Revista GGN

Assine

Globo usa tragédia para fazer pegadinha

 

A Globo resolveu usar a triste situação da Região Serrana do Rio para fazer política. Para isso recorreu a uma edição absolutamente tendenciosa, o que é comum naquela emissora, mas que não se esperava que chegasse a tanto.

No Jornal Nacional, desta sexta-feira, 14, os editores utiilizaram passagens da reunião ministerial convocada pela Presidente Dilma Rousseff e juntaram as imagens a um texto que tratava enfaticamente da ajuda aos desabrigados e às cidades atingidas.

No texto, a repórter dizia que a tragédia da Região Serrana ocupara boa parte da pauta do encontro interministerial. Mas as imagens mostradas eram de um momento de descontração dos ministros em que mesmo a presidente sorria. A intenção dos editores era mostrar uma cena de descaso com o drama do Estado do Rio.

Essas pegadinhas de edição são muito comuns entre amadores. No youtube, podem ser encontradas centenas delas.

Mas não é hora de profissionais responsáveis pela informação pública brincarem de pegadinha quando o assunto é tão sério.

Ali Kamel é o responsável último por esta falta de respeito ás vítimas da tragédia e por este uso político do drama de milhares de pessoas.

Veja a armação aqui.

Média: 4.7 (39 votos)

Recomendamos para você

152 comentários

Comentários

Espaço Colaborativo de Comentários

Comentar

O conteúdo deste campo é privado e não será exibido ao público.
+152 comentários

Está provado que a maior emissora de televisão do Brasil encontra-se ciênte na questão da impunidade em promover matérias que compromentem a dignidade de pessoas e mesmo da sociedade para atingir seus objetivos.

 

Precisamos achar um novo adjetivo par o jornalismo da globo. Nojento, podre, cretino., canalha.. nada disto está a altura. Assustador.

Deve ficar registrado.

 

Quem não desconfia de si próprio não merece a confiança dos outros ( ditado árabe)

E não para por aí. É fato que a Globo tem grande poder de influência, não só em reportagens desse tipo, mas nas próprias eleições. Ela tem o poder de favorecer candidatos e diminuir o conceito de outros, e usa desse poder sempre que convém.

 

Seja como ator de filme pornô (está por não provar-se) ou diretor de jornalismo, Ali Kamel gosta mesmo de uma safadeza...

 

Com esta armação torpe fica comprov ado que as organizações Globo não são uma empresa jornalistica, são, na realidade um partido político e como tal tem que ser tratado. 

 

O email da indigitada e pernóstica cria global: ali.kamel@tvglobo.com.br

 

Prezado Luis Nassif,

A GLOBO pegou duas situações em momentos diferentes e criou a pegadinha. Uma trama sem vergonha e enganadora. Este pessoal não se conforma com a vitória da Dilma Roussef e fica procurando defeito. Não estão sós neste tipo de  molecagem e falta de seriedade. Uma rede como a GLOBO deveria cumprir com o papel primeiro da imprensa: informar, ensinar, educar, esclarecer e não mentir.

 

 

"Eu uso o poder!" Esta frase do Roberto Marinho poderia ser completada com a expressão: e daí? Vai encarar? Vocês não sabem com quem estão se metendo; quem nos criou e quem nos sustentam." Se ele dissesse a frase inteira soaria como provocação. Mas é isso o que a Globo sempre fez. Esfrega o seu poder nas nossas caras. Usa e abusa do seu poder.

Enquanto alguma coisa não altere a ordem mundial e seus paradigmas, teremos que engolir tudo isso.

 

 

 

O ( A)  globo  não  mudou  nem  vai  mudar:  perseguiu Getúlio, Juscelino,  Jango , Lula  e  Dilma, e  foi  contra  os  movimento Diretas  Já; apoiou o  corvo  lacerda  ,  jãnio,  a  ditadura  militar, collor,  sarney,  fernando henrique,  serra  e  geraaldo,  da  opus dei. Sempre  esteve  contra o  povo,  só  enxerga  o  povo  como otário,  consumidor  dos  seus  podres  produtos.

   Como  tem  conexão  com o  INPE,  portanto conhecimento das  mudanças  do tempo,  omitiu-se,  deixando  de alertar  as  populações  atingidas a  procurar abrigo,  por  meio de suas  potentes emissoras  de  rádio e tv"s  coligadas. 

