovens universitários! A 20 anos atrás, na rua da sua casa, no máximo tinha 2 universitários! Deixe de demagogia, seja realista, corrupto todos são, mas não generalize as situações reais!

Seu voto: Nenhum
imagem de Luiz Fernandes
Luiz Fernandes

Brasil hoje é um gigante.

Quem diz que o Brasil está quebrado, ou não se informou direito ou não mora aqui. É impossível não notar a diferença entre os governos de FHC e de Lula/Dilma. Sem entrar no mérito de ser este ou aquele um ladrão ou corrupto, pois se colocar na peneira, não sobra um pra contar a história. ESTÃO TODOS NA MESMA VALA, NA MESMA LAMA, meu povo! Se considerarmos somente a questão de corrupção, temos um empate; agora dizer que o PT quebrou o Brasil, aí é ingenuidade!

Seu voto: Nenhum (2 votos)
imagem de Luiz Fernandes
Luiz Fernandes

Brasil hoje é um gigante.

Quem diz que o Brasil está quebrado, ou não se informou direito ou não mora aqui. É impossível não notar a diferença entre os governos de FHC e de Lula/Dilma. Sem entrar no mérito de ser este ou aquele um ladrão ou corrupto, pois se colocar na peneira, não sobra um pra contar a história. ESTÃO TODOS NA MESMA VALA, NA MESMA LAMA, meu povo! Se considerarmos somente a questão de corrupção, temos um empate; agora dizer que o PT quebrou o Brasil, aí é ingenuidade!

Seu voto: Nenhum
imagem de mahria
mahria

Resp

Cabe a vc nos mostrar. É o seu argumento, não é? Entao mostre pra nós... obrigada

Seu voto: Nenhum (5 votos)
imagem de cassia pinto ribeiro
cassia pinto ribeiro

Sabe onde está a parte que

Sabe onde está a parte que você procura?????Está na sua cabeçinha vazia de conhecimento,investigação,pesquisa..Está na sua cabeça de não conseguir raciocinar com seus botões e  sendo teleguiado pela Globo e outros jornalistas,mandados pela emissoras de só dizer o que foi mandado..Pergunte ao Boechart que me respondeu ao meu email ....tenho a resposta do jornalista âncora da band.....E mesmo diante do que está acontecendo você seria capaz de raciocinar e chegar a uma conclusão .?????....O pior de tudo é aguentar suas BOBAGENS e ainda pagar o pato por pessoas como você...Há quantos anos,décadas estão no poder o PMDB,PSDB,e osoutros que criaram partidos novos,com siglas novas e são os mesmos canalhas ladrões.....

Seu voto: Nenhum
imagem de Raildo Santos
Raildo Santos

Combate à corrupção

COMBATE À CORRUPÇÃOCom Lula e Dilma, combate à corrupção torna-se política de estado. Entre 2003 3 2014 a CGU fiscalizou 2.144 municípios, 38% do total dos municípios brasileiros, pelo Programa de Fiscalização por Sorteio Público.4.847 servidores públicos foram expulsos por envolvimento em irregularidades.Num único ano (2012), a Advocacia Geral da União - AGU recuperou R$ 468 milhões desviados dos cofres públicos. O orçamento da Polícia Federal passou de 1,8 bilhão de Reais em 2002 para 4,7 bilhões em 2013. Com Lula e Dilma, a Polícia Federal realizou mais 2.200 operações. Mais de 2 mil servidores públicos foram presos pela PF entre 2003 e 2014. 11 milhões de brasileiros acessaram o Portal da Transparência em 2013.Fontes: CGU, Polícia Federal e Ministério do Planejamento.

Seu voto: Nenhum
imagem de Phelipe Boscardin
Phelipe Boscardin

Esse post está quase todo

Esse post está quase todo errado, e quando fala a verdade não leva em conta a inflação nem a desvalorização cambial absurda que vivemos hoje. Certamente é uma tentativa da esquerda de ludibriar o povo. Mas mentem muito mal. Você percebe não tem um número se quer em que o governo FHC é melhorzinho que o do PT? Incrível. O cara criou o plano real. Como pode ter se dado tão mal assim!? Haha.

Seu voto: Nenhum (9 votos)
imagem de cassia pinto ribeiro
cassia pinto ribeiro

Você sabe realmente o que é e

Você sabe realmente o que é e foi o plano real??????Não fale besteira,pelo amor de Deus...Sabe as consegu6encias dele???Não vou mais eprder meun tempo com tanta idiotice.

Seu voto: Nenhum
imagem de Pedro Sá
Pedro Sá

LAVAGEM CEREBRAL EM IDIOTAS

A parte que o PT quebrou o Brasil, entrou na sua cabeça por OSMOSE, como MERDA em um recinto vazio e fechado. Claro que você é leitor da VEJA, ISTOÉ, FOLHA DE SÃO PAULO, ESTADÃO e adora asssitir a GLOBO, GLOBONEWS, BAND kkkkkkkkkkkkkk

Seu voto: Nenhum (21 votos)
imagem de Leandro s vieira
Leandro s vieira

Na TV

Quem acabou o brasil foi PSDB PMDB DEM que não aceitaram uma derrota e em 2015 fez de tudo para afundar o brasil para q gente como vc hj vire para o céu e pergunte oé o ceú é azul

Seu voto: Nenhum (6 votos)
imagem de Douglas Pereira
Douglas Pereira

tem que lembrar a alguns

tem que lembrar a alguns retardados que dizem que essas informações estão defasadas, que esta matéria está comparando os Governos FHC e LULA, o governo de FHC durou 8 anos de 1995 a 2003 e o de Lula tambem 8 anos de 2003 a 2011, e como Lula pegou esse país e deixou na mão da sua sussessora foo exatamente como está nesta matéria.

Seu voto: Nenhum (9 votos)
imagem de Marcio Arcirio
Marcio Arcirio

Estatísticas defasadas e incompletas

Necessário atualizar algumas estatísticas. Muito embora o primeiro governo Lula tenha sido bastante coerente, hoje temos alguns problemas que são herança dos governos petistas:

- 12 milhões de desempregados

- Petrobras a míngua

- aparelhamento da máquina estatal sem melhoria dos serviços públicos como saúde e educação

- criação de cargos de livre nomeação;

- falta de credibilidade de diversos programas sociais petistas como FIES, PRONATEC, Reforma Agrária, Seguro-Defeso, etc.

