newsletter

Pular para o conteúdo principal

A megadesapropriação em São Paulo

Do Terra Magazine

SP: Megadesapropriação desorienta famílias e atinge favelas

Dayanne Sousa

A alça do maior túnel de São Paulo vai passar exatamente onde hoje mora Oneide Cauduro Velho. Cabelos brancos e óculos dourados, ela mistura riso e choro ao dizer que não quer nem pensar em dirigir ali quando for inaugurada a mais nova promessa de solução para o trânsito caótico da capital.

O túnel, que vai ligar a avenida Jornalista Roberto Marinho e a Rodovia dos Imigrantes, terá 2,7 quilômetros. A obra faz parte do novo projeto da Operação Urbana Água Espraiada, aprovado nesta segunda-feira (4) por 39 dos 55 vereadores da Câmara Municipal de São Paulo.

Oneide mora na Vila Fachini, região do Jabaquara que será cortada pelo complexo viário. Vive com o marido, José Moacir. Cuida do neto que estuda no bairro e do filho, dependente químico que se trata a poucas quadras dali. “Moro aqui há mais de 30 anos, não sei como vai ser”.

A obra do túnel faz parte de um pacote de mudanças que se transformará na maior desapropriação e remoção de famílias da história da cidade. As remoções começam em agosto, e a conclusão da obra é prevista para 2014. Segundo o estudo de impacto ambiental da prefeitura, 8,1 mil famílias/casas serão afetadas, 7 mil em favelas. Nos cálculos dos moradores, os números são ainda maiores: ao menos 11,4 mil casas, o que significa cerca de 45 mil pessoas.

No Jabaquara, um grupo se organizou para combater o túnel. Eles se reuniram com secretários municipais e vereadores para traçar exatamente o mapa da Operação Urbana. “A prefeitura não nos procurou, descobrimos por acaso quando chegou aqui um pessoal pra fazer medições”, conta Marcos Munarim, um dos coordenadores do movimento.

A operação foi criada em 2001, quando se propôs pela primeira vez um parque linear ao redor do córrego Água Espraiada, região ocupada por favelas. Mas o túnel entrou no pacote, a proposta saltou do valor original de R$ 1,2 bilhão para R$ 4,5 bilhões e chegou às ruas de classe média, como a de Oneide.

Num bairro repleto de idosos, os moradores reclamam que não terão como se mudar para áreas mais próximas. Edwaldo Sarmento, presidente de outra associação da região, diz que, passado mais de um ano de debate sobre a obra, as casas já valem menos do que deveriam:

- A indefinição sobre as obras já desvalorizou a região, o valor que a prefeitura vai pagar a essas pessoas já será muito mais baixo. Conheço gente que vendeu por R$ 200 mil uma casa que vale mais que o dobro disso.

Do outro lado, os imóveis que restam vão ficar mais caros. “Onde eu vou comprar outra casa por aqui?”, lamenta Décio Quintas Lourenço. Ele será obrigado a cuidar da mudança dos sogros, que têm mais de 80 anos e “choram só de ouvir falar”. A casa pertence à família há mais de cinco décadas. O vizinho, Álvaro Ferreira, também vive ali há 52 anos.

Favela e parque linear

O entorno do córrego Água Espraiada é uma mistura de grandes empreendimentos residenciais e quadras inteiras ocupadas por favelas. É neste segundo espaço em que vive a maior parte das pessoas que terão de se mudar. Ocupam barracos que resistem à valorização imobiliária da região.

Por conta das favelas, a obra tem sido tratada como uma reurbanização. Ao redor do córrego, haverá um parque linear e, de acordo com a Secretaria de Habitação, serão construídas moradias populares para essas pessoas na mesma região.

Nenhuma dessas moradias populares, porém, foi concluída. A licitação das obras do túnel e do parque linear obriga as empreiteiras a construírem ao menos 4 mil casas. Mas fica um déficit. Se considerados os dados oficiais, faltarão ao menos 3 mil domicílios. De acordo com os moradores, 6 mil. Estas outras casas ficariam por conta da CDHU (Companhia de Desenvolvimento Habitacional e Urbano), que pertence ao governo estadual.

Enquanto as moradias não forem concluídas, as pessoas receberão o chamado aluguel social, de R$ 300 por mês. O valor, diz a assessoria de imprensa da Secretaria de Habitação, “é de praxe”, mas está bem longe da média dos aluguéis da região, que chegam a R$ 1 mil.

