newsletter

Assinar

Luis Nassif Online

Será um período de intensa repressão, de ajuste de contas, até que haja uma relativa unificação do poder de Estado.
27
A partir do Plano Real convencionou-se no Brasil que só quem é do mercado financeiro pode dirigir a política econômica
29
Auditorias visam instituir mecanismos de controle, justamente para prevenir futuros "petrolões"; por Luis Nassif
21

Nobel da Paz, Esquivel se diz indignado com censura no Senado

Enviado por Edu

Da TV Brasil

 
Ativista de direitos humanos e ganhador do Nobel, Adolfo Pérez Esquivel dá entrevista à exclusiva TV Brasil, que a exibe no sábado (30), às 22h.

Depois de passar pelo Palácio do Planalto, pelo Congresso Nacional e pelo Supremo Tribunal Federal, em visita aos três poderes da República para manifestar preocupação com a situação política do país, o argentino Adolfo Pérez Esquivel – Prêmio Nobel da Paz de 1980 – terminou a quinta-feira nos estúdios da TV Brasil. A entrevista exclusiva vai ao ar no segundo programa “Impeachment e a luta pela democracia.”

Esquivel reagiu com indignação ao saber que a Mesa Diretora do Senado Federal mandara retirar a palavra “golpe” das notas taquigráficas da fala dele no plenário da Casa, ocorrida poucas horas antes de chegar àEmpresa Brasil de Comunicação (EBC), onde foi entrevistado pelos jornalistas Paulo Moreira Leite, da TV Brasil, Júlia Chaib, do Correio Braziliense, e Rubens Valente, da Folha de S.Paulo. “Espero que não me censurem! Eu disse que estão preparando um golpe de Estado.”

Leia mais »
Média: 5 (15 votos)

Alckmin critica "invasão seletiva" de escolas em São Paulo

Jornal GGN - Durante evento na cidade de Itu, interior de São Paulo, o governador Geraldo Alckmin (PSDB) afirmou que estudantes terão de pagar indenização caso pratiquem depredação nas escolas ocupadas em São Paulo, e também criticou o que chamou de "invasão seletiva". "É nítido que é um movimento político, em razão do impeachment. Interessante que eles não invadem escolas do PT", afirmou o governador.

A escola Fernão Dias Paes, no bairro de Pinheiros, foi ocupada em apoio aos aluno das Escolas Técnicas Estaduais (ETECs), que protestam contra a falta de merenda. Alckmin se justificou dizendo que, o início das escolas técnicas, não havia previsão de merenda. Ele também acusou a ocupação do Centro Paula Souza de ser feita não por alunos, mas por sindicalistas. 

Do Estadão

Se tiver depredação terão que indenizar, diz Alckmin

Em Itu, governador se posicionou sobre nova ocupação na escola Fernão Dias

O governador Geraldo Alckmin disse nesta sexta-­feira (30), durante agenda em Itu, interior de São Paulo, que se os estudantes praticarem depredação em escolas invadidas na capital, eles terão de indenizar. Segundo Alckmin, o governo registrou na Polícia Civil a invasão da Escola Estadual Fernão Dias, no bairro Pinheiros, na zona oeste,e está fazendo a apuração dos participantes. “Se for subtraído ou depredado alguma coisa, eles terão que indenizar”, afirmou.

A escola foi ocupada em apoio a alunos das Escolas Técnicas Estaduais (ETECs) que protestam contra a falta de merenda. Segundo o governador, não há falta de merenda na escola invadida. “Quando foram iniciadas as ETECs não tinha previsão de dar merenda. Nós resolvemos fazê-­lo e atualmente são poucas que não têm. Até a semana que vem, todas terão. Agora, é nítido que é um movimento político, em razão do impeachment. Interessante que eles não invadem escolas do PT. É uma invasão seletiva.”

