newsletter

Assinar

Lula, um homem mimado, por Sérgio Saraiva

Algumas recordações pessoais sobre os incômodos mimos do presidente Lula

Por Sérgio Saraiva

A manchete da Folha de São Paulo de 30 de janeiro de 2015 é mais um daqueles marcos da escandalização jornalística: ”Nota fiscal de barco reforça elo de Lula com sítio em São Paulo”.

Trata-se de um pequeno bote de alumínio a remo, no valor de 4 mil reais, com nota fiscal identificando a compradora – Marisa Letícia Lula da Silva. Presente da esposa ao marido que gosta de pescar.

Que algo tão prosaico esteja em manchete de primeira página, só se explica pelo nível atual de escandalização e falta de senso de ridículo da nossa imprensa.

Sem dúvida, tanto que, em editorial, a própria Folha relativiza sua manchete: ”Mimos incômodos”. E, mais do que relativizar, a Folha ri de si mesma na charge do genial ”Montanaro”.

Montanaro

Apenas “mimos incômodos”.

E, no entanto, esse substantivo composto, “mimos incômodos”, fez me pensar em quantas vezes poderia associa-lo ao que sei de memória em relação a Lula.

Conheci Lula no ABC paulista em 1978. Para quem não é de São Paulo, o ABC é composto pelas cidades industriais que cercam a capital – cidades com nomes de santos – André, Bernardo e Caetano.

Ele fazia campanha em portas de fábricas distribuindo “santinhos”. Era candidato a senador.

O que sabia dele?

Era um homem de esquerda em plena ditadura. Era jovem, 47 anos, mas precocemente aposentado desde os 38 anos. Estrito senso, trabalhara um ano apenas até a aposentadoria. Entenda-se que fora aposentado compulsoriamente pela ditadura. A aposentadoria como forma de punição. Houve os que foram “suicidados”.

Não era um homem rico. Vinha de uma família de classe média. Fora aposentado em um cargo de classe média, teria, portanto, rendimentos de classe média. A sua declaração de bens à justiça eleitoral comprovava isso: um apartamento de classe média em um bairro de classe média e um sítio em uma cidade pequena – Ibiúna – próxima à capital.

Na próxima vez em que vou saber das posses de Lula, ele já é presidente.

Passou-se 16 anos, e Lula, agora, possui uma fazenda de criação de gado em Buritis MG. A aposentadoria e o salário de presidente, por certo, não eram suficientes para alavancá-lo da condição de classe-média à condição de latifundiário. Principalmente levando-se em conta que, em função de um relacionamento extraconjugal, Lula deveria despender, pelo menos, 30% de sua renda em uma pensão alimentícia. Pensão essa, paga em euros, já que o filho, a essa altura, morava na Europa. A mãe do menino tinha um bom emprego, era funcionária da Rede Globo, mas não creio que dispensasse a pensão. Havia, contudo, uma explicação para o aumento de patrimônio do presidente. A fazenda fora comprada em sociedade com um amigo de muitos anos, empresário da construção civil e coordenador de sua campanha política. Eu não sabia qual era a parte do presidente na tal fazenda, poderia ser mínima – simbólica apenas da amizade entre os dois companheiros de lutas.

Aliás, em relação a fazendas, há um caso curioso envolvendo Lula. A propriedade de outra fazenda, essa, em Osasco-SP. O curioso deriva de que Osasco é uma cidade industrial sem área rural. Os registros da propriedade até existem, mas, de tão insólito, parece até aquela história da ficha falsa de Dilma.

Bons amigos nunca faltaram a Lula. São conhecidos os empréstimos de imóveis que obtém deles. Um apartamento em Paris – França, pertencente a outro amigo, rico fazendeiro de Minas Gerais, era tão de Lula que foi necessário esclarecer em nota à imprensa que Lula não o era o proprietário. Poderia parecer ocultação de patrimônio.

Lula é também um homem de sorte. Ainda presidente, logo após a compra da fazenda, a construtora Camargo Correia, hoje com seu presidente condenado na Lava Jato, comprou uma fazenda ao lado da de Lula e lá construiu uma pista de pouso para aeronaves que também serviria o presidente e sua família.

Outros bons negócios estão presentes na vida do presidente Lula. Logo após deixar a presidência, trocou o apartamento classe-média por um muito maior – 450 m². Um banqueiro, envolvido no caso do trensalão paulista, que deu em nada, vendeu-lhe a preço bom o novo apartamento. Banqueiros não são dados a gentilezas, mas trata-se de Lula.

Bons amigos e bons negócios, Lula é um homem feliz. Feliz e irônico: “vida de rico, em geral, é muito chata“, declarou certa vez.

Reconhecimento também jamais faltou a Lula.

Ainda presidente, no Palácio da Alvorada, Lula passou o chapéu entre o empresariado e recomeçou sua vida pós-presidência com um patrimônio, à época, de R$ 7 milhões – uns R$ 15 milhões hoje, se corrigidos pela inflação, para seu Instituto. Houve muitas doações posteriores. Empresas como a Odebrecht e Camargo Correia, mas também empresas públicas como a SABESP, nunca foram-lhe mesquinhas. As duas primeiras, envolvidas na Lava Jato, a terceira, responsabilizada por falta de investimentos públicos que agravaram a crise de abastecimento de água de São Paulo,mas sempre a mesma generosidade com Lula.

E agora essa história de um barquinho de alumínio, associada à reforma de sítio de sócio do filho.

Soaria ridículo, não fosse o grau de escandalização atual ao qual a imprensa se permite. Pois, como ressalta a Folha de São Paulo: “dadas as dimensões milionárias dos escândalos em curso nas operações Lava Jato e Zelotes, é até possível que, na cultura que predomina no relacionamento entre empreiteiras e os mais altos nomes do Executivo, benesses como essas sejam vistas mesmo como meros mimos, agrados, iniciativas de relações públicas”.

