Revista GGN

Assine

O sonho na MPB

Sonho.




Sem votos
21 comentários

Comentários

Espaço Colaborativo de Comentários

Comentar

O conteúdo deste campo é privado e não será exibido ao público.
CAPTCHA
Esta questão é para testar se você é um visitante humano e impedir submissões automatizadas por spam.
+21 comentários

"O Sonho" de Egberto Gismonti

Com Egberto no piano, Paulo Moura no sax, Noveli no baixo & Robertinho Silva na bateria.

http://www.youtube.com/watch?v=DwCGMcgb8JI

Com vocal de Gismonti

http://www.youtube.com/watch?v=v3G374vDQQY

 

 

Caro Assis, para enriquecer o post, Poema, de Cazuza, por Ney Matogrosso

 

 

...spin

 

 

Spin

Belíssimo.

 

" Vivo Sonhando(Dreamer)  de Tom Jobim

 Tom Jobim

http://www.youtube.com/watch?v=fzTHrAMyi9s&feature=related

João Gilberto & Stan Getz

http://www.youtube.com/watch?v=Xb6O60iW4wU

Astrud Gilberto

http://www.youtube.com/watch?v=WjqemT1GZ-4&feature=fvsr

 Ryuichi Sakamoto, Paula & Jaques Morelembaun

http://www.youtube.com/watch?v=rusBLTqWpC8&feature=fvsr

 

Viver é melhor que sonhar

 

O macho adulto branco sempre no comando
E o resto ao resto, o sexo é o corte, o sexo
Reconhecer o valor necessário do ato hipócrita
Riscar os índios, nada esperar dos pretos ♪♫

agora, sim, o sonho meu:

http://www.youtube.com/watch?v=IKrDjD_tuwI

 

luz

outra, também sobre o pesadelo iniciado exatamente num dia como hoje, há 48 anos:

 

luz

sonho? a propósito da ditadura de 1964, quando o sonho nos é roubado

http://www.youtube.com/watch?v=CUwhoiqhx1Q

 

luz

 

O macho adulto branco sempre no comando
E o resto ao resto, o sexo é o corte, o sexo
Reconhecer o valor necessário do ato hipócrita
Riscar os índios, nada esperar dos pretos ♪♫

 

O macho adulto branco sempre no comando
E o resto ao resto, o sexo é o corte, o sexo
Reconhecer o valor necessário do ato hipócrita
Riscar os índios, nada esperar dos pretos ♪♫

Que voz que é essa desse camarada meu amigo..???

 
 

O macho adulto branco sempre no comando
E o resto ao resto, o sexo é o corte, o sexo
Reconhecer o valor necessário do ato hipócrita
Riscar os índios, nada esperar dos pretos ♪♫

 

O macho adulto branco sempre no comando
E o resto ao resto, o sexo é o corte, o sexo
Reconhecer o valor necessário do ato hipócrita
Riscar os índios, nada esperar dos pretos ♪♫

Essa música tem um verso que remete a um cacófato:

"E me jurava o diabo"

O Chico disse em alguma entrevista que foi alertado sobre isso, mas, segundo ele, não quis modificar a letra porque a intenção era essa mesma, já que se refere ao diabo.

 

O macho adulto branco sempre no comando
E o resto ao resto, o sexo é o corte, o sexo
Reconhecer o valor necessário do ato hipócrita
Riscar os índios, nada esperar dos pretos ♪♫

 

O macho adulto branco sempre no comando
E o resto ao resto, o sexo é o corte, o sexo
Reconhecer o valor necessário do ato hipócrita
Riscar os índios, nada esperar dos pretos ♪♫

 

O macho adulto branco sempre no comando
E o resto ao resto, o sexo é o corte, o sexo
Reconhecer o valor necessário do ato hipócrita
Riscar os índios, nada esperar dos pretos ♪♫

Para os mais jovens do blog, uma outra música sobre sonhos.

 

Preparei esta sugestão inspirado no aniversário, hoje, de minha esposa Cris.

Coloquei no meu blog e aqui no de Nassif

 

Assis,  esse  post  está  maravilhoso, parabéns, e  aproveite  dê um beijo  em Cris . Muita  saude  e prosperidade para vcs.

 

Oh! Marcia.

Superlegal, ela vai adorar.

Grande abraço

 
 

O macho adulto branco sempre no comando
E o resto ao resto, o sexo é o corte, o sexo
Reconhecer o valor necessário do ato hipócrita
Riscar os índios, nada esperar dos pretos ♪♫