Revista GGN

Assine

Parapolítica: o Umbral 70 anos depois, por Wilson Ferreira

Pretos velhos, índios tupinambás e caboclos falando em mecânica quântica, nanotecnologia espiritual, clonagens astrais e denunciando a manipulação dessas tecnologias em sofisticados laboratórios comandados por cientistas emigrados da Terra desde a Segunda Guerra Mundial, com sombrios propósitos de influência nos bastidores da política terrestre. Esse é o Umbral (região espiritual limítrofe ao planeta) 70 anos depois das descrições feitas por André Luiz na série clássica espírita “Nosso Lar”. Quem revela isso é o espírito Ângelo Inácio através da obra do médium mineiro Robson Pinheiro. Lá como cá, tecnologias eletrônicas e digitais são usadas como recursos de engenharia para manipular climas de opinião e atingir “endereços vibratórios” (ou “receptores” como fala a Teoria da Comunicação). É a “parapolítica”, nova abordagem interdisciplinar (ou interdimensional) dos fenômenos da Política e Comunicação.

A certa altura do programa Roda Viva da TV Cultura/SP a jornalista da Folha de São Paulo Eliane Cantanhêde interpelou o entrevistado Almino Afonso (ministro da pasta do trabalho no governo João Goulart – 1962-64) a dar os nomes daqueles que traíram Jango dentro da base político-parlamentar, fragilizando-o diante da eminência do golpe militar. “A maioria deles... eu enfrentaria problemas terríveis em um plano que não sei absolutamente conviver, um plano de outra dimensão da vida (ele fala gesticulando as mãos para o alto)... é muito complicado, e eles quase todos estão mortos... imagina quantos no conjunto já morreram. Sou um dos raríssimos ministros que ainda está vivo”, responde Almino Afonso recusando a dar “nomes aos bois” como se referiu a jornalista.

Curiosa resposta que passou despercebida na entrevista, demonstrando não apenas o caráter moral (se nega a delatar pessoas que já não estão entre nós) como também um misto de respeito e temor sobre “a outra dimensão da vida” e “problemas terríveis” que isso poderia lhe custar – poderíamos especular que o seu temor estaria além da punição moral, mas o temor de os seus inimigos estarem à espera dele na “outra dimensão da vida”. Partindo de um político, um tipo de pessoa marcada pela índole pragmática e com interesses bem terrenos, é uma declaração a princípio surpreendente. Mas será mesmo?

Codó, Maranhão: terreiros frequentados por
políticos de todo o País

Na grande mídia, aqui e ali temos informações esparsas sobre as relações da Política e dos políticos com o mundo que poderíamos chamar genericamente de “espiritual”. Quando matérias abordam essas conexões, é sempre em um sentido de curiosidade folclórica, bizarrice antropológica ou de mera contundência para demonstrar o quanto a classe política é desequilibrada. Casos como as relações entre a família Sarney com o conhecido pai de santo Bita do Barão, de Codó no Maranhão, cidade conhecida pelos 300 terreiros frequentados por políticos de todo o País; ou então as histórias de que tambores soaram dias e noites por uma semana em 1985 quando Tancredo Neves morreu deixando a presidência para o vice José Sarney; ou ainda o presidente Juscelino Kubitschek que não dava um passo sem consultar uma vidente mineira.

Parapolítica e Princípio da Correspondência

Mas a aproximação entre a política terrena e a “outra dimensão da vida” é mais estreita e complexa do que se supõe. Para entendermos essa dimensão alternativa dos fenômenos da política (correlações de forças tanto materiais como espirituais existentes entre governos, militares, finanças e os diversos grupos de pressão da sociedade) é necessário nos aprofundarmos naquilo que podemos chamar de “parapolítica” ( de “para” – “junto a”, “a margem de”): partindo do Princípio da Correspondência esotérico (“o que está em cima é como está embaixo, e o que está embaixo é como está em cima”) a Política deixaria de ser vista apenas como uma atividade unidimensional terrena para ser um campo de lutas de mútuas influências entre os mundos espiritual e físico. E o princípio que unificaria esses mundos seria o da ascensão simbólica por Poder.

Livro clássico da
parapolítica

Talvez o engenheiro químico, membro da resistência francesa na Segunda Guerra Mundial, jornalista e escritor francês Jacques Bergier tenha sido aquele que mais se aproximou dessa abordagem no livro O Despertar dos Mágicos escrito em parceria com Louis Pauwels em 1960. Além de tratar de temas do chamado realismo fantástico que mais tarde seriam a pauta da revista Planète na França (e Planeta no Brasil), com um farto números de dados, referencias e documentos aborda como o nazismo foi muito mais do que um movimento político: originado em sociedade fechadas ocultistas, seus líderes pertenciam a um mundo de videntes, médiuns, paranormais e astrólogos. Seus objetivos iam além do plano militar e político, mas, principalmente, esotérico.

A obra Nosso Lar e o moderno hermetismo

Foi com o moderno hermetismo de Madame Blavatsky e Charles Leadbeater no século XIX que o mundo espiritual começou a ser visto com outra dinâmica: dimensões que se interpenetram e se influenciam mutuamente de tal maneira que a divisão entre “vivos” e “mortos” passou a ser meramente formal, como apenas “diferentes estados e agregação da matéria”.

