newsletter

Assinar

O depoimento do companheiro de Dilma

Às vezes surgem sopros de jornalismo na velha mídia que, por unusuais, acabam passando despercebidos. Hoje me chamaram a atenção para essa entrevista de O Globo com Carlos Araújo, que por trinta anos foi marido de Dilma Rousseff e pai de sua única filha. Saiu na mesma edição de domingo sobre o aborto, uma reportagem que lembrou o velho O Globo de anos atrás.

Uma bela entrevista, com perguntas secas, respostas objetivas e tocantes.

Doente, com enfizema, Carlos tem a companhia da ex-sogra dona Dilma Jane, mãe de Dilma. Quando Dilma teve câncer, passou dez dias com ela.

De O Globo

'Em casa nunca teve murro na mesa'

O advogado Carlos Araújo, de 72 anos, é só elogios à ex-mulher, Dilma Rousseff; inclusive sobre seu temperamento forte

ENTREVISTA 
Carlos Araújo

No casarão às margens do lago Guaíba, em Porto Alegre, as únicas reminiscências dos tempos de militância e da luta armada do casal Vanda e Max são quadros na parede com fotos do comunista Mao Tsé-Tung. A casa foi dividida pelos dois por 30 anos. Hoje, está tomada por fotos da filha dos dois, Paula, e pilhas de cartazes de propaganda da campanha da agora ex-mulher de Max, que, na verdade, se chama Carlos Araújo: Dilma Rousseff, a Vanda.

A rotina do advogado de 72 anos, que se levanta às 3h para ir ao escritório, onde defende causas de operários, em nada se parece com o glamour da vida de Dilma em Brasília. De hábitos simples, Carlos sofre de enfisema.

Vive acompanhado de dois cachorros e, atualmente, da ex-sogra, dona Dilma Jane, e de uma tia da candidata, dona Arilda. Apesar do tubo de oxigênio na sala e da proibição de fumar, não foi desautorizado pelos médicos a tomar uma cervejinha diária, “não muito gelada”.

Há dez dias, ele relembrou sua história com a ex-mulher, que acompanha da sala com dois telões de LCD — um para o noticiário e outro para os jogos de futebol.

Carlos diz que não ajuda na campanha por causa da doença, que o impede de suportar o clima seco de Brasília. A última vez que visitou a ex-mulher foi quando ela teve câncer, no ano passado. Ficou com ela uns 10 dias no início do tratamento. Em setembro, voltaram a se encontrar, quando ela esteve no Rio Grande do Sul: — Não faço nada na campanha. Gostaria muito de estar em Brasília, na retaguarda, ajudando em algo. Mas não posso.

Após a separação, no fim da década de 90, Dilma comprou um apartamento no mesmo bairro para que os dois continuassem próximos, por causa de Paula. Dilma não se casou novamente.

Carlos tem uma namorada, que diz dar-se muito bem com Dilma.

— Presidente tem essa coisa da primeira-dama. Se um dia a Dilma precisar, estarei a seu lado — diz Carlos.

Viveram 30 anos juntos e até hoje Carlos tem admiração inequívoca pela ex-mulher. O temperamento forte dela não é negado por ele. Mas “aqui em casa nunca teve esse negócio de dar murro na mesa”, diz ele sobre a fama da ex-ministra em Brasília. Em entrevista ao GLOBO, Carlos relembra o passado e diz acreditar na vitória de Dilma.

Maria Lima* e João Guedes 
PORTO ALEGRE

O GLOBO: Quando e onde o senhor conheceu Dilma?  

CARLOS ARAÚJO: Em 1969, no Rio, numa reunião. Ela era da Colina, e meu grupo não tinha nome. Com a fusão, virou o Var-Palmares. Ela tinha 19 anos e eu, 30. Na segunda reunião, já estava apaixonado. Um mês após, estávamos morando juntos.

Ela era linda, um espetáculo! Esse negócio que falam de amor à primeira vista, né?

O que mais chamou sua atenção em Dilma?

CARLOS: Ela ser tão jovem e tão entregue à luta política.

Uma inteligência muito forte e pujante. E sua beleza.

Que música marcou a relação?

CARLOS: Rita, do Chico Buarque.

Namorávamos, às vezes, no apartamento em que a gente ia, mas a gente não podia ficar por questão de segurança. Namorávamos em praças, bairros mais retirados. De vez em quando ali por Ipanema, Jardim de Alá.

Mas ela já era casada (com Claudio Galeno Linhares)...

CARLOS: Mas só formalmente, o casamento já estava se desfazendo, não conviviam mais, viviam foragidos.

Quando nos conhecemos, ela falou para o marido que íamos viver juntos. Eu e o marido dela ficamos amigos, militamos juntos. Ele foi para o exterior, se casou, teve filhos. Em 76, voltou e veio morar na minha casa. Eu o abriguei por um bom tempo.

Moraram os três nesta casa?

CARLOS: Eu e Dilma morávamos aqui. Ele veio com a mulher e os filhos.

Não tinha ciúmes?

CARLOS: Podia ter ciúmes de outra situação, não dele, cada um já tinha seu rumo. Sou um bom ex-marido. Falo bem da Dilma, não é? Não falo mal.

Nesses 30 anos de convivência, em que momentos ela era mais brava e mais delicada?

CARLOS: Não existe pessoa mais ou menos brava. Dilma sempre teve temperamento forte, é da personalidade dela. O que tirava ela do sério era deslealdade, falta de companheirismo, a pessoa não ter palavra, dar bola nas costas. Não sei como ela faz lá (em Brasília). Aqui em casa nunca teve esse negócio de dar murro na mesa.

Quem mandava na casa?

CARLOS: Nossos parâmetros não eram esses, de quem manda, não manda. Éramos companheiros.

Não era nosso estilo um mandar no outro. Foi uma bela convivência. Tivemos uma vida boa juntos, tenho recordação boa, não é saudade.

Como foram as prisões?

CARLOS: A dela foi em São Paulo.

Ela foi presa sete meses antes de mim. Eu estava no Rio.

Como ficou sabendo?

