Revista GGN

Assine

"Marcolina", de Assis Valente

Por Laura Macedo

Nosso amigo pianista/compositor/pesquisador Alexandre Dias publicou no grupo “Arquivo Confraria do Chiado” a foto da partitura da composição - “Marcolina” -, de Assis Valente.

Fiquei curiosa em conhecer a referida composição, mas não encontrei nos sites de buscas que sempre pesquiso, como YouTube e #Radinha.

Consegui localizar o fonograma no Banco de Dados do Arquivo Nirez que, costumeiramente, atendeu mais uma vez meu pedido o qual socializo com vocês.Trata-se de uma marchinha de Carnaval bem espirituosa.

 

Marcolina” (Assis Valente) # Carlos Galhardo. Disco Victor (33.828-A) / Matriz (79680). Gravação (11/09/1934) / Lançamento (outubro/1934).

 

 

Outras da dupla de Compositor/Intérprete: Assis Valente e Carlos Galhardo.

 

Para quem sabe dar valor” (Assis Valente) # Carlos Galhardo/Carmen Miranda. Disco Victor (33.680-B) / Matriz (65738). Gravação (18/05/1933).

 

 

Boas Festas” (Assis Valente) # Carlos Galhardo. Disco Victor (33.723-A) / Matriz (65864). Gravação (17/10/1933) / Lançamento (dezembro/1933). [Primeiro grande sucesso de Assis Valente e Carlos Galhardo. O disco foi um mega sucesso de vendas que ocasionou o desgaste da cera-original do disco, resultando em uma nova gravação de Carlos Galhardo em 1941].

 

 

Sinos da Penha” (Assis Valente) # Carlos Galhardo. Disco Victor (33.828-B) / Matriz (79679). Gravação (11/09/1934) / Lançamento (outubro/1934).

 

 

______

Agradecimentos especiais ao escritor/pesquisador Miguel NIREZ Azevedo pela liberação do fonograma da composição “Marcolina”.

______

 

************

Fontes:

- Banco de Dados do Acervo Nirez: Fonograma da música: “Marcolina”.

- Fotomontagem: Laura Macedo.

- Foto partitura: Alexandre Dias (Instituto Piano Brasileiro).

- Site YouTube - Canais: “Adilson Flávio Santos”, “SenhorDaVoz”, “Igor Tavile”.

************

Média: 5 (2 votos)
6 comentários

Comentários

Espaço Colaborativo de Comentários

Opções de exibição de comentários

Escolha o modo de exibição que você preferir e clique em "Salvar configurações".

Nada mais adequado do que

Nada mais adequado do que ornamentar o talento do mestre Assis Valente com as vozes de deusas e monstros sagrados, como se observa neste post. Coisa bonita, a MPB!

Beijos.

Seu voto: Nenhum (1 voto)

Gregório Macedo

Mangueira

Gregório,

Para celebrar seu comentário e também a Escola de Samba Campeã do Carnaval Carioca de 2016 - nossa queridíssima Mangueira - trago o Bando da Lua cantando de Assis Valente e Zequinha Reis:

"Mangueira" (Assis Valente/Zequinha Reis) # Bando da Lua (Stênio Osório (cavaquinho), Afonso Osório (percussão e efeitos especiais), Osvaldo Éboli (Vadeco, pandeiro), na frente, da esquerda para direita: Aloísio de Oliveira (voz solo), Helio Jordão Pereira (violão), Ivo Astolfi (violão tenor). Todos faziam vocal, menos Vadeco. Disco Victor (33.929-A), 1935.

Beijos.

Seu voto: Nenhum

Recenseamento

Assis Valente com Carmem ontem e com as novas intérpretes hoje. A musica e a arte em geral transcendendo o humano.

Um abraço carinhoso, amiga Laura!

Seu voto: Nenhum (1 voto)

"Tem francesa no morro"

Querida amiga Maria Luisa,

Você sempre com seus ótimos comentários.

A perenidade da obra de um artista é o seu atestado de qualidade. E Assis Valente se enquadra, perfeitamente.

Beijos

"Tem francesa no morro" (Assis Valente) gravada por Aracy Cortes e o Conjunto Rosa de Ouro em 1967 e incluída na Coleção Folha Raízes - Assis Valente.

 

 

Seu voto: Nenhum (1 voto)

"Alegria"

Vânia,

Seu comentário me deixou em estado de "Alegria"

Beijos.

"Alegria" (Assis Valente/Durval Filho) # Orlando Silva. Disco Victor (34.239-A) / Matriz (80554). Gravação (26/07/1937) / Lançamento (dezembro/1937).

Beijos

 

Seu voto: Nenhum (1 voto)

Grande e trágico Assis Valente

Muito boa a Marcolina, Laura!

Agora...

Deixa comigo.

Aliás, comigo não...

 

Com Mariana Baltar

Com Carmem Miranda

 

Beijos!

 

Seu voto: Nenhum (1 voto)

O macho adulto branco sempre no comando
E o resto ao resto, o sexo é o corte, o sexo
Reconhecer o valor necessário do ato hipócrita
Riscar os índios, nada esperar dos pretos ♪♫

Comentar

O conteúdo deste campo é privado e não será exibido ao público.
CAPTCHA
Esta questão é para testar se você é um visitante humano e impedir submissões automatizadas por spam.