newsletter

PF vai ouvir empresas do Fantástico

Da Agência Brasil

PF começa a ouvir amanhã representantes de empresas flagrados em reportagem do Fantástico

Douglas Corrêa
Repórter da Agência Brasil

Rio de Janeiro – O titular da Delegacia de Repressão a Crimes Financeiros e Desvio de Recursos Públicos, da Polícia Federal, Victor Poubel, começa a ouvir, a partir de amanhã (21), 17 pessoas de quatro empresas que aparecem na reportagem do programa Fantástico, da TV Globo, negociando fraudes em contratos de prestação de serviço no Instituto de Pediatria da Universidade Federal do Rio de Janeiro (UFRJ).

A Polícia Federal instaurou quatro inquéritos envolvendo as empresas Locanty Soluções, Toesa Service, Bella Vista Refeições Industriais e Ruffolo Serviços Técnicos e Construções. Entre os citados estão: a gerente da Ruffolo, Renata Cavas; o diretor Rufolo Villar; o gerente da Locanty, Carlos Sarras; o presidente da Toesa, Davi Gomes; e o representante da Bella Vista Refeições Industriais, Jorge Figueiredo. Eles aparecem na reportagem negociando os contratos de prestação de serviço para a unidade de pediatria da UFRJ.

Hoje (20), ao rebater notícias divulgadas na imprensa, as quais chama de “informações truncadas”, o governo do estado divulgou nota negando que o governador Sérgio Cabral tenha recebido doação da empresa Locanty, durante a campanha eleitoral à reeleição em 2010. A nota diz que os dados oficiais podem ser confirmados, inclusive, na Justiça Eleitoral. A nota destaca ainda que “o governador não recebeu na então campanha à reeleição nenhuma doação da Locanty; a campanha majoritária tem um comitê próprio; a referida doação foi ao PMDB e para uso que cabe ao PMDB informar”.

Já o Instituto Nacional de Câncer José Alencar Gomes da Silva (Inca) esclareceu, por meio de nota, com relação às denúncias veiculadas na reportagem sobre irregularidades na contratação de fornecedores para órgãos federais que não tem "contrato vigente com as empresas Locanty Soluções, Bella Vista Refeições Industriais, Ruffolo Serviços Técnicos e Toesa Service”.

Edição: Aécio Amado

Sem votos
24 comentários

Comentários

Comentar

O conteúdo deste campo é privado e não será exibido ao público.
+24 comentários

A começar pelo título do post, que me parece um tanto faccioso , pois as empresas não são do Fantástico , são as empresa que estão dilapidando o nosso precioso imposto de cada dia que pagamos e esta sendo mal cuidado pelo nosso governo . Agora temos é que agradecer o trabalho da equipe de reportagen da Globo que permitiu que fosse descoberto mais esta falcatrua de administradores do governo ...

 

Ok, mas esse negócio de o pig pautar a PF não me agrada muito. Juntando isso a não fazer a ley de medios.....o Pig encarecido agradece!

 

Juliano Santos

"esse negócio de o pig pautar a PF não me agrada muito":

Nao eh esse o caso, Juliano.  A reportagem vazou ao preciso momento que a operacao ia comecar a engatar.  E vazou pra quem?  Logo pra rede golpe!  Ta coincidental DEMAIS pra ser acreditavel.  Digamos que seja o que todo mundo ta sugerindo mesmo:  CPInis envy.

 

ECHELON saiu da internet. ECHELON agora esta no seu proprio computador.

NOSSA!

Quem nao ta vendo a coincidencia eh eu!!!!!!!!

Juliano, a PF ta dentro do barco global!

 

ECHELON saiu da internet. ECHELON agora esta no seu proprio computador.

Ou seja, tá tudo dominado, globalmente falando. Não é atoa que o PSDB está a reboque do poder "global"

 

Juliano Santos

Se a investigação for isenta e pelo que vi na internet (não no PïG) se pegarem a Toesa, pegarão Serra. Vamos ver até onde o PïG repercutirá essas denúncias!

 

A imagem do álvaro dias, no JN de ontem, querendo  uma CPI para isso, me deu náuseas. 

Acho que a Globo só está querendo a abertura de mais uma CPI para diluir a CPI da Privataria e a do C. Cachoeira. Esse é o objetivo de toda a matéria. 

 

O Governo pautado pelo espetáculo. A reboque da Globo. Depois se engaveta tudo por falta de provas e acabou.

 

E agora, de qual banda virá a investigação? Se for a do Protógenes até que dá para ter alguma esperança. Segundo um desses órgãos "faz de contas", fraudar licitações é a praxe. Não foi para isso que criaram uma tal de controladoria? E querem também criar uma corregedoria? Quanto mais órgãos são criados mais aumentam os desvios e as fraudes. Inclusive as tais OSs. Cabidão que remunera seus proprietários via simulação de serviço e comprovante falso.

