newsletter

São Paulo: Datafolha mostra Russomano na frente de Serra

Da Folha

Datafolha aponta Russomanno com 31% e José Serra com 27%

Pela 1ª vez, candidato do PRB aparece numericamente à frente; mas situação é de empate técnico

Fernando Haddad (PT) está em terceiro na disputa pela Prefeitura de SP, com 8%; rejeição de Serra atinge 38%

DE SÃO PAULO
Pela primeira vez, Celso Russomanno (PRB) aparece numericamente à frente do tucano José Serra na disputa pela Prefeitura de São Paulo.

Pesquisa Datafolha realizada ontem mostra Russomanno com 31% das intenções de voto, 4 pontos a mais que Serra. Como a margem de erro da pesquisa é de 3 pontos para cima ou para baixo, eles continuam tecnicamente empatados.

Em relação ao levantamento anterior, de 19 e 20 de julho, Russomanno cresceu 5 pontos. No mesmo período, Serra caiu 3.

Esta é a última pesquisa de intenção de voto para prefeito de São Paulo antes do início do horário eleitoral gratuito no rádio e na TV, que começa hoje.

Na disputa pela terceira colocação há quatro candidatos tecnicamente empatados. O petista Fernando Haddad tem 8% das intenções de voto; Gabriel Chalita (PMDB) tem 6%; Soninha Francine (PPS), 5%; e Paulinho da Força (PDT), 4%.

As intenções de voto em Russomanno crescem constantemente desde o fim do ano passado.

Na pesquisa realizada entre os dias 7 e 9 de dezembro, ele tinha 16%, dois pontos abaixo de Serra. Marcou 17% em janeiro, subiu para 19% em março, passou para 21% no meio de junho, 24% no fim daquele mês e 26% em julho.

ESPONTÂNEA

Celso Russomanno também aparece na liderança da pesquisa espontânea, aquela que indica a consolidação das intenções de votos nos candidatos.

Quando o eleitor é convidado a responder em quem pretende votar sem a apresentação de um cartão com os nomes dos candidatos, Russomanno atinge 15%. Nessa simulação, Serra alcança 13%.

Serra e Russomanno também lideram em taxa de conhecimento. O primeiro é conhecido por 98% dos eleitores. O segundo, por 94%.

O Datafolha também investigou a rejeição dos candidatos. Só 12% dizem que não votariam em Russomanno de jeito nenhum.

Já a rejeição a Serra continua ascendente. Em junho, ele liderava por esse critério com 32%. Em julho, seu índice de rejeição subiu para 37%. Na pesquisa de ontem, oscilou mais um ponto para cima e chegou a 38%.

Sem votos
81 comentário(s)

Comentários

Comentar

O conteúdo deste campo é privado e não será exibido ao público.
+81 comentários

O que acontece com os paulistas? Sair de Serra/Alckmin e cair em Russomano já é masoquismo mesmo, além de estupidez. 

 

Olha eu acho q tem mais uma coisa, o Alckmin, na minha opinião, não está se empenhando não, ainda acho q no seu íntimo quer se vingar do Serra. Ele parace aquela dança do M. Jachson, parece que anda para frente, mas vai para atrás em relação ao Serra.


 

a candidatura serra pode entrar em contagem regressiva se continuar empacado,podera ficar abandonado pelo caminho,a maldição paulo preto sera o fim do serra,se o pig perceber o fracasso,certamente buscara alguem p/ se impor a lula

 

Como esta cidade gosta de malufista. Pitta, Kassab e Russomano vieram da casa do Dr. Maluf. Aposto que nos bastidores eles devem beijar a foto do dito guardado na carteira.

 

O PT, historicamente, tem cerca de 30% dos votos em Sampa. Logo, é lógico que Haddad vai subir e muito logo que Lula e Dilma entrarem no horário eleitoral. Marta precisa deixar de ser burra, entregar a capital a um adversário, qualquer um, será um coisa que o PT não vai esquecer nem perdoar. Ou ela se engaja (Lula está tentando isso) ou terá que procurar outro partido. 

No mais, essa lenga-lenga negativa sobre a atuação de Haddad, sabemos nós, é só coisa da imprensa. Nenhum brasileiro honesto pode ser contra o ENEM, Prouni, e os diversos programas que estão trazendo os pobres para dentro das universidades.