Isso para não falar do silêncio com que Lula é brindado por essa mesma imprensa em relação ao seu histórico de outros mimos incômodos. Diria eu.

 

PS1: não comentarei o artigo de Igor Gielow sobre a reforma do tal sítio. Um texto altamente depreciativo ao ex-presidente Lula. Mas que se protege atrás de expressões, tais como, segundo testemunhas ouvidas pela Folha” ou “suposto objeto de propina”, ou ainda, “se comprovadas”,“se não for inocente” e “pode, no limite…”E, “no limite”, o que não pode, não é mesmo? Acaba como se Igor “quisesse acreditar” que “a extinção do PT é algo já em curso”. Trata-se antes de um desejo tornado público. E desejos podem ser objetos da psicologia, ou mesmo da psiquiatria, mas não cabem na crítica jornalística.

PS2: a Oficina de Concertos Gerais e Poesia apoia o Movimento Golpe Nunca Mais.

golpe nunca mais1

Média: 4.4 (41 votos)
48 comentários

Comentários

Espaço Colaborativo de Comentários

Opções de exibição de comentários

Escolha o modo de exibição que você preferir e clique em "Salvar configurações".
imagem de marcia Correa
marcia Correa

Midia e Lula

A Folha de São Paulo ( que nós assinamos, mas não renovaremos a assinatura  deste atual pasquim) nos envergonha. Transforma nosso país em uma republiqueta quando deparamos que nossa imprensa  não é livre .È imoral e  partidária.

Seu voto: Nenhum (3 votos)
imagem de João de Paiva
João de Paiva

Tenho certeza de que alguns

Tenho certeza de que alguns dos trolls que costumam comentar no blog interpretaram o texto ao pé da letra. Ironia é palavra que não consta do dicionário dessa horda que lê e acredita no que é publicado/divulgado no PIG. Texto inteligente, com fino humor e ironia, próprios daqueles que podemos classificar como 'intelectuais' ou militantes esclarecidos da Esquerda.

Seu voto: Nenhum (10 votos)
imagem de Gilmau Mentes
Gilmau Mentes

Querem nimínimis colocar Lula no "ficha-suja" p/ 2018 em diante

Ainda que não consigam prendê-lo (de novo!), o sonho da zelite.

Ainda que seja condenação por não usar capacete na ciclovia, aqueeelas ... vermeeeelhas, da prof. (?) uspiana ...

Ou pescar em bote de alumínio não cadastrado na Capitania...

É só achar um MP e um juizéco ridículo (tá proliferando feito aedes aegypti) e ... prontchiu!

Anos de inelegibilidade.

Têm medo até dele indicar "postes" de dentro da prisão.

 

Seu voto: Nenhum (9 votos)
imagem de era republicana
era republicana

há alguns críticos do lula


há alguns críticos do lula que parece que tèm raiva dele porque

os simpatizantes eestariam santificando-o,,,

pura baslela, pura blasfemia de quem quer desviar do assunto,

pois jamais falam no  projeto político que o lula representa...

a turma tucana, a qual é defendida ´por  esses falaciosos,

tem um projeto que evidentemente só  pode ser apoiado por eles.

daí as críticas que sofrem tb.

então, a discussão salutar, é sobre  o modelo pollítico que cada um defende.

se lula defendesse o projeto do fhc, certamente jamais chegaria onde chegou,

simplesmente porquie um operário que não fosse um

grande estadista , não teria essa oportunidade..

se alguém quer defender a guantanamo de curitiba porque tem alguns

interesses pela proximidades com o dom moro e cia., tudo bem...é um direito de expressão...

mas entre esse projeto inquisitório e macartista e uma democracia

em que as pessoas vivam com direito às garantias constitucionais,

tem de ser colocado para as pessoas optarem....

se querem retroceder, hé uma escolha, mesmo que perigosa, pois

tb há pessoas que querem avançar, aperfeiçoar o sistema democrático,

ampliar a participação social, como o lula e os movimentos sociais....

Seu voto: Nenhum (1 voto)

Boa tentativa

Mas a grande diferença entre o Lula "FHC" do texto e o Lula "Lula" mesmo, é a hipocrisia.

Como dito no próprio texto, um admite que "vida de rico é chata", enquanto o outro não admite a riqueza, é preciso que a imprensa a escancare, e mesmo assim, reluta em admitir. 

Tem que comprar apartamento "por cotas de cooperativa", diz ele. Pobre coitado.

Ou então, frequentar sítios de sócios do filho, se quiser pescar. Pobre coitado.

O primeiro não desafia 200 milhões de brasileiros a provarem ser mais honesto que ele próprio.

Enfim, traçando um paralelo, os "zilhões" da igreja católica, amealhados em quase dois séculos exploração da fé alheia não incomoda tanto quanto os parcos bilhões da Igreja Universal.

A diferença não está na origem das duas fortunas "sagradas", mas na diferença do discurso das duas seitas perante seus fiéis mais necessitados como forma de alienação.

A fortuna pode até ser perdoada. Mas a hipocrisia, enquanto mentira, enquanto desonestidade intelectual, essa será sempre condenada. 

Resta, tanto no caso da Universal quanto no de Lula, o discurso da perseguição.

Seu voto: Nenhum (7 votos)

"Nascem demasiados homens, para os supérfluos criou-se o Estado"  Zaratustra

Bonna, vc é um bom debatedor

Bonna, vc é um bom debatedor mas me deixou confuso: nunca vi o Lula combatendo a prosperidade. Ele sempre se gabou de ter proporcionado lucros imensos à elite do país. Bem como seus rendimentos como palestrante foram amplamente divulgados. 

