Revista GGN

Assine

A aula inaugural de Alckmin no Dante

Por Marcos_Vinicius

Se a educação é um tema que o Alckmin pretende atacar com cuidado, parece que ele escolheu começar com o simbolismo errado.

Da Folha

Governador escolhe colégio particular para dar aula inaugural em São Paulo


Apu Gomes/Folhapress

DANIELA LIMA
DE SÃO PAULO

Após campanha que teve a crítica à qualidade do ensino público como tema central, o governador Geraldo Alckmin (PSDB-SP) escolheu uma escola particular para ministrar a primeira aula inaugural de seu mandato.

É comum autoridades visitarem escolas e fundações educacionais em início de mandato. Em 2007, por exemplo, José Serra (PSDB) falou a alunos de uma escola pública na zona sul da capital no inicio do ano letivo.

AlckAlckmin conversou ontem por quase uma hora com turmas do terceiro ano do ensino médio do colégio Dante Alighieri, cuja mensalidade é de R$ 1.751.

A aula foi em um auditório com ar condicionado e o governador usou um datashow -sistema digital de projeção. Depois, foi apresentado a uma das 110 lousas digitais do colégio. "Esse é o sonho do Herman (Herman Voorwald, o secretário de Educação)", confessou.

A palestra do governador teve desde um relato sobre escolas e faculdades técnicas do Estado -nas quais cerca de 70% dos alunos vieram de escolas públicas- até uma imitação do ex-governador Paulo Maluf.

Ele também usou o diploma de medicina para entreter a plateia. Detalhou a função das ilhotas de Lungerhans -células do pâncreas que produzem insulina. E emendou uma piada: "E o aluno, [na prova] não teve dúvidas. "Onde ficam as ilhotas de Langerhans?". "No oceano Pacífico'", disse.

Alckmin foi criticado pela oposição durante a campanha pelo sistema educacional do Estado. O tucano chegou a ser questionado por um eleitor em sabatina da Folha se matricularia os filhos em um colégio público.

Segundo dados divulgados pelo Inep (Instituto Nacional de Estudos e Pesquisas Educacionais), São Paulo tem quatro escolas entre as 20 melhores do país. Todas são particulares.

"Temos boas escolas, mas também temos outras não tão boas. Se olharmos o Ideb (Índice de Desenvolvimento da Educação Básica) vamos ver que São Paulo está melhorando em todos os níveis. Mas há muito o que se fazer, não há dúvida", disse.

Média: 1 (2 votos)
65 comentários

Comentários

Espaço Colaborativo de Comentários

Comentar

O conteúdo deste campo é privado e não será exibido ao público.
CAPTCHA
Esta questão é para testar se você é um visitante humano e impedir submissões automatizadas por spam.
+65 comentários
Re:

freelance writer

 

Palhaçada!!

Isso é uma verdadeira cretinice! O que o nobre governador quis mostrar com isso? Apreço pela Educação? Tolice, pura tolice. E ainda mente dizendo que o secretário da educação queria lousa digital nas escolas públicas. Isso é mentira. Basta ver as duas entrevistas do novo secretário e já deu para perceber que ele não é da turma psdebista (que está naufragando... Graças a Deus!!). O secretário ficou surpreso é com a miséria que os professores ganham e o quanto estão desmotivados. Não sei não, acho que o Alckmin já se arrependeu de convidá-lo, pois ele foi muito sincero nas entrevistas, principalmente naquela da Folha. É uma pena que ele está no meio de um pessoal que historicamente se beneficia pela péssima educação no estado de São Paulo: As falcatruas na FDE e a eleição ganha em primeiro turmo que o digam.

Em tempo: Quem é esse Luis Saul? É brincadeira esse comentário dele heim! Com certeza faz parte da chamada elite branca, aquela citada pelo Cláudio Lembo. Esse aí só conhece a  "realidade" da escola pública pelas manchetes do PIG. Duvido que já tenha pisado numa.

 

Boa escolha. Com certeza, deu aula para adolescentes que, se eleitores, são 100% seus  votantes. Aliás, se não me falha a memória, não foi nessa mesma veneranda instituição de ensino que seu atual  $ecretário de Cultura e famiglia andaram tendo uns probleminhas contábeis?