  São  uns  abutres.

 

 

Weden!

Não cheguei a ver, o que foi melhor para mim.

Isso é um acinte desrespeitoso ao extremo. Inominável e passivel de réplica instantânea na mesma medida.

Quando tivermos um governante que se respeite, ele haverá de falar de forma pedagógica, para todos e em cadeia nacional, no ato, mostrando a verdade e dizendo o que espera daí em diante.

 

A guerra está declarada desde o primeiro dia de governo do ex presidente Lula... Lula errou (ou foi convencido a errar) em não peitar essa corja do PIG... É guerra aberta e total... 2011 nos trás a seguinte missão... Ou o Brasil acaba com o PIG ou o PIG acaba com o Brasil... de novo.

 

A mesma estratégia foi usada numa matéria no site d'O Globo. Associaram a reunião ministerial e as ações para ajudar os desabrigados a foto de Dilma sorridente no topo da página. A maior parte dos leitores não percebe as artimanhas editoriais que procuram moldar a informação com intenções veladas. É preciso desmascarar as estratégias de manipulação da informação usadas pela reacionária imprensa brasileira.

Da minha parte tenho adorado sabotar a exibição da revista Veja nos displays dos supermercados - viro todas ao contrário, um modo de ocultar a marcar e evitar a compra por impulso. O que sobra é a tralha da publicidade da 4ª capa ou as muitas outras revistinhas de celebridade em primeiro plano.  

 

A globo quer encobrir os milhoes que ela recebeu do governo do RJ , desviado do fundo usado para previnir essas tragédias ....

 

A Presidência não possui o ministério das comunicações? Deveria vir a público, mesmo que através de propaganda paga em todas as redes de televisão e também nos órgãos internacionais, colocar no ar toda a matéria, mostrar e explicar a "EDIÇÃO CANALHA" da globo para alertar os Brasileiros e a Imprensa mundial de que esta emissora é inimiga dos adversários dos tucano, principalmente se o adversário for o PT ( Partido dos Trabalhadores ). Deve ser abertas concesões de Jornais Redes e TVs para estrangeiros também ( está na hora de mudar a Constituição neste particular ) para percentual de até 50% ( meio a meio ). AÇÃO MOÇADA ou o PIG nos FERRA A TODOS , seja como CIDADÃOS, seja como seres DEMOCRÁTICOS.

 

Estamos cansados de saber que a Globo sempre foi assim, e assim será ,se não for tomada uma atitude. Governos vão, governos chegam e nada. A Globo continua desinformando e tripudiando sobre tudo e sobre todos.

Ley de medios já.

 

weden

você foi generoso com a rede globo. a globo não brinca de pegadinha. ela comete um crime ao manipular, tão descaradamente a imagem.

mas aqui o povo mostra o preço que a globo está pagando por esta sistemática violação da verdade

 

luz

Meu caro,

A globo não vai desistir de denigrir a imagem da Presidenta. Hoje, por exemplo, postaram no G1, 03 fotos, duas imagens das desgraças da região serra, no Rio, e no meio a foto da Dilma coma a Faixa Presidencial.

 

Jornal Nacional incorpora o Casseta Planeta em seu jornalismo

Essa reportagem da Globo, no Jornal Nacional, tentando criar uma pegadinha, ao juntar as imagens de Dilma e equipe, num momento de descontração, com as notícias da tragédia do Rio, mostra aquilo que eu venho sustentando há algum tempo: O Jornal Nacional incorporou o extinto (por falta de audiência) Casseta Planeta. Ao levar esse tipo de enfoque para o jornalismo, Ali Kamel inova (acha ele que inova) o cobertura jornalística no Brasil. Para quem ainda assiste, fica a impressão de uma matéria jornalística apresentada pelo Marcelo Madureira, nas organizações Tabajaras (sem sombra de dúvida, foi o que virou as organizações Globo). Ali kamel sabe que fez uma armação ao colocar essas imagens juntas, e aí me lembra outra série conhecida da Globo: Armações Ilimitadas. Perdi por completo, qualquer resto de respeito que por ventura ainda poderia ter pelo jornalismo da Globo. É jornalismo no seu sentido mais baixo e grosseiro. Estão, não tenho dúvidas, tentando aumentar a moeda de troca na implantação da Lei da Mídia e o Conselho de Jornalismo, que estão para ser implantados, como vem acontecendo em todo o mundo. Não adianta, a Vênus Platinada vai ter que amargar a lei que irá punir comportamentos esdrúxulos como essa matéria sem vergonha do Jornal Nacional. 

