newsletter

Pular para o conteúdo principal

Os especialistas nas preocupações de Lula

Por Jurandir Paulo

Uma das matérias mais preonceituosas do Globo. Ouviram desconhecidos professores universitários para propagandear os mais batidos clichês tucanos, como dizer que a história de Lula está restrita ao episódio do mensalão:

De O Globo

Para analistas, Lula é movido por vaidade e apreensão

SÃO PAULO - Um misto de preocupação eleitoral e vaidade é apontado por especialistas em comunicação e ciência política como o pano de fundo das mais recentes movimentações do ex-presidente Luiz Inácio Lula da Silva — a suposta tentativa de adiar o julgamento do mensalão e o trabalho nos bastidores para viabilizar a CPI do Cachoeira.

Para o professor de Comunicação Política da Universidade Federal de São Carlos, Fernando Antônio Azevedo, Lula e o PT já deram demonstrações de que estão apreensivos com o risco político que representa o julgamento do processo pelo Supremo Tribunal Federal às vésperas da eleição municipal.

— Como foi um grande escândalo político, quando o julgamento começar certamente será o foco de toda a mídia. Em ano eleitoral, ele vai reavivar na memória do eleitor todo aquele processo que teve o PT como principal envolvido há sete anos — afirmou o Azevedo.

Na cruzada empreendida por Lula a favor da CPI, o cientista político e professor da Universidade de Brasília, David Fleischer, vê motivações pessoais, além de políticas.

— Lula tem preocupação sobre como será tratado pela história. Como será lembrado o seu primeiro governo com o escândalo do mensalão. Não tenho dúvida que há muita vaidade e zelo pela própria imagem nesse processo todo —afirmou Fleischer.

Para Fleischer, o ex-presidente viu na CPI a possibilidade desgastar a oposição, ao expor as ligações de políticos como o senador Demóstenes Torres (sem partido-GO) e do governador Marconi Perillo (PSDB) com, Cachoeira. Com isso, ele quer desconstruir a tese de que o PT é o único partido envolvido em escândalos e ainda acertaria as contas com Perillo.

— O Lula odeia o Perillo, porque foi o tucano, que, na época do mensalão, tornou público que havia alertado Lula. Até hoje, o ex-presidente sustenta que só soube do fato pelos jornais.

Para Azevedo, o julgamento levou Lula e o PT a estimular a CPI.

— A impressão que dá é que, quando eles perceberam que o mensalão seria mesmo julgado neste ano, a CPI surgiu como um instrumento para dividir a atenção da mídia.

Sem votos
47 comentário(s)

Comentários

Comentar

O conteúdo deste campo é privado e não será exibido ao público.
+47 comentários

Quem disse ter avisado o presidente Lula sobre o mensalão foi o Marconi Perilo  governador de Goias, sem não ter provas nenhuma a apresentar, apenas sua palavra, a Imprensa publicou o fato como fosse verdade absoluta . Agora todos sabemos que é esse Marconi Perillo e a Imprensa vai pedir desculpas ao povo ?

 

 

Os tudólogos da Globo, tem a  inglória tarefa de reduzir qq coisa a mensalão; é pouco crível, que um especialista em alguma coisa, se prestasse a esse papel ridículo. Se o sujeito for um astrônomo, vai dizer que o anúncio do deslocamento do sol, foi veiculado, para atrapalhar o julgamento do mensalão; se for um obstetra, vai dizer que uma mulher, antecipou o parto, para atrapalhar o julgamento do mensalão; se for um padeiro, vai dizer que o governo aumentou o preço do pãozinho, para atrapalhar o julgamento do mensalão, e por aí vai...

Ao que parece, o tal de mensalão, não se extinguirá, com o julgamento; independente da decisão do STF, muitas questões ainda precisarão ser esclarecidas. Minha sensação é que o julgamento,repito, independente da decisão que os magistrados, venham a tomar, será, apenas o início de um imbróglio, infinitamente, maior e mais tenso, que o próprio processo do  mensalão, em si.

Passado o julgamento, vai se fazer obrigatório, entender o que foi isso; eu duvido que os envolvidos, e aqui, não me refiro aos réus, apenas, vão deixar passar em branco essa pressão absurda que algumas empresas fizeram sobre o tribunal, desde o início.

