Revista GGN

Assine

Veja publicou a própria prova do (seu) crime

Vamos conferir direitinho o método de reportagem do Diego Escosteguy e da Veja.

Como expliquei no Twitcam, o jogo da manipulação consiste em pegar um conjunto de informações soltas, depois compor um roteiro à vontade do freguês, uma peça de ficção mas que contenha alguns ingredientes reais.

Como fez o Diego?

  1. Levantou um contrato da Via Net Express com a Capital (do filho da Erenice) em que se fala em taxa de sucesso de 6%.
  2. Diz que, pela Via Net, quem assina é o seu dono Fábio Baracat. Na verdade, Baracat nada tem a ver com a empresa, a não ser oferecer serviços eventuais.
  3. Levanta matérias recentes da imprensa, sobre as ligações da MTA com a ANAC e os Correios.
  4. Ponto: tem os contratos da MTA junto aos Correios e a comissão de 6%. Cruza uma com outra e tem-se o valor da propina.
  5. Para fechar o elo, diz que Erenice «indicou» o tal coronel Quá-Quá para a ANAC. A prova: a assinatura dela na indicação. Não informa que todas as indicações para cargos públicos passam pela Casa Civil.
  6. A partir dessa soma admirável, a revista faz toda sorte de elucubrações. Fala em financiamento do esquema, em reuniões fechadas, sem celular nem caneta e o escambau.

Infelizmente a revista não disponibiliza mais o conteúdo na Internet e meu scan aqui em casa dá incompatibilidade com o Mac. Peço que um de vocês escaneie trechos do tal contrato que a revista publica na página 81.

Lá se lê:

Cláusula 2.1 – São obrigações da Contratada:

a)     Prestar serviços de consultoria e (...)

b)    Representar a Contratante junto a instituições públicas e privadas, com zelo e probidade (...)

A revista sublinha esse trecho como se fosse incriminatório. Trata-se de texto padrão de qualquer contrato de consultoria. Deveria fazer parte da formação dos chamados repórteres invesgativos conhecimento básico sobre contratos.

Agora, ao que interessa: as formas de pagamento:

Cláusula Terceira – Do Pagamento

3.1 Pela prestação dos serviços, a Contratante pagará mensalmente à Contratada o valor de R$ 24.738,00 a título de remuneração (,,,)

E o que efetivamente interessa, a tal taxa de sucesso de 6%:

3.3 Na hipótese de êxito na prestação de serviços de assessoria relacionados à obtenção de empréstimos e/ou financiamentos junto à instituições nacionais ou internacionais, públicas ou privadas, a Contratada fará jus a 6% sobre o montante auferido ao final da transação.

Não tem nem ANAC nem Correios na tal taxa de sucesso.

A revista precisava mostrar a «prova» do pagamento de 6% de propina. Mas esse percentual não vinha separado: estava em um parágrafo inteiro que não podia ser suprimido. Precisou, então, publicar o parágrafo inteiro para expor o número mágico dos 6%. Publicando, matou ela própria sua matéria.

E aí fica-se sabendo que a taxa de sucesso nada tinha a ver com a ANAC, com contratos com os Correios, com renovação de concessão. Mas apenas no caso de obter financiamentos – que, pelas declarações  do Baracat, nunca foram obtidos.

Check-up de todos os erros da matéria:

1. Apresentou um pequeno lobista de Brasilia, amigo do filho da Erenice, como dono da empresa que prestava consultoria à MTA.

2. Imputou à Erenice a indicação do coronel da ANAC, apenas devido ao fato de ela ter assinado sua nomeação - sem informar que todas as nomeações em órgãos públicos passam pela Casa Civil.

3. Colocou a taxa de sucesso de 6% no caso de obtenção de financiamentos, como se fosse referente aos contratos obtidos junto aos Correios.

4. Montou toda a encenação (das reuniões sigilosas, das conversas com Erenice sobre a propina) em cima de uma informação falsa: a de que os 6% se referiam aos contratos dos Correios e ao trabalho junto à ANAC.

