Revista GGN

Assine

O fim do domínio absoluto da Globo

Coluna Econômica

Há uma frase de Churchill: "Não se consegue a vitória apenas com recuos bem sucedidos". Vale para a manobra da Globo para anular o Clube dos 13 e negociar diretamente com os clubes os direitos de transmissão dos jogos do Campeonato Brasileiro, quando percebeu que seria derrotada pela Record em um leilão. Fez o recuo. E, agora, cadê o avanço?

***

DuraDurante 40 anos a Globo consolidou um domínio na audiência da TV aberta, em cima de alguns pilares centrais: a rotina nas novelas e o controle absoluto sobre as transmissões de futebol, sustentado por práticas anticoncorrenciais..

Para consolidar essa distorção, a Globo sempre procurou se posicionar acima dos partidos políticos. Era como se fosse o quarto poder da República.

***

Quando Roberto Marinho saiu de cena e terminou a era Evandro Carlos de Andrade, cedendo lugar à inexperiência truculenta de Ali Kamel, o modelo começou a ruir.

A proverbial habilidade política da Globo cedeu lugar a fantasias de derrubar presidentes, eleger presidentes e atuar como partido político. Perdeu o status institucional. E aí aparentemente o CADE (Conselho Administrativo de Direito Econômico) foi liberado para fazer valer a lei, obrigando a uma disputa limpa pelos direitos de transmissão

***

Ao longo de décadas a Globo montou uma rede de relacionamento informal, não com os clubes mas com os dirigentes, fechando os olhos para seus negócios paralelos.

Obviamente a proteção trazia implícita a mensagem de que dependeria das relações de lealdade.

A Record entrou no jogo com a ingenuidade de achar que poderia montar relacionamentos com os clubes da noite para o dia e confiar na palavra dada pelos dirigentes. Quando percebeu a extensão do jogo, e a puxada de tapete de alguns dirigentes, começou a preparar matérias de denúncias. Soou mal.

Só que o acordo com a Record – R$ 550 milhões para o Clube dos 13 – renderia R$ 42 milhões para o Corinthians. Com a proposta da Globo, cairá para R$ 20 milhões. Como os presidentes irão se explicar?

No contrato assinado com o Clube dos 13, a Record se dispôs até a dar uma vantagem de 10% para a Globo: ou seja, com até 10% de diferença, o lance da Globo poderia ser vendedor. A Globo não aceitou: queria 30%.

***

Mesmo assim, não haverá como a Globo justificar a perda de receita dos clubes, caso fechem com ela.

Antes, a Globo comprava todo o conteúdo do campeonato. Agora, o Clube dos 13 decidiu que o conteúdo é dele, que o revenderá de forma segmentada, para emissoras abertas, para TV a cabo, para Internet.

Só o Portal Terra – do grupo Telefonica – parece disposto a pagar R$ 100 milhões pelos direitos na Internet; a Record mais R$ 550 milhões apenas pelos direitos para TV aberta., por apenas dois jogos por semana: um às 20:30 de quarta-feira, outro aos sábados ou domingos. E a Globo pretende pagar apenas R$ 250 milhões por todo o conteúdo, para todas as mídias.

Seja qual for o resultado, o episódio marca o fim de uma era de predomínio das Organizações Globo. Continuarão influentes, mas não mais com o poder absoluto. E cada dia de vida, pelo visto, será um dia a mais para a Record. E um dia a menos para a Globo. 

Média: 4.8 (32 votos)
79 comentários

Comentários

Espaço Colaborativo de Comentários

Comentar

O conteúdo deste campo é privado e não será exibido ao público.
CAPTCHA
Esta questão é para testar se você é um visitante humano e impedir submissões automatizadas por spam.
+79 comentários

Revista Época sugere Privatização dos Correios e Eletrobrás. Crime de Lesa Pátria?

A revista ÉPOCA desta semana sugere de forma expressa que deveriam ser privatizadas empresas como os Correios - ECT e a Eletrobrás dentre outras. A privatização em determinados setores não é um monstro. Mas não podemos generalizar de forma irresponsável. Mas tem dois pontos que a revista oficial das Organizações Globo esquece:(...)

http://www.myzentado.com/

 

O faturamento da Glob com o futebo, não chega a 1 bilhão!Com a Record pode pagar mais que isso, e ter lucro?

Fechando com a Record, a globo não poderia voltar TODAS as suas baterias para investigação, de como a magica permite, a RECORD VENDER seu espaço na madrugada, por dezenas de vezes a mais que o mercado cobra, para a IURD, e assim, lavar dinheiro da IGREJA, e com isso, chegar a um ponto, de a RECORD "não ter como pagar" esse dinheiro todo, já que não teria como justificar a entrada desse dinheiro em conta?