 

    Significativo o fato...Como Governador ele naõ confia  na Educaçaõ que oferece.Procurou um lugar que poderia ficar tranquilo...No Dante o pessoal entende de educaçaõ!Afinal,ele é médico e naõ um educador(foi um lapso),professor. Chama o Cerra. 

 

"Geraldo Alckmin (PSDB-SP) escolheu uma escola particular para ministrar a primeira aula inaugural de seu mandato":

Porque so tinha brancos.

 

Venhamos e convenhamos: a opção por uma escola particular, ademais uma reconhecidamente focada na classe dos mais abastados, foi uma tremenda roubada do governador e/ou da sua assessoria. Nada a ver, entretanto, com as condições sociais ou importância das crianças e adolescentes que lá estudam. Todas, indistintamente de renda ou classe social, merecem o respeito da sociedade e a atenção do Estado. 

Há em tudo por tudo nos atos públicos um simbolismo subjacente. A aula inaugural, pelo que entendo, se reveste de uma metáfora ainda maior quando é ministrada pela autoridade maior do estado e objetiva mostrar prioridade para certo setor ou área do governo.

Ora, a dependência de uma escola particular do Poder Público, afora a normatização, é nula. Quem prescinde da presença desse Ente é exatamente a Escola Pública. 

Então, antes que os partidários apaixonados dêem seus chiliques e tentem defender por defender com ilações absurdas um ato perfeitamente(e LOGICAMENTE) criticável, era bom atentar para o óbvio ululante.

 

 

  Esses são os governos que se dizem preocupados com a gestão e o planejamento. Na teoria tudo é muito lindo e maravilhoso. Na prática a "coisa" muda bastante.

  Os episódios que nos deixam a raciocinar são muitos e tal espanto poderia levar a uma reflexão que seria algo como " que tipo de contribuição eu dou para que isso aconteça?"

   Os governos dos ultimos 20 anos são os mesmos na capital paulista e nada pode ser constatado no que diz respeito a politicas públicas. No transporte público nada se investiu depois do governo da ex-prefeita Marta, não foram feitos novos corredores, que melhoraram muito a vida de quem precisa de ônibus na capital, para chegar ao trabalho. No caso dos metrôs foram entregues linhas com atrasos e ainda assim, elas não funcionam no periodo integral como nas outras linhas. A expansão das malhas do metrô foram paralisadas e portanto não teremos novas linhas de metrô tão cedo em São Paulo.

 Grandes e graves problemas com a limpeza do Rio Tiête estão ocorrendo nas gestões dos governos paulista e os casos de enchentes é o reflexo do descaso com o desassoreamento do rio, que provoca os grandes alagamentos que tem sofrido a cidade de São Paulo.

 Talvez, alias, já é tarde, a população paulistana consiga se libertar do conservadorismo imposto e se liberte da caverna elegendo melhores governantes para nossa cidade. Está claro que o governador visitou o colégio de elite, porque ali, ele se senti no seu terreiro, está em casa, imagina como seria desconfortável se deparar com uma realidade que ele nunca viveu e presenciou. Ali naquela escola ele estava tranquilo e no eixo de sua realidade.

 Na vila nhocuné ele passa bem rapidinho, toma um café e logo pega seu helicóptero e não é culpa dele, ele tem e sempre teve acesso aos cheirosos de olhos azuis, dificil né?....tadinho dele....!

 Por conta deste descaso a cidade vem passando por um momento de inércia e não vemos a cidade sendo cuidada como deveria, não vemos nada sendo investido no ensino público, nada sendo investido na construção de novos piscinões, nada sendo investido nos Céus, pois esse sim é um projeto fabuloso que tinha qualidade de ensino e que foram paralisados nos governos paulistas, pois para eles o pobre não pode ter acesso a uma escola de qualidade, com piscina, nutricionista, uniforme, salão de jogos, teatro, aula de musica, entre outras. Isso forma cidadão de verdade e definitivamente não é o que deseja os Psdbistas que estão no poder desta cidade por 20 anos consecutivos.  Neste caso os jornalistas e políticos de plantão não denominam como perpetuação do poder, essa denominação só se faz justa aos olhos dos tucanos e da imprensa no caso de governos de esquerda. Pura perseguição, está claro,  para eles a alternancia de poder só é necessaria com os governos de esquerda.