Há mais uma série de obras incluídas na Operação desde 2001 e que envolvem áreas tão diversas como as proximidades de escritórios luxuosos da Avenida Luiz Carlos Berrini e o mercadinho de Joseane Bezerra da Silva.

Joseane usa alguns poucos metros quadrados na beira do córrego Água Espraiada para morar com suas duas filhas e vender algumas frutas. “Falaram que é só em 2014, então a gente vai ficando aqui”.

Sem votos
19 comentário(s)

Comentários

Comentar

O conteúdo deste campo é privado e não será exibido ao público.
+19 comentários

É um tunel para atender a classe média e rica da zona oeste que assim podera chegar mais cedo em casa quando vier da praia, alem de atender alguns interesses que nunca iremos saber. É o que acontece quando se vota em tecnocratas e partidos que não sabem e não tem o menor interesse em fazer projetos pra grande maioria da população. Sr. governador Guarulhos precisa urgente que o metro seja prolongado do tucuruvi até a vila Galvão em Guarulhos e são paulo precisa urgente de um metro ou trem até os nossos aeroportos de Cumbica e Congonhas.

 

O projeto é bem interessante e ser for todo implatado vai ficar muito bem e valorizar muito a região . quem quiser mais informação pode acessar o You tube.

 

O Projeto é bem interessante faz uso de um parque para as areas de varzea e cria uma area de lazer para uma população que tem pouca opção ao redor , se for totalmente implantado vai beneficiar muito a região , quem quiser mais informação é só acessar o Youtube

 

 

 

A desapropriação beneficiará muito mais do que 45 mil pessoas......minha pergunta é, porque estas mesma pessoas que estão contra a reurbanização não foram lá na prefeitura quando a isenção fiscal para a construção do estádio o corinthinas foi aprovada? O Brasileiro só se mexe quando doi no próprio bolso ou quando lhes convem, eita povinho viu!!!!!

Quem mora no bairro não aguenta mais ver zumbis usuários de drogas, assaltos, tiroreio todos os dias, vamos fazer uma limpa!!!!

 

 

Caros Nassif e amigos do blog:

Realmente, é para ficar farto desta cidade e deste estado, onde o poder público renunciou completamente às suas funções, e terceirizou o planejamento urbano para a especulação imobiliária. Estes caras estão tão contaminados de neo-liberalismo, que para desinfetá-los só uma surra de cinta, de deixar aquele vergão até o fim da vida.

 

Caro Luiz

A cidade de São Paulo não tem saída a não ser o seu encolhimento.

Mas como fazer isto tendo como contra os enormes interesses ligados a construção civil existentes?

Assisti na TV a cabo uma série de programas chamados "Reconstruindo Cidades" (ou qualquer coisa semelhante).

Mostraram Paris, Londres, Nova Iorque principalmente.

Lá deu para perceber que estas cidades, apesar de serem menores do que São Paulo (principalmente Paris), foram fortemente investidas em infraestruturas a mais de 200 anos (isto mesmo DUZENTOS ANOS).    Todas tem seus problemas específicos, tais como, suprimento de agua (Paris), marés altas (Londres), ilha com topografia dificil (Nova Iorque), etc., mas foram investidas em infra estruturas por mais de 200 anos!

São Paulo não teve nos ultimos 50 anos nenhum investimento ou sequencia de investimentos planejados para prevenir seus presentes e futuros problemas. Digo 50 anos porque foi o tempo que morei em Sampa.

AGORA NÃO HÁ MAIS SAÍDA! O que vão fazer são obras menores, que eliminem moradores inconvenientes (favelas), que aumentem valor de areas a serem especuladas por amigos, obras de carater politico e principalmete obras que dem MUITA COMISSÃO AOS GOVERNANTES!

Se vc aceitar o conselho, recomendo a mudar para uma cidade menor, como eu fiz a mais de 10 anos, prevendo o agravamento dos problemas de trânsito, violencia, dificuldade de moradia, poluição, etc. (qualidade de vida de modo geral)!

 

  

 

 

julião

Penso como você, porém, a especulação está tão grande que até no iterior está difícil comprar imóvel.

E sim, São Paulo está nos espulsando daqui. Tá uma coisa horrorosa.

 

Pois é, Maralina!

