Revista GGN

Assine

Relembrando Jesy Barbosa

Por Luciano Hortencio

Estrelas que nunca se apagam, esse é o nome do site do pesquisador cearense Marcelo Bonavides, de onde extraí a bela foto de Jesy Barbosa. Realmente não se apagam, porém esmaecem por falta de carinho e atenção. Jesy Barbosa é uma dessas estrelas e a trazemos hoje prestando-lhe uma justa homenagem.

Informações sobre a artista podem ser encontradas em:

http://bonavides75.blogspot.com.br/2008/01/jesy-barbosa-20-anos-de-sauda...

http://blogln.ning.com/profiles/blogs/jesy-barbosa-rainha-da-can-o-brasi...

http://www.cantorasdobrasil.com.br/cantoras/jesy_barbosa.htm

www.arquivonirez.com.br

Canal youtube J. A. Botelho

Vídeos

Veja o vídeo
Veja o vídeo
Média: 3.3 (10 votos)

Recomendamos para você

10 comentários

Comentários

Espaço Colaborativo de Comentários

Opções de exibição de comentários

Escolha o modo de exibição que você preferir e clique em "Salvar configurações".

Gosto que me enrosco

Gosto muito da prosa de vocês nesses posts do Luciano.

Dá gosto por isso gosto.

beijos gerais!

Seu voto: Nenhum (1 voto)

Beijos, amiga Lourdes!!!

Seu voto: Nenhum (1 voto)

lucianohortencio

imagem de jns
jns

Acho que a ternura é importante

Está escrito em cartazes espalhados por todas as cidades onde já estive

Matilde Campilho

"O brasileiro acha que o amor é importante porra, eu cá não acho nada, só fui arranhando poemas, alinhando conchas, tirei o relógio nos últimos anos para escrever, para ler os textos norte-americanos, guaranis e siríacos. Disse que era índio mas nunca fingi que era índio, sei o que quer dizer biraquera mas nunca me despi na rua. Entendi que não existe um poeta maior e espero ter entendido que um esquiador, um pescador, um astrólogo e um boxeur são quase sempre a mesma coisa. Escutei muitos ícaros e entendi alguns quando me esqueci de tentar entender. (...) Soube de histórias de ladrões que foram os primeiros a entrar no céu logo depois de Cristo, e também soube de um anjo que não estava acostumado a fazer de cicerone a esse tipo de gente (...) Aprendi que desenhar montanhas e a palavra espera são lugares muito semelhantes e que ambos podem ser comparados à dormida de um gavião no olho de Deus. (...) Estudei muito sobre a prática do assobio, ainda não concluí nada e acho que é por isso que sei assobiar de três formas diferentes. Aquela frase sobre o amor está escrita em cartazes espalhados por todas as cidades onde já estive. Havia também uma frase sobre tigres, mas essa ficou num cartaz apenas, numa cidade apenas. Li sobre pássaros e passei a saber que os pássaros medem a distância em unidades de corpo e não em metros: a densidade de cada corpo não importa, o que importa é a distância entre eles. Ainda assim me perguntei muitas noites qual seria a medida de uma asa. (...) Soube da morte de Michael Jackson no mesmo dia em que soube que o amor sim é importante, mas não é imutável. Acho que chorei. Telefonei a meu primeiro amor e contei-lhe sobre essa mesma morte. Lembro-me que ele ficou muito tempo calado e depois escutou-se pelo país o ruído de uma garganta seca. Entre nós será a guerra, foi o que ele disse, mas isso foi muito tempo antes. Aconteceu também que eu pedi esse tal em casamento: uma vez, outra vez e depois outra vez. Ele negou três vezes mas nem por isso deixei de achar que ele era o poeta mais bonito do mundo. E fiquei com a impressão que ele nunca deixou de achar que eu era o animal selvagem mais bonito do mundo.(...)  Vi dois leões roçando os focinhos um no outro e vi dois leões rugindo contra Deus quando repararam que seus focinhos eram exatamente o mesmo focinho (...) E também sei sobre um homem cujo coração funciona a trinta batimentos por minuto, porque ele é um homem filho de um peixe. Acho que a ternura é importante."

Seu voto: Nenhum (1 voto)

"Acho que a ternura é importante"

Talvez mais importante que podemos oferecer e ter. Bom mesmo, seu JNS, é ter um amigo. E que homens e mulheres também podem ser grandes amigos. Parças!

Seu voto: Nenhum (1 voto)

Amizade e Amor!

Como seria bom se todos tivessem AMIZADE e AMOR pra dar e receber às pencas!!!

O mundo seria bem melhor, infinitamente melhor!

Seu voto: Nenhum (1 voto)

lucianohortencio

imagem de jns
jns

Relembrando

A hora do Lulu Todo Prosa tomar banho

Seu voto: Nenhum (1 voto)

Para Dom Jejê e sua curriola...

Seu voto: Nenhum (1 voto)

lucianohortencio

Musica e emancipação

Luciano, quando comecei a frequentar assiduamente suas postagens musicais foi exatamente por pérolas como essas. Pelo resgate do papel da mulher na musica brasileira. Muitas se emanciparam através da musica.

A historia de uma das percusoras, que é Chiquinha Gonzaga - talvez a mais conhecida de todas - lembra o quanto era dificil para as mulheres fazerem musica, interpreta-las e, acima de tudo, viver apenas da musica. Foi preciso mais algumas décadas para que as mulheres que cantavam, tocavam ou compunham, pudessem enfim viver de suas criações/trabalho.

 

Seu voto: Nenhum (1 voto)

Outro ninho desfeito...

Esse de Nelson Cavaquinho.

Clara Nunes

Seu voto: Nenhum (1 voto)

♦ Xô golpistas ♦

À querida Oncinha Félix!

O NINHO DO NONÔ!

Seu voto: Nenhum (2 votos)

lucianohortencio

Comentar

O conteúdo deste campo é privado e não será exibido ao público.