Imagens

Média: 4.8 (79 votos)
249 comentários

Comentários

Espaço Colaborativo de Comentários

Comentar

O conteúdo deste campo é privado e não será exibido ao público.
CAPTCHA
Esta questão é para testar se você é um visitante humano e impedir submissões automatizadas por spam.
+249 comentários

por que a Veja continua puplicando estas menterias caluniosa, sem que alguem não punam os editores da Veja. E se fosse uma revista, de pequeno  calibre, já seria punida e preso seus editores. Que país é esse?

 

por que a Veja continua puplicando estas menterias caluniosa, sem que alguem não punam os editores da Veja. E se fosse uma revista, de pequeno  calibre, já seria punida e preso seus editores. Que país é esse?

 

Nassif, a mídia impressa tem muito mais credibilidade do que qualquer outra instituição neste país. A credibilidade da internet e seus blogs é relativa e portanto ainda impotente pra enfrentar os barões paulistanos. Sómente um veículo impresso assinado pelos principais blogueiros da Internet teria força suficiente para enfrentar essa mídia que representa a sociedade conservadora.

 

Em primeiro lugar, parabéns Luís Nassif. O juiz Gilberto Ferreira da Cruz, da 1ª Vara Cível de São Paulo, com sua decisão, mostrou que você é corretíssimo no seu trabalho profissional, e o "Caso Veja" é indesmentível - é a realidade dessa revista suja. Em segundo lugar, nestas eleições, quando um tucano diz que vai deixar o partido, no caso Aécio Neves, e um aliado do PPS, no caso Albano Franco, diz na lata de Serra que Sergipe e ele vão votar em Dilma Rousseff, e o PIG ignora, é óbvio que o que interessa a eles é tentar de todas as maneiras, sem interessar os meios, evitar a derrota fragorosa de Serra abaixo do 20% das intenções de voto, pois a vitória de Dilma está consolidada. Como você bem diz, a imprensa dos estados pouco repercute esses escândalos, embora o noticiário seja fornecido por agências do PIG. Teria a TV, mas esta passou para a população brasileira a certeza de que também está programada para salvar o demotucano tentando enlamear a futura presidente Dilma. Sobram as revistas, mas estas, à frente a "óia", servem apenas de alimento à elite branca brasileira, notadamente a paulista. As tiragens correspondem exatamente à essa elite, que nas pesquisas sobre o governo de Lula, não passa de 2%. Contra os 81% do povão. 

 

O Nasssif parece um assessor do inspetor Maigret,  saído diretamente das páginas de um livro do Simenon. Ainda bem que temos um jornalista arguto desse porte pra explicar ao povo a que ponto levam os estertores de morte de um candidato.

 

Não me parece inteligente sua conlcusões, aliás, me parecem muito pouco decentes.

Se o sr. leu as declarações do filho da ministra dizendo que é "bacharelando de direito", portanto, no máximo é um estagiário e que recebu os 6 mi pela "taxa de sucesso" não é preciso ser muito inteligente para duvidar que uma empresa pagaria um valor destes a um estagiário enquanto temos centenas de excelentes profissionais para executar tais trabalhos. Esta muito mais do que evidente que ele foi contratado porque era filho da ministra e tinha poderes para resolver isto de forma imoral e desonesta.

Como qualquer brasileiro honesto e trabalhador o sr. deveria esta investigando as denuncias e confrontando os fatos e não procurando desculpas.

Se não recebe pagamento pelo PT ou pelo governo, como bom brasileiro, se é que é, deveria estar em busca da verdade e não ganhar notoriedade com asneiras.

 

Não me parece inteligente sua conlcusões, aliás, me parecem muito pouco decentes.

Se o sr. leu as declarações do filho da ministra dizendo que é "bacharelando de direito", portanto, no máximo é um estagiário e que recebu os 6 mi pela "taxa de sucesso" não é preciso ser muito inteligente para duvidar que uma empresa pagaria um valor destes a um estagiário enquanto temos centenas de excelentes profissionais para executar tais trabalhos. Esta muito mais do que evidente que ele foi contratado porque era filho da ministra e tinha poderes para resolver isto de forma imoral e desonesta.

Como qualquer brasileiro honesto e trabalhador o sr. deveria esta investigando as denuncias e confrontando os fatos e não procurando desculpas.

Se não recebe pagamento pelo PT ou pelo governo, como bom brasileiro, se é que é, deveria estar em busca da verdade e não ganhar notoriedade com asneiras.