Sempre achei que um dos calcanhares de aquiles do lulismo foi o apoio ao consumo em detrimento da educação. Mas ainda assim, é fácil criticar depois, difícil era começar aquele governo em 2003, com inflação de 12% e raro apoio no Congresso. A obra política deste cidadão está gravada nos livros de história assim como a de FHC. Não estamos lidando com heróis de filmes da Disney mas com HOMENS que tiveram como destino o enorme poder da presidência da República. Cada um deles fez as opções que fez e são combatidos, uma pessoa inteligente como vc há de reconhecer, não pelos mimos que receberam, pelos favores, pelas facilidades que o poder a eles proporcionou, são combatidos por suas respectivas opções políticas. 

A resistência política de uma figura que é massacrada há anos por todos os meios de comunicação de massa deveria dizer algo a você. Bem como o desprestígio do FHC, não obstante as inúmeras capas da Veja  e outros, entre as massas também deveria te inquietar. 

Agora, voltar a esse degradante debate moral sobre quem roubou mais...deixe isso para os idiotas, vc não me parece ser um deles. Você realmente acredita nas boas intenções de melhorar o país desta equipe de policiais e promotores? Veja, se eu trabalho(ou sou dono) em uma construtora e enriqueci em grandes esquemas com políticos, e aí sou preso e me oferecem o benefício da delação. É só eu entregar os inimigos desta infame força tarefa (que são os mesmos inimigos da Veja, da Globonews, etc) e pronto, estou quase livre pra prosseguir minha vida. No caso do Youssef, o cara prosseguiu inclusive uma vida criminosa. Agora, esse papo não cola num debate em alto nível. Não pra quem conhece a história deste atrasado país. 

Vamos dar o nome do que está acontecendo no país: uma desesperada luta política pra impedir qualquer chance de continuidade deste projeto político. O curioso é que este projeto já está em frangalhos, será que precisava tudo isso? Só no caso de uma oposição que não ousa dizer seu prórpio nome, né?

Abraços.

Seu voto: Nenhum (9 votos)

Olá Torres

Grato pelas palavras em deferência a mim

Grato também pela oportunidade de expor um pouco mais sobre o que penso, num ambiente onde, via de regra, os comentários se atém a interdição do debate pela desclassificação sumária do debatedor.

Há duas leituras distintas sobre a Operação Lava-Jato e seus objetivos além daquela entregue pela mídia aos analfabetos políticos de sempre.

A primeira, que é aquela oficial deste espaço ( isso pode ser deduzido a partir de um post entituldo "A Lava-Jato Tem Lado" além de outros), e por conseguinte da maioria de seus comentaristas. Esta leitura avalia a operação como uma batalha política travada entre duas forças políticas, uma no poder e outra na opsição querendo chegar ao poder. 

A segunda leitura, bem mais difícil de ser alcançada, é a de que se trata da luta de setores democráticos, no sentido mais amplo da palavra, contra um projeto de poder. Estes setores democráticos estão representados em vários segmentos, mas os mais proeminentes, por óbvio, estão no judiciário, principalmente no STF, onde sabiamente Montesquieu depositava sua confiança na manutenção da República, por se tratar do poder que independia da vontade popular e estava entregue a um corpo de pessoas com maior discernimento e conhecimento.

Também nos setores da esquerda política, onde me encontro, detectou-se logo este projeto de poder, até porque este setor foi a maior vítima do projeto, uma vez que os protagonistas precisavam ser reconhecidos como o que de mais progessista existia no escopo político brasileiro. 

Alguns setores mais esclarescido do próprio PT sentiram-se incomodados. 

Os comentários se lia aqui neste mesmo espaço no ano de 2012, quando comecei a fazer intervenções por aqui através de comentários, era assustador. A oposição era considerada um cadáver insepulto, era tratada como "os sem-voto". Nos comentários se lia que a pretensão era vencer as eleições pelos próximos 30 anos. Alguns comentaristas chegavam a fazer prognósticos de quem seriam os próximos presidentes, chegando a até a 2028.

Esse quadro assustador para qualquer democrata como eu, que tem a perfeita noção de que sem alternâncica de poder não há democracia, se espalhava pelo país afora.

E, pasme, este quadro de poder não estava tão longe de se concretizar, pois o poder político já estava altamente entrelaçado com alguns setores do poder econômico, como se pode ver agora através da Lava-Jato, onde um setor retro alimentava o outro, pela via das obras públicas revertidas em doações. E tudo dentro da lei.

Não é de espantar que, uma reforma política proposta pelo Deputado Vacarezza em 2011, buscava primordialmente duas coisas, a primeira garantir o financiamento privado de campanhas e a segunda, a inibição do surgimento de novas forças políticas.  

Ninguém aqui vai negar que Plutarco Elías Calles estava repleto de boas intenções quando criou o PNR, transformado em PRI por Lázaro Cardenas, mas todos viram o resultado de um projeto de poder capaz de sufocar as oposições a ele.

Ninguém aqui vai negar que Hugo Chávez estava repleto de boas intenções quando chegou ao poder em 1999. Mas todos sabem o que aconteceu na Venezuela com o demasiado crescimento do bolivarianismo.

Corríamos esse risco no Brasil. O risco de um poder político cooptando forças que outrora lhe eram  contrárias e associado a importantes setores econômicos transformar-se em poder políticos hegemônico.

Felizmente, cometeram o grande erro no início de 2013, quando tentaram atravessar o Rubicão patrocinando a PEC 37 que, interditando o Ministério Público, abriria o caminho para uma atuação sem limites deste poder hegemônico. 

A reação foi imediata e avassaladora. Depois das jornadas de Junho, os índices de popularidade, ou medidor de populismo,  despencaram de 80% para 30%.

