Revista GGN

Assine

Trivial de Che, 44 anos de sua morte

Ernesto Rafael Guevara de la Serna, conhecido como "Che" Guevara (Rosário, 14 de junho de 1928[1]La Higuera, 9 de outubro de 1967), foi um político, jornalista, escritor e médico argentino-cubano[2].

Guevara foi um dos ideólogos e comandantes que lideraram a Revolução Cubana (1953-1959) que levou a um novo regime político em Cuba. Ele participou desde então, até 1965, da reorganização do Estado cubano, desempenhando vários altos cargos da sua administração e de seu governo, principalmente na área econômica, como presidente do Banco Nacional e como Ministro da Indústria, e também na área diplomática, encarregado de várias missões internacionais.

Convencido da necessidade de estender a luta armada revolucionária a todo o Terceiro Mundo, Che Guevara impulsionou a instalação de grupos guerrilheiros em vários países da América Latina. Entre 1965 e 1967, lutou no Congo e na Bolívia, onde foi capturado e assassinado de maneira clandestina e sumária pelo exército boliviano, em colaboração com a CIA, em 9 de outubro de 1967.

A sua figura desperta grandes paixões, a favor e contra, na opinião pública, e converteu-se em um símbolo de importância mundial. Foi considerado pela revista norte-americana Time uma das cem personalidades mais importantes do século XX.[3]Para muitos dos seus partidários, representa a rebeldia, a luta contra a injustiça social e o espírito incorruptível. Em contrapartida, muitos dos seus detratores o consideram como um criminoso, responsável por assassinatos em massa, e acusam-no de má gestão como ministro da Indústria.

Seu retrato fotográfico, obra de Alberto Korda, é uma das imagens mais reproduzidas do mundo e um dos ícones do movimento contracultural. Tanto a fotografia original como suas variantes, algumas apenas com o contorno do seu rosto, têm sido intensamente reproduzidas, para uso simbólico, artístico ou publicitário.

Leia mais em: http://pt.wikipedia.org/wiki/Che_Guevara

Principais filmes sobre Che Guevara

- Diários de Motocicleta
   Ano: 2004
   Direção: Walter Salles
   Gênero: Drama
   Temática: Biografia

- Che (Parte Um)
   Ano: 2008
   Direção: Steven Soderbergh
   Gênero: Drama Histórico
   Temática: Biografia, História, Revolução Cubana

- Che - A Guerrilha (Parte Dois)
   Ano: 2008
   Direção: Steven Soderbergh
   Gênero: Drama Histórico
   Temática: Biografia, História, Revolução Cubana

Imagens

Sem votos
7 comentários

Comentários

Espaço Colaborativo de Comentários

Comentar

O conteúdo deste campo é privado e não será exibido ao público.
CAPTCHA
Esta questão é para testar se você é um visitante humano e impedir submissões automatizadas por spam.
+7 comentários

Faço minhas as palavras do internauta Kleiner.

 

Faltou mencionar na relação de filmes um longa-metragem estrelado por Jack Palance (como Fidel) e Omar Sharif (como Che). Não sei o nome, mas o filme é bom. Quem souber, por favor postar. Um abraço a todos(as).

 

 

o Che de andy warhol será eterno, mais que a lenda fantasiosa criada em torno do incompetente revolucionario

 

"A verdade é a melhor camuflagem. Ninguém acredita nela." MAX FRICH

O Che foi e sempre será o símbolo de todos que lutam por liberdade, igualdade, respeito e superação!

 

Cena de Che - A Guerrilha (Parte Dois) 


 

 

Estou assistindo agora um belo documentário sobre a criação da música uruguai dos anos 60. Documentário de Juan Pellicer, no canal Brasil.

 

zanuja

Permanece vivo até hj pelo mundo afora. Gerações após gerações alimentam o imaginário do revolucionário e mito Che.

 

zanuja