Revista GGN

Assine

Na Sala de Visitas com Luis Nassif

Sala de visitas: estudo comprova politização do Judiciário em SP

Nesta edição: Luciana Zafallon destrincha parcialidade da Justiça, Felipe Rezende os erros da política econômica de Dilma e, direto do Congo, Yannick Delass 

Nesta edição, Nassif entrevista Luciana Zafallon que analisa parcialidade do Sistema de Justiça Paulista, o economista Felipe Rezende sobre os erros da política econômica e o músico do Congo Yannick Delass
 
Jornal GGN – O relatório ‘Índice de Confiança na Justiça’ (ICJBrasil), produzido pela Escola de Direito de São Paulo da Fundação Getúlio Vargas, divulgado em outubro de 2016, apontou que o Poder Judiciário carrega apenas 29% da confiança da população, mostrando que a exposição diária dessa instituição do sistema democrático brasileiro pelos principais meios de comunicação no país, apresentando a atuação do Judiciário até que de forma positiva nos casos de grande repercussão nacional, não impacta no sentimento que o cidadão brasileiro possui em relação a esse poder. 
 
A histórica relação patrimonialista, considerada pela sociologia como raiz da corrupção nos poderes políticos brasileiros, pode explicar essa percepção negativa, pelo menos é o que aponta o livro Uma Espiral Elitista de Afirmação Corporativa: Blindagens e Criminalizações a partir do Imbricamento das Disputas do Sistema de Justiça Paulista com as Disputas da Política Convencional (Hucitec), dessa vez desenvolvida pela coordenadora do Instituto Brasileiro de Ciências Criminais (IBCCRIM) e ex-ouvidora-geral da Defensoria Pública do Estado de São Paulo, Luciana Zafallon
 
O trabalho é fruto de tese de doutorado de Zafallon pela Fundação Getúlio Vargas. Nessa entrevista para o programa Na sala de visitas com Luis Nassif, a pesquisadora destaca o ponto central do seu livro que é a politização do judiciário e como o fenômeno que desestabiliza o equilíbrio dos poderes constitucionais. 
Leia mais »
Média: 4.2 (10 votos)

Sala de Visitas, com Luis Nassif, entrevista Anastácia, a rainha do forró

Luis Nassif recebe também, nesta edição, Renato Meirelles, do Instituto de Pesquisa Locomotiva, e Mari Pini, sobre o Mercado Buenos Artes, feira de artesãos proibida pela gestão Dória
Luis Nassif recebe também, nesta edição, Renato Meirelles, do Instituto de Pesquisa Locomotiva, e Mari Pini, sobre o Mercado Buenos Artes, feira de artesãos proibida pela gestão Dória

Jornal GGN - Nesta edição do Sala de visitas com Luis Nassif abrimos com uma instigante entrevista do fundador e presidente do Data Favela e do Data Popular, hoje presidente do Instituto de Pesquisa Locomotiva, Renato Meirelles, analisando o desafio da repactuação entre cidadãos e políticos entendendo que a crise democrática brasileira está longe de chegar ao fim.

O primeiro ponto que levanta nesta entrevista é que, para a grande maioria dos brasileiros, a melhora da qualidade de vida registrada nas duas últimas décadas foi possível graças ao mérito próprio de cada cidadão, não enxergando a importância das políticas pública implementadas tanto no governo Fernando Henrique Cardoso e, massivamente, a partir dos governos Lula. Nesse ponto, Meirelles avalia que os governantes erraram em não enxergar esse posicionamento dos brasileiros, que já era indicado nas pesquisas de opinião.

"Os governantes não foram capazes de comprar esse debate na sociedade e mostrar a importância que as políticas públicas tiveram para esse processo de inclusão. [Em um segundo momento], na hora que a vida começou a piorar, ele [o brasileiro médio] não acha que a culpa é dele, a culpa é dos políticos. Então, na prática, foi como se ele melhorasse de vida por mérito próprio, piorasse por conta da política e que isso fizesse com que esse abismo que existe hoje entre governantes e governados começasse a crescer".
Leia mais »

Média: 5 (4 votos)

Sala de visitas: Pedaladas, o delito de Dilma Rousseff

Nesta edição Nassif entrevista João Villaverde, autor de Perigosas Pedaladas, Rita Lisauskas, jornalista, autora de "Mãe sem Manual" e a dupla Prettos