QQ cidadão, que tenha acompanhado esse processo, desde o início, terá o direito de saber e o dever de exigir explicações acerca desse episódio, que, pela segunda vez, é usado, pelas mesmas empresas, com o fim de desestabilizar a república e, nesse momento, com a clara intenção de obstruir as investigações acerca das atividades do crime organizado, no país. 

Qual o interesse de uma empresa de comunicação num processo, a ponto de interferir dessa maneira, exigindo, condenação, data, procedimento????

Um dos magistrados já veio a público e deu as explicações que a sociedade esperava, acerca do julgamento. Se o julgamento será ou não justo, não sabemos mas, oficialmente, a Instituição fez a sua parte, ou seja, declarou que o julgamento, será técnico e seguirá os ritos normais. Ora, pq as Organizações  Globo continuam fazendo essa pressão absurda? Qual foi o investimento da empresa nesse processo? O que eles tem a perder com a condenação ou absolvição dos réus? Não existe alegar que a credibilidade de um depende do destino de outrem, a menos, que o um, tenha investido alto (e, aqui é custo mesmo, político, financeiro, estratégico ) na culpabilidade, o que seria uma aberração. Eu quero crer que o processo que vai se desenrolar, após o julgamento do mensalão será muito mais danoso a sociedade do que essa brincadeira, sem graça, que, mais uma vez, as Organizações Globo, fizeram com a sociedade brasileira. De onde estamos, não poderemos voltar e a disputa de poder entre o Estado e as Organizações, dessa vez, ganhou contornos perigosos; esqueceram que além de governos populares, teriam que enfrentar a nova comunicação e, por isso e só por isso, conseguimos chegar ao poder do crime organizado, dentro das instituições. Mais uma vez, eu vou perguntar, de onde partem as ordens para que esses grupos trabalhem no sentido de desestabilizar a república? A quem interessa isso? Não é comum, essa máfias exporem suas cabeças coroadas, como estamos vendo acontecer aqui. Eles vem se apresentando, sem, sequer, serem provocados, inventam estorinhas ridículas, e se apresentam, voluntariamente, como atores das farsas que, a sociedade, via blogosfera, só comete o "crime", de desmontar e, de tão primárias e ridículas, parece mesmo que são montadas para que sejam desmontadas, rapidamente.

As Organizações Globo, exigem o imediato julgamento do mensalão e, nós tb; seja ele justo ou não, a essas alturas, qq solicitação nesse sentido, soaria mais ridícula que o processo, propriamente dito. Que se julgue o mensalão, logo, de qq jeito; no par ou ímpar ou no "zerinho ou um"; tanto faz; temos pressa, tb precisamos acabar com isso logo, para focarmos no que, de fato importa; o que levou a nossa mídia grande a entrar de cabeça num processo, que a princípio, seria um processo como outro qq? Qual foi o investimento e a que título, nossa mídia bancou, a desestabilização da República? Qual a razão para encobrir as atividades do crime organizado no país? Até onde e quais as instituições que se associaram a grande mídia nesse empreendimento e, por último,  que interesses a nossa grande mídia representa; quem está por trás das tais cinco famílias que somos obrigados a engolir como o grande pilar sagrado da democracia brasileira e em sendo pilar da democracia, como explicar as sucessivas tentativas de desestabilização da Nação?

Quem outorgou a meia dúzia de famílias brasileiras o direito de falar em nome de 200 milhões de habitantes e, se falam em nosso nome, como explicar a sistemática, divergência entre sua manifestação e os anseios sociais? Como podem, famílias abastadas, que, sequer, imaginam, como vivem os milhões de brasileros, ousar falar em seu nome, mormente, para atacar, seus representantes? Podem, no muito, falar, pelo grupo social a que pertencem. 

Não satisfeitos em falar em nome de quem não representam, ainda ousam exigir que as instituições ajam, de acordo com seus anseios e em oposição ao desejo da maioria do povo brasileiro. O país inteiro sabe que a grande mídia não fala por ninguém, além dela mesma e, então pq agem, como se não soubessem?

Gostaria que os especialistas da Globo, pudessem antecipar o que vai acontecer, por aqui, depois desse julgamento; espero que não imaginem que tudo vai se resolver, com base no Ficha-Limpa e, que, já passaram, pelo pior, ou seja, ficou para trás a última eleição em que os candidatos eram escolhidos pelos partidos. 