 

Acredito que o impacto desse tipo de edição seja nulo, mesmo porque a maioria das pessoas, quando estão sintonizadas no JN, ficam mais ligadas no áudio do que na imagem (isso quando ficam!), eu mesmo estava longe da TV, apenas escutei a notícia da reunião. A televisão sempre mobilizou um tipo de audiência desatenta, é aquele tipo que se intromete sem ser convidado. Mesmo assim vale o registro. Parece ser mais um dos bons exemplos de como se construir um discurso próprio (o da Globo), se utilizando de técnicas de edição, que pouco tem a ver com a realidade.

 

quiseram achar uma coisa igual ao top top do ministro, foi realmente ridiculo

 

O Fuhgeddaboudit quem disse aqui que a culpa da trgádia é da Globo???

Leia novamente!!!! Aff!!!

socram pb concordo contigo plenamente!!

Não podemos esquecer do Jornal da Band que tenta fazer o mesmo, o Ricardo Boechato baba de tanta raiva ao Citar nome da Dilma, governo, PT ... 

 

 

Leio todos os dias esse blog.

Primeiro detenho as informações que ele me traz.Em seguida os comentarios. E finalmente tento refletir sobre o que li para procurar entender como as pessoas estão agindo diante da realidade.

Na semana, o Nassif colocou num post um comentario que fiz dizendo que era o momento do pais  parar de aceitar tantos absurdos, acordar e exigir que os orgão de fiscalização de meio ambiente passem realmente a funcionar, que as prefeituras passem a agir com responsabilidade. E sobretudo tentei assinalar que era a ocasião da sociedade se manifestar veementemente contra a mudança do Codigo Florestal, acertada pelos politicos para os proximos dias.

Inacreditavelmente, essa ação da sociedade, absolutamente necessaria para não piorar ainda mais o que estamos vendo, não aconteceu. Não li nenhum comentario a respeito.

Agora vejo uma infinidade de raivosos contra a horrorosa Globo.

A Globo e todo o resto da imprensa são uma força negativa ha muito tempo. Foram eles que derrubaram o governo em 64, como matarm o Getulio.

Grita-se ha muito tempo contra isso. Mas a unica solução esta nos governos ligados ao povo apoiarem o surgimento de novas fontes de informação ou talvez um canal de televisão publico que concorra com os que existem, nos moldes da ORTF da França. Os franceses mantiveram, ate a direita tomar o poder, um canal de televisão imbativel, extraordinario, que informava realmente as pessoas e distribuia cultura a população.

Quanto ao fato que despertou tanta ira nos comentarios creio haver um pequeno engano.

O mundo esta em guerra politica e não é so no Brasil. Quem não ve é porque não quer.

Qualquer minima falha sera aproveitada pelo adversario. E não devemos menospreza-lo.

Não é hora de nenhum politico rir, sobretudo diante de qualquer camera de televisão. Espero que o governo que apoio não cometa mais uma falha tão pueril. O Lula com sua habilidade politica não faria isso.

 