Nesta edição Nassif entrevista João Villaverde, autor de Perigosas Pedaladas, Rita Lisauskas, jornalista, autora de "Mãe sem Manual" e a dupla Prettos

Jornal GGN – Nesta edição, o Sala de visitas com Luis Nassif abre com a entrevista do jornalista e autor do livro-reportagem Perigosas Pedaladas – Os bastidores da crise que abalou o Brasil e levou ao fim o governo Dilma Rousseff (Geração Editorial, 2016). Villaverde faz uma análise profunda dos fatores que antecederam o golpe político que derrubou a ex-presidente calçado por uma manobra fiscal realizada por todos os governos anteriores ao da petista, mas que na sua gestão ganhou proporções que chamaram a atenção dos seus inimigos políticos dando munição para sua derrocada.

Em segunda, Nassif entrevista a jornalistas e autora do “Mãe sem Manual” (Belas Letras), Rita Lisauskas onde aborda os desafios e delícias de ser mãe, tema da sua coluna no Estadão. "Quando o meu filho nasceu, e as redes sociais começaram, eu escrevia sobre uma maternidade que não era daquela da propaganda de shampoo, não idealizada, era a realidade". A partir da experiência e do feedback de colegas a jornalista foi incentivada a fazer um blog que ficou cerca de um ano no portal da Trip e depois foi para o Estadão.

"A minha maternidade é muito engajada e eu só fui vendo isso aos poucos, porque os meus textos não são idealizados. A partir do momento que você mostra que ser mãe é muito difícil hoje em dia, acaba puxando outros assuntos do porquê a maternidade é tão difícil. A maternidade é tão difícil porque você vai para o hospital e não tem o parto normal como você tanto sonhava, como se sua gestação não fosse sua e não tivesse suas regras, começa daí", destaca um dos exemplos da pegada feminista que acabou desenvolvendo ao elaborar nos textos os desafios da maternidade para a mulher desse século.
Leia mais »

Média: 5 (6 votos)

Sala de visitas: reformas denunciam aprofundamento de racha social

Nesta edição Nassif entrevista cientista político Mathias Alencastro, procurador Rodrigo Carelli e, no bloco de música, Iasi e Iaco
 
Nesta edição Nassif entrevista cientista político Mathias Alencastro, procurador Rodrigo Carelli e, no bloco de música, Iasi e Iaco
 
Jornal GGN - Ninguém sabe ao certo quando a onda mundial da crise política chegará ao fim, mas alguns caminhos começam a ser desenhados, sobretudo na Europa, e um deles é a terceira via levantada pelo novo presidente da França, Emmanuel Macron. Nesta edição do programa Na sala de visitas com Luis Nassif, o cientista político especialista em política europeia e doutor pela Universidade de Oxford, Mathias Alencastro, se aprofunda no tema salientando que a crise de representatividade é também alimentada pelos novos meios de comunicação:
 
"As redes sociais dão uma ilusão da representatividade porque o cidadão faz um comentário no Facebook e acha que está participando e, por isso, se desliga dos canais tradicionais da política: o sindicato, o think tanks, o jornalista que faz uma investigação profunda, e acaba havendo uma sensação de representatividade que é totalmente falsa, o que resulta em uma fragmentação absoluta. Nós já não pensamos mais o coletivo, pensamos no individual. E isso é bastante complicado na forma de fazer política, porque você não consegue coordenar mais os movimentos".
 
Em seguida, Luis Nassif entrevista por Skype o professor da UFRJ e procurador do trabalho, Rodrigo de Lacerda Carelli, que desconstrói todos os argumentos em favor da reforma do trabalho em discussão no Congresso sendo, uma delas, de que as alterações irão melhorar a produtividade. Muito pelo contrário, a reforma aumentará a rotatividade nos empregos reduzindo drasticamente as atividades no trabalho. 
Leia mais »
Média: 4.2 (5 votos)

Sala de visitas: aprofundar democracia é única saída contra crise

Nesta edição, Luis Nassif recebe Deputado Paulo Teixeira, historiador Daniel Afonso da Silva e o violão de Daniel Murray

Nesta edição: Paulo Teixeira, Daniel Afonso da Silva e Daniel Murray

Jornal GGN - Nesta edição, o Sala de visitas com Luis Nassif abre com a entrevista do deputado federal pelo PT-SP, Paulo Teixeira otimista em relação ao futuro do partido ao avaliar que o momento é de refluxo do antilulismo.