 

Outra tentativa de blindagem do PIG para si mesmo na CPI, e de quebra desacreditando a CPI : "analistas" dizem que é culpa do Lula, que é o Lula que tem ódio do Perillo e por isso o coitadinho está na mira da CPI. e por ai vai ... a velha tática de escrever nas entrelinhas : os demotucanos gem não tem culpa , o mal é o Lula, que os persegue.


Espero que o povo esteja vacinado contra este virus chamado PIG.

 

A materia demonstra claramente a qualidade da formação dos nossos cientistas (políticos) . Os ditos cientistas fazem uso da mais pura objetividade cientifica rsss

 

Quanta asneira junta! Como é possível que um jornal do tamanho de O Globo se permita passar pela  vergonha de publicar uma matéria tão ridícula.

 

"especialistas em comunicação e ciência política...."

Sempre eles!! Já tive aula com o Professor Fleischer. É um americano radicado a muito tempo no Brasil, mas pelo comentário não conhece nossa realidade!

 

"tucano, que, na época do mensalão, tornou público que havia alertado Lula."...

É mais ou menos como alguém, super bem informado (eheh) ...

"Alertar" o ministro da Justiça" de que "há corrupção na polícia"...

Ou "alertar" o presidente do Congresso (Senado ou Câmara) de que "há corrupção no Legislativo"...

Ou "alertar" o presidente do Supremo de que "há corrupção no Judiciário"...

Ah, se não fosse o Perillo! (e seu amigão Cachoeira filmando os R$ 3 paus nos Correios!...)

O Brasil estaria "livre" de corrupção ...

Dos concorrentes deles, né?

 

Caro Nassif, o desespero da organização globo tá anedótico. Queimaram dois palpiteiros apenas para disfarçar a angústia. Isso não é reportagem, é pedido de socorro.

 

Esses colonistas e especialistas amestrados (eles é que generalizaram...) são medíocres mesmo!

Com o apedeuta monoglota, continuam perdidos, dando tiros a esmo e fazendo muito barulho (isso eles sabem fazer bem), como chipanzés excitados... ou como os orgulhosos proprietários daqueles carros bombando som na praia, com porta-malas aberto...

Se o maior evento de marketing politico golpista da História brasileira, um circo ocupando rádios, tv's, jornais, revistas e Internet 24 horas por dia, 7 dias por semana, durante meses, o "escândalo" não conseguiu evitar a vitória eleitoral do monoglota (outro objetivo primário da farsa), por que o julgamento apressado do mensalão iria preocupá-lo tanto em eleições municipais, as que têm caráter mais local?

Isso considerando que o resultado do julgamento saia antes das eleições!...

E considerando que o resultado seja "petistamente desastroso!"...

Sem considerar o caro "mensalão" tucano, 2/3 dos acusados não são do PT e apenas 2 ou 3 foram do governo Lula e outros 3 da administração do partido (candidatos à penas leves?).

E se o resultado do julgamento for favorável ao PT? (o mais provável é um "mais ou menos."...).

Repito, tirando a Sampa de Serda (oops, Serra), cidade que tem a oportunidade de ter um Haddad como prefeito, o julgamento do mensalão não tem 10% da importância real que o PIG atribui. Só o barulho que podem fazer.

E se Sampa eleger Serda (oops, Serra), quem perde é ... Sampa, onda nada mudará pra melhor!

 

 

Vamos falar serio: alguem com aprovação de 84% vai ter medo do que?

 

alexandre toledo

Sabe o que mais irrita nisso tudo: não é o o desrespeito, o menosprezo e preconceito contra o Lula. Afinal, como que essa imprensa colonizada, elitista, arcaica e egocentrada iria admitir na presidência da República um pau-de-arara nordestino, que passou longe dos centros acadêmicos do sul-sudeste e ainda se mete a falar de distribuição de renda? Nunca, nunquinha!!! Então não há surpresa. O que irrita mesmo é saber que o Lula passou oito anos no poder e não teve a visão - ou a coragem, sei lá - de fazer a regulamentação dos meios de comunicação, como manda a Constituição, e quebrar a espinha dorsal dessa Hidra de Lerna. É isso que é a imprensa no Brasil: um monstro cujas várias cabeças são as 7 ou 8 famílias que dominam a comunicação no país. Pois agora o Lula tá aí, novamente provando do hálito venenoso dessa turma exatamente porque não fez o que Cristina Kirchner fez lá na Argentina.

