Revista GGN

Assine

As palestras de Dallagnol e os voos de Temer

Há algo em comum entre Michel Temer e Deltan Dallagnoll.

Divulgada a informação de que viajou para um encontro da LIDE em um avião da JBS, inicialmente Michel Temer admitiu a viagem – já que era para evento público -, mas negou o transporte. Disse que viajara em avião da FAB.

Informado de que a FAB desmentiria, admitiu o voo  em aeronave privada. Mas informou não saber o nome do proprietário.

Quando o proprietário deu inúmeros detalhes demonstrando que Temer sabia, nada mais disse.

Divulgada a informação de que havia um site de eventos vendendo suas palestras a um custo entre R$ 30 mil a R$ 40 mil, o procurador Deltan Dallagnoll negou ter autorizado a venda. O site publicou uma nota se desculpando.

Mas não negou receber pelas palestras, porque eventos públicos, nem desmentiu os valores apregoados no site.

No seu perfil, no Facebook, a título de defesa, informou a destinação dos recursos:

(...) Em 2017, após descontado o valor de 10% para despesas pessoais e os tributos, os valores estão sendo destinados a um fundo que será empregado em despesas ou custos decorrentes da atuação de servidores públicos em operações de combate à corrupção, tal como a Operação Lava Jato, para o custeio de iniciativas contra a corrupção e a impunidade, ou ainda para iniciativas que objetivam promover, em geral, a cidadania e a ética.

Nunca divulguei isso antes para evitar que tal atitude fosse entendida como ato de promoção pessoal. Contudo, diante de ataques maldosos e mentirosos, reputo conveniente deixar isso claro para evitar qualquer dúvida de que o que me motiva é o senso de dever, como procurador e como cidadão.

Há alguns problemas nessa explicação.

Onde ele jogaria os recursos advindos das palestras?

Certamente Deltan não terá a menor dificuldade em explicar o caminho que os recursos de palestras percorreram para chegar ao setor público. Qualquer doação para o serviço público, “tal como a Operação Lava Jato”, só pode ser feita por pessoa jurídica de direito privado.

Assim como as delações da Lava Jato, sua confissão só terá valor se acompanhada de provas. No caso, o CNPJ da ONG criada para esse fim.

Se disser que os recursos estão em sua conta corrente, porque ainda não abriu a ONG, não terá cometido nenhum ilícito penal, porque o dinheiro é seu e fruto do largo investimento em autopromoção. Mas terá faltado com a verdade. E um super-herói não pode se permitir essa mácula da mentira em sua biografia.

Média: 4.7 (45 votos)
66 comentários

Comentários

Espaço Colaborativo de Comentários

imagem de Jackson da Viola
Jackson da Viola

Moral? Para os outros ou o Estado Brasileiro é uma mãe......

com seus altos funcionarios......por mais incrível e extraordinario que possa parecer, em outros cantos do mundo, funcionario publico, com dedicação integral e exclusiva, ganha dinheiro de salario e só, são bem pagos justamente  para isso.......se quer prestar "serviços a comunidade", no seu tempo livre, muito bem, quer fazer palestra num sabado a tarde ou numa segunda depois do expediente, recebe um dinheirinho para pagar transporte, comida e estadia(se tiver que viajar).De todo jeito o prestar algumas horas de "serviços a comunidade" é obrigação em muitos cantos.E para deixar a galera pasma e boquiaberta, quando no caso de "serviços a comunidade", no caso aqui presente as palestras, sendo remuneradas,como trabalho "acessório", tem uma aliquota de imposto que passa do 50%, indo em certos paises ate 65%........ou seja uma palestra de 40 mil, o fulaninho "embolsa" entre 14 e 20 mil......e não é tudo.....o dinheiro deve ser colocado numa conta em bloqueada no nome da intituição onde o dito cujo trabalha, ele pode gastar em viagen a congressos, cursos ou na compra de material para exercer a sua profissão integral e exclusiva.....o resto do dinheiro vai ter asceso via a sua "caixa de pensão ou previdencia", quer dizer quando se aposentar e em parcelas mensais........E em alguns lugares o fato de um funcionario publico, com dedicação integral e exclusiva, "cobrar" quantias que saiam do cobrir custos (pagar transporte, comida e estadia) é expressamente proibido......Quer ficar rico?Vai pra inicitiva privada....ter o melhor dos dois mundos não é nem justo nem honesto.....