A Record em 2008 ou 2009 faturou perto de 1bi, como poderia apenas a um evento pagar isso?

Como ela explicaria que o dinheiro entrando é da IURD?A Globo perdendo o futebol, ia buscar isso a todo custo, e NÂO tem como ser limpo essa transferencia da IURD para a RECORD o que poderia impossibilitar esse pagamento, aó os C13 voltaria para a a GLOBO pedindo ajuda?

 

     Quanto a este trololó sobre as negociações da globo diretamente com os clubes, deve-se levar em consideração que a record também negociará nos mesmos molde e novamente concorrendo com a globo. E aí? Se a platinada decadente já correu da raia nas negociações com o C13 justamente por saber que não tem bala na agulha contra a record, qual a bala que ela tem para negociar no mano a mano, clube a clube? Os curintias da vida não terão como justificar perda de dinheiro simplesmente para facilitar a vida da latrina glamurosa. Se isto acontecer com certeza a pilantragem  vai parar na justiça, e como sabemos pelo exemplo do CADE, os fedorentos do Botânico já não estão com a bola tão cheia, como acontecia há algum tempo.

 

                                                                                   AlceuCG.

 

Tudo bem. Só não entendo essa de as Organizções Globo estarem perdendo sua posição institucional, e que Ali Kamel possa ser reponsabilizado pelas mudanças que estão ocorrendo. A Globo de fato iniciou com a vitória dos golpistas de 1964, tendo sido peça importante no golpe. O grande golpista, Carlos Lacerda, denunciava sua associação com o grupo Time Life. Ligou-se à ditadura imposta por mais de vinte anos e lógico que pairava acima dos partidos, que emasculados nesse perído, pouco representavam em termos de poder. Não tem essa de Ali Kamel, o que está acontecendo é que as Organizações Globo estão com dificuldades de respirar na democracia, com  seu monopólio ameçado, estando sendo fortemente atacada pela concorrência. Adoram falar em leis de merdado, concorrência, mas sua praia é o monopólio que necessita de governos submissos aos ditames. Ultimamente está difícil ter o apoio a que sempre esteve acostumada. Sua capacidade técnica por si só não será suficiente para manter a audiência. Não se liga ao povo, somente é eficiente em oferecer circo para os mais pobres e menos educados, sendo aliendados, imbecilizados e infantilizados pela grande maioria de seus programas, todos moldados para dar suporte a ditaduras. Sua atuação nas últimas eleições parece dizer que ainda esperam e por isso batalham pela volta de uma ordem ditatorial, quando não seja a ditadura branca do pensamento único da economia neoliberal.

 

Prefiro ver o jogo do bonde do mengão sem freio na Record, pelo simples motivo que não precisaria aturar o big brother esperando o jogo começar

 

Juliano Santos

Ainda considero este blog respeitável. Porém, fico decepcionado ao ver esta tomada de posição em favor de um dos lados de uma disputa comercial. Lamentavelmente, é difícil ver isenção nessa análise.

 

Não sou advogado do Nassif. Mas no que eu li, não vi o Nassif louvando um possível futuro monopólio da Record, mas sim celebrando a possível quebra do monopólio da Globo, em favor da livre concorrência

 

Juliano Santos

Ainda considero este blog respeitável. Porém, fico decepcionado ao ver esta tomada de posição em favor de um dos lados de uma disputa comercial. Os argumentos da coluna econômica são extamente os da Record. Lamentavelmente, é difícil ver isenção nessa análise.

 

Deus te ouça!

 

Nassif, na essência e no geral é isso mesmo, mas os números que passaram para você estão ligeiramente defasados. Vamos lá.