Então Nassif, essa história está cansando mesmo! Ontem resolvi assistir ao Globo News, um horror! Uma repetição de imagens, de matérias, como se eles estivessem cobrindo ao vivo o tempo todo. Houve momentos de "saias justas" para alguns repórteres. Em um deles a famosa perguntinha: "O que vc está sentindo com tudo isso?". Isso para um cara que havia perdido parentes, o sítio devastado, em uma cena de desolação. O cara foi bem objetivo: "Como vc acha que poderia estar diante de tudo isso?" (mostrando a situação com a mão). Depois ainda emendou algo do tipo: "o que vc acha que alguém estaria sentindo com a perda do... etc etc" O tal repórter é tão cara de pau que continuou a matéria sem nenhum problema. Nem ficou vermelho com uma pergunta imbecil dessa. Outro momento foi no programa painel. Claro que eles chamamaram os especialistas para poder fazer coro com a insanidade deles e também para referendá-los: "não estamos sozinhos, até as  duas geógrafas e um psicanalista pensam como nós". Só que não foi isso que aconteceu. Os convidados levaram a discussão para outro lado. O psicanalista (Forbes) mudou o foco da discussão. Falou que não se podia ficar naquele discurso "os palíticos, os políticos..." Isso não ajudaria em nada. O importante naquele momento era pensar em como salvar aquelas pessoas que estavam sofrendo. Era disso que se deveria falar. Foi interessante viu! Por essa intervenção do Forbes. Para ele, ficar acusando os políticos nesse momento isso dura dois meses e acaba. No caso seria salvar e depois discutir o problema. O outro programa eu desliguei a TV. Era a Míriam Leitão com jornalistas de O Globo e outro jornal do Pig. Nassif, responda-me uma coisa: essa perguntinha dita de repórter ("o que vc está sentindo...") é ensinada nos cursos de jornalismo? É de doer viu! Já ouvi a versão dela em muitos noticiários sobre tragédias. Não é de hoje!  Olha, já estive em uma situação assim de tragédia, na enchente que houve na cidade de Goiás logo que ganhou o título de patrimônio da humanidade, há alguns anos atrás. Foi um horror! E olha que houve apenas destruição de casas e não vítimas. O sentimento era de fazer alguma coisa, ajudar aos que ficaram sem casa. Eu, particularmente fui ajudar a limpar a casa de Cora Coralina. Defesa Civil nem havia chegado. O governador na época (Marconi) ficou ali na rua próxima à casa de Cora ajudando por alguns momentos na organização do trânsito. O que a Globo e os seus associados do PIG estão fazendo para ajudar aos que estão sofrendo? O que seria uma cobertura jornalística para  momentos como esses? Claro que o erro sempre será humano! Quem não sabe disso?!!!

 

Nassif, favor me explicar qual o procedimento que devo efetuar para que os comentários em seu blog, aki, possam ser divulgados? Grato.

 

A rede bobo precisa de um tranco  no governo Dilma, senão ela cresce e vira uma Fox News.

 

Esse Rebolla não é aquele que tem um blog de ultra direita onde se refere à Dilma como terrorista?

Meu Deus, cada coisa que temos que aguentar em nome da democracia

 

É sempre assim, depois das chuvas, vem o "lacerdinha" para aporrinhar a gente. Não passem debaixo de uma arvore.

 

Nassif, já notou que a Globo está virando seus holofotes para Minas em prol do "projeto Aécio"? Repare que criaram, após a eleição da Dilma, um GloboEsporte Minas e um link 'Minas Gerais' no site G1 que antes não existiam... a tática de tentar fazer crer que São Paulo era um lugar bonito, próspero e perfeitro não deu certo....

 

Bem galera, outro dia saiu uma reportagem que o jn tinha perdido 25% de audiência em 10 anos. Então, ou ficamos esperando, naturalmente, que se perca mais 25% de audiência nos próximos 10 anos(que é muito tempo), ou nós patriotas fazemos algo para que os 25%(ou mais), seja perdido nos primeiros 4 anos do governo da Presidenta Dilma, até 2014. E mais uns 25%, no segundo mandato da Presidenta Dilma, até 2018. Aí, pelos meus calculos, o tal jornal ficaria com uns 15% de audiência, que ainda é muito, mas fica próximo do percentual dos 4% dos odiosos contumaz(segundo pesquisas eleitorais) e mais uns 11% de indecisos(em cima do muro) dos tais regulares(segundo pesquisas eleitorais).

 

O país vai continuar crescendo e distribuindo renda, essa escória vai continuar perdendo audiência e eleições. 

 

Se fosse uma tragédia nos EUA a globo respeitaria, como é uma tragédia brasileira eles aproveitaram para fazer uma piadinha.

É o que eu sempre digo, a velha mídia, em especial, a globo detesta o Brasil e o povo brasileiro!

 

enquanto isso em Fortaleza...

Mais de três toneladas de alimentos e água se estragaram com fechamento da sede da CVB/CE em Fortaleza

http://diariodonordeste.globo.com/materia.asp?codigo=918021

 

Indignidade, desrespeito, acinte, mau gosto, insensibilidade, lixo e outras cositas más...essa edição da Globo.

