newsletter

Luis Nassif Online

O candidato que não se der conta dos novos tempos pode levar a eleição, não a governabilidade; por Luis Nassif
48 comentários
Há que se ter visão estratégica, apontar um caminho que conduza ao desenvolvimento econômico e social; por Luis Nassif
40 comentários
Para avaliar melhor as políticas neoliberais, o 1o passo é entender o que é o negócio do grande capital; por Luis Nassif
96 comentários

Incêndio atinge raro ecossistema da Mata Atlântica

Jornal GGN – O incêndio florestal na região serrana do Rio de Janeiro avançou até os campos de altitude, um dos ecossistemas mais raros da Mata Atlântica. O combate ao incêndio foi reforçado com frentes de brigadistas e até um helicóptero do Ibama realizando lançamento aero de água.

Fogo na região serrana do Rio atinge área mais alta do Parque Nacional

Por Akemi Nitahara

Da Agência Brasil

O incêndio florestal que atinge o Parque Nacional da Serra dos Órgãos (Parnaso), na região serrana do Rio de Janeiro, atingiu hoje (18) a área dos campos de altitude, um dos ecossistemas mais raros da Mata Atlântica. O avanço do fogo foi constatado durante sobrevoo, pela manhã, de representantes do Instituto Chico Mendes de Conservação da Biodiversidade (ICMBio) e Ibama.

Leia mais »

Média: 3 (2 votos)

Mesários terão treinamento para lidar com biometria

Jornal GGN – Depois de registrar longas filas por conta do uso da tecnologia biométrica no primeiro turno das eleições, Búzios e Niterói darão treinamento reforçado para os mesários no segundo turno. O presidente do Tribunal Regional Eleitoral do Rio de Janeiro se reuniu com especialistas em tecnologia da informação para discutir soluções.Dez técnicos em informática vão dar treinamento aos mesários.

Mesários de Búzios e Niterói terão treinamento reforçado para segundo turno

Por Flavia Villela

Da Agência Brasil

Os mesários de Niterói, região metropolitana do Rio de Janeiro, e Armação dos Búzios, região dos Lagos, receberão reforço no treinamento para o segundo turno. As duas cidades são as únicas do Rio em que a identificação do eleitor é biométrica. No primeiro turno, devido às longas filas, o estado foi o último a concluir a apuração dos votos.

Leia mais »

Média: 5 (1 voto)

Robô de telepresença tem aplicação na área hospitalar

Jornal GGN – A Semana de Ciência e Tecnologia começou em Brasília e uma das atrações que mais faz sucesso é o robô de telepresença R1T1, guiado por controle remoto e equipado com câmera e tela. O foco do robô é a área hospitalar, tanto para aliviar a rotina de procedimentos de pacientes como permitindo o uso por médicos, para acessar informações de prontuário. Ele também vai realizar exames: o próximo passo é incluir um equipamento de ultrassom.

Leia mais »

Média: 3.5 (2 votos)

A estratégia do vazamento dos depoimentos de Sérgio Moro

Primeiro, a marcação do depoimento dos acusados em pleno início do segundo turno, para que, sem o segredo de justiça, trechos selecionados pudessem ser aproveitados para o jogo eleitoral.

Houve uma indignação geral contra o jogo do juiz Sérgio Moro e dos procuradores, por parte das redes sociais, de instituições nacionais e de operadores do direito. Para não dar margem a nenhuma dúvida sobre a partidarização do julgamento, Gilmar Mendes, o verdugo dos juizes justiceiros, o garantista dos seus, o homem que jogou o peso do STF contra o juiz De Sanctis, veio a público dar pleno apoio a Moro.

Os vazamentos pararam por alguns dias e voltaram contra o “outro lado”. Num assomo de isenção, liberou-se a parte do depoimento de Costa que implicava, dentre tantos muito vivos, um dirigente tucano morto e, nessa condição, fora do alcance do instituto do foro privilegiado, que tiraria o inquérito das mãos de Moro. Leia mais »

Média: 4.8 (20 votos)

Salvador Dalí tem 218 obras expostas em São Paulo

Jornal GGN – Começou hoje a exibição no Instituto Tomie Ohtake do acervo de Salvador Dalí. São 218 obras do pintor: 24 pinturas, 135 gravuras e desenhos, 15 fotos, 40 documentos e quatro filmes. Dalí foi um dos principais nomes do surrealismo mundial. A exposição é gratuita, de terça-feira a domingo, das 11h às 20h, e vai até 11 de janeiro. Senhas serão distribuídas no local a partir das 10h

Exposição do mestre surrealista Salvador Dalí começa amanhã em São Paulo

Por Elaine Patricia Cruz

Da Agência Brasil

Conhecido por retratar sonhos e fantasias e também por manter um bigode extremamente fino e com as pontas levantadas para o alto, o artista catalão e surrealista Salvador Dalí (1904-1989) será homenageado a partir de amanhã (19), em são Paulo, com uma mostra no Instituto Tomie Ohtake.

Leia mais »

Média: 5 (1 voto)

Como PT e PSDB vêem o serviço público, por Antônio Augusto de Queiroz

Jornal GGN – No plano federal houve grandes diferenças nos oitos anos de governo tucano e nos doze anos de governo petista na maneira de encarar o funcionalismo público. Desde a forma do governo de se relacionar com os servidores, passando pela política de reposição de pessoal, até a remuneração dos trabalhadores, PT e PSDB têm visões muito distintas.

Enviado por Mara L. Baraúna

PT ou PSDB, em quem o servidor público deve votar?