A Globo paga hoje por tudo (Tv aberta, assinatura, pay per view e Internet) R$ 400 milhões num pacote fechado. O lance mínimo do edital desenhado para atender as exigências do Cade (que fez a Globo e o C13 assinarem um Termo de Ajustamento de Conduta como forma de evitar uma condenação e uma multa milionária), apenas para a TV aberta, é de R$ 500 milhões. Pois bem, mesmo sem a presença da Globo, corre no mercado que a Rede TV, com o apoio da Oi, estaria disposta a oferecer R$ 700 milhões só para a TV aberta, o que obrigaria a Record a colocar na mesa, digamos, R$ 750 como garantia para o caso de o boato ser verdadeiro. Ou seja, o rendimento dos clubes com TV dobraria SOMENTE com a proposta de TV aberta. Com as outras mídias licitadas separadamente a ideia do C13 era atingir inacreditáveis 1,3 bilhões por ano de receita com TV, ou seja, 3 vezes mais do que agora. Mantidas todas as regras de distribuição entre os clubes filiados, o Corinthians, por exemplo, ao lado de Flamengo, SPFC, Palmeiras e Vasco, chegariam a um faturamento de R$ 90 milhões anuais com televisão. Isso caso as licitações fossem acontecer. Mas parece que a coisa toda subiu no telhado. Preocupada com toda essa movimentação da Globo e dos dirigentes que ela mantém no bolso, a Record acabou de divulgar um comunicado que pode significar a sua saída da licitação e a sua disposição para negociar em separado com os clubes. Um erro crasso, na minha opinião: ela mordeu a isca da Globo, que no fundo está obrigando os clubes a saírem do C13 apenas para forçar o fim da licitação que não lhe beneficia. Fora da licitação coletiva ouso dizer que a Record ou qualquer outra emissora não tem a menor chance. Dentro elas poderiam fazer uso do Cade e da lei, já que os clubes dissidentes ainda se encontram legalmente representados pelo C13, apesar do que dizem. A impressão no momento é que o jogo acabou e a Globo saiu-se vencedora do mesmo jeito. Impôs os seus termos a clientes e concorrentes, e eles por fraqueza ou inocência os aceitaram. Portanto, por enquanto pelo menos, não se pode dizer que avistamos o fim de domínio absoluto nenhum. O contrário é o mais provável. Nisso tudo só tenho uma pergunta que não quer calar: por que o Cade não obriga a Globo a participar da licitação que nasceu justamente de uma condenação da sua conduta anti-concorrencial? Isso é que eu não consigo entender.

 

Abs, joseph

Concordo com quase tudo no seu comentário. Apenas não penso que a Record tenha mordido isca alguma, até por que a Record não afirmou que sairía do processo de licitação. Na verdade, ela confirmou a sua participação neste processo e apenas levantou a possibilidade de negociar em separado com os clubes, caso seja necessário.

Até agora, quem está fugindo da legalidade é a Globo, que ano passado aceitou as novas condições impostas pelo CADE para a negociação dos direitos de veiculação do campeonato brasileiro para a TV aberta e agora quer fugir da canoa, e os clubes dissidentes (que podem mudar de opinião a qualquer momento).

O fato de a Record participar do processo de licitação já garante a sua posição de legalidade no processo. Quem está fugindo da lei, até agora, é a Globo. Se a Record vier a sair do processo de licitação, a exemplo da Globo, aí sim, será a assinatura de atestado de burrice. Não é esse o caso.

 

O fim está próximo já dizias os profetas.

<a href="http://www.galooficial.com/">http://www.galooficial.com/</a>

 

A qualidade de imagem da globo é muito superior.

Se a record ganhar, espero que melhorem a qualidade da imagem.

 

Para mim todas as TVs do Brasil não merecem muito crédito, mas a Globo é a pior.

 

O Bezerra da Silva dizia:

Malandro é malandro, mané é mané.

Bezerra se tornou fiel da Universal.

Nessa questão do Clube dos 13, a Globo foi malandro, acabou com o clube, os dirigentes

que ajudaram a implodir: mané. Deixarão de receber 42 milhões para receber 20. Manéssíssimos.

A Record, foi mané quando acreditou nos dirigentes, mas na estratégia de tomar audiência da Globo, tem sido malandro.

Os mesmos anunciantes de um são também do outro. Na questão do jornalismo a Record já dispara com larga vantagem.

Concordo com o Nassif quando fala da truculência do Kamel, sua tentativa de denegrir e derrubar o Lula, foi duma mediocridade incompreensível. Por seu lado a Record manteve equilíbrio e como a outra era contra e todas as forças conservadoras eram: católicas, neopentecostais, a Record manifestou discreto apoio.

Estou gostando muito de ver a Globo levar um pau, o Brizola iria gostar também.

 

Nassif e amigos,

Hora de quebrar de vez o monopólio da Globo! Essas notícias de que existem clubes interessados em negociar diretamente com a Globo obedece à duas lógicas: melar o processo de licitação levado a cabo pelo Clube dos 13 e monitorado pelo CADE, e assegurar a manutenção da Globo como detentora destes direitos, a qualquer preço. Nesta atual fase dos acontecimentos, estas são duas lógicas que demonstram desespero.

