Revista GGN

Assine

Dilma ao GGN: privatização, apagão e Estado de exceção

Das primeiras assinantes do jornal GGN, a ex-presidente Dilma Rousseff entra em contato para uma reclamação: a afirmação de que ela era impermeável aos movimentos sociais, embora tivesse implementado várias políticas sociais relevantes.

Dilma apresentou um conjunto de exemplos para retificar essa visão. Aproveitei o contato para uma entrevista maior, onde ela abordou temas relevantes. Previu os problemas que poderão ocorrer no setor elétrico, com a privatização de ativos da Petrobras fundamentais para a manutenção do equilíbrio energético. E manifestou sua preocupação com a caminhada acelerada para o estado de exceção.

Sobre os movimentos sociais

Não é verdade que os movimentos sociais deixaram de participar da formulação de políticas  públicas. Quando houve a tentativa de criminalização de repasse de dinheiro para ONGs, fizemos legislação formalizando. Diziam que queríamos substituir o parlamento pelos movimentos sociais.

No Minhas Casa Minha Vida 2 houve a participação direta dos movimentos populares. O 1 foi feito fundamentalmente com empresas. No 2 houve participação de vários movimentos sociais, como o MTST (Movimentos dos Trabalhadores Sem Teto), com a União Nacional dos Movimentos de Moradia, com a Confederação Nacional de Moradores. Conseguimos fazer 200 mil residências com os movimentos. Na inauguração do Itaquerão, o Guilherme Boulos (do MTST) me pegou pedindo verticalização dos projetos, proposta interessantíssima para São Paulo. Como há despesas de condomínio e IPTU, ele propõe que se deixasse o térreo para lojas comerciais, para abater as despesas.

O MCMV passou por muitas evoluções. No começo a área social não tinha cobertura cerâmica. Entrou na fase 2.

Essa mesma participação ocorreu no Plano Safra de Agricultura Familiar. No início, havia a participação da Contag. Depois, houve o movimento do Grito da Terra, que apresentou um caderno de reivindicações. Queriam mais dinheiro para custeio, para investimento, programas específicos de educação no campo, incentivo para agroindústria. Às vezes havia de 30 a 40 reivindicações. 

Elas passavam pela Secretaria Geral, que foi dirigida pelo Gilberto Carvalho e, depois, pelo Rossetto, que tinham por obrigação a interlocuação com os movimentos sociais. Eles distribuíam a pauta para todos os ministérios. Depois, o MDA (Ministério do Desenvolvimento Agrícola) e a Secretaria avaliavam as propostas mais relevantes e viáveis.

Tudo isso era casado com o Abril Vermelho e com a Marcha das Margaridas. As mulheres agricultoras estavam muito interessadas na questão da agroecologia e da agroindústria. É que elas faziam a salsicha, o salaminho, os derivados de leite, as geléias.

Sobre seus equívocos

Cometi equívoco, sim

Erramos ao julgando que as isenções para as contribuições à Previdência, de quase R$ 30 bi, mais as do IPI poderiam resultar em aumento do investimento. Fizemos várias reuniões para discutir se as medidas contracíclicas ampliariam a demanda, neutralizaria o movimento de redução da atividade econômica. 

Tínhamos um problema grave no câmbio. Ele veio de R$ 1,70 e chegou aos R$ 2,00. Aí ficamos mais aliviados. No entanto, nosso comércio com os Estados Unidos estava com déficit. O ajuste dos EUA foi em cima de salários e de benefícios. Decidimos então baixar o custo do trabalho, já que vivíamos uma fase de pleno emprego. Achávamos que melhoraria a atividade econômica. 

A prática comprovou que serviu apenas para recomposição de margem. Fragilizou a gente, quando era mais necessário enfrentar a crise econômica. Perdemos R$ 40 bilhões de receita básica.

A vida mostrou que foi uma avaliação errada. Foi uma quantidade enorme de isenções fiscais.

O segundo equívoco foi achar que daria para fazer ajuste apenas cortando as despesas. Todos os países que saíram da recessão tiveram que aumentar a receita. Só com cortes de despesas, apenas se aprofunda ainda mais a crise. Os cortes fiscais que fizemos significou uma recomposição da receita perdida com as isenções. Nossa força seria a CPMF, que poderia arrecadar R$ 38 bilhões.

Não foi Joaquim Levy que bolou os ajustes fiscais. O Guido deixou quase todas as reformas prontas. Fizemos o aperfeiçoamento do seguro desemprego, resolvemos a questão da pensão-viúva.

Sobre a crise de energia

Quem diz que mentimos a respeito da tarifa de energia desconhece como funciona o setor.

A eleição foi em outubro, mês que começa o sistema úmido no Brasil. Até dezembro as chuvas não tinham chegado. Nesse período ocorreu a maior seca no Sudeste. Não tem previsão de tempo que acerte em períodos tão longos. N o máximo, as previsões são de dez dias.

Todos os reservatórios caíram. O maior deles, o de Furnas, ficou com apenas 9% de água. Não tivemos apagão por causa das térmicas, mas não houve como segurar o aumento das tarifas.

Agora vão privatizar as térmicas. Se entregar as térmicas da Petrobras e os gasodutos, vai haver outro apagão. Ou então vamos ter tarifa de energia explodindo.

Nos montamos um sistema hidrotérmico. A base são as hidroelétricas, com uma rede de segurança das térmicas. Sua energia passa por gasodutos. A crise do apagão ocorreu porque tínhamos térmicas, mas não tenhamos gasoduto. Montamos, então, a maior malha de gasodutos do país, interligando do Ceará ao Rio Grande do Sul. No governo Fernando Henrique já existia a Gasol, mas não havia a interligação, por falta de planejamento. O que garantiu a energia, com a seca, foi a quantidade de térmicas que construímos e a Gasene - o gasoduto do nordeste - feito em parceria com os chineses. Agora dizem que vai vender também o Gasene.