  Assim vai se tornando natural esse tipo de condição administrativa na capital paulista, por conta de não existir movimentos que visem mudanças significativas no quadro dos governantes deste estado, que tem sofrido o atraso absoluto com administrações que nada fazem para levar esta cidade ao patamar que ela merece.

  Habitamos em uma capital gigantesca e necessitamos de gestores com visão moderna, com vontade política de fazer desta cidade uma cidade grande, organizada, planejada e bem administrada.

  Brasil um país de todos!

 

O que um aluno paga de mensalidade, é o mesmo valor que o Estado de São Paulo paga a um professor. 

O sonho do sr. secretário é o desejo de todos os professores: oferecer ensino de qualidade a todos, independente da sua origem social. Mas estamos bem distantes de realizar esse desejo. Enquanto isso, sobram oportunidades para ações como essa do Governador, ações que se fossem feitas pela oposição, certamente receberiam diversas denominações  pelo PIG. Mas como se trata do PSDB..... 

 

Acho que a mensalidade é maior do que o salário do professor do Estado.

 

Sem comentários...

 

Pôxa pessoal: Que legal esta notícia!

Há 20 anos, respiro pó de giz durante as aulas. E quando apago a lousa, então, os alunos que ficam na frente sempre reclamam. Bom, acho que é porque não tem espaço pra eles se afastarem, ao contrário do que vejo nesta linda foto do Dante. Afinal,  nas classes da escola pública paulista em que dou aulas, são 40 alunos espremidos entre as carteiras, e ás vezes tenho que me equilibrar, bem encostado na lousa pra  não pisar no pé de algum aluno. Então, agora vamos ter lousas digitais.  Ual  !!! 

Por falar em Dante, pesquisei no Google alguma coisa sobre a obra "O inferno de Dante". Selecionei alguns trechos retirados da Wikipedia, da passagem " A Selva e o Monte". Reparem na última frase:

"Dante sem saber ao certo como, talvez por estar sonolento, perdeu-se em uma selva sombria" [...] 

Então Dante achou um monte, na interpretação de Sayers, "representa no nível místico a ascensão da alma a Deus"[...]

"O monte pode ser uma representação alegórica da montanha do purgatório que não pode ser escalada pela selva escura"[...]

"Dante a subiu e logo apareceram três feras (Pantera, Leão, e Loba), provavelmente os animais representam três tipos de pecados.[...]"

"Os pecados cometidos na velhice seriam mais graves, pois quem os comete já sabe diferenciar o certo do errado."[...]

 

Por favor, gaste cinco minutinhos da sua vida para assistir ao vídeo e entender um pouco como funciona essas aulas...

É um tipo de demagogia que as administrações tucanas importaram dos marketeiros dos EUA, onde os governantes vão às salas de aula para "fiscalizar" e "valorizar" a educação. Quem é licenciado e ralou para se formar; leu infinitos livros; cursou várias disciplinas pedagógicas; perdeu noites e noites de sono com os serviços que levou para casa para, enfim, ganhar uma merreca de salário, deve "adorar" esse tipo de palhaçada. Quer dizer: o governante tira um dia de pop star com a molecada enquanto o professor de verdade fica ali, à margem, com cara de babaca como se fosse um idiota subserviente ao poderoso que sabe o que está fazendo.

Que fique registrado de uma vez por todas: sala de aula é lugar para professor. Aultas inaugurais são muito bacanas, mas para os grandes mestres do ramo. O governante quer saber como está o ensino? Quer valorizá-lo? Quer fazer bonito? Então que ele fique uma semana (apenas uma semana) direto numa escola pública acompanhando a rotina do lugar; a estrutura física e social; o dia-a-dia dos professores e alunos...

No vídeo em questão, é Serra quem faz as vias de "professor"... E confira a longa distância entre os discursos e a prática.

Detalhe: as carteiras da sala de aula foram cobertas com plásticos para ocultar o péssimo estado de conservação das mesmas. Isto numa das melhores escolas estaduais do Estado de São Paulo...

http://www.youtube.com/watch?v=DJ5UdW8cMmw

 

O Alckimin está sendo coerente. O setor privado é o ninho tucano.

Ele não entende nada de setor público e menos ainda de escola pública.

A escola pública continuará sendo abandonada pelo governo do psdb(minúsculo mesmo), com vem acontecendo nos últimos 16 anos.