O projeto de poder foi duramente golpeado e não mais se recuperou. Mas, como ainda tinha forças guardadas para vencer a consulta popular de 2014, faz-se necessário, para o bem da nação, que tal projeto de poder não se recomponha plenamente, mas que também para o bem da nação, a força política que o originou não seja completamente extirpada. É uma força progressista importante para a nossa democracia e alguns setores dentro dela, tem esse entendimento e colocam publicamente a necessidade de uma revisão interna, de um ajuste, depois dessa tentativa tresloucada de hegemonização em conluio com forças conservadoras. Proeminentes com esse entendimento são a própria Presidente da República e o Ministro da Justiça.

Daí a necessidade da operação Lava-Jato que está identificando e punindo severamente apenas os que fizeram parte deste projeto, sejam da ala política, especialmente dos adesistas, daí a maior parte dos denúnciados até hoje serem do PP e do PMDB, bem como da ala econômica.

Quanto a Lula, que se escondeu em junho de 2013 porque tinha a perfeita noção do que se tratava, ele já deveria ter desistido deste projeto e se dedicado única e exclusivamente a ser um ex-presidente que já teve o seu tempo. Enquanto insistir em ser protagonista, será combatido.  

Quanto a PSDB, FHC, Aécio e outras figuras menores, que os lulopetistas insistem em promover a seus principais adversários, até porque é a oposição que todo poder quer, estão surfando na Lava-Jato, fazer o que ? Mas vejo poucas chances deles retomarem o poder. O processo político também anda para a frente.

 

Seu voto: Nenhum (2 votos)

"Nascem demasiados homens, para os supérfluos criou-se o Estado"  Zaratustra

"Daí a necessidade da

"Daí a necessidade da operação Lava-Jato que está identificando e punindo severamente apenas os que fizeram parte deste projeto, sejam da ala política, especialmente dos adesistas, daí a maior parte dos denúnciados até hoje serem do PP e do PMDB, bem como da ala econômica"

Vejam o "apenas".

Agora, entende-se porque as denúncias contra os políticos do PSDB/DEM não são investigadas. É o já conhecido bordão "não vem ao caso"

Caramba!

O sujeito reconhece que a operação Lava-Jato é seletiva e tem objetivos políticos e a defende exatamente por causa disto.

Não se trata, portanto, de uma operação policial para combater a corrupção e, sim, uma operação de inteligência travestida em combate à corrupção para destruir um projeto político eleito democraticamente.

Instala-se o "vale-tudo" no processo jurídico e que se danem os princípios fundamentais do direito garantidos pela Constituição.

Quem é você meu caro ? Um membro do MP. com a tarefa de vigiar estas páginas para posterior ajuste de contas ?

Quen deu a você e teu grupo, o direito "divino" de intervir na vida política da nação, sem medir as consequências para a economia e para os milhares de trabalhadores agora desempregados.

"Enquanto (Lula) insistir em ser protagonista, será combatido"

Quem é você meu caro, para ameaçar, politicamente, o ex-Presidente Lula.? Você dá a entender que caso Lula se afaste da vida política, a operação Triplo X é interrompida, que a operação que envolve compra de medidas provisórias cessa (ameaça um dos filhos do Lula), que a operação do MPE de SP, sobre ocultação de patrimônio, contra Lula e D. Marisa também cessa. Enfim, que a perseguição ao Lula acaba.

Pôrra, me desculpe, mas isto não tem nada a ver com democracia. Isto é fascismo.

 

Seu voto: Nenhum (3 votos)

Jorge Vieira

Sem perder muito tempo

Já que você não entendeu nada, vou responder a uma única pergunta :

Quen deu a você e teu grupo, o direito "divino" de intervir na vida política da nação ?

A Constituição. Já ouviu falar dela ?

É ela que, nos Estados modernos, garante a um terceiro poder que nem tudo se decida no campo político com uso de ferramentas de poder.

É ela que garante que, uma vez investido no poder, um grupo político não possa fazer uso indiscriminado do poder econômico que este poder central lhe confere para perpertuar-se no poder.

É ela que, em última instância, garante a sobrevivência da democracia. 

 

 

Seu voto: Nenhum (3 votos)

"Nascem demasiados homens, para os supérfluos criou-se o Estado"  Zaratustra

imagem de Roberto Monteiro
Roberto Monteiro

Tergiversou.

Nada mais a dizer.

Seu voto: Nenhum (1 voto)

Concordo que não é saudável a

Concordo que não é saudável a perpetuação de um grupo político no poder.

Entretanto, se esse grupo se elege e reelege sempre observando o Estado Democrático de Direito, ou seja, em eleições limpas, em paridade de armas com as oposições, é legal e legítima a sua permanência no poder.

Sérgio Mota, o operador de FHC, dizia que o projeto do PSDB era ficar pelo menos 20 anos no poder. Em São Paulo, o PSDB tem mais de 20 anos.no exercício do governo paulista.

Mas numa coisa você está certo (se bem que não foi exatamente o que você quis dizer): a burguesia, independente dos Partidos Políticos que a representam, não tem o direito histórico de deter eternamente a hegemonia do poder. Um dia, um belo dia, em definitivo, a hegemonia será da classe trabalhadora.

Recomendo que você leia o artigo do juiz Rubens Casara, publicado nesta edição do blog do Nassif.

Este, sim, um verdadeiro juiz

Já o Sérgio Moro, define primeiro a culpabilidade dos réus, depois vai atrás das "provas" que confirmem essa culpabilidade. A defesa é decorativa. Existe, apenas, para legitimar o processo.

E os procuradores são patéticos, obedecem cegamente ao Moro.

É dessa forma que pretendem eliminar o grupo (PT e aliados) que pretende se eternizar no poder. Ridículo.