A estrutura de gasodutos é complexa. Além do gasoduto construímos três polos que recebem gás para liquefação. 

Nas privatizações, nunca são estabelecidos claramente direitos e deveres. Para tornar a venda atraente para compradores, flexibilizam as obrigações.

Uma estrutura que garante o fornecimento de energia elétrica para todo o país não pode flexibilizar obrigações.  Aconteceu isso quando FHC levou o país ao apagão. Fui chamada de bolivariana quando diminuímos as tarifas de energia de hidrelétricas amortizadas de 2013 para 2014. Foi para beneficiar o consumidor. As regras de mercado só valem para as concessionárias privadas. Se o setor público quer adotar a seu favor - isto é, do público - não vale. Ora, as usinas já estavam amortizadas. Não havia razão para o consumidor continuar pagando pela depreciação delas. Foi o que o governo fernando Henrique fez com a desregulamentação do setor, que acabou promovendo uma explosão nas tarifas, tirando uma vantagem competitiva que o país tinha. 

Sobre o Estado democrático de direito

Estado democrático de direito é uma teoria. Dentro do Estado tem o estado policial inexoravelmente. O grande tema é discutir o estado de exceção que brota nas democracias latino-americanas.

O maior risco vejo no PSDB, que assumiu uma atitude estruturalmente golpista e de defesa do Estado de Exceção.

É estarrecedora a fala recente de Fernando Henrique Cardoso, de como as reformas liberais produzem igualdade. Tudo o que ela não produz é igualdade. A crise política, que gera Donald Trump nos Estados Unidos, Le Pen na França, é fruto do fato de que o neoliberalismo produz uma concentração de renda absurda.

Acho que PSDB, na volúpia de pressionar Temer a fazer o trabalho sujo, colocou-se na contramão da história. É o que acho mais forte e ameaçador à democracia, porque representa o que pensa a grande mídia, o que você denomina de empresário rentista e representa uma visão de mundo que nem o FMI tem mais ousadia de propor.

O que está ocorrendo diante dos nossos olhos é o uso político de uma investigação policial . A ironia é que eu e Lula criamos os dois únicos mecanismos que permitem o combate: instituições fortes e legislação apropriada. Tivemos visão incorreta de algumas das instituições. Tem que haver freios e contrapesos, porque estamos vivendo no mundo do Estado de exceção.

Muitas vezes o próprio delator quer delatar outros partidos e pessoas e não há interesse nenhum em receber a denúncia. O que pode acontecer de mais grave é que esse tipo de desvio fere de morte o Estado de Direito, cria distorções nas instituições e na Justiça.

Essa história do Ministro da Justiça de dizer em ato político que novas prisões iriam ocorrer é algo gravíssimo, sendo tratada como uma mitomania. Não é por aí. É porque isso mostra a utilização de um instrumento como a PF contra adversários políticos. E o uso dessa informação politicamente.

Fiquei perplexa com o que aconteceu com Mantega, paradeiro certo e sabido. A troco de quê?

Decisão do Supremo de que pessoas só são presas quando representam perigo para sociedade.

Guido já estava completamente derrubado psicologia e emocionalmente com a doença dela no final de 2014.

É de estarrecer.

 

Média: 4.4 (59 votos)
93 comentários

Comentários

Espaço Colaborativo de Comentários

Opções de exibição de comentários

Escolha o modo de exibição que você preferir e clique em "Salvar configurações".
imagem de Ricardo Staack
Ricardo Staack

A inguinorancia è que astravanca o pogresso

Qualquer administrador de empresa de capital aberto com ações em bolsa, sabe que é a maior BURRICE vender mais de 49% das nossas empresas estratégicas, energia é estratégica. Poderíamos ter vendido a metade do, gasoduto menos um por cento, isto é ficaríamos com 51% da empresa e é claro, no comando, isso é ótimo para os compradores, pois ficariam com metade do lucro menos um por cento, e vital para o Brasil não ficar refem de estrangeiros ávidos por lucros, mas esse governo ilegítimo golpista tem pressa no butim, eles sabem que estão lesando a nação brasileira e querem correr para fazer a merda. Canalhas três vezes! 

Seu voto: Nenhum (4 votos)

Prezada Dilma, presidenta

Prezada Dilma, presidenta deposta da republiqueta de banana nanica por seus próprios erros, do PT e principalmente do Lula, bom dia.

Discordo de quase tudo que disse na entrevista. A senhora é ótima de retórica mas péssima como planejadora. Sua o habilidade foi apenas acentuada ao receber um estilo e modelo falidos daquele que o precedeu, o político mais super valorizado da história desse país.

Todavia, não é bem da inépcia de ambos que quero falar, mas, efeito desta mesma inepcia, o fato de que uma fração desprezível da população terá acesso ao que falar daqui em diante.

O brasileiro é covardemente, brutalmente tolhido na sua formação humana ao lhe negarem acesso a informações de qualidade, lhe negarem acesso a fontes variadas de conteúdo.

O motivo a senhora sabe desde que por coincidência estudou na mesma escola que também tive a honra, o Estadual Central: nossa cultura é acentuadamente televisiva e meia dúzia controlam o meio.

Se a senhora errou no setor energético, parabéns ao assumir o erro. São raros os políticos que se responsabilizam.

Entretanto, não muda a questão: ninguém verá o que diz porque a senhora e o Lula foram ineptos ao impedirem o brasileiro de ter livre e juízo crítico e opinião embasada a partir de processos de comunicação enriquecedores.

Forte abraco.