Os últimos movimentos da Globo e da CBF não demonstram força e sim confusão. Não há tempo hábil para os clubes dissidentes realmente fecharem com a Globo, nem antes nem depois das licitações. Para isto, teriam que desfiliar do Clube dos 13. Cada clube, no entanto, independente de declarações dadas pelos seus presidentes, teria que decidir internamente se sairíam ou não do Clube dos 13. Isto não fica estabelecido por decisão unilateral de Amorins e Dinamites da vida! Depois deste processo interno, um documento teria que ser enviado ao Clube dos 13 pedindo a desfiliação do clube da entidade e aí a entidade teria 60 dias para consumar o pedido, não antes de exigir pagamentos de possíveis e prováveis dívidadas dos clubes dissidentes com a entidade, ou seja, o processo de desfiliação poderia levar muito mais do que 60 dias. Até lá, os clubes estão de mãos atadas, pois renderam capacidade legal de negociação de cotas de TV ao Clube dos 13 para que este negocie tais cotas, por estatuto, em nome dos clubes. É o estatuto, idiota!! E o estatuto é um documento legal. Negociações a parte, por parte de clubes dissidentes, feriríam o estatuto assinado pelos clubes, que delegou este poder de negociação ao clube dos 13, e o CADE já deixou claro que estará atento a isto, pois isto feriría a livre concorrência. Acima de tudo, com todas estas impossibilidades, a abeertura dos envelopes de licitação dos direitos de TV aberta para os campeonatos brasileiros de 2012 à 2014 acontecerá daqui à 9 dias. Não há tempo hábil para a Globo, CBF e clubes dissidentes fazerem absolutamente nada, a não ser espernearem (algo que já tem feito), criarem factoides para gerar divisões entre os clubes (CBF declara que o Flamengo também é campeão brasileiro de 1987, uma semana depois de ter afirmado exatamente o contrário, para poder gerar animosiddades entre os clubes) e ficarem mudos depois, já que agora estão semi-mudos, a caminho da vergonha completa!

Na verdade, Serra era a última esperança da Globo..., mas isto é pano para outra manga.

A Globo está perdida e em queda, a CBF completamente desmascarada e alguns clubes sem saber o que fazer! Sinuca de bico!!!

 

Ótima notícia. Chega desses psedo capitalistas que gostam de mamata e monopólio. Quer ganhar tem que soltar a grana !!

 

Nassif

Não há império que dure para sempre; o dá globo esta com os dias contados; quando ela resolveu repercutir as imbecilidades da elite contra o governo lula, assinou seu atestado de burrice, e olhe que o governo nem pediu revisão da "concessessão" ; poderia ser pior.

Abraços

Mário Mendonça

 

Mário Mendonça

Será que, para aceitar um negócio no qual os Clubes de Futebol ganham menos, os dirigentes não estão recebendo propina da Globo? Suborno mesmo?

Conhecendo a cartolagem brasileira, não seria a primeira vez que roubam os clubes para encher o próprio bolso.

 

Tudo bem que ainda vai demorar um tempo pra essa emissora perder toda sua impoênencia, mas ela já percebe que não é mais possivel alienar 100% da população brasileira ,como fazia há algum tempo atrás.

Não se deve temer as leis,  pois elas são criadas apenas para conter os que preferem obter vantagens  para si próprio.

 

Engraçado é que ninguém fala da globo nesta maracutaia que estava sendo armada, apenas os blogs sujos, via os blogs sujos...

 

Prefiro lidar com a Record.

Primeiro, porque a IURD é apenas uma entre várias igrejas evangélicas que pipocam por aí. Algumas, inclusive nasceram de "rachas" da IURD. Mesmo com a Record eventualmente virando a Globo do futuro (o que não acho provável, vai é ficar disputado o mercado), não acredito que a IURD alcance tanta influência (e número de seguidores) quanto a ICAR tem.

Segundo, é fácil perceber quando a Record age em interesse da IURD. No caso da Globo é sempre mais complicado saber quando tá rolando interesse da emissora ou dos "parceiros".

 

Primeira correção, esse numero de R$250 milhões que a Globo estaria disposta a pagar não é verdadeiro. O preço da Globo é R$500 milhoes de reais, que é o valor minimo pedido pelo clube dos 13.

Segundo, não foi a Record que deu 10% de vantagem à Rede Globo, mas o clube dos 13 (medida que o CADE já proibiu).

 

 

O que é melhor para o futebol?

A Globo diz que fez uma parceria muito lucrativa com os clubes nesses anos (1987-2010) principalmente desde de 1997. Só que na verdade o que se viu foi que os clubes estão mais endividados. Portanto a parceria não é tão boa assim.

O horário dos jogos a noite prejudica o esporte. A passada de mão nos desmandos dos dirigentes dos clubes e CBF também é prejudicial ao futebol. O último exemplo o Dunga foi julgado pelo seu comportamento frente a Globo e não pelos resultados em campo.

Pela primeira vez os clubes podem ganhar uma grande verba com a TV. E a Globo prefere concorrer nos bastidores do que oferecer uma proposta melhor.

