Revista GGN

Assine

Clientes estão descontentes com serviços prestados pelos bancos, alerta PROTESTE

A satisfação dos clientes com os serviços prestados pelos bancos é baixa, conforme constatou pesquisa realizada pela PROTESTE Associação de Consumidores com 3.493 consumidores: 49% dos entrevistados tiveram algum problema com o banco durante os últimos 12 meses. A satisfação só atingiu 60 pontos numa escala de 0 a 100.

As taxas bancárias, os juros e o tempo de atendimento são as principais causas da baixa satisfação. A pesquisa revelou um dado preocupante: é para quitar outras dívidas que o consumidor contrata empréstimo.  E 51% dos que têm financiamento imobiliário foram obrigados a contratar outros produtos, como seguro e conta corrente. Isso se configura venda casada e é proibido por lei.

Entre os entrevistados, 18% não sabem o quanto pagam de tarifa para manter suas contas. Eles podem estar pagando valores exorbitantes sem saber. Entre aqueles que afirmam pagar por esse serviço, 31% disseram desembolsar mais de R$ 100 por ano. É um valor alto, o que demonstra que o consumidor pode ter escolhido o pacote de conta corrente errado para o seu perfil.

E mais: dos entrevistados que possuem empréstimo, 31% não fazem ideia de qual seja a taxa de juros que estão pagando pelo crédito, que, por sinal, costuma ser alto. Cerca de 20% desses entrevistados que possuem empréstimos adquiriram entre R$ 2.501 e R$ 5.000. E outros 19% afirmaram ter contratado empréstimos entre R$ 5.001 e R$ 10.000.

Um dos principais problemas relatados foi a dificuldade em entrar em contato com alguém no banco para tirar dúvidas – o mesmo inconveniente apontado em pesquisa anterior, uma amostra de que pouco ou quase nada foi feito pelos bancos para melhorar o atendimento ao cliente.

A pesquisa avaliou a satisfação dos entrevistados em relação aos seguintes serviços oferecidos pelos bancos: conta corrente, cartão de crédito, crédito imobiliário, crédito pessoal. E também a avaliação geral sobre os bancos. Os dados da pesquisa foram coletados por meio de questionários enviados por e-mail para os associados e também para não associados, entre os meses de novembro e dezembro de 2014.

A Caixa foi o banco mais bem avaliado em termos de satisfação geral em relação ao crédito pessoal (73), enquanto o Itaú e o Santander foram os mais mal avaliados, tendo recebido as menores pontuações (56 e 53, respectivamente).

Média: 4 (2 votos)
3 comentários

Comentários

Espaço Colaborativo de Comentários

Opções de exibição de comentários

Escolha o modo de exibição que você preferir e clique em "Salvar configurações".

Vai ser criada a AGENCIA

Vai ser criada a AGENCIA REGULADORA DE SERVIÇOS BANCARIOS,  ARBAN, estou trabalhando há meses na preparação do projeto, baseada na lei americana de 2008 que lá criou essa agencia. Os bancos tem regualção INSTITUCIONAL que zela pela higidez do sistema bancario, feita pelo Banco Central, o consumidor pode  reclamar a titulo  individual no Procon MAS não há uma gencia reguladora de serviços para os bancos, como a ANATEL para a telefonia, a ANEEL para a energia eletrica, a ANS para o seguro saude.

O consumidor de serviços bancarios está a mercê dos bancos em tudo, tarifas, contratos capciosos, taxas absurdas,

os EUA tiveram o msmo problema, hoje os SERVIÇOS BANCARIOS são normatizados, os bancos não podem fazer o que bem entenderam.deixando o consumir sem defesa, pode tentar no Procon, mas este não tem força de agencia reguladora.

Entre milhares UM PEQUENO EXEMPLO: Os bancos dão recibos de depositos em PAPEL que apaga em 6 meses. Quem precisa guardar os recibos como prova, por exemplo, pensão alimenticia, alugueis, etc PRECISA tirax cópia xerox do recibo, isso é uma aberração, AO MENOS o recibo precisa ser padronizado em papel que não apague..

Os bancos fazem isso para cortar custos, o recibo que apaga é em papel mais barato.

 

Seu voto: Nenhum

Boa sorte!

Boa sorte!

 

Mas me diga uma coisa, combinou com os russos?

Seu voto: Nenhum
imagem de Pedro luiz todero
Pedro luiz todero

E tudo isso vem na história

E tudo isso vem na história do sistgema bancário Brasileiro há alguns anos. Foi o governo FHC que autorizou a entrada de bancos estrangeiros no país como forma de baratear os serviços cobrados pelos bancos nativos.Se instalaram, gostaram do que viram e passaram a utilizar-se da mesma prática:tarifas caras, atendimento a desejar a taxas de juros nativas nas operações.E ainda transferem seus lucros para suas matrizes e paraísos fiscais com tranquilidade.Financiam políticos.TUDO CERTO

Seu voto: Nenhum

Comentar

O conteúdo deste campo é privado e não será exibido ao público.
CAPTCHA
Esta questão é para testar se você é um visitante humano e impedir submissões automatizadas por spam.