 

Li todos os comentários ,todos muito bem apreciavél, mas, tém um horrível, não aceito dizer e chamar o povo brasileiro de medíocre! Ainda agora que vivemos num país a onde temos democracia.

O comentário anterior acima, esquece e não se horgulha do seu país: Se eu visse pessoalmente quem escreveu, lhe diria: só na época da ditadura tinhas essses monstro do povo brasileiro.

 

 

É extremamente engraçado como o Nassif nunca critica o governo, será realmente o PT partido perfeito ou a PIG sempre cria factóides?

 

Prezado Gilberto Camargo,

essa sua discussão com o Dionízio está interessante, permita-me tecer algumas considerações. Talvez vocês conheçam a fundo o contrato e principalmente o projeto que o originou (ou que o originaria), o que não é o meu caso, portanto entro em desvantagem, de início. Mas sobre o que li aqui nestes posts, arrisco-me a apresentar minha humilde opinião de aposentado.

1 -  Qual a natureza desse contrato? Se ele contemplar a elaboração, análise financeira e econômica e posteriormente negociação de um projeto, discordo de você quando diz que ""apenas as empresas com "problemas" recorrem a esse tipo de contratação"". Se for apenas a negociação de um projeto já preparado com o prestatário, concordo com você.

2 -  Se o projeto prevê pagamentos mensais e posteriormentemais 6% caso o financiamento seja aprovado, está me parecendo que se trata da primeira hipótese levantada acima: elaboração, análise e negociação do projeto. Neste caso, todo financiamento deve ser feito com base em projeto técnico viável, competentemente elaborado.

3 -  Vamos supor que seja mesmo essa hipótese do ítem 2. Neste caso, você pergunta como o prestatário poderia pagar taxas mensais e depois a comissão de 6%, e essa é uma boa pergunta. Neste caso, depende do fluxo de caixa do projeto, e de sua taxa de rendimento financeira (levando em consideração todos as receitas e despesas, atualizadas ao custo de oportunidade (taxa de juros). Se essa taxa for maior que a taxa de juros de mercado, o projeto é viável. Caso contrário, o mutuário pagou os custos mensais para elaboração do projeto, mas preferiu investir em outra alternativa mais rentável. O projeto, se elaborado de forma competente, teria prestado um grande serviço ao investidor, poupando-lhe prejuízos.

4 -  o esclarecimento anterior parece-me que responde sua indagação a respeito "de onde tirará o valor total do projeto", não é mesmo? Isso o fluxo de caixa é que vai explicar, caso o projeto seja viável.

5 -  Concordo com você quando afirma que para tirar empréstimo no BNDES precisa de uma boa consultoria. É óbvio, para passar na avaliação técnica do BNDES precisa ser um projeto bem elaborado e viável do ponto de vista técnico, financeiro e econômico (benefício-custo econômicos>1).

6 -  Ficaria respondida também sua indagação sobre "por que o empresário paga duas vezes, mensalmente e depois um êxito". Para cobrir os custos (mensais) de elaboração, e depois o prêmio pela aprovação do financiamento. Lembre-se que mesmo se o projeto for viável técnica, econômica e financeiramente ele pode não ser aprovado, por não se enquadrar nas prioridades estratégicas, ou por haver em carteira outros projetos de maior taxa de rendimento econômico.

7 -  Reputo a um deslize emocional a sua afirmação de que "depois que o PT entrou no poder o Brasil virou um balcão de negócios". Corrupção na administração pública deve haver, como sempre houve. O Governo Lula pelo menos teve o mérito de conferir maior transparência à administração, com a adoção de critérios justos para nomeação dos responsáveis pelo MP e pala PF, observando as listas de carreira. Lembra-se do "engavetador-geral da república"? Aliás o PT e o Governo Lula estão pagando o preço por sua correção, pois por causa desta transparência é que tantos escândalos que antes ficavam 'engavetados' hoje vem à tona.

8 -  Francamente, acho que o que a Veja, O Globo, O Estado e a Folha estão fazendo é mesmo uma vilania, além de um péssimo jornalismo. Tomara que Dilma, provavelmente nossa próxima presidenta, não haja com a mesma ingenuidade do Lula e do PT, em matéria de comunicação. Nós cidadãos temos o direito de sermos informados, e não 'formados'.