 

 

Re: Globo usa tragédia para fazer pegadinha
 

 

 

A Rede Lixo é isto aí, não é segredo pra ninguem .

Resta saber qual será a atitude de Dilma pra por umfreio na bandidagem :

 

Governo Dilma promete regulação da mídia, mas esquece a Confecom

A manifestação do ministro das Comunicações, Paulo Bernardo, acerca dos rumos que o governo federal dará ao marco regulatório do setor é preocupante. É o que julga o coordenador geral do Fórum Nacional pela Democratização da Comunicação (FNDC), Celso Schröder.

“Ao apontar para uma nova consulta à população brasileira sobre a regulamentação da comunicação, este governo nega a Conferência Nacional de Comunicação (Confecom), que foi um espaço legítimo, constituído a partir do próprio governo, com participação da sociedade civil e dos empresários”, entende Schröder.

Ele ressalta que a Conferência apontou para decisões, para ações, e isso vinha sendo encaminhado, envolvendo muito esforço, muita gente. O governo anterior, além da Confecom, realizou, no final do ano passado, um Seminário Internacional de regulamentação da mídia e produziu um anteprojeto de lei. “Entendo que o governo atual tem a obrigação de se mover a partir desse projeto”, destaca o coordenador-geral do FNDC.

Já o secretário-geral do FNDC, José Sóter, tem uma avaliação diversa. Para ele, a estratégia de fazer audiências públicas, como o ministro sinalizou, abrir um amplo debate sobre o marco regulatório é fundamental para construir um dispositivo legal que atenda todos os segmentos da sociedade.

“Vejo como positivo que se abra esta discussão, porque até hoje nenhum segmento da sociedade conhece o documento elaborado pelo ex-ministro Franklin Martins, que não foi aberto à participação dos segmentos. Como temos uma conformação diferente nesta nova legislatura, acho que não podemos perder a oportunidade de debater. Queremos saber o teor da proposta e poder discuti-la, ressalta Sóter.

Schröder, entrentanto, avalia que a sociedade já se manifestou e essa nova consulta seria para contemplar o grupo de empresários que se recusou a participar da Confecom. “O Ministério das Comunicações precisa, efetivamente, se transformar num ministério de políticas estratégicas de comunicação. Não pode ser o balcão de negócios, atendimento a demandas particulares”, afirma o coordenador-geral.

Quebra do pacto

Berenice Mendes, cineasta, membro da Coordenação Executiva do FNDC, ressalta que o Plano Nacional de Banda Larga (PNBL) – citado como prioridade pelo ministro Paulo Bernardo, em relação ao marco regulatório – é um sonho, uma necessidade, uma urgência, não só para o povo brasileiro, mas para a Nação. “Mas a sua execução, que é, talvez, a missão mais trabalhosa do ministro, não pode excluir que a Constituição Federal seja cumprida, destaca Berenice.

“Não é possível que 22 anos depois, continuemos descumprindo a nossa lei maior. O PNBL pode ser uma prioridade em termos de investimento, mas o cumprimento da Constituição Federal não é negociável, nem entra nesse âmbito. Ela tem que ser cumprida”, reforça a cineasta, adiantando que os movimentos sociais não vão abrir mão de exigir o cumprimento da Carta brasileira.

“É o acordo social que este país tem em vigor. Ou então, quebre-se o pacto e vamos todos para uma nova Constituinte, vamos todos medir força novamente”, defende Berenice, ao destacar que a CF tem que ser protegida pelo poder Judiciário, cumprido pelo Executivo e pelo Legislativo, no que se refere à regulamentação do Capítulo V. “Tudo mais a gente senta e vê a razoabilidade, as possibilidades. Mas a regulamentação é inegociável”, afirma ela.

A psicóloga Roseli Goffman, representante do Conselho Federal de Psicologia (CFP) na Coordenação Executiva do FNDC, salienta que o voto popular já mostrou que a população está mais consciente e é o momento deste governo reconhecer os 56% da votação brasileira, “pelos avanços da participação popular na política pública – com o histórico das conferências do governo Lula”, destaca ela.

