newsletter

Assinar

A queda de audiência da Folha na internet

Do Comunique-se

Folha perde 16% de audiência no trimestre; queda pode ser resultado da cobrança por conteúdo

Nathália Carvalho

Coincidentemente depois de passar a cobrar pelo conteúdo online, a audiência do portal Folha de S. Paulo caiu 16 % nos últimos três meses, segundo os dados do Alexa, site do Amazon que mede a popularidade na internet.

A análise mostra que a Folha teve no período 14% menos de visitantes únicos. Entre as notícias mais lidas estão a da seção F5, que aborda o mundo das celebridades e atraiu a atenção de 21% de todos os leitores do portal. No Brasil, o site está entre os 22 mais acessados. O Comunique-se entrou em contato com o veículo, mas não obteve resposta.

O rival Estadão perdeu 1,73% de audiência no mesmo trimestre e aumentou em 2% o número de visitantes únicos. Os blogs lideram entre as páginas mais visitadas e o site é o 40° visitado do país.

Sem votos
23 comentários

Comentários

Espaço Colaborativo de Comentários

Comentar

O conteúdo deste campo é privado e não será exibido ao público.
+23 comentários

Quem insistir em cobrar por conteúdo ou acesso na internet vai quebrar a cara.  Imagine eu tendo que pagar 10, 15 reais por leitura de cada sites ou blogs.  Os mesmos têm que se manter com propagandas, anúncios etc, e o  leitor ter a liberdade de escolher o que for de seu interesse.

 

Bem feito!!

 

Segundo eles, o sítio da Folha é - (era)  o campeão de acessos e estavam seguindo o modelo bem sucedido (segundo eles) do New York Times que começou a cobrar pelo acesso a seu sitio.

Eu era um que acessava com frequência o sitio da Folha por que gosto de ver. ler outros pontos de vista e também outros tipos de informação, e achava bem feito a diagramação do sítio.

Parei de frequentar por que sou contra acesso a sítios de maneira paga. Fico a pensar - será que a publicidade não cobre os custos de manutenção?

 

 

Mas o modelo do NY Times só foi bem sucedido porque ele cumpriu o papel que foi projetado, que era de barrar a sangria no número de assinantes da edição impressa. E a Folha não é o NYT. O problema é que a Folha alienou todo mundo que estivesse a disposto a pagar com sua ridicula linha e qualidade editorial. 

 

Essa pesquisa está totalmente correta. Eu sou um que pouco leio do portal UOL atualmente e depois do bloqueio da FSP nem sequer abro a pagina eletronica. Portanto, a noticia é pelo site oficial do Senado Federal no clip diario. De graça e muito mais bem elaborado jornalisticamente. 

 

A autenticidade da Folha de São Paulo, pelas informações hoje disponíveis, não pode ser descartada - bem como não pode ser assegurada.

 

A semeadura é livre, mas a colheita obrigatória.

 

COMO DAR NOTÍCIA POSITIVA DE FORMA NEGATIVA

Crescimento do consumo das famílias evita resultado negativo do PIB

PEDRO SOARES, do RIO

31/08/2012 - 11h31

Mais uma vez, o consumo das famílias evitou que o PIB (Produto Interno Bruto) brasileiro registrasse uma queda no segundo trimestre deste ano, com alta de 0,6% na comparação com o primeiro trimestre.

O resultado, porém, sofreu uma desaceleração frente aos três primeiros meses do ano, quando o indicador havia crescido 0,9%.

FONTE: http://www1.folha.uol.com.br/mercado/1146290-crescimento-do-consumo-das-...

 

A queda não é devido a cobrança e sim por falta de credibilidade...esta no caminho da "veja" só perdendo leitores!

 

No meu caso, nem tanto pela cobrança e sim pelo nível das reportagens, principalmente as políticas, há tempos deixei de acessar o portal.

Piorou com o mensalão, pois todos os dias as manchetes reportam à esse julgamento de cartas marcadas, que os juízes do supremo julgam e a imprensa julga os juízes. 

 

 

Além do aspecto de ser, com um ou outro articulista como a exceção que confirma a regra, um partido de oposição em lugar de um portal de um jornal, um órgão de informações e análises não contaminadas por preconceitos políticos e questões ideológicas, existe um outro fator que em minha opinião faz e continuará fazendo, se não ocorrerem mudanças, acelerar a perda de leitores.

É a semelhança cada vez maior desse portal com sites e portais de publicações e fofocas sobre o que chamam de "celebridades" ou "famosos", em geral pessoas descerebradas que conquistaram alguma notoriedade, na maior parte das vezes passageira, algumas por aberrações físicas ou mentais, de modo geral por excesso de mediocridade e vulgaridade.

Ocorre que já existem dezenas de portais especializados no assunto e até canais de televisão aberta, onde as pessoas interessadas nisso, quase sempre do mesmo porte intelectual de seus ídolos, podem sem qualquer custo ou despesa, ler a fofoca ou a vulgaridade do dia ou ver fotos e filmetes dessas estranhas figuras.

Ou seja a Falha está cada vez mais Caras, um dos motivos pelo quais raramente leio matérias daquele sítio.

Não que para mim faça diferença, por mim ambos poderiam ir a falência que não fariam falta, na verdade seria um ganho pelo decréscimo de asneiras publicadas.

 

 

Perde eleitor pq mente descaradamente, um jornal a serviço da direitona. O povo não é mais trouxa

 

Cancelei minha assinatura do tablóide Zero Hora há dois meses. Há dois meses que continuam a me enviar o "jornal", mandando cartinhas e ligando (nem respondo mais, só vejo na bina). Tem sido útil prá limpar a mer$@ do cachorro !!! Será que estão desesperados com a fuga de assinantes ?!

 

É outono/inverno!! É quando as folhas caem.

 

Folha quem?...

 

Bem feito!!! Se de graça já era ruim imagine pagando... rsrsr

 

Vivi

Se tem uma coisa que usuário de internet tem de sobra é ser pragmático.

Esse sistema de cobrança da Falha de Sampa é uma das coisas mais esdrúxulas que já vi.

Quero ler a notícia e vem uma tela enorme a me dizer que tenho que pagar, no mesmo instante, vou ler a notícia no G1 ou no IG.

A tendência a se observar com esta cobrança é a Falha passar o Cerra na taxa de rejeição...

kkkk

 

Comigo é a mesma coisa. Depois que algumas vezes pulou a tela enorme querendo meus dados, deixei de ir lá e não sinto falta.

 

Toni

Eu sou um que nem abro mais as notícias da Fôia. Na primeira vez que abriu o pop-up de conteúdo pago, fiqueichateado e não volto lá. Mas acho que eles devem ter "flexibilizado" as regras e aumentado o número de matérias com acesso. Hoje é 31, e com toda certeza eujá abri mais de 20 matéiras da Fôia neste mês, mesmo por obrigação de trabalho, e ainda não apareceu o pop-up. A não ser que eu tenha ganho uma  assinatura digital grátis, o que não ahco  que seja do alvitre deles.

 

De graça já seria caríssimo.

 

Pode ser? É claro que é.

 

Folha, não dá para ler.

Vídeo histórico.

http://videos.r7.com/cai-o-numero-de-leitores-de-jornal-no-brasil-e-a-fo...

 

É bom saber o que o inimigo anda dizendo. Basta apagar os cookies do navegador (Internet Explorer, Chrome, Firefox ou Ópera) e você está de novo apto a ler (e enjoar às vezes) o que a "fôlia" contém. 

 

ou executar o script:

javascript:$('paywall').hide();window.onscroll=null;