Revista GGN

Assine

Luis Nassif Online

A probabilidade maior será de um acerto, dentro do Supremo, visando arrefecer a fogueira da Lava Jato; por Luis Nassif
138
Um acordo secreto daria aos americanos enormes vantagens, como não deixar Brasil desenvolver tecnologia de foguetes
18
O PL 79, se aprovado, seria o maior negócio da história de um Congresso que nunca primou pela humildade nos negócios
22

O estranho interesse pelo avião em que viajava Teori, por Marcelo Auler

Do blog de Marcelo Auler

O estranho interesse pelo PR-SOM LJ-1809, em 03/01/2017

por Marcelo Auler/Chico Malfitani

Não sou adepto da teoria da conspiração, embora entenda que no jornalismo sempre devemos desconfiar de tudo e de todos, fazendo o papel de advogado do diabo. Por tudo que li, ouvi e vi na TV e na Internet, a queda do bimotor PR-SOM LJ-1809 – que estava em perfeita ordem, como prova a ficha técnica da aeronave – deve sim ter sido um acidente, causado pela pouca visibilidade e por alguma manobra mais brusca do experiente piloto, Osmar Rodrigues, 56 anos, há mais de 20 fazendo a mesma rota. Testemunhas falam que ele deu uma guinada de 180º e que a ponta da asa tocou no mar. Ou seja, tudo indica que a morte do ministro do STF, Teori Zavascki, relator da Lava Jato, foi sim uma fatalidade. Leia mais »

Média: 4.3 (11 votos)

O que Teori já adiantou da delações da Odebrecht e os próximos passos

 
Jornal GGN - A morte de Teori Zavascki, relator da Operação Lava Jato no Supremo Tribunal Federal (STF), deverá atrasar em, pelo menos, três meses a homologação dos aguardados depoimentos de executivos e ex-funcionários da Odebrecht. Mas a equipe do ministro adiantou tarefas que serão cruciais para o destino das delações.
 
A informação foi dada pela Procuradoria-Geral da República, que prevê os atrasos na liberação ou não dos conteúdos das delações aos processos da Lava Jato no Supremo. 
 
Inicialmente prevista para o início de fevereiro, Teori Zavascki preparava um calendário sistemático para o uso desses materiais nas investigações. Chegou a interromper as férias forenses, voltando às atividades ainda nesta semana.
 
Conforme o GGN divulgou na reportagem "A atuação de Teori Zavascki no Supremo Tribunal Federal", o ministro trabalhou para cumprir o que depois veio a ser a última atuação na Corte: marcou audiências com todos os 77 depoentes, que teriam início na próxima semana.
Média: 3.7 (3 votos)

Qual o tamanho da fortuna de Pinochet

Jornal GGN - Segundo a Justiça do Chile, o ditador Augusto Pinochet acumulou uma fortuna de US$ 21,3 milhões enquanto esteve no poder, a maior parte conseguida de maneira ilegal.

Entretanto, investigações apontam que o valor real é muito maior. Segundo os jornalistas do Ciper Chile, o patrimônio imobiliário adquirido ilicitamente por Pinochet e herdado por sua família chega em a cerca de US$ 28 milhões.

Leia mais »

Média: 3.6 (5 votos)

A modernidade líquida de Bauman

Enviado por Vânia

Nenhum texto alternativo automático disponível.

Charge de Bruno Maron

Leia mais »

Média: 5 (7 votos)

Aos 77 anos, morre o ex-técnico de futebol Carlos Alberto Silva

Jornal GGN - Carlos Alberto Silva, ex-técnico de futebol, faleceu na madrugada desta sexta (20) em Belo Horizonte, ao 77 anos. O velório deve ser realizado na noite de hoje e o sepultamento acontecerá amanhã, no Cemitério Parque da Colina.

Carlos Alberto foi campeão brasileiro em 1978, treinando o Guarani. Depois, passou por Atlético Mineiro, Cruzeiro, São Paulo, Corinthians, Palmeiras, Santos e América-MG. Ele foi bicampeão português com o Porto em 1992 e 1993, e campeão japonês com o Yomiuri Kawasaki.