 

Seu voto: Nenhum (4 votos)

171 total

Não existe a menor possibilidade, legalmente, de um fundo, ONG ou o que seja custear despesas de servidor público em missão oficial. Ou o servidor paga suas despesas com diárias, ou paga de seu próprio bolso e apresenta as notas fiscais para ser ressarcido. Se os valores não fecham, vai dar problema na declaração do IR.

Custos operacionais, como combustível da viatura, pior ainda. Há muitos anos o abastecimento é pago com cartão corporativo. O cartão recebe um crédito pré-ordenado, e o saldo vai sendo controlado via quilometragem do veículo. Se pagar por fora, vai sobrar crédito. E sobrando crédito, ele será descontado dos próximos provimentos de recursos. Chegará um momento em que não serão mais creditados valores no cartão, já que a viatura não está sendo usada. E quando bater a quilometragem com os créditos, vai dar rolo.

Seu voto: Nenhum (6 votos)

Opções de exibição de comentários

Escolha o modo de exibição que você preferir e clique em "Salvar configurações".
imagem de Rui Ribeiro
Rui Ribeiro

Dallagnol não negou, ao contrário, confirmou os valores recebido

O Deltan Dallagnol não negou, ao contrário, confirmou as palestras e os valores recebidos, apenas se justificou dizendo que não é para enriquecimento pessoal mas para combate à corrupção.
Para não dar a entender que buscava promoção pessoal, ele escondia que era palestrante e que recebia pacas pelas suas palestras. Quando a casa caiu, ele teve que confessar publicamente os fatos que escondia e, dessa forma, deixar de dar a entender que não busca promoção pessoal.

"Curai os enfermos, ressuscitai os mortos, limpai os leprosos, expeli os demônios; de graça recebestes, de graça dai.
Não vos provereis de ouro nem de prata, nem de cobre nas vossas bolsas; nem de alforge para o caminho, nem de duas túnicas, nem de calçado, nem de bordão; pois digno é o trabalhador do seu alimento. Jesus Cristo

Seu voto: Nenhum (2 votos)
imagem de fernando oliveira
fernando oliveira

Eu dallanho, Tu

Eu dallanho,

Tu dallanhas,

ELE DALLANHA.

Nós dallanhamos,

Vós dallanhais,

ELES DALLANHAM, e é só!!!!

Seu voto: Nenhum (7 votos)
imagem de Antonio - Bahia
Antonio - Bahia

Como certa vez

disse o Ciro Gomes (perdão, mas acho que foi o Ciro que disse), o homem perdoa o percado do pecador, mas não perdoa o pecado do pregador. Ele vai provar do seu próprio veneno. hehehehehe....

Seu voto: Nenhum (7 votos)
imagem de Ivan de Union
Ivan de Union

De todos os paises do mundo,

De todos os paises do mundo, so no Brasil essa "normalidade" institucional toda acontece quando um procurador confessa estar fazendo alguma coisa altamente duvidosa e ilegal.

Seu voto: Nenhum (5 votos)
imagem de Serjão
Serjão

Lula, Dilma, Petralhas

Essa turma tem ódio mortal de vocês !!!

Resultado de imagem para Lula povo

Imagem relacionada

Resultado de imagem para Lula povo

 

Seu voto: Nenhum (4 votos)

Como diria Jesus

Como diria Jesus: - Hipócritas!

Seu voto: Nenhum (12 votos)

"Viver significa lutar."

Sêneca

imagem de Joaquim Inácio Vasconcellos
Joaquim Inácio Vasconcellos

Como diria Jesus

Vendilhões do templo!

