Revista GGN

Assine

Homens aderem à campanha em protesto à violência sexual contra as mulheres

Homens aderem à campanha em protesto à violência sexual contra as mulheresUm dia depois de as organizadoras da campanha #eunãomereçoserestuprada receberem várias ameaças na internet, homens aderiram ao protesto.João Valadares, no Correio Brasiliense (Facebook/Reprodução<br />
) Um dia depois de as organizadoras da campanha #eunãomereçoserestuprada receberem várias ameaças na internet, homens aderiram ao protesto. Ontem, nas redes sociais, várias fotos em apoio à manifestação virtual foram postadas. Na maioria delas, os homens, grande parte deles sem camisa, apareciam segurando um cartaz com a mensagem #ninguémmereceserestuprado. Alguns pais aproveitaram a campanha e publicaram fotos de bebês com a mensagem “até eu sei disso”.

Muitos homens relataram, principalmente em uma rede social, ter vergonha do resultado da pesquisa publicada pelo Instituto de Pesquisa Econômica Aplicada (Ipea). O estudo apontou que 65,1% da população concorda total ou parcialmente que “mulheres que usam roupas que mostram o corpo merecem ser atacadas” e 58,5% concordam total ou parcialmente que, “se as mulheres soubessem como se comportar, haveria menos estupros”.

Leia mais notícias de Brasil 

Saiba mais... Pesquisa sobre violência sexual gera protestos nas redes sociais Presidente Dilma pede que vítimas denunciem casos de assédio sexualNana Queiroz, 28 anos, a jornalista que iniciou a campanha na internet, relatou que recebeu ameaças e ofensas pelas redes sociais. Ela prometeu denunciar todos os autores à Delegacia da Mulher. “Registrarei também um boletim de ocorrência por ameaça de estupro”, disse em entrevista ao portal Fórum. Algumas montagens com a foto da jornalista foram feitas e publicadas em sites pornográficos. Outras publicações afirmavam que a estuprariam se a encontrassem na rua.

 (Facebook/Reprodução<br />
)

 

Sem votos

Comentar

O conteúdo deste campo é privado e não será exibido ao público.
CAPTCHA
Esta questão é para testar se você é um visitante humano e impedir submissões automatizadas por spam.