CARLOS: Quando ela foi presa, a primeira coisa que fiquei sabendo foi seu nome verdadeiro, que não sabia durante o ano que vivemos juntos. Naquele tempo, eles publicavam o nome, de onde era, filho de quem, logo em seguida. Soube que ela se chamava Dilma porque vi lá: filha de fulano, mineira. Até então, a única coisa que sabia dela era que era mineira. Pela regra de segurança, ninguém sabia nada de ninguém. Ela também não, sabia que eu era Carlos.

Se encontraram na prisão?

CARLOS: Fui para São Paulo.

Antes, ficamos incomunicáveis.

Era uma loucura! Tinha cartazes nas ruas, aeroportos, rodoviárias, com nossos nomes e foto escrito “procurados”. Depois que fui preso, passei por um lugar por onde ela já tinha passado, na Rua Tutoia, na tortura.

Depois fui para o Dops e para o presídio. Ela já estava no presídio, mas não nos vimos. Três meses depois, ia ser transferido para o Rio, me botaram num camburão e eu vi, de longe, que ela estava no outro camburão.

Íamos ser ouvidos no Rio e fomos para a frente do juiz. Nos abraçamos rapidamente e logo nos separaram. E só fomos nos ver de novo um ano depois, no presídio de Tiradentes, em São Paulo, onde tínhamos direito a receber visita da família juntos.

Três anos depois ela foi solta e o senhor não...

CARLOS: Sim. Ela foi a Minas, visitar os pais e veio morar nesta casa, com meus pais. Depois que fui solto, moramos juntos 30 anos.

O senhor foi para o presídio da Ilha da Pólvora..

CARLOS: Eu ficava na prisão e ela aqui. Não dava para fugir de lá, era uma ilha pequena. A gente não ficava na casa da pólvora. Só à noite. A prisão era a ilha.

Naquele momento, achava que ela ia chegar tão longe?

CARLOS: Ninguém achava, né? Não fazia parte dos projetos: ah, quero ser presidente! Não tinha ambição nenhuma. Ela queria se formar em economia e fazer política.

(Quando Lula a escolheu) Acho que ela estava no lugar certo na hora certa. E o Lula escolheu muito bem. Que presidente pode contar com uma pessoa como a Dilma, confiar cegamente que não vai ter bola nas costas? Ela tem o sentimento profundo da lealdade.

Foi difícil para ela passar por essa transformação? Plástica, cabelo, voz...

CARLOS: Não foi nenhum sacrifício.

Fui até enfermeiro dela quando fez a plástica. Dilma nunca se preparou para ser presidente e teve que encarar. A plástica foi bem, não foi aquela coisa exagerada, ela assimilou bem, acho que gostou.

E o guarda-roupa, o senhor acha que melhorou?

CARLOS: Está bom. Melhorou.

Antigamente, a Dilma era como eu. Sou atirado nas cordas. Ela também era meio atiradona mas, depois de um certo momento, ela tomou gosto. Gostou de se pintar. Gostou de se arrumar bem, de ir no cabeleireiro toda a semana, fazer as unhas.

O senhor é confidente dela?

CARLOS: Não. Sou amigo. Minha vida com a Dilma é uma vida não-política. Quando o Lula acenou para ela, ela veio conversar comigo e Paula. O que vocês acham? Ela não tinha dúvida, queria conversar. Disse que estava em condições, que ia se preparar da melhor forma possível.

Não titubeou, nem tinha receio.

Pelo menos, não revelou.

Aí veio a doença...

CARLOS: Nos pegou desprevenidos.

Quando ela falou a primeira vez, ficamos muito emocionados, sensibilizados, preocupados.

Mas ela disse: tudo indica que é benigno. Ela disse que tudo indicava que não era maligno, mas sentia energia de enfrentar a situação mesmo que fosse o pior. A gente só pensou em dar carinho e ser solidário.

Temeram pela campanha?

CARLOS: Não. Mesmo porque quando vieram os resultados, que era benigno, que era curável rapidamente, com equipe de bons médicos... Não era maligno.

Ela fez quimioterapia para cortar aquele quisto, para não se tornar maligno.

O que o senhor sente ao ver na internet que a Dilma é uma perigosa ex-terrorista?

CARLOS: É a baixaria dos que apoiavam a ditadura para prejudicá-la, para ganhar no tapetão.

O que ela tem de perigosa? A Dilma nunca pegou em armas.

Não era o setor dela.

E qual era o setor dela?

CARLOS: Era o mais político, de organizar movimentos, preparar o pessoal, fazer propaganda.

Desde quando pegar em armas é terrorismo? A gente tem orgulho do que viveu, era uma jovem corajosa, desprendida, entregando sua juventude, sua dor. Foi para a luta achando que ia morrer.

Muita coisa que fizemos foi equivocado politicamente, tudo bem. Mas isso é outra coisa.

* Enviada especial

Média: 4.8 (86 votos)
107 comentários

Comentários

Espaço Colaborativo de Comentários

Comentar

O conteúdo deste campo é privado e não será exibido ao público.
+107 comentários

Prezado Luis Nassif,

conhecendo sua carreira jornalistica lendo textos como esse que você se dipõe a colocar no seu blog, tenho, mais uma vez, a certeza de que um email que recebi dias destes como sendo "Desabafo de Luis Nassif" são mentirosos e usam seu nome falsamente.Tomo a liberdade de repeti-lo aqui para constatar que o recebi com seu nome.

Att.

Jaciléa

 

/* Style Definitions */
table.MsoNormalTable
{mso-style-name:"Tabela normal";
mso-tstyle-rowband-size:0;
mso-tstyle-colband-size:0;
mso-style-noshow:yes;
mso-style-parent:"";
mso-padding-alt:0cm 5.4pt 0cm 5.4pt;
mso-para-margin:0cm;
mso-para-margin-bottom:.0001pt;
mso-pagination:widow-orphan;
font-size:10.0pt;
font-family:"Times New Roman";
mso-ansi-language:#0400;
mso-fareast-language:#0400;
mso-bidi-language:#0400;}

Se o país morreu, a Dilma fará o sepultamento. Aguardem!

