Revista GGN

Assine

Luis Nassif Online

Vê-se, em tempo real, as razões históricas para o Brasil nunca chegar lá, no panteão dos países desenvolvidos.
110
É sintomática a maneira como alguns jornalistas endossam um atentado evidente à liberdade de expressão; por Luis Nassif
43
Ex-governador conta também que, desde governo Collor, já alertava para as manobras ilegais de Eduardo Cunha no Congresso
12

O pintor José Antonio da Silva na Galeria Almeida & Dale, por Walnice Galvão

Por Walnice Nogueira Galvão

José Antonio da Silva surgiu na voga da descoberta dos artistas naïfs ou primitivos. Sua exposição em São Paulo, em 1948, realizou-se na Galeria Domus, alcançando extraordinário sucesso. Inaugurada um ano antes, a Domus foi a primeira galeria de arte moderna no Brasil, computando 90 exposições entre 1947 e 1951, o que é um número fantástico para tão curto intervalo de tempo.

Leia mais »

Média: 5 (1 voto)

Pezão corta salários de professores na semana em que R$ 300 mi são devolvidos ao RJ

Jornal GGN - Circula nas redes uma mensagem de professores da UERJ (Universidade Estadual do Rio de Janeiro) que pede ajuda para "esclarecer" a crise instaurada na instituição e que não encontra nenhuma saída no final do túnel em função do desinteresse do governo Pezão.

Leia mais »

Média: 3 (2 votos)

A esquerda, a carne e o pragmatismo masoquista, por Igor Fuser

Enviado por Marcelo Soares Souza

Por Igor Fuser

No blog Outras Palavras

Na campanha eleitoral de 2014, a Friboi fez um donativo de 200 mil reais, declarados, em favor de Jair Bolsonaro, candidato a deputado federal no Rio de Janeiro. O mesmo frigorífico foi um dos maiores anunciantes da mídia burguesa durante todo o período em que os principais veículos de imprensa, rádio e TV do país levaram adiante a campanha golpista.

Leia mais »

Média: 2.2 (14 votos)

Lava Carne & Jato Fraco, por Marcelo Auler

Por Marcelo Auler

Não faltou aviso. Em 2015, quando da indicação de um novo presidente para o IPL 0136/2015-4 – SR/PF/PR – que gerou a Operação Carne Fraca -, o diretor -geral do Departamento de Polícia Federal, Leandro Daiello Coimbra, foi alertado para não permitir que o delegado Mauricio Moscardi Grillo assumisse o caso. Isto, segundo fontes de Curitiba informaram ao Blog, lhe foi encaminhado por escrito, por meio de ofício. Mas ele fez ouvidos moucos e não se intrometeu. Dois outros delegados passaram pelo caso até que o IPL caísse nas mãos de Moscardi, responsável por deflagrar a Operação, hoje considerada desastrosa.

Leia mais »

Média: 4.2 (5 votos)

DOI-CODI 2017: A polícia política da Lava Jato, por Sergio Saraiva

Por Sergio Saraiva

“Se pensas que burlas as normas penais, insuflas, agitas e gritas demais, a lei logo vai te abraçar, infrator com seus braços de estivador”.

A reportagem do caderno Poder da Folha de S. Paulo de 24 de março de 2017 descreve o método de perseguição ao blogueiro Eduardo Guimarães e às suas fontes jornalísticas. Traz também dados do inquérito da Polícia Federal que levou à detenção de Eduardo, acusado por ter antecipado – em um furo de reportagem – a condução coercitiva do presidente Lula.

“Se tu falas muitas palavras sutis E gostas de senhas, sussurros, ardis, a lei tem ouvidos pra te delatar nas pedras do teu próprio lar”.

Interessante é percebermos que a Policia Federal parece, nesse caso, atuar como polícia política. Não parece que o vazamento em si seja mais do que um mote para o constrangimento de adversários do “regime imaginário de poder” que a Lava-Jato passou a representar.

Leia mais »

Média: 4.7 (9 votos)

Temer pede separação das contas de Dilma em alegações finais ao TSE

 
Jornal GGN - A defesa de Michel Temer entregou ao Tribunal Superior Eleitoral as alegações finais referentes ao processo movido pelo PSDB que pede a cassação da chapa eleita em 2014. A peça, com 55 páginas, pede, entre outras coisas, a separação das contas de Temer e Dilma.
Sem votos

Governo Temer corta 61% da verba para atendimento de mulheres violentadas

Jornal GGN - O governo Michel Temer cortou 61% da verba destinada ao atendimento de mulheres em situação de violência doméstica. Segundo reportagem do portal Poder 360, o Planalto também reduziu em 54% o orçamento voltado para políticas de incentivo da autonomia da mulher - uma maneira de estimular o rompimento de vínculos que possam ser responsáveis pela manutenção da violência. Procurada, a secretaria responsável não quis se manifestar.