Leia mais »

Média: 5 (2 votos)

O aviso do acaso ao Supremo de que todos somos mortais, por J. Carlos de Assis

Movimento Brasil Agora

O aviso do acaso ao Supremo de que todos somos mortais

por J. Carlos de Assis

Não escreverei sobre o tema do dia, a morte do ministro Teori Zavascki, porque não tenho indícios para suportar qualquer hipótese que não seja simplesmente de um acidente fatal. Escreverei sobre o acaso. A situação brasileira entrou num processo caótico tão agudo que a crise somente pode ser superada por interferência do acaso. Na Física, a superação da entropia dos sistemas caóticos depende da atuação de uma figura um tanto metafísica, chamada Atrator Estranho. O Atrator ordena o caos no limite deste.

Qual seria o Atrator Estranho que poderia por ordem em nosso sistema caótico? Não darei nomes, mas indicarei suas qualidades em face dos desafios que terá de enfrentar. Primeiro, há de ser honesto. Não muito honesto ou aparentemente honesto, mas simplesmente honesto. Segundo, há de ter uma autoridade moral irreparável que lhe autorize fazer uma limpeza em regra do Executivo a fim de purgar os dois principais vícios da administração pública, a corrupção e o corporativismo.

Leia mais »

Média: 5 (6 votos)

Toledo: Serra e Moraes tentarão influenciar decisão de Temer sobre novo ministro

Jornal GGN - O jornalista José Roberto Toledo publicou em sua conta no Twitter que não foi "por acaso" que os ministros José Serra (Relações Exteriores) e Alexandre de Moraes (Justiça) apareceram ao lado de Michel Temer quando o presidente fez um pronunciamento oficial a respeito da morte do ministro do Supremo Tribunal Federal, Teori Zavascki. Segundo Toledo, a imagem revela "quem está tentando influenciá-lo [Temer] na decisão mais importante de seu mandato."

Leia mais »

Média: 2 (4 votos)

Grupo confirma morte de massoterapeuta e mãe que estavam em avião com Teori

Jornal GGN - O Grupo Emiliano divulgou na manhã desta sexta (20) o nome das duas mulheres vítimas do acidente aéreo em Paraty, litoral do Rio de Janeiro. A massoterapeuta Maíra Panas, e sua mãe, Maria Hilda, estavam no avião com o ministro do Supremo Tribunal Federal Teori Zavascki e Carlos Alberto Filgueiras, dono do Grupo. O piloto era Osmar Rodrigues. Todos morreram no acidente que será investigado pela Polícia Federal e Ministério Público Federal.

Em nota à imprensa, o Grupo Emiliano explicou que Maíra e a mãe estavam juntas no avião a convite do empresário Carlos Alberto, cliente da massoterapeuta. 
 
"Informamos que as duas passageiras do avião que seguia para Paraty (19/01) eram Maira Ilda, 23, e a mãe Maria Ilda, 55. Maira era massoterapeuta e prestava serviço a Carlos Alberto Fernandes Filgueiras, que passava por tratamento no ciático. Maria Ilda, professora da rede infantil de ensino, veio de Juína, no Mato Grosso, visitar a filha, que morava em São Paulo. Carlos Alberto as convidou para um fim de semana em Paraty."
Média: 5 (1 voto)

Rolls-Royce vai ressarcir mais de R$ 80 milhões para a Petrobras

 
Jornal GGN - Por meio de nota à imprensa, a Petrobras informou que irá receber cerca de R$ 81 milhões devido a um acordo de leniência firmada entre o Ministério Público Federal (MPF) e a Rolls-Royce, dentro da Operação Lava Jato. 
 
A estatal foi reconhecida como vítima pelo MPF e a empresa britânica terá de devolver o lucro líquido em seis contratos de fornecimento de bens e serviços para a Petrobras.

Leia mais »

Média: 2.7 (6 votos)

STF deve redistribuir Lava Jato com base em caso semelhante de 2009

 
Jornal GGN - A morte do ministro do Supremo Tribunal Federal (STF), Teori Zavascki, trouxe à tona trecho do Regimento interno do Tribunal que explica que o novo relator, em caso de falecimento, será o ministro nomeado pelo presidente da República para a vaga.
 