Seu voto: Nenhum (14 votos)
imagem de Clodair Rodrigues Junior
Clodair Rodrigues Junior

Atualizando mentes

12 milhões de desempregados e a culpa é do PT?

--- Quando Dilma foi reeleita o índice de desemprego estava em 4,7% (pleno emprego). Após Lula/Dilma terem criado 22 milhões de novos postos de trabalho com carteira assinada e 15 milhões de empregos informais, eles se esqueceram como é que fazia, é? Passaram a odiar o povo e a querer matar pobre de fome de novo? De quem é a culpa por esse desemprego atual no Brasil?

--- Petrobras a míngua e todo mundo querendo comprar após Arabia saudita ter forçado um rabaixamento de preço até 30 dólares o barril, em acordo com EUA, para prejudicar Irã, Russia, Venezuela e Brasil... tá quebrada, é?

--- Aparelhamento da máquina estatal não vou nem discutir... fonte?!?!

--- Criação de cargos de livre nomeação... informe-se e pare de passar vergonha na rede. Denovo... fonte?!?!

--- A falta de credibilidade quem colocou na tua cabeça foi a revista esgotina e a bbbobo. Acorda rapá!

Seu voto: Nenhum
imagem de Luiz Brito
Luiz Brito

Meu amigo veja quanto era a

Meu amigo veja quanto era a dívida pública antes do PT.aproximadamente 800 bilhões e depois do PT.mais de 03 trilhões ainda vem defender uma merda dessa

Seu voto: Nenhum (6 votos)
imagem de junior dias
junior dias

A divida era essa sim , mas

A divida era essa sim , mas quanto era ela quando FHC assumiu ?em 8 anos ele fez essa divida que em 2003 era autoalimentada atraves de juros extratosfericos ..oq foi feito um ajuste de longo prazo que criou reservas e internalizou a divida em reais para evitar especulação cambial podendo assim baixar juros e freia-la .. e como ja diz o post baixando a divida liquida .. com juros baixos eram pagaveis e podia se amortizar a divida ... igual a um cartão de credito ...que o FHC ESTOUROU (de proposito é claro)

Seu voto: Nenhum (2 votos)
imagem de glessim
glessim

Atualizar os dados

Tem que pegar agora os dados atuais... e lembrar também o seguinte:

  #PRINCIPALMENTE: QUANTO O GOVERNO ARRECADOU EM 2002 E QUANTO A POPULAÇÃOPAGOU DE IMPOSTOS NA ÉPOCA? Hoje estamos até o momento, em mais de 744 bilhoes de reais, creio que nessa época não era tanto em 5 meses.

  #UTILIZE OS DADOS ATUALIZADOS (DOLLAR. SELIC, DESEMPREGO, DENTRE OUTROS, ESTÃO MUITO MAIS MAIS ALTOS).

  #A INFLAÇÃO ATÉ HOJE É CONTROLÁVEL, DESDE QUE AS CONTAS PÚBLICAS ESTEJAM EQUILIBRADAS, POR EFEITO DO PLANO REAL QUE MODIFICOU TODA A ECONOMIA DO BRASIL E FOI IMPLANTADO POR EM VÁRIAS ETAPAS E DURANTE MUITO TEMPO, LEMBRANDO TAMBÉM QUE LOGO NO FIM DA IMPLANTAÇÃO A INFLAÇÃO BATEU MUITO ALTO MAS FOI UM MAL NECESSÁRIO, LEMBRANDO QUE O PT, NA ÉPOCA, OPOSIÇÃO, FOI TOTALMENTE CONTRA O PLANO REAL, MAS HOJE SE BENEFICIA DELE, E MUITO.

 

Seu voto: Nenhum
imagem de Marco Antonio Maranha
Marco Antonio Maranha

Aprofundar nas perquisas

Desejo o melhor para o povo brasileiro indiferente de partido.

Governo FHC (1995-2002) - Inflação 100,6% - média de 9,1% ao ano.

Inflação de 2.700% foi no Governo Itamar - Nesta época muitos países do mundo conviviam com a Hiper-Inflação e foi detectada que se tratava de Inflação Inercial. Em todos estes países foi usado o método do economista alemão Hjalmar Schacht.                                                                                        

As privatizações de 70 empresas Federais renderam US$ 70.855.000.000,00 Bilhões de Dolares e mais 55 Empresas Estaduais renderam US$ 34.698.000.000,00 Bilhões de Dólares totalizando assim US$ 105.553.000.000,00 Bilhões de Dólares. 

Isto da mais de R$350.000.000.000,00 Bilhões de Reais.Sem contar a Vale do Rio Doce que foi avaliada em US$ 90.000.000.000,00 e foi vendida por US$ 6.000.000.000,00 (Avaliada pelo valor de Fluxo de Caixa. Metade moeda podre. Metade Financiada pelo BNDS. E a Telebras.

Com todo este dinheiro eles falavam que o Brasil não tinha jeito por ser um País Continental, com pouca cultura e etc. Agora eles vão alegar que a culpa é do PT.

Dados Estatísticos não mostram as negociatas que causaram tantos Dados Negativos.

O PT pegou o país no FMI com dívida Externa Impagável.

Esta entregando o país com fora do FMI e com reservas para pagar 2 dívidas e meia (US$ 375 Bilhões de Dolares).

Estou preocupado com a minha familia e com todo povo brasileiro.

Seu voto: Nenhum
imagem de Marco Antonio Maranha
Marco Antonio Maranha

Falta de tempo do brasileiro para aprofundar nas pesquisas.

Desejo o melhor para o povo brasileiro indiferente de partido.

Governo FHC (1995-2002) - Inflação 100,6% - média de 9,1% ao ano.

(2.700% foi no Governo Itamar - Nesta época muitos países do mundo conviviam com a Hiper-Inflação e foi detectada que se tratava de Inflação Inercial. Em todos estes países foi usado o método do economista alemão Hjalmar Schacht.            

 As privatizações de 70 empresas Federais renderam US$ 70.855.000.000,00 Bilhões de Dolares e mais 55 Empresas Estaduais renderam US$ 34.698.000.000,00 Bilhões de Dólares totalizando assim US$ 105.553.000.000,00 Bilhões de Dólares.