Seu voto: Nenhum (4 votos)

Curioso Chico

Voce se volta contra  a presidente e é assediado todos os dias por uma televisão que tudo fez para golpear a democracia e derrubar a presidente, não vejo nenhuma critica e esta TV.   Voce culpa apenas a presidente,  não seja tão parcial e culpe também o outro lado.Me diga qual a possibilidade de passar uma nova lei dos meios, naquela camara  ou no senado?  E me diga o que você diria se isto fosse feito por um decreto presidencial. Voce chico é do tipo que acreditava em toda notícia contra Chaves, e  o acusava de autoritarismo. Mas derepente voce critica a mídia e a critica a presidencia simplesmente porque ela não foi suficientemente autoritária. E agora voce deve bater palma, quando o usurpador afirma que vai combater os blogs de oposição. E voce vai escutar o silêncio de Waack no que diz respeito a liberdade de imprensa.   voce não me parece ter feito nenhuma critica  contra os que ao invés de criarem escolas teimam em destrui-las e aos que controlam a mídia transformando-a  no que sabemos que é.  Não nos esqueçamos jamais que uma das principais  razões do golpe  é que em breve as concessões da mídia  terminarão. eles jamais permitiriam tratar com Dilma esta assunto. E fizeram tudo para derrubar este gover. Esta mídia jamais quis repactuar a concessão com o governo. O golpe veio na hora pretendida por estes grupos. A repactuação da concessão  jamais será notícia e só perceberemos depois o tamanho do  oligopólio.

Seu voto: Nenhum (3 votos)

E por acaso é preciso falar mal da Rede Globo...

...num espaço de "esquerda"?

E como falar de câncer num departamento da faculdade de medicina especializado na doença.

.

"...Me diga qual a possibilidade de passar uma nova lei dos meios, naquela camara  ou no senado?..."

É difícil pra caramba?

Então nesse seu raciocínio os presidentes deviam cuidar só do que é fácil, né?

kkkkkkk

Quando falo que nego violenta a lógica aqui não é brincadeira.

Parceirão, Não tem absolutamente NADA para um governo que pretende melhorar as condições de vida das pessoas que seja fácil. 

E daí vem outra consequência: presidentes mediocres cuidam do que é fácil, presidentes ESTADISTAS resolvem a parte cabulosa do problema.

Você consegue ver isso?

Seu voto: Nenhum

Ao Chico Pedro...

Que vive incógnito  ( o Nóia pode explicar ), e quando aparece é sempre para falar mal de Dilma, um lembrete de uma Dilmista:

Seu voto: Nenhum (1 voto)
imagem de Roberto Monteiro
Roberto Monteiro

Eu tenho uma curiosidade:

O Lula te fez mal? Porque a tua má vontade com o ex presidente é impressionante. Não concordo com algumas iniciativas do Lula, mas considero que existam mais pontos positivos do que negativos, mais virtudes do que defeitos. Da tua parte, porém, o Lula é o capeta na terra.

Seu voto: Nenhum (5 votos)
imagem de Marcelo33
Marcelo33

O Chico Pedro deve ser um

O Chico Pedro deve ser um perfil do Hélio Bicudo :P

Seu voto: Nenhum
imagem de bonobo de oliveira, severino
bonobo de oliveira, severino

Impressionante e insolente.

Esse chico pedro parece não ter muita noção sobre os temas que se colocam em debate e nem demonstra educação na forma em que julga e avalia o assunto com base em sua visão distorcida.

Crise de energia? Aconteceu em 2001 por inépcia da administração federal de então e decorrente falta de programação e investimentos. Recentemente o país atravessou crise hídrica de extraordinária severidade e nem por isso, merce de robustos investimentos em geração alternativa ao sistema principal hidrelétrico, o país sofreu interrupção de abastecimento de energia com severos abalos consequentes na estabilidade social e econômica do país, como em 2001, quando o APAGÃO do Seu José Jorge (hoje um dos gangsters instalados no TCU) impactou o PIB em abalo da ordem de mais de 1%.

Quanto ao governo que precedeu as gigantescas crises FABRICADAS durante o Governo Dilma Roussef, (cuja FABRICAÇÃO iniciouembora desagrade a muitos ineptos, ressentidos, invejosos, incompetentes, incapazes de conduzir uma reunião a entendimento entre 20 condôminos de um pombal de classe média, foi o melhor governo que esse país já viu (aliás, alguns não viram, nem verão e grnade parte nem ficou sabendo, e não saberá jamais porque enxerga [ou não] por meio de olhos alheios) graças a um pacto político celebrado entre todos os segmentos que compõem e infestam a sociedade, inclusive essa parcela imunda de servidores da Alta Burocracia do Estado que resolveu sair das cavernas em que habitam e mostrar as sua cara egocêntrica e golpista.

Não pergunte por que os sinos dobram. Eles talvez dobrem por vc mesmo, pelas suas imperfeições humanaas um pouco mais acentuadas do que costuma ocorrer na maioria da população deesinformada.

Seu voto: Nenhum (6 votos)
imagem de JSFMarcelo
JSFMarcelo

Muito bom, vejo que a ex-

Muito bom, vejo que a ex- presidenta reconheceu seus erros tanto na politica econômica, quanto não ter criado medidas de freios e contra peso para a PF e o MP, só faltou reconhecer sua inabilidade politica para as negociatas com o Congresso e o judiciário.

Seu voto: Nenhum (8 votos)

Lutando por liberdade, justiça, fraternidade

Eh imensa a tristeza de ver o Brasil nas mãos do que pior se produz politicamente no Pais. Sabemos que houve erros, mas não ha como comparar esse governo ilegitimo - sob todas as formas que se olha - com o que foi produzido pelos governos petistas. O golpe deixou a sensação de uma obra não acabada e, pior, de que daqui para fente vão desmontar parte por parte de praticamente todos os avanços sociais duramente conquistados.