Essa visão concretiza-se nas descrições de André Luiz na obra Nosso Lar, psicografada por Chico Xavier em 1944, onde temos uma descrição do que ocorria no plano espiritual perto de eclodir a Segunda Guerra Mundial: “falanges obscuras do Umbral amontoam-se sobre a Europa impulsionando a mente humana para crimes”. A guerra travada em dois planos: o físico e o espiritual.

As descrições feitas há 70 anos pela série Nosso Lar ainda hoje são impactantes ao mostrar como as chamadas “forças das trevas” das regiões espirituais limítrofes em termos vibratórios com a Terra (o Umbral) eram organizações que constituíam cidades, fortalezas e exércitos disciplinados com um objetivo: conquistar corações e mentes dos encarnados para direcionar os destinos do planeta.

A influência espiritual das legiões do Umbral
na Segunda Guerra Mundial

O momento histórico era o da Segunda Guerra Mundial e essas forças manipulavam substâncias etéreas como as “formas-pensamentos” (termo teosófico para designar como o pensamento humano projeto no astral formas plásticas até formar egrégoras que, em muitos casos, se autonomizam ganhando força própria) caóticas sobre o continente europeu como uma nuvem magneticamente negativa. Se a propaganda Nazi manipulava midiaticamente essas energias, no plano astral elas eram potencializadas como pensamentos viciosos e obsessivos na psicoesfera daquele continente.

As legiões das sombras

“Nunca vimos um centro espírita se reunir com o objetivo de fazer desobsessões para os repressentantes brasileiros no Congresso Nacional, para os nossos governadores ou para os representantes das Nações Unidas. Ninguém fez uma reunião mediúnica para saber quais obsessores estão envolvendo o conflito armado na Palestina”. Quem faz essa provocação é o médium mineiro Robson Pinheiro.  Em livros como Aruanda e a trilogia Legião das Sombras pelo espírito de Ângelo Inácio oferece importantes descrições pormenorizadas de como as chamadas “legiões das trevas” agem nos bastidores do poder mundial e nacional.

Após 70 anos das descrições de André Luiz em Nosso Lar sobre as técnicas e estratégias de ação astral nas decisões dos encarnados aqui na Terra, Ângelo Inácio mostra como as trevas atualizaram seus mecanismos e métodos de influenciação por meio de tecnologias neurosensoriais como o uso da tradicional obsessão espiritual por meio de nano tecnologias astrais, acumuladores energéticos mentais implantados diretamente no sistema nervoso periespiritual das vítimas por cientistas, a criação de dispositivos análogos a chips no campo energético e clonagens espirituais em modernos laboratórios de pesquisa de genética astral.

>>>>>>>> Leia mais>>>>>

 

Média: 3.9 (7 votos)
39 comentários

Comentários

Espaço Colaborativo de Comentários

Opções de exibição de comentários

Escolha o modo de exibição que você preferir e clique em "Salvar configurações".
imagem de Brasileiro aguerrido
Brasileiro aguerrido

Sobre Robson Pinheiro   Li

Sobre Robson Pinheiro

 

Li vários Livros deste autor umbandista, (Senhores da Escuridão, Tambores de Angola, e outros), posso dizer que o autor como escritor vidente descreve a realidade de vários planos existentes no Além.

Cada autor de Livros espiritualistas, consegue ver uma determinada faixa de frequencia, determinada pela densidade do plano e pela sintonia do autor similar com aquele plano.

Chico Xavier captava entre o umbral e o Nosso Lar. Existem Planos acima do Nosso Lar, e abaixo do umbral. Os abaixo são os planos das sombras, habitados por espíritos desencarnados muito materialistas, e empedernidos pelos vícios terrenos. Robson escreve sobre os planos abaixo do umbral.

A maioria da população terrestre hoje antes de rencarnar estava nos planos abaixo do umbral, daí existir tantas guerras na Terra, tanta violência, tanto egoísmo.

Mas nem sempre foi assim. Segundo o autor, quando foi escrito o Nosso Lar a população de umbralinos encarnados era menor, pois nas últimas décadas, devido à decadência moral do ser humano, foram criadas pontes na atração de igual espécie que possíbilitaram a estes subirem até a Terra e aqui reencarnarem.

Isto numa comparação que faço, o aumento de violência e de criminalidade só explodiu após os anos 70, quando foi inaugurada a liberação sexual, que nada mais é do que o desregramento de costumes, uma sintonia perfeita para o reencarne em massa de umbralinos dos reinos trevosos.

Assim, é muito difícil fazer reformas políticas no país e no mundo quando há um material humano tão decaído e egoísta ocupando todas as esferas do povo e do poder, com mais de 70 % de umbralinos encarnados todas as reformas de leis são sempre atravancadas pelos próprios.

Para mudar este quadro seria necessário um resgate dos valores morais, éticos, do recato e dos bons costumes, principalmente no que diz respeito à geração de filhos

Nas culturas indígenas sabiam desta realidade. Quando uma mulher ficava grávida, ela ficava de resguardo, durante nove meses, ficava em uma cabana afastada da tribo, nos seus  afazeres domésticos, cuidando de ter apenas pensamentos Elevados, por que durante a gestação o nível moral dos pensamentos da gestante escolhe o nível moral do espírito que vai reencarnar. Bastava um instante de descuido da gestante, um pensamento baixo dela para que um espírito mau reencarnasse nela, aí nada mais poderia ser feito, teriam de suportar a convivência com aquela criança, pelo resto da vida.