Leia mais »

Média: 1.3 (4 votos)

Vox Populi mostra aumento da rejeição de Temer

Da Rede Brasil Atual

Vox Populi: cresce rejeição da população a Temer e ao golpe

Segundo pesquisa encomendada pela CUT, três em cada quatro brasileiros viram a sessão da Câmara que aprovou processo de impeachment contra Dilma e 56% reprovaram conduta dos deputados

Nova pesquisa CUT/Vox Populi avaliou o sentimento dos brasileiros depois que a Câmara dos Deputados aprovou, no dia 17 de abril, a abertura do processo de impeachment contra a presidenta Dilma Rousseff. O processo foi encaminhado para análise do Senado. Para 32% o Brasil vai piorar se o vice-presidente Michel Temer assumir no lugar de Dilma; 29% acreditam que o desemprego vai aumentar; 34% preveem piora em relação aos programas sociais; e 32% acreditam que perderão direitos trabalhistas.

A avaliação negativa de Temer ficou em 62% (era 61% na pesquisa anterior). O percentual dos que não consideram que o golpe é a melhor solução para o país aumentou para 66%, contra 58% do levantamento realizado entre 9 e 12 de abril.

Leia mais »
Média: 5 (14 votos)

Dilma deve anunciar apoio para antecipação das eleições

Do blog de Esmael Morais

 
A presidente Dilma Rousseff e o ex-presidente Luiz Inácio Lula da Silva participam no 1º de Maio, Dia do Trabalhador, em São Paulo, de uma assembleia da classe obreira. A novidade, no entanto, deverá ficar com o anúncio do apoio da mandatária à antecipação das eleições presidenciais para outubro.

Blog do Esmael vai transmitir o evento ao vivo para o Brasil e o mundo a partir das 13 horas.

O primeiro a levantar a bandeira da antecipação eleitoral foi o senador Roberto Requião (PMDB-PR) cuja materialização da proposta deu-se por meio de uma Proposta de Emenda Constitucional (PEC), protocolada suprapartidariamente no Senado, e o envio de uma carta esta semana pedindo apoio à própria Dilma.

Pois bem, as coisas amadureceram mais no decorrer dos dias. O golpe é favas contadas no Senado, assim como foi na Câmara, e o afastamento da presidente é iminente (provavelmente no próximo dia 12 de maio).

Leia mais »

Média: 3.8 (18 votos)

Estudantes reocupam escola em protesto contra fraude da merenda

 

Da Agência Brasil

Durante a madrugada de hoje (30), estudantes voltaram a ocupar a Escola Estadual Fernão Dias Paes, em Pinheiros, na zona oeste paulistana. O colégio havia sido um dos primeiros locais tomados pelos jovens durante a mobilização iniciada no fim de 2015 contra a reorganização escolar proposta pelo governo estadual. O prédio ficou sob controle dos secundaristas do dia 10 de novembro até o dia 4 de janeiro deste ano.

O grupo entrou na escola por volta das 2h40 de hoje e pretende permanecer no local por tempo indeterminado. Os estudantes protestam contra a falta de merenda e as denúncias de corrupção nos contratos da alimentação dos alunos da rede estadual. Na tarde da última quinta-feira (28), os secundaristas já haviam ocupado o Centro Paula Souza, autarquia responsável pela administração do ensino técnico no estado.

Leia mais »

Média: 5 (4 votos)

Temer é a combinação de fraqueza natural com pose artificial, por Janio de Freitas

Jornal GGN - Na Folha de S. Paulo, Janio de Freitas comenta a composição de cargos de um futuro eventual governo Michel Temer e critica o vice-presidente, dizendo que ele está "tão entregue a três ou quatro pessoas como esteve em sua longa presideência do PMDB". Para o jornalista, combinando fraqueza e pose, o vice abriu espaço e oportunidades de crescimento das piores correntes internas da legenda, citando o caso de Eduardo Cunha. 