Entretanto, não é apenas o artigo 38 do Regimento Interno que determina como o Supremo irá atuar sobre a relatoria dos processos da Operação Lava Jato. Reportagem de Felipe Recondo, Márcio Falcão e Livia Scocuglia [leia aqui] mostra que outros artigos e normas apresentam soluções para o caso, como a possibilidade de sorteio entre os ministros do STF.
 
Um caso semelhante poderá ser usado de jurisprudência. Em 2009, com a morte do ministro Menezes Direito, em pleno andamento do chamado mensalão, o então presidente da Corte Gilmar Mendes editou uma portaria que autorizava a redistribuição de processos e recursos criminais com réu preso, que estavam sob a relatoria de Menezes.
Média: 2.8 (4 votos)

Manifestantes protestam contra aumento da tarifa da integração em SP

 
Jornal GGN - Na tarde de ontem (19), cerca de 200 manifestantes protestaram em frente à prefeitura de São Paulo contra o aumento da tarifa de integração dos ônibus com trens e Metrô
 
O reajuste foi proposto pelo governador Geraldo Alckmin e pelo prefeito João Doria, e suspenso em decisão da Justiça no último dia 10. Na prefeitura, os manifestantes fizeram a entrega simbólica do prêmio Aumento Inovador para Doria, e também queimaram catracas de papelão.
 
Na quarta (18), o desembargador Spoladore Dominguez, da 13ª Câmara de Direito Público do Tribunal de Justiça de São Paulo (TJ-SP), negou novo pedido de Alckmin para suspender a liminar que impede o reajuste.

Leia mais »

Média: 3.3 (7 votos)

"A questão é o que o movimento (contra Lava Jato) seria capaz de fazer", diz filho de Teori

Jornal GGN - O advogado Francisco Prehn Zavascki, filho do ministro do Supremo Tribunal Federal Teori Zavascki, disse à Rádio Estadão, na manhã desta sexta (20), que seria "muito ruim para o País ter um ministro do Supremo assassinado" e que a "questão" é saber o que o movimento contrário à Lava Jato teria coragem de fazer para frear as investigações.

Teori faleceu na tarde de ontem, vítima de um acidente aéreo na região de Paraty (RJ). Francisco, que em maio passado havia postado na internet que algo poderia ocorrer com sua família em função da Lava Jato, pediu uma investigação para revelar a "verdade" por trás do acidente.

Leia mais »

Média: 3.9 (7 votos)

Mais de 30 profissionais são demitidos em unificação das redações do Extra e O Globo

 
Jornal GGN - Nesta quinta-feira (19), o Grupo Globo realizou uma demissão em massa que afetou profissionais do jornais O Globo e Extra. Agora, as redações dos dois veículos serão unificadas. De acordo com o Comunique-se, mais de 30 profissionais foram demitidos. 
 
Carta assinada por Ascânio Seleme, diretor de redação do O Globo, e Octavio Guedes, diretor de redação do Extra, explica os motivos para os cortes, falando nos "enormes desafios que empresas da mídia impressa têm enfrentado". Também fala da necessidade de aumentar a eficiência com um  "time adequado para produzir conteúdos que efetivamente aumentem nossa carteira de assinantes digital".

Leia mais »

Média: 4.2 (5 votos)

Cada país com sua tragédia, por Leo Villanova

Leia mais »

Média: 4 (8 votos)

Governo Temer lança o programa "menos médicos", por Helena Sthephanowitz

 
Jornal GGN - Com cortes na saúde e redução no número mínimo de médicos exigidos nas Unidades de Pronto Atendimento (UPA), o governo Temer inicia seu programa “menos médicos”. A opinião é de Helena Stephanowitz, na Rede Brasil Atual. 
 
Para a articulista, o ministro da Saúde Ricardo Barros dá a impressão de sugerir que os brasileiros paguem planos de saúde privados. Ela lembra que o maior doador individual da campanha de Barros para deputado federal foi o empresário Elon Gomes de Almeida,  presidente da administradora de benefícios de saúde Aliança.
 
Em outra “coincidência” apontada por Stephanowitz é o lançamento, neste mês, do Next Saúde, um plano da operadora Amil voltada para pessoas com menor poder aquisitivo. Além disso, 4 mil cubanos que trabalhavam em municípios do país foram dispensados pelo ministério. 
Leia mais »
Média: 5 (5 votos)