Desabafo de Luiz Nassif!!!
Muitos se dizem aviltados com a corrupção e a baixeza de nossos políticos.
Eu não, eles são apenas o espelho do povo brasileiro: um povo preguiçoso, malandro, e que idolatra os safados. É o povo brasileiro que me avilta !
Não é difícil entender porque os eleitores brasileiros aceitam o LULA e a quadrilha do PT como seus líderes.. A maioria das pessoas deste país faria as mesmas coisas que os larápios oficiais: mentiriam, roubariam, corromperiam e até matariam.Tudo pela sua conveniência.
Com muitas exceções, os brasileiros se dividem em 2 grupos :
1) Os que roubam e se beneficiam do dinheiro público, e
2) Os que só estão esperando uma oportunidade de entrar para o grupo 1.
Por que será que o brasileiro preza mais o Bolsa Família que a moralidade?
Fácil : Com a esmola mensal do bolsa família não é preciso trabalhar, basta receber o dinheiro e viver às custas de quem trabalha e paga impostos.
Por que será que o brasileiro é contra a privatização das estatais?
Fácil: Em empresa privada é preciso trabalhar, ser eficiente e produtivo; senão perde o emprego. Nas estatais é eficiência zero, comprometimento zero e todos a receber o salário garantido, pago com o imposto dos mesmos idiotas contribuintes.
Para mim chega!
Passei minha vida inteira trabalhando, lutando e tentando ajudar os outros.
Resultado : Hoje sou chamado de 'Elite Privilegiada' ..
Hoje a moda é ser traficante, lobista, assaltante e excluído social.
Por isso, tomei a decisão de deixar de ser inocente útil, e de me preocupar com este povo que não merece nada melhor do que tem.
Daqui pra frente, mudarei minha postura de cidadão.
Vou me defender e defender os direitos e interesses da nossa 'Elite Privilegiada'


1) Ao contrário dos últimos 20 anos, não farei mais doações para creches, asilos e hospitais. Que eles consigam os donativos com seu Querido 'governo voltado para o Social'.


2) Não contribuirei mais com as famosas listinhas de fim de ano para cesta de natal, de porteiros manobristas, faxineiros e outros (O ABILIO TINHA RAZÃO). Eles já recebem a minha parte pelo Bolsa-Família.


3) Não comprarei mais CDs e não assistirei a filmes e peças de teatro dos artistas que aderiram ao Lulismo (lembra, tem que por a mão na merda!).
Eles que consigam sua renda com as classes c e d, já que a classe media que os sustentou até hoje não merece consideração.


4) Não terei mais empregados oriundos do norte-nordeste (curral eleitoral petista). Por que eles não utilizam um dos 'milhões de empregos gerados por este governo'?


5) Depois de 25 anos pagando impostos , entrarei no seleto grupo de sonegadores. Usarei todos os artifícios possíveis para fugir da tributação, especialmente dos impostos federais (IR). Assim, este governo usará menos do meu dinheiro para financiar o MST, a Venezuela, a Bolívia e as 'ONG´s fajutas dos amigos do Lula'.


6) Está abolida toda e qualquer 'gorjeta' ou 'caixinha' para carregadores, empacotadores, frentistas, e outros 'excluídos sociais'. Como a vida deles melhorou MUITO com este governo de esquerda', não precisam mais de esmolas.


7) Não comprarei mais produtos e serviços de empresários que aderiram ao Lulismo. É só consultar a lista da reunião de apoio ao Lula, realizada em Setembro/06. Como a economia está 'uma beleza', eles não estão precisando de clientes da 'Elite Privilegiada' .


8) As revistas, jornais e tv´s que defenderam os corruptos em troca de contratos oficiais estão eliminadas da minha vida (Isto É, Carta Capital, Globo, etc). A imprensa adesista é um 'câncer a ser combatido'. As tv´s que demitiram jornalistas que incomodaram o governo (lembra da Record com o Boris Casoy?) já deixaram de ser assistidas em casa.


9) Só trabalho com serviços públicos privatizados. Como a 'Elite Privilegiada' defende a Privatização, usarei DHL ao invés dos Correios, não terei contas na CEF, B.Brasil e outros Órgãos Públicos Corruptos.


10) Estou avisando meus filhos : Namorados petistas serão convidados a não entrar em minha casa. E dinheiro da mesada que eu pago não financia balada e nem restaurante com petista. Sem Negociação.


11) Não viajo mais para o Nordeste. Se tiver dinheiro, vou para o exterior, senão tiver vou para o Guarujá. O Brasil que eu vivo é o da 'Elite Privilegiada', não vou dar PIB para inimigo..


12) Não vou esquecer toda a sujeira que foi feita para a reeleição do 'Sapo Barbudo', nem os nomes dos seus autores. Os boatos maldosos da privatização ( Jacques Wagner, Tarso Genro, Ciro Gomes), a divisão do Brasil entre ricos e pobres ( Lula, José Dirceu), a Justiça comprada no STF (Nelson Jobin), a vergonha da Polícia Federal acobertando o PT (Tomás Bastos), a virulenta adesão do PMDB (Sarney, Calheiros, Quércia), a superexposição na mídia do Lula ( O Globo) ....


Sugiro que vocês comecem a defender sua ideologia e seu estilo de vida, senão, logo logo, teremos nosso patrimônio confiscado pela 'Ditadura do Proletariado'
Estou de luto ! O meu país morreu !
- EU DESISTI DO BRASIL !!!

 

Luis Nassif, você é um daqueles que está contribuindo para a ampliação do discernimento do povo brasileiro!

Com mais essa iniciativa, entrevistando o Carlos, você acende mais uma luz, possibilitando uma visão clara, nesse mar obscurantista que vivemos, formado por aqueles que enganam, iludem e, consequentemente, escravizam.

Parabéns!

Conceição

 

O José Junior tem razão, acabo de ver a pesquisa CNT/Sensus, a Dilma caiu em todos as regiões, inclusive no Nordeste que somos fortes. Não sei o que está acontecendo, mais estou esperando o pior, acho que a virada está muito próxima. É lamentável, mais o Brasil tem preconceito, escolheram como candidato: mulher, atéia, não casada, o preconceito é muito grande. Acho que o candidato ideal era o Tarso Genro ou o Jacques Wagner.