 

 

São Paulo, o Estado mais rico da América Latina possui as caras de seus governadores, todos eles da elite paulista, da burguesia mais reacionária do Brasil: Alkimin, Serra, Alkimin, Covas,(já falecido) Fleury, Quércia (já falecido) Montoro e muitos indicados durante o periodo da ditadura militar. Maluf também entra nesta lista. Deduz-se facilmente, que a elite burguesa é hegemônica e que tem dado as orientações sempre conservadoras, voltadas todas para os interesses dos grupos das classes A e B. Nunca houve compromissos destes governadores com as políticas voltadas para o social, tais como saúde, transporte, educação, inundações, favelas, cortiços,inundações, etc, etc. O IDH da capital paulista é um dos piores se comparado com os das grandes cidades do planeta. Até onde iremos parar com estes políticos tão conservadores?

 

E dá pra imaginar que logo logo aqueles meninos estariam dormindo com aquele trololo inerente aos tucanos.

 

E tem gente que acha o Alckmin melhor que o Serra..

O Serra tem o Paulo Preto, vulgo afrodescendente e o Alckmin tem um cunhado, o ex-prefeito de Taubaté...

Por onde anda a oposição ao PSDB em São Paulo ? Estão todos em Brasília.... ,pelo visto eu vou morrer e não verei São Paulo se libertar da corrupção das elites..

 

E ainda falam que a Folha é pautada pelo governo de São Paulo.Na área Federal é mais facil de saber quem recebe a pauta do planalto.

 

Opção preferencial pelos ricos. É óbvio.

 

A Massa Cheirosa, hehehehehehe!

 

Tudo normal para o histórico deste tucano.

Dizem que seu discurso sobre política industrial será lido na Daslu.

 

Lionel

 

Brilhante. Começou bem.

 

No mínimo uma publicidade e tant para o Dante, pode?

Não precisa de licititação pública para este tipo de favorecimento?????

Kd os princípios da adminsitração pública tais como legalidade, moralidade...

Eta nóis

 

 

...spin

 

 

É emblemática esta postura de Alckmin. Para quem passou a campanha inteira tentando mostrar ao eleitor paulista o que seria, pelo menos na educação, um novo governo tucano, o Governador desenhou de maneira bem simples.

 

Mas vocês iriam mandar quem do PT???? Genoino, Palloci, Delubio, Dirceu, Lula!!!???? eles ficariam preocupados se alguém perguntasse sobre o mensalão; na escola deve ir alguém que é professor, acredito que neste quesito só a Dilma poderia comparecer em algum colégio!!!!!

 

Qual o espanto??? Nada de anormal. Apenas o Alckmim confraternizando com os filhos de seus eleitores. Agora se tem pai de aluno de escola pública que votou no Alckmin, o problema não é do governador. É deste tipo de eleitor.

 

 

Nassif, bom dia!

Além dos problemas com os Ofas na SEE já relatado em seu blog, os professores recém aprovados no concurso público para PEB II do município de São Paulo e Guarulhos (Cogesp)estão sofrendo problemas no que cerne a posse devido a não emissão de laudo médico por parte do DPME.

Os funcionários do DRHU alegam que dependem da emissão dos laudos do Depto. Médico para posterior repassarem as Diretorias de Ensino, mas a imensa maioria que realizou exames entre Novembro e Dezembro ainda não tiveram seus laudos disponibilizados nas escolas para atribuição de aulas, o que ocorrerá dia 31 de Janeiro próximo.

Com tudo isso os efetivos aprovados em concurso terão que prorrogar a posse por mais 30 dias devido a má gestão de toda SEE/SP, que no interior agiu de forma distinta entregando o laudo na saída da perícia médica aos professores (CEI), o que demonstra uma problemática no sistema gerencial de ensino, podendo vir a prejudicar os alunos da rede Estadual que tem aulas programadas para 08 de Fevereiro.

Informações disponíveis na comunidade PEB II no Orkut: http://www.orkut.com.br/Main#Community?cmm=94305237 

Grato, 

Breno C. Leite

 

 

Visitou uma escola particular porque sabe que a pública é ruim e seria duramente criticado.

