Revista GGN

Assine

Blog de Centro de Referências em Educação Integral

Mudanças no PME de São Paulo voltam a ser debatidas na Câmara dos Vereadores

Debate sobre financiamento e acerca das políticas de gêneros voltam ao plenário; novo substitutivo será colocado em votação nesta sexta

Por Ana Luiza Basílio do, Centro de Referências em Educação Integral

A Comissão de Finanças e Orçamento da Câmara de Vereadores de São Paulo voltou a debater o Plano Municipal de Educação (PME) na quarta-feira (17/06). Em debate, mais uma vez, as discussões relacionadas às metas voltadas a políticas de igualdade de gêneros, tal como ocorrido na semana passada.

Leia mais »

Média: 2 (2 votos)

Termos “gêneros”, “orientação sexual” e “educação sexual” são retirados do PME de São Paulo

Por Dafne Melo do, Centro de Referências em Educação Integral

Retrocessos também estão presentes nos debates relacionados ao financiamento da educação paulistana

Na manhã do dia 10 de junho, dezenas de pessoas se aglomeravam em frente à porta de uma das salas de audiência da Câmara de Vereadores de São Paulo, na esperança de entrar ao plenário, já ocupado em sua capacidade máxima. Representantes de grupos cristãos, munidos de bíblias, terços e crucifixos, misturavam-se, disputando espaço, a ativistas pelos direitos das mulheres e da comunidade de Lésbicas, Gays, Bissexuais, Travestis e Transgêneros (LGBTT), vestidos de violeta, com bandeiras coloridas e cartazes nas mãos. A proximidade, entretanto, parou por aí.

Leia mais »

Média: 2.2 (5 votos)

“A cultura é matéria prima da educação e do desenvolvimento”, avalia Tião Rocha

Para o educador popular, é preciso considerar o que as pessoas querem, sabem e fazem para que se alcance uma formação integral

Por Ana Luiza Basílio do, Centro de Referências em Educação Integral

Tião Rocha é educador popular há mais de 30 anos. Ainda assim, se diz aprendiz. “No sentido de aprender o Outro, de fazer uma leitura densa de como as pessoas se veem, como elas veem o mundo e como participam disso”, esclarece. Para ele, esse entendimento foi determinante para repensar suas práticas e promovê-las a favor do diálogo com a cultura própria de cada indivíduo, reconhecendo-a como ponte de partida para um processo de conhecimento.

Leia mais »

Média: 2.2 (5 votos)

Novo corte orçamentário do MEC pode afetar programas de Educação Integral

Governo não se pronunciou sobre os impactos na educação básica, mas especialistas indicam que áreas também serão afetadas

Por Suzanna Ferreira do, Centro de Referências em Educação Integral

“A formação de professores na educação básica é uma das principais prioridades do governo”. A afirmação foi feita pelo Ministro da Educação, durante audiência pública que ocorreu na terça (9/6), na Comissão de Educação, Esporte e Cultura do Senado Federal, em Brasília. A fala faz parte de outros recentes pronunciamentos públicos do ministro, a respeito do último corte orçamentário promovido pelo Ministério da Educação (MEC).

Leia mais »

Média: 2.5 (4 votos)

Orçamento participativo empodera comunidade educativa de Ipatinga

Do Centro de Referências em Educação Integral

Experiência iniciada em 2013 aposta nas escolas como unidades executoras de seu orçamento, em diálogo com alunos, familiares e comunidade do entorno.

Por Ana Luiza Basílio do, Centro de Referências em Educação Integral

A discussão sobre a elaboração de uma política pública orçamentária participativa no âmbito educacional teve início em 2013 no município de Ipatinga (MG), a partir de uma demanda da comunidade escolar por mais transparência na aplicação dos recursos. O mais comum na rede municipal de educação, composta por 37 escolas, era que os conselhos escolares definissem o investimento de parte dos recursos descentralizados das instituições. No entanto, com o passar do tempo, essas instâncias iam perdendo poder em relação ao regimento interno da escola e essas decisões acabavam centralizadas no gestor, sem envolvimento dos demais atores.

