newsletter

Time: Dilma novamente entre as mais influentes do mundo

Do UOL

Time elege Dilma uma das 100 pessoas mais influentes do mundo

Reprodução/Revista Time/Luke Wilson

Ilustração da presidente Dilma Rousseff para a lista das 100 pessoas mais influentes do mundo da Time

Ilustração da presidente Dilma Rousseff para a lista das 100 pessoas mais influentes do mundo da Time

A presidente Dilma Rousseff repetiu o feito de 2011 e aparece mais uma vez na lista anual das 100 pessoas mais influentes do mundo feita pela revista norte-americana Time. 

Alguns nomes da lista já haviam sido revelados, mas a lista completa foi divulgada nesta quarta-feira pela Time.

A lista traz três brasileiros. Além da presidente Dilma, estão nela o empresário Eike Batista e Maria das Graças Silva Foster, atual presidente da Petrobrás.  

Esse ano, quem assina o texto sobre a presidente brasileira é a também presidente Cristina Fernandez de Kirchner, da Argentina, que não figura na lista.

"Uma vez eu vi uma fotografia da presidente Dilma Rousseff com 22 anos de idade. Ela estava em um tribunal militar, em 1960, formado por juízes que escondiam seus rostos com as mãos. Os papeis pareciam estar invertidos: era Dilma quem estava acusando não só o sistema militar, mas os cúmplices na injustiça de excluir a maioria do poder durante as décadas em que os generais ficaram no poder", escreve Cristina.

Em seguida, ela relembra seu primeiro encontro com Dilma, em 2003, quando ela era ministra da Casa Civil do governo do presidente Lula. "Ela tinha o mesmo compromisso que aquela garota na foto", escreveu a argentina.

"Hoje, com a liderança de Dilma Rousseff, nós vemos o Brasil convicto de que seus interesses nacionais estão absolutamente ligados ao interesse de seus vizinhos", finaliza Cristina.

A lista ainda traz nomes como o presidente dos Estados Unidos, Barack Obama; Mitt Romney e Ron Paul, dois dos pré-candidatos do partido republicano às eleições americanas deste ano; Christina Lagarde, diretora do FMI, e o premiê israelense Benjamin Netanyahu, entre outros.

Média: 5 (2 votos)
6 comentário(s)

Comentários

Comentar

O conteúdo deste campo é privado e não será exibido ao público.
+6 comentários

Se ela é o "poste" que a tucanada dizia em 2010, estou vendo a cada dia que ela é um Poste de Luz que ilumina o Brasil e a A.L.!


Dá-lhes, dilma!

 

Velho Capitão

Acho que a foto mencionada por Cristina Kirchner foi vista no livro-reportagem de Ricardo Amaral sobre Dilma "A vida quer é coragem...", já que a foto está na contra-capa. Falo com o autor sobre o livro, suas vivências e experiências como jornalista e assessor de imprensa político em meu blog  http://blogmidacosta.wordpress.com/2012/04/12/autor-de-livro-sobre-presidenta-dilma-em-entrevista-exclusiva-ao-blog-da-mi/

Abraços!

 

E tome Lexotan! E tome Prozac!

-Meus sais Reinaldinho e se não tem manda o Augustinho buscar na farmácia.

-Liga pro Serra, fala para ele que: Assim não dá, assim não pode!

-Nem eu apoiando uma CPI? Assim não dá!

- daqui a pouco não consigo nem entrar pra ABL e tomar chá com o Mervalzinho...

 

"Como culpar o vento pela desordem feita, se fui eu que esqueci as janelas abertas?"

Nossa Presidenta está a merecer guirlandas de açucenas e jasmins!

Guerreira que sabe chegar e se impor.

Uma bela música para comemorar o outono:

http://letras.terra.com.br/quarteto-coracao-de-potro/1642762/

 

Maria Lucia

A inveja mata mais que "cancro na prostata".

 

"Ah, os que quisemos preparar terreno para a bondade não pudemos ser bons. Vós, porém, quando chegar o momento em que o homem seja bom para o homem, lembrai-vos de nós com indulgência." Bertold Brecht

 

Entre esses 100 aparece Warren Buffett . . .

http://www.dn.pt/inicio/globo/interior.aspx?content_id=2426284

Americano é dono da 'holding' Berkshire Hathaway que faz investimentos em muitas empresas multinacionais

O investidor e multimilionário americano Warren Buffett, de 81 anos, anunciou esta terça-feira que tem cancro da próstata, que contudo não ameaça a sua vida, segundo a agência de notícias France Presse.

 

Em comunicado enviado aos acionistas da sua holding Berkshire Hathaway, Buffett afirmou: "Uma palavra para vos dizer que me diagnosticaram cancro da próstata de estádio 1".

 

"A boa nova é que os médicos me disseream que o meu estado de saúde não ameaça a minha vida nem me fragiliza muito", declarou.

 

O conhecido investidor adiantou que os médicos e ele próprio tinham acordado "um tratamento de dois meses, à base de radiações diárias, a iniciar em meados de julho". Garantiu ainda que se sente "muito bem" e com "energia a 100 por cento".

 

Buffett prometeu também que dará conta imediata aos seus acionistas de qualquer eventual mudança do seu estado de saúde, adiantando: "Mas estou convencido de que esse dia ainda está longe".