É bom lembra que com a copa de 2014 o campeonato brasileiro vai ganhar mais visibilidade. É óbvio que os anunciantes vão pagar bem mais para serem visto no Futebol. Se a Globo fatura 1 bi no futebol com a copa vai faturar bem mais que isso. E é correto os C13 aumentar o lançe minímo para a TV.

Audiência.

Se a Record conseguir ganhar da Globo vai ser uma revolução na audiência. Em 2012 a Record teria o Brasileirão e a Olimpiadas com exclusividade. Com certeza esses eventos vão dar um aumento no faturamento, o que vai trazer uma melhor qualidade nas transmissão e aumento na audiência. Pode ser o inicio de um ciclo positivo para a Record: + faturamento, + qualidade + audiência.

A Globo sabe que perder o brasileirão pode ser o fim da sua liderança. Vai ser difícil lagar o osso. É questão de sobrevivência. De qualquer forma a Globo vai sair perdendo nesse processo. Se ficar com os direitos vai ter pagar mais caro e politicamente vai ficar mais vulneravel aos dirigentes.

Oportunidades.

A Rede TV, Band devem estar de olho nas negociações e podem ser o fiel da balança na disputa. Já que tanto a Record como a Globo podem revender os direitos de transmissão.

 

    Quero estar viva para ver a derrocada da Globo.  Não importa que seja a Record a ocupar o seu lugar.  Depois veremos o que fazer.  Como disse alguém aí em cima (ou embaixo?), até lá a Internet estará muito mais acessada, mormente, se a Banda Larga mais barata sair.

    Se eu viver para ver a derrocada da Globo e dos USA, já me dou por satisfeita de ter vivido na época que vivi.

   

 

Dulcinéa

Dulcinéa,

td bom?
reitero q não te levo a mal, e a parte boa do nosso (pouco e resumido a algumas frases) contato está preservada, mas gostaria de saber se vc ainda acha q fui eu "invadiu sua máquina" e colocou uma foto (q nem sei de quem é ainda hj)

vc mencionou:
dom, 06/02/2011 - 19:47 Dulcinéa.sc

"Nossa, aí em cima eu dei "rata", como dizemos aqui em Minas. Desculpa gente, não foi prá aparecer, fiquei até vermelha.

Queria por minha foto e fiz a coisa errada. Coisa de mineira que nasceu antes de 1990. Desculpa. Acho que alguém, deve ser o ►randombuz◄, colocou a foto nos comentários.

Desculpa mesmo!"
em: http://www.advivo.com.br/blog/luisnassif/os-que-mudam-com-a-chegada-ao-p...

logo depois eu fiz um comentário e expliquei q era quase impossível eu ter colocado sua foto SUA num comentário SEU) perguntei se vc tinha certeza disso e se tivesse, q me denunciasse ao Nassif, ou se foi engano seu ao colocar uma foto errada, me pedisse desculpas (escrevendo um comentário e se desculpando ou confirmando) por me envolver em algo q não fiz.
FICOU SEM SUA RESPOSTA!

como sou um cara honrado e ético, me preocupo com q uma pessoa possa pensar de mim ao ler seu comentário e concluir q eu fico invadindo máquinas alheias de "badernando" no fórum do Nassif.

no post:
http://www.advivo.com.br/blog/luisnassif/as-disputas-internas-do-pt-por-...
(qui, 24/02/2011 - 12:40)
(DULCINÉA, LEIA ESTE LINK E MEU COMENTÁRIO PARA SE INTERAR DO Q ESTOU FALANDO)

fiz uma explicação didática do q pode ter acontecido, e vc, novamente, não me respondeu.
FICOU SEM SUA RESPOSTA!

por favor leia antes o histórico do mal entendido (o q vc escreveu sobre eu ter colocado sua foto e minhas respostas), e depois responda neste próprio comentário, se vc ainda acha q fui eu.

custa vc responder "sim, foi vc!" ou "não, foi engano meu postar aquela foto grande e te colocar no rolo.... DESCULPE-ME" ou "poxa, randombuz, fiz uma brincadeira e coloquei seu nome no rolo só pra não assumir sozinha q me enganei, desculpe-me".

se fui eu, eu mesmo peço uma investigação aos técnicos do site para ver o endereço de onde partiu aquele post.
quero ser punido se for verdade q invadi sua máquina e postei aquela foto grande; vc nem precisa se preocupar em pedir uma investigação q eu mesmo vou pedir isso.

eu não sei com q tipo de gente vc lida, mas palavra pra mim tem valor, e me incomoda ficar com uma pendência desse tipo com uma pessoa q eu considero (vc, no caso).
além disso, quem lê aquele post vai pensar o q de mim?
q sou cracker?

obrigado e, por favor, responda abaixo deste comentário o q vc acha.

 

É isso aí Dulcinéia...