O resguardo ou afastamento da gestante permitia uma concentração melhor da gestante, para se dedicar oa que definia o futuro da humanidade, escolher a espécie de criatura que iria reencarnar nela.

Por isto entre as tribos de índios que tinham este costume do resguardo geralmente não haviam crimes, nem delinquencia como há em nossa sociedade.

Uma narrativa interessante sobre uma lenda e costume indígena que explicava o por que de haver filhos que trazem problemas aos pais ( e a sociedade também) e filhos que trazem alegrias.

 

 

Seu voto: Nenhum (1 voto)
imagem de Brasileiro aguerrido
Brasileiro aguerrido

Qualquer doutrina que melhore

Qualquer doutrina que melhore o ser humano deve ser rspeitada plenamente.

 

Conheci  empresários que eram espíritas, e dou testemunho de que eram os melhores patrões que já conheci na vida, pois eles tinham o conhecimento do karma, de que tudo o que fazemos aos outros retorna a nós nesta ou em outras reencarnações. 

Assim eles tratavam os funcionários da melhor forma possível, pois sabiam que nas próximas reencarnações poderiam voltar como empregados e a forma com que tratavam os outros seriam aplicadas a eles.

Se todos agissem com esta mentalidade, levassem a sério isto, seria o Paraíso aqui na Terra, nem precisaria de Karl Marx, luta de classes e outros artificios mais.

Auxílio aos mais pobres só funcionam realmente quando há o altruísmo pelo próximo, quando deixamos realmente de pensar apenas em nós mesmos e nos colocamos no lugar dos outros.

Seu voto: Nenhum (1 voto)
imagem de oscar2
oscar2

Livros muito interessantes

O livro "Pensamento e vida" de Emmanuel / Chica Xavier ,é um fichamento muito interessante. Trata se

de uma apostila falada que é ministrada as espíritos que estão em vias de voltar para a experiência da

reencarnação. Entre tantas outras coisas, Emmanuel afirma que não existe  obsessão unilateral. A obsessão

é o equilíbrio de forças inferiores.

 

O livro " Conversando com as almas do purgatório" de Eugênia von der Leyen, relata as experiências mediúnicas

de uma pessoa profundamente piedosa, ligada a Igreja Católica. É um relato insuspeito atestando sobre o plano

espiritual.

 

Os livros de Yogui Ramacharaca como " Catorze lições de filisofia yogui" e "A vida depois da morte", nos trazem

idèias muito elucidativas.

 

Alem dos livros da coleção André Luis e os de Emmanuel psicografados pelo Chico, recomendo os

livros " instruções Psicofónicas", " Falando à Terra" e " Vozes do grande Alem", de espíritos diversos.

Seu voto: Nenhum
imagem de agincourt
agincourt

O lado negro da Força.

“falanges obscuras do Umbral amontoam-se sobre a Europa impulsionando a mente humana para crimes”

A guerra começou em setembro de 1939; e então , em 1944, com a Alemanha já tão-somente adiando a derrota, baixa o André Luiz no Chico e faz essa incrível revelação.

Parece que o espírito iluminado andou meio cego.

“amontoam-se SOBRE A EUROPA”

Isso mostra que André Luiz, além de cego, era eurocêntrico. A guerra entre o Japão e a China já comia solta desde 1937.

...

“A guerra travada em dois planos: o físico e o espiritual.”

Paralelismo físico-espiritual.

Durante a incerteza alemã sobre onde se daria exatamente o desembarque aliado no Canal da Mancha, diz que no plano espiritual ficava um capetinha dando toque mental pra Hitler: “Adolf, vai ser na Normandia. Vai ser na Normandia. Vai ser na Normandia. Tira a 1ªPanzer SS da Bélgica e manda pra lá agora. Manda tudo que é caça pra Carpiquet...”

E ao lado do capetinha, um anjinho telepatizava pra Hitler: “Vai ser em Pas-de-Calais. Pas-de-Calais. Pas-de-Calais.Não mexe na 1ªPanzer SS. Não mexe.”

Como se viu, as ondas mentais do anjinho eram bem mais fortes.

(É a psicoesfera da bobagem que não para de se expandir...)

...

Tenho pra mim que foi dessa obra que o George Lucas pegou o mote para o tal lado negro da Força.

Seu voto: Nenhum

Tempo real e eurocentrismo

O lançamento do livro foi em 1944 descrevendo fatos de pelo menos um década antes - naquela época não havia mídias em tempo real. Quanto à questão de eurocentrismo... bem... não é porque alguém está morto que tem todo o acesso a tudo que ocorre no planeta. Por incrível que pareça, o plano astral tem limitações geográficas próximas a da Terra. 

Seu voto: Nenhum (1 voto)

Wilson Roberto Vieira Ferreira

imagem de agincourt
agincourt

C.X.

O livro veio a lume em 1944 – este é um fato objetivo. Se trazia conjecturas de há pelo menos uma década, fica por conta de se acreditar, ou não, em Chico Xavier.

Convenhamos que depois do episódio com Otília Diogo, ficaria difícil não incluir Chico Xavier na galeria dos charlatões.

Seu voto: Nenhum (1 voto)

Colagem...

Fazer colagem das Religiões (inclusive as Ciências e o Ateísmo) é exatamente o que devemos fazer! A Blavatsky já disse: é o único meio de chegarmos à Verdade (aquela que Yeshua Ben Youssef - mais conhecido pela invocação "Jizuis!" por aí -  se negou a comentar, com "V" maiúsculo mesmo!). Enquanto cada um achar que tem TODA a Verdade, NUNCA chegaremos nela!