Continuo achando, já falei isso antes, que Serra não vai para o segundo turno. Será o fim melancólico, mas justo para esse político que trabalhou contra o Brasil.

 

Russomano tá me parecendo um Francisco Rossi da nova geração.

Não me lembro o ano, e talvez fosse até pra governador, que ele estava liderando todas as pesquisas e no final ficou em 4º, atrás de Marta, Maluf e finado Covas (esses 2 últimos, passando para o 2º turno e dando finado Covas no final).

Eu não faço ideia de onde são feitas essas pesquisas, mas com certeza não são em locais mais periféricos e humildes, e sim na burga. Tendencioso pouco é bobagem, nessas horas... O lance é na urna, e tá na hora de sair de picaretagem!

 

sorte dos paulistas, datafolha pelo historico, tem pouca credibilidade,,,,,

imaginar um 2º entre candidado do alckmim e serra, dose p elefante

 

O PT, historicamente, tem cerca de 30% dos votos em Sampa. Logo, é lógico que Haddad vai subir e muito logo que Lula e Dilma entrarem no horário eleitoral. Marta precisa deixar de ser burra, entregar a capital a um adversário, qualquer um, será um coisa que o PT não vai esquecer nem perdoar. Ou ela se engaja (Lula está tentando isso) ou terá que procurar outro partido. 

No mais, essa lenga-lenga negativa sobre a atuação de Haddad, sabemos nós, é só coisa da imprensa. Nenhum brasileiro honesto pode ser contra o ENEM, Prouni, e os diversos programas que estão trazendo os pobres para dentro das universidades.

Continuo achando, já falei isso antes, que Serra não vai para o segundo turno. Será o fim melancólico, mas justo para esse político que trabalhou contra o Brasil.

 

Meu amigo, Marta é o Serra de saias!  Ambos falsos, cínicos, metidos, etc.etc. e nenhum dos dois bom administrador.

 

"Pesquisa Datafolha realizada ontem mostra Russomanno com 31% das intenções de voto, 4 pontos a mais que Serra. Como a margem de erro da pesquisa é de 3 pontos para cima ou para baixo, eles continuam tecnicamente empatados.

Em relação ao levantamento anterior, de 19 e 20 de julho, Russomanno cresceu 5 pontos. No mesmo período, Serra caiu 3."

É impressionante a capacidade da Folha brigar com os números e desdizer seus próprios dados. A pesquisa anterior já era de "empate técnico" com ligeira vantagem para Serra, entretanto Russomano não para de crescer e Serra não para de cair... É evidente que Russomano já assumiu a dianteira!

 

  Normal... se o Russomano estiver 14% na frente do Serra, o Datafalha vai dizer que a margem de erro é de 7%, portanto há empate técnico.

 

Analisando essa disparada de rejeição do Serra, me vem a cabeça algumas opções:

Será que é por ele já ter abandonado a prefeitura para tentar a presidência? não porque isso já foi dito em outras eleições e ele nunca teve tanta rejeição.

Será um sinal inequívoco do desgaste de material do PSDB de São Paulo? é possível, mas essa hipótese só pode ser confirmada em 2014.

A hipótese mais provável, na minha opinião, é que mesmo com toda a blindagem da mídia (e a gente sabe que se esforçaram muito) sobre o livro A Privataria Tucana, ele vendeu muito e as informações contidas nele foram disseminadas à moda antiga: no boca a boca. O inimaginável aconteceu e mesmo sem apoio da imprensa, o livro fez sucesso e parece ter feito um estrago irreversível nas aspirações eleitorais do Serra.

 

Visitem o Blog Ponto & Contraponto. Twitter: @len_brasil Robozinho do blog: @pontoXponto

Lembrando, também, do seu maior cabo eleitoral que o KASSAB! 

 

Lembrando o saudoso Garrincha,o mago das pernas tortas: "Faltou combinar com os russos", no caso o Russomano.

 

"Como culpar o vento pela desordem feita, se fui eu que esqueci as janelas abertas?"

Caso haja credo em relação a esses números, é como se comessem a mesma comida em restaurantes por quilo diferentes. Comparações esdrúxulas à parte, parece que alguém ocupa o vácuo deixado pelo passageiro de metrô Serra.