 

Lindo depoimento dele!A direita brasileira é a mais desavergonhada do mundo.Acahm eles que simplesmente mudando seu"partido " de nome,terãoseus erros e injúrias a sobearnia nacional e direitos a vida do povo brasileiro perdoados.O problema é que nosso povo tem memória curta e a midia oficial,aparelho ideológico do poder desde aquela época faz bem seu papel de apagar as pistas com calúnias ridículas e hist´roias ma contadas.Acho que devemos denunciar cada um destes torturadores e colaboradores da ditadura,e denunciar mesmo,colocar suas carinhas nos cartazes nas ruas,pra que todos saibam de quem se trata.Tenho 47 anos e vivi muito pouco deste momento histórico,mas não me sai da cabeça a imagem de Amaral Neto em seu programa na televisão nos anos 60 falando das "maravilhas" do regime...A maior parte dos responsáveis morreu de modo natural e tranquilo,debochando do sofrimento de pessoas que lutaram pela liberdade e direito a vida neste país assim como Vanda e Max.Mas o que mais me choca é ver pessoas que viveram isto passar para o outro lad,como Gabeira,,que vergonha,hein?o que é isto companheiro?????

 

Bela entrevista! Vindo do PIG é até estranho...

Acho que o Serra vai pedir a cabeça do(a) repórter.

 

Gosto de ler as entrevistas de Carlos Araujo. Ele sempre se mostrando um cavalheiro, companheiro e gente boa. Pena o ex-deputado estar fora da politica, faria bem tê-lo em Brasilia por esses ventos que correm. 

 

NAssif indicou e nós comentamos:

 

Politica do Morde e assopra KAMELIANA!

 

Denilson J. da Silva
oidenilson@gmail.com
Agente de Pesquisa e Mapeamento IBGE
 

Interessante que eu li com os olhos e o pensamento de um anti-Dilma (o que não me coloca naturalmente como tucano ou de direita ou parte do demônio) e achei que saber de tudo isso não é favorável a Dilma. Deixou o marido (ou companheiro, como convém aos que se dizem progressistas "por pensamento, palavras e atos") doente e escondido (por quê é ex-terrorista?). O fato dela ter codinome, (afinal quem é a candidata, a Dilma ou a Vanda?) e de não parecer "humanizada" mesmo, essa coisa de ser totalmente dedicada, de trabalhar 18 horas por dia (como disse o Lula). Não será com o meu voto mas acredito que vá governar o país e se sairá bem, numa espiral crescente que vem desde o final do tresloucado governo do Itamar. Tive a oportunidade de ver a Dilma como Ministra de Minas e Energia falando para empresários no exterior, por mais de uma vez e é mesmo uma pessoa segura de si, perfeita para a posição de "tocadora de obra". Sabndo escolher bem o Ministério, assim como fez o Lula com Furlan e Meirelles (que exemplos de petistas-progressista, não?) ela poderá ir longe. Não com meu voto.

 

           Quando a oferta é grande o santo desconfia, fiquemos atentos. Mais acho que queriam outras coisas isso sim. DILMA NELES 13.AADXQA

 

É engraçado, vivem chamando a Dilma de terrorista, porque ficou e lutou contra a ditadura. E o Serra que fugiu oque seria, um covarde??

 

 A Globo sabe que a Dilma ainda é a favorita e não quer um inimigo na Presidência. Vai continua apoiando o Serra, mas se isto implicar em perder o pescoço recua. Ela não tem vocação para o suicidio como parece ser o caso da Folha. Com o Estado  bem posicionado no seu nicho e financeiramente resolvido a Folha ao apoiar descaradamente o Serra desagradou seu eleitorado  e seu projeto de jornal  anti-religioso. É sempre bom lembrar que ele sempre fui muito mais duro com a Igreja que o Estadão. A Folha esta sem rumo e vai continuar perdendo leitor se continuar apoiando  descaradamente o  Serra.  O jogo  é de alto risco e a cabeça financeira da familia sabe muito bem disto. 

 

antonio carlos alves dos santos

Achei que tava demorando uam entrevista com o ex-marido da Dilma, porém estava esperando uma bomba, cheia de mentiras, não esperava nunca que a Globo publicasse uma entrevista deste tipo elogiando a Dilma, isto só pode ser para acalmar a Dilma enquanto prepara uma bomba para derrubá-la.

 

Quando a imprensa cumpre seu papel, que é a informação correta e imparcial, acontece isso. Desconfiança total . Isso precisa e, graças ao povo, vai ser mudado.

 

Emocionante

 

Sinceramente, ridícula essa entrevista, perguntar o que achou do novo guarda-roupa da Dilma cairia muito melhor se fosse a Luciana Gimenez a conduzir a entrevista...

 

Um comentarista afirma esta vendo uma onda pró Serra se formando.

A não ser que o quase não visto debate da Band dê uma imensa virada na cabeça das pessoas, de onde poderia vir essa onda?

A onda religiosa foi lançada cerca de 10 dias antes do 1° turno, e já produziu seu efeito. A massa de eleitores religiosos já mudou o voto. Novas mudanças serão residuais, incapazes de mudar o rumo da eleição (como bem demonstra a sempre suspeita pesquisa da Datafalha).

A onda lésbica também foi lançada antes do 1° turno. Eu mesmo vi e-mails sobre isso, inclusive com um suposto pedido de pensão por uma "companheira" na vara de família. Seu efeito não se fez notar.

Assim também com os "escândalos" Erenice e sigilo fiscal. Tenho a sensação de que uma campanha assertiva, um posicionamento firme nos debates, uma comparação constante do que era o Brasil com FHC e do que foi com Lula manterão os votos necessários à vitória. Não vai ser de muito, mas vai ser.

 

Nassif,  li aqui emocinado a entrevista de Carlos. Sou um advogado trabalhista (como Carlos) de 60 anos, membro desde a adolescência da Igreja Assembleia de Deus e sempre votei em candidatos de esquerda. Este ano estou profundamente indignado com os infames boatos que se espalham nas Igrejas acerca da militância  e da vida pessoal da Dilma, bem piores daqueles que se espalharam contra Lula quando ele foi candidato. Essa entrevista reativou meu ânimo. Meu Deus, porque o PT demorou tanto para rebater tanta mentira que a campanha de Serra espalhou com a absoluta conivência do PIG? Existem muitos evangélicos que, como eu, não são cabrestados por Pastores ou Padres da idade das trevas. Creio em Deus  e sei que Ele não permitirá a vitória da mentira, da farsa, do engano. Dilma é uma grande brasileira, uma mulher preparada. Quem quase menina não teve medo de enfrentar a ditadura, com certeza passará incólume por tudo isso.  