Seu voto: Nenhum (1 voto)

Kung Fu Tze disse tudo: "a política de um país deve ser centrada em 3 diretrizes: educação dos jovens, lealdade com os amigos e respeito aos mais velhos"

puta merda................me espantei com os olhos de novo

foda-se

vou comprar o livro mesmo assim

Seu voto: Nenhum (3 votos)
imagem de Falcão
Falcão

Não precisa comprar, está

Não precisa comprar, está disponível na rede...http://terra2358.blog.terra.com.br/files/2013/05/o-livro-perdido-de-enki-zacharia-sitchin.pdf

Seu voto: Nenhum (1 voto)

que interessante...

vou ler Aruanda......................

lá pelo meus idos dos 8 ou 9 anos fui levado até Itatiaia mas não pude entrar na casa

mas pude vê-los, menos um, todos alemãs vindos para o Brasil, via Africa

 

outra coisa interessante......................................................

nunca li nada sobre um grande médium enclausurado e tão receptivo que simplesmente não consegue suportar as coisas da vida, desse plano, pessoas, pensamentos das pessoas, intenções, enfim, tudo de normal ao seu redor

 

alguém já ouvir falar desse cara? há anos ronda minha cuca como ainda vivo aqui no RJ

 

mas essa porra toda que acabei de ler vieram de médiuns mesmo ou é simples literatura de ficção?

 

vou ler de novo pra confirmar

Seu voto: Nenhum

foto me espantou, mas vou tentar de novo...

vou ler só com um olho............................

 

desde de criança tenho medo de gente que usa óculos com lentes escuras

 

vou ler mais

Seu voto: Nenhum (1 voto)
imagem de Falcão
Falcão

Caro amigo...rss, agora que

Caro amigo...rss, agora que entendi. Parece ou é um ET na capa. O Zecharia Sitchin, pelo que li até agora, nunca emitiu uma opinião pessoal. Ele era, quando vivo, um dos poucos humanos a ser capaz de decifrar línguas e sinais mortos no tempo. Não era à toa que era consultor da NASA. Um exemplo disso, foi quando a NASA lançou um satélite tendo como destino SATURNO...e questionou o Sr Zecharia se ele sabia do que era feito o anel de Saturno. Bom, ele respondeu mais ou menos assim "pelo que está escrito nesta tablita de argila, os anéis de saturno são de gelo"....era gelo mesmo...Os místicos não gostavam de suas publicações...

Seu voto: Nenhum (1 voto)

adoro tudo isso...

vou ler mais

Seu voto: Nenhum (1 voto)
imagem de Falcão
Falcão

Não basta ler a filosofia

Não basta ler a filosofia espírita, cristã, budista...ou qualquer outra. Temos que voltar no tempo. Na arqueologia. O Sr. Zecharia Sitchim - já falecido - sabia das coisas. No livro "O livro perdido de Enki" que narra como e de onde o homem surgiu...há de se notar a interferência da inteligência universal por não deixar a humanidade sucumbir no diluvio e, mas adiante, como e de quem recebemos nossos conhecimentos...e o por quê. Não é uma leitura aconselhada aos místicos...Discutir religião é bobagem. O Deus é único pra todos.

Seu voto: Nenhum (3 votos)
imagem de Falcão
Falcão

Quando faço referência ao

Quando faço referência ao Sitchin...é pra mostrar que os Deuses eram tão humanos quanto nós. A propria biblia cita que, em função dos filhos dos deuses - Semi Deuses -  estarem copulando com as filhas dos homens, iria deixar o diluvio destruir e aniquilar a humanidade. É só ciência. Desvenda muitas coisas que muitos queriam debaixo do tapete.

O Robson Pinheiro é o "cara" em matéria de mediunidade. Ele, pelo que li, ainda tem muita coisa pra publicar. Tivemos o prazer de ler quase todos os seus livros...e adquirindo mais. A nominação dos seres são diversas: espíritos, seres inorgânicos, entidade extrafísica e intrafisica...Porém, uma coisa é certa, todos são consciências inteligentes..

Seu voto: Nenhum (1 voto)

Caraca! Não basta os

Caraca! Não basta os fascistas e protofacistas terrestres, temos também os facistas espirituais! Tá tudo amarrado, meus irmãos!

Seu voto: Nenhum (7 votos)
imagem de Orlando
Orlando

Decodificou do quê?

ulderico

[[[[....1-Allan Kardec não é o criador do Espiritismo , e sim seu codificador. E Jesus não é muito lembrado  na região em que viveu e pregou, onde a imensa  maioria é judia ou muçulmana.

2-O catolicismo é uma colagem do judaísmo com práticas e crenças pagãs.]]]]

Só é possível se decodificar a partir de alguma coisa pré existente. Na verdade , o espiristimo é uma invenção do Alan Kardec a partir de dezenas de outras religiões e seitas. Dentre muitas coisas, o conceito de reencarnação foi "chupado" por Alan Kaerdec do budismo: " O renascimento na concepção Budista não é a transmigração de um espírito, de uma identidade substancial, mas a continuidade de um processo, um fluxo do devir, no qual vidas sucessivas estão conectadas umas às outras através de causas e condições. Esse processo ou fluxo não ocorre apenas com a morte mas está presente constantemente nas nossas vidas."