Isto da mais de R$ 350.000.000.000,00 Bilhões de Reais.

Sem contar a Vale do Rio Doce que foi avaliada em US$ 90.Bilhões de Dólares e foi vendida por US$ 6.Bilhões de Dolares. (Avaliada pelo valor de Fluxo de Caixa. Metade moeda podre. Metade Financiada pelo BNDS. E a Telebras.

Com todo este dinheiro eles falavam que o Brasil não tinha jeito por ser um País Continental, com pouca cultura e etc. Agora eles vão alegar que a culpa é do PT.

O PT pegou o país no FMI com Dívida Externa Impagável.

Esta entregando o país fora do FMI e com Reservas para pagar 2 dívidas e meia (US$ 375 Bilhões de Dolares).

Estou preocupado com a minha familia e com todo povo brasileiro.

Seu voto: Nenhum
imagem de adauri bordonal
adauri bordonal

F H C azarado ou incapaz?

adauri bordonal

 

Quem criou o Plano Real não foi Itamar, FHC nem a turminha da PUC Rio de Janeiro como querem alguns fazer crer.Quem fez aquilo foi a turma do Consenso de Washington !O legado concreto do príncipe dos ociológos foi e jamais deixará de ser!Foi o único mandatário que conseguiu a proeza de;- ENTREGAR O PATRIMÔNIO PÚBLICO EM TENEBROSAS TRANSAÇÕES.- AUMENTAR A CARGA TRIBUTÁRIA.- E AUMENTAR O TAMANHO RELATIVO E ABSOLUTO DA DÍVIDA.- Ou é muito incompetente ou é por demais azarado; a propósito quem o chama de incompetente é o próprio Bill Clinton; vejam:   https://www.youtube.com/watch?v=MeAOen8vyiQ.Bem. Eu ainda não pude avaliar a possibilidade de Bill Clinton ter se convertido ao Lula Petismo. 

Seu voto: Nenhum
imagem de Janir Francisco Koeche
Janir Francisco Koeche

Não sou partidária, mas

Não sou partidária, mas entendo que essa pesquisa deve ser analisada apenas de forma estatítica e não analisando eficiência em Gestão, uma vez que qualquer pessoa que tenha um pouco de sapiência sabe que para medir eficiência, os comparados deve estar em condição análogas. Uma coisa é iniciar uma gestão com inflação de 2700% em 1993, outra coisa é assumir com inflação de 12,5% em 2002, isso sem contar que na gestão de FHC os bancos eram especialistas em ganhar receitas especulando os títulos da dívida pública e na gestão de Lula como eles não tinham mais essa receita e iniciou-se um processo de fomentar a produção, com liberação de crédito. Ambos tem grandes virtudes e grandes deficiências e acho que essa comparação tão costumeira não deveriam ser realizadas.

Seu voto: Nenhum
imagem de LUIZ AKIHITO
LUIZ AKIHITO

comparação

O PT realizou em seu governos o que as elites deste país não realizaram desde a descoberta do Brasil (1500). Se o PT não existisse alguém tinha que inventar.  Não haverá golpe!

Seu voto: Nenhum (8 votos)
imagem de ANTONIO FECINI NETO
ANTONIO FECINI NETO

O PONTO PRINCIPAL

O articulista esqueceu de comentar que tais números conquistados somente foram possíveis graças ao Plano Real, que teve em FHC seu esteio para implantação. Se o FHC estivesse no poder até hoje, os números certamente seriam bem melhores dos que atingidos pelos petistas incompetentes, que mesmo assim, conseguiram atingir índices bons, mas que poderiam ser bem melhores, se seguissem a risca os caminhos traçados por FHC e sua equipe econômica.

A comparação proposta é completamente absurda. É o mesmo que querer comparar a profundidade do mar quando um navio sai do ancoradouro e quando ele chega em alto mar. Ou a velocidade de arrancada de um veículo com sua velocidade final, ou uma criança no pré-primário com um universitário. São momentos e situações completamente diferentes.

Seu voto: Nenhum
imagem de LuisJunior
LuisJunior

Plano real coisa nenhuma

Plano real foi no governo do Itamar Franco, sendo que associaram ao FHC apenas para o eleger. Ele não é o pai do Plano Real, como o próprio Itamar já desmentiu. O FHC deixou uma herança de 40 bilhões em dívidas que ele pegava de emprestimos do FMI, o Fundo Monetário Internacional, para maquiar a econômia, e mantinha a dependência econômico dos EUA. No governo Lula houve a diversificação da econômia, com o comércio sendo realizado com os países do BRICS, rompimento da dependência e diversificação das relações do Brasil. Foi mérito do governo Lula e não da herança de dívidas, dependência e privatizações que o FHC promovia para fingir que tudo ia bem enquanto 40 milhões passavam fome.

Seu voto: Nenhum (9 votos)
imagem de Leonardo S
Leonardo S

FHC teve 8 anos pra fazer

FHC teve 8 anos pra fazer alguma coisa depois do Plano Real, que foi do governo Itamar Franco. E ele fez o que mesmo? Ah, sim. Vendeu várias empresas nacionais a preço de banana.

Seu voto: Nenhum (5 votos)
imagem de Aragorn
Aragorn

Se não tivesse

Se não tivesse privatizado...(hoje essas empresas não são falimentares e empregam milhares de trabalhadores), as mesmas estariam em esquemas de corrupção, coisa que esse partido é especialista. Essa comparação de feitos é totalmente ridícula, assim como falar que não foi FHC o criador do plano Real....(foi o LULA..kkk).

Seu voto: Nenhum (1 voto)
imagem de Mario Juliano Silqueira Souto
Mario Juliano Silqueira Souto

Mas e quem disse...

E quem foi que disse que as empresas privatizadas não estão em esquemas de corrupção hoje? E Mariana? E as licenças ambientais? Sonegação deixou de ser corrupção quando? Em 3000 A.C, né? Isso é inocência ou é só cinismo, mesmo?