Seu voto: Nenhum

Jorge Vieira

imagem de Leonardo Neves
Leonardo Neves

Torres simplesmente falou a

Torres simplesmente falou a verdade. É incrível ver jornais regiamente pagos pelas verbas publicitárias e pela tiragem, mentirem. Se não é proposital é incompetência. Das duas, uma.

Seu voto: Nenhum (1 voto)
imagem de Orlando Soares Varêda
Orlando Soares Varêda

  Muito justas e corretas

 

Muito justas e corretas suas observaçõesTorres. Em em vista de suas equilibradas ponderações sobre o idiossincrático texto do colega Bonna, não me agrada grafar seu nome com caixa-baixa, desculpe).

Dito isso, requeiro sua autorização para assinar também, seu excelente comentário.

Abraços.

Orlando

Seu voto: Nenhum (6 votos)
imagem de Carlos Souza
Carlos Souza

Bonna tentativa

Não Bonna, a diferença está em que FHC não é questionado em abosolutamente nenhum dos seus "mimos", enquanto Lula é perseguido porque ganhou um barquinho de 4000 reais da esposa. É esse o ponto central do artigo e fingir não enxergar isso é que é desonestidade intelectual.

Seu voto: Nenhum (5 votos)
imagem de Roberto Monteiro
Roberto Monteiro

Discordo.

É desonestidade pura,

Seu voto: Nenhum (1 voto)
imagem de mario silva
mario silva

Piada do início do ano: FHC

Piada do início do ano: FHC não é hipocrita! kkkkkk Um reporter perguntou ao FHC: no seu governo tinha corrupção? O "mestre" FHC lhe repondeu: que eu saiba não, mas poderia ter havido um pouquinho só. Um outro reporter lhe perguntou: o que senhor tem a falar sobre a propina da merenda escolar do Estado de São Paulo? Ele respondeu: o PSDB não é um partido que recebe propina. Um terceiro reporter lhe fez a seguinte indagação: O seu governo recebeu de propina 100 milhões de dolares no último ano do seu governo? Ele respondeu que não é homem público de receber propina. O quarto reporter lhe fez a seguinte pergunta: o senhor saber me definir o que é propina? O FHC disse ao jovem reporter que não sabia o significado da palavra propina. 

Seu voto: Nenhum (4 votos)
imagem de veranis
veranis

Bom... alguns à boca pequena

Bom... alguns à boca pequena e à conveniência  do momento,dizem que a cabeça de fhc já não é lá essas coisas. Levando-se em conta a quantidade de absurdos que fala pode ser verdade. Daí o coitado esqueceu  mesmo o que é propina e se recebeu ou não essa coisa que ele não lembra mais o que é.  

Seu voto: Nenhum (1 voto)
imagem de mario silva
mario silva

Piada do início do ano: FHC

Piada do início do ano: FHC não é hipocrita! kkkkkk Um reporter perguntou ao FHC: no seu governo tinha corrupção? O "mestre" FHC lhe repondeu: que eu saiba não, mas poderia ter havido um pouquinho só. Um outro reporter lhe perguntou: o que senhor tem a falar sobre a propina da merenda escolar do Estado de São Paulo? Ele respondeu: o PSDB não é um partido que recebe propina. Um terceiro reporter lhe fez a seguinte indagação: O seu governo recebeu de propina 100 milhões de dolares no último ano do seu governo? Ele respondeu que não é homem público de receber propina. O quarto reporter lhe fez a seguinte pergunta: o senhor saber me definir o que é propina? O FHC disse ao jovem reporter que não sabia o significado da palavra propina. 

Seu voto: Nenhum (2 votos)
imagem de Euler Conrado
Euler Conrado

Perderam completamente a

Perderam completamente a noção do ridículo. Um barco de 4 mil reais até eu posso comprar, pagando prestações, claro. Mas, posso. Agora imagina um ex-presidente da república que ganha R$ 200 mil em uma única palestra? Daria para comprar um iate, se quisesse. Bem como um ou dois ou três triplex, se desejasse. E como Lula declara tudo ao fisco, ao contrário dos Marinhos, FHCs, Serras e Aécios e outros tipos, é ridícula a tentativa da mídia e do esquema judicial-policialesco de envolvê-lo sem prova alguma sobre qualquer denúncia. 

O interessante, nessas operações Lava Jato e Zelotes é que as duas acabaram se revelando e mostrando a que vieram. A primeira, de uma suposta caça aos corruptos da Petrobras, tornou-se instrumento político da oposição golpista na caça ao ex-presidente Lula. Um triplex no Guarujá, foi onde foi parar esta Lava Jato, que desprezou todas as denúncias envolvendo Furnas. Por que será, hein?

Já a Zelotes, que começou originalmente em busca de grandes sonegadores de bilhões de reais - banqueiros e barões da mídia, contumazes sonegadores - termina sua sanha justiceira atrás do filho de Lula, sem que nada tivesse a ver com a sonegação de impostos. Vergonhoso.

E para completar a farsa, um promotorzinho tucano de SP declara, sem ouvir o ex-presidente Lula, que ele é o dono do apartamento que cabe perfeitamente nas rendas de Lula - e cuja cota-parte ele havia declarado ao fisco. Para socorrer o promotorzinho em busca de holofotes, o Jornal Nacional da Globo ouviu porteiros e pessoas que passavam pelas ruas, que deram o atestado de que Lula era o dono do apartamento porque eles viram ele lá durante um bom tempo.

Fiquei imaginando as vezes em que eu, interessado em comprar um pequeno imóvel, visitei vários apartamentos e lotes. Se esse fosse o critério para que eu me tornasse o proprietário estaria hoje de posse de uma dezena de imóveis. Quanta hipocrisia se pratica para atingir finalidades políticas mesquinhas.