“Qual consulta pública foi mais importante que a Confecom, que mobilizou o país inteiro, num grande investimento do governo?”, ressalta Roseli, afirmando que o discurso do ministro Paulo Bernardo, de não encaminhar ao Congresso o anteprojeto de lei elaborado pelo governo anterior, foi entendido como um recuo do governo Dilma.

O CFP, neste momento, enfatiza ainda a necessidade da imediata regulação da publicidade dirigida à criança. “São 200 projetos no Parlamento sobre este assunto. Até quando um contingente de cem parlamentares vão bloquear todos os avanços sociais brasileiros?”, questiona a psicóloga.

Se não der andamento ao anteprojeto de lei elaborado pelo governo anterior, a administração de Dilma se iniciará nesta área “com a mesma contaminação de todos os governos para trás dela”, avalia Berenice. “Se ela preza tanto a liberdade de expressão, que assegure de forma eficaz tudo o que está previsto no artigo V a Constituição Federal”, ressalta a cineasta.

O FNDC solicitou audiências com o ministro das Comunicações, Paulo Bernardo, e da Secretaria Geral da Presidência da República, Gilberto Carvalho, para tratar dos temas relativos ao período pós-Confecom.

Fonte: FNDC

 

" A injustiça que se faz a um, é uma ameaça que se faz a todos." - Barão de Montesquieu

 

A Dilma logo logo vai chamar o Paulo Bernardo para uma conversinha:
.
"-- E aí Paulo, esta @#*% sai ou não sai? Tu não tá vendo o que eles estão fazendo rapaz?"

 

Eu também notei esta manipulação grosseira e fiquei revoltado. Mas o que me deixa chateado mesmo é a omissão das pessoas influentes, dos jornalistas, artistas, celebridades, politicos, que se dizem do bem, mas ficam calados diante do mal que as organizações Globo, desde que foi criada, tem feito ao Brasil.

 

e pensar que a Fundação Roberto Marinho teria recebido do ex-governador do Rio 25 milhões tirados das verbas de prevenção de tragédias... isso eles não mostram. Temos que acabar com isso seja la da forma que for, não dá mais para um bem público continuar sendo usado contra a democracia brasileira.

 

uma edição criminosa. flagrantemente calculada e inacreditavelmente covarde. isso tinha que dar cadeia. é triste, mas eles fazem o que querem.

 

Profissionais responsáveis, Weden???

Cara, essa gente está em guerra contra o Governo, está em guerra contra o Estado.

Essa gente enlouqueceu. Apenas isso: enlouqueceu!!!

Peguem o Estadão e leiam o jornal. É guerra!!! Um ódio que eu nunca vi igual na vida...

Não sei por que de tanto ódio. Também concordo que o atual Governo é ruim, mas não entendo de onde vem tanto ódio.

Não é que a cobertura é tendenciosa. A questão é pessoal.

Parece que a única coisa que importa para essa gente é mostrar que tem poder, que derruba esse ou aquele Governo, que faz isso ou aquilo. 

 

 bom o golpe fracassou a dobradinha JN-El pais não colou. o PIG não se aventurou a tentar criar um escãndalo. Só serviu pra gente saber que o PIG vai tentar absolutamente tudo pra reconduzir a direita golpista -lacerdista de volta ao poder. Ás tetas do poder pra ser mais claro.

No mais,recomendo aos leitores neófitos que jamais leiam qualquer comentário que se inicie com"votei na dilma mas",'Sempre votei no Lula mas" e congêneres. total perda de tempo.

 

Mau-caratismo sem fim, isto não seria crime?

 

Weden, concordo com um dos comentários que não entende o motivo da surpresa.

Basta lembrar o episódio do "toc toc toc" onde o Marco Aurelio foi espionado por um câmera da rede globo e foi feita uma reportagem discrepante da imagem. Pela imagem, o Marco Aurelio faz um gesto rapido com cara de consternação. Mas a reportagem que foi feita propagou a versão que ele teria se rejubilado com a notícia de que havia um problema no avião da TAM, esquecendo-se dos mortos no acidente.

E nossos grandes senadores Simon e Jeferson Perez ajudam.

http://www.youtube.com/watch?v=FZxkveucV2c&NR=1

E a Globo ainda usa parentes das vítimas.

 

Podre. Muito podre. Chega a dar nojo deste tipo de imprensa.