Seu voto: Nenhum (7 votos)
imagem de henrique matias
henrique matias

Anote ai

PT vs PSDB Dados de 04.07.2014 (números após não foram computados) Selic TOPO LULA - 19,3%TOPO FHC - 17,5% Então pensa o que será daqui para frente, copom agora em Janeiro!  DÍVIDA PÚBLICA FHC - R$ 750 BilhõesDILMA - R$ 2,2 Trilhões 193% MAIOR SUPERAVIT PRIMÁRIO (sem os juros da dívida, por isso é superavit primário, quanto maior melhor) FHC - 3,3% PIBDILMA - 1,3% PIB (2014, tenha certeza que ela será negativo até 2017). INVESTIMENTO EM INFRAESTRUTURA FHC - 2,6% PIBDILMA - ABAIXO de 1% VALOR PAGO DE JUROS PELA DÍVIDA FHC - R$ 600 BIDILMA - R$ 2 TRILHÕES  CARGA TRIBUTÁRIA Certo de que o governo da DILMA já aumentou em mais de 4% em relação ao governo de FHC. E vem mais.Pagamos hoje a miséria de 2,35 Bilhões em impostos.O governo petista aumentou a carga tributária em 4 pontos porcentuais do PIB, o que corresponde a cerca de R$ 200 bilhões a mais por ano. Assim, os brasileiros tiveram de pagar a mais cerca de R$ 2,35 trilhões em tributos. E o pior é que, mesmo assim, o descontrole das contas públicas é total. Na era do PT, nenhuma obra termina no prazo e com o orçamento previsto. Há o caso da Refinaria Abreu e Lima, em Pernambuco, que de um valor inicial de US$ 2,5 bilhõesjá consumiu US$ 18 bilhões e deve ultrapassar seguramente os US$ 20 bilhões. Na transposição do Rio São Francisco, Lula e Dilma já torraram o dobro e nem metade da obra está pronta. Há centenas de outras obras na mesma situação. De 1999 a 2002 (governo FHC), os gastos do governo federal com a educação foram de 0,8% do PIB. Com Lula (2003-2006), o porcentual foi menor, de 0,75% do PIB. Em 1995, a União era responsável por 23,8% dos investimentos na área. Atualmente está abaixo de 20%, porque aumentou a participação dos municípios. E, em relação ao investimento na saúde, de 1999 a 2002 os gastos foram de 1,7% do PIB.  Com Lula, no primeiro mandato o porcentual foi levemente menor (1,697% do PIB), e atualmente não passa de 1,6% do PIB. E, para finalizar, no caso da atual baixa taxa de desemprego (algo próximo a 8%) há uma enorme distorção, porque ela não capta os cerca de 15 milhões de pessoas que estão permanentemente se revezando na política de salário-desemprego, que vai custar, em 2015, algo como R$ 30 bilhões. Isso pq o governo mudou a política do seguro desemprego.