"O antilulismo se diluiu e hoje há na sociedade uma compreensão de que o problema não está conosco, mas está do lado deles [oposição], tanto que a popularidade do Temer é baixíssima, a popularidade do PSDB, a expectativa de votos em candidatos do PSDB, é baixa, ao mesmo tempo cresce a expectativa de voto no Lula, a simpatia do PT. Portanto, mudou muito a conjuntura do golpe até hoje, em um ano", ponderou.

Em seguida, Nassif recebe o colunista do GGN, doutor em História Social pela USP e professor-pesquisador convidado do “Centre de Recherches Internationales da Sciences Po” de Paris, Daniel Afonso da Silva que faz uma avaliação do impacto da gestão Trump na geopolítica mundial, fala do futuro político da França na gestão Macron e a baixa credibilidade da classe política no mundo.
Leia mais »

Média: 3.8 (4 votos)

Sala de visitas: mercado de trabalho é mais desafiador para população negra

Nesta edição, Nassif recebe presidente da Bayer Brasil, Theo van der Loo, o especialista em mercado de trabalho André Chaves e os músicos do projeto Choro do Sertão

Neta edição: Theo van der Loo (Bayer), André Chaves (especialista em mercado) e músicos do Choro do Sertão

Jornal GGN -  Nesta  edição do Sala de Visitas, Luis Nassif recebe o presidente da Bayer Brasil, Theo van der Loo, sobre o racismo no mercado de trabalho e o programa de diversidade implementado há alguns anos pela empresa farmacêutica, no segundo bloco de entrevistas.

No final de março deste ano um depoimento feito por Theo no seu perfil no LinkedIn ganhou repercussão nas principais mídias do país. No post, que teve mais de 300 mil visualizações em seis dias, o CEO relatava um caso de preconceito racial em uma entrevista de emprego, vivido por um colega próximo: Leia mais »

Média: 4.5 (2 votos)

Sala: inovação brasileira na odontologia, o controle da mídia por políticos e participação especial de Mafalda Minnozzi e Paul Ricci

Nesta edição do Sala de visitas com Luis Nassif exploramos a evolução do país na odontologia, carregando títulos no desenvolvimento de novos materiais e, ainda, conversamos com a autora de um livro que explora a relação entre mídia e políticos. Para fechar, recebemos a cantora italiana Mafalda Minnozzi  e o guitarrista Paul Ricci apresentado novo trabalho que reúne Jazz e Bossa Nova. Boa programação

Sala: inovação brasileira na odontologia, o controle da mídia por políticos e participação especial de Mafalda Minnozzi e Paul Ricci
 
Jornal GGN - As ciências odontológicas estão entre as áreas onde o país se destaca no mundo, profissionais e tecnologias brasileiras são exportados para vários países. Mas você já se perguntou por que isso acontece, qual é a origem know-haw adquirido por aqui? Nessa edição do Na sala de visitas com Luís Nassif essas questões são esclarecidas com a entrevista de Paulo Francisco Cesar, atual presidente da Academy of Dental Materials e professor da Faculdade de Odontologia da USP onde desenvolve pesquisas na área de biomateriais. A FOUSP é classificada em diversos rankings mundiais como a melhor faculdade de odontologia do mundo, com tradição tanto na formação de clínicos como de pesquisadores.
 
