Revista GGN

Assine

"Casadinhos" - Delícia de Choro!, por Laura Macedo

por Laura Macedo

Uma delícia de “choro” dos compositores Luiz Bittencourt e Tuiú [Augusto de Oliveira Pinto], nas interpretações de Marlene e César de Alencar .

 

 

César de Alencar iniciou na Rádio Nacional, em 1945, atuando em locuções comerciais e narrações. Com a saída de Paulo Gracindo assume o seu lugar, dando inicio ao Programa César de Alencar.

 

Marlene foi grande estrela do Programa Manoel Barcelos, da Rádio Nacional, onde conquistou o país com suas interpretações de sucessos de vários gêneros musicais, sendo o Samba o seu predileto.

 

Luís Bittencourt teve mais de 130 composições gravadas e escreveu canções do período conhecido como a Era de Ouro da Música Popular Brasileira. Teve uma carreira notável como um instrumentista em diversos grupos e orquestras.

Casadinhos” (Luiz Bittencourt/Tuiu) # Marlene/Cesar de Alencar [Tuiú canta em dueto com Cesar Alencar]. Disco Continental (15.885-B) / Matriz (1829). Gravação (03/04/1948) / Lançamento (junho/1948).

 

 

************

Fontes:

- Acervo Claudevan Mello: Foto capa Partitura.

- Fotomontagem: Laura Macedo.

- Na cadência do samba, de Haroldo Costa. – Rio de Janeiro: Ed. Novas Direções, 2000.

- Site YouTube / Canal: “Canal 8”.

************

Média: 5 (4 votos)
5 comentários

Comentários

Espaço Colaborativo de Comentários

Opções de exibição de comentários

Escolha o modo de exibição que você preferir e clique em "Salvar configurações".

Tempo de amor

Casadinhos? Hummm, adoro! Aqueles biscoitinhos amanteigados recheados com goiabada :) Também gosto de ir a casamentos, é sempre um momento bonito na vida das pessoa e fico emocionada quando ha emoção dos noivos. Sobre o amor, ja dizia o poeta:

Eu possa me dizer do amor (que tive):
Que não seja imortal, posto que é chama
Mas que seja infinito enquanto dure.

Cesar de Alencar fez duo também com a grande "inimiga" de Marlene. Depois de casadinos, a Noite Nupcial.

Seu voto: Nenhum

Comentarista Nota 10

Querida amiga Maria Luisa,

Você é uma comentarista nota 10, com louvor!!

Para você ficar com água na boca! É o docinho que eu mais gosto :)

Um fato interessante é que a Emilinha Borba sempre integrou o "cast" da gravadora Continental. Essa gravação de "Noite Nupcial" foi feita na RCA Victor (80.1350-A) / Matriz (BE4VB-0519). Gravação (22/07/1954) / Lançamento (setembro/1954). O autor dessa composição - Peterpan - era cunhado da Emilinha Borba. O interessante é que não ocorreu nenhum conflito com a Continental.

Beijos.

 

Seu voto: Nenhum (1 voto)

Esqueci a música

Opereta do Casamento” (Chico Buarque/Edu Lobo) # Coro Misto na trilha sonora do musical ‘O Grande Circo Místico’, 1983.

 

 

Seu voto: Nenhum (1 voto)

Delícia

Certas semelhanças, sim, senhora. Aquele grande dia é inolvidável!

Beijos.

Seu voto: Nenhum

Gregório Macedo

"Inolvidável"

Gregório,

"Inolvidável" é você : )

Beijos.

Balada do amor eterno” (Jean Pierre/Joluz) # Moacyr Franco. Álbum ‘Ternura e Alegria’, 1964.

 

 

Seu voto: Nenhum (1 voto)

Comentar

O conteúdo deste campo é privado e não será exibido ao público.
CAPTCHA
Esta questão é para testar se você é um visitante humano e impedir submissões automatizadas por spam.