 

O que a Globo não disse na reportegem é que essas empresas já estavam sendo investigadas faz tempo.

A Globo não disse na reportagem, mas o G1 disse ontem que: 

"...A Controladoria-Geral da União informou ainda que, por causa de irregularidades, a Toesa foi impedida de participar de licitações para órgãos federais até 2013, mas conseguiu na Justiça uma liminar para continuar a entrar nas concorrências." -  http://g1.globo.com/jornal-nacional/noticia/2012/03/rj-suspende-contratos-de-empresas-denunciadas-em-reportagem.html

Vamos ver se, depois dessa reportagem, a Globo vai incentivar a punição para empresas corruptoras e sonegadore. Duvido. 

 

Mais um ponto -informativo- pra voce entao!  Eu nao sabia disso tampouco.  Se tivesse pensado mais profundamente a respeito do assunto eu teria "advinhado" que tinha cachorrada do judiciario no meio mas nao cheguei a tanto.  O Juliano tem um ponto muito, muito bom abaixo tambem, Stanley, da uma olhada.

 

ECHELON saiu da internet. ECHELON agora esta no seu proprio computador.

Isso não é denuncia! Não tem valor juridico! Não serve para absolutamente nada! Exceto cumprir algumobjetivo da REDE GLOBO, objetivo escuso, baixo, nojente que só o ALi Kamel e os Marinhos sabem!

Aquilo não era licitação! Era simulação de licitação! Qual o valor juridico? Não é prova! Não é documento!

Um advogado meia boca anula esse processo em 2 tempos. E um juiz com "J" acata a anulação do processo!

Só serviu pra duas coisas:

- A GLOBO atingiu algum objetivo sujo! Eu não tenho certeza! Promover o PSOL, Freixo aliança com Gabeira no Rio, Atingir Governo Federal e Estadual. 

- Sacudio o Legislativo que deve se mobilizar para endurecer a lei de licitação...

 

 

 

 

 

Pode ser isso, tb; esqueci das eleições. Mas eles fizeram questão de nomear as empresas; o foco tá dirigido.

 

A reportagem do Fantástico não convenceu a todos. O jornalismo da Globo está tão desmoralizado que parte da opinião pública tenta ler as entrelinhas de suas denúncias. A culpa é da empresa que colhe o que plantou como na fábula do "Pedro e o Lôbo".

 

Pois eu acho que após se constatar que essa corrupção "Fantástica", ocorre e se permeia pelos executivos de vários partidos da situação e da oposição, a investigação e posterior punição ficarão esquecidas em alguma "calenda" grega...

Um abraço.

 

"[...]Devia era, logo de manhã, passar um sonho pelo rosto. É isso que impede o tempo e atrasa a ruga.[...]" - Mia Couto

Esse eh o post da Teresa que eu estava comentando:

•••••••

Teresa Silva

http://amanditas.wordpress.com/2012/03/21/tudo-o-que-voce-queria-saber-sobre-corrupcao-e-vai-continuar-sem-saber/ Tudo o que você queria saber sobre corrupção e vai continuar sem saber

 

Em tese todo mundo é contra a corrupção nem que seja pra ser simpático, ganhar votos, parecer uma pessoa bacana…. E se todo mundo é contra a corrupção, todo mundo sabe o que é corrupção. Certo?

 

Errado. Para o Fantástico, ninguém sabe o que o corrupção.

 

Então vamos analisar o texto do site da Globo que trata do Fantástico de um domingo qualquer:

 

“Licitações com cartas marcadas, negociatas, combinações indecorosas de suborno, propinas, truques para escapar da fiscalização. Certamente, você já ouviu falar muito de corrupção. Mas hoje você vai conhecer a cara dela. E do jeito mais deslavado”.

 

Veja bem: você sempre ouviu falar de corrupção e agora, UAU, você vai conhecer A CARA da corrupção. Sim. A corrupção tem UMA CARA! Eu pensei que fossem várias caras, vários tipos de corrupção, mas agora sei que corrupção tem uma cara e que, puxa, eu preciso conhecer essa cara! Afinal… Pelas palavras do Fantástico:

 

“Entre quatro paredes, o que a gente paga em impostos e que deveria ser destinado à saúde, à educação e outros serviços vai parar no bolso de empresários inescrupulosos e funcionários públicos corruptos. Uma vergonha”.