O principal destaque é justamente na área de biomateriais, desenvolvidos para durar o máximo de tempo possível na boca dos pacientes. Em 2011, um dos seus doutorandos, Lucas Hian da Silva, que também participa desta entrevista, ganhou o prêmio Paffenbarger Award da Academy of Dental Materials, concedido para propostas inovadoras na área. E um dos fatores determinantes para o bom desenvolvimento da odontologia brasileira, realizado na USP, é justamente a integração com outros centros de ensino e pesquisa, como explica Paulo Cesar para o nosso apresentador: 
Leia mais »
Média: 5 (2 votos)

Sala de visitas: as ruas e a democracia

Nesta edição, Nassif entrevista cientista social Luis Felipe Miguel, o desembargador Rogério Favreto, com reprise da participação de Ione Papas

Nesta edição, Nassif entrevista cientista social Luis Felipe Miguel, o desembargador Rogério Favreto, com reprise da participação de Ione Papas

Jornal GGN - O programa Na Sala de Visitas com Luis Nassif abre hoje com uma entrevista do articulista do GGN, doutor em ciências sociais pela Unicamp e professor de Ciência Política da Universidade de Brasília, Luis Felipe Miguel, fazendo uma análise do conceito de democracia e o desafio de consolidar o modelo político na atual conjuntura do Estado Brasileiro.

"Se a gente for olhar hoje as democracias, por exemplo, na Europa elas partem de um acordo. As classes populares conquistaram vários direitos políticos, com base no acordo de que alguns espaços de produção igualdade, de condições de aumento do nível de vida seria concedido para o sistema conseguir ser estável. No Brasil, as nossas classes dominantes são tão intolerantes à igualdade, que não aceitam esse acordo, que foi o que esses últimos governos tentaram construir", avalia Miguel que coordena na UnB o Grupo de Pesquisa sobre Democracia e Desigualdades. Segundo o professor, uma forma de combater essa visão é com um aumento de pressão da sociedade pelos seus direitos:

"Acho que nesse momento a gente tem uma situação nas instituições muito grave, porque nenhum dos poderes constitucionais está cumprindo o que deveria ser o seu papel, muito pelo contrário. Então, as ruas têm que mostrar pressão, que não vão aceitar esse retrocesso e essa volta à uma situação de profunda desigualdade ", completa. Luis Felipe Miguel também avalia o papel do Ministério Público Federal na crise da democracia brasileira, a necessidade dos centros políticos organizarem um novo pacto para restabelecer a ordem proposta na Constituição Federal de 1988 e, ainda, o papel da figura de Lula no jogo político.
Leia mais »

Média: 5 (5 votos)

Sala de visitas: o que a Lava Jato aprendeu com a Mani Pulite

Luis Nassif recebe o cientista político Aldo Fornazieri, o jurista italiano Jacobo Paffarini e o cantor e compositor Lencker

Luis Nassif recebe o cientista político Aldo Fornazieri, o jurista italiano Jacobo Paffarini e o cantor e compositor Ítalo Lencker
 
Jornal GGN - A edição do Na Sala de Visitas com Luis Nassif abre com a entrevista do cientista político e diretor acadêmico da Fundação Escola de Sociologia e Política (FESPSP). Para o professor, a desestabilização político-social enfrentada hoje no país não é resultado de uma única crise, mas sim de múltiplos conflitos estruturais e para a classe política se reconectar com a população é necessária a construção de uma nova pedagogia. 
 
"A nova juventude não quer saber de partidos políticos, a [velha] esquerda não fez essa necessária discussão entre verticalidade e horizontalidade e como buscar um caminho do meio que articule essas duas dimensões”, critica. 
 
Em seguida, Nassif recebe Jacobo Paffarini, doutor em Direito Público pela Universidade de Perugia (Itália) e Professor Permanente no Programa de Pós-Graduação Stricto Sensu em Direito do IMED (Faculdade Meridional). Jacobo se especializou no impacto da globalização sobre o poder judiciário dos Estados Europeus. 

Leia mais »

Média: 5 (4 votos)

Sala de visitas: como a Lava Jato desnudou fragilidades da democracia brasileira

Luis Nassif entrevista o colunista do Jornal GGN e pesquisador da UnB Fernando Horta e pianista e cantor Breno Ruiz

Nassif entrevista o colunista do Jornal GGN e pesquisador da UnB Fernando Horta e pianista e cantor Breno Ruiz
 
Jornal GGN - Nesta edição do programa Na sala de visitas com Luis Nassif você acompanha a entrevista completa do colunista do GGN, historiador e relações internacionais Fernando Horta fazendo uma análise do impacto da operação Lava Jato na crise política do país, e como todos os processos políticos que se desenrolaram em torno dela, incluindo o impeachment da ex-presidente Dilma Rousseff, desnudam as fragilidades da democracia brasileira.  
 