Quanto a Jesus, o fato de você, quando escreve um cheque, colocar 2014 - depois de Cristo - demonstra que Cristo, ou o Cristianismo, conhece poucas fronteiras. Os cristãos são quase 3 bilhões de pessoas e, no mundo todo, os espiritas são apenas 13 milhões. Há mais ateus no Brasil do que espiritas no mundo...

Nem o Cristianismo católico ou protestante vem de práticas pagãs. Quanto ao judaismo, sim, no judaismo já havia profecias sobre Cristo. Nesse sentido, o judaismo é sim uma parte do Cristianismo - Velho e Novo Testamentos.

 

Abs.

Seu voto: Nenhum

Codificou:reuniu,ajuntou,orga

Codificou:reuniu,ajuntou,organizou. No caso, as comunicações dos Espíritos,organizando-as por assunto.

E,de fato, pós existência, comunicação com os mortos,reencarnação, nada disso é novo, e está espalhado por diversas culturas em todo o mundo.

O que os Espíritos fizeram foi esclarecer os porquês.

Já a noção do carma dos budistas é um pouco diferente da lei de causa e efeito dos espíritas, onde não existe fatalismo e as nossas atitudes podem modificar nossos destinos, embora carreguemos as consequências dos nossos atos. Nele o desejo de melhorar e evoluir é fundamental. Não é o Universo conspirando, mas o nosso livre-arbítrio em funcionamento.

Não é a ausência do desejo, mas sua condução por meio de leis morais.

Seu voto: Nenhum

Ulderico

imagem de Ivan de Union
Ivan de Union

"Só é possível se decodificar

"Só é possível se decodificar a partir de alguma coisa pré existente. Na verdade , o espiristimo é uma invenção do Alan Kardec a partir de dezenas de outras religiões e seitas":

OU Alan Kardec CRIOU o espiritismo a partir do nada OU ele fez um pastiche de "coisa pre existente".  Os dois nao.

Seu voto: Nenhum (1 voto)
imagem de Orlando
Orlando

O espiritismo não tem nada de cristão!!

DanielQuireza

[[....Espiritismo é uma religião cristã. É só ler os livros do Kardec que verá isso facilmente e não é questão de interpretação não.....]] 

Com o devido respeito, uma coisa é uma coisa e outra coisa é outra coisa. Há dois mil anos atrás começou, com Paulo, a desenvolver-se a teologia e apologéticas cristãs. Depois ao longo do primeiro milénio com a ajuda de Platão, Tomas de Aquino e Agostinho deram as linhas gerais do que seria a teologia/apologética cristãs.

Bases Gerais da teologia apologética cristã, grosso modo, são:

1. Não existe reencarnação;

2. Não existe salvação pelas obras;

3. Só há um intermediário/intercessor entre Deus e os homens: Jesus Cristo; 

4. Não há comunicação com os mortos.

O Cristianismo poderia resumir-se no seguinte: Amai ao próximo como a ti mesmo e a Deus sobre todas as coisas.

Jesus não é um conceito ou pessoa de domínio público. Existem cerca de 30 mil manuscritos biblicos que lidam com isso. Querer apoderar-se dessa ideia/pessoa/ser no século XIX é no minimo apropriação indébita.

Enfim, as diferenças conceituas e teológicas entre Cristinsimo e espiritismo são infinitas e,  em absoluto, o espiritismo é cristão. Recomendo a leitura dos teólogos cristãos Alister MCgrath e, no Brasil, Alexandro Rocha. 

Abs.

 

Seu voto: Nenhum (1 voto)
imagem de Orlando
Orlando

Em função do espiritismo ter

Em função do espiritismo ter se baseado em outras religiões préexistentes em 1857, os espiritas se sentem a vontade "sendo" católicos ou budistas ou outra religião qualquer. Em comum com o mormismo o espiritismo é uma religião do século XIX. Joseph Smith Jr, criador da religião mormon teve sua "visão" em 1820 e Alan kardec teve a sua em 1857 Novamente, em comum, mormismo e espiritismo, ou Joseph Smith Jr e Alan Kardec, "roubam" parte do que seria um dia suas doutrinas, mormon e espiritismo da religião e teologia  cristãs. Nas duas Jesus tem um papel, embora esse papel seja diverso do que o Cristianismo apregoa em sua teologia. 

Em comum, novamente, espiritismo e mormismo, podem - pos mortem - "salvar" seus entes queridos. Isto é, no mormismo todos tem que conhecer sua arvore genealógica para seus mortos e no espiritismo, como no filme Nosso Lar o espirito pode ascender à luz (ser perdoado?) por meio das orações de seus entes queridos. No mormismo é chamada "batismo do mortos"  e no espiritismo tem semelhante.

Seu voto: Nenhum (2 votos)
imagem de Ivan de Union
Ivan de Union

Nao dava pra aprender um

Nao dava pra aprender um pouquinho antes de falar tanta besteira sobre espiritismo?

1-Voce nao pode simultaneamente acusar o espiritismo de ser "colagem" de religioes e de "se basear" em outras religioes!  Ou um ou outro, os dois nao.  2-Nosso Lar nao fala nada a respeito de espirito "ascender aa luz" por meio de oracoes --alias, Fulano "esqueci o nome" reencarna para tirar Laura de perder outra incarnacao.  3-A unica "salvacao" que eh permitida no espiritismo eh A CARIDADE, nada mais.  Finalmente, 4-esse "Jesus" imaginario dos catolicos ja encheu o raio do nosso saco.

