Revista GGN

Assine

Única gravação de Stella Maris em disco 78 rpm, por Laura Macedo

Stella Maris e Dorival Caymmi

por Laura Macedo

Numa tarde de domingo, Dorival Caymmi foi assistir a um programa de calouros na Rádio Nacional e uma candidata loura de olhos verdes chamou sua atenção.

E a senhorita, o que vai cantar? – perguntou o apresentador.

"Último desejo", de Noel Rosa – respondeu.

"Fiquei petrificado, virei mármore na cadeira", conta Caymmi no documentário “Um certo Dorival Caymmi”, de Aluisio Didier. "Não tem cara de Noel Rosa, nem de samba. Mas vai sair bonito. Botei uma fé".

Nosso amor

Que eu não esqueço

E que teve o seu começo

Numa festa de São João

Morre hoje sem foguete

Sem retrato e sem bilhete

Sem luar, sem violão

Com a torcida de Dorival, Stella ganhou o concurso neste domingo, mas o baiano não teve coragem de fazer ali mesmo uma primeira aproximação – que só aconteceu mais tarde, numa festa.

Nascida na cidade mineira de Pequeri (MG), em 6 de janeiro de 1922, Stella mudou-se com seus pais e seus oito irmãos para o Rio de Janeiro com apenas 6 meses de idade. Stella nunca usou seu nome de batismo, Adelaide, uma homenagem infeliz de seu pai a uma antiga paixão. A mãe jamais permitiu que a chamassem assim, e ela cresceu Stella Tostes. A alcunha Stella Maris ela só adotaria mais tarde, por uma sugestão poética – e quase profética - de César Ladeira. Ninguém melhor que uma estrela-do-mar para acompanhar o poeta dos mares Dorival Caymmi. O casamento não demorou a acontecer, em 30 de abril de 1940, e Stella optou por abandonar a carreira musical.

Em uma entrevista ao jornal Folha de São Paulo, Dorival declara que jamais proibiria Stella de cantar.

Uma das razões de eu cortejar minha Stella foi sua voz bonita, as canções. De 1940 a 1947 tive que ouvir inúmeras vezes o seguinte: ‘Só não lhe perdôo uma coisa, ter tirado Stella Maris do rádio’. Ela deixou o rádio espontaneamente, mas eu paguei os meus pecados”.

Segundo depoimento do escritor Jorge Amado – padrinho de casamento de Dorival e Stella – a neta Stella Caymmi:

"Ele não teria feito nem um terço do que fez se não tivesse ao lado dele Stella Maris, que o sustentou, que lhe deu os pés na terra. Porque ele é um sonhador, está no ar, ele é um ser muito especial, muito extraordinário, preguiçoso, vive da amizade, da ternura. E ela é que amarrou Caymmi". Unidos a vida toda, Stella sobreviveu apenas 11 dias à morte de Dorival.

Stella Maris e Dorival Caymmi em Família

Saudade profunda” (Antenógenes Silva/Ernani Campos) # Antenógenes Silva [solo de acordeão] e seu conjunto. Voz de Stella Maris. Disco Odeon (11.733-A) / Matriz (6090). Gravação (15/05/1939) / Lançamento (junho/1939).

 

Garimpeira que sou fui à procura de outras informações sobre Stella Maris, e não é que encontrei outra gravação dela. Trata-se de “Canção da noiva”, do próprio Dorival Caymmi.

 

 

Canção da noiva” (Dorival Caymmi) # Stella [Maris] Caymmi. LP ‘Caymmi visita Tom e leva seus filhos: Nana, Dori e Danilo’, 1964. [Disco idealizado por Aloysio de Oliveira].

 

 

Caetano Veloso

Encontrei em uma das páginas do YouTube uma declaração de Caetano Veloso falando sobre Stella Caymmi:

... minha mãe dizia que ela era sua cantora favorita dentre todas as brasileiras que se apresentavam nos programas de rádio e que Caymmi, casando-se com ela, tinha nos roubado esse tesouro; mas o fato é que Stella encontrou a felicidade em Dorival e, numa única faixa do disco que este fez, décadas mais tarde, com Tom Jobim, ela provou que nos dava mais do que toda uma carreira que uma estrela poderia...”.

Na última hora, Stella resolveu gravar a música, do vídeo acima, fazendo um registro antológico. (Fernando Campos/Site YouTube/AQUI).

O vídeo abaixo foi produzido por Gabriel Caymmi apresentado no curso de extensão Videografismo/PUC/RJ. No referido vídeo podemos ver belas fotos de Stella Caymmi e o casal cantando juntos.

Saudade de amar” (Dorival Caymmi/Paulo Cesar Pinheiro) # Dorival Caymmi / “Boi da cara preta” (Domínio Público) # Dorival e Stella Caymmi. “Canção da noiva” (Dorival Caymmi) # Stella Maris.

 

______

Post dedicado ao amigo Gilberto Inácio Gonçalves que postou, no seu Canal do YouTube, o único vídeo da cantora Stella Maris em Disco de 78 rpm.

_____

 

************

Fontes:

- Fotomontagem: Laura Macedo.

- Site Oficial Dorival Caymmi (AQUI).

- Site YouTube / Canais: “Gilberto Inácio Gonçalves”, “Itui Itauba”, “Gabriel Caymmi”.

************

Média: 5 (3 votos)
5 comentários

Comentários

Espaço Colaborativo de Comentários

Opções de exibição de comentários

Escolha o modo de exibição que você preferir e clique em "Salvar configurações".
imagem de Gabriel Caymmi
Gabriel Caymmi

Obrigado Laura

Adorei!!!! Obrigado!!!

Seu voto: Nenhum

Que coisa maravilhosa, essa

Que coisa maravilhosa, essa matéria com o amor do nosso querido Dorival. Eu sabia que ela havia sido uma senhora cantora, mas não conhecia essas preciosidades que você garimpou. Associo-me, pois, à Cafuzinha, nossa poeta autora de delicados haicais, para agradecer.

E palmas para minha garimpeirinha.

Beijos.

Seu voto: Nenhum (1 voto)

Gregório Macedo

"Agradecimento"

Gregório,

O que mais me impressionou na história de amor entre Dorival e Stella foi à partida dela logo após 11 dias da morte do amado Dorival.

Beijos.

Agradecimento” (Benito Di Paula) # Benito Di Paula. Álbum ‘Um novo samba’, 1973.

 

 

Seu voto: Nenhum

Que coisa linda. Adorei,

Que coisa linda. Adorei, benzinho.

Beijos.

Seu voto: Nenhum

Gregório Macedo

Família Caymmi e sua estrela guia

Obrigada, Laurinha, por nos dar a conhecer essa preciosidade.

Seu voto: Nenhum (2 votos)

"Acalanto"

Querida amiga Cafu,

Eu também adorei conhecer a faceta de cantora da Stella Maris (Caymmi).

Beijos.

Acalanto” (Dorival Caymmi) # Nana Caymmi. Álbum ‘Nana’, 1967.

 

 

Seu voto: Nenhum (2 votos)

Comentar

O conteúdo deste campo é privado e não será exibido ao público.
CAPTCHA
Esta questão é para testar se você é um visitante humano e impedir submissões automatizadas por spam.