Janio de Freitas também comenta a fala do procurador Deltan Dallagnol, da Lava Jato, que afirmou que  A corrupção não é privilégio do partido A ou do partido B", fala sobre a atitudes do PSDB sobre participar de um eventual governo Temer, e analisa o futuro do presidente da Câmara, Eduardo Cunha (PMDB-RJ) no Supremo Tribunal Federal. Leia mais abaixo:

Da Folha

 
Janio de Freitas

Temer, o verbo, é uma obrigação cívica à vista do que se pode esperar dos citados, quase todos, para compor um governo Temer, o nome. A voracidade com que os oportunistas se lançam em disputa por um bom pedaço do governo só se equipara, em despudor, à ostensiva incitação desse ataque felino como expediente do próprio Temer –um modo de se fazer visto como presidente.

Leia mais »
Média: 4.7 (14 votos)

Dilma critica proposta do PMDB de desvincular gastos com saúde

Da Agência Brasil

A presidenta Dilma Rousseff criticou as propostas do vice-presidente Michel Temer de acabar com as vinculações constitucionais para os gastos em saúde e disse se sentir orgulhosa de ter ampliado os investimentos sociais.
 
Dilma fez referência indireta ao programa lançado em outubro do ano passado denominado Uma Ponte para o Futuro, do PMDB, partido do qual Temer é presidente nacional licenciado. Nas próximas duas semanas, o processo de impeachment contra ela será analisado pelo Senado, o que vem sendo constantemente classificado por ela de “golpe”.
 
“Qualquer um que propõe fazer ajuste fiscal diminuindo as despesas com saúde da população está propondo um grande retrocesso, indo na contramão do interesse da população. Muito pior ainda se ousar eliminar a vinculação obrigatória e constitucional dos gastos com a área de saúde, prevista emenda 29 da Constituição”, afirmou a presidenta.

Leia mais »

Média: 5 (8 votos)

MP paulista quer proibir pedestres e ciclistas no Minhocão

Jornal GGN - Cesár Ricardo Martins, da 5ª Promotoria de Justiça de Habitação e Urbanismo de São Paulo, enviou uma recomendação para que a Prefeitura de São Paulo impeça o tráfego e a permanência de pessoas no Minhocão, nos horários em que a via é fechada para o tráfego de veículos. A alegação é de ações recreativas no local seriam uma "violação dos direitos humanos" dos moradores do entorno, que teriam seu sossego colocado em risco. Para o promotor, o Minhocão também não oferece segurança para as pessoas que utilizam a área como espaço de lazer, citando um laudo do Corpo de Bombeiros que atesta insegurança da via.

Desde 1989, o elevado é fechado das 21h30 às 6h, e, no ano passado, a Prefeitura começou a fechá-lo nas tardes de sábado. A via não é aberta para veículos aos domingos. O promotor determinou que a Prefeitura apresente, em 30 dias, estudos sobre a impossibilidade de acesso à pista nos horários em que ela estiver fechada para os carros. O inquérito do promotor foi aberto com o apoio de lideranças comunitárias locais.

Do Estadão

O promotor de Justiça César Ricardo Martins, da 5.ª Promotoria de Justiça de Habitação e Urbanismo de São Paulo, enviou recomendação à Prefeitura para que o poder público “impeça o tráfego e a permanência de pessoas durante o horário de 21h30 até as 6h nos dias em que o Elevado Costa e Silva é utilizado para o tráfego de veículos, e em qualquer horário, nos domingos”.

A recomendação está na portaria de instauração de um inquérito civil aberto por Martins para apurar o uso da via elevada como via de lazer, considerando que o Elevado “foi edificado para suportar o tráfego de veículos” e que as ações recreativas no local configurariam “violação dos direitos humanos” dos moradores do entorno, que teriam seu sossego colocado em risco. O promotor considera ainda que o Minhocão não oferece segurança aos frequentadores que buscam no espaço uma área de lazer — cita laudo do Corpo de Bombeiros que atesta insegurança da via, por falta de locais de saída, para a realização de grandes eventos.