 

Priscila maria presotto

Que se quebrem  os monopólios!

 

Priscila maria presotto

Se a Globo perde, ganha a Record. Se a Record perde, ganha a Globo.  O melhor seria mesmo um empate   que enfraqueça a Globo mas que não coloque a Record no trono...

O problema é que esse parece um jogo eliminatório em que não existe a possibilidade de empate.  Como diria Leonel Brizola, ou ganha o demônio ou ganha o "coisa ruim".

Pobres brasileiros condenados sempre a escolher entre o ruim e o pior...

 

Comentário de: Zé da Silva Brasileiro

 

Temos de ver a outra ponta também: o marketing dos patrocínios dos clubes.

Seguramente a Globo alcança território muito maior que a Record hoje (essa diferença está diminuindo, mas ainda é grande). Se um clube como o Corinthians tem uma parceria como a que tem hoje com a Hypermarcas, esta vai querer seus logotipos estampados em mais televisores. É outro lado da questão que há de se analisar.

Eu gostaria que fosse de outra forma e a negociação fosse jogo a jogo, eliminando o pay-per-view. Por exemplo, a RBS transmitindo os jogos da dupla Gre-Nal para o RS e assim por diante. Cansei de ter de ouvir Gre-Nal pelo rádio enquanto tanto Globo quanto Band passam jogos de Corinthians/Flamengo, que não me interessam nem um pouco.

 

Agora sério. Como já foi colocado e ligando sim para os pré julgamentos, toda e qualquer quebra de monopólio, ainda mais da comunicação, é sempre bem vinda. A rede Globo está presente na cultura do povo? Sim! Para os telespectadores de classes mais desfavorecidas, ela interefere no seu modo de pensar? Sim (Apesar da queda de audiência nos últimos anos ser verificada nessa faixa de telespectadores).  A roda da História não pode parar e parece ter escolhido o assunto mídia agora. Fukuyama, quero dizer que o senhor está errado mais uma vez. Não é o fim da História ainda.

 

rsrs... eu tb tive infelicidade de ler Fukuyma... mas as conclusões dele foi tão pueril que ele mesmo começou a mudar de ideia após 9/11.

Pode procurar no wikipédia ...

 

 

 

 

De Churchill : " Se Hitler invadisse o Inferno, eu cogitaria de uma aliança com o Demônio "

Portanto..., oremos !

 

" A injustiça que se faz a um, é uma ameaça que se faz a todos." - Barão de Montesquieu

 

Bom texto Nassif, "destrinchando o caso Globo e Clube dos 13". É prova daqui a uns poucos anos: nós dissemos! está escrito! o fim do império chegou! arrependei-vos dos pecados (novelas das 8h) assistidos!. Graças!  

 

Longe de mim acreditar nisso, mas será que sempre existiu muito mais por trás das partidas  de futebol e dos números apresentados?

Será que foi somente com a tual direção que a Globo quis se aventurar em eleger políticos?

Quem tem poder, não quer deixar de ter e que deseja, pode fazer muitas coisas.

Pode ser que não tenha feito uma oferta mellhor por conta de contas muito altas a pagar. Com a abertura do capital, a situação não ficou boa. A desvalorização foi enorme e soemnte não hove falência por "milagre".

 

Ah, agora o besta aqui entendeu a jogada (como podiam optar pela Globo se ela pagava menos?).

Os clubes perdiam receita com contratos inferiores, os dirigentes ganhavam a liberdade de atuarem paralelamente...

 

A  ameaça  ao  poderio "global" é  muito  grande,  as  perdas  seriam  incalculáveis  no  caso  de  ela  perder  o  confronto.  Acho  que  vem  muito  jogo  sujo  por  aí,  muitos  interesses  promíscuos,  muita  compra  de  consciência,  muitas  traições....Melhor  aguardar  o  desfecho.

 

mello, Rpv, Luiz Augusto e demais colegas,

vcs querem opiniões mais contundentes e sem muita papa na língua?
foi uma das melhores indicações q tive para sites "esportivos" (esporte já não é um assunto sério há mto tempo... a gestão esportiva acompanha a gestão política, e na maioria dos casos, é uma bandalheira só, graças à impunidade da nossa (IN)Justiça - o lEGISLATIVO e o jUDICIÁRIO de mão dadas em proveito próprio e dos q orbitam o poder).

dá uma olhada nesse cara (como costumo dizer, use com cuidado, mas q vc enxerga o "esporte" de outra maneira, enxerga... rsrs):
http://www.midiasemmedia.com.br/paulinho/

por ex., um post de hj:
"Oliverio Junior tenta intimidar jornalismo da Record"
http://www.midiasemmedia.com.br/paulinho/?p=26848

ou
"Mais duas vítimas de Edgard Soares"
http://www.midiasemmedia.com.br/paulinho/?p=26824

acompanhe esse cara (Paulinho) e saiba o q está no esgoto do esporte antes dele aflorar, SE aflorar, à grande mídia.

leiam as matérias do site mais antigas para entender o histórico de alguns assuntos; dificilmente vc entenderá um assunto em profundidade lendo apenas um post.

boas descobertas!!!