Leia mais »

Média: 3.5 (4 votos)

Quando a educação dá lugar à repressão

Especialistas criticam a ações da Polícia Militar, via Batalhão Escolar, em escola do Distrito Federal; estudantes foram revistados ao menos seis vezes dentro da sala de aula

Por Ana Luiza Basílio do, Centro de Referências em Educação Integral

Leia mais »

Média: 3 (5 votos)

Como nasce uma escola: formação continuada amplia aprendizagens de professores e estudantes

Do Centro de Referências em Educação Integral

Na quarta reportagem da série Como nasce uma escola?, o Instituto Casa Viva Educação e Cultura, de Belo Horizonte, conta ao Centro de Referências em Educação Integral como lida com a formação continuada dos professores.

 

Por Ana Luiza Basilio do, Centro de Referências em Educação Integral

Leia mais »

Média: 2.8 (4 votos)

Jornada internacional propõe reflexão sobre a educação nas regiões Norte e Nordeste

Evento que será realizado em Fortaleza contará com diversos painéis relacionados ao tema da educação integral

Leia mais »

Média: 2 (2 votos)

Planos de educação: a articulação de estados e municípios

Por Ana Luiza Basílio 

Do Centro de Referências em Educação Integral

Prazo para elaboração dos projetos de lei que definirão as diretrizes educativas para os entes federados na próxima década está perto do fim

A quase um mês para o término do prazo de aprovação da lei que cria os planos estaduais e municipais de educação, que se encerra em 24 de junho, os entes federados se encontram em diferentes etapas do processo de conclusão. Segundo os dados da página Planejando a Próxima Década – Alinhando os Planos de Educação, mantida pelo Ministério da Educação (MEC), apenas três estados possuem a lei já sancionada; os demais variam entre as fases de elaboração do documento base e encaminhamento do projeto de lei ao Legislativo.

No casos dos municípios, 2,3% possuem lei aprovada ou sancionada; 12% possuem o projeto em alguma instância de tramitação e 16% ainda não concluíram a etapa do diagnóstico. Essa demanda está prevista em lei, no artigo 8º do Plano Nacional de Educação (PNE) que define que os territórios têm um ano, a partir da data de publicação do PNE, para elaborar seus planos correspondentes , ou adequar os anteriormente existentes.

Leia mais »

Média: 4.3 (4 votos)

Amar se aprende amando, ler se aprende lendo

A especialista Christine Fontelles reflete sobre a importância da leitura, uma experiência repleta de altos e baixos, no desenvolvimento integral dos indivíduos

Por Christine Fontelles* - Colaboradora do Centro de Referências em Educação Integral

Leia mais »

Média: 3 (2 votos)

Escola Comunitária Cirandas: o diálogo como base para a diversidade

A instituição nasceu em Paraty (RJ), a partir de uma demanda local por uma escola em consonância com as necessidades da comunidade.

Por Ana Luiza Basílio do, Centro de Referências em Educação Integral

 

“Contemplar a diversidade”. Essa é uma das principais tônicas da Escola Comunitária Cirandas que, em seu primeiro ano de existência, vem constantemente se repensando para garantir a diretiva em seus processos. A instituição nasceu em fevereiro de 2014, em Paraty (RJ), a partir de uma demanda local por uma escola mais humana, significativa e em consonância com as necessidades da comunidade.

O desenho sobre o qual a instituição se molda nasceu de um esforço coletivo de educadores e pais em diálogo com diversos contextos socioeconômicos e culturais. Uma das diretrizes dessa estrutura é a natureza sem fins lucrativos da unidade, vinculada ao Instituto Oju Moran, que garante bolsas de estudos a 50% de seus alunos, sendo 25% integrais e 25% parciais.

Leia mais »

Média: 5 (2 votos)

5 Atitudes pela Educação: curso tem inscrições abertas

Curso "5 Atitudes pela Educação" tem inscrições abertas até 15 de maio; temas tratam da qualidade da educação

Do Centro de Referências em Educação Integral

 

Enriquecer a formação de gestores da rede pública de ensino. Esse é o objetivo do curso 5 Atitudes pela Educação, oferecido pela Moderna, em parceria com o Todos pela Educação, apoio da Fundação Santillana e implementação do Instituto Singularidades. As inscrições estão abertas até 15 de maio.

Oferecida em formato MOOC e estruturada em ambiente virtual de aprendizagem, a iniciativa sustenta-se na proposta de fomentar em larga escala, através de recursos, ambientes e práticas uma aprendizagem colaborativa, uma pauta de discussão entre coordenadores pedagógicos, diretores e professores em torno das 5 Atitudes, contribuindo para a qualificação da educação brasileira.