Seu voto: Nenhum (7 votos)
imagem de Edi Passos
Edi Passos

E mais:

Fariseus.

Seu voto: Nenhum (1 voto)

171 total

Não existe a menor possibilidade, legalmente, de um fundo, ONG ou o que seja custear despesas de servidor público em missão oficial. Ou o servidor paga suas despesas com diárias, ou paga de seu próprio bolso e apresenta as notas fiscais para ser ressarcido. Se os valores não fecham, vai dar problema na declaração do IR.

Custos operacionais, como combustível da viatura, pior ainda. Há muitos anos o abastecimento é pago com cartão corporativo. O cartão recebe um crédito pré-ordenado, e o saldo vai sendo controlado via quilometragem do veículo. Se pagar por fora, vai sobrar crédito. E sobrando crédito, ele será descontado dos próximos provimentos de recursos. Chegará um momento em que não serão mais creditados valores no cartão, já que a viatura não está sendo usada. E quando bater a quilometragem com os créditos, vai dar rolo.

Seu voto: Nenhum (6 votos)

  link.    

 

link.

 

 

Seu voto: Nenhum (18 votos)

webster franklin

hehehe...

o dinheiro sempre tem muito a dizer.............................

principalmente quando deixa de ser a consequencia do que cada um é em determinado grupo de trabalho

e passa a ser a causa..........................

perceberam como o combate a corrupção pode estar dizendo o mesmo e, pasmem, livre de concorrências?

pensam que são espertos, mas para Tio Patinhas nasceram ontem

Seu voto: Nenhum (6 votos)

Exatamente Romério, o

Exatamente Romério, o evangélico herói da ética que combate a corrupção especulou com o minha casa minha vida. Esse sujeito é o símbolo máximo do coxinha espertalhão, ele e o Moro. E para piorar disse que o problema do Brasil é ter sido colonizado por portugueses, ínves de ingleses.

Isso explicaria a corrupção genuinamente brasileira. Eugenia, preconceito e fascismo de um moleque medíocre que sabe se lá como está com esse poder todo. Foi escolihido pela CIA dizem. Faz sentido. Uma lástima. 

Seu voto: Nenhum (11 votos)

Juliano Santos

imagem de Serjão
Serjão

O elevador dos fundos paga as contas

...Dallagnol reside num bairro de classe média da capital paranaense.

Na internet, há o anúncio de venda de um apartamento no mesmo condomínio que o dele em Curitiba. O preço é R$ 895 mil. Tem 130 metros quadrados, com três suítes, cinco banheiros e duas vagas na garagem...

http://www.diariodocentrodomundo.com.br/dallagnol-comprou-apartamentos-construidos-para-o-minha-casa-minha-vida-por-joaquim-de-carvalho/

Seu voto: Nenhum (6 votos)
imagem de alcides carpinteiro
alcides carpinteiro

Por favor Nassif, quanta

Por favor Nassif, quanta desconfiança com o Deltan. Como um bom evangélico super-heroi, ele, assim como o Malafaia, deposita em sua conta pessoal as moedas que recebe. Depois, aplica tudo em prol da maioria. Quem tem fio de bigode não precisa de burocracias para fazer o que é correto. Por pura modéstia ele não falou ainda que doará para sem-tetos aqueles dois imóveis que comprou destinados a moradores do programa minha casa minha vida. 

Seu voto: Nenhum (8 votos)

E para que não reste qq

E para que não reste qq dúvida, para que todos tenham convicção que está tudo certinho, tem que ter o PowerPoint,  com o nome da ONG na bolinha do meio.

 

 

Seu voto: Nenhum (8 votos)
imagem de Jorge Leite Pinto
Jorge Leite Pinto

Este menino é o palhaço mais

Este menino é o palhaço mais patético, e sem graça, deste circo...

Seu voto: Nenhum (10 votos)

Comentar

O conteúdo deste campo é privado e não será exibido ao público.
CAPTCHA
Esta questão é para testar se você é um visitante humano e impedir submissões automatizadas por spam.