 

Sabe o que mais irrita nisso tudo: não é o o desrespeito, o menosprezo e preconceito contra o Lula. Afinal, como que essa imprensa colonizada, elitista, arcaica e egocentrada iria admitir na presidência da República um pau-de-arara nordestino, que passou longe dos centros acadêmicos do sul-sudeste e ainda se mete a falar de distribuição de renda? Nunca, nunquinha!!! Então não há surpresa. O que irrita mesmo é saber que o Lula passou oito anos no poder e não teve a visão - ou a coragem, sei lá - de fazer a regulamentação dos meios de comunicação, como manda a Constituição, e quebrar a espinha dorsal dessa Hidra de Lerna. É isso que é a imprensa no Brasil: um monstro cujas várias cabeças são as 7 ou 8 famílias que dominam a comunicação no país. Pois agora o Lula tá aí, novamente provando do hálito venenoso dessa turma exatamente porque não fez o que Cristina Kirchner fez lá na Argentina.

 

Tenho certeza que se Lula não fez isso foi porque não foi possível. Ele não é bobo. E, para falar francamente, nem mesmo agora o PT está conseguindo levar a Veja à CPMI, porque a imprensa está sendo blindada pelo VICE-PRESIDENTE DO PAÍS, ou pelo menos é o que corre. Se o Vice-Presidente tirar o apoio do seu partido, adeus maioria. As coisas só vão poder ser feitas contornando a lei, o que será caso de IMPEACHMENT. O pedido será feito de imediato, por qualquer deslize mínimo. A oposição está doidinha para aproveitar uma oportunidade assim. Pelo menos, é assim que eu avalio as coisas.

 

Os analistas, comentaristas e especialistas desse pessoal da Globo são de fazer rir.

E o critério para se chegar a esses especialistas?

Deve ficar a cargo do grande "histotiar", "sociólogo", "filósofo", "cientista político", "comentarista esportivo", "astrólogo', "astrônomo" e especialista em espinhela caída  Marco Antonio Villa.

Essa gente adora ovir a si mesmo.

 

 

           Um dos "especialistas" é da Universidade Federal de São Carlos, a mesma do Marco Antonio Villa. Pelo jeito, o Villa andou faz escola por lá rsr. Aliás, até fique surpreso de não entrevistaram o Villa, também, já que foram até São Carlos.

 

O Globo falar mal do Lula é o mesmo que Andrés Sanches falar mal de Rogério Ceni, tão crível quanto.

 

A semeadura é livre, mas a colheita obrigatória.

 

Caro Nassif

 

Um Lula desamparado por um PT emasculado?  Como é possível a quem tem a caneta, a chave do cofre, a maioria parlamentar e outras cositas mas, apanhar como está apanhando de meia duzia de gatos pingados?

 

Pena que uma análise tão séria do perfil de Lula não tenha tocado num ponto crucial da personalidade dele: o homem é corintiano !

Falha lamentável por parte de tão ilustres e sábios doutores.

 

Josias de Souza e seus comentaristas também estão fulos da vida com Lula. hehehehe

 

Lula e Haddad no Ratinho: crime que compensa 

 Não é verdade que o crime não compensa. É que, quando compensa, muda de nome. Na seara eleitoral, por exemplo, chama-se esperteza. Na noite passada, Lula e Fernando Haddad pisotearam a lei no Programa do Ratinho (aqui e aqui). E daí? Nada. Reza a jurisprudência do TSE que a propaganda eleitoral antecipada é um dos crimes que compensam no Brasil.

No papel, a lei é clara: antes de 6 de julho, nada de campanha. A partir dessa data, a propaganda estará parcialmente liberada –na internet e em carros de som, por exemplo. No rádio e na tevê, só a partir de 21 de agosto. O que torna o crime eleitoral compensatório é a pena: multas de R$ 5 mil a R$ 25 mil. Coisa risível.

Uma das graças da sucessão presidencial de 2010 foram as multas do TSE. Nunca os candidatos se portaram mal tão bem. Dilma Rousseff e José Serra, os dois principais contendores, travaram uma gincana. Na pele de cabo eleitoral, Lula tornou-se um colecionador de multas, desequilibrando o jogo. E daí? Nada.