Leia mais »

Sem votos

Seminário Internacional "Práticas para uma Cidade Educadora" acontece no RJ

Organizado pelo Centro de Referências e MAIS, evento acontecerá nos dias 11 e 12 de junho. Inscrições estão abertas.

Da Redação do. Centro de Referências em Educação Integral

Qual a relação entre escolas e cidades? Como aprender no e com o território? Que modelos existem para extensão da jornada escolar? Com a proposta de responder estas e outras questões, o Movimento de Ação e Inovação Social (MAIS) e o Centro de Referências em Educação Integral realizarão, nos dias 10 e 11 de junho, na capital fluminense, o Seminário Internacional de Educação Integral: Práticas para uma Cidade Educadora.

O evento, que conta com patrocínio da Petrobrás e apoio do Movimento DownObservatório de Favelas e da Associação Cidade Escola Aprendiz, é gratuito e congregará diferentes tipos de atividade: painéis de debate, oficinas de experimentação e vivências, além de duas conferências internacionais sobre a integração entre escolas e territórios.

Confira a programação preliminar:

Leia mais »

Sem votos

Universalização do ensino básico esbarra em 60 milhões de crianças fora da escola

Sociólogo Jorge Werthein problematiza cenário frente ao desenvolvimento sustentável necessário em um mundo que demanda cada vez mais informação e conhecimento.

Por Ana Luiza Basílio do, Centro de Referências em Educação Integral

Os Objetivos de Desenvolvimento do Milênio foram projetados para 2015. Mas, a sete meses para o término do ano, o cumprimento deles causa preocupação, sobretudo quando se olha para o de número dois que prevê a universalização do ensino básico.

O tema foi debatido pelo sociólogo Jorge Werthein no artigo Agenda em Aberto, publicado pelo O Globo no último mês de abril. No texto, o autor chama a atenção para as quase 60 milhões de crianças que estão fora da escola no mundo e questiona a promoção de um desenvolvimento sustentável diante de populações que mal sabem ler e escrever.

Leia mais »

Média: 5 (1 voto)

“Os desenhos são formas de conhecer as crianças em suas condições sociais, culturais e históricas”

A pesquisadora e professora Marcia Gobbi aborda o papel das criações infantis frente ao desenvolvimento integral das crianças.

Por Ana Luiza Basílio do, Centro de Referências em Educação Integral

Leia mais »

Sem votos

Semana de Ação Mundial debate PNE e Educação Para Todos

Da Redação do Centro de Referências em Educação Integral

A Semana de Ação Mundial é uma iniciativa da Campanha Global pela Educação (CGE) e acontece em mais de 100 países, desde 2003. No ano de 2015, o mote internacional da SAM será o “Balanço do Programa Educação para Todos (EPT) e Proposição para o pós-2015”.

No Brasil, a SAM acontecerá entre os dias 21 e 27 de junho, data que marca um ano da sanção do Plano Nacional de Educação. O tema irá permear boa parte da discussão em torno do primeiro ano de implementação do PNE. O outro tema importante será o balanço do Programa Educação para Todos.

Leia mais »

Média: 3.5 (2 votos)

Como a sociedade pode modificar a realidade das escolas

Do Centro de Referências em Educação Integral

No dia 13 maio, a Agência Multimídia de Difusão Científica e Educacional Ciência Web, um projeto do Instituto de Estudos Avançados (IEA) da USP em São Carlos promove o quarto Seminário do Ciência Web.

Com o tema “Iniciativas da Sociedade Civil e do Terceiro Setor pela Educação”, o evento terá palestras sobre ações que estão transformando a realidade de várias escolas e estudantes em diferentes localidades do País.

Leia mais »

Média: 3.5 (2 votos)

A provável liberação da 2ª parcela do Mais Educação de 2014

Por Dafne Melo

Do Centro de Referências em Educação Integral

O Ministério da Educação já teria iniciado o processo de liberação da segunda parcela da verba destinada às escolas que aderiram ao programa Mais Educação. Questionada pela reportagem, a assessoria de imprensa do MEC não confirmou a informação. Apenas informou, por meio de uma nota, que o Ministério, via Fundo Nacional de Desenvolvimento da Educação “liberou em 2014 R$ 1,121 bilhão para 49.043 escolas participantes do programa”, sem especificar se a verba é referente à primeira ou à segunda parcela.