 

Li hoje no Terra que, além dos quatro grandes clubes cariocas e o Coritnhians, agora o Grêmio resolveu negociar com a Globo. É absurdo constatar que os clubes preferem ganhar menos dinheiro e sustentar a hegemonia da Globo, do que o contrário. O que farão os outros clubes? Será que daqui a pouco tempo veremos uma manifestação de outros clubes a favor da concorrência honesta? Acaso podem outros clubes negociar também diretamente com a Record e assim a transmissão ficar toda fragmentada? Isso seria o ideal! Mas aguardemos o desfecho disso...

 

Este post está irreconhecível. Por uma questão de boas maneiras me reservo o direito de não explicar tal afirmação.Talvez, quem sabe, após o  final da concorrência , os resultados apurados responderão por si só.

 

Você acredita realmente que o Corinthians ganhará menos em uma negociação fora da máfia do clube dos 13? Você acha justo que Corinthians e Flamengo recebam a mesma cota de Vasco, Palmeiras e São Paulo? Nassif, você é muito inteligente para ir atrás da mídia tricolor. Lembre-se que o clube dos 13 é pau mandado do presidente do São Paulo, que exerce o poder na entidade através do gerente de marketing Ataíde, em dobradinha com Júlio Casares, homem da Record. Não existe santo nesta história. 

 

O Flamengo e Corinthians tem mais tocidas sim. Só que a rivalidade entre Flamengo e Vasco, Corinthinas e São Paulo e Palmeiras e que fazem esses clubes grandes. Portanto os 5 devem ganhar o mesmo ou bem próximo, porque o campeonato só tem visibilidade disputanto entre eles e os outros grandes. 

A rivalidade no futebol brasileiro é diferente do da Espanha. Não existe uma rivalidade nacional como Real Madrid x Barcelona. Corinthians x Flamengo não tão mem perdo dessa rivalidade. É só lembra que o corinthians praticamente entregou o jogo contra o Flamento em 2009 para prejudicar o São Paulo que no fim prejudicou o Inter.

Além do mais o Corinthians principalmente, e o Flamengo também ficam com esse discurso de maior torcida, marca mais valiosa. Só que é time. Qual foi o ultimo grande time desses dois? O Flamengo até teve mas a muito tempo atrás. O Corinthians tenho a minha duvida se já teve um grande time alguma vez.

 

A RECORD quer fidelizar o público que prefere assistir esportes ao invés de novelas na TV.

A RECORD já comprou com exclusividade os direitos (e transmitiu parcialmente) os jogos olímpicos de inverno (2010) e o de Londres (2012).

Com futebol às 20:30 horas de quarta-feira atrairá mais público aos estádios e vai concorrer com as novelas globais.

No domingo terá o futebol e o Gugu para disputarem com o decadente Fausto Silva.

O que está em jogo não é somente o lucro com o futebol, mas com os anunciantes de outras atrações das quartas e domingos (ou sábados).

 

@RivaldoMoraes (twitter)

Espero que clubes como Flamengo, Vasco, Fluminense, Botafogo, Corinthians e outros, não se aventurem e sigam o clube dos 13, afinal, como pode termos que aceitar jogos as 22:00, prá quem tem que acordar as 5:10 da manhã, vamos esperar o fim de mais essa novela.

 

É incrível como os pressupostos de alguns sempre olharão para as coisas de acordo com a sua ótica e não com a isenção que eles se propõe a expor.

Neste caso, a globo sempre é vista como vilã, errada, e que procura atrapalhar o Brasil. A Record vira a mocinha que salvará o Brasil. Estranho, muito estranho!

Se levarmos em conta que os defensores isentos da Record trabalham nela, ou tem amigos nela, o portal Terra e afins, a isenção cai por terra.

Estas notícias plantadas por vocês são no mínimo comprometidas de isenção!

Alem da grana, há outros fatos a serem considerados, nunca expostos neste blog, tais como, a origem do dinheiro da Record, a programação de Record que é um clone da Globo em tudo (se a Globo fosse tão ruim assim, porque imitá-la nas novelas, no jornal, nos programas?);  a intenção vingativa dos reporteres de derrubar a globo por que em algum momento do passado sairam, ou perderam seu status lá dentro, levando a "tese" de que a emissora e afins sempre tem uma teoria conspiratória.