Queira aceitar meus cumprimentos, louvando a diversidade de opinião nesta democracia que estamos todos construindo, e que espero que possa proporcionar um Brasil mais justo e equitativo para todos os cidadãos e cidadãs.

Paulo Couto Teixeira, aposentado.

 

Nao importa o serra, o Nassif pode ter mostrado como a revista caluniou e fez a maracutaia, mas o que interresava para o partido da imprensa pig, era fazer o estrago e agora ja esta feito.e nao tem concerto. eles so irao rir mais ainda do governo. a justiça nuca os alcançara. as vezes acho que chaves tem razao, o pior do pig e que ele se esconde por tras do manto da imprensa livre.parabens al pig por conseguir destruir tantos e enganar tantos por tanto tempo. que o pessoal do outro lado tenha do da dilma com o pig atras dela.

 

Agora entendo o que ocorreu na Venezuela

 

 

matéria espetacular... parabens nassif...

 

              

               É incrível oO desepero da direita, que quer om poder a qualquer custo. Gostaria de Perguntar a eles e a Veja onde foi parar o dinheiro das privatizações feitas no governo do PSDB?

 

Só não entendi uma coisa:

Se era tudo mentira ou "armação" da revista, por quê a ministra acabou de cair??

Onde tem fumaça tem fogo, meus caros.

Abram o olho!!

 

Só não entendi uma coisa:

Se era tudo mentira ou "armação" da revista, por quê a ministra acabou de cair??

Onde tem fumaça tem fogo, meus caros.

Abram o olho!!

 

Por isso que cada vez mais diminui a tiragem (e as venda$$$) de revistas deste tipo. Com a internet, os jornais e revistas de "atualidades" passaram a ser quase dispensáveis.

 

É um alívio poder dispor de jornalistas que procuram informar a verdade dos fatos. Você está de parabens, não aguentava mais a ditadura dos jornalões. Viva a internet.

Em tempo: A nossa querida ABI não se manifesta, não fala nada. Tranformar os meios de comunicações, em  particular o jornal O GLOBO, a revista VEJA e outros tantos, em manipuladores dos fatos desrespeitando a nossa inteligência a troco de tentar reverter a onda gigantesca criada pela vontade popular. êles não respeitam a opinião e a vontade do povo. Esses caras não têm limite? 

Nem no período da ditadura a imprensa era tão fascista.

ABI, onde estas? 

 

É um alívio poder dispor de jornalistas que procuram informar a verdade dos fatos. Você está de parabens, não aguentava mais a ditadura dos jornalões. Viva a internet.

Em tempo: A nossa querida ABI não se manifesta, não fala nada. Tranformar os meios de comunicações, em  particular o jornal O GLOBO, a revista VEJA e outros tantos, em manipuladores dos fatos desrespeitando a nossa inteligência a troco de tentar reverter a onda gigantesca criada pela vontade popular. êles não respeitam a opinião e a vontade do povo. Esses caras não têm limite? 

Nem no período da ditadura a imprensa era tão facista.

ABI, onde estas? 

 

Acho que, mais que tentar ressuscitar o morto, o que a imprensa já está fazendo de antemão é  criar um clima de descrédito e de desmerecimento do governo do PT. Para que fique aquele discurso pronto e vazio das pessoas que costumam ler e citar a tal revista de que o PT é só "roubalheira" que o PT no governo pratica o fisiologismo, etc, etc.

Acredito que já sabem que essa eleição já está definida, mas vão fazer de tudo para manchar o governo.

 

Prezado Nassif,

por que você não publica meus comentários? Talvez ele não tenha chegado, então vou postar novamente.