Para o pesquisador da UnB, a Lava Jato é mais do que uma operação para desvendar um esquema de corrupção revelando, desde seu início, um viés de cunho ideológico para conseguir destituir do governo central do país um partido mais correspondente aos anseios das classes populares.
 
 
Em seguida, Nassif recebe o pianista, cantor e compositor paulista Breno Ruiz, que apresenta músicas do repertório do seu primeiro CD - Cantilenas Brasileiras, trabalho composto em parceria com o poeta Paulo Cesar Pinheiro. Breno é considerado hoje um dos melhores compositores jovens da atualidade no Brasil se tornando, nos últimos anos, referência entre os músicos do Rio Janeiro e de São Paulo.
Leia mais »
Média: 5 (4 votos)

Sala de visitas: mercado de artes no Brasil e a educação na gestão Dória

Nesta edição, Nassif entrevista a artista plástica Cris Conde, a pedagoga Sirlândia Teixeira e os músicos Chico Teixeira e Thadeu Romano

Jornal GGN - Nesta edição, Luis Nassif visita o ateliê da artista plástica Cris Conde, carioca radicada em São Paulo e neta do galerista Duda Conde. Autodidata, Cris se destaca pelos desenhos delicados, a sensualidade feminina e a economia nos traços, já tendo apresentado trabalhos na Europa e convidada para a renomada Bienal de Firenze. Nesta entrevista, ela fala das dificuldades e incentivos de produzir arte no Brasil.

Em seguida, Nassif recebe Sirlandia Teixeira, vice-presidente da Associação Brasileira de Brinquedotecas, para avaliar a decisão do prefeito de São Paulo, João Dória, de fechar salas de leitura e brinquedotecas, negando a contribuição de espaços lúdicos para a pedagogia.

Por fim, Nassif recebe o cantor e compositor Chico Teixeira que apresenta o mais recente trabalho, "Saturno", e fala sobre seu projeto de resgate da música sertaneja de raiz. Essa entrevista conta com participação especial de Thadeu Romano no acordeom.

Leia mais »

Imagens

Média: 5 (1 voto)

Sala de visitas: o lulismo à luz da crise política atual

Luis Nassif recebe os cientistas políticos André Singer e Adrian Lavalle e, ainda, a cantora Joana Garfunkel 

Luis Nassif recebe os cientistas políticos André Singer e Adrian Lavalle e, ainda, a cantora Joana Garfunkel
 
Jornal GGN – Nesta edição do programa Na sala de visitas com Luis Nassif, você acompanha no primeiro bloco uma entrevista com o jornalista, hoje colunista da Folha de S.Paulo e professor da USP, André Singer, que também se consolidou nos últimos tempos como um dos principais cientistas políticos do país, autor de Os sentidos do lulismo que, apesar de ter sido lançado em 2012, já é considerado um clássico na academia. 
 
Singer avalia o que deu errado no processo de integração lulista e os rumos que a crise política poderá tomar nos próximos meses. No final da entrevista, o professor relembra a importância do sociólogo Antonio Candido de Mello e Souza, falecido recentemente, para a sua formação e a de seu pai, Paul Singer. 
 
Em seguida Nassif entrevista, por Skype, o professor do Departamento de Ciências Políticas da FFLCH-USP e coordenador do Núcleo de Pesquisa Democracia e Ação Coletiva do CEBRAP, Adrian Lavalle para avaliar o divórcio entre a população e a classe política, os vícios da estrutura partidária no país e a clivagem de natureza ideológica que se consolidou no cenário político brasileiro nos últimos anos, dividindo o país entre petismo e antipetismo. 
Leia mais »
Média: 3.7 (6 votos)

Sala de visitas: Edson Cordeiro, Jairo Nicolau e Beth Amin

Nesta edição, Luis Nassif entrevista artista com o repertório mais variado entre os músicos brasileiros e, ainda, discute reforma política com cientista politico 

Nesta edição, Luis Nassif entrevista Edson Cordeiro, Jairo Nicolau e Beth Amin

 
Jornal GGN – Esta edição do Sala de Visitas com Luis Nassif abre com uma entrevista de Edson 
Cordeiro. O cantor com o repertório mais variado entre os músicos brasileiros lança o CD “Fado”, décimo segundo álbum de sua carreira gravado na cidade do Porto, em Portugal.
 