Segundo reportagem do Centro de Referências em Educação Integral publicada no fim de março, secretarias de educação, gestores e docentes afirmam que a segunda parcela do Mais Educação de 2014 está atrasada, informação que o MEC tampouco confirma.

Leia mais »

Média: 5 (1 voto)

Glossário: Sistema de Garantia de Direitos

Veja como o funcionamento do sistema pode ser compreendido a partir de três grandes eixos: Defesa, Promoção e Controle. 

Por Julia Dietrich do, Centro de Referências em Educação Integral

 

Sistema de Garantia de Direitos é a articulação e a integração de instituições e instâncias do poder público na aplicação de mecanismos de promoção, defesa e controle para a efetivação dos direitos da criança e do adolescente, nos níveis federal, estadual, distrital e municipal, efetivando as normativas do Estatuto da Criança e do Adolescente  (ECA), marco legal brasileiro de 1990.

Para que o sistema funcione como um mecanismo fluído e permanente, é preciso que estes componentes (sociedade civil e governos) estejam articulados e integrados, compartilhando responsabilidades e atuando a partir de suas searas de atuação para um fim comum. Juntas, “as peças” que compõem o sistema devem elaborar estratégias e ações que dialoguem com o cenário local (município, comunidade, centros de educação e assistência) e com a política nacional.

Leia mais »

Média: 3.5 (2 votos)

Especialistas tecem críticas ao documento Pátria Educadora

Em versão preliminar, texto elaborado pela Secretaria de Assuntos Estratégicos não dialoga com as principais demandas educacionais do país.

Por Ana Luiza Basílio do, Centro de Referências em Educação Integral

 

Nas últimas semanas veio a público o documento Pátria Educadora: a Qualificação do Ensino Básico como Obra de Construção Nacional, elaborado pela Secretaria de Assuntos Estratégicos (SAE) da Presidência da República. A versão preliminar foi divulgada em caráter não oficial visto que, como apurou o Centro de Referências, sua consolidação passa por um processo dialógico com a presidente Dilma Rousseff, ainda não finalizado segundo o que informou a assessoria de imprensa da SAE. De qualquer forma, a publicação, amplamente divulgada, vem ecoando entre especialistas que incidem em uma agenda por uma educação de qualidade, equânime e significativa, prevendo o desenvolvimento integral dos estudantes. Confira as opiniões!

Leia mais »

Média: 2.6 (5 votos)

Tião Rocha reflete sobre caminhos para uma Pátria Educadora

Educador Tião Rocha tece reflexões a partir do documento preliminar Pátria Educadora e as direciona ao ministro Mangabeira Unger

Da Redação do Centro de Referências em Educação Integral

Prezado Ministro Roberto Mangabeira Unger,

Tomei conhecimento do seu documento preliminar, refletindo e propondo caminhos na direção de um Brasil, Pátria Educadora. Como o Sr. mesmo sugere e estimula, comentários e outras reflexões são bemvindos. E é exatamente a partir desta provocação que me permito dar meus pitados e contribuir. Assim espero.

No dia 1 de maio de 2014, ou seja, há exatamente um ano, eu assisti pela TV o pronunciamento da Presidenta da República Dilma Rousseff. Naquela oportunidade ela falava, entre várias coisas, sobre os avanços e os desafios, o pré-sal e, em dado momento, ela afirmou…”precisamos fazer do Brasil, uma Pátria Educadora”. E continuou sua fala.

Leia mais »

Média: 3.7 (3 votos)

A visita de Renato Janine Ribeiro ao Cenpec

Cumprimento do PNE, formação docente e de gestores foram alguns dos temas abordados na reunião

Por Elizangela Fernandes do CENPEC, da Rede de Noticias do Centro de Referências em Educação Integral

Na tarde terça-feira, 14 de abril , o Ministro da Educação, Renato Janine Ribeiro, visitou a sede do Cenpec, em São Paulo. Durante a reunião, que durou pouco mais de duas horas, foram discutidos os desafios da formação dos professores e dos gestores escolares e o enfrentamento das desigualdades educacionais. Participaram do encontro Maria Alice Setubal, presidente do conselho de administração; Anna Helena Altenfelder, superintendente; Antônio Augusto Gomes Batista, coordenador de desenvolvimento de pesquisas; e Maria Amabile Mansutti, coordenadora técnica, todos da equipe Cenpec. Também estiveram presentes Binho Marques, secretário de Articulação com os Sistemas de Ensino  (Sase/Mec), e Thiago Thobias, diretor de Políticas de Educação do Campo, Indígena e para as Relações Étnico-Raciais da Secadi  (Secretaria de Educação Continuada, Alfabetização, Diversidade e Inclusão).

