newsletter

Tia Amélia, pianista brasileira

TIA AMÉLIA - Mosquita e Maestríssimo Cipó.

Sem votos
6 comentários

Comentários

Comentar

O conteúdo deste campo é privado e não será exibido ao público.
+6 comentários

BORDÕES AO LUAR - Amélia Brandão Nery (Tia Amélia). Piano: Marco Aurélio Xavier

 

 

lucianohortencio

Pois é, Nassif e Luciano, que lição é a Tia Amélia! Que sensibilidade em seu coração! Sinceramente neste último ano que foi difícil entender o nosso próprio rumo no campo da criatividade, deparei-me com este vulcão de beleza, "Bordões ao Luar" de Tia Amélia. http://www.youtube.com/watch?v=_2nt_s3zoVU&feature=related

A música de Tia Amélia merece o melhor do respeito intelectual, isto foi o que imaginei na hora em que ouvi este denso e rico choro de uma pessoa que eu guardava na minha memória infantil e que me marcou fortemente por sua doçura. Mas eu não tinha noção da profundidade de sua arte. É difícil até explicar. Mas Laura Macedo, sempre atenta e gentil, depois que viu no facebook uma postagem, reproduziu o que Vinícius de Moraes havia publicado sobre a grande Amélia Brandão Nery em sua, "A Benção Tia Amélia!" http://blogln.ning.com/profiles/blogs/a-bencao-tia-amelia

Na verdade os sentimentos de Vinícius de Moraes correspondem aos meus próprios sentimentos. Sua escrita se manifesta com o brilho de quem se encantou com uma música cheia de calor humano como um verdadeiro monumento da cultura nacional.

Vou repetir aqui o que disse a Laura: não tinha a menor ideia dessa fantástica Tia Amélia. Minha displiscência, no entanto terá que ser corrigida, pois irei atrás desse delicioso modernismo por imaginar que o volume a qualidade de sua obra tenha gestos poéticos que vão, sem dúvida, me encantar ainda mais. Belíssima lembrança aqui. Tia Amélia merece o respeito que os grandes compositores brasileiros têm diante da sociedade.

 

Nassif, o Pery Ribeiro acabou de falecer.

http://g1.globo.com/pop-arte/noticia/2012/02/pery-ribeiro-morre-aos-74-anos-vitima-de-um-enfarte.html 

 

Nassif, morreu  Pery Ribeiro, aos 74 anos de enfarte agudo do miocárdio.

 

 Nassif, sei que nada tem a ver com este post, mas PHA produziu uma peça antologica em sua defesa, sobre a acusação de racismo imputada a ele. Vale a pena transcrever. 

 

Nossa !!! Que boa lembraça.

Eu adorava o programa da tia Amélia na TV.