Ontem houve um post em que a questão era para onde vai esquerda agora ? Sera que devemos radicalizar mais, contemporizar muito menos e fazer a revolução que sempre esperamos no Brasil ? Nada mais de anistia com os que sempre mandaram no Brasil? Eh interessante notar que no Brasil quem sempre fez a "revolução" foi a direita, aproveitando do complexo de parte da esquerda; que não quer ser taxada de radical, que por diversas razões sempre buscou a conciliação de classes. Quando houve o golpe de 64, logo trataram de denomina-lo de revolução. Denominação que muitos até hoje utilizam. E sempre foi assim na nossa historia: todos os golpes foram tratados de revolução, ao passo que esquerda tentou e fez reformas pela via democratica; à exceção do governo Vargas. Mas Vargas é um caso à parte na historia.

Reformas que começam com Vargas e que deveriam ter se aprofundado com Goulart. Quando Getulio fez sua revolução, foi chamado de golpista-ditador... Interessante, não? E hoje, se o mote do golpe esta mais claro para muitas pessoas é graças aos blogs e às redes sociais que fizeram um intenso trabalho, em paralelo à sua defesa, de denunciar exatamente o que estava ocorrendo. O que os veiculos de Comunicação não aceitam. Para eles houve um impeachment dentro de preceitos consitucionais. Essa é mais mancha suja na imprensa nacional. 

Em vista do processo tormentoso pelo qual o Brasil esta passando, penso que a criação de uma frente ampla de certa parcela da esquerda seria uma experiência interessante de se tentar. O momento é muito dificil para o PT por causa das perseguições judiciais (sem esquecer da perseguição feroz da velha imprensa), e talvez  por isso mesmo, pela tentativa de estrangulamento do PT, que o partido tem que se levantar, se reorganizar e buscar parcerias.

Vivemos dias dificeis, onde o cominho entre verdade e a mentira-manipulação é muito estreito. Temos que estar bem atentos. A vida pede coragem. Nos estamos aqui para essa luta.

Seu voto: Nenhum (3 votos)
imagem de Júnior Sertenejo
Júnior Sertenejo

Observações de um Sertanejo

Observações de um Sertanejo togado sobre a fala da Ex Presidenta Dilma Vana Rousseff.Papo furado essa história de que entrou em contato para corrigir uma distorção ou algo do género.Ela entrou em contacto para dar entrevista,Nassif brilhante jornalista que é,percebeu a jogada,abriu a porta,e como nem sempre,foi educadíssimo.Por partes.Nao está sendo verdadeira sobre a relação com movimentos sociais.A demissão de Gilberto Carvalho vai na contramão da afirmação dela.Colocou em seu lugar alguém afinadíssimo com os rumos que imagina imprimir,que não teria dúvidas em afirmar,nada republicanos.Essa demissão de caso pensado,e nada leal,foi o passo mais eloquente do distanciamento de Lula,e a ascensão de uma tal república gaúcha.Eles tinham outros planos com cérebros de minhocas e votos que não cabiam em uma Kombi.As cartas eram ditadas por duas sumidades palacianas,José Eduardo Cardoso,o rebuplicanismo no seu estado mais puro,ótimo candidato a vice presidente e Aloísio Mercadante,um boçal pedante,já mordido pela mosca azul.Fez de conta que o melhor controle para a velha mídia é o controle remoto,foi graças ao filho do divino Espírito Santo.Nenhuma uma mísera palavras.Sobre a a indicação e reeindicacao de Rodrigo Janot para o comando da PGR,silêncio sepucral,já era refém de Mercadante e Cardoso.As indicações para o Supremo Tribunal Federal,nem um pio.Como emblemática,passou exatos nove meses para indicar um Ministro para a Suprema Corte,quando resolveu fazer,equivocou-se completamente.Trata-se de uma tal de Luis Edson Fachin,praticamente bancado pelo Senador Álvaro Dias,aos os olhos da Presidenta Dilma,governista de carteirinha.No primeiro teste como Ministro da Suprema Corte,produziu um relatório ridículo sobre o rito do Impechemant,corrigido em tempo hábil pelo Ministro Barroso.Enaltece em certo momento da entrevista "Um eu e Lula".Naquele exato momento a distância entre a criatura e o criador,era equivalente o céu e a terra.A tesmunhar a meu favor que adentre ao recinto Da.Marisa Letícia Lula da Silva.No mais,uma colha de retalhos,trololo,papo furado,conversa mole para boi dormir.Nao merece maiores considerações ao meu endedimento.A Presidenta reeitera  para mim,a mais nítida impressão do seu amadorismo político,a ressaltar que trata-se de figura séria,correta e honesta,atributos louváveis,vamos combinar,,mas insuficientes para o exercício da Presidência da República.O estrago que legou é incomensuravel,no seu reinado,jogou o País na mais grave crise de sua existência,e disso ela não pode fugir.No início desse comentário,falei que Nassif foi educadíssimo,exatamente como se deve tratar as pessoas quando vão a sua casa.O que me refiro não é isso.Nassif não colocou para a Presidenta assuntos ou temas que ela jamais teria condições de responder.Chamam isso por aí de saia justa.

Seu voto: Nenhum (4 votos)
imagem de Junior Sertanejo
Junior Sertanejo

Alguns reparos a fazer.O

Alguns reparos a fazer.O correto:que imaginava imprimir.A palavra correta é colcha.No mais essa,essa estrela ridicula no rodapé do comentario está colodada inadevertidamente.Não se pode avaliar do que não se entende.Basta ver minha resposta ao bom comentario de Joel Lima,que defitivamente prova que nunca foi o Briguilino.

Seu voto: Nenhum (1 voto)
imagem de gaúcho
gaúcho

Depois que a turma da

Depois que a turma da maçonaria tomou a chave do cofre é que a gente viu que era feliz e não sabia.

Seu voto: Nenhum (8 votos)
imagem de Paulo SD
Paulo SD

Errou no republicanismo

O grande erro foi o mito do republicanismo. A PF já se mostrava aparelhada pelos tucanos desde o caso Lunus. O MP paulista deu sinais claros de aparelhamento desde o caso Celso Daniel. Só não viu os sinais quem não quis. Com a vitória do Lula estas instituições ficaram esperando o momento certo para dar o bote. Quando o governo se mostrou desgastado pela crise econômica internacional que acometeu também o Brasil e pela crise política decorrente da inabilidade da Dilma e do PT em lidarem com o PMDB, o aparato Jurídico-Policial veio à tona para criar os elementos para o golpe.