 

Olhem a sutileza da redação: o seu trabalho é pagar imposto. Quer dizer, monitorar, cobrar, sugerir mecanismos de participação e transparência, pensar (!), reivindicar ou qualquer coisa parecida já é sofisticado demais pra você, cidadão de bem afinal tu é homer simpson ou é rebelde/comunista/petralha. Outra sutileza: os empresários  são inescrupulosos,  funcionários públicos são corruptos. É sutil. Pode parecer uma bobagem, mas… Vamos acompanhar o restante do texto, que bate na tecla da “novidade”.

“O Fantástico mostra agora o mundo da propina, da fraude, da corrupção. De um jeito como você nunca viu. E vale a pena você ver: É o seu dinheiro que eles estão roubando. “

 

É o voyerismo da informação: não basta você saber pelo portal do TCU, pelo Ministério Público, pela Polícia Federal ou o que seja.Você precisa de uma câmera escondida pra ver a cara da corrupção. Afinal, só a TV pode mostrar a corrupção, nenhum outro órgão ou entidade tem credibilidade pra ver esse problema e combatê-lo!

 

Daí você lê mais um pouco e descobre que na verdade não existe notícia! Explico:  o repórter em questão não “descobriu” possíveis corruptos, mas sim escolheu quatro empresas, sendo que três delas já eram investigadas pelo Ministério Público, por diferentes irregularidades. Em bom português: que denúncia é essa que o Fantástico está fazendo, que até o Ministério Público já está apurando? Como andam essas apurações? O que o Ministério Público tem de concreto e já pode divulgar pra imprensa sem prejudicar sua própria investigação?

 

É claro que o Fantástico não explicou nada disso, afinal… A pauta não era “as empresas investigadas pelo Ministério Público”, a pauta era “vamos brincar de mostrar a corrupção?”. Quer dizer você tem uma puta pauta matéria super relevante pra fazer, investigar os meandros das investigações que cercam os crimes relacionados à corrupção e tal, mas isso tudo é deixado de lado pra satisfazer a platéia.

 

Daí que o Fantástico conseguiu filmar a(s) cara (s) da corrupção! UAU! E o circo estava pronto, com as caras dos “empresários safados” e  a declaração de uma fonte da CGU:

“Existe uma noção pré-concebida contra o funcionário público, que ele é o mau, ele é o corrompível. Enquanto que o empresário, o setor privado, é puro, é eficiente, é eficaz. Associada à noção de que a empresa tem que entrar nesse jogo, porque senão ela não leva vantagem porque as outras vão fazer. Isso distorce o mercado, distorce a competição e no longo prazo prejudica todo mundo”

Sério, Fantástico? Cêjura? Engraçado, quer dizer que precisa de um cara da CGU pra chegar a essa brilhante conclusão?

 

Mas o Fantástico é o show da vida, a matéria não podia terminar com esse incrível chavão, tinha que ter uma gracinha:

 

“Eles [os corruptos] não sabiam que estavam sendo filmados. Mas sabiam bem o que estavam fazendo.”

 

Moral da história: se não é a Globo pra mostrar pra gente o que é corrupção a gente nunca saberia o que é isso, não é verdade?!?

 

Quer dizer, a reportagem acabou e você se sente bem informado pois tudo o que você já sabia sobre corrupção se confirmou: a reportagem apenas reiterou uma série de clichês mais ou menos disseminados na população sem apresentar nada de novo do que você já está careca de saber.

 

Questões que a Globo não aborda – e que poderiam ser exploradas:

- Como os órgãos/instituições/instâncias lidam com denúncias de corrupção? Há eficiência desses órgãos? Como ela é mensurada?
- Que riscos correm as pessoas que denunciam determinados tipos de corrupção?
- Quantas pessoas já foram presas por crimes relacionados à corrupção?
- Como eu faço pra saber quanto de recurso um hospital público recebeu e quanto ele está gastando? Quais dados são abertos, quais são fechados?
- Qual o papel do Ministério Público? Ele está investigando as empresas que foram apontadas na matéria como corruptas, mas como está investigando? Quem denunciou?

- Qual o papel da Polícia Federal? Qual é a dificuldade em se obter dados de crime de colarinho branco no Brasil?
- Qual o papel dos movimentos sociais organizados que lutam para combater os diversos tipos de corrupção ou pra criar mecanismos dêem mais transparência ao uso dos recursos públicos?

Enfim, o Fantástico acha que está informando. E eu não duvido que muita gente termine de assistir à matéria e se sinta plenamente informado com aquilo.

Mas eu acho que Fantástico está, na verdade, deseducando: porque a pessoa tem a sensação de que está informada quando na verdade não está. E isso é mais perigoso do que se supõe! Reiterar lugares-comuns não faz pensar, não mobiliza, não envolve a sociedade, não promove mudanças.