Uma passagem de março de 2010 dá uma ideia da piada. Lula discursava num pa©mício realizado na cidade de Osasco. Falava para uma multidão, atraída pela entrega das chaves de apartamentos populares. Exibia Dilma a tiracolo. A Alturas tantas, fez troça de uma multa que o TSE lhe impusera na semana anterior.

“Não adianta vocês gritarem nome porque eu já fui multado pela Justiça Eleitoral, R$ 5 mil, porque eles disseram que eu falei o nome de uma pessoa. Pra mim não tem nome aqui”, disse Lula. A platéia, que até então não pronunciara nome nenhum, pôs-se a gritar: “Dilma, Dilma, Dilma…” E Lula, entre risos: “Se eu for multado, vou trazer a conta pra vocês. Quem é que vai pagar a minha multa? Levanta a mão aí”.

Nessa época, presidia o TSE o ministro Ricardo Lewandowski. Instado a comentar o surto criminoso que tisnou 2010, ele tirou o corpo do tribunal fora: “Aplicamos rigorosamente as multas que estejam previstas na lei eleitoral. Não cabe nos pronunciarmos sobre a eficácia das multas, se poderia ser maior ou menor. Foi o Congresso que fixou os valores”.

Meia-verdade. As multas, que já eram ridículas, haviam sido abrandadas pelos congressistas numa minireforma eleitoral aprovada no ano anterior. Mas o TSE, na hora de julgar os “delitos”, exibiu uma jucunda preferência pela cifra mixuruca de R$ 5 mil, a pena mínima.

Pela lei, a reiteração do crime eleitoral sujeita o candidato à cassação do registro. Se eleito, pode não ser diplomado. A presença de Dilma no Palácio do Planalto é prova de que o crime, quando chamado de esperteza, compensa. O melhor a fazer é revogar a hipocrisia, liberando a propaganda. Na média, o eleitor brasileiro já está suficientemente maduro. Já não é todo composto de ingenuidade.

 

"A presença de Dilma no Palácio do Planalto é prova de que o crime, quando chamado de esperteza, compensa."

Alguém tem de chamar esse sujeito às falas.

 

Tanto é verdade que o Serra foi condenado pelo mesmo crime no dia 22 próximo passado...

 

Nessas horas a mídia adora chamar algum especialista pra comentar suas mentiras. Afinal, a frase "de acordo com especialistas" é uma ferramenta muito boa para fortalecer sua tese. É bem possível que nenhuma dessas pessoas tenham dito o que foi publicado.

A grandemídia brasileira já morreu, mas caminha por aí como um vampiro.

 

A questão é mais grave. Tenta-se impedir que as pessoas se posicionem politicamente, não só o Lula. Quem vai contra a ideologia da imprensa é atacado, desqualificado, demonizado.

Afinal, quando foi que a população deu carta branca para que a imprensa decidice por ela?

A única liberdade que parece inatingível no Brasil é a libertinagem de imprensa.

Por parte da imprensa, Lula será eternamente um traço negro da história brasileira. Ele já entendeu isso e não se preocupa mais. Aprendeu a usá-la a seu favor.

 

 


É triste ter que fazer um comentário tão grosseiro mas acho que é a realidade:


Os cães ladraram por 8 anos e a caravana passou cada vez mais fortalecida...


Tentam desacreditar Lula pq sabem que, enquanto eles estiver no jogo, Dilma é intocável...


Para estas opiniões de acadêmicos de aluguel, Mervais, Lobos, Noblat´s, Morenos e o atual Golden Boy Gerson Camarotti,  tenho que recorrer a uma frase do Nassif quando um historiador fez comentários sobre algumas ações do Lula:


- chega a ser cômico um historiador querer dar lições a quem mudou a história.


É cômico estes analisas políticos discorrerem sobre Lula sem citar um único diálogo comprovado do ex-presidente que sustente suas análises


Ilações, Ilações e mais ilações. Tento ao máximo não atribuir estas posições (acreditar em Demóstenes, Mendes e Perillo e sempre duvidar de Lula), valendo de uma outra frase que procuro seguir:


"Não atribua à má-fe, o que pode ser atribuído à imbecilidade"


 

 

Impressionante este recurso da globo de apresentar "especialistas" para tentar aumentar a credibilidade de seus comentaristas. O vago título "especialista" normamente sacado não se sabe de onde, nem creditato por nehuma autoridade do assunto, serve somente a quem se disponha de comungar com as práticas globais.

