newsletter

Assinar

Luis Nassif Online

Com forte queda na arrecadação, país terá que passar pelo teste complicado de avalizar a volta da CPMF; por Luis Nassif
2
Ministro do STF, valeu-se da tribuna nobre do TSE para ataques descabidos contra a honra do jornalista
24
Os movimentos do TSE com as contas de Dilma visam apenas gerar mais notícias negativas para o governo; por Luis Nassif
33

Clipping do dia

As matérias para serem lidas e comentadas.

Média: 2.3 (3 votos)

Fora de Pauta

O espaço para os temas livres e variados.

Média: 3 (4 votos)

Multimídia do dia

As imagens e os vídeos selecionados.

Média: 3 (4 votos)

Para Dalmo Dallari, chances de PSDB ter sucesso no TSE contra Dilma são mínimas

Jornal GGN - O jurista Dalmo Dallari disse em entrevista ao Blog da Cidadania que a cassação de Dilma Rousseff (PT) pelo Tribunal Superior Eleitoral é um processo que deverá se arrastar por anos, com direito a participação do Supremo Tribunal Federal no embate. Ele avaliou que as chances da presidente ter seu mandato atual revogado por ação movida pelo PSDB, que alega abuso de poder econômico no pleito de 2014, são mínimas. "Do ponto de vista jurídico está muito distante a possibilidade de que, a partir daí [da decisão do TSE de reabrir o processo], se afaste a presidente Dilma Rousseff."

Leia mais »

Média: 5 (2 votos)

Temer diz que volta da CPMF “é burburinho”

Por Luana Lourenço

Da Agência Brasil

O vice-presidente Michel Temer disse hoje (27) que a discussão sobre a possível volta da Contribuição Provisória sobre Movimentação Financeira (CPMF) é “um burburinho” e que o governo não está avaliando a recriação do tributo, extinto em 2007.

“Por enquanto é burburinho, vamos esperar o que vai acontecer nos próximos dias”, disse Temer a jornalistas em entrevista após encontro com o ex-presidente da França, Nicolas Sarkozy, em São Paulo.

Perguntado se o PMDB apoiaria a recriação da CPMF, o vice disse que o assunto ainda não foi examinado pelo partido.

“Evidentemente que a primeira ideia é sempre esta: não se deve aumentar tributos. Mas há muitas vezes a necessidade – não estou dizendo que vamos fazer isso – de apoiar medidas de contenção, e talvez a CPMF seja uma dessas medidas, mas não está sendo examinada pelo governo”, acrescentou.

Leia mais »

Média: 1 (1 voto)

Maioria do STF não vai anular delação premiada de Youssef

Jornal GGN - Está em julgamento no Supremo Tribunal Federal, na tarde desta quinta-feira (27), o mérito do Habeas Corpus nº 127483, apresentado pela defesa de Erton Medeiros Fonseca, réu da Lava Jato, contra ato do ministro Teori Zavascki, que homologou o acordo de delação premiada do doleiro Alberto Youssef.

Segundo informações da Folha, até o momento, a maioria dos magistrados da Suprema Corte votaram pela manutenção da delação premiada. Isso compromete as investidas de outros investigados da Lava Jato, como o deputado Eduardo Cunha (PMDB), que aguardavam com expectativa que uma eventual anulação do acordo resultasse no descarte dos depoimentos de Youssef.

De acordo com o STF, a defesa de Fonseca sustenta que Zavascki teria sido induzido ao erro pelo Ministério Público Federal, que "omitiu" do ministro que, sete dias antes da homologação da delação premiada, o juízo da 13ª Vara Federal de Curitiba teria revogado acordo anterior de colaboração de Alberto Youssef, feito na Operação Banestado, por descumprimento de cláusulas, o que impediria nova delação premiada. Para a defesa, a homologação de acordo ilícito, por consequência, produz provas ilícitas. 

Leia mais »

Média: 4.7 (3 votos)

Medidas de Lewandowski visam garantir funcionamento do Judiciário, diz CNJ

Jornal GGN - O Conselho Nacional de Justiça (CNJ) atendeu uma reivindicação do Presidente do Conselho Federal da OAB, Marcus Vinícius Coêlho, reclamando dos prejuízos causados pela greve dos servidores em todo o país.

Coêlho pediu, ainda, que o CNJ autorize os descontos dos dias parados, por meio de um Enunciado, aprovado em 2012. Segundo o presidente da OAB, os seus filiados estão sendo prejudicados pela greve dos servidores.

