newsletter

Luis Nassif Online

Ministérios são acertos políticos. Sem minimizar a competência técnica, é onde se montam as alianças; por Luis Nassif
63 comentários
Quem é de fora de São Paulo arrume a trouxa, quem for de Sampa reserve a agenda. O sarau deste ano é no Magnólia
20 comentários
Ao estender para 2014 a quebra de sigilo das empresas de Yousseff, juiz quer encontrar sinais da Lava Jato na campanha
221 comentários

Presidente da Controlar movimentou dinheiro nas contas de Youssef

Documentos mostram ligação de Youssef com contratos da gestão Kassab

Da CartaCapital

Extratos bancários e uma agenda apreendida pela Polícia Federal indicam a existência de uma relação entre Ivan Pio Azevedo, presidente da Controlar, empresa responsável pela inspeção veicular em São Paulo na gestão de Gilberto Kassab (PSD), e o doleiro Alberto Youssef, um dos principais delatores da Operação Lava Jato. A partir dos dados coletados com a quebra do sigilo da offshore Santa Tereza, em nome de João Procópio de Almeida, laranja de Youssef, a Polícia Federal verificou que Ivan Pio Azevedo movimentou ao menos 533 mil reais na conta do doleiro. De acordo com um relatório da Polícia Federal, datado de 24 de julho, anotações da agenda de José Luis Pires, outro suposto laranja de Youssef e alvo de uma das fases da Lava Jato, também apontam para as transações em nome do executivo. No documento, a PF lembra que Pio Azevedo esteve envolvido nas investigações do caso Controlar.

Leia mais »

Média: 5 (6 votos)

Globo News manipula gráficos contra taxa de desemprego brasileira

Por Pablo Villaça, no Facebook

Não sei, não, mas este gráfico da GloboNews parece ter algo errado em sua proporção, concordam?

(A propósito: recomendo fortemente a leitura deste artigo: "Nunca se roubou tão pouco" e atenção para a seguinte passagem: "Não sendo petista, e sim tucano, sinto-me à vontade para constatar... ")

Disponível aqui.

Por Edson Marcon

A proporção correta

Média: 4.5 (13 votos)

Kátia Abreu deve ser ministra da Agricultura, mantendo a Pasta sob comando do PMDB

Jornal GGN - A senadora Kátia Abreu vai ocupar o Ministério da Agricultura no segundo mandato de Dilma Rousseff, mantendo a pasta em posse do PMDB. As tratativas sobre a reforma ministerial acontecem a todo vapor nesta sexta-feira (21). É esperado que após o fechamento da bolsa, Dilma anuncie em definitivo os novos nomes da nova equipe econômico. A expectativa é de que Joaquim Levy seja o ministro da Fazenda e Nelson Barbosa, do Planejamento. Armando Monteiro (PTB) deve ocupar a pasta de Desenvolvimento. 

Kátia Abreu será a nova ministra da Agricultura

Da Folha

A senadora Kátia Abreu (PMDB-TO), presidente da Confederação Nacional da Agricultura, será a ministra da área no próximo governo de Dilma Rousseff.

O convite foi feito na última quarta-feira (19), e a senadora aceitou, segundo a Folha apurou com pessoas próximas a ambas.

Leia mais »

Média: 3.2 (9 votos)

Violação a direitos humanos dentro da FMUSP é constante, diz relatório

Jornal GGN - Formada por cerca de cem pessoas, entre professores titulares, alunos e funcionários, a comissão que discutiu as denúncias de violação aos direitos humanos dentro da Faculdade de Medicina da USP produziu um relatório no qual aponta, entre outros itens, que "a violência sexual ocorre de forma repetida" na unidade, o "abuso moral é prática constante" e "o consumo excessivo de drogas lícitas, ilícitas e de prescrição" é rotineiro. O documento será votado na próxima quarta-feira (26), mas ainda não apresenta nenhum consenso sobre o que deve ser feito para proibir as práticas denunciadas.


'Violência sexual ocorre de forma repetida', diz relatório da FMUSP

Do Estadão

O relatório final produzido por uma comissão interna da Faculdade de Medicina da Universidade de São Paulo (FMUSP) apontou que a violência sexual "ocorre de forma repetida" no espaço da instituição. Além disso, são constatados relatos de racismo, uso de drogas e consumo abusivo de álcool. O documento, com propostas de mudanças na universidade,  foi enviado na quinta-feira, 20, a todos os membros da congregação da FMUSP, e deverá ser votado na próxima quarta-feira, 26.

Leia mais »

Média: 5 (4 votos)

Armando Monteiro no Desenvolvimento é recado de Dilma para PTB e indústria

Jornal GGN - A presidente Dilma Rousseff (PT) acertou na tarde desta sexta-feira (21) a nomeação do senador Armando Monteiro Neto (PTB-PE) como novo ministro do Desenvolvimento, Indústria e Comércio. A informação é do jornalista Kennedy Alencar.

A escolha do petebista é encarada como um sinal de Dilma ao partido que, durante a disputa pela reeleição, chegou a romper parcialmente com o governo e apoiar a candidatura de Aécio Neves (PSDB). 

Mais do que isso, a presidente acena positivamente para a indústria, pois Monteiro, ex-presidente da CNI (Confederação Nacional da Indústria) é um nome que agrada o seguimento.

A senadora Kátia Abreu (PMDB) deve ser a nova ministra da Agricultura, mantendo a Pasta sob comando do PMDB.  

Fazenda e Planejamento

Na tarde desta sexta, também circula a notícia de que Dilma só aguarda o fechamento da bolsa de valores para anunciar o novo ministro da Fazenda. O escolhido deverá ser Joaquim Levy, que atuou no primeiro mandato da petista como secretário do Tesouro. Nelson Barbosa deverá ser anunciado