 

Os especialistas de plantão se esquecem que Lula sempre foi um grande negociador, sabendo sujeitar sua visão pessoal as necessidades do momento. Agora, se o sujeito que depois de 502 anos concertou o Brasil não pode ter vaidade disso? Lula é disparado o político mais importante que o país já gerou, seu crescimento de imigrante nordestino a presidente da República é um exemplo a todos os brasileiros. Taxado de bebado e analfabeto, de terrorista e de inimigo da democracia, Lula desenvolveu durante seus dois governos a mais competente política de avanços sociais o país jea teve. Ave, Lula!

 

Remindo Sauim

“Quousque tandem abutere, Globus, patientia nostra? Quamdiu etiam furor iste tuus nos eludet? Quem ad finem sese effrenata iactabit audacia?”

 

"Como culpar o vento pela desordem feita, se fui eu que esqueci as janelas abertas?"

Caramba, o Lula não pode dar uma entrevista que já vem a turma do amendoim rançoso destilar seus ódios de classe. Dizer que quer ser presidente vira propaganda antecipada, dizer que vai arrasar o adversário nas urnas, vira assassinato pessoal, ditadura, outros falsos que nunca votaram nele ou lhe deram nada, agora se preocupam com a sua “biografia”, e por aí devem passar mais absurdos. Ridículos!

Foi Serjão (ô xará!!!) quem disse que os tucanos ficariam 20 anos no poder, herr Bornhausen queria alijar o PT por 30 anos, e no entanto são eles que amargam 10 anos na oposição respirando por aparelhos fornecidos pela grande imprensa.

De qualquer forma o povo dirá, como sempre!

Um abraço.

 

"[...]Devia era, logo de manhã, passar um sonho pelo rosto. É isso que impede o tempo e atrasa a ruga.[...]" - Mia Couto

"herr Bornhausen" 

Não seria melhor Führer Bornhausen?

 

 

Fernando Antônio Azevedo já publicou em livro organizado por quem, da UFSCAR, façam as suas apostas. Acertaram, o Marco Antônio Vila. Seu único livro é de 1982.

 

O último artigo publicado por David Fleischer é de 2006, o último livro de 2002 e o último capítulo de 2008. Em qualquer universidade séria já teria sido dimitido.

 

CVs em:

 

http://buscatextual.cnpq.br/buscatextual/visualizacv.do?id=B412511#Producaocientifica

http://buscatextual.cnpq.br/buscatextual/visualizacv.do?metodo=apresentar&id=K4781571Z7#Producaocientifica

 

Interessante a preocupação da Turma de Cachoeira em fazer a  cabeça da classe média, em especial de estudantes universitários, onde Lula tem simpatia. Ontem mesmo mantive o seguinte diálogo com um professor:

Eu: O Cachoeira tá enrolado

Ele: O Cachoeira é muito inteligente, para fazer o que fez

Eu: De fato, os mafiosos costumam assassinar as pessoas, já o Cachoeira atuou mais no campo politico, tendo até ministros do STF ao seu lado e uma das maiores revistas do país, a Veja. De fato ele é muito inteligente.

Ele: É. Outro bandido é o Lula. Não existe pessoa mais bandida no mundo do que o Lula.

Eu: Como assim.

Ele: Você não viu? Ele procurou o Gilmar Mendes para mudar o julgamento do mensalão. O Lula inventou que Gilmar Mendes tem ligações com Cachoeira.

Eu: Aonde você viu isso? Na Veja?

Ele: Não. No Jornal Nacional.

Eu: Ah, entendi. No Jornal Nacional, que repete a Veja? Dá no mesmo. A Veja é do esquema do Cachoeira. O Gilmar Mendes, diante do que vem por ai, procurou se precaver e armou essa história. Já não é a primeira vez que a Veja faz isso. A Veja é do esquemão do Cachoeira.

Ele: Pode ser. O Lula é muito inteligente.

Neste momento uma pessoa que estava por perto. De fato, o Lula é inteligente, pois melhorou a condição de vida de milhões de brasileiros.