Seu voto: Nenhum (3 votos)

De Divaldo para Robson Pinheiro

Veja,principalmente, o sétimo parágrafo:

Terrorismo de natureza mediúnica:


Sutilmente vai-se popularizando uma forma lamentável de revelação mediúnica, valorizando as questões perturbadoras que devem receber tratamento especial, ao invés de divulgação popularesca de caráter apocalíptico.

Existe um atavismo no comportamento humano em torno do Deus temor que Jesus desmistificou, demonstrando que o Pai é todo Amor, e que o Espiritismo confirma através das suas excelentes propostas filosóficas e ético-morais, o qual deve ser examinado com imparcialidade.

Doutrina fundamentada em fatos, estudada pela razão e lógica, não admite em suas formulações esclarecedoras quaisquer tipos de superstições, que lhe tisnariam a limpidez dos conteúdos relevantes, muito menos ameaças que a imponham pelo temor, como é habitual em outros segmentos religiosos.

Durante alguns milênios o medo fez parte da divulgação do Bem, impondo vinganças celestes e desgraças a todos aqueles que discrepassem dos seus postulados, castrando a liberdade de pensamento e submetendo ao tacão da ignorância e do primitivismo cultural as mentes mais lúcidas e avançadas...

O Espiritismo é ciência que investiga e somente considera aquilo que pode ser confirmado em laboratório, que tenha caráter de revelação universal, portanto, sempre livre para a aceitação ou não por aqueles que buscam conhecer-lhe os ensinamentos. Igualmente é filosofia que esclarece e jamais apavora, explicando, através da Lei de Causa e Efeito, quem somos, de onde viemos, para onde vamos, porque sofremos, quais são as razões das penas e das amarguras humanas... De igual maneira, a sua ética-moral é totalmente fundamentada nos ensinamentos de Jesus, conforme Ele os enunciou e os viveu, proporcionando a religiosidade que integra a criatura na ternura do seu Criador, sendo de simples e fácil formulação.

Jamais se utiliza das tradições míticas greco-romanas, quais das Parcas, sempre tecendo tragédias para os seres humanos, ou de outras quaisquer remanescentes das religiões ortodoxas decadentes, algumas das quais hoje estão reformuladas na apresentação, mantendo, porém, os mesmos conteúdos ameaçadores.

De maneira sistemática e contínua,vêm-se tornando comuns algumas pseudorevelações alarmantes,substituindo as figuras mitológicas de Satanás, do Diabo, do Inferno, do Purgatório, por Dragões, Organizações demoníacas, regiões punitivas atemorizantes, em detrimento do amor e da misericórdia de Deus que vigem em toda parte.


Certamente existem personificações do Mal além das fronteiras físicas, que se comprazem em afligir as criaturas descuidadas, assim como lugares de purificação depois das fronteiras de cinza do corpo somático, todos, no entanto, transitórios, como ensaios para a aprendizagem do Bem e sua fixação nos painéis da mente e do comportamento.

O Espiritismo ressuscita a esperança e amplia os horizontes do conhecimento exatamente para facultar ao ser humano o entendimento a respeito da vida e de como comportar-se dignamente ante as situações dolorosas.

As suas revelações objetivam esclarecer as mentes, retirando a névoa da ignorância que ainda permanece impedindo o discernimento de muitas pessoas em torno dos objetivos essenciais da existência carnal.

Da mesma forma como não se deve enganar os candidatos ao estudo espírita, a respeito das regiões celestes que os aguardam, desbordando em fantasias infantis, não é correto derrapar nas ameaças em torno de fetiches, magias e soluções miraculosas para os problemas humanos, recorrendo-se ao animismo africanista, de diversos povos e às suas superstições. No passado, em pleno período medieval, as crenças em torno dos fenômenos mediúnicos revestiam-se de místicas e de cerimônias cabalísticas, propondo a libertação dos incautos e perversos das situações perniciosas em que transitavam.

O Espiritismo, iluminando as trevas que permanecem dominando incontáveis mentes, desvela o futuro que a todos aguarda, rico de bênçãos e de oportunidades de crescimento intelecto-moral, oferecendo os instrumentos hábeis para o êxito em todos os cometimentos.

A sua psicologia é fértil de lições libertadoras dos conflitos que remanescem das existências passadas, de terapêuticas especiais para o enfrentamento com os adversários espirituais que procedem do ontem perturbador, de recursos simples e de fácil aplicação.

A simples mudança mental pra melhor proporciona ao indivíduo a conquista do equilíbrio perdido, facultando-lhe a adoção de comportamentos saudáveis que se encontram exarados em O Evangelho segundo o Espiritismo, de Allan Kardec, verdadeiro tratado de eficiente psicoterapia ao alcance de todos que se interessem pela conquista da saúde integral e da alegria de viver.

Após a façanha de haver matado a morte, o conhecimento do Espiritismo faculta a perfeita integração da criatura com a sociedade, vivendo de maneira harmônica em todo momento, onde quer que se encontre, liberada de receios injustificáveis e sintonizada com as bênçãos que defluem da misericórdia divina.

A mediunidade, desse modo, a serviço de Jesus, é veículo de luz, de seriedade, dignificando o seu instrumento e enriquecendo de esperança e de felicidade todos aqueles que se lhe acercam.