Quanto a essa matéria não tenho opinião formada pois não vi os documentos. E sei que documentos devem ser muito bem estudados para chegarmos realmente à verdade. Tenho um caso concreto, real, com prova documental de que o PT " pratica manobras" para atingir seus objetivos. Tentei  que a matéria fosse divulgada na imprensa, e não consegui. Repórteres do Diário Gaúcho  e Rádio Gaúcha  me entrevistaram, viram a documentação e se convenceram de que eu tinha razão, mas lamentavelmente a matéria foi engavetada pelos editores. Também tentei com a Veja, e não consegui.  Posso dizer, então, que a imprensa de Porto Alegre e, inclusive a Veja, estão apoiando o PT?  Acho que já enviei material para você, em comentário. Sinceramente, não lembro se foi publicado. Mas, se você tiver um tempinho e interesse, pode olhar meus blogs? São amadores, pois não tenho experiência em Blogger. Vou descobrindo como se faz aos poucos. Vou te dar alguns endereços:http://golpadademestre.blogspot.com/2010/03/golpe-lesa-filha-do-brasil.htmlhttp://golpadademestre.blogspot.com/2010/07/municipio-de-poa-nao-investiga-estado.html

http://eutambemacreditoemlobisomem.blogspot.com/2010/01/mentira-do-pt-que-imprensa-nao-divulgou.html

http://eutambemacreditoemlobisomem.blogspot.com/2010/02/vereadores-direitos-humanos-nao-fez.html    

http://eutambemacreditoemlobisomem.blogspot.com/2010/02/municipio-de-porto-alegre-nao-faz.html

http://golpadademestre.blogspot.com/2010/03/golpe-lesa-filha-do-brasil.html

http://golpadademestre.blogspot.com/2010/07/municipio-de-poa-nao-investiga-estado.html

http://eutambemacreditoemlobisomem.blogspot.com/2010/01/mentira-do-pt-que-imprensa-nao-divulgou.html

http://eutambemacreditoemlobisomem.blogspot.com/2010/02/vereadores-direitos-humanos-nao-fez.html     

http://eutambemacreditoemlobisomem.blogspot.com/2010/02/municipio-de-porto-alegre-nao-faz.html

 

Nassif, não existe nada em nenhuma instância que possa inibir reportagens irresponsaveis como essas? E o pior é que varios outros veículos repercutem, fortalecendo as manipulações e a sociedade fica refem de uma imprensa viciada e sem credibilidade. Será que as alterações das regras na publicidade do governo, acabando com o sobre-preço institucional tem relação com isso?

 

Vamos divulgar a autópsia de Nassif, da mesma forma que estão lotando nossas caixas de email com o mais baixo nível de trollagem sobre Dilma.

Acho que essa é a prova definitiva do factóide.

 

Quem diria, uma pessoa instruída como o Sr., não saber interpretar um contrato, vejamos:

Na cláusula que diz, "

Cláusula Terceira – Do Pagamento

3.1 Pela prestação dos serviços, a Contratante pagará mensalmente à Contratada o valor de R$ 24.738,00 a título de remuneração (,,,)", essa cláusula identifica o valor da prestação de serviço, mensal.

Já os 6% (seis por cento), não é honesto, tá claríssimo o tráfico de influência, essa modalidade de cláusula contratual é criminosa, como exemplo vamos raciocinar; para pedir financiamento nos Bancos Federais ou BNDES, basta o solicitante entrar com o pedido ou projeto, juntar a documentação solicitada e/ou exigida pelo órgão e esperar o empréstimo.

Agora contratar uma empresa para conseguir empréstimos, ta na cara que o "conhecimento" de referida empresa é excelente e terá exito. Veja, o valor da mensalidade + 6% de ad êxito, fica inviável para o solicitante tal transação. Só recorre a esses serviços, pessoas que não tem aprovação do crédito, ou já é devedor, pois se paga R$ 24 mil mensais e a empresa consegue um financiamento de R$ 5 milhões, a comissão seria R$ 300 mil, como a empresa iria pagar esses R$ 300 mil? Compensa? e com o tráfico de influência um "x" desses 6% vai para quem liberar o emprestimo ou financiamento, isso está escancarado, não enxerga quem é ignorante ou não quer ver.

Maracutaia pura, nunca vi empresa com o nome limpo, precisar contratar serviços para conseguir empréstimos, so no Brasil mesmo.

O engraçado que esses trambiques só ocorrem em empresas interessadas em contratos do governo e/ou instituições financeiras federais.

Muito infeliz sua matéria, que a imprensa no País não vale nada, todos já sabem, pois ninguém quer sua concessão cassada, por falar a VERDADE.