Nesta quinta (27), o Sindicato dos Servidores da Justiça informou que denunciará o presidente do CNJ e ministro do Supremo Tribunal Federal, Ricardo Lewandowski, ao Comitê de Liberdade Sindical da Organização Internacional do Trabalho (OIT), em Genebra, sobre "as graves atitudes e posturas antissindicais praticadas contra o direito de greve".

Leia mais: Servidores da Justiça denunciam Lewandowski para a OIT

Leia a nota do Conselho Nacional de Justiça:

Leia mais »

Média: 4 (4 votos)

Saudade fez um samba

Enviado por Vânia

A culpa é sua

O samba é meu

Leia mais »

Média: 5 (2 votos)

Com suposta contenção de gastos, Alckmin demitirá 500 servidores da Fundap

O objetivo do governador de São Paulo é extinguir duas grandes Fundações: a Fundação de Desenvolvimento Administrativo e a Fundação Prefeito Faria Lima, que representam apenas 0,1% da Receita do Estado
 
 
Jornal GGN - A Associação de Funcionários da Fundap (Fundação de Desenvolvimento Administrativo) denunciou a tentativa do governo de São Paulo, de Geraldo Alckmin (PSDB), de extinguir a Fundação. Um projeto de lei do Executivo foi encaminhado à Assembleia Legislativa do Estado (ALESP), pedindo autorização para o corte.
 
A Fundap é uma entidade pública estadual, vinculada a Secretaria de Planejamento e Gestão, e realiza projetos de consultoria organizacional, formação de recursos humanos, desenvolve tecnologias de gestão administrativa e pesquisa aplicada e outras atividades fundamentais da administração pública estadual.
 
De acordo com o manifesto dos funcionários, a medida faria parte de um pacote de contenção de despesas do governo estadual, implementado no início do ano, com o objetivo de reduzir 10% de gastos com custeio, corte de 15% nos valores de remuneração global de pessoal nos cargos de comissão e funções de confiança e 30% do que é gasto com horas-extras de funcionários públicos. Esses cortes estão previstos nos Decretos nº 61.131/15 e nº 61.132/15. Além disso, os trabalhadores apontam uma "suposta Reforma Administrativa do Estado". 
 
Entretanto, oficialmente o governo não mensurou o impacto nos gastos públicos que geraria extinguir a Fundap e também a Fundação Prefeito Faria Lima (CEPAM). Juntas, as duas instituições representam apenas 0,1% da Receita Corrente Líquida (RCL) do Estado, algo ao redor R$ 145,0 milhões por ano para uma RCL total da ordem de R$ 137,4 bilhões.
Média: 1 (2 votos)

A verdadeira crise, por Fábio de Oliveira Ribeiro

Por Fábio de Oliveira Ribeiro

Em vídeo amplamente divulgado na “internet”, o jornalista Bob Fernandes fez um bom panorama da crise política, que segundo os banqueiros é maior que a crise econômica. Fernandes criticou, também, a moralidade seletiva daqueles que atacam a corrupção do PT e legitimam a corrupção do PSDB e do PMDB.

A verdadeira crise que está no centro da crise política, contudo, não foi objeto da reflexão do comentarista de política do Jornal da Gazeta. É fato, por mais que se esforcem os jornalistas brasileiros não conseguem mais “fabricar consensos” na elite e os transformar em forças eleitorais capazes de eleger presidentes. Isto tem ocorrido desde que Lula ganhou um segundo mandato derrotando o Mensalão. A crise de “impotência simbólica” da imprensa se amplificou em razão da derrota eleitoral do Escândalo de Pasadena e da Lava Jato, que não foram capazes de levar Aécio Neves ao Palácio da Alvorada apesar de intensa amplificação midiática.

O que restou do poder da mídia? Bem pouco. Vem daí a irritação tanto das empresas de comunicação quanto dos políticos que administram legendas e não querem ter o trabalho de construir partidos de massa.

A vantagem do PT sobre seus adversários nesta crise político-midiática é evidente. Apesar de todos os erros que cometeu – não me compete condenar ou perdoar os pecadilhos dos petistas - o partido criado por Lula ainda tem centenas de milhares de militantes. E eles defendem Dilma Rousseff com unhas e dentes na internet e nas ruas. O que a imprensa não faz eles fazem: incomodar os tucanos e questionar o caráter simplório e tendencioso do jornalismo tal como o mesmo tem sido praticado pelas empresas de comunicação.

Leia mais »

Média: 4.1 (16 votos)

Jarbas é o único do PMDB a assinar manifesto pelo afastamento de Cunha

Jornal GGN - Jarbas Vasconcelos foi o único deputado federal do PMDB a assinar um manifesto pedindo o afastamento do correligionário, Eduardo Cunha, da presidência da Câmara, em função das denúncias feitas no âmbito da Operação Lava Jato. Segundo informações do portal Congresso em Foco, 35 deputados lançaram nesta quinta-feira (27) a lista de nomes que apoiam a saída de Cunha da Mesa Diretora. Ele é acusado de corrupção passiva e lavagem de dinheiro pela Procuradoria Geral da República.