O povo brasileiro não pode mais aceitar conviver com esse nível de manipulação, muito pior do que qualquer prática de corrupção, envolvendo a totalidade da mídia (rádios, TVs, revistas e grandes jornais impressos), setores da Polícia Federal, do MP e da justiça. Uma verdadeira formação de quadrilha mafiosa. Até quando aceitaremos isso?

Seu voto: Nenhum (1 voto)

... sobre os incômodos mimos ao presidente Lula...

Uma beleza, Sergio. Pena afiada.
Sem mais: bom domingo!
SLP!

Seu voto: Nenhum (9 votos)

Anna

Sabe o que é pior? ou melhor, nem sei!

Como a maioria dos Coxinhas* tem raciocinio binário, vai correr no face que o Lula é dono de fazenda em Buritis, tem apartamento em Paris, comprou apartamento a preço de banana em Hygienópolis e vão jurar que é verdade, afinal foi o "Nassif" que publicou!

 

*Coxinha: Muita massa por fora... nada por dentro!

Seu voto: Nenhum (9 votos)

Impítiman é meuzovo!

Arte é Luz - União e Olho Vivo

imagem de altamiro souza
altamiro souza

não dosse lula um grande

não dosse lula um grande estadista, esse outro "lula" o destroçaria....

Seu voto: Nenhum (2 votos)

Se eu entendí...

Acreditando que a data mencionada pelo Sergio Saraiva, seja propositadamente alterada, para confundir e aproveitando o gancho, deixem que eu conte-lhes uma história de vida(esta real) de alguém contrariamente à postada, em nome do Lula, com a permissão de vocês, para omitir de quem se trata.

O anti-heroi do qual contarei um pouco da vida, contrariamente ao ator imaginário do Sergio, não nasceu numa família de militar aposentado, da classe média alta carioca, nem estudou em escolas particulares, nem chegou à Faculdade, nem fez mestrados na Europa, muito pelo contrário, nasceu em parto de cócoras, no agreste pernambucano,só estudou até a 3@ série primária,sua família foi abandonada pelo pai, e após passar fome, vieram de "pau-de-arara" prá São Paulo, foi engraxate, vendedor de doces e amendoins nas ruas, estudou no então gratúito Senai,aprendeu a profissão de troneiro-mecanico, bateu cartão na Vilares, até perder um dedo, num acidente de trabalho, enquanto manuzeava um tôrno(sem os devidos equps de segurança) e aposentou-se com 2 salários mínimos; Entrou na militancia sindical, "empurrado" por um irmão militante comuinista, e resolveu revolucionar a maneira de se fazer sindicalismo. Saiu de um cortiço nos fundos de uma bar, na Vila Carioca, para uma res. de peq.porte, financiada pelo antigo BNH, e ainda mora neste bairro, embora num apto de médio padrão, aonde criou seus filhos e um enteado, e mesmo tendo tido uma vida sindical bem sucedida( no sentido de realizações para a categoria) só veio a conhecer a Europa, em 1982, a convite de um sindicato alemão, e qdo o então Pres. da Polonia,Lech Valesa, convidou-o para conhecer o sindicato que fundara, anos atrás, em Varsóvia.

Foi retirado da Presidência do sindicato, preso político incomunicável no DOPS, de onde não pode assistir sequer a morte de sua mãe, só saindo daqueles porões, para assistir o enterro da mãe.

Mesmo tendo sido o primeiro Pres. da CUT, jamais chegou a enriquecer, tentou inutilmente a sucessão paulista, perdeu-a por absoluta falta de recursos, na campanha; Na candidatura para a Câmara federal, foi bem sucedido, porém o Congresso decepcionou-o e aí "sonhou" mais alto, e tentou( e perdeu por 3 veses consecutivas) a sucessão Presidencial, que acabou ganhando em 2002; Reeleito e mundialmente famoso, por ter feito um governo revolucionário, voltado ao social, conseguiu reeleger sua sucessora , e passou a viver de palestras de auto-ajuda, e das 2 aposentadorias, uma do INSS, e uma vitalícia, da qual todos os ex-Presidentes têm direito, entretanto toda esta "fortuna" jamais permitiu que a família Lula da Silva, ostentasse, não permitindo sequer que ele tivesse uma casa na praia, ou um sítio para descançar.

E agora, surgem estes factóides todos a seu respeito e da sua família, enquanto o heroi(imaginário ?) do Sergio, tem uma apto de 450metros quadrados em Higienópolis; Um outro apto de alto padrão, num dos bairros nobres de París; Uma bela casa em Búzios; Um sítio(um sitião) em Ibiúna;  Uma fazenda em Osasco(só no papel,seria para lavar dinheiro ?) e alguns outros bens, nem ytodos legalmente adquiridos nem declarados à Receita, fora o Instituto, que recebe do Estado, a "ninharia" de R$ 36.000,00 mensais mais as aposentadorias, o...

Seu voto: Nenhum (2 votos)

Os poderosos  vieram na escuridão, e destruiram a única rosa do meu jardim; Depois vieram novamente às escondidas, e destruiram todas as minhas roseiras, porem jamais conseguirão impedir, a chegada da primavera.

Este é o Fernando, Raí

Este é o Fernando, Raí

Seu voto: Nenhum (4 votos)

Francisco de Assis

FHC PASSA O CHAPEÚ NO ALVORADA E RODRIGO JANOT O ABSOLVE NO ATO

FHC PASSA O CHAPEÚ NO ALVORADA E RODRIGO JANOT O ABSOLVE NO ATO

FERNANDO HENRIQUE CARDOSO, em 2002, na função de presidente da República e em pleno Palácio da Alvorada, recolheu R$ 15 000 000,00 (*) em doações de empreiteiros e banqueiros. Com o belo mimo - incomodo, é vero, para carregar em malas -, presente dos donos da Odebrecht, Bradesco, Gerdau e outros desinteressados mecenas, FHC poderia ter comprado 10 apartamentos Triplo X de frente para o mar do Guarujá ou um belo apartamento em Paris. Só Que Não. Em Paris, já tinha, sempre, o ap do amigo Jovelino, na Avenue Foch. E Triplos X em Guarujá, "francamente, poupe-me", diria. O melhor uso seria investi-lo no seu Instituto Privado, o iFHC, que poderia alavancar, doravante, tão ricas doações.