Não é melhor fechar as fronteiras????

Que contradição, Maralina!

Olha, lá no Maranhão..... um sala e quarto tá por 350 reau!

Kital?

 

Por que um túnel!, por que um túnel, por que um túnel ???

 

ville ferreira

De início, pensei que, embora mais caro (isso é "deci$ivo"...), o túnel economizasse em desapropriações.

Depois que cheguei à gigantesca desapropriação, aí "nuintendi necasdipitibiribas"...

Se ligarem a Roberto Marinho à Pedro Bueno, seria um trecho de uns 300m apenas.

Daí, chega-se ào final da Av.Bandeirantes e a Imigrantes e, com obras cosméticas no trecho já seriam um grande avanço.

Além de dar capilaridade por todo o trajeto, que já é inteiramente de pelo menos 2 pistas independentes.

Mas preferem fazer um tubo "expresso" que liga "a" a "b" apenas, e maravilhosas alças milionárias de acesso...

Alem da enorme desapropriação.

Quai$ $erão o$ motivo$ di$$o?

 

Será que a OEA exigirá oitivas com os moradores a serem desalojados?

 

A única coisa que os senhores de bom grado dão aos escravos é a esperança. (Albert Camus)

A especulação imobiliária fala mais alto, afinal ela têm os responsáveis pelas decisões no bolso. Beleza de "democracia" que praticamos por aqui, não?

 

 

Off-topic

Libia -Tripoli - manifestação de mais de 1 milhões de pessoas

Houve recentemente, 1º de Julho/2011, na Líbia/Trípoli, uma imensa manifestação de apoio a Kadafi e de repúdio a agressão da OTAN, que reuniu centenas de milhares de Líbios em Trípoli.

Immense 1st of July demonstration in Tripoli

Vídeo, com imagens da manifestação a partir de 5 minutos:


Webster Tarpley from Tripoli: Million Man March Dares Obama, NATO to Invade! -

 

Mostrando determinação pacífica e coragem em face do Oeste belicista, os líbios decidiram transformar a reunião em uma celebração. Em uma atmosfera alegre, em meio cantando e tocando de chifres, eles gritavam: "Com as nossas almas, com nosso sangue, vamos defender nosso país!", "Tripoli será seu túmulo!", E em particular "NATO é barbárie; Gaddafi , você é a civilização! "

As pessoas se aglomeravam de todos os distritos da capital e de cidades e vilas próximas, empilhados em carros sobrecarregado para economizar em gasolina, sob um sol escaldante. O rali em si não ter início até o anoitecer, quando esfriou.

 

Sem contar Cyrenaica que atualmente é ocupada pela OTAN e seus mercenários, a Líbia tem uma população de aproximadamente 5 milhões, dos quais 1,5 milhões vivem na capital em si.

 

As autoridades distribuíram 2.000 mil metralhadoras para a população civil, preparando-o para empurrar para trás uma eventual invasão estrangeira. Assim, a multidão levou armas para manifestar o seu apoio para o seu sistema de democracia participativa e para a sua Muammar Kadhafi líder revolucionário, que libertou seu país do jugo colonial.

 

Celebrações continuaram pela noite dentro com um fogo de artifício soberba exibição que os líbios ofereceram para a Aliança Atlântica como um símbolo de paz, um show desconcertante para os soldados ocidentais que estavam assistindo de seus navios de guerra ancorados no mar.

_______________________________________________________________

Discurso de Muammar Gaddafi para a multidão em Tripoli, em Julho, 1, 2011 -

.

Vídeo e mais abaixo, transcrição para o inglês

do discurso de Kadafi.

 

Juli 2011

 

Vídeo discurso:

.

http://www.youtube.com/watch?v=ieqe4mj09M4&feature=player_embedded

.

| Transcrição original, em inglês |

http://nocheinparteibuch.wordpress.com/2011/07/02/speech-of-muammar-gaddafi-to-a-crowd-in-tripoli-on-july-2nd-2011-video-and-fulltext-english-transscript/

______________________________________________________________

Trechos traduzidos do inglês ( muito mal traduzidos...viaGoogle...) do discurso feito por Kadafi no 1º de Julio, na manifestação em Trípoli:

"É este um povo governado por um ditador? É este o povo oprimido? Este povo veio de toda parte, sem uma ordem de Muammar Gaddafi, me surpreendeu a mim mesmo de tudo isso, Multidões, mulheres, homens, famílias, crianças, olhar para Famílias, olhar  rastreado das massas em todos os lugares Quem pedir-lhes para vir? É Muammar Gaddafi veio a eles? eles vêm pelo poder do Desafio Esta é a coragem."