É a modernidade conservadora paulistana em ação.

 

Acredito que o pior cenário para Serra seja um segundo turno com Russomano, onde ele não poderá reeditar a já velha rivalidade PT X PSDB em São Paulo. Se ficar contra Russomano perde. Esperemos que sua não tão profícua carreira política seja enterrada de vez nesta eleição. Não é fácil matar vampiro!

Haddad deverá melhorar até a eleição, mas a ida ao segundo turno não está garantida, vai ser preciso mais uma vez a militância provar que consegue 30% dos votos para quem quer que seja o candidato. Em relação a candidatura do PT, creio que lança um bom nome novo, enquanto pessoalmente Haddad sai ganhando, pois é jovem, tem uma longa carreira política pela frente, e inicia uma escalada junto ao eleitorado menos politizado. Começar tentando ser prefeito da maior cidade do país, não é fácil para ninguém, e repito, ele apenas começa uma carreira política.

Russomano terá que mostrar que tem fôlego para se manter, pois tem menos tempo na TV, e menos apoio no meio partidário. O "lado bom" eleitoralmente falando (para mim óbviamente é péssimo) é que é tão direitista e conservador quanto Serra, sendo "novo" enquanto opção prefeiturável, porque nunca teve cargo no executivo... Ou seja, é o máximo de "renovação" que o paulistano médio gosta, mudar para que tudo continue como está (Kassab é a maior prova disso). Paulistano pseudo intelectual (e paulistas em geral), adora quando alguém diz que vai "educar" a sexualidade das suas crianças, como disse o Russomano... É tão chique... 

Um abraço.

 

"[...]Devia era, logo de manhã, passar um sonho pelo rosto. É isso que impede o tempo e atrasa a ruga.[...]" - Mia Couto

"vai ser preciso mais uma vez a militância provar que consegue 30% dos votos para quem quer que seja o candidato."

Pois é Sérgio, esse é o problema. A quantas anda a militância do PT, após o aperto de mão com Maluf, a truculência no trato com os servidores federais, o engavetamento da CPI da Privataria...? Eu mesmo sempre votei no PT e carreguei comigo mais 4 votos (pai, mãe, irmã e namorada/esposa). Esse ano não votarei, pela primeira vez, e conclamei todos em minha família a fazer o mesmo. Será que o desempenho pífio de Haddad não é um reflexo dessa mesma situação em outros lares outrora petistas, mas hoje desiludidos com a realpolitik e o endireitamento do partido?

 

Pois é Charlie, vou mais ou menos por aí. Após os anos 80, nunca mais me considerei um "petista" nos moldes militantes. Hoje voto no PT por achá-lo (ainda) o menos ruim, mas tô louco para achar "coisa melhor". O meu problema,  é que considero o resto que está aí, à esquerda e à direita, pior ainda.

Um abraço.

 

"[...]Devia era, logo de manhã, passar um sonho pelo rosto. É isso que impede o tempo e atrasa a ruga.[...]" - Mia Couto

Clap, clap, clap. Assino em baixo, em cima, do lado, expressou o que sinto melhor do que eu o faria. Seria tao bom se houvesse oposiçao de esquerda ao governo... Mas sem lacerdismo, sem alianças com a direita, sem oportunismo, e capaz de se aliar ao governo quando o governo está certo. Mesmo que nao chegasse ao poder, e talvez fosse até melhor que nao chegasse ao Executivo, assim haveria menos risco de repetir tudo de novo; mas ao menos haveria uma voz a nos representar, e a gente poderia sair dessa chantagem de ou apoiar esse governo cada vez mais neoliberal ou, pesadelo dos pesadelos, arriscar a volta do PSDB. 

 

Como estes anti-petistas gostam de vir com esse bla´blabla de que em algum dia de suas vidas votaram no PT, cara conta outra que essa nao colou

 

Blá blá blá o escambau garoto! Você não me conhece e não tem a menor idéia da minha trajetória (principalmente sindical), a qual muitos dos que frequentam o pedaço conhecem bem.  

Arrogância sua aparecer do nada por aqui, e já achar que sabe muito! Cresça e apareça, e de quebra vá criticar a sua vovózinha, seu sem noção...