 

 

Caro Augusto,

Aonde você já viu notícia isenta de interesse? Isso existe? Não se trata de defender interesses, até porque tudo é interesse, trata-se apenas da natureza do interesse. Só gostaria de saber uma coisa. Qual a coisa boa que a globo fez ao Brasil? Diga-me uma, só uma, apenas uma? Ao que me parece ninguém aqui tá defendendo a record, eu por exemplo não defendo a record, mas ao processo de licitação que está se fazendo e que claramente a globo está sabotando na maior cara de pau, pra todo mundo ver.

Qual a notícia plantada? Estamos discutindo as notícias que estão sendo veiculadas. E o que o Nassif fez não foi plantada, mas sua opinião. Concorde ou não concorde, mas dizer que é plantada...

Aí você fala no dinheiro da record, da sua origem, e a origem do dinheiro da globo, você sabe? Alguém sabe? Desde que a record passou para as mãos do dito bispo que a globo já fez  inúmeras reportagens tentando detonar o bispo. E qual a prova CONCRETA de algum CRIME que ele tenha cometido? Nenhum. Quanto aos reporteres que você diz que se vinga, eles não se vigam, apenas mostram como é que a coisa funciona. Quanto as teorias de conspiração, claro, que muita gente viaja, mas provamos muitas armações que a globo fez na maior cara dura. Qual o nome que você daria ao caso da bolinha de papel? Qual o nome que você daria ao caso Proconsult? Qual o nome que você daria a tentativa do serra incriminar o comitê de campanha da Dilma com os tais dossiês, quando na verdade era munição preparada pelo Estado de Minas para responder a josé serra e ao itagiba?

Ninguém aqui tá defendendo A ou B, mas uma coisa é certa, a globo não faz bem ao Brasil. Quanto a record, acho que ela está indo no mesmo caminho, programação de baixa qualidade cultural, com essa coisa de gugu, a fazenda, etc, mas faz menos mal do que a globo!

Abraços

 

Perfeito o seu comentário Alext4e!

Eu sou Petista de carteirinha! Odeio a Globo!

Mas, não quero que meu partido trabalhe para nenhum órgão de impressa, se esses órgãos quiserem trabalhar pelo projeto de Brasil do PT, muito bem! Muito ajuda quem não atrapalha!

Mas, acho muito interessante o comentário que você está respondendo! O Alerta é válido, pois, a depender do nível de aprofundamento do princípio: inimigo do meu inimigo é meu amigo, o PT pode começar achando que a Record trabalha para ele e terminar com os Republicanos que trabalha para a FOX ou o PSDB que trabalha para Globo.

Apesar do comentário ser meio ingénuo em relação a Globo, ele serve de alerta para o que nos petitas nessa caso do futebol adetemos a seguinte posição:

Não temos lado quem pagar mais e colocar o futebol no meio de semana as 20:30 deve levar o produto.

 

 

 

 

 

 

 

 

Para mim, a coisa toda é cristalina. Não acho a Record a maior maravilha e nem que seja modelo moral e ético, porém, não teria um segundinho sequer de dúvida se tivesse que escolher apenas entre ambas. Acho que o processo de democratização da informação está ocorrendo e isso não impede que troquemos uma hegemonia de meio século exercido pela Globo, por uma outra rede, que em que pese os seus senões, ainda é mil vezes melhor do que o lixo Global.

 

Ontem reparei que o Jornal Nacional exibiu reportagem com "juras de amor" à cidade do Rio, que fez 446 anos. Até dava para imaginar que era um recuo da emissora que mergulhou numa politicagem que diariamente expõe apenas os podres do Rio - porque o governante não é "alinhado" aos Marinho. Mas não se engane: a Globo vai continuar detonando o Rio; ou vai continuar usando o Rio como "gancho diluidor" a qualquer barbárie (com acobertamento da responsabilidade governamental) que acontece em São Paulo.  Quero dizer: quando se noticia, por exemplo, uma enchente ou latrocínio em São Paulo (por culpa de Deus ou da violência), obrigatoriamente tem que se noticiar qualquer coisa negativa (por culpa dos governantes) que ocorreu no Rio, seja um "arrastão" básico ou seja numa catástrofe causada pelas chuvas.

É o que Nassif quer dizer da política suicida de Kamel, que consolida o desmoronamento de audiência da Globo na cidade do Rio, onde a queda foi muito maior que a queda na média nacional (clique AQUI para conferir). 

 

A de se fazer um justiça aqui. O RJTV tem uma linha editorial bem equilibrada. Não faz oposição incondicional nem ao Cabral nem ao Paes. Também não pratica o adesismo.

Talvez o Kamel não tenha conseguido meter o pedelho lá

 

Juliano Santos