"Este dia um dia memorável, o povo líbio envia uma mensagem universal e histórica. será escrito na historia que após 100 dias sucessivos de bombardeio dia  e noite, com foguetes e bombas,  famílias, homens, mulheres crianças vão para as ruas e praças enchem as ruas e praças."

"Moammer Gaddafi não está representando o povo líbio, o povo olhar para Moammer Kadafi como  simbole de líbios  , este é o povo, para lidar com os líbios este povo são membros de 2000 tribos, lidar com os anciãos das Tribos, lidar com a liderança do povo, os anciãos tribos na reunião principal com Congressos Pessoas Basicas."

"Eu não quero  governar povo líbio porque o sistema na Líbia é o sistema de Líbia, a democracia direta popular de que você não sabe, vocês (lideres europeus) o seu povo protestando contra você. e você vê o que as pessoas da Líbia fazendo com Moammer Gaddafi nos campos e praças, compare entre demonistrations na UE e entre em demonistrations Líbia, que seu povo não carregam as suas imagens é contra você, é quebrar as fotos e quero que você vá para baixo, demonistrations em toda parte, pede para a democracia real, qual é a verdadeira democracia é o significado da democracia na Líbia devem ser aplicadas na UE seu povo dizendo que as pessoas devem governou seu eu, como povo líbio, Conferências Populares e Comitês Popular, conferência e os comitês de decidir aplicada, se as pessoas querem mudar sistema líbio .  que eles podem fazer, ninguém pode representar o povo da Líbia, Você está provocando o povo líbio, você insultou o povo líbio, quando trouxe Traidores agentes e eles disseram que representam povo líbio. É esta a democracia que você tem? você traz um traidor com o seu avião e você diz isso é representar o povo da Líbia é esta a democracia? para o inferno a sua democracia, se é assim, democacy é a democracia do povo. conjunto de todas as pessoas em cadeiras isso é a democracia, a experiência da Líbia Vai ganhar na Europa e América, Ásia e em todo mundo. ele vai ganhar Teoria do povo líbio vai ganhar, e da revolução líbia de pessoas, a revolução do Fateh grande vai ganhar em todo o mundo. até a revolução de França foi fough pela Europa."

 

Para a Prefeitura de São Paulo pessoas são apenas números. Elas não possuem história, uma possuem identididades.  Para Ela, deve prevalecer a lógica fria dos burocratas que em nome de uma suposta racionalidade, vão abrindo espaço para carros e para a especulação imobiliária.  Como gostar de uma cidade que na qual seus administradores não gostam de quem mora nela? Se gostassem, as prioridades seriam outras.

 

A Câmara Municipal de São Paulo, e o desrespeito para com os munícipes.

É fácil aprovar, na calada da noite, uma mega intervenção pública como esta, sem levar em consideração as cêrca de 45.000 pessoas que serão afetadas com esta desapropriação, e sem preocupar-se com o que acontecerá com os atuais moradores da região a ser desocupada.

Efetivamente, o que foi aprovado, foi que a área será desapropriada, e que os moradores terão que "se virar" pois o interesse imobiliário envolvido, é bem mais importante,que a situação em que ficarão os cidadãos paulistanos.

Será que até as próximas eleições para renovar a Câmara, os eleitores se lembrarão dos nomes destes que agora votam os projetos contra a cidade(e a favor de seus bolsos)e que tentarão a reeleição ?

 

Os poderosos  vieram na escuridão, e destruiram a única rosa do meu jardim; Depois vieram novamente às escondidas, e destruiram todas as minhas roseiras, porem jamais conseguirão impedir, a chegada da primavera.

O paulista é tão estranho que fez a torcida do Curintia crescer enquanto o time perdia e perdia.

Masoquismo é com eles.

Serão sempre do PSDB!

Que se feche a fronteira, já!

 

Que comentário idiota.

 

Concordo, Maralina.

Mas.....

O teu comentário é pueril, mas não vou chamá-lo de idiota.

Tadinha!

Rápido!!!!

 

e o metrô ???? nada