 

"[...]Devia era, logo de manhã, passar um sonho pelo rosto. É isso que impede o tempo e atrasa a ruga.[...]" - Mia Couto

O blog está cheio de nao cadastrados fazendo esse tipo de discurso. Acho que estao sendo pagos para isso. Só espero que seja dinheiro de campanha (já é ruim o PT, que sempre contou com militância voluntária, precisar disso...) e nao dinheiro público; porque nao é só nos tópicos sobre eleiçoes que está ocorrendo, tb nos sobre as greves de funcionários.  

 

Sérgio, meu comentario foi para o Charlie. Grande abraço.

 

Ricardo D, ao olhar com mais atenção o encadeamento das caixas de diálogo, percebi que você se referia ao Charlie e não a mim, porém ainda considero que você foi injusto, pois as constantes intervenções do Charlie por aqui, até onde percebo, nunca vão num sentido "troll da direita se fingindo de esquerda", nem também parecem da esquerda falsificada, que por aqui é a de comparecimento mais sistêmico, sempre defendendo teses da direita se dizendo "esquerda" (como o Jotavê por exemplo)...

Frequente mais o blog para saber quem é quem.

Um abraço.

 

"[...]Devia era, logo de manhã, passar um sonho pelo rosto. É isso que impede o tempo e atrasa a ruga.[...]" - Mia Couto

Pronto, chegou a patrulha do "falou mal do PT é demotucano"

É gente como você que afasta o eleitor não militante do partido, com essa postura autoritária de rotular e desqualificar quem ousa fazer críticas ao sacrossanto Partido dos Trabalhadores.

Cinco votos a menos.

 

Charlie, o "problema" é exatamente o trazido pelo Alexandre. O voto nulo ou branco ajuda a direita, e isto posto, se vota, vota em quem? Tem que ser o PT cara, por enquanto não tem jeito... 

Mas eu me lembro que no fim dos anos 70, muitos achavam que o MDB não mais satisfazia enquanto instância de oposição, aí uns sindicalistas corajosos, que enfrentavam o "status quo", começaram a conversar com a esquerda marxista que sempre teve pouco voto, mas sempre foi organizada, no meio desse caldo, se juntaram os socialistas, o pessoal das Comunidades Eclesiais de Base, e até alguns social democratas, e o resultado foi bonito... Num certo sentido, ainda está sendo bonito... Mas a vitória e o poder amolecem o caráter e o espírito...

Eu gostaria de ver uma história parecida com essa acontecer de novo antes de eu morrer.

Um abraço.

 

"[...]Devia era, logo de manhã, passar um sonho pelo rosto. É isso que impede o tempo e atrasa a ruga.[...]" - Mia Couto

É, eu tinha esperanças no PSB, mas esse namoro do Eduardo Campos com o Kassab foi f... Vamos ver..!

Abç!

 

E se não votarmos no PT como fazemos? Entregamos a Prefeitura para o SERRA ou para um candidato sem muita expressão, de um partido sem estrutura nenhuma e de pensamento conservador, sem saber ao certo o que ele fará pela cidade?

O voto não é apenas ideológico. É preciso pensar a cidade e um Prefeito que possa administrá-la a contento. Quero que ganhe o mais capaz de produzir as mudanças que São Paulo precisa. Só que das opções possíveis de vitória, o candidato do PT e, talvez, o do PMDB sejam os melhores. 

Nós vamos entregar a Prefeitura para a direita não votando no Haddad! É muito pior do que crer na ideia do PT estar guinando para a direita, então não voto mais nele, porque não existe uma outra corrente à esquerda do PT capaz de eleger um candidato na nossa cidade e no nosso Estado.

Eu quero um bom Prefeito para São Paulo, acima de tudo!

Quando existir uma esquerda mais a nosso contento, capaz de disputar com o PT e ganhar, então sim!, vamos para junto dela, esta é a minha opinião! 

 

Desculpe, mas esse argumento não me convence mais. Não vou votar em um partido que se diz de esquerda, mas que despreza suas bases, faz acordos com a direita e a cada dia dela mais se aproxima, apenas para manter a "verdadeira" direita fora do poder. 

 

Charlie!

