Revista GGN

Assine

Protesto de médicos reúne 5 mil na avenida Paulista

Jornal GGN - A manifestação contra a contratação de médicos cubanos, anunciado pelo governo federal no mês passado, reunia cerca de 5 mil pessoas, na tarde desta quarta-feira (3), na avenida Paulista. As informações são da Polícia Militar.

O protesto foi organizado pela Associação Paulista de Medicina, Conselho Regional de Medicina e o Sindicato dos Médicos.

De acordo com a CET (Companhia de Engenharia de Tráfego), o protesto ocupou todas as faixas da avenida Paulista, no sentido Paraíso, e começou a migrar para a rua Augusta.

Áreas remotas

O ministro Alexandre Padilha (Saúde) afirmou, na última segunda-feira (1), que para fixar médicos estrangeiros e brasileiros no interior do país e nas periferias o governo vai pagar um salário de R$ 10 mil. A expectativa é que o programa de atração de médicos, anunciado pela presidenta Dilma Rousseff, seja lançado na próxima semana.

Segundo os médicos, o problema de falta de profissionais da saúde em áreas remotas do país ocorre por falta de investimentos do governo federal. Eles defendem a implementação de um plano de carreira federal para a categoria.

Sem votos

Comentar

O conteúdo deste campo é privado e não será exibido ao público.
CAPTCHA
Esta questão é para testar se você é um visitante humano e impedir submissões automatizadas por spam.