 

 

Tudo certo, mas está esquisito...

 

"As notícias do PIG são cheias de: vírus, malwares, worms e spywares - você tem que ter muito cuidado para NÃO SER CONTAMINADO!"

"Os dois mais importantes dias em sua vida são o dia em que você nasceu e o dia em que você descobrir o porquê... - M

Não há ingênuos neste jogo sujo. Eu acredito que estão se antecipando, ao vislumbrarem a possibilidade de  um depoimento  do entrevistado na propaganda eleitoral da Dilma, diminuindo a repercussão. Nâo sei se é paranóia, mas com o nível de canalhice da oposição não se brinca. 

 

Não há ingênuos neste jogo sujo. Eu acredito que estão se antecipando, ao vislumbrarem a possibilidade de  um depoimento  do entrevistado na propaganda eleitoral da Dilma, diminuindo a repercussão. Nâo sei se é paranóia, mas com o nível de canalhice da oposição não se brinca. 

 

Esta entrevista poe fim a qualquer acusacao sobre suposto lesbianismo. Muito boa.

 

Olha, claro que a direção do Globo publicou com conhecimento. Há data de quando a entrevista foi feita? Bom, não vi. Eles podem ter (a)guardado. A mídia precisa ter umas válvulas de escape para com a sociedade, mostrar realmente um pouco de jornalismo. Aí ela se legitima.

Acho que o seu Carlos é uma grande pessoa. Desejo melhoras.

Dilma demonstra que foi fiel a seus princípios, seria até a se considerar (olhando por fora) a possibilidade de ele participar de algum programa eleitoral dela.

Mas o principal é contemplar a história de gente digna.

 

 

Que custa, em termos de honestidade, ao PIG não ser PIG, mas apenas fazer jornalismo sério? Poderiam ganhar muito mais, em todos os sentidos, com jornalismo sério, do que sendo vala de esgoto de um grupo político decadente e pérfido. Nossa imprensa é burra e quer que nos creiamos assim. Triste!

 

Nassif

Lendo a entrevista do "companheiro Max", me fez pensar em algumas coisas. Aos que querem que nós  esqueceçamos o nosso passado, como se ele não tivesse acontecido, fosse apenas uma sonho e em muitos casos o foi. Querer renagar o passado, a nossa juventude e como tentar proibir que a juventude tenha os seus sonhos e viva a sua vida. Seria mesma coisa que ter nascido com trinta anos, já experiente sem sonhos e sem passado.

Cada qual sabe o valor de suas experiências e carregam consigo o fruto doce e a vez amargo dessa trajetória. Só lamentam aqueles que pela própria experiência ficaram em casa guardado, contando seu vil metal, como diz a letra de Belchior. Impossível para os amantes da vida querer prender ou esconder da juventude as novidades e as alternativas, cabe a nós indicar o melhor caminho, porém são eles que irão trilha-los e nós seremos meros expectadores ou coadujantes. 

Me fez lembrar da minha militância e dos amigos que perdemos pelo caminho, amigos que por sua experiência nos ensinaram muitas coisas e por fim abandoram a luta alegando os seus motivos e quem sou eu para questioná-los. Lembro de companheiros que renegaram o seu passado fazendo críticas e nós sabemos aceitá-las, embora tenho certeza que eles não aceitam. 

O mundo surgido do pós guerra era um mundo de dualidades, uma guerra surda entre o bem e mal, mas como definir essa dualidade na juventude, tinhamos as nossas percepções e não foi o acaso que nos levou para a luta, mas sim a necessidade de transformarmos a realidade em que viviamos, pois sabiamos que um outro mundo era possível. A maioria talvez não tenha percebido essa dualidade embriagados que estavam com essa guerra surda ou porque nela acreditavam e também lutavam por ela sem saber. A consciencia e um estado espírito e a partir do momento que se adquiri essa consciência é impossível ficar alheio a ela, ela nos cobra a todo momento um posição.

Somente aqueles que adoram a tutela, questionam a juventude e a querem tutelar. A liberdade esta ao alcance de todos, porem somente aqueles livres de espírito são capazes de aceitá-la e fazer valer as suas vontades. Entendam espírito aqui como ele foi definido, livre e sem condicionais. A vida é feita de fases e a melhor delas é a juventude e esta não pode ser renegada jamais, pois caso isso ocorra, será o mesmo que condenar toda a vida, uma vez que somos frutos do acumulo dessas experiências e convicências.

Quero a aqui deixar um grande abraço para um companheiro de luta, que abraçou a luta armada, sobreviveu, ensinou a mim e amuitos amigos, muitas coisas sobre econômia e sobre sobrevivência em tempos difícieis e que infelizmente abandonou a luta política, creio que ele tenha seus motivos, embora ele não nunca os tenha colacados para fora a não ser como resentimento. Isso não vale. Vejam o que quiz Paulo Preto em tom de ameaça e ressentimento, "...não se adnadona um amigo ferido na beira da estrada....".

Um grande abraço, Ademir

 

Que custa, em termos de honestidade, ao PIG não ser PIG, mas apenas fazer jornalismo sério? Poderiam ganhar muito mais, em todos os sentidos, com jornalismo sério, do que sendo vala de esgoto de um grupo político decadente e pérfido. Nossa imprensa é burra e quer que nos creiamos assim. Triste!

 

Caros,

tb concordo com os outros comentarios.. para disfarçar o partidarismo, no meio de muitas reportagens tendenciosas aparece uma ou outra neutra ou desse tipo.. tentam enganar as pessoas passando a sensação de imparcias.

Mas é isso ai, vamos militar e tentar abrir os olhos do povo

Abraços.

 

Nassif,

 

Isso nao eh bom jornalismo coisa alguma. Pode se preparar que daqui a pouco vem chumbo grosso na candidatura da Dilma. Eh apenas mostrar isenção, me engana que eu gosto. A rede bobo trata os brasileiros como um bando de idiotas.

Deviamos gritar bem alto para a rede bobo que nos sabemos, por exemplo:

 A REDE GOBO APOIOU O GOLPE MILITAR DE 46. TANTO ELA COMO O JORNAL A FOLHA DE SAO PAULO.

A REDE GLOBO EDITOU O DEBATE COLLOR X LULA, PREJUDICANDO O CANDIDATO PETISTA.