Como disse o Sérgio,

quando houver outra opção poderemos mudar, atualmente, é jogar a favor do mesmo na cidade de São Paulo, penso eu!

Respeitando o seu ponto de vista, é claro!

São Paulo não pode ficar como está!

Abraço,

Alexandre!

 

Diante desse quadro, onde o Celso Russomano lidera as pesquisas e o Serra tem uma rejeição que beira os 40%, como se portará a maior parte da mídia paulistana que todos sabemos é aliada do candidato tucano?

Folha, Estadão, Rede Globo, Band, Veja e cia. vão entrar no jogo de Serra e atacar o Russomano?

Atacar o Russomano, como já está acontecendo, nos casos do Cachoeira e da Dolly, por exemplo, e que faz com que nas redes sociais seja discutida a honestidade ou não do Candidato do PRB seria melhor para esses grupos midiáticos?

Entrar no jogo do Serra para tentar manter seus votos? Que ideologicamente, no grupo social dos seus votos, estão mais próximos dos de Russomano. 

Correr o risco do Fernando Haddad crescer a ponto de ir para o 2 turno? 

Tenho uma convicção: o SERRA irá perder esta eleição. No desespero de passar para o segundo turno vai fazer coisas mirabolantes. E a velha mídia poderá perder junto! 

O horário político, que começa hoje, será um divisor de águas! E é preciso saber se a população está no pique de votar em candidato desesperado, ainda mais se vier com o discurso de Criador dos Genéricos, melhor Ministro da Saúde, filho de imigrante italiano e que trabalhou no Mercado Municipal, etc. que já é um disco riscado! 

Sinto que o Serra vai aprontar das boas, como sempre! Só que agora ele tem como inimigo principal um político que se alia ideologicamente com seu eleitorado tradicional e um só deslize,  seu eleitorado pula o muro de vez.

Já a velha mídia, coitada, toda amarrada com o Serra, como sabemos, pelas trocas de favores intensificadas no período onde o candidato era Governador do Estado, com os contratos de compra de seus jornais, revistas e publicações educacionais pelo Governo não poderá deixar o Serra pelo caminho, certo? Porque ela conhece bem a índole dele. Tentem para ver o que ele é capaz!

Então, poderemos ter um primeiro turno das eleições paulistanas diferente. Um candidato Serra mais preocupado em atacar para todos os lados ou virar um pedinte desesperado de votos, tentando se manter no segundo turno, quase um messiânico, e os outros candidatos fazendo campanha, trazendo propostas para a adminstração correta da cidade de São Paulo, querendo chegar ao segundo turno.

E o melhor que antevejo, com essa rejeição crescente do Serra, é se formar um segundo turno com Haddad e Russomano. Então, a força de LULA e DILMA poderão dar ao PT novamente a administração da Prefeitura paulstana. 

 

Lula ganhou uma vez com 40% de rejeição, na reeleição tinha 35%. Maluf e Marta também ganharam com indices de rejeição semelhantes.

Extrapolando um pouco, Obama tem quase 45% de rejeição e é favorito.

Já disse antes. Rejeição é um problema para o primeiro turno. E nesse momento a rejeição do Serra é canalizada para o Russomano. Tendo 30% dos votos o Serra está garantido num segundo turno contra quem for.

Existe um mito de que rejeição é um grande empecilho para se ganhar eleições.

 

Não havia uma papo que o Serra iria desistir se os números não fossem bons? Oxalá!!!

Mas podemos tomar esta pesquisa como "base" - o que vale a partir de agora é a TV. E nela, o Russomano tem clara desvantagem em relação a Serra e Haddad.

 

  Os tais "nervos de aço" e "cálculos políticos" do Serra são equivalentes aos de um pirralho mimado. O único modo de entender seus passos erráticos é considerar que ele consegue ser ao mesmo tempo inseguro, megalomaníaco e egocêntrico. Não vou percorrer o histórico político toooodo dele (e nem vou mencionar seu espírito altamente democrático), até por se repetir demais, mas vamos lá:


  Em 2009, queria ser candidato, depois queria que esperassem pelo "sim" dele. Deu medo de não ganhar, foi empurrando com a barriga e o Aécio não se deixou emparedar. Daí ele seria o candidato. Em 2010 ficou naquela palhaçada de "sai, não sai". Quando até o asfalto da minha rua o empurrou adiante, o mesmo ocorreu na escolha do vice.