Em entrevista ao Estado de Minas no último dia 10, Jarbas disse que Cunha "não tem mais condições éticas, morais, políticas, sobretudo, políticas, de negociar coisa nenhuma. Nem a pauta da Casa, quanto mais o impeachment” da presidente Dilma Rousseff (PT). Para o deputado, a petista também perdeu as condições de governar o País, dada a popularidade em baixa histórica.

Leia mais »

Média: 5 (5 votos)

Planos de saúde propõem reajuste médio de 16% para convênios empresariais

Jornal GGN - Seguradoras e operadoras de saúde negociam um reajuste médio de 16,24% neste ano para convênios empresarias. O índice se refere à variação dos custos médicos e hospitalares. No caso dos gastos dos usuários do plano tiverem sido maiores que 75% do valor pago à operadora, o reajuste ficará acima do índice proposto. 

No primeiro semestre deste ano, as operadoras perderam quase 200 mil usuários de planos de saúde, a primeira queda no setor em dez anos, provocada principalmente pelo aumento do desemprego.

Do Valor

Planos de saúde negociam reajuste médio de 16,24%

As operadoras e seguradoras de saúde estão propondo um reajuste médio de 16,24% neste ano para os convênios médicos empresariais, modalidade que representa 65% do mercado.

O índice de 16,24% refere­-se à variação dos custos médico­-hospitalares. Se os gastos dos usuários do plano tiverem sido superiores a 75% do valor pago à operadora (prêmio, no jargão do setor), o reajuste será superior aos 16,24%. O levantamento é da Aon Hewitt, consultoria que administra o plano de saúde de mais de 420 empresas do país que juntas têm cerca de 1,3 milhão de funcionários.

Leia mais

Leia mais »

Média: 5 (1 voto)

Antinatalidade: "Somos criaturas que não deveriam existir"

Sugestão de Edson Marcon

Anti natalidade é a visão que deveríamos desistir de procriar –  de que é errado termos crianças.

 

"(...) entrevista pelo autor Nic Pizzolatto que meu livro anti natalidade “Better Never to Have Been” estava entre os livros que inspiraram a visão de mundo de Rust Cohle [da série "True Detective", da HBO].

do Bule Voador

‘Somos criaturas que não deveriam existir': A Teoria da Anti Natalidade

David Benatar

Antinatalism

Costumava ser raro meus alunos perguntarem se eu houvera assistido a um determinado programa de televisão. Isso mudou quando “True Detective” estreou e os alunos começaram a perguntar se eu vira a série. O que despertou essas perguntas, soube depois, foram as reflexões anti natalidade do detetive Rustin Cohle, como também o reconhecimento em uma entrevista pelo autor Nic Pizzolatto que meu livro anti natalidade “Better Never to Have Been”[1] estava entre os livros que inspiraram a visão de mundo de Rust Cohle[2].

Certamente foi uma surpresa para mim, como parece ter sido para outros que “tamanho sucesso apresente tão claramente uma filosofia sombria que sugere … [como a anti natalidade faz] … que deveríamos parar de reproduzir” [3]. Um público muito grande foi introduzido a esta visão cruel do mundo.

Há um perigo, contudo, que a anti natalidade seja intimamente associada ao personagem Rust Cohle por aqueles que somente tiveram acesso a este ponto de vista pela série True Detective. O perigo é que a anti natalidade pode ser confundida ou relacionada com outras características sombrias do personagem Rust Cohle. Estas incluem niilismo, violência e alcoolismo.

Leia mais »

Média: 2.3 (9 votos)

O grande enigma da Deusa da Justiça



A justiça brasileira pede vista, a vista ou à vista?

Leia mais »

Média: 4.4 (7 votos)

Lembrando Mauro Duarte

Por Alfeu

Nesse mesmo dia, há 26 anos, Mauro Duarte foi cantar os seus sambas em outras freguesias. Por aqui ficaram dois grandes companheiros seus que se reuniram para homenageá-lo: Cristina Buarque e o agora também saudoso Walter Alfaiate cantando....

...... as músicas:

Volta para minha companhia (Mauro Duarte)
Violão Amigo (Mauro Duarte, Walter Alfaiate e Zorba Devagar)
Eu Pensei (Mauro Duarte e Décio Carvalho)
Eu Vou Embora (Mauro Duarte)

Leia mais »

Média: 5 (1 voto)