newsletter

Pular para o conteúdo principal

A canção russa e os barqueiros do rio Volga

Perfomada em sua maior parte por um solista (Leonid Haritonov no vídeo) acompanhado da orquestra com instrumentos típicos da Rússia, trata-se de uma antiga canção popular cantada pelos barqueiros do rio Volga, que para fugir de sua existência miserável ganhavam a vida sob condições desumanas puxando barcos próximos da margem até o porto.


 


Sem votos
19 comentário(s)

Comentários

Comentar

O conteúdo deste campo é privado e não será exibido ao público.
+19 comentários

As irmãs Tolmatchévy cantam Katiucha no Dia da Vitória de 2007:

 

Que Sempre Brilhe o Sol - Canção dos Pioneiros:

http://pt.wikipedia.org/wiki/Movimento_dos_Pioneiros

 

Ansambl Samotsvety - Moi Adres Sovetskii Soiuz:

"Meu endereço não é uma casa, uma rua. Meu endereço é a União Soviética."

 

 

Vou, sem dúvida, um dia conhecer a Russia e a República Tcheca. O comunismo, parece, investiu muito em cultura, arte e vou querer ver essa beleza toda. Fora isso,acho os homens e mulheres russos  lindos!

 

Janes Salete, Praga (na República Tcheca) foi durante um tempo a capital do Império Austro-Húngaro, e no seu apogeu, acolheu a maior parte dos artistas da Europa. Já a Rússia, tentando ocidentalizar o país, fez o mesmo nos reinados de Pedro e Catarina.

Agora vc vir aqui dizer que o "comunismo", na Rússia, incentivou as artes, é demais...

Qualquer coisa que podia ser incentivada devia estar ligada a "produção" e "bem-estar dos trabalhadores".

 

E desse russo, então, belo...

 

Que trem danado de forte!

P.s: eu gosto desses russos viu..

 
 

Ou eu encontro um caminho ou eu o faço! Philip Sidney.

Hahahahahah.. Ótimo.!

Obrigado Fug..

 

 An instrumental version of the famous Russian traditional song "Kalinka", dedicated to the people of the Russian Federation.

 

Ou eu encontro um caminho ou eu o faço! Philip Sidney.

E dessa "verdadeira celebridade", você gosta; p.f, não me decepcione. o Hino da Rússia , imbatível em beleza melódica, pela também bela Elena Vaenga, com fundo de tela da hexa-bela Elena Isinbaeva, esta dádiva da natureza, só explicada pelo "Teorema de Bernoulli", impossível, melhor.

 

Ou eu encontro um caminho ou eu o faço! Philip Sidney.

Fug

Mais cansativo que bacana.

Ela é bonita, mas é magrinha.

Prefiro a tenista Sharapova

 

Gostas de fartura, "heim"? Tá certo !

 

Ou eu encontro um caminho ou eu o faço! Philip Sidney.

Lembra os grandes épicos  da saudosa URSS,o coro  do Exército Vermelho,tempero presente em toda a liturgia do cinematógrafo.
Falta  reintronizar Putin,candidato a versão  asséptica  do inesqucível geogiano que conduziu  à vitória a

Grande Guerra Patriótica...

 
Re: A canção russa e os barqueiros do rio Volga
 

Ou eu encontro um caminho ou eu o faço! Philip Sidney.

 

Ou eu encontro um caminho ou eu o faço! Philip Sidney.

A well-known traditional Russian song collected by Mily Balakirev, and published in his book of folk songs. It is a genuine barge-haulers' shanty. Balakirev published it with only one verse (the first). The other two verses were added at a later date. The song, also called The Volga Burlak's Song, was inspired by Repin's famous painting, Burlaks on the Volga, depicting the suffering of the people in the depth of misery in Tsarist Russia.

 

Ou eu encontro um caminho ou eu o faço! Philip Sidney.

A famous russian song sung by Paul Robeson. The painting at the video is Barge Haulers On The Volga 1870-1873 -belongs to the russian painter Ilya Repin.

 

Ou eu encontro um caminho ou eu o faço! Philip Sidney.

Muito lindo e emocionante! Eles e Elas, são belos. Sua literatura, sua música; uma cultura, pujante.

http://www.youtube.com/watch?v=pR37SEqewD8&feature=related

http://www.youtube.com/watch?v=4QDnH1pCC20&feature=related