É possível que o Fantástico tenha conseguido a proeza de conscientizar alguém que sempre achou que empresário é santo e funcionário público é que é sempre corrupto… É possível.

Mas será que essa foi a única coisa que se salvou na reportagem inteira, de vários minutos? A única coisa que precisava ser dita sobre corrupção era isso “empresários também corrompem”?

Ok. Desculpem meu desabafo, talvez eu seja mesmo uma criatura muito estressada.

 

ECHELON saiu da internet. ECHELON agora esta no seu proprio computador.

Nao disse?  Teresa, nao disse?

Matou a charada agora?

•••••••

"repórter em questão não “descobriu” possíveis corruptos, mas sim escolheu quatro empresas, sendo que três delas já eram investigadas pelo Ministério Público, por diferentes irregularidades. Em bom português: que denúncia é essa que o Fantástico está fazendo, que até o Ministério Público já está apurando?"

A investigacao "policial" ja estava bem adiantada, vazou para a rede golpe -muito provavelmente atravez de politico- e a rede golpe pulou na frente da camera pra fazer papel de heroi --embora esteja efetivamente avisando todos os investigados pra tomar mais cuidado, claro.

 

ECHELON saiu da internet. ECHELON agora esta no seu proprio computador.

Algum conselheiro do TCU, que é aparelhado pela oposição (os conselheiros são indicados por políticos. Ubiratan Aguiar, ex-presidente do TCU era do PSDB-CE), deve ter entregado para a Globo.

 

Não precisa de vazamento algum, tá tudo na internet. Ex: - Locanty: Superfaturamento de 180% em contrato emergencial com a UFRJ http://www.ufrj.br/docs/cgu/RA243914-completo.pdf - Toesa: superfaturamento em contrato com a Secretaria Estadual de Saúde do RJ: http://www.portaldelicitacoes.com.br/noticias/1495-secretaria-de-saude-suspende-por-dois-anos-empresa-acusada-de-fraudar-licitacao.html

 

Estão nos fazerndo de babacas. Nos ocupando a discutir o sexo dos anjos. Não há nada de relevante de fato na denúncia do Fantásitco nem ninguém vai a lugar algum atrás de alguma coisa relevante. É só diversionismo. Neste momento, o que tem de gente antisserrista e antipiguista esperançosa tipo "agora a casa cai"... nada! Diversionismo. Enquanto isso vamos esquecendo da CPI do Cachoeira e da Privataria.

 

No meu entendimento tb náo há crime nenhum aí. O repórter não poderia contratar, alás, nem poderia estar onde está, ou melhor, quem deveria estar onde ele está; estava aonde e fazendo o quê? Ficou esse tempo todo de folga para a Globo fazer matéria? Eu não pago a Globo para fazer investigações e não reconheço seus métodos. Por outro lado, não imagno que a PF deva ser "acionada"por matérias televisivas e menos ainda de emissoras conhecidas por usar seu poder e alcance para queimar reputações. O planeta inteiro sabe como funcionam as licitações em todas as áreas; não investigaram até agora pq não quiseram. acreditar que a globo está fazendo uma denúncia em favor da sociedade, é piada. Algum ela vai levar ou deixar de perder. 

 

É necessario saber se existem contratos assinados para configurar-se se hove uma infração parte dos mmbros da UFRJ. Se não, parece-me uma filmagem destinada a queimar participante concorrentes, que foi aproveitada pelo Fantástico da "GLOBOCANALHA" para criar problema com o governo federal e estadual.


Agora, que existem desonestos em todos os departamentos de compras dos serviços públicos (federal, estaduais e municipais), isto não é novidade. O que eu quero ver mesmo é gravarem as grande empreiteiras fazendo acordo, para grandes obras (tipo ROUBOANEL), isto sim é que desvio grande de dinheiro e envolvendo os governantes principais.

 

julião

Vc atentou para um detalhe muito importante! Sequer houve TENTATIVA do crime.

Como as licitações eram simulações, não houve sequer tentativa...

Sou leigo, mas acho que o código penal não pune a tentativa de corrupção!

A GLOBO brincou de fazer denuncia... Isso tudo pode não dar em nada!!!

O que me espanta é ver os próprio atingidos pela reportagem aplaudindo o circo!

Mercadante disse (acho que disse!?!?) a GLOBO fez um excelente trabalho... fez mesmo! infelizmente!

 

Exatamente como deve ser feito. A PF tem de fazer um trabalho muito bem feito, sem uma vírgula fora do lugar porque, já sabemos, as Cortes superiores procurarão essas vírgulas para anular toda a ação penal, como costuma acontecer em processos envolvendo gente com $.

 

Erick