Leia mais »
Média: 1 (7 votos)

Frentes preparam 1º de Maio contra mudanças nas leis trabalhistas

Da Rede Brasil Atual Leia mais »

Média: 5 (7 votos)

Renato Aroeira apresenta: O Circo Supremo

Leia mais »

Média: 4.9 (16 votos)

Juíza proíbe discussão de alunos da UFMG sobre impeachment

Do ConJur

 
por Lenio Luiz Streck

Quarta-feira, 29 de abril, vai ficar na história da Faculdade de Direito dasMinas Geraes. Foi o dia em que a juíza Moema Gonçalves repristinou os decretos 477, 228 e o próprio AI-5. Incrível como o autoritarismo está no nosso sangue estamental. Temos de censurar. Proibir. Impedir que ideias “perigosas” venham a lume. Perigosas para quem? E quem é o Judiciário para fazer a censura das reuniões de estudantes?

Explico: no dia 27 de abril o Centro Acadêmico Afonso Pena, da Faculdade de Direito da UFMG, lançou uma convocatória de Assembleia Geral Extraordinária (AGE) com o objetivo de discutir o momento político vivenciado pelo país. A pauta de convocação da Assembleia elencava os seguintes pontos para discussão e deliberação: 1. Posicionamento político das alunas e dos alunos do curso de Direito da Universidade Federal de Minas Gerais perante o processo de Impeachment da Presidente da República; 2. Possíveis desdobramentos e medidas a serem tomadas;

Foram fixadas convocatórias em todos os andares da Faculdade de Direito, dando-se a ampla publicidade exigida pelo estatuto (Artigo12 parágrafo 2º do Estatuto do Centro Acadêmico Afonso Pena). Além disso, o edital foi amplamente divulgado pela internet, e representantes do centro acadêmico passaram em sala de aula de modo a se divulgar a reunião e convidar todos os alunos a dela tomarem parte.

Leia mais »
Média: 4.4 (20 votos)

Brizola faz falta até em eleições fraudadas nos EUA, por Rogério Maestri

Por Rogério Maestri

Brizola faz falta até em eleições fraudadas nos USA (vide Proconsult-Globo)

Bernie Sanders nas últimas primárias nos vários estados no norte dos Estados Unidos estava nas últimas semanas antes de cada primária, saindo atrás de Hillary Clinton e conseguindo vitórias memoráveis.

Nas primárias de New York definia-se a indicação dos democratas, e como o que ocorria nas últimas, Bernie começava a crescer nas sondagens de opinião. Num determinado momento, mais ou menos quatro a três semanas antes das primárias, espantosamente os números de Clinton pararam de cair e Clinton teve até uma pequena recuperação.

Confiante na afluência dos seus comícios que se tornaram recordes de presença em cada região de New York e no entusiasmo de seus eleitores, Bernie Sanders e seu staff não ligaram nem um pouco para aquelas sondagens que nos USA não são fiscalizadas por ninguém e tocou para o dia da eleição.

No dia de eleição ocorreram fatos que poderíamos pensar que só ocorrem no Brasil e outras repúblicas de bananas, desapareceram eleitores cadastrados para votar nas primárias fechadas de New York (o eleitor tem que anteriormente se declarar democrata para participar das primárias), e não foi pouco, somente no Brooklyn, bairro em que nasceu Bernie, foram 37.240 eleitores nas listas de votação e em toda a cidade 121.056.

Leia mais »

Média: 4.6 (10 votos)

Senadora questiona Anastasia sobre pedaladas em sua gestão em Minas Gerais

Da Agência Brasil

Uma breve discussão entre a senadora Fátima Bezerra (PT-MG) e o relator do processo de impeachment no Senado, senador Antônio Anastasia (PSDB-MG), desviou o foco da defesa da presidenta Dilma Rousseff, que está sendo apresentada hoje (29) por ministros à comissão especial que analisa o pedido de impedimento.