Seu voto: Nenhum
imagem de junior dias
junior dias

Anote ai

Histórico das taxas de juros fixadas pelo Copom e evolução da taxa SelicReuniãoPeríodo de vigênciaMeta SELIC
% a.a. 
(1)(6)TBAN
% a.m. 
(2)(6)Taxa SELICnºdataviés% (3)% a.a. (4) 205ª22/02/2017 23/02/2017 -12,25    204ª11/01/2017 12/01/2017 - 22/02/201713,00 1,4512,90 203ª30/11/2016 01/12/2016 - 11/01/201713,75 1,5313,65 202ª19/10/2016 20/10/2016 - 30/11/201614,00 1,4613,90 201ª31/08/2016 01/09/2016 - 19/10/201614,25 1,7514,15 200ª20/07/2016 21/07/2016 - 31/08/201614,25 1,5914,15 199ª08/06/2016 09/06/2016 - 20/07/201614,25 1,5914,15 198ª27/04/2016 28/04/2016 - 08/06/201614,25 1,5314,15 197ª02/03/2016 03/03/2016 - 27/04/201614,25 2,0214,15 196ª20/01/2016 21/01/2016 - 02/03/201614,25 1,4814,15 195ª25/11/2015 26/11/2015 - 20/01/201614,25 2,0214,15 194ª21/10/2015 22/10/2015 - 25/11/201514,25 1,2714,15 193ª02/09/2015 03/09/2015 - 21/10/201514,25 1,7514,15 192ª29/07/2015 30/07/2015 - 02/09/201514,25 1,3214,15 191ª03/06/2015 04/06/2015 - 29/07/201513,75 2,0013,65 190ª29/04/2015 30/04/2015 - 03/06/201513,25 1,1813,15 189ª04/03/2015 05/03/2015 - 29/04/201512,75 1,8112,65 188ª21/01/2015 22/01/2015 - 04/03/201512,25 1,2812,15 187ª03/12/2014 04/12/2014 - 21/01/201511,75 1,4511,65 186ª29/10/2014 30/10/2014 - 03/12/201411,25 1,0511,15 185ª03/09/2014 04/09/2014 - 29/10/201411,00 1,6610,90 184ª16/07/2014 17/07/2014 - 03/09/201411,00 1,4510,90 183ª28/05/2014 29/05/2014 - 16/07/201411,00 1,4110,90 182ª02/04/2014 03/04/2014 - 28/05/201411,00 1,5310,90 181ª26/02/2014 27/02/2014 - 02/04/201410,75 0,9310,65 180ª15/01/2014 16/01/2014 - 26/02/201410,50 1,1810,40 179ª27/11/2013 28/11/2013 - 15/01/201410,00 1,249,90 178ª09/10/2013 10/10/2013 - 27/11/20139,50 1,229,40 177ª28/08/2013 29/08/2013 - 09/10/20139,00 1,028,90 176ª10/07/2013 11/07/2013 - 28/08/20138,50 1,138,40 175ª29/05/2013 30/05/2013 - 10/07/20138,00 0,887,90 174ª17/04/2013 18/04/2013 - 29/05/20137,50 0,827,40 173ª06/03/2013 07/03/2013 - 17/04/20137,25 0,807,16 172ª16/01/2013 17/01/2013 - 06/03/20137,25 0,907,12 171ª28/11/2012 29/11/2012 - 16/01/20137,25 0,917,14 170ª10/10/2012 11/10/2012 - 28/11/20127,25 0,887,14 169ª29/08/2012 30/08/2012 - 10/10/20127,50 0,827,39 168ª11/07/2012 12/07/2012 - 29/08/20128,00 1,067,89 167ª30/05/2012 31/05/2012 - 11/07/20128,50 0,938,39 166ª18/04/2012 19/04/2012 - 30/05/20129,00 0,998,90 165ª07/03/2012 08/03/2012 - 18/04/20129,75 1,079,65 164ª18/01/2012 19/01/2012 - 07/03/201210,50 1,3010,40 163ª30/11/2011 01/12/2011 - 18/01/201211,00 1,4510,90 162ª19/10/2011 20/10/2011 - 30/11/201111,50 1,2111,40 161ª31/08/2011 01/09/2011 - 19/10/201112,00 1,4811,90 160ª20/07/2011 21/07/2011 - 31/08/201112,50 1,4012,42 159ª08/06/2011 09/06/2011 - 20/07/201112,25 1,3312,17 158ª20/04/2011 21/04/2011 - 08/06/201112,00 1,4911,92 157ª02/03/2011 03/03/2011 - 20/04/201111,75 1,4611,67 156ª19/01/2011 20/01/2011 - 02/03/201111,25 1,2711,17 155ª08/12/2010 09/12/2010 - 19/01/201110,75 1,2110,66 154ª20/10/2010 21/10/2010 - 08/12/201010,75 1,3410,66 153ª01/09/2010 02/09/2010 - 20/10/201010,75 1,3410,66 152ª21/07/2010 22/07/2010 - 01/09/201010,75 1,2110,66 151ª09/06/2010 10/06/2010 - 21/07/201010,25 1,1610,16 150ª28/04/2010 29/04/2010 - 09/06/20109,50 1,049,40 149ª17/03/2010 18/03/2010 - 28/04/20108,75 0,938,65 148ª27/01/2010 28/01/2010 - 17/03/20108,75 1,098,65 147ª09/12/2009 10/12/2009 - 27/01/20108,75 1,098,65 146ª21/10/2009 22/10/2009 - 09/12/20098,75 1,098,65 145ª02/09/2009 03/09/2009 - 21/10/20098,75 1,098,65 144ª22/07/2009 23/07/2009 - 02/09/20098,75 0,998,65 143ª10/06/2009 11/06/2009 - 22/07/20099,25 1,019,16 142ª29/04/2009 30/04/2009 - 10/06/200910,25 1,1210,16 141ª11/03/2009 12/03/2009 - 29/04/200911,25 1,4011,16 140ª21/01/2009 22/01/2009 - 11/03/200912,75 1,5712,66 139ª10/12/2008 11/12/2008 - 21/01/200913,75 1,4313,66 138ª29/10/2008 30/10/2008 - 10/12/200813,75 1,5313,65 137ª10/09/2008 11/09/2008 - 29/10/200813,75 1,7913,66 136ª23/07/2008 24/07/2008 - 10/09/200813,00 1,7012,92 135ª04/06/2008 05/06/2008 - 23/07/200812,25 1,6112,17 134ª16/04/2008 17/04/2008 - 04/06/200811,75 1,4111,63 133ª05/03/2008 06/03/2008 - 16/04/200811,25 1,2311,18 132ª23/01/2008 24/01/2008 - 05/03/200811,25 1,1811,18 131ª05/12/2007 06/12/2007 - 23/01/200811,25 1,4011,18 130ª17/10/2007 18/10/2007 - 05/12/200711,25 1,4011,18 129ª05/09/2007 06/09/2007 - 17/10/200711,25 1,1811,18 128ª18/07/2007 19/07/2007 - 05/09/200711,50 1,5111,43 127ª06/06/2007 07/06/2007 - 18/07/200712,00 1,3111,93 126ª18/04/2007 19/04/2007 - 06/06/200712,50 1,5912,43 125ª07/03/2007 08/03/2007 - 18/04/200712,75 1,3812,68 124ª24/01/2007 25/01/2007 - 07/03/200713,00 1,3612,93 123ª29/11/2006 30/11/2006 - 24/01/200713,25 1,8913,19 122ª18/10/2006 19/10/2006 - 29/11/200613,75 1,4313,67 121ª30/08/2006 31/08/2006 - 18/10/200614,25 1,7514,17 120ª19/07/2006 20/07/2006 - 30/08/200614,75 1,6414,67 119ª31/05/2006 01/06/2006 - 19/07/200615,25 1,9215,18 118ª19/04/2006 20/04/2006 - 31/05/200615,75 1,6915,72 117ª08/03/2006 09/03/2006 - 19/04/200616,50 1,7716,50 116ª18/01/2006 19/01/2006 - 08/03/200617,25 2,1117,26 115ª14/12/2005 15/12/2005 - 18/01/200618,00 1,6618,00 114ª23/11/2005 24/11/2005 - 14/12/200518,50 1,0118,49 113ª19/10/2005 20/10/2005 - 23/11/200519,00 1,6018,98 112ª14/09/2005 15/09/2005 - 19/10/200519,50 1,7119,48 111ª17/08/2005 18/08/2005 - 14/09/200519,75 1,3719,74 110ª20/07/2005 21/07/2005 - 17/08/200519,75 1,4419,75 109ª15/06/2005 16/06/2005 - 20/07/200519,75 1,8019,73 108ª18/05/2005 19/05/2005 - 15/06/200519,75 1,3719,75 107ª20/04/2005 22/04/2005 - 18/05/200519,50 1,3519,51 106ª16/03/2005 17/03/2005 - 21/04/200519,25 1,6919,24 105ª16/02/2005 17/02/2005 - 16/03/200518,75 1,3718,75 104ª19/01/2005 20/01/2005 - 16/02/200518,25 1,2018,25 103ª15/12/2004 16/12/2004 - 19/01/200517,75 1,6317,74 102ª17/11/2004 18/11/2004 - 15/12/200417,25 1,2717,23 101ª20/10/2004 21/10/2004 - 17/11/200416,75 