 

 

Calendário SPIN

É um "índio Urbano" que segue a cartilha do PIG. Ele é passivo de ser catequizado, com a verdade dos Blogs Sujos.

Estenda as mãos para ele, passando o endereço aqui do Blog. Não quero nem imaginar quando ele descobrir que foi enganado durante todos esses anos pelo PIG.

 

Professor universitário que lê a Veja e assiste o JN? E o que é pior, lhes dá crédito!

É ruim, heim?

 

Avatar, esse professor dá  aulas no Cursinho do Gilmar, não é ?

 

Esqueci de citar que,  neste triálogo, afirmei que os mafiosos usam assassinatos para ampliar seus territórios, o que não foi o caso de Cachoeira, que praticava assassinato de reputação, e prá isso contava com um braço midiático, a Veja


 

Nenhuma coisa , nem outra. O Lula, quer ser o ¨Para-choques¨, a esses desafetos. Chama para sí, a Política, para dar um pau (nas urnas) nos Tucanos. E, tenho aqui pra mim, vai ser um passeio.

 

Então está confirmado, a versão do Gilmar é verdadeira. Afinal,  a análise dos "especialistas" estão baseadas nesse pressuposto.


Aguardo ansiosamente a análise do comportamento de tresloucado ministro do supremo por parte de especialistas da nossa academia. Espero também a análise sobre as atitudes de FHC e sua preocupação com sua imagem na história, inclusive porque no partido dele também teve mensalão.

 

Vera Lucia Venturini

E pôe mensalão nisso, Vera. Teve a tal emenda da reeleição que foi uma compração desenfreada de deputados e da qual pouco se fala!

 

É melhor fazer alguma coisa para diminuir a ansiedade, porque vai demorar bastante.

 

Olha: os dois são conhecidos e respeitados na comunidade acadêmica. O mais provável foi que o repórter & o editor descontextualizaram as respostas para caber na pauta, essa sim preconceituosa. Essa jogada é velha, mas é difícil sair dela.

 

Fernando...  quem? David...? Daivid Fleischer... Hum, o David é esse aqui:

David Verge Fleischer é um cientista político estadunidense naturalizado brasileiro.

http://pt.wikipedia.org/wiki/David_Fleischer

 

O PIG chega  a ser cruel com Lula.

Afe.

 

O PIG é cruel com o povo... sempre foi...

 

"O Lula odeia o Perillo, porque foi o tucano, que, na época do mensalão, tornou público que havia alertado Lula. Até hoje, o ex-presidente sustenta que só soube do fato pelos jornais."


O "escândalo" do "mensalão" teve origem em gravações feitas por Cachoeira. Este, como deixou evidente a Operação Monte Carlo, tem ligações umbilicais com Perillo. E Perillo foi quem, para agravar a situação de Lula à época do "escândalo", saiu-se com a esparrela de que o havia "alertado".

 

Nassif, preste atenção:

 

“O Lula odeia o Perillo, porque foi o tucano, que, na época do mensalão, tornou público que havia alertado Lula. Até hoje, o ex-presidente sustenta que só soube do fato pelos jornais.” (David Fleischer, professor da Universidade de Brasília)

 

Se o Perillo falou a verdade significa dizer que o tucano goiano faz parte do esquema Cachoeira/Policarpo/Veja desde então. Independente do Lula considerar que tomou conhecimento do “caso mensalação” pela imprensa - aliás, municiada por essa mesma gang.

 

Perillo deve se considerar o dono do projeto “mensalão”, a grande “arma” da oposição demotucana. O governador está se esvaindo com tantas revelações. Aguardemos!

 

"o tucano 'tornou público' - ou seja, é uma verdade que veio à tona através dele.

"Até hoje, o ex-presidente sustenta" - ou seja, mantém uma versão que contradiz a verdade.

In dubio, contra Lula. A palavra de qualquer um vale mais que a do Lula. E bote 'qualquer um' nisso, tratando-se de Perillo.

 

"— Lula tem preocupação sobre como será tratado pela história. Como será lembrado o seu primeiro governo com o escândalo do mensalão. Não tenho dúvida que há muita vaidade e zelo pela própria imagem nesse processo todo —afirmou Fleischer":

Depois sorriu e acrescentou:  "Mas eh logico que eh verdade, foi o Saci Perere quem me contou".

 

ECHELON saiu da internet. ECHELON agora esta no seu proprio computador.