Jamais a mediunidade séria estará a serviço dos Espíritos zombeteiros, levianos, críticos, contumazes de tudo e de todos que não anuem com as suas informações vulgares, devendo tornar-se instrumento de conforto moral e de instrução grave, trabalhando a construção de mulheres e de homens sérios que se fascinem com o Espiritismo e tornem as suas existências úteis e enobrecidas.

Esses Espíritos burlões e pseudossábios devem ser esclarecidos e orientados à mudança de comportamento, depois de demonstrado que não lhes obedecemos, nem lhes aceitamos as sugestões doentias, mentirosas e apavorantes com as histórias infantis sobre as catástrofes que sempre existiram, com as informações sobre o fim do mundo, com as tramas intérminas a que se entregam para seduzir e conduzir os ingênuos que se lhes submetem facilmente...

O conhecimento real do Espiritismo é o antídoto para essa onda de revelações atemorizantes, que se espalha como um bafio pestilencial, tentando mesclar-se aos paradigmas espíritas que demonstraram desde o seu surgimento a legitimidade de que são portadores, confirmando o Consolador que Jesus prometeu aos seus discípulos e se materializou na incomparável Doutrina.

Ante informações mediúnicas desastrosas ou sublimes, um método eficaz existe para a avaliação correta em torno da sua legitimidade, que é a universalidade do ensino, conforme estabeleceu o preclaro Codificador.

Desse modo, utilizando-se da caridade como guia, da oração como instrumento de iluminação e do conhecimento como recurso de libertação, os adeptos sinceros do Espiritismo não se devem deixar influenciar pelo moderno terrorismo de natureza mediúnica, encarregado de amedrontar, quando o objetivo máximo da Doutrina é libertar os seus adeptos, a fim de os tornar felizes.

Vianna de Carvalho
Página psicografada pelo médium Divaldo Pereira Franco, no
dia 7 de dezembro de 2009, durante o XVII Congresso Espírita
Nacional, em Calpe, Espanha.
Em 09.04.2012.

Seu voto: Nenhum (2 votos)

Ulderico

imagem de Ivan de Union
Ivan de Union

Concordo na integra,

Concordo na integra, Ulderico.  A aproximacao da politica aa computacao digital ou quantum nos termos da "parapolitica" eh um desservico aos espiritas.

A politica se ocupa com a aquisicao e delegacao, a computacao com informacoes simbolicas e sua interpretacao, e a quantum mechanica essencialmente com aquisicao de conhecimento.  A aproximacao desses 3 no contexto doutrinario se daria naturalmente:  nao ha "tecnologia" que ja nao esteja incluida em voce.  TODO o conhecimento nos eh doutrinariamente garantido, nao como aquisicao presente ou futura mas como posse eterna mesmo.  Isso independe do saber.  Sim, isso independe ate mesmo do saber.  Espirita nao tem que se preocupar com aquisicoes de propriedade externa:  nem de poder nem de saber nem de tecnologia.

(Eu teria que ler o livro pra saber se dentro do contexto eh valido ou nao como narrativa -e nao tenho duvidas que eu a adoraria, porem, eu so leio livro de ficcao cientifica, computacao, espiritismo, e ciencia mesmo, seria surpresa?)

Seu voto: Nenhum (2 votos)

O livro Os Dragões,

O livro Os Dragões, psicografia de Wanderley de Oliveira,Ivan,e os livros de Robson Pinheiro que tratam do mesmo tema, são de muito cativante leitura, bem escritos, daqueles que prendem a atenção do começo ao fim, mais ainda se o leitor gostar de ficção científica. 

E, por isso, são extremamente perigosos. Sobretudo para uma imensa faixa de leitores espíritas que têm preguiça de ler livros mais tradicionais, como os de Chico Xavier, por considerá-los "difíceis".

A impressão que dá é que os médiuns Robson,Vanderlei,Baccelli, e outros que têm recebido livros sobre o assunto se prestam a intermediários de obssessores muito inteligentes.

Seu voto: Nenhum (4 votos)

Ulderico

imagem de Ivan de Union
Ivan de Union

Cortado acidentalmente: "A

Cortado acidentalmente:

"A politica se ocupa com a aquisicao e delegacao DE PODER", etc.

Seu voto: Nenhum (3 votos)

entrando no clima

Na minha vida o mais próximo que experimentei o misticismo foram alguns lisérgicos do rock progressivo. Yes, pink floyd.


 


Seu voto: Nenhum (4 votos)
imagem de Sorano
Sorano

A doutrina espírita é

A doutrina espírita é riquíssima para nossa evolução. Agora, temos que ter cuidado com as fontes, uma boa dica é seguir a orientação da Federação Espírita Brasileira.

É maravilhoso o despertar espiritual, livre de preconceitos. Hoje, não cabe mais o discurso reducionista de ateus e religiosos (coisa da Idade Média).

A pergunta não é mais "quem" é Deus, mas "que" é Deus. Com os avanços da tecnologia, não há mais como negar os eventos espirituais.

A consciência não é um atributo exclusivo do corpo. A morte é apenas do corpo, não da consciência. Após a morte do corpo, vamos para onde nossa consciência mandar.

 

Seu voto: Nenhum (7 votos)
imagem de Ivan de Union
Ivan de Union

Ate dormindo o governo

Ate dormindo o governo americano fala em dinheiro!

Seu voto: Nenhum (7 votos)
imagem de AMIGO DO POVO
AMIGO DO POVO

Uma coisa, que sempre tento

Uma coisa, que sempre tento fazer como Católico Espírita, fazer o bem, é o melhor caminho para o futuro! 