Leia mais »

Média: 3.4 (5 votos)

Como nasce uma escola: a gestão democrática na educação integral

Na terceira reportagem da série Como nasce uma escola?, o Instituto Casa Viva Educação e Cultura, de Belo Horizonte, conta ao Centro de Referências em Educação Integral como vem se constituindo a experiência de efetivar a gestão democrática dentro da instituição.

Por Ana Luiza Basílio do, Centro de Referências em Educação Integral

 

 

Prestes a completar dois meses de existência no mês de abril, a escola já começou a por em prática um modelo de gestão que parte do entendimento de que a organização escolar deve ser menos verticalizada. Christian Bravo, associado e também professor de Filosofia e Sociologia, observa que geralmente as escolas têm um corpo pedagógico separado do administrativo e este, por sua vez, acaba centralizando as demandas, colocando-se no topo de uma pirâmide hierárquica. “A nossa ideia é justamente fazer com que isso aconteça de maneira horizontal e estabelecer relações iguais entre os pares, sem princípios de poder em que um manda e outro obedece”, explica.

Leia mais »

Média: 3 (2 votos)

EMEI Gabriel Prestes entende a cidade como extensão da escola

 "A nossa responsabilidade é devolver a cidade para as crianças", diz coordenadora.

Por Ana Luiza Basílio do, Centro de Referências em Educação Integral

Localizada em uma das principais vias urbanas da cidade de São Paulo, a Rua da Consolação, a escola tem como benefício um entorno “efervescente de possibilidades”, principalmente quando se pensa a conexão com os demais equipamentos territoriais para ampliar as possibilidades educativas das crianças, como a Biblioteca Mário de AndradeBiblioteca Infantojuvenil Monteiro Lobato, Praça Roosevelt, Parque Augusta, Sesc Consolação, Cemitério Consolação e outros espaços.

Por outro lado, essa localização também reforça a luta da escola pelo direito à cidade, como explica Naíme. “Estamos no palco das manifestações que, até 2013, eram desejáveis por serem uma festa da cidadania. De lá para cá, no entanto, elas se tornaram hostis e violentas, nem parece que circulam crianças por aqui”, condena a especialista. Ela conta que, ideologicamente, a escola adotou o termo “territórios das infâncias” que tem o objetivo de tornar visível aos outros essa etapa da vida. “Saímos pras ruas com cantos, gritos de guerra. A ideia é que nos vejam”, reforça.

Leia mais »

Média: 5 (2 votos)

“Projeto Independente” dá todo poder aos estudantes

Escola norte-americana aposta em projeto baseado na autogestão estudantil e liberdade de escolha dos conteúdos.

Por Dafne Melo do, Centro de Referências em Educação Integral

 

O “Projeto Independente“, da escola Monument Mountain Regional High School, localizada na cidade de Great Barrington, em Massachussets, nos Estados Unidos,  foi criado em 2010 por um dos próprios estudantes, Samuel Levin. Ele define sua criação como “uma escola dentro de uma escola”. O programa tem a duração de um semestre e ocorre em tempo integral e congrega estudantes de diferentes perfis e séries do ensino médio. A regra de ouro é: “aprenda a aprender”. 

A motivação de Samuel foi perceber que não só ele, mas a maioria de seus colegas “passava seis horas do dia, 180 dias do ano, sendo infelizes”. O adolescente sonhou com uma escola onde os jovens poderiam estudar aquilo que realmente os motivasse, instigasse e apaixonasse. Uma escola que os escutasse. “É uma loucura que em um sistema que foi feito para ensinar e ajudar aos jovens, eles não tenham nenhuma voz”, explica Peter Boyce, outro participante.