A REDE GLOBO QUANDO MOSTRA UMA DENUNCIA CONTRA OS TUCANOS, NAO PASSA O DIA INTEIRO, DE MANHA, DE TARDE, DE NOITE E DE MADRUGADA TOCANDO NA MESMA TECLA....ISSO DURANTE VARIOS DIAS E SEMANAS. TODA DENUNCIA CONTRA TUCANOS DESAPARECE NUMA VELOCIDADE IMPRESSIONANTE.

A REVISTA VEJA EH CONTEMPLADA PELOS TUCANOS DE SP, COM UM MENSALAO DE APROXIMADAMENTE R$ 3.000.000,00 MENSAIS, A TITULO DE PUBLICIDADE.

 

QUEREMOS UMA MIDIA DEMOCRATICA E NAO UM MIDIA COMPRADA.

 

 

 qual eh o seu candidato. Deviamos exigir.

 

 

Muito comovente e convincente...É exatamente a outra face, a face desconhecida de Dilma Rousseff.. A dama de ferro que os adversários querem mostrar é uma mulher ética, maravilhosa, guerreira e muito humana.. Mulheres com o perfil de Dilma,  os  retrogrados e conservadores  detestam uma mulher inteligente, politizada e capacitada que sabe se impor e impor... 

Mas quero falar sobre algo que acho também muito importante:

Hoje em Aparecida o serra deu uma declaração  que diz que "( apolêmica sobre o aborto já havia sido aprovada pelo governo Lula e assinada por sua adversária, Dilma Rousseff (PT), no terceiro Plano Nacional dos Direitos Humanos (PNDH-3).".. Bem,Tenho visto muito  pastores evangélicos e a cnbb falarem contra alguns pontos  do PNDH, principalmente em relação á possibilidade da liberação do aborto, casamentos de pessoas do mesmo sexo prinipalmente. Acredito que  esta é uma das questãos importantes e fundamentais para  esta reação absurda  das massas, insufladas pela direita conservadora, extremista que  usa a questão chula sobre aborto  como instrumento de manipulação e formidáveis balas de prata.....

Alguns pontos do PNDH e da PL200 mexeram numa casa de maribondo que está causando serissimos estragos.. os catolicos, evangelicos e conservadores unidos e manipulados pela politica suja atrazada e neoliberal da direita.. estão sendo massa de manobra e arma  para tentar derrotar a politica progressiva de Lula...

Como militante petista  (moro em Recife), estou nas ruas e vejo a reação de inumeras  pessoas quando vêm o adesivo de Dilma.. pessoas param e se benzem e quando questionadas porque.?. a resposta é que Dilma é contra vida e desafiou Jesus Cristo.... geeennnte... socoooooorrro!! é demais!! pessoas que foram beneficiadas pelo bolsa familia, com filhos nas universidades por causa do prouni.... estão sendo manipuladas por causa da questão religiosa a votar no atraso e no retrocessoooooo..... já vi pastores declarando que se Lula "rasgar" a PL200  e Pndh aí sim eles podeem ate conversar..... e agora?????   Acredito na vitoria de Dilma.. mas fico pensando que está faltando  a campanha petista  esclarecer o povo de muitas coisas que estão no subterrâneo e bastidores... o pndh é uma delas!!!

 

 

 nao vejo nada que deixe as pessoas com lagrimas nos olhos, o cara viveu com ela por 30 anos, mora coma  mae dela e a tia tb, deve precisar dela para td,  portanto nao seria diferente o depoimento dele, nao vejo motivo para esta comoção de alguns aqui, ela e um produto fabricxado pelo lula isto e FATO, ou seja a marionete do presidente seu brinquedo preferido

 

Neylla, vc tem a sensibilidade de uma barata.

 

que trollice... :-))))

 

Vi na tv aberta e fui para a internet para saber se o PT já tinha rebatido o vídeo do bispo da Paraíba, Aldo Pagoto (ele é paulista).  Confesso que não estou entendendo essa eleição, será que nem a Igreja reconhece as conquistas das pessoas que saíram da pobreza absoluta, no governo Lula?!...Nem no tempo das candidaturas do Lula (eu tenho 56 anos), tantas pessoas entraram no jogo sujo da difamação e da "baixaria" quanto agora. Antes a Igreja ficava neutra, ou não se manifestava publicamente (pelo menos utilizando-se de sandices como essas como forma de argumentação).

Abaixo um trecho do que colhi na internet:

Direção PT diz que Dom Aldo se tranformou de pastor em lobo

Direção PT diz que Dom Aldo se tranformou de pastor em lobo

A presidência do PT em João Pessoa enviou nota à imprensa onde repudia de forma dura a atitude do Arcebispo da Paraíba Dom Aldo Pagoto, que divulgou no youtube vídeo acusando a legenda trabalhista de querer impantar a 'cultura da morte', por supostamente ser favorável ao aborto.

Na carta, intitulada "Quando o pastor vira Lobo", o presidente da legenda, Antônio Barbosa, condena a intromissão do líder religioso nas discussões políticas e ainda o chama de leviano.

 

Dois destaques na velha imprensa que precisam serem analisados: o do Paulo Preto na Folha e a entrevista com o companheiro de Dilma, no Globo (e outros, como o artigo de Frei Beto).

1 - a imprensa elitista não pode chegar ao fundo da falta de credibilidade; isso é suicídio. Então, tem de dar um respiro e ganhar tempo;

2 - perto de uma possibilidade de vitória (e, queira-se ou não, o segundo turno é) começam a aparecer os contraditórios dentro da própria tropa. Aí, cada um mostra o que têm para negociar a sua posição na repartição do bolo e, freqüentemente, a forma de mostrar é ameaçando mudar de lado;

3 - não se pode negligenciar a idéia de que todos os cálculos otimistas da oposição comecem a mostrar a impossibilidade de vitória e, nesse caso, é melhor começar a aliviar o tom desde agora e não depois de perder;

4 - tem que lembrar que Dilma é menos injuriosa à direita do que Lula; me explico: não é um pobre, é classe média com formação universitária, branca, etc. Mas, principalmente, não é carismática como Lula nem apresenta o risco que mais assusta a direita: o populismo ou "neo-peronismo" como fala o neo-con-sociólogo. 