Fátima Bezerra acusou o relator de ter ele próprio praticado manobras fiscais proibidas, as chamadas pedaladas, quando foi governador de Minas Gerais, e alegou que esse instrumento é usualmente utilizado por prefeitos e governadores de todo o país.
 
“Inclusive, o senhor usou fartamente esse instrumento quando governou o estado de Minas Gerais. O senhor usou de muita contabilidade criativa quando era governador, tanto é que os documentos do Tribunal de Contas do seu estado e de outras instâncias provam que, infelizmente, o senhor não cumpriu preceitos constitucionais sagrados como a destinação de 12% para a saúde e 25% para a educação”, disse a senadora a Anastasia.

Leia mais »

Média: 5 (7 votos)

Lavenère concorda com tese de que Temer não poderá mudar ministros

Da Rede Brasil Atual

Para jurista é consistente tese de que Temer, interino, não pode mudar ministros

Advogado e ex-presidente da OAB Marcelo Lavenère apoia tese de Jorge Folena, para quem o vice só poderia compor seu governo depois de concretização do impeachment. Em 1992, Itamar respeitou processo

 É consistente a tese de que o vice-presidente Michel Temer não poderia nomear ministros caso a presidente Dilma Rousseff venha a ser afastada cas a análise do processo de impeachment avance no Senado. A opinião é do advogado e ex-presidente da Ordem dos Advogados do Brasil (OAB) Marcelo Lavenère Machado. A admissão ou não do processo será decidida em votação prevista para ocorrer até 11 de maio.

A tese foi lançada pelo jurista Jorge Rubem Folena de Oliveira, em artigo publicado no Jornal GGN. Folena afirma que “aceito o prosseguimento do processo de impeachment, inicia-se o julgamento, durante o qual a Presidenta da República apenas ficará suspensa das suas funções (artigo 86, parágrafo 1.º , II, da Constituição). Ou seja, a Constituição não diz que o seu governo estará destituído. O governo eleito permanece, com os ministros nomeados pela Presidenta, que devem permanecer até o julgamento final do processo de impeachment. Da mesma forma, a Presidenta da República deverá continuar ocupando os Palácios do Planalto e da Alvorada, de onde somente deverá sair se o Senado Federal vier a condená-la. Sendo certo que a Presidenta retomará as suas funções, caso o Senado não a julgue em até 180 dias (art. 86, parágrafo 2.º, da Constituição Federal)”.

Leia mais »
Média: 4.6 (9 votos)

Carta de amor a Fernanda Torres, por Sérgio Saraiva

Por Sergio Saraiva

Fernanda, acompanho você na Folha de São Paulo desde sua chegada por lá. Foi em 2010. Um ano especial, de mulheres especiais. Saudei-a, então. Hoje, preocupo-me.

Seus textos têm-me causado espécie. Que mais dizer de ”Romanos” na Folha de 29 de abril de 2016?

Estes tempos belicosos parecem que mexeram com alguma coisa dentro de você.

“Passei os últimos dez anos culpada por fazer parte da elite espúria. Hoje, sei que sou minoria”.

Qual elite, Fernanda?  Quanto à minoria, o 1% mais rico, por exemplo, no Brasil ou na Finlândia,  sempre é minoria. Maioria são os 99%. Mas na Finlândia, isso parece não incomodar. No Brasil, um país ainda tão desigual, como poderia deixar de ser espúrio? Tão espúrio, que, às vezes, tem quem se autoengane, pleiteando uma tal de meritocracia. 

Mas já foi pior, Fernanda. Houve tempo em que fazer três refeições por dia chegava a pesar na consciência se lembrássemos dos que àquele momento passavam fome.

Muita coisa melhorou neste país nos últimos trezes anos. Dá até para se sentir menos espúria, ter menos do que se culpar, mesmo sendo “minoria”? Quando todos comem, é sempre mais fácil.

Leia mais »

Média: 5 (19 votos)