Li numa matéria que vc desistiu desse País, para muitos a muito tempo esse País já foi esquecido.

A ONU, hoje anunciou que diminuiu o número de famintos no mundo, claro, morreram de fome.... isso para mostrar que seriedade a muito tempo foi esquecida também aqui e no mundo.

 

É!!! Porém mesmo o amigo, com toda coerência, desmontar a matéria suspeita, a Marina se aproveitou para tirar uma lasquinha do episódio, o JN caiu matando, o Serra voltou a atacar a Dilma... Não faltam urubus na política. Essa Marina a cada dia mais me enoja.

 

Quer dizer que um jornalista monta toda essa farça, tentando prejudicar uma pessoa e fica por isso mesmo? Cadeia nele!

 

... a Contratada fará jus a 6% sobre o montante auferido ao final da transação.

Por gentileza, Nassif, não estou entendendo o juridiquês.

Como é essa tal de "taxa de sucesso" na realidade? Se a Contratada ganhar financiamento, quem receberá os 6%? Cui bono? Presumo que seria a Contratante, que seria uma pessoa jurídica, né? É normal, a claúsula, em contrato desse tipo?

Ah, não, você disse que é normal.

Agora estou vendo: a Capital, do filho, cobra a taxa sobre financiamentos que ela consiga para o cliente, MTA.  

Estão tentando aproveitar o fato da Erenice ter conflito de interesses, --potencial, em tese,--  apenas por ter filho com negócios, potencialmente, perante fontes públicas -- e privadas -- de financiamento para clientes com contratos públicos.

Assim foi no caso da filha de Alckmin compradora de Daslu, que segundo a Folha buscou exceções nas regras de contabilidade para a impresa perante uma autoridade do governo do seu pai. O homem contou o fato publicamente à ALESP.

Pela mesma lógica, um anúncio de BrOI no velho site Nassif de iG seria propina cobrada pelo jornalista -- que na verdade não tinha nada a ver com a venda de anúncios pelo iG.

Pela mesma lógica, a Veja seria chapa-branca do governo federal cada vez que aceita anúncio da marca «País para todos». Quando eu editava um jornal com sete jornalistas, eu nem sabia os nomes dos vendedores de anúncios, que trabalhavam em outro prédio.

É a jogada Gamecorp-Lulinho-BNDES requentada.

proprina prevista em cláusula contratual de forma explícita

É ridículo mesmo! Não dá para esconder do Leão que se o cliente ganhar R$ x mil de financiamento, a consultoria terá ganho de 6% dessa soma.  Lavagem de dinheiro não é feita assim.!

 

 """ a bala nao eh de ouro nem de prata

      eh de lata barata

     e olhe lah borocoxo """!!!

................................................................

Essa marchinha  eh pra quem tem lah pros sessenta !!! discretramente  atual  !!!

 

 

Reproduzindo a definição de PIG, por Paulo Henrique Amorim:

Em nenhuma democracia séria do mundo, jornais conservadores, de baixa qualidade técnica e até sensacionalistas, e uma única rede de televisão têm a importância que têm no Brasil. Eles se transformaram num partido político – o PiG, Partido da Imprensa Golpista.

O que eu não tinha notado com tanta intensidade até a semana que passou foi o viés golpista destes veículos.

Nassif dissecou o contra-jornalismo feito pela veja. Fantástico!

 

Pópara, professor Nassif. Quer quizer que, para você, é normal um filho de ministra de Estado criar uma empresa para dar consultoria para quem queira negociar com empresas públicas? Arruma outra, caro 'jornalista'.

 

Parabens Nassif! Espero que compreenda e me perdoe as minhas limitações ao tentar pela primeira vez, participar nesse espaço.

Estou confortado, sossegado e revigorado pela sua magistral aula de jornalismo; quando desmascarou a infame reportagem envolvendo a Casa Civil. Sinto orgulho de ser brasileiro, por mais esse motivo, isto é, contar e dispor de um jornalista de alto estofo moral, que se chama Luis Nassif.