 
Em seguida Luis Nassif entrevista por Skype o cientista político e professor do Departamento de Ciência Política da Universidade Federal do Rio de Janeiro (UFRJ), Jairo Nicolau, que faz uma avalição positiva do possível desfecho da crise política e institucional enfrenada hoje no país, considerando que há grandes chances de um novo pacto social ser firmado nas eleições de 2018.
 
Por fim Nassif recebe a cantora, compositora e fonoaudióloga Beth Amin, acompanhada dos músicos Felipe Souza (violino), Sidiel Vieira (contra-baixo acústico), Yaniel Matos (cello) e Dani Domenico (violão), apresentando seu novo álbum Túneis. O trabalho foi realizando em parceria com poetas paulistanos misturando vários gêneros, entre eles MPB, jazz, folk e bolero. 
Leia mais »
Média: 5 (1 voto)

Sala de Visitas recebe Fernanda Takai e Gleisi Hoffmann

Ainda nesta edição, especialistas discutem os desafios comerciais entre Brasil e Oriente Médio

Nesta edição do Sala de Visitas, Luis Nassif recebe Fernanda Takai, Gleisi Hoffmann e os especialistas em relações internacionais, Jorge Mortean e Matheus Borella
 
Jornal GGN – Nesta edição do Sala de Visitas, Luis Nassif recebe Fernanda Takai, Gleisi Hoffmann e os especialistas em relações internacionais, Jorge Mortean e Matheus Borella.
 
No primeiro bloco, o programa discute as possíveis mudanças na relação comercial entre Europa, Oriente Médio e Brasil, com a participação do professor de Relações Internacionais da FAAP e pesquisador das relações diplomáticas entre América Latina e Oriente Médio, Jorge Mortean e do Diretor do Comitê e Jovens Empreendedores da FIESP, Matheus Borella.
 
Em seguida, Nassif conversa com a senadora pelo PT do Paraná, Gleisi Hoffmann que analisa o Partido dos Trabalhadores antes e durante a Lava Jato e os possíveis caminhos que a sigla deve tomar para reconquistar forças nas eleições de 2018, apontado Lula como a principal opção do partido para concorrer ao pleito eleitoral. 
 
O programa termina com a participação da cantora, instrumentista, compositora e cronista Fernanda Takai. Vocalista da banda mineira Pato Fu, ela também lançou em 2007 carreira solo, chegando a gravar um disco em parceria com o ex-guitarrista do The Police, Andy Summers, em 2012. Em 2001, Takai entrou na lista das 10 melhores cantoras do mundo, realizada pela Time. A mesma revista realizou uma outra lista com as melhores bandas do planeta, onde o Pato Fu foi incluído ao lado de outros grupos, como Radiohead, U2 e Portishead. 
 
Média: 4.6 (13 votos)

Sala de visitas: Para Augusto Aras, reforma política não deveria ser feita em tempos de crise

Nesta edição, subprocurador especialista em política eleitoral avalia os perigos que a reforma poderá trazer para a democracia 

edicao_34.jpg
 
Jornal GGN - Nesta edição, Luis Nassif recebe na sala de visitas o CEO e fundador da CargoX, Federico Vega, empresa que ganhou o título de Uber do transporte de cargas e que apresentou um crescimento médio de 57% desde que foi criada oficialmente, em março de 2016. Nesta entrevista, Federico fala dos desafios da economia do compartilhamento, que se populariza no mundo graças à facilidade dos aplicativos de celulares.
 
Em seguida, Nassif entrevista por Skype Antônio Augusto Brandão de Aras, Subprocurador Geral da República sobre a reforma política, por se tratar de um dos principais especialistas que estudam o tema no Brasil, já tendo presidido uma comissão sobre a reforma na OAB. Aras destaca sua preocupação de a reforma ser debatida em um momento político e social delicado para o país, apontando para alternativas evitem uma quebra ainda maior da democracia brasileira.
 
Por fim, nosso apresentador recebe os músicos Rafael Beck (flauta) e Rafael Schimidt (violão), apresentando choro e Altamiro Carrilho, homenageado no CD produzido pela dupla.
Leia mais »
Média: 5 (2 votos)