Não visitou uma escola pública por questões de segurança? Perto de casa, há uma escola estadual em que professores já foram agredidos por alunos. Seria esse o medo do governador? Ora, o responsável pela segurança pública no Estado é o próprio governador. Logo, é por erro dele mesmo e de seus antecessores.

Tudo isso é reflexo da qualidade da gestão tucana em SP.

E eu já ví muita gente defendendo esse cara.

 

Vocês não iam querer que o Doutor Geraldo fosse dar aula em um pardieiro público imundo da periferia, não é??  Que fosse se misturar com aquela pequena gentalha, com aqueles projetos mirins de mão de obra barata sem qualificação alguma, e com aqueles professores, funcionários públicos que só sabem reclamar, em vez de produzir, não é??

Ora, ora, o Dante sim, fica bem localizado, entre a Paulista e os Jardins, e é bem freqüentado, lá só entra a fina flor dos burgos paulistanos quatrocentões, isso sim.  E os professores são experts, todos bem formados oriundos da pequena burguesia, a maioria das mestras nem precisava estar dando aulas, são filhas e mulheres de gente bem nascida, só o fazem por missão e caritas.

Já pensou o Doutor Geraaldo na periferia, com esse calor insuportável? Ia derreter nosso picolé de chuchcu, assim não dá, assim não é possível, já declarou nosso mentor o sábio PhD, nosso estandarte cultural.

Esses esquerdinhas só sabem criticar os bons homens, não pode um governador nem freqüentar uma boa escola  de escol, que lá vem esses invejosos, uns revoltados com a derrota do socialismo real, como diz o nosso bom e leal Freire, ganir e vomitar impropérios e aleivosias  contra homens sérios.

Ora, ora.

 

Que pensamento mais medieval!  Vc vem com argumentos sobre "homens bons" ... enquanto houver gente pensando como vc, este pais vai continuar a ser um dos mais injustos do mundo.

O fato do seu governador preferido ir dar a aula no Dante nao me surpreende, na verdade, é completamente normal. Mas ver o desdem com que vc trata a populaçao mais simples é uma demonstraçao de que vcs (os que pensam como vc) se veem como seres superiores. Sinto te informar que os mesmos atomos que compoe o corpo de uma bacteria sao os constituintes do seu corpo tb.  Portanto, baixa a bola, experto...

 

Recomendaria um estágio com o Professor Hariovaldo.

 

Putz!!! Um texto tão obviamente ironico e sarcástico e tem gente que não consegue entender....

 

Este ato simbólico diz muito do governo e dos governantes tucanos. Parafraseando o próprio governador, o sonho de consumo deles, tucanos, é governar única e exclusivamente para esta elite que tem condições financeiras de manter os filhos no citado colégio. Fico revoltado com a falta de compromisso desta turma com a educação pública e demais necessidades básicas da maioria da população.

 

Não vejo nenhum espanto nisso, é bem a cara dos Tucanos, sentem-se à vontade é no ambiente perfumado das elites, e não junto ao povo. Não se podia esperar outra coisa, ainda mais do Alckmin, que está à direita de Serra... 

 

Primeiramente: FORA TEMER! E pra encerrar: FORA TEMER!

Exatamente.  É o PSDB em toda a sua plenitude, essência e ... excrescência. Elite branca só se confraterniza com seus pares. É a cara de São Paulo, que pensa que é a Chuíça ( como bem diz, PHA). 

 

KKKKK!!! Quando Dilma foi, acho obrigada e  se foi por servilismo é pior, a ir tomar chá com a dona da globo foi super elogiada por essas bandas

 

Ao contrário da comentarista Malú (11h19m), não acho que Alckmin (ou Serra/Kassab/Maluf etc.) seja da elite econômica paulista e, por isso, tenha ido ao Dante "cheirá-la": ele, como tantos outros políticos brasileiros de todos os partidos, está apenas a serviço dela e foi lá prestar contas simbólicas a seus patrões. Foi ver os filhos para enviar uma mensagem aos pais: "estou aqui, contem comigo".

 

F%$@ não xingar o zeroaldo depois de uma dessa....

 

Nossa que rídiculo...

O cara não fica nem vermelho, vai ver a decisão foi por motivo de segurança (também).