RODRIGO JANOT, procurador da República, a propósito dessa infame e asquerosa utilização do Palácio do Alvorada, acervo público do Estado Brasileiro, para um presidente da república recolher grana para um instituto privado, se pronunciou, conforme trecho de matéria da revista Época em 2002, assinada por Gerson Camarotti:

‘ Embora a convocação de empresários para doar dinheiro a uma ONG pessoal possa levantar dúvidas do ponto de vista ético, a iniciativa do presidente não caracteriza uma infração legal. “Fernando Henrique está tratando de seu futuro, e não de seu presente”, diz o procurador da República Rodrigo Janot. “O problema seria se o presidente tivesse chamado empresários ao Palácio da Alvorada para pedir doações em troca de favores e benefícios concedidos pelo atual governo.” ‘

Tem-se assim uma pista para saber porque o atual PGR RODRIGO JANOT impede, na Lava Jato, a investigação da corrupção na Petrobras no governo FHC (e, claro, também em Furnas etc). Como se nota da estapafúrdia declaração acima, Rodrigo Janot já santificara e absolvera FHC em 2002, há nada menos que 14 anos atrás. E sem nenhuma investigação. 

A falta de seriedade e de interesse do Procurador-Geral Rodrigo Janot para investigar o governo FHC vem de longe. Quantas coisas que assistimos hoje no MPF e na PGR já não estavam explicadas lá atrás, não é mesmo?

--------------------------------------------------------

(*) Em valor atual (2016), ou sete milhões em valores da época (2002)

Seu voto: Nenhum (3 votos)

Francisco de Assis

Então o Janot já mostrou a

Então o Janot já mostrou a cor da chita desde 2002.

Seu voto: Nenhum (1 voto)

Acredito que Jorge Luis

Acredito que Jorge Luis Borges e Gabriel Garcia Márquez, se vivos fossem, se inspirariam na conjuntura atual do Brasil para produzir alguma obra genial.

Haja tanto realismo fantástico!

Seu voto: Nenhum (4 votos)

Você se esqueceu de dizer que

Você se esqueceu de dizer que o "Lula" pegou dinheiro com a Lei Rouanet para o IFH.

Seu voto: Nenhum (4 votos)
imagem de veras
veras

Da Conversa

Da Conversa Afiada

http://www.conversaafiada.com.br/brasil/o-aeroporto-a-fazenda-e-o-ape-do...

 

O aeroporto, a fazenda e o apê do FHCVai encarar, Moro?publicado 31/01/2016foto mst_phixr.jpg

Em 2002, integrantes do MST fazem o enterro simbólico de FHC durante manifestação em frente à fazenda, em Buritis. Depois, manifestantes na sede da propriedade.

Com a desinteressada intenção de colaborar com as nobres e republicanas atividades do Dr Moro, do Fausto Macedo e do bonitão do Tucano Ministério Público de São Paulo,  o Conversa Afiada reproduz informações preciosas extraidas do twitter do @Politica_Santos e da@CynaraMenezes:


Política Santos: Em 1995, Camargo Correia construiu um aeroporto na fazenda de FHC. Sabem quantas manchetes mereceu da @folha? ZERO!

 

Cynara: ah, se fosse lula!

 

Seu voto: Nenhum (3 votos)

Antes deste, escrevi um

Antes deste, escrevi um comentário no qual, usando o linguajar do cinéfilos, tinha spoiler. Sim, porque o legal desse excelente(redundância) post do Sergio Saraiva é iniciar suas leitura sem saber o que vem pela frente.

É por isso que não largo a leitura deste espaço. 

Seu voto: Nenhum (4 votos)
imagem de Eduardo Outro
Eduardo Outro

ENQUANTO ISSO,

FHC, quando quer tomar uma geladinha na praia, carrega nas costas volumoso isopor. Se diverte pescando lambari num lago em Atibaia, talvez até um pouco poluido, pilotando um barco de lata, utilizando um remo feito-a-mão, tudo ganhado romanticamente da esposa, que Deus a tenha, num longínquo dia dos namorados. Tão simples, tão singelo, completamente diferente do arrogante Lula, que vive em seu mundinho de condomínio, distante do povo. Mas se a Justiça humana é assim tão falha, a Divina não falha. Em 2018, FHC, desta vez não com as próprias pernas, sim nos braços do povo, subirá a rampa. E do alto do parlatório, ve-lo-emos chorar novamente ao discursar, e a luz de seus olhos lacrimejados acabará com a escuridão ora reinante. E o fogo do inferno será pouco a seus detratores, todos deveriam é atender o recomendado pelo Senador Requião, e irem já a PQP.

Seu voto: Nenhum (2 votos)

um adendo informativo

entre os empresários que se cotizaram e doaram US$ 3 milhões para a criação do "Instituto Lula" (iLIS) em 2002, ainda antes do final do seu mandato, havia um cuja empresa ocupava andares no mesmo prédio, inclusive o logo acima do iLIS. A figuraça conseguiu a façanha de ser segundo suplente a senador por SP (seria do Suplicy?), mas como o senador eleito só ficou uns 15 dias no cargo que pediu aos eleitores para passar 8 anos, conseguiu dar um gato no primeiro suplente a assumir o mandato inteiro. Foi inclusive presidente da Comissão de Assuntos Econômicos do Senado. Em 2002, assim como nosso país, sua empresa estava quebrada. Foi salva a tempo por um empréstimo de emergência, atípico, do BNDES. Coisa de mais de R$ 1 bihão na época, uns R$ 4 bilhões a preços atuais. O senado poderia, através da CAE, questionar tamanha bondade do BNDES. Não o fez, gasta muito tempo tramando CPIs contra os inimigos políticos.

