Revista GGN

Assine

O quadro eleitoral pós-eleições

As discussões sobre o quadro político pós-eleitoral começam a esquentar. É como se as eleições fossem favas contadas e o país começasse a pensar o segundo tempo.

E aí o papel do PSDB será essencial. A discussão começou com a Maria Inês Nassif (clique aqui), em "O Valor". Peguei o mote da Inês e escrevi sobre o tema ((clique aqui). Hoje, o "Estado" traz uma bela reportagem de Carlos Marchi sobre o redesenho do PSDB ((clique aqui). E a Eliane Catanhede, na "Folha", embora não trate especificamente do tema, coloca em pauta os novos atores do processo político: Lula, José Serra e Aécio Neves (clique aqui).

No fundo, esses três atores definirão o futuro político do país. E a reinvenção do PSDB será passo essencial nesse redesenho. Alias, pela análise de Inês e Marchi se percebe a principal fragilidade do partido é a falta de discussão interna.

Até hoje, havia uma herança poderosa, vinda dos criadores -especialmente Franco Montoro e Mário Covas. Fernando Henrique Cardoso e José Serra conseguiram aglutinar um conjunto relevante de intelectuais e de gestores.

Com o tempo, sem discussão interna, o partido foi envelhecendo. As lideranças iniciais foram desaparecendo, o dilema entre as escolas da PUC-Rio e os tucanos de São Paulo paralisando o partido. O que parecia ser a principal virtude de FHC (a de pretender compor todos os quadros e idéias) tornou-se um veneno, criando um vácuo de idéias e propostas que resultou na indicação de Geraldo Alckmin como candidato do partido à presidência da República. Sua vitória representaria a passagem das lideranças tradicionais para um vazio de propostas e idéias. O PSDB seria peemedebizado em um mês.

A derrota de Alckmin, paradoxalmente, será a salvação do partido. A partir das eleições, a política nacional terá três pólos principais - Lula, Serra e Aécio - cada qual com suas características.

Sem votos

Comentar

O conteúdo deste campo é privado e não será exibido ao público.
CAPTCHA
Esta questão é para testar se você é um visitante humano e impedir submissões automatizadas por spam.