Se eu fosse elencar os principais erros cometidos pelo PT, pelo Lula e pela Dilma elencaria:

1) Nomear elementos de aparato Jurídico-Policial como Joaquim Barbosa, Teori Zavaski, Fux, Rosa Weber, Facchin e Carmem Lucia para o supremo. O Toffolli, a meu ver, não foi uma má indicação política, mas ele no meio de toda esta gente não poderia ter feito muita coisa além de salvar a própria pele. Acho que a Dilma deveria ter indicado pelo menos o Eduardo Cardodo e o Luís Inácio Adams ministros do supremo. Se os dois tivessem lá no lugar dos nomes acima, não teria havido golpe. Além disso, existem vários advogados legalistas que se indicados não teriam aderido tão facilmente ao golpe.

2) Ter mantido por tanto tempo Eduardo Cardoso no ministério da justiça. Ele não tem perfil para o cargo. Foi um bom AGU e teria sido um bom ministro do supremo. O Aragão deveria ter sido colocado no MJ no começo do segundo mandato. 

3) O Lula ter se afastado da articulação política mais direta. Ainda é uma incognita por que isto aconteceu: queria se preservar para disputar a sucessão da Dilma? Estava realmente "aposentado" e mais preocupado com palestras internacionais que além de lhe garantir algum dinheiro o projetavam internacionalmente? A meu ver o Lula deveria ter assumido um mininstério no governo Dilma logo no começo do segundo mandato ou, o que seria melhor, ter transferido seu domicílio eleitoral para Pernambuco e sido eleito senador por este estado. Com ele no senado o apoio político a Dilma seria mais forte e ele poderia virar ministro sem maiores obstáculos.

4) Não ter apoiado a Marta como candidata a governo de São Paulo. Ela provavelmente teria perdido a eleição e continuaria no PT. A verdade é que o PT jogou uma senadora fora com muita facilidade para apoiar um candidato fraquíssimo que é o Alexandre Padilha. Juntando a saída da Marta à derrota do Eduardo Supplicy ao Senado, o apoio que o partido tinha no senado diminui bastante.

5) Não ter sabido lidar com as mágoas de alguns senadores e deputados outrora de esquerda como Cristovam Buarque. O PT poderia ter dado a ele algum ministério menor como a cultura, principalmente após a derrota do Eduardo e a saída da Marta.

Outras coisas poderiam ter sido elencadas, mas acho que estas sãos as principais. O bom, no entanto, é que com o golpe os erros estão começando a ser percebidos e corrigidos. Os inimigos golpistas finalmente foram corretamente caracterizados e o Lula percebeu o cenário completo e esta adotando o discursso adequado ao enfrentamento. Nada mais de republicanismo ao lidar com a PF e com os MPs!!!!

 

Seu voto: Nenhum (6 votos)
imagem de Marcelo33
Marcelo33

Pena que isso foi tarde

Pena que isso foi tarde demais... essa quadrilha que está no poder só sai de lá a bala. E as Forças Armadas são deles. 

Vai todo mundo para o cantinho do pensamento na cadeia repensar os erros... 

Não adianta dar o remédio certo para o paciente depois que ele morreu.

Seu voto: Nenhum
imagem de joel lima
joel lima

A  ingenuidade política de

A  ingenuidade política de Dilma é assustadora. Achar que a lava jato não iria atingi-la porque ela é honesta ( e é mesmo, pois nada encontraram apesar do massacre que sofreu da mídia ) é risível. Como Nassif bem analisou num dos seus posts, a partir de um momento Dilma tratou de salvar sua biografia - e conseguiu de forma brilhante quando enfrentou aquela corja no senado e com isso conseguiu evitar que lhe tirassem os direitos políticos, numa manobra perfeita entre Renan e Levandowisk ( Gilmar criticou não por achá-la 'imoral', mas porque não foi ele que a fez rs). Quanto a nós - bem, que nós lutemos contra a camarilha que tomou o poder pra salvar nosso presente e o futuro desse país. 

Seu voto: Nenhum (7 votos)
imagem de Junior Sertanejo
Junior Sertanejo

Respondo a Joel

Respondo a Joel Lima,28/09/2016 - 07:29.Você com seu comentario,encerra definitivamente essa historia de Joel Briguilino.Jamais o foi.Assustadora e aterradora.A Presidenta Dilma jamais foi,é ou será uma politica.Não reune as minimas condições nem para ser escalada para o banco de reservas.Erro imperdoavel de Lula,meio que empavonado.Ela e a esmagadora maioria dos cadastrados daqui,entendem de politica,o que eu entendia quando as missas eram rezadas em latim.Colocam o coração no bico da chuteiras.Sem a tecnica,tempo perdido,se me faço entender.Não é seu caso.

Seu voto: Nenhum (3 votos)
imagem de naldo
naldo

Desde sempre instituições são

Desde sempre instituições são usadas contra inimigos....

 

A História nos ensina, a santa inquisição, a gestapo, não temos um orgão sutil como a cia, porém, sempre utilizaram as instituições como agentes da repressão, descaradamente;  há uma briga dentro delas por ascensão e para quem será o lacaio do governo constituído. Òbvio que Lula e Dilma sabiam disso, enfraquecer os movimentos sociais, ao mesmo tempo que abraçava o rentismo feriu de morte o governo Dilma, isso é passado, a missão neste momento é reerguer a democracia nesse país e chutar o estado policial pra longe, o retrocesso que esse senhores caquéticos querem nos impor já não serve mais ao povo, e o entreguismo deslavado tem que ser combatido, nas ruas, na porta da casa deles.....