Seu voto: Nenhum (10 votos)
imagem de Orlando
Orlando

Amigo do Povo Não existe

Amigo do Povo

Não existe católico espirita. Do mesmo modo que não existe ateu cristão. Uma coisa anula a outra.

O Cristianismo, em todas as suas vertentes, não aceita o conceito de reencarnação - base de toda a doutrina espirita. 

Seu voto: Nenhum (8 votos)

E o porquê disso?

A ICAR não aceita a reencarnação apenas por causa de Teodora... Que convenceu o Papa/Imperador romano/Picareta Justiniano a remover esse dogma quando soube que seria reencarnada como escrava e chicoteada todo dia, por causa de seu comportamento com as escravas de seu amado...

Seu voto: Nenhum (2 votos)

Kung Fu Tze disse tudo: "a política de um país deve ser centrada em 3 diretrizes: educação dos jovens, lealdade com os amigos e respeito aos mais velhos"

imagem de DanielQuireza
DanielQuireza

Espiritismo é uma religião

Espiritismo é uma religião cristã. É só ler os livros do Kardec que verá isso facilmente e não é questão de interpretação não. 

Ademais, ninguem tem a primazia sobre o cristianismo já que Jesus viveu e deixou seus ensinamentos aos apóstolos. 

É algo histórico, independente de religioes, que foram criadas, todas, a posteriori.

Seu voto: Nenhum (6 votos)

Mas existe o espírita

Mas existe o espírita católico, o Espiritólico.

Adora palestras cheias de piadas, com musiquinhas cantadas, é viciado em passe como quem o é em hóstias, adora o regime de confissões do tal "atendimento fraterno" e não gosta muito de estudar, preferindo "orientações dos guias".

Seu voto: Nenhum (8 votos)

Ulderico

imagem de DanielQuireza
DanielQuireza

Sem dúvida nenhuma a

Sem dúvida nenhuma a influencia do catolicismo no espiritismo é muito grande. Tem também a questão do coitadismo, que é mais um traço da  influencia católica no espiritismo, coisa que os evangèlicos, por exemplo, não possuem, a meu ver.

Mas enfim, é uma religião livre, cada um faz o que quer, melhor que continue assim.

Seu voto: Nenhum (4 votos)
imagem de AMIGO DO POVO
AMIGO DO POVO

Tem algumas coisas que admiro

Tem algumas coisas que admiro na relegião Católica e outras na Espírita, por isso me considero Católico Espirita, como milhoões de outros brasilieros. Se fizer uma pesquisa vai dar isso. Para mim  fazer o bem,  está acima das religiões.  Se houver uma inquisição para perseguir esse meu pensamento, quem vai perder é quem não leva fé no bem! 

Seu voto: Nenhum (10 votos)
imagem de Orlando
Orlando

Como cristão nunca me atrevi

Como cristão nunca me atrevi a escrever um post  sobre religião no blog do Nassif. 

Respeito o espiritismo, pois na família e amigos, há muitos que professam essa fé. No entanto, o filme Nosso Lar/livro, ao colocar o mundo espiritual "acima" do Rio de Janeiro só demonstra que o "escritor" não conseguia se libertar nem das suas fronteiras fisicas, ou geográficas -, pois o Rio de Janeiro era seu habitat, ou lar, quanto mais saber o que acontecia no mundo espiritual.

Alan Kardec, criador da doutrina espirita, não é lembrado com orgulho nem na França. Sua terra natal.  

O espiritismo está no mesmo nível da doutrina mormon: uma colagem de outras religiões e povos.

Seu voto: Nenhum (9 votos)
imagem de Falcão
Falcão

Caro amigo, não fique

Caro amigo, não fique preocupado. Em breve nós iremos largar essa nossa vestimenta primária - nossa carne servirá como algum adubo - aí, então, você poderá emitir uma melhor opinião. Somos eternos...Caso queira aprofundar-se com o princípio da Descrença, vá até o site do IIPC (http://www.iipc.org/) (Não acredite em nada. Nem mesmo no que você ler neste site. Experimente. Tenha as suas experiências pessoais.)

 

Seu voto: Nenhum (1 voto)

Então, na verdade, você não

Então, na verdade, você não respeita o Espiritismo.

Não há problema algum nisso mas, para argumentar :

1-Allan Kardec não é o criador do Espiritismo , e sim seu codificador. E Jesus não é muito lembrado  na região em que viveu e pregou, onde a imensa  maioria é judia ou muçulmana.

2-O catolicismo é uma colagem do judaísmo com práticas e crenças pagãs.

Nada há de novo sob o Sol.

Seu voto: Nenhum (9 votos)

Ulderico

imagem de Ivan de Union
Ivan de Union

"O espiritismo está no mesmo

"O espiritismo está no mesmo nível da doutrina mormon: uma colagem de outras religiões e povos":

Uma colagem DO MELHOR de todas as religioes e povos.  Com muito orgulho.

Quem diria o mesmo dos mormons?

Seu voto: Nenhum (10 votos)
imagem de DanielQuireza
DanielQuireza

Não conheço a religião deles,

Não conheço a religião deles, mas conheço alguns mórmons ótimas pessoas, a religião deve ser boa também.

Seu voto: Nenhum (5 votos)

Comentar

O conteúdo deste campo é privado e não será exibido ao público.
CAPTCHA
Esta questão é para testar se você é um visitante humano e impedir submissões automatizadas por spam.