Seu voto: Nenhum (2 votos)

WRamos

Mais do mesmo.

Seu voto: Nenhum (7 votos)
imagem de era republicana
era republicana

é isso, marco, a perfeita

é isso, marco, a perfeita imagem da guantanamo de curitiba e

o tal uso do direito do inimigo contra petistas e o lula....

Seu voto: Nenhum (4 votos)
imagem de alfredo sternheim
alfredo sternheim

confuso

Texto confuso em sua ironia. Não vai ser fácil para muitos leitores que o articulista, sem citar Fernando Henrique Cardoso, está listando os bens e o enriquecimento do ex-presidente e sociólogo como se fossem de Lula. Não é uma boa maneira de combater o sensacionalismo preatório da Folha, do Estadão e outros. 

Seu voto: Nenhum (6 votos)
imagem de marcia Correa
marcia Correa

Tambem achei.  texto longo e

Tambem achei.  texto longo e confuso para quem não conhece toda a maracutaia( escondida pela grande imprensa) do FHC. Muita gente não entendeu! valeu a intenção ...

Seu voto: Nenhum (2 votos)

por essas e por outras já decidi em quem votar em 2018!

minha chapa eleita será essa:

presidente: aecio vice: adão perrela

Seu voto: Nenhum (5 votos)

Brasil, há muito pra temer!

A vida é curta demais para se beber cerveja barata!!

A folha é contra a corrupção no pt, no psdb não!!!

 Frede69

imagem de Edivaldo Dias Oliveira
Edivaldo Dias Oliveira

Esse Lula não toma jeito, e

Esse Lula não toma jeito, e ninguém mexe com ele. O que que esse Lula tem? Bem, esse é o Lula que o Lula nunca quis nem quer ser jamais.

Seu voto: Nenhum (6 votos)
imagem de Maria Rita
Maria Rita

Com esse 'Lula' ninguém

Com esse 'Lula' ninguém implica.

Seu voto: Nenhum (5 votos)

Muito bom. Esse "Lula"sempre

Muito bom. Esse "Lula"sempre gostou desses mimos tanto que casou o filho com a filha do dono do Banco Nacional,já falido.

Este "Lula"não tem jeito.

Seu voto: Nenhum (7 votos)
imagem de Rabuja
Rabuja

Lula 2018

Votei no Lula várias vezes. Não me arrependi em nenhuma.

Apesar da grande revolução social no Brasil e de vários outros avanços nos 2 governos dele, que a Dilma atua ferozmente para destruir, eu pensava que era hora do Brasil seguir em frente sem depender mais do Lula. Para mim ele merecia descanso pois já tem o mais honroso lugar na História do Brasil. Gostaria de ver uma renovação nos nomes e nos costumes na Política brasileira.

Entretanto, a insistência desta parceria medíocre formada por MPF-PF-mídia-oposição em destruí-lo convenceu-me de que ainda precisamos do Lula à frente do Brasil.

Lula 2018!!!

Seu voto: Nenhum (6 votos)
imagem de Paulo Ress2
Paulo Ress2

Não dá para tapar o sol com a peneira

Infelizmente a fumaça do enriquecimento ilícito do Lula está se tornando um incêndio com novos indícios surgindo a toda hora.

Seu voto: Nenhum (10 votos)
imagem de Hud Olph Ress I
Hud Olph Ress I

Amigo, botes de alumínio não pegam fogo assim não!

A menos que vc queira incendiar os remos (nem motor veio!) ou eventuais banquinhos de "táuba," vc não passa de um crente da Igreja Universal do Reino da MíRdia.

Melhoraí, ô!...

Seu voto: Nenhum (9 votos)
imagem de Roberto Monteiro
Roberto Monteiro

Resumindo:

um grande imbecil. ou pequeno...

Seu voto: Nenhum
imagem de João Luis
João Luis

Chegamos a uma situação em

Chegamos a uma situação em que é difícil distinguir a sátira do que está sendo publicado nos jornais.

Seu voto: Nenhum (3 votos)
imagem de Sergio Ricardo
Sergio Ricardo

Dois dados

Olá

não desejo que publiquem essa mensagem (por absolutamente desnecessário) mas confiram dois dados que, de memória, penso estarem equivocados no artigo:

1) Em 1978 Lula apoiava a candidatura de Fernando Henrique ao senado, então no MDB, e com ele percorreu as portas de fábricas do ABC;

 

2) Na ocasião Lula deveria ter por volta de trinta e poucos anos.

 

Abraços

Seu voto: Nenhum (4 votos)
imagem de João de Paiva
João de Paiva

Não há erros, Sérgio Ricardo.

Não há erros, Sérgio Ricardo. Você leu o texto apenas uma vez ou o leu como quem lê uma notícia, acreditando que o que lê corresponde à verdade factual. Volte ao texto e tente identificar a figura de linguagem que é usada da primeira á última linha do texto escrito por seu xará, Sérgio Saraiva.

Seu voto: Nenhum (2 votos)
imagem de Sergio Ricardo
Sergio Ricardo

Sem dúvida, eu me precipitei

Sem dúvida, eu me precipitei e enviei a mensagem antes de terminar a leitura do texto. Se não tivesse sido tão afoito perceberia a ironia contida no mesmo. 

Seu voto: Nenhum (2 votos)

Comentar

O conteúdo deste campo é privado e não será exibido ao público.