Seu voto: Nenhum (4 votos)

E pensar que nossa presidente

E pensar que nossa presidente foi substituída pelo mordomo de filme de terror.

Golpistas!

 

Seu voto: Nenhum (15 votos)

Dilma estava indo bem até

Dilma estava indo bem até falar em FHC.

Não tenho paciência para ver ou ouvir o tal, nem perco meu tempo lendo comentários sobre o que aquele velho idiota disse ou não disse.

No meu mundo FHC tem menos valor ecológico que um rato. Nada que diga respeito à ele vai poluir minha consciência.

Seu voto: Nenhum (15 votos)
imagem de Marcos K
Marcos K

Independentemente dos motivos

Independentemente dos motivos quero apontar três erros colossais de Dilma e do PT:

1. Não entender a natureza da crise financeira de 2008. Quem comanda o jogo é Wall Street e os objetivos são claros: utilizar as políticas de auteridade para forçar a maciça de renda do setor produtivo e dos assalariados para o setor financeiro, se possível com forte endividamento, porque assim se tornam escravos de dívidas. Achavam que a crise era não passageira. Erro estúpido. A austeridade é permanente e com o provável Governo de Hillary a coisa vai se agravar;

2. Descuidar da comunicação, algo que muitos blogs sujos advertiam que custaria caro. Na época eu achava que não era para tanto, mas agora ficou claro que jornalistas mais experientes acertam nas suas previsões; 

3. Não existe nenhuma possibilidade de conciliação com as nossas "zelites". São preconceituosos, estúpidos, ignorantes e serviçais demais para pensarem no país. Seus interesses estão vinculados a Wall Street e pouco se importam conosco. Com essa gente não tem papo, como o golpe deixou claro. São eles ou nós. Confesso que tinha ilusões quanto a isso, de que era possível chegar num conseno. Vejo agora claramente que não. Essa gente tem que ser eliminada.

Estes erros estúpidos vão nos custar mais 20 anos de atraso. Não tenho esperanças no futuro do país. Vai virar uma montanha de escombros. Uma guerra civil dos ricos contra os pobres, onde todos vão fazer o que for necessário para sobreviver. Para mim viveremos o pesadelo do Darwinismo Social mais selvagem.

 

Seu voto: Nenhum (7 votos)

Boa entrevista

De qq forma, vou apontar alguns erros da senhora.

Foi cair no republicanismo daquele cara que ocupava o ministerio da justica (por 6 ANOS!!!)...depois foi acreditar nas boas intenções do Simão Bacamarte de Curitiba...enfim

Seu voto: Nenhum (13 votos)
imagem de Fábio Moraes
Fábio Moraes

Simão Bacamarte. Uma das

Simão Bacamarte. Uma das melhores definições do falsário caipira (e quem está escrevendo isto é um também - caipira, não falsário rsrs - então conheço bem esse tipo, colonizado e que tem certeza de possuir um intelecto superior). Pena, que ao contrário do original, esse não vai acabar internado sozinho no hospício, mas pelo jeito, ainda vai aumentar mais o estrago já feito ao país...

Seu voto: Nenhum
imagem de Serjão
Serjão

Um é o mordomo do vampiro, o outro é servo do CÃO

José Serra fechou a Coordenação Geral de Combate à Fome, que colabora com países em desenvolvimento.

https://www.youtube.com/watch?v=OeTzKFUgOYc

Seu voto: Nenhum (5 votos)
imagem de Jus Ad Rem
Jus Ad Rem

Dilma Roussef: Uma mulher

Dilma Roussef: Uma mulher honesta, patriota, guerreira, duas vezes julgada e condenada por facínoras e corruptos.

A República Bananeira do Brasil terá a eternidade para se arrepender.

Seu voto: Nenhum (10 votos)
imagem de silverio
silverio

DNA

Isso é dna, que 99% dos brasileiros não tem. 

Seu voto: Nenhum (1 voto)
imagem de Jus Ad Rem
Jus Ad Rem

Excelente entrevista! Daqui a

Excelente entrevista! Daqui a alguns anos o Brasil vai reconhecer o erro idiota de permitir a deposição dessa presidente através de um golpe e empossar um golpista corrupto apoiado por uma gangue de facínoras igualmente corruptos. 

Nassif, tem um erro de digitação no primeiro parágrafo.

Seu voto: Nenhum (6 votos)
imagem de Junior Sertanejo
Junior Sertanejo

Respondo a Jus Ad

Respondo a Jus Ad Rem,29/09/2016 - as 01:30.Ainda intrigado com o seu nome,respondo:Excelente aos seus olhos,pode até ser,mas não corresponde a verdade historica dos fatos.É que nós brasileiros temos o pessimo hábito de só fechar a porta depois de roubados e jogar toda culpa no ladrão.

Seu voto: Nenhum (1 voto)
imagem de sabra
sabra

È crucial que a coloquemos no ar.

È preciso que a deixemos falar. Esta mulher sabe muito, e tem muito a falar. Quem melhor do que ela para defender o sistema energético e a Petrobrás contra estes desman dos brutais.  Ela tem muito a dizer e  orientar nesta luta que apenas começa. 

Beijo no coração de Dilma

Seu voto: Nenhum (8 votos)
imagem de IA2
IA2

Erdogan na Turquia não

Erdogan na Turquia não permetiu que os golpistas o derrubassem e partiu pro contragolpe e botou a turma na cadeia e alguns no cemitério. Vc Dilma podia ter feito o mesmo e não o fez não sei se por estupidez ou incompetência. 

Por não ter feito o mesmo que Erdogan muitas meninas de dez, doze anos venderão seus corpos por um cachorro quente ou talvez menos que isso por que os pais estarão desempregados.

O Pré-sal será entregue aos gringos e o futuro de riquezas e prosperidade vislumbrado pelo povo brasileiro terá sido destruido.