 

Seria alguma mentira? O que petista sabe fazer além de corromper a história, corromper a administração pública, corromper militantes políticos. Aliás, nunca estão satisfeitos ne? Demonizavam o Paulo Renato de tal forma, como se ele fosse o anti Cristo, agora Alckmin, com a indicação do novo queridinho da "esquerda festiva", o traidor Gabriel Chalita, indica um novo secretário de educação, e mesmo assim vcs nunca estão satisfeitos. Agora, a educação de SP é um caos realmente, não é Nassif? Boa é a educação nacional, afinal, o ministro Haddad é simplesmente fenomenal e eficiente. Ah, dê um tempo, vcs não mudam o discurso, é sempre a mesma ladainha, criticando tudo o que venha do PSDB e de suas administrações. Cade as críticas ao Ministério da Educação? Ou esse caos no ENEM, no SISU, não passa de golpe da "velha mídia". Luís Nassif, meu xará, dentre os blogueiros petistas me parecia ser o mais consciente e coerente, mas parece ser da mesma turma do "empregado do bispo Edir Macedo", o saudoso Paulo Henrique Amorim. Você sabe que é melhor do que ele Nassif, não precisa ficar fazendo intriga desnecessária só pra ter o gosto de criticar o PSDB.

Até mais

 

Basta lembrar que antes do enem nacional milhares de jovens, em caravanas, gastando os horrores, ficavam andando o país todo fazendo vestibular. Nem se fala nos prejuízos financeiros, coisa que talvez Hadad tenha sofrido no próprio bolos, apenas do risco terrível que esses corriam de sofrerem acidentes por essa federais das mais inseguras do mundo. E graça ao lado humando de Haddad da mais pura sensibilidade, coisa de petista da gema, foi que ele resolveu dar um basta nessa desgraça.

 

Puxa, quanta adrenalina! Chá de cidreira ou hortelã é um santo remédio.

 

Luis Saul, para refrescar a sua memória, o jornalismo da Globo e da Band  disseram  ONTEM que nunca "Dantes" ou após  1947 nunca choveu tanto em São Paulo e alagou-se tudo !

Depois mostrou o presidente do CREA-RJ dizendo que a culpa dos deslizamentos de terra na Serra carioca é culpa dos prefeitos, governadores, e lógico do governo federal....NÃO APARECERE UMA SANTA ALMA CARIDOSA PARA DIZER QUE A CULPA EM SÃO PAULO É DO DESSGOVERNOS DO PSDB/DEMQUE ROUBAM O DINHEIRO E NÃO LIMPAM O RIO TIETÊ E SEUS AFLUENTES

Me poupe Luis Saul !!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!! que a imprensa amiga do Serra e Alckimin já malharam o Fernando Haddad. Quem sabe a Dilma de a cabeça do ministro na bandeja para você!!!!!!!!!!!!!!!!!!!

Luis Saul, Pobre hoje vai para a faculdade seu trolado!!!!!!!!

 

Se fosse alguém do PT nessa foto , iam dizer que estava corrompendo os menores .

 

 Enquanto esse vai lá visitar, Haddad manda aluno pobre da rede púbicas para as melhores universidades públicas e privadas por todo o Brasil. Em pouco tempo, Dilma com o seu ProUni-Médio vai encher escolas como essas com aluno pobre.  É a maior revolução da educação brasileira!!!!!

 

Curioso, no dia uma dúvida me veio à mente .............

Como "a química", rolou bem antes, poder-se-ia dizer que 69 (x) 24 poderia sugerir instintos pedófilos ocultos?

Com a palavra, os psiquiatras !!!

 

Quanta imbecilidade!!!! Quanta falta de tato!!!!!!!!

 

A escola privada custa R$1.700 e consegue 650 no ENEM. A pública custa R$200 e consegue 550. Quem é ineficiente?

 

gabriel, tua observação é perfeita. a mídia esconde o tempo td esse raciocínio e aqui no blog tb, mtas vezes não se investe nessa análise. o valor é esse msm q vc colocou e se dessem a escola pública um custo aluno de 1700 reais por mês, os nossos problemas diminuiriam mt. vou mais longe, gabriel, o valor p desconto do imposto de renda para escola particular, até recentemente, era maior do q o custo aluno da esolca pública.

 

para o PIG...o ENEM!

 

De onde você tirou esses dados? Poderia por favor passar a fonte? (tenho interesse nisso).

Obrigado