Sou tão bobinho (acho que porque cresci assistindo só Jornal Nacional) que vi esta cena e fiquei pensando:

Nossa, mas a Dilma rindo de uma desgraça dessas...

Enquanto isso, dá-lhe Big Brother no povo.

E viva o Brasil!

 

Essa Globo é de dar nojo, mesmo. Já não chega a programação na tv ser um lixo, ainda fica com estas manipulações irresponsáveis. Sinto muito por todos que só têm acesso a este tipo de porcaria televisionada. Rede Globo, Folha de São Paulo, Veja... tudo merda da mesma privada!

 

Katita

É sempre a mesma história.

A Globo mente, manipula, falsea...

Quem nasceu monstro deformado jamais será um anjo celestial.

Para extirpar esse câncer da telecomunicação só tem um jeito:

Bloquear os canais de irrigação desse tumor via audiência (eu já estou fazendo a minha parte) e o governo zerar as verbas publicitárias institucionais para essa empresa.

Canalhice deve ser tratado com tolerância zero.

Ou então vamos ficar eternamente se indignando com um jornalismo sem o mínimo de escrúpulos.

Não tem outro jeito.

 

Você bota na GloboNews a qualqer hora do dia desde quarta e só vê a tragédia da região serrana. Certo, foi muito grave, é preciso noticiar, investigar as causas, buscar soluções.

Mas está passando de todos os limites. A mesma cena de desespero e de dor é repetida ad infinitum. Aí passa a ser exploração pura e simples da tragéda e do sofrimento humano. Já virou tara pelo mórbido, conjugado com busca desesperada pela audiência.

 

Juliano Santos

Vi a matéria, sem querer. Tv da casa de minha mãe, QUASE sempre na Globo, sua cuidadora gosta.

Fui publicitário, vivi o mundo de lá também, conheço Globo, seus objetivos.

Eu também, antes, teria feito a mesma colagem, sim!

Mudei de mundo por óbvios motivos, apesar da Economia não ser mais limpa que a Publicidade.

Bom, vivo de ações, gasto pouco, hoje. Durmo bem, apesar dos vizinhos!

Vixe... eu pensava morar em Friburgo....... kicoisa!

Votei na Dilma, adoro a bruxinha, mas não é profissa!

Dilma, contrata gente de verdade, pisou feio demais!

Hipocrisia é uma necessidade na POLÍTICA!

Não quer, Serra Temer quer!

Errou, Dilma!!!!

Eu tinha certeza.... foi infantil demais para uma Presidenta!

HIPOCRISIA.. procure bons professores!

Ou.... aguente.... aguentemos!!!

 

veja.. ups... zóia... eu poderia estar roubando, poderia estar me concedendo, via vários IPS, 18 estrelinhas.

E estaria influenciando a opinião de muitos aqui.

A coisa é profissional, Globo é profissional, rameira.

Mas é!

Dilma, sob luto, não poderia rir e muito menos sorrir.

Mulher de César.... parecia honesta.

Pergunte ao Nassif, apenas sim ou não, se ele concordou com a risada na reunião um dia após a visita aos mortos.

Ou PHA, Azenha.....  todos possuem competência prá tal.

A dama preta, do meu adversário, não quer saber se errei ao rocar!

Ela... pluft.

Dilma pisou feio, muito feio!

Globo fez o seu papel... logo eu... não vou esmiuçar, é muito pior do que quase todos imaginam.

Suja?

Ué... seria diferente.. quem foi o ingênuo?

 

Só uma dúvida: Se o governo convoca uma reunião ministerial, as equipes de televisão são convidadas a permanecer e filmar a reunião em sua totalidade ou somente os momentos iniciais, onde, provalvelmente, ainda existe um clima de desconcentração antes de entrar em assuntos sérios, quando os jornalistas e suas câmeras e luzes são gentilmente convidados a se retirar?

 

Não bastasse o BBB, a Globo aproveita a ocasião para melhorar o faturamento e lança o BBT, o Big Brother Tragédia.

Mas em relação a abjeta pegadinha, o que piora em muito a liberdade da empresa é o contrastante e cenográfico semblante de indignação n`alma, afivelados nos rostos dos obsequiosos, âncora e jornalista.

A Globo é a Saúva transcênica.

Democracia neles.