Revela-se, redundância eu dizer que Dilma vence com larga vantagem no primeiro turno. Porém... diante de inúmeras prioridades e demandas urgentes do país; pergunto se haverá espaço para discutir o aperfeiçoamento, controle social e concessões de canais de rádio e televisão, ainda no início do próximo governo e congresso? Como será a pressão e o papel da internet para atingirmos o fim da libertinagem da grande mídia?

 
 

cade o resto dos posts

 

Puxa! Quanta calúnia, não é? Logo com um governo tão honesto, tão cuidadoso com a ética...

 

Isto me lembra A morte e a morte de Quincas Berro D'água.

 

@RivaldoMoraes (twitter)

Nassif, quanto a essa matéria não tenho opinião formada pois não vi os documentos. E sei que documentos devem ser muito bem estudados para chegarmos realmente à verdade. Tenho um caso concreto, real, com prova documental de que o PT " pratica manobras" para atingir seus objetivos. 

Tentei  que a matéria fosse divulgada na imprensa, e não consegui. Repórteres do Diário Gaúcho  e Rádio Gaúcha  me entrevistaram, viram a documentação e se convenceram de que eu tinha razão, mas lamentavelmente a matéria foi engavetada pelos editores. Também tentei com a Veja, e não consegui.  Posso dizer, então, que a imprensa de Porto Alegre e, inclusive a Veja, estão apoiando o PT?  Acho que já enviei material para você, em comentário. Sinceramente, não lembro se foi publicado. Mas, se você tiver um tempinho e interesse, pode olhar meus blogs? São amadores, pois não tenho experiência em Blogger. Vou descobrindo como se faz aos poucos. Vou te dar alguns endereços:http://golpadademestre.blogspot.com/2010/03/golpe-lesa-filha-do-brasil.html

http://golpadademestre.blogspot.com/2010/07/municipio-de-poa-nao-investiga-estado.html

http://eutambemacreditoemlobisomem.blogspot.com/2010/01/mentira-do-pt-que-imprensa-nao-divulgou.html

http://eutambemacreditoemlobisomem.blogspot.com/2010/02/vereadores-direitos-humanos-nao-fez.html    

http://eutambemacreditoemlobisomem.blogspot.com/2010/02/municipio-de-porto-alegre-nao-faz.html

 

O Governo devia juntar todas as mentiras da Veja (mentiveja), e pedir indenização para quebrar as pernas destes factóides. Aqueles que falam a verdade devemos dar crédito, mas aqueles que querem tirar proveitos devem ser esquecidos (falidos).

 

A cada dia que passa, amo mais esse nosso querido e maravilhoso Brasil.

Contra uma direita rancorosa, da qual fazem parte partidos políticos e instituições,  que tem sustentáculo numa imprensa aliada (uma antiga fórmula de poder imbatível), há sempre alguém a postos.

Estamos na era da Internet.

Essa imprensa velha e criminosa será, cada vez mais, desmascarada e derrotada pela verdadeira e fatal liberdade de imprensa.

De forma pacífica, de forma legal.

Luís Nassif, receba meu humilde e sincero abraço.

Obrigado pela matéria.

 

 

Viva os BLOGs, Agora é bateu levou. Acredito que os leitores dessa revistas possuem navegan na internet, e já como todos procuram chegar o noticiário trcando informações mas redes sociais. Todos que são do bem, que estão de boa fé, com certeza já não confiam nas matérias políticas, e provavemente deixaram de ler eses periódicos. A internet é tão importante e muda completamente o cenário. Antes o leitor se informava sozinho, ficava só com a informação e opinião do jornal ou da revista. Hoje a informaçao é compartilhada e de cada computador sai uma pergunta, uma dúvida, uma inforamção e logo, em tempo real, multidões estão trocando informações e checando as notícias, os dcumentos e identificando os personagens. A democracia vem ai´ A intenet é ÁGORA Grego, é uma arena livre ao debate e a informação. Viva a internet.

 

Mas bastava alguém colocar a foto do Diego Escosteguy junto com a matéria, que todo mundo começaria a rir de cara... é um almofadinha, daqueles estereótipos de cinema!!! Muito engraçado! Recomendo dar um "google" nesse cara... aquela carinha de baby johnson após o vírus Ebola é de desmoralizar qualquer um.