  Perdida a eleição, queria ser presidente do PSDB porque queria e pronto. Achava a presidência do Instituto Teotônio Vilela um insultante prêmio de consolação. Quando viu que não conseguiria a presidência do partido, resolver mudar de ideia, só que já havia nome para o ITV. Embirrou e criaram pra ele o tal conselho político do partido, que ele usou uma vez para, em nome de todos, enviar um recado pessoal e malcriado.


  2011. Não queria ser candidato a prefeito. Era insultante, porque ele é "o-mais-preparado-para-a-presidência". Lá vai o PSDB fazer prévias. Quando viu que não conseguiria se manter na ribalta até 2014 apenas pela sua higiene bucal, resolveu que queria ser prefeito. Daí toca melarem - na prática - as prévias, com o consequente desgaste, mais um desgaste em sua carreira, mas ele nunca ligou para isso. Depois inventou essa história de que, "se os números não forem bons", ele poderia desistir. E obviamente, já soltou balões de ensaio a respeito de 2014, ano em que ele vai novamente, pela 195ª vez, sabotar o próprio partido que, por algum motivo, o suporta. 

 

Parabéns São Paulo, vai eleger mais um aventureiro pro cargo mais importante do estado. Acho que nenhuma das outras capitais brasileiras tem esse histórico de escolhas de aventureiros pra prefeito: pitta, kassab e agora russomano. Mas ser europa é ser varguarda, é apostar no novo, não é mesmo?

 

Vai eleger ?

Meu caro, as eleições vão ser dia 7 de outubro de 2012. Ou seja, faltam ainda 47 dias.

Vamos com calminha, não é mesmo.

 

@DanielQuireza

Nota de falecimento

Cumpro o doloroso... (retificando) reconfortante dever de informar o falecimento político do cidadão José Serra, neste mês de... agosto de 2012.

Não nos foi possível identificar a verdadeira causa do óbito, pois cada um dos seus correligionários nos informou um defeito pessoal diferente que teria sido responsável por esse trágico... (retificando) abençoado passamento na política nacional.

Serra deixa órfãos as viúvas de FHC, os elitistas e reacionários de São Paulo, quatro importantes famílias da Grande Mídia, vários colunistas amestrados, um exército mercenário de trolls e um blogueiro histérico, este inconsolável.

Caro Professor Hariovaldo Almeida Prado, aceite nossas condolências.

 

Grande Escritor!

Passarei a ler tudo que você escrever e a comprar todos os seus livros. Se até o Merd, digo, Merval Pereira conseguiu chegar à ABL, os acadêmicos estão esperando por você. Espere a primeira baixa e se candidate...

 

Kid Prado

O Russomano não passa de um tolo, metido a arvorar-se em autoridade perante as camaras brigando com pequenos comerciantes (nunca se meteu com um poderoso), ameçando "eu te levo preso", etc. Imagine um cara desse na prefeitura de S.Paulo.

 Melhor que o Serra, esse sim bastante perigoso, mas no fundo não passa de um "clown".

A que ponto chegamos...

 

Há que se tomar cuidado com as pesquisas do Datafolha, que já deu várias mostras no passado de manipulá-las no início da corrida para ir ajustando à realidade à medida que se aproximava a data da eleição.

Eu não tenho a menor dúvida de que a Folha irá tentar polarizar a disputa entre Serra e Russomano. Prefiro aguardar as pesquisas do Vox Popoli, principalmente depois que Lula e Dilma entrarem na campanha e que o Haddad se tornar mais conhecido.

 

Se a FSP tentar "encaminhar" a campanha para um segundo turno Serra X Russomano, é bom Russomano ficar experto, pois cola-lo à problemas dos refris Dolly será apenas o começo da "melação", rs.

Um abraço.

 

"[...]Devia era, logo de manhã, passar um sonho pelo rosto. É isso que impede o tempo e atrasa a ruga.[...]" - Mia Couto

Verdade Sanzio!

A polarização, não para o Russomano ganhar (o datafolha ficará do lado do Serra), mas para Serra e Russomano irem para o segundo turno e o Haddad, não!