5 - se esta hipótese for aproximadamente verdadeira, a imprensa elitista deve estar pensando em 2014 e começando a buscar a solução para um eventual retorno triunfal de Lula (por mais oito anos!). Daí, é melhor começar a estabelecer diálogos com a presidente....

5 - além do mais, será muito difícil para Dilma (e para qualquer um) manter a popularidade de Lula, e isto vai refletir em 2014. Assim como Lula não conseguiu passar seus 80% de aceitação a Dilma, ela pode não passar o desgaste do seu governo a Lula

6 - nada disto exclui, evidentemente, uma bala de ouro para a última semana de campanha. É óbvio que essa aparente normalidade da imprensa elitista coincide com a posição de Serra no debate e pode estar articulado como uma forma de fazer a campanha de Dilma "baixar a guarda".

7 - finalmente, e mais do que nunca, devemos pensar como jogadores deste processo e não como torcedores. Não adianta achar que o outro é muito ruim se faz mais gols. Não adiante ficar gritando Dilma presidente! é preciso fazer Dilma presidente.

A mudança aparente da imprensa elitista nesses últimos dias não significa que ela mudou de lado, significa que mudou de estratégia. E é fundamental que a campanha de Dilma esteja esperta para essa mudança. É fundamental que todos nós estejamos espertos para essa mudança de estratégia.

ELES NÃO SÃO BURROS! CONSEGUIRAM O SEGUNDO TURNO PORQUE NÃO SÃO BURROS.

 

Site do Globo na página principal  

Serra: denúncia de Dilma é 'falta de assunto'

Serra e a mulher, Monica, seguram imagem de Nossa Senhora Aparecida na Basílica da santa, em SP / Foto: Marcos Alves - O Globo

Tucano se referia ao que adversária disse no debate da Band sobre desvio de recursos na campanha dele

 

Agora a gente clica e dá de cara com outra manchete

 

 

Eleições

Serra visita santuário católico e nega desvio de doação para sua campanha

  • //

Comente Comentários

APARECIDA, SP - O candidato do PSDB à Presidência, José Serra, respondeu nesta terça-feira à declaração da sua adversária, Dilma Rousseff (PT), de que a campanha tucana teria sido alvo de desvio de recursos por parte do engenheiro Paulo Vieira de Souza, ex-funcionário da Dersa. Serra negou o fato e acusou a petista de tentar criar factoides para prejudicar a candidatura dele.

Serra é abraçado para tirar foto na Basílica Nossa Senhora Aparecida, em São Paulo / Foto: Marcos Alves - O Globo - Vamos deixar claro. A candidata Dilma Rousseff chegou no debate e disse que tinha havido um desvio de R$ 4 milhões na minha campanha. Ou seja, que alguém contribuiu e não chegou à minha campanha. Isso não é verdade. Ele não fez nada disso. Ele é totalmente inocente. Eu não pude responder no dia, porque ela aproveitou o final de uma fala e depois entrou outro assunto. Isso são factoides feitos para pegar na imprensa. Alguns funcionam, como estamos vendo agora. É um factoide que deu certo. Ela tentou dez, um ou dois acabam pegando - afirmou Serra, que ontem, em carreata em Goiânia, já havia acusado a campanha da adversária de criar factoides , como a suposta declaração atribuída à mulher dele, Monica.

Serra disse que a adversária introduziu na campanha o suposto desvio de recursos por "falta de assunto":

- É pura fantasia e falta de assunto.

O eventual desvio de doações para a campanha do tucano foi mencionado pela primeira vez por Dilma no debate da TV Bandeirantes, no domingo passado. No programa, Serra não respondeu à petista.

O presidenciável tucano visitou nesta manhã o Santuário de Nossa Senhora Aparecida, em Aparecida, no interior paulista. Ao lado da mulher, Monica, do candidato a vice, deputado Indio da Costa (DEM-RJ), e do governador eleito de São Paulo, Geraldo Alckmin, Serra assistiu à cerimônia de comemoração ao Dia da Criança e da padroeira do Brasil.

Segundo a organização, cerca de 35 mil católicos participaram da missa. Monica recebeu, durante a cerimônia, uma réplica da imagem de Nossa Senhora. A igreja pediu a ela, que nasceu no Chile, que entregasse a imagem aos mineiros que estão soterrados em uma mina no país vizinho.

A cerimônia durou cerca de duas horas. Ao contrário de Dilma, que visitou ontem a Basílica e não comungou, Serra aceitou a hóstia oferecida durante a missa. O candidato chegou após cerca de 15 minutos do início da celebração, mas, ao ser apresentado pelo arcebispo, dom Serafim Fernandes, foi bastante aplaudido.

A imparcialidade do Globo, o JN vai transparecer que a Dilma inventou um factóide para desviar do caso Erenice Guerra.

 

O tiro do Globo parece que saiu pela culatra, pois ao entrevistar o ex-marido da Dilma,acharam que ele iria contar algumas coisas ruins sobre ela, mas esqueceram que ele também é um ex-militante e nos parece  uma pessoa muito inteligente para não cair em armadilhas e pegadinhas.

 

Só espero que não usem assim: MORAVA COM O AMANTE, COM O MARIDO, COM OS FILHOS DO MARIDO COM A AMANTE. TODOS JUNTOS NA MESMA CASA...

 

A Dilma era uma moça de classe média alta em Belo Horizonte. Poderia ter escolhido outro caminho normal para as moças da sua idade daquela época. Entretanto, optou pelo caminho do idealismo próprio dos jovens da geração. O que me surpreendi e ao mesmo tempo me intriga na personalidade da Dilma foi ela após a prisão, dando a volta por cima, ter-se formado em economia na UFMG e seguido um caminho de mulher executiva sem demonstrar seqüelas. 

Como diz o próprio Lula, ela vai surpreender!

 

Não acredito na globo. Pode aguarda que vem mais uma picaretagem. A unica coisa que esta rede sabe fazer é picaretagem para beneficiar serra e seus aliados.

 Eu mesmo tive que provar que o dinheiro não foi depositado na minha conta como eles falavam. Se não provasse, seria roubado por estes bando de picaretas. Mesmo assim eles levaram 40 dias para devolver meu dinheiro. Deste dia em diante, quero distancia deste pessoal em todos os aspectos.

Em resumo cortei a assinatura de época e solicitei meu dinheiro de volta uma vez que a referida revista fazai propagando contra LULA.