Por Antônio Augusto de Queiroz

Do Pragmatismo Político

Servidores públicos foram tratados de forma distintas nas gestões do PT e do PSDB (Pragmatismo Político)

Servidor público: segundo turno PT ou PSDB, Dilma ou Aécio? Radiografia mostra a forma que petistas e tucanos se relacionaram com o serviço público de 1994 até hoje

Leia mais »

Média: 4.5 (6 votos)

Luhli e Lucina vão ganhar documentário

Jornal GGN – Compositoras da época dos Secos e Molhados, Luhli e Lucina vão ganhar um documentário pra contar sua história. A dupla compôs mais de 800 músicas, a maioria gravada por Ney Matogrosso. Fala, Bandoleiro, Coração Aprisionado, Êta Nóis, Bugre, Me Rói, Pedra de Rio e O Vira. Todos cantam suas músicas, mas poucos as conhecem.

Luhli e Lucina

Enviado por Jair Fonseca

Está para ser lançado um documentário sobre a discreta história de Luhli e Lucina, mais conhecidas por terem feito canções de sucesso para os Secos e Molhados. Além de música, o filme traz à tona a revolução comportamental dos tempos pós-hippies, pois a dupla viveu um assumido casamento a três, com o artista Luiz Fernando da Fonseca, com quem ambas tiveram filhos, sendo que Lucina havia namorado Ney Matogrosso.

Leia mais »

Média: 5 (2 votos)

Mitos sobre a falta d’água, por Gabriel Kogan

Jornal GGN – O Governo de São Paulo continua a jogar com a população, evitando falar em racionamento e colocando a culpa do problema de abastecimento na falta de chuva. O período de estiagem está sendo mais duro porque não foram tomadas medidas para minimizar seus impactos. Apostou-se tudo na fartura, mas o que veio foi a escassez.

Leia mais »

Média: 5 (11 votos)

TSE censura campanha petista, por Janio de Freitas

Jornal GGN – O Tribunal Superior Eleitoral tomou duas decisões que podem ser consideradas como censura. Proibiu a reprodução nos programas de propaganda eleitoral de reportagens e artigos de imprensa. E negou também a possibilidade de entrevistados darem apoio crítico às campanhas.

Censura

Por Janio de Freitas

Da Folha de S. Paulo

O TSE tomou duas decisões para aplicação imediata na propaganda eleitoral que caracterizam censura

A partir de uma apelação de Aécio Neves, o Tribunal Superior Eleitoral tomou duas decisões que caracterizam censura à liberdade de informação jornalística e à liberdade pessoal de expressão, mesmo que para expor fatos. É no mínimo duvidoso que o TSE disponha de poderes para impor as duas medidas, que se incluiriam em atribuições do Congresso e, até onde se pode saber fora dos doutos tribunais, opõem-se a princípios da Constituição.

Leia mais »

Média: 5 (15 votos)

O desafio do pós-eleição: a governabilidade

O programa semanal de Fareed Zakaria, na CNN, discutia esta semana a dificuldade de Barack Obama em decidir sobre problemas complexos, decididos quase sempre por meia dúzia de assessores na Casa Branca, deixando de lado quadros de carreira de alto nível.

Trata-se de um fenômeno quase universal em regimes presidencialistas, conforme me alerta o leitor Carlos Alberto Amaral.

***

Quando um presidente é eleito, supõe-se que represente ideias e projetos que não estão necessariamente contempladas pela burocracia pública. Coloca-se então um dirigente que dê o encaminhamento político adequado, mas sem prescindir do comportamento técnico acumulado.

Temas especialistas necessitam de uma base técnica permanente, de uma continuidade que não pode ser interrompida por militantes do partido que seja.

Por exemplo, o Ministério da Agricultura necessita de especialistas permanentes em negociações comerciais, trabalhando em conjunto com o Itamaraty e com o setor de agronegócios. O MDIC (Ministério do Desenvolvimento, Indústria e Comércio Exterior), de especialistas em defesa comercial, de modelos tarifários, trabalhando em conjunto com a indústria. O Ministério do Desenvolvimento Agrário necessita não apenas de agrônomos mas de especialistas em organização fundiária de pequenas propriedades conversando permanentemente com movimentos populares.

Leia mais »

Média: 4.5 (10 votos)

Jornalistas, eu os acuso!

A responsabilidade da imprensa pelo acirramento de ânimo entre petistas e anti-petistas é evidente. Estão fabricando um fosso que vai se aprofundando. Um dia será impossível a construção de pontes para o retorno à confraternização.

Ontem (18/10) publiquei um twit com a seguinte mensagem: "O antipetismo cego está se radicalizando e dividindo o país. Um dia ainda conseguem a guerra civil.”. É o que penso de verdade, mas esse pensamento não cabe em somente cento e quarenta caracteres, por isso a razão desse texto.

Estamos entrando num caminho extremamente perigoso, a partir do qual a percepção de uma parcela da população quanto à dificuldade de solução política pela via democrática começa a criar, em mentes menos tolerantes, perigosas ideias de dominação a qualquer preço, a qualquer custo. Leia mais »

Média: 4.6 (11 votos)

Democracia de sofá e mídia partidarizada

Por: Eliana Rezende

 

De um sofá a vida parece ser... até confortável.

Pode-se aninhar preguiçosamente, ajeitar uma ou outra almofada e acomodar-se diante da TV.

Preguiçosa e languidamente consomem-se guloseimas e toda forma de venenos prováveis e improváveis.

A democracia assim exercida fica fácil. Um consumo estreito e raso, muitas vezes sem crítica aprofundada. Chavões se repetem como mantra, ódios destilados.

  Leia mais »

Média: 4.8 (5 votos)

Multimídia do dia

As imagens e os vídeos selecionados.

Média: 3.7 (3 votos)

Fora de Pauta

O espaço para os temas livres e variados.

Média: 3 (2 votos)

Clipping do dia

As matérias para serem lidas e comentadas.

Média: 1 (1 voto)