1,1116,71 100ª15/09/2004 16/09/2004 - 20/10/200416,25 1,4416,23 99ª18/08/2004 19/08/2004 - 15/09/200416,00 1,1215,90 98ª21/07/2004 22/07/2004 - 18/08/200416,00 1,1715,83 97ª16/06/2004 17/06/2004 - 21/07/200416,00 1,4615,79 96ª19/05/2004 20/05/2004 - 16/06/200416,00 1,1115,79 95ª14/04/2004 15/04/2004 - 19/05/200416,00 1,4115,80 94ª17/03/2004 18/03/2004 - 14/04/200416,25 1,1316,09 93ª18/02/2004 19/02/2004 - 17/03/200416,50 1,0816,28 92ª21/01/2004 22/01/2004 - 18/02/200416,50 1,2116,30 91ª17/12/2003 18/12/2003 - 21/01/200416,50 1,3916,32 90ª19/11/2003 20/11/2003 - 17/12/200317,50 1,2817,32 89ª22/10/2003 23/10/2003 - 19/11/200319,00 1,3818,84 88ª17/09/2003 18/09/2003 - 22/10/200320,00 1,8119,84 87ª20/08/2003 21/08/2003 - 17/09/200322,00 1,5821,84 86ª23/07/2003 24/07/2003 - 20/08/200324,50 1,7424,32 85ª18/06/2003 19/06/2003 - 23/07/200326,00 2,2125,74 84ª21/05/2003 22/05/2003 - 18/06/200326,50 1,8726,27 83ª23/04/2003 24/04/2003 - 21/05/200326,50 1,7826,32 82ª19/03/2003alta20/03/2003 - 23/04/200326,50 2,1626,32 81ª19/02/2003 20/02/2003 - 19/03/200326,50 1,6826,30 80ª22/01/2003 23/01/2003 - 19/02/200325,50 1,8125,36 79ª18/12/2002 19/12/2002 - 22/01/200325,00 2,0524,90 78ª20/11/2002 21/11/2002 - 18/12/200222,00 1,5821,90 77ª23/10/2002 24/10/2002 - 20/11/200221,00 1,4420,90 76ª ex.14/10/2002 15/10/2002 - 23/10/200221,00 0,5320,90 75ª18/09/2002 19/09/2002 - 14/10/200218,00 1,1817,90 74ª21/08/2002baixa22/08/2002 - 18/09/200218,00 1,3117,87 73ª17/07/2002 18/07/2002 - 21/08/200218,00 1,6417,86 72ª19/06/2002baixa20/06/2002 - 17/07/200218,50 1,3518,40 71ª22/05/2002 23/05/2002 - 19/06/200218,50 1,2618,07 70ª17/04/2002 18/04/2002 - 22/05/200218,50 1,6218,35 69ª20/03/2002 21/03/2002 - 17/04/200218,50 1,2818,45 68ª20/02/2002 21/02/2002 - 20/03/200218,75 1,3818,80 67ª23/01/2002 24/01/2002 - 20/02/200219,00 1,2519,05 66ª19/12/2001 20/12/2001 - 23/01/200219,00 1,6019,05 65ª21/11/2001 22/11/2001 - 19/12/200119,00 1,3919,05 64ª17/10/2001 18/10/2001 - 21/11/200119,00 1,6019,05 63ª19/09/2001 20/09/2001 - 17/10/200119,00 1,3219,07 62ª22/08/2001 23/08/2001 - 19/09/200119,00 1,3219,04 61ª18/07/2001 19/07/2001 - 22/08/200119,00 1,7418,96 60ª20/06/2001baixa21/06/2001 - 18/07/200118,25 1,3418,31 59ª23/05/2001 24/05/2001 - 20/06/200116,75 1,1716,76 58ª18/04/2001 19/04/2001 - 23/05/200116,25 1,4516,30 57ª21/03/2001 22/03/2001 - 18/04/200115,75 1,1115,84 56ª14/02/2001 15/02/2001 - 21/03/200115,25 1,3015,20 55ª17/01/2001 18/01/2001 - 14/02/200115,25 1,1315,19 54ª20/12/2000 21/12/2000 - 17/01/200115,75 1,0515,76 53ª22/11/2000 23/11/2000 - 20/12/200016,50 1,2116,38 52ª18/10/2000 19/10/2000 - 22/11/200016,50 1,4116,56 51ª20/09/2000 21/09/2000 - 18/10/200016,50 1,1616,60 50ª23/08/2000 24/08/2000 - 20/09/200016,50 1,1616,54 49ª19/07/2000 20/07/2000 - 23/08/200016,50 1,5316,51 48ª uso/baixa10/07/2000 - 19/07/200017,00 0,5016,96 20/06/2000baixa21/06/2000 - 07/07/200017,50 0,7617,34 47ª24/05/2000 25/05/2000 - 20/06/200018,50 1,2818,39 46ª19/04/2000 20/04/2000 - 24/05/200018,50 1,5718,55 45ª uso/baixa29/03/2000 - 19/04/200018,50 1,0918,60 22/03/2000baixa23/03/2000 - 28/03/200019,00 0,2818,94 44ª16/02/2000 17/02/2000 - 22/03/200019,00 1,5918,88 43ª19/01/2000 20/01/2000 - 16/02/200019,00 1,4518,87 42ª15/12/1999 16/12/1999 - 19/01/200019,00 1,7419,00 41ª10/11/1999 11/11/1999 - 15/12/199919,00 1,6718,99 40ª06/10/1999baixa07/10/1999 - 10/11/199919,00 1,5918,87 39ª22/09/1999 23/09/1999 - 06/10/199919,00 0,6919,01 38ª01/09/1999 02/09/1999 - 22/09/199919,50 1,0019,52 37ª28/07/1999 29/07/1999 - 01/09/199919,50 1,7819,51 36ª23/06/1999baixa24/06/1999 - 28/07/199921,00 1,9020,88 35ª uso/baixa09/06/1999 - 23/06/199922,00 0,8721,92 19/05/1999baixa20/05/1999 - 08/06/199923,50 1,0923,36 34ª uso/baixa13/05/1999 - 19/05/199927,00 0,4726,96  uso/baixa10/05/1999 - 12/05/199929,50 0,3129,53  uso/baixa29/04/1999 - 07/05/199932,00 0,7731,91 14/04/1999baixa15/04/1999 - 28/04/199934,00 1,0533,92 33ª uso/baixa06/04/1999 - 14/04/199939,50 0,9339,42  uso/baixa25/03/1999 - 05/04/199942,00 0,8441,96 04/03/1999baixa05/03/1999 - 24/03/199945,00 2,0844,95 32ª18/01/1999 19/01/1999 - 04/03/199925,0041,003,9837,34 31ª16/12/1998 17/12/1998 - 18/01/199929,0036,002,1629,21 30ª11/11/1998 12/11/1998 - 16/12/199819,0042,253,0234,93 29ª07/10/1998 08/10/1998 - 11/11/199819,0049,753,2642,12 28ª ex.10/09/1998 11/09/1998 - 07/10/199819,0049,752,5840,18 27ª02/09/1998 03/09/1998 - 10/09/199819,0029,750,4525,49 26ª29/07/1998 30/07/1998 - 02/09/199819,7525,751,7619,25 25ª24/06/1998 25/06/1998 - 29/07/199821,0028,001,8620,45 24ª20/05/1998 21/05/1998 - 24/06/199821,7529,751,8521,23 23ª15/04/1998 16/04/1998 - 20/05/199823,2535,251,9223,16 22ª04/03/1998 05/03/1998 - 15/04/199828,0038,002,7427,51 21ª28/01/1998 29/01/1998 - 04/03/199834,5042,002,7234,20 20ª17/12/1997 02/01/1998 - 28/01/199838,0043,002,4337,47 19ª19/11/1997 01/12/1997 - 31/12/19972,903,152,9739,87 18ª ex.30/10/1997 31/10/1997 - 30/11/19973,053,233,1845,67 17ª22/10/1997 01/11/1997 - 30/11/19971,581,78(5)(5) 16ª17/09/1997 01/10/1997 - 30/10/19971,581,781,5319,05 15ª20/08/1997 01/09/1997 - 30/09/19971,581,781,5919,81 14ª23/07/1997 01/08/1997 - 31/08/19971,581,781,5920,78 13ª18/06/1997 01/07/1997 - 31/07/19971,581,781,6019,04 12ª21/05/1997 01/06/1997 - 30/06/19971,581,781,6121,08 11ª16/04/1997 01/05/1997 - 31/05/19971,581,781,5821,91 10ª19/03/1997 01/04/1997 - 30/04/19971,581,781,6621,84 9ª19/02/1997 01/03/1997 - 31/03/19971,621,801,6424,11 8ª22/01/1997 01/02/1997 - 28/02/19971,661,841,6726,14 7ª18/12/1996 01/01/1997 - 31/01/19971,701,881,7321,73 6ª27/11/1996 01/12/1996 - 31/12/19961,741,901,8023,94 5ª23/10/1996 01/11/1996 - 30/11/19961,781,901,8025,27 4ª23/09/1996 01/10/1996 - 31/10/19961,821,931,8623,48 3ª21/08/1996 01/09/1996 - 30/09/19961,88 1,9025,40 2ª30/07/1996 01/08/1996 - 31/08/19961,90 1,9725,01 1ª26/06/1996 01/07/1996 - 31/07/19961,90 1,9323,28