Votei em vc e me arrependo por que vc traiu os milhões de brasileiros que em vc votaram, não usando de todos os meios e o poderes que a presidência da república coloca nas mãos de um presidente, os mesmos poderes usados pelo presidente turco para esmagar aquelas que atentaram contra os interesses do povo turco.

Cada menina que vender o corpo por um cachoro quente para aplacar a fome porque o pai esta desempregado, cada lágrima que uma mãe ou pai derramar porque um ente querido morreu porque o SUS foi destroçado e ele não teve atendimento médico, cada desempregado que estiver passando fome enquanto vc recebe salário como ex-presidente, cada família que voltar à mais absoluta miséria porque não terá mais acesso ao Bolsa Família e outras violências mais que o governo golpista cometerá contra o povo brasileiro, VOU DEBITAR EM SUA CONTA DILMA.

Vc falhou Dilma Roussef, vc falhou com o povo brasileiro e digo mais com toda a dor que vai no coração por ver o Brasil sendo comandado e destruido por essa quadrilha de traidores, VC FOI COVARDE.  Não teve coragem pra afogar os golpistas no próprio sangue se fosse necessário, mas dirá vc, não sou dada a cometer violências e eu te responderei que vc já cometeu uma violência sim contra o mais fraco, porque a violência que vai sofrer a menina de doze anos que venderá o corpo por um cachorro quente era responsabilidade sua sim e nós sabemos que isso vai acontecer sim e já esta acontecendo, isso será debitado na sua conta.

Por isso digo que VC FOI COVARDE. Tivesse feito como  Erdogan ou morrido como Allende no Chile, teria meu respeito pela eternidade.

Hoje pra mim Dilma Roussef vc e Temer, podem arder juntos no inferno.

Espero que leia isso,

Alguém que um dia por vc teve respeito e consideração.

Seu voto: Nenhum (5 votos)
imagem de Elias Salé
Elias Salé

A razão populista

Ernesto Laclau publicou A Razão Populista em 2005, na Inglaterra. O Rui Daher acho que foi o primeiro a mencionar o excelente livro por aqui.

Pois bem. No prefácio à edição brasileira, no fatídico ano de 2013, ele mata a charada com clarividência impressionante. Diz que existe um contraponto entre as instituições, que representam a conservação do sistema reinante, incluída a burocracia estatal aí, e as demandas populares, que não cabem no espaço político tradicional. Daí surge o populismo, que na América do Sul é associado às bandeiras da esquerda, ao contrário da Europa, que é de direita.

Para ele, a hipertrofia dessas instituições leva ao combate da política em sua essência, em virtude do temor que elas têm das mudanças que o atendimento das exigências populares leva a realizar nessa estrutura existente.

Em resumo, acredito que apesar dessa visão muito boa da infraestrura e da macroestrutura do País que a nossa honestíssima  honrada Presidenta e sua equipe tinham então, houve um subdimensionamento desse fenômeno do poder das corporações, em especial do MP.

Isso somado à perda da batalha da comunicação levou a uma epidemia de alistamento no exército dos antipetistas e que acabou  por se mostrar um quadro de enfraquecimento irreversível.

Agora isso tudo é história. A única coisa que não vai ganhar a guerra final é ficar discutindo o que este governo ilegítima faz de errado, até poruqe ele está aí apenas para saquear a nação. A vitória virá da formulação de um novo projeto, antenado com as demandas atuais da soceidade, em especial dos jovens. E rápido,antes que se cristalize ainda mais a situação e a reversão do quadro leve a outros 21 anos, e mais duas décadas depois para as forças populares ganharem o poder de novo.

Seu voto: Nenhum
imagem de André-Kees Schouten
André-Kees Schouten

Genial, Nassif! Grande ideia

Genial, Nassif! Grande ideia aproveitar e fazer esta entrevista. 

Será que a presidenta não toparia escrever uma coluna para o GGN a partir de agora? 

Seu voto: Nenhum (8 votos)
imagem de Alexandre Bueno
Alexandre Bueno

Ainda nao foi ao ponto em energia

Algumas considerações:

Dilma atendeu à pauta da da fIESP quando buscou a redução da tarifa de energia. Acertou, de cera forma, ao buscar a redução através da mudança nas concessões de usinas já amortizadas, mas errou a mão na negociação. Houve desgastes em toda a parte. 

A partir de 2012 o seror elétrico virou uma sucessão de puxadinhos e gambiarras, celebradas através da Resolução CNPE03. O governo também não decretou racionamento em 2014 por razões políticas. O risco excedeu o limite pré estabelecido e houve uma marretada no modelo para que não houvesse corte de 20% na carga. Isso gerou um problema de caixa para a Distribuidors, resolvido via outra gambiarra e a explosão tarifária em 2025.

Houve uma judicialização inédita no setor, que perdura até hoje, e a Eletrobras quebrou.

Há uma diferença nítida entre Dilma 2004, aquela que reestabeleceu o Planejamento no setor e Dilma 2012. As duas, no frigir dos ovos, acabaram se anulando,

 

 

Seu voto: Nenhum (3 votos)

Bela entrevista

Bela entrevista.

Apesar de ser leigo no tema, acho que quando o assunto é técnico, e se trata de energia, a Dilma é imbatível.

Sei que o AA e o próprio Nassif, se não me engano, já criticaram a forma como foi tratata a relação "energia-economia".

Mas pensar uma nação continental como a nossa tendo como um de seus pilares a sustentabilidade energética não é pouca coisa. E a Dilma é uma das melhores cabeças pensantes dessa área.

O que representa um indispensável ativo, pois esse é um dos primeiros passos da soberania de uma nação (povo + território).

Um país continental com independência energética, alimentar e militar só não vira império, igual a tantos outros, por pusilanimidade.

Obs.: Para quem acha que ser império é ruim, lembre-se que na presença de um, ou você também se torna um, para encará-lo de frente, ou prepare-se para ser seu capacho (lógico, se ele achar que isso vale a pena, em outras palavras, ele achar que você tem algo a lhe oferecer - será que temos???).