 

Agora o “data-falha” quer que a gente acredite que do espólio da Marina Silva, migraram 8 pontos (40%) para o “Zé alagão” e 1 ponto (5%) para a Dilma-Me engana que eu gosto.

Depois que a Marina falou que o Brasil estava preparado para ter uma mulher presidente-Pluft- sumiu da mídia...Ninguém mais fala dela, só do assunto de relevância nacional-O aborto.

Estive no Rio de Janeiro esse fim de semana e, para um lugar Lulista, não vi um adesivo de carro-Alô, alô , militância- adesivo, botom  e camiseta! Não é só email!

Tive que assistir a Rede Globo, por falta de opção.... Alô, alô , militância-tive a nítida impressão de contar mais inserções das vinhetas do “Zé baixaria” do que da Dilma nos intervalos do Jornal Nacional e da novela. Alô PT, bota a boca no mundo!

 

<!-- /* Font Definitions */ @font-face {font-family:Cambria; panose-1:2 4 5 3 5 4 6 3 2 4; mso-font-charset:0; mso-generic-font-family:auto; mso-font-pitch:variable; mso-font-signature:3 0 0 0 1 0;} /* Style Definitions */ p.MsoNormal, li.MsoNormal, div.MsoNormal {mso-style-parent:""; margin-top:0cm; margin-right:0cm; margin-bottom:10.0pt; margin-left:0cm; mso-pagination:widow-orphan; font-size:12.0pt; font-family:"Times New Roman"; mso-ascii-font-family:Cambria; mso-ascii-theme-font:minor-latin; mso-fareast-font-family:Cambria; mso-fareast-theme-font:minor-latin; mso-hansi-font-family:Cambria; mso-hansi-theme-font:minor-latin; mso-bidi-font-family:"Times New Roman"; mso-bidi-theme-font:minor-bidi;} @page Section1 {size:595.0pt 842.0pt; margin:72.0pt 90.0pt 72.0pt 90.0pt; mso-header-margin:35.4pt; mso-footer-margin:35.4pt; mso-paper-source:0;} div.Section1 {page:Section1;} -->
/* Style Definitions */
table.MsoNormalTable
{mso-style-name:"Table Normal";
mso-tstyle-rowband-size:0;
mso-tstyle-colband-size:0;
mso-style-noshow:yes;
mso-style-parent:"";
mso-padding-alt:0cm 5.4pt 0cm 5.4pt;
mso-para-margin-top:0cm;
mso-para-margin-right:0cm;
mso-para-margin-bottom:10.0pt;
mso-para-margin-left:0cm;
mso-pagination:widow-orphan;
font-size:12.0pt;
font-family:"Times New Roman";
mso-ascii-font-family:Cambria;
mso-ascii-theme-font:minor-latin;
mso-fareast-font-family:"Times New Roman";
mso-fareast-theme-font:minor-fareast;
mso-hansi-font-family:Cambria;
mso-hansi-theme-font:minor-latin;}

Não se animem. Ainda é o Globo. A Folha, se não conseguiu ainda os arquivos militares da Dilma, vai acabar conseguindo e deverá estampar, a poucos dias da eleição, algo como "Documentos comprovam ações terroristas de Dilma" ou coisa do tipo. O jogo será pesado, pra ganhar. Portanto, todo cuidado é pouco.

cronicasterraqueas.blogspot.com

 

Dilma por Hildegard Angel

 

 

...spin

 

 

Ótima entrevista para ser divulgada massissamente!!!

Pega bem neste lado família!!!

Mas, vamos ficar preparados para o que vem pela frente!!!

 

SORTE PARA TODOS!!!

 

Essa é a Dilma.

 

A propósito, acabei de receber a moça do IBGE, e, claro, entre a entrevista e um cafezinho, perguntei em quem ela iria votar. Ela foi categórica: 'votei em Marina e vou votar em Serra, Dilma jamais. E completou : votei em Lula, mas Dilma é muito diferente dele, é do mal!

 

Fiquei chocada!

 

Acompanho o que meu avô dizia:  Em nossa casa temos que tratar muito bem  quem quer que seja, até os inimigos, e assim foi feito. Servi um lanche para a senhora e ainda lhe dei uma maça para ela se alimentar mais tarde.

 

Bonita enrtevista. Estou enviando para meu facebook. Mas como disseram alguns companheiros que já postaram seus comentários, tenho para mim que o lado obscuro, de alguma forma, vai tirar proveito desse artigo.

 

Barbara Luz

Totalmente incrível. Quem sabe esta mídia ainda tem salvação... Pelo menos ainda sabe fazer coisas de qualidade.

 

abs

 

 

Fiquei muito, mas muito emocionado com esse depoimento

Que rica, linda e emocionante história!

Belíssima crônica de uma vida real, única!

Penso no seu orgulho contido, na honra de se ter uma tal biografia

Será um privilégio e glória termos essa heroína como nossa presidenta!

Bemvindo ao vosso governo, Dilma, e que Deus seja contigo!

 

Sim, o Globo fez isso. Mas não se iludam.

O que o Globo fez foi ir atrás da intimidade de Dilma para ver se pescava qualquer pontinha para gerar escândalo, como na loja de 1,99.

O fato é que o Sr. Carlos não deu bola nas costas. Foi um excelente entrevistado, que não deixou a pauta imposta surgir, de onde o Globo esperava arrancar um perfil de Dilma mandona, truculenta, má-esposa e, se desse, confirmar a pexa de ex-terrorista.

Se ferrou, Globo. Tomou um Pelé do Sr. Carlos bonito!!

 

Eles entrevistaram o ex achando que iriam obter repostas cheias de mágoa e o cara não correspondeu a estas expectativas. Me espanta eles terem publicado tudo, eles não têm problemas em editar e botar só o que interessa.

 

Emocionante! Carlos e Dilma são pessoas íntegras e boas. Para mim, esse é ainda um verdadeiro casamento!

athena

 

 

A globo não fez isso em 8 anos. Tentaram jogar casca de banana. O Sr. Carlos não caiu. Mas pode ter certeza que vão explorar essa entrevista de maneira deletéria.

Pq vc acha que ele perguntou, sobre o fato dela ter sido casada antes de conhece-lo.

 

Esperem e verão!