Por Estadão Conteúdo | 

31/05/2016 12:19 

COMPARTILHE

Tamanho do texto

  •  
  •  

Dívida do Governo Central, governos regionais e empresas estatais terminou o mês passado em R$ 2,356 trilhões

Estadão Conteúdo

A dívida líquida do setor público avançou para 39,4% do Produto Interno Bruto (PIB) em abril, ante 38,8% do PIB em março, e também subiu na comparação com dezembro de 2015, quando estava em 36,2% do PIB. A dívida do Governo Central, governos regionais e empresas estatais terminou o mês passado em R$ 2,356 trilhões, conforme informações divulgadas nesta terça-feira (31) pelo Banco Central (BC). 

 

Seu voto: Nenhum
imagem de Calvin
Calvin

Atualizando....

#SQN

Participação da indústria no PIB

2015: 10,9%

1950: 11,5%

Queda do PIB

2014 a 2016: - 8,1%

1981 a 1983: - 8,5%

Juros do cheque especial

2015: 278%

1995: 284%

Rombo nas contas públicas

2015: 17 bilhões de reais

1997: 1,8 bilhão de reais

Inflação

2015: 10,5%

2002: 12,5%

Seu voto: Nenhum (7 votos)
imagem de marcela martins
marcela martins

ótimo comentário... se

ótimo comentário... se esqueceram de fazer a comparação com outras economias tb... pra ver se nosso crescimento acompanhou o mundo... e podermos isolar o crescimento real do brasil !

Seu voto: Nenhum (4 votos)
imagem de Leonardo S
Leonardo S

Somente as crises não podem

Somente as crises não podem acompanhar o mundo?

Seu voto: Nenhum (3 votos)
imagem de Marcelo Pontes
Marcelo Pontes

A real verdade.

O texto será longo, mas quero que foquem nas dívidas, por isso os números apresentados é apenas uma ilusão de um mal pagador (o elefante que era branco agora virou uma baleia encalhada). 

Outra coisa importante é mencionar que a maioria das universidades colocadas nesse post foram iniciadas no governo FHC. Outro ponto, não podemos comparar esse periodo àquele, caso contrário poderia afirmar que o Brasil gerou mais empregos no governo FHC do que no periodo colonial (a popolução cresce e o mundo se desenvolve naturalmente com o passar dos períodos). Compare FHC ao governo anterior para você ver o resultado. 

Quanto ao crescimento do PIB, o país, nos quatro anos de governo Dilma, crescerá apenas 1,8% ao ano, patamar inferior ao do governo FHC. Só o governo Collor foi pior que Dilma. Já em relação à inflação, em 1998 (durante o mandato FHC) foi de apenas 1,6%, a menor da história do Brasil. A inflação de Dilma está acima de 6%, extrapolando a meta de 4,5%. Se compararmos a taxa Selic, nos dois últimos anos de FHC ela foi de 17,5% em média, enquanto nos dois primeiros anos de Lula foi de 19,3% em média, ou seja, foi maior.

E temos a dívida pública. Em valor absoluto, a dívida bruta total, que FHC entregou em R$ 750 bilhões, hoje ultrapassa R$ 2,2 trilhões – nos 11 anos e meio do governo petista a dívida interna bruta aumentou em R$ 1,45 trilhão, ou seja, 193% maior que FHC. Enquanto isso, com FHC, o superávit primário médio foi de 3,3% do PIB. Hoje em dia, é de apenas 1,3%. Em maio houve déficit de R$ 10,5 bilhões, um recorde negativo.