Leia mais »

Média: 1 (1 voto)

Sindicatos dizem que apoio a Temer em troca de recursos é mentira de jornal

Jornal GGN - A Central dos Sindicatos Brasileiros emitiu uma nota à imprensa refutando reportagem da Folha de S. Paulo, publicada nesta sábado (25), a respeito de negociação com o governo Temer em troca de "mais recursos". A CSB nega que esteja disposta a apoiar as reformas impopulares encampadas por Temer em troca de repasses. A instituição ainda aponta que, ao contrário disso, as reformas de Temer tendem a enfraquecer os sindicatos. Caso da reforma trabalhista e da terceirização aprovada nesta semana pela Câmara.

Leia mais »

Média: 3.6 (5 votos)

Ismália, de Alphonsus de Guimaraens, por Inezita Barroso

 

 

Inezita Barroso, "Ismália"

poema de Alphonsus de Guimaraens

música de Capiba

do filme "Inezita Barroso a Voz e a Viola", 1969


Ismália

Alphonsus de Guimaraens

 

Quando Ismália enlouqueceu, Leia mais »

Média: 5 (5 votos)

Ministro permitiu mais de 18h de acusações à Dilma e apenas 1h27 de defesa

Jornal GGN - O advogado da ex-presidente Dilma Rousseff, Flávio Caetano, apontou que o relator da ação de cassação da chapa eleita em 2014 no Tribunal Superior Eleitoral, ministro Herman Benjamim, não concedeu tratamento igual para as partes durante o processo, privilegiando as acusações contra a petista com mais de 18 horas de depoimentos, ante apenas 1h27 de explicações das testemunhas de defesa. 

Na peça, com mais de 300 páginas, Caetano ainda pediu que o PSDB seja investigado por ter feito uso de caixa 2 eleitoral, conforme denunciado por delatores da Odebrecht. Segundo a defesa de Dilma, Aécio Neves não pode alegar que perdeu a disputa eleitoral de 2014 por desvantagem financeira, já que teria arrecadado dinheiro por fora do sistema legal. O tucano sustenta abuso de poder econômico na campanha de Dilma.

Leia mais »

Média: 4 (10 votos)

Nem imprensa, nem Polícia Federal podem tratar investigado como culpado

 
Jornal GGN - Não é raro, aliás, na verdade já se tornou habitual a imprensa noticiar com estardalhaço uma nova operação da Polícia Federal e as informações reveladas levarem a opinião pública a emitir juízo de valor antecipado sobre os investigados. Isso não deveria ocorrer porque, em tese, a operação da PF é só uma fase da investigação, que ainda será levada ao Ministério Público e, depois, passará pelo crivo de um juiz. Só, então, o investigado transforma-se em réu, acusado de um crime oficialmente. Antes disso, portanto, não cabe à imprensa, muito menos à PF, tratar investigados como culpados. É o que aponta, em artigo no Estadão, o procurador Helio Telho Corrêa Filho, sobre como funciona as operações da PF.
Média: 4 (8 votos)

As alegações finais da defesa de Dilma no TSE

Aí vai a íntegra da defesa de DIlma Rousseff no TSE.

Ajudem o GGN a identificar os pontos principais.

 

Média: 5 (4 votos)

Gilmar abre sindicância para apurar vazamento de depoimentos sigilosos

Do Conjur

O presidente do Tribunal Superior Eleitoral, ministro Gilmar Mendes, criou uma comissão de sindicância para apurar denúncias de vazamento à imprensa de trechos de depoimentos sigilosos da ação de investigação da chapa Dilma-Temer. Gilmar nomeou uma juíza auxiliar da Presidência, o coordenador de infraestrutura de TI do tribunal e um representante da Corregedoria-Geral Eleitoral.

A intenção do ministro é saber como trechos de depoimentos prestados por executivos da Odebrecht ao TSE foram repassados a jornalistas. A comissão tem 60 dias para apresentar um resultado.

Leia mais »

Média: 3 (5 votos)

Ciro denuncia esquema de Temer no Porto de Santos

Ex-governador conta também que, desde governo Collor, já alertava para as manobras ilegais de Eduardo Cunha no Congresso

 
Jornal GGN - Nesta segunda parte da entrevista que Ciro Gomes (PDT-CE) concedeu para o GGN, no programa Na sala de visitas com Luis Nassif, o ex-governador conta que já alertava para as manobras ilegais de Eduardo Cunha no Congresso, desde o governo Collor, e chama de "quadrilha" o grupo político composto por Cunha, Eliseu Padilha e outros nomes próximos a Michel Temer e, ainda, anuncia o envolvimento de Temer no esquema de corrupção do Porto de Santos e os embates políticos que evitou maior desgaste do governo Lula no Mensalão. 
Média: 4.4 (16 votos)

Lula defende aprovação da lei contra abuso de autoridades, após criticar Moro e Dallagnol

Jornal GGN - Em seminário promovido pelo PT para discutir os desdobramentos da Lava Jato, o ex-presidente Lula defendeu a aprovação de uma lei contra abuso de autoridades e criticou o modus operandi da força-tarefa, que costuma inventar um crime para incutir nas pessoas e usar a imprensa para facilitar o julgamento.

"Acho que o PT tem obrigação de, no Congresso, aprovar a lei de abuso de atuoridade, porque ninguém está acima dessa discussão", defendeu o ex-presidente.

Leia mais »

Média: 4.5 (16 votos)