 

Mais que tudo, o paulistano rejeito o PSDB/PSD. Rejeita Serra, Alckmin, Kassab e tudo o que eles representam: o neofascismo.

É só olhar para as pesquisas em São José dos Campos, onde Alckmin comandou a tragédia de Pinheirinho.

 

_____________________________

Roberto Locatelli

Profissional de computação gráfica, modelador digital

mais uma da série:

"acredite se quizer"

a foia já percebeu que o çerra não emplaca.

agora enche a bola do russomano.

-vão-se os anéis, ficam os dedos. 

 

É russo, mano!
 
Nassif, Eu não acredito nesta pesquisa, nem que me paguem!
 
Com certeza Serra está na frente!
 
O "datafalha" está perseguindo o Zé Bolinha!
 

 

Não demora muito e vão começar a aparecer denúncias contra o Russomano nos veículos de imprensa. Não dou um mês e vai aparecer uma capa da Veja ou da Época mostrando algum escândalo.

 

  Eu ia justamente dizer isso. "Russomano está excedendo seu papel", é o que vão interpretar os meios de comunicação, sabidamente Serristas. Logo começarão a estourar denúncias, que só irão parar quando o PSDB perceber que os votos dele vão para o Chalita. Avalio que o eleitor médio de Russomano é o conservador que não aguenta mais o Serra, seja por este ser mais sujo que pau de galinheiro ou por pura e simples fadiga de material.


  Quanto ao Haddad, ainda vai subir muito, quando os meeesmos meios de comunicação não mais puderem esconder que este ano tem eleição na capital do Tukanistão, nem que aquele é o candidato do PT e de Lula. Só não sei se vai para o 2º turno, mas já é válida a apresentação de uma cara nova do PT em São Paulo, em vez da eterna e liquidada de uma vez por todas - pela mídia, sempre ela - Marta Suplicy. Além do mais, mal comparando, o que Marta faria ao abandonar o Senado equivaleria ao que fez Serra ao abandonar a prefeitura. Não pega bem, uma vez que parte do eleitorado sente-se "desprezada". Por sinal, resta a Serra apenas o caminho do Legislativo, como o próprio Maluf bem sabe: tem eleitorado cativo, mas não para cargo Executivo.

 

A pesquisa é péssima para o Serra, mas também é ruim para o Haddad, não pelo seu percentual, mas porque para ele, com certeza, é mais fácil enfrentar Serra do que Russomano no segundo turno.

Eu particularmente ainda acredito em Serra e Haddad no segundo turno. Russomano tem menos da metade do tempo dos dois de TV, é um candidato fraco, não tem apoios consistentes e nem apoios financeiros não acredito que vá ter forças de ir para o segundo turno. Mas vamos aguardar.

 

@DanielQuireza

A situação tá ruim para o Serra, mas pior para o Haddad. Mesmo se ele tivesse niveis de conhecimento igual a dupla lider ele mal chegaria a 14%. Depois de gastar milhões com carros de som e cartazes. É estranho.

Pelo menos duas coisas que eu vinha apontando a algum tempo estão se confimando com essa pesquisa e a do IBOPE:

1- Lula e Dilma não terão impacto nas votações em grandes cidades.

2- Mensalão e Cachoeira não refletem em nada no povo em geral.

3- A rejeição de Haddad vai subir junto com sua intensão de voto.

4- Lula poderia estar certo de que o povo quer renovação, mas ele errou ao achar que o povo iria querer renovação do PT que a 10 anos governa o Brasil e já teve dois prefeitos na capital.

 

Estão cegos?

O segundo turno é Russomano e Haddad e não Serra. A polarização já está feita de direita e esquerda. A direita quer renovação também. Se tem um Kassab no poder por quê não um Russomano? O eleitor da esquerda vai concentrar o voto no Haddad e o Serra irá sumir. O eleitor de direita não é bobo, sabe que o Serra não vai longe e está de saco cheio de ser manipulado pelo PSDB, quer renovação e aí apareceu a "bóia" chamada Russomano. No segundo turno leva o Russomano, mesmo com todo populismo de esquerda que vai pintar. São Paulo, capital, é o bastião da direita brasileira, só que seu eleitorado está saturado do Serra.