Leia mais »

Média: 5 (1 voto)

Direito à educação para pessoas com deficiência é tema de audiências públicas

Da Redação do, Centro de Referências em Educação Integral

Tem início na próxima sexta, 17 de abril, um ciclo de audiências públicas sobre direito à educação para pessoas com deficiência e os apoios na escola para inclusão. A iniciativa do Núcleo dos Direitos do Idoso e da Pessoa com Deficiência da Defensoria Pública tem como objetivo ouvir a sociedade civil sobre a falta destes apoios e colher contribuições para instrução de um procedimento administrativo que trata da ausência de agentes de inclusão nas escolas públicas.

Leia mais »

Média: 5 (1 voto)

Glossário: Intersetorialidade na Educação Integral

Na Educação Integral, a intersetorialidade instaura uma aliança estratégica entre os atores sociais (pessoas) e forças (instituições).

Da redação do Centro de Referências em Educação Integral

 

desenvolvimento integral das crianças, adolescentes e jovens não pode ser enfrentado sem um trabalho articulado de atores sociais e institucionais, ou seja, entre as pessoas, instituições e políticas que constituem a vida dos estados, municípios e comunidade. E é o diálogo entre esses diversos setores que permite construir um conjunto de ações integradas, capazes de responder com maior eficiência aos desafios propostos plea educação integral.

Para que territórios, escolas e instituições educativas respondam a esse desafio,  é necessário que se forme uma rede intersetorial (com habilidades e expertises diversas) capaz de olhar para as diversas dimensões de um indivíduo: física, intelectual, social, afetiva e simbólica.

Leia mais »

Sem votos

Paulo Freire em seu devido lugar

Por Ana Luiza Basílio

Do  Centro de Referências em Educação Integral

“Chega de doutrinação marxista. Basta de Paulo Freire”. “É preciso colocar Paulo Freire em seu devido lugar, que é o lixo da história”. Esses foram alguns ecos decorrentes das manifestações contra o governo no mês de março, que reuniram pessoas nas ruas de várias capitais brasileiras.

Por que Paulo Freire incomoda? A quem? O que esses discursos revelam? Levamos os questionamentos a alguns especialistas, com o intuito de resgatar parte da história e da contribuição do educador pernambucano, declarado patrono da educação brasileira em 2012, pela lei 12.612, sancionada pela presidente Dilma Rousseff.

Leia mais »

Média: 5 (3 votos)

Mesmo com prazo perto do fim, apenas 3,5% dos municípios já têm novo PME

Por Dafne Melo

Do Centro de Referências em Educação Integral

A dois meses e meio para o fim do prazo para a aprovação dos Plano Municipais de Educação (PME), a maioria dos 5.570 municípios brasileiros ainda não chegou à metade do processo para efetivar a aprovação de seus novos planos.

De acordo com as informações do site do Ministério da Educação, que monitora os planos diariamente, apenas 1,2% dos municípios já teve o projeto de lei que estabelece seu PME aprovado e/ou sancionado. Mais da metade, 55%, ainda não chegou à etapa de finalização do diagnóstico, uma das mais importantes do processo. Leia mais »

Média: 5 (1 voto)

Comitê de Educação Integral da Bahia divulga carta manifesto em apoio ao Mais Educação

Comitê Territorial de Educação Integral da Bahia divulga carta manifesto em apoio à manutenção do Mais Educação.

Por Ana Luiza Basílio do, Centro de Referências em Educação Integral

 

No último dia 31 de março, o Comitê Territorial Baiano de Educação Integral Integrada (CTBEII) divulgou uma Carta Manifesto em defesa do Mais Educação, política do governo federal de indução da educação integral. As entidades que assinam o manifesto pedem uma reunião em caráter de urgência ao novo ministro da Educação, Renato Janine Ribeiro.

A iniciativa se dá em um contexto de atraso no repasse das verbas do programa Mais Educação. Além disso, o Centro de Referência em Educação Integral apurou que há uma possível mudança dentro da Diretoria de Currículos e Educação Integral, encabeçada pelo secretário Manuel Palácios, que passaria a se chamar Diretoria de Currículos e Padrões da Educação Básica. Dentro dela, a coordenação-geral de Educação Integral seria extinta. As especulações têm gerado preocupação em especialistas e educadores que defendem a educação integral.

Leia mais »

Média: 5 (3 votos)