E os investimentos em infraestrutura? No primeiro mandato de FHC, foram de 2,6% do PIB. Nos três anos e meio de Dilma, ficaram abaixo de 1% do PIB. Há ainda o pagamento de juros do governo federal. No governo FHC foram pagos R$ 600 bilhões em juros. No de Lula, mais que dobro disso (R$ 1,289 trilhão); e, nos três anos e meio de Dilma, já foram pagos quase R$ 800 bilhões em juros. Isto significa que o governo petista, nos seus 11 anos e meio, já torrou mais de R$ 2 trilhões em juros, ou cerca de 250% a mais que FHC.

O governo petista aumentou a carga tributária em 4 pontos porcentuais do PIB, o que corresponde a cerca de R$ 200 bilhões a mais por ano. Assim, os brasileiros tiveram de pagar a mais cerca de R$ 2,25 trilhões em tributos. E o pior é que, mesmo assim, o descontrole das contas públicas é total.

Na era do PT, nenhuma obra termina no prazo e com o orçamento previsto. Há o caso da Refinaria Abreu e Lima, em Pernambuco, que de um valor inicial de US$ 2,5 bilhões já consumiu US$ 18 bilhões e deve ultrapassar seguramente os US$ 20 bilhões. Na transposição do Rio São Francisco, Lula e Dilma já torraram o dobro e nem metade da obra está pronta. Há centenas de outras obras na mesma situação.

De 1999 a 2002 (governo FHC), os gastos do governo federal com a educação foram de 0,8% do PIB. Com Lula (2003-2006), o porcentual foi menor, de 0,75% do PIB. Em 1995, a União era responsável por 23,8% dos investimentos na área. Atualmente está abaixo de 20%, porque aumentou a participação dos municípios. E, em relação ao investimento na saúde, de 1999 a 2002 os gastos foram de 1,7% do PIB. Com Lula, no primeiro mandato o porcentual foi levemente menor (1,697% do PIB), e atualmente não passa de 1,6% do PIB.

E, para finalizar, no caso da atual baixa taxa de desemprego (algo próximo a 5%) há uma enorme distorção, porque ela não capta os cerca de 15 milhões de pessoas que estão permanentemente se revezando na política de salário-desemprego, que vai custar, em 2014, algo como R$ 30 bilhões. Esta política virou uma indústria para não se trabalhar.

Seu voto: Nenhum
imagem de Etienne Salles
Etienne Salles

Esta pesquisa poderia ser

Esta pesquisa poderia ser refeita, comparando as situações:

1-Governo assumido pelo Fernando Henrique

2 - Geverno assumido pelo Lula

3 - Governo Assumido pela Dilma

4 - Governo com status atual da Dilma em 2016...

 

Recomendaria incluir a evolução do dólar, numero de cargos comissionados, de ministérios e nível de despesa pública anual... 

Seu voto: Nenhum
imagem de adauri bordonal
adauri bordonal

F H C azarado ou incapaz?

Quem criou o Plano Real não foi Itamar, FHC nem a turminha da PUC Rio de Janeiro como querem alguns fazer crer.Quem fez aquilo foi a turma do Consenso de Washington !O legado concreto do príncipe dos ociológos foi e jamais deixará de ser!Foi o único mandatário que conseguiu a proeza de;- ENTREGAR O PATRIMÔNIO PÚBLICO EM TENEBROSAS TRANSAÇÕES.- AUMENTAR A CARGA TRIBUTÁRIA.- E AUMENTAR O TAMANHO RELATIVO E ABSOLUTO DA DÍVIDA.- Ou é muito incompetente ou é por demais azarado; a propósito quem o chama de incompetente é o próprio Bill Clinton; vejam:   https://www.youtube.com/watch?v=MeAOen8vyiQ.Bem. Eu ainda não pude avaliar a possibilidade de Bill Clinton ter se convertido ao Lula Petismo. 

Seu voto: Nenhum (1 voto)
imagem de Camila Cunha
Camila Cunha

Ler o seguinte artigo

Tem um economista que o FHC (e as mídias que o divulgam) vivem citando. Pois ele desmente algumas coisas que ele chama de mito, mas que não interessa para as mídias das elites divulgar...

Está neste texto, leia com atenção:

http://cartamaior.com.br/?/Editoria/Politica/Carta-aberta-a-Fernando-Hen...

Seu voto: Nenhum (1 voto)
imagem de ossasco|ssp
ossasco|ssp

kkkkkkkkkkkk

kkkkkkkk quanta bobagem , esses numeros não dizem nada, momentos economicos diferentes , então que tal um comparativo entre o brasil de hoje e quando era uma colonia portuguesa é a mesma coisa,kkkkkkkkkkk. teve uma evolução na economia e  no cenario mundial muito grande nos útimos anos e o brasil acompanhou os crecimentos, e com muito dinheiro o governo fez o que muitos brasileiros fazem gastou disperdiçou, em bolsas disso bolsa da quilo, numeros elevados de cargos de confiança e logico roubaram até..... (cargos de confiança não são funcionarios publicos )  e precisamos e investimentos pesados na educaçao e leis mais duras o brasil gasta 10% do seu pib com a violencia anualmente são 760 bilhoes de reais no governo petista quanto em qualquer outro governo nada mudou sempre foi assim , para o brasil cresçer é nescessário o basico infraestructura vial, escolar com qualidade e leis duras contra a corrupçao em todos os setores publicos e a populaçao tem que votar em governantes qualificados para o cargos esse governo foi um desastre por mais de 12 anos e os outros partidos politicos são taõ ruis quanto pois nada fizeram para impedir esse desastre 

Seu voto: Nenhum
imagem de Guilherme Cintra
Guilherme Cintra

Taxa Cambial

PELO AMOR DE DEUS ALGUÉM ME DIZ AONDE 724 REAIS VALEM 350 DÓLARES, EU PRECISO KKKKKKKKKKKKKK

Seu voto: Nenhum (3 votos)
imagem de junior dias
junior dias

OLHE DIREITO  é $ 305 ,00 e

OLHE DIREITO  é $ 305 ,00 e em  2014 com o dolar 2 e poko

Seu voto: Nenhum (1 voto)

Comentar

O conteúdo deste campo é privado e não será exibido ao público.
CAPTCHA
Esta questão é para testar se você é um visitante humano e impedir submissões automatizadas por spam.