Seu voto: Nenhum (4 votos)

Se com a "melhor cabeça

Se com a "melhor cabeça pensante" deu no que deu, imagino se fosse um cabeça de bagre...

Ps: tem me chamado muita atenção como esfolam sem dó nem piedade a lógica nos argumentos.

É outra face de nossa tragédia.

Seu voto: Nenhum (17 votos)
imagem de Junior Sertanejo
Junior Sertanejo

Respondo a Chico

Respondo a Chico Pedro,29/09/2016 - 07:34.Ainda que não tenha se referido a mim,vou vestir a carapuça.A tragédia realmente começou quando a Presidenta segurou o trono presidencial,Aloisio Mercadante do lado direito,Zé Eduardo Cardoso no lado esquerdo,deblaterou:Daqui não saio,daqui ninguem me tira.O combinado me parece que não era esse,meu caro.A cronica,ou tragédia como diz você,da morte anunciada só estava começando.O resto é choro pelo leite derramado.Lamentar sim,chorar não é meu caso.

Seu voto: Nenhum (1 voto)

A Presidente Dilma é honesta

A Presidente Dilma é honesta até o último fio de cabelo. É uma mulher com uma História de vida admirável.

Teve diversos acertos no governo, inclusive na manutenção dos programas sociais.

Mas agiu de maneira republicana demais com essa corja. Não se trata cafajestes e canalhas a pão de ló.

Deveria ter processado a Veja umas mil vezes, toda santa semana, ela e o resto da "grande" mídia.

A manutenção de Cardoso no Ministério da Justiça custou o desmantelamento e o partidarismo político da PF, algo absolutamente inaceitável.

A escolha de ministros do STF foi quase tão ruim quanto a de Lula.

Mas o que foi inaceitável, inaceitavel mesmo não foi a escolha de Janot, mas a sua recondução. Algo simplesmente INACEITÁVEL pois naquele momento já se sabia o que guiava o PGR.

No final a escolha de Lula para ser Ministro do Gabinete Civil e de Eugênio Aragão foram excelentes, mas escolhas feitas tarde demais.

Tanta coisa que poderia ter sido feita para impedir essa noite de São Bartolomeu e tão pouco que foi feito...

Seu voto: Nenhum (6 votos)
imagem de Marcelo33
Marcelo33

Exatamente. Dilma será

Exatamente. Dilma será lembrada como a pessoa que nos conduziu a esse desastre !!!

Espero que Dilma, além de assinar o GGN, o LEIA. Se bem que agora, é tarde demais para isso... Se bem que é aquilo, talvez ela até lesse, mas o GGN era o anjinho falando na cabeça dela, e o diabinho era o Zé da Justiça... ela preferiu fazer o que o diabinho falou, e olha onde paramos ?

Tenho profunda admiração pessoal pela Dilma, mas como política errou em quase tudo.

Seu voto: Nenhum (3 votos)
imagem de Dulce (Madame X)
Dulce (Madame X)

...Marcelo33

Marcelo33, "e olha onde paramos"... 

...paramos em duros tempos, onde a VÍTIMA é acusada pelo GOLPE que sofre.

NADA justifica conspiração, digna de um "grão-vizir", e golpe de estado. NADA. 

Abs.

Legalidade e Democracia

FORATEMER

Seu voto: Nenhum (1 voto)
imagem de Marcelo33
Marcelo33

Se os adversários políticos

Se os adversários políticos de Dilma tivessem a estatura moral dela, o país estaria em outro patamar, e talvez a gente tivesse discutindo insignificâncias, já que os grandes problemas do Brasil provavelmente nem existiria ou seriam bem menores.

Nada justifica a conspiração, mas nem por isso vc não deve tentar evitá-la. Lembremos que quem votou em Dilma confiou a ela cuidar do país durante 4 anos, e depois mais 4. Proteger o país desses gatunos estava no pacote de deveres dela. 

Óbvio que o país e o povo estão em débito com Dilma, e nem tem como não estar, pois esse país foi o que torturou barbaramente ela. Mas a partir do momento que ela se candidatou a presidência e venceu, assumiu, dentre diversos outros compromissos, o de proteger o Brasil, no qual ela falhou. Evidente que o STF tb tinha o dever de ser o guardião da constituição, e os deputados e senadores o de respeitarem a democracia.  

 

Seu voto: Nenhum (1 voto)

Essa é a Dilma, Dama de

Essa é a Dilma, Dama de Vermelho! Não de aço, mas de fibra. Volta Dilna!

Seu voto: Nenhum (28 votos)
imagem de Luiz Conceição
Luiz Conceição

Dilma ao GGN: privatizaçã Dilma aoo, apagão e Estado de exceção

Nassif, não é Gás N. E sim Gasene - Gasoduto do Nordeste, começa em Cacimbas (ES) e chega a Catu (BA), passando  pelo litoral do Espírito Santo e Bahia, dai seguindo a Pernambuco, etc.  Veja link:  http://www.transpetro.com.br/pt_br/imprensa/noticias/transpetro-opera-os...

Seu voto: Nenhum (1 voto)
imagem de Ivan de Union
Ivan de Union

Nao cola ainda:

"Decidimos então baixar o custo do trabalho":

Sob qual pagamento e aas custas de quem?

Por enquanto, so ha uma resposta, e ela foi um desastre:  os juros.  (pois o cambio nao foi la tao afetado enquanto ela era presidenta)

Nassif, faltou metodologia.  O que eu sei eh que salario minimo brasileiro ta em 228 dolares.  (e nem disso eu tenho certeza)

Seu voto: Nenhum (4 votos)

Comentar

O conteúdo deste campo é privado e não será exibido ao público.
CAPTCHA
Esta questão é para testar se você é um visitante humano e impedir submissões automatizadas por spam.