 

Mas bastava alguém colocar a foto do Diego Escosteguy junto com a matéria, que todo mundo começaria a rir de cara... é um almofadinha, daqueles estereótipos de cinema!!! Muito engraçado! Recomendo dar um "google" nesse cara... aquela carinha de baby johnson após o vírus Ebola é de desmoralizar qualquer um.

 

 

O autor da reporcagem de capa da revista Veja desta semana é Diego Escosteguy.

É da lavra dele esta outra empulhação jornalística, publicada no Estadão.

(Fonte: Cloaca News)

 

@RivaldoMoraes (twitter)

Nassif e amigos,

Será que  PT não vai entrar com uma representação no TSE exigindo o direito de resposta no tempo da propaganda eleitoral do Serra?

Isso tem que ser feito imediatamente. Além disso, cobrar o direito de resposta na própria Veja também. Claro que sem abrir mão dos eventuais direitos de indenização por danos morais e materiais a que os citados na matéria façam jus.

O momento não é oportuno por causa do clima eleitoral. Porém, uma das primeiras medidas do próximo governo (Dilma é claro!) é submeter à apreciação do congresso, um projeto de lei que defina e responsabilize de maneira mais rápida os atos de crime contra a honra, à intimidade, à imagem, calúnia, difamação, injúria que sejam perpetrados pelos meios de comunicação, permitindo além das eventuais indenizações aos ofendidos, o imediato direito de resposta sob as mesmas condições de tempo, espaço e volume disponibilizado para atacar mentirosamente as vítimas.

Nada de sensura prévia ou posterior, mas sim o devido reparo pecuniário e a obrigatoriedade de um desmentido formal do meio informativo, além do espaço para a resposta do(a) ofendido(a).

Acredito que dessa foma, "saltos mortais" como esses que a veja vem dando, serão cada vez mais raros nos nossos meios de comunicação.

Abraços.

 

 

O problema nao eh a VEJA deliberadamente "montar" uma reportagem com acusacoes falsas facilmente contestadas. O problema eh o judiciario nao dar sequencia aos processos de reparacao de imagem. Essa certeza de impunidade eh que alimenta esse tipo de "jornalismo".

 

 

Nassif,

Alguém comentou brilhantemente (não me lembro se neste Blog ou em outro "sujo") o seguinte:

Hoje, quando Dilma estiver frente a frente com Serra, olho no olho, deverfazer a seguiinte pergunta:

"Senhor Serra, o senhor avalisa e assume como verdadeiras todas estas denúncias que os seus amigos editores criam e o seu programa veicula sistematicamente?" O senhor, então, as sustentará quando for chamado a fazê-lo em juízo ?

(quero ver até onde esse valentão sustenta as calças que veste).

 

 

 

 

 

 

 

Não fiquem otimistas, o caso pode prejudicar Dilma, sim.

Eles não estão interessaods na verdade, simplesmente ignorarão esse textos e outros, ficarão repercutindo a acusação, questionando Dilma nas entrevistas, etc... etc...

A grande maioria das pessoas não entram na internet para ler notícia, a denúncia tem capacidade de prejudicar a candidata, e o pior, deve vir mais denúncias inventadas po aí.

 

Maurício

Nassif parabéns;

Veja o que o Brizola escreveu:http://www.tijolaco.com/26022

Temos que fazer um tag no tweetter para elegermos o meio de comunicação do PIG mais safado e mais mentiroso. Todos os blogs que estão desmascarando essa midia canalha, coloca um link para que todos opinem.Vamos fazer bater todos os records para mostrar que não estamos de brincadeira.
Ao próximo congresso temos que mandar e-mails a todos deputados, que serão eleitos, para mudar a lei de concessão.

 

meu comentário "Ainda não estou convencido" foi suprimido?

Pelo Google, boto meu nome e Nassif, aparece - mas aqui não!

 

Eita, deve ser algum problema com o cache dos nao-cadastrados. Vou alertar o pessoal.

 

Prezado Nassif, fico orgulhoso e feliz que alguém do seu nipe coloque seus conhecimentos e expertise de jornalista a serviço do povo brasileiro, que finalmente consegue entender como funciona a perversa maquinação nos bastidores de nossa pobre mídia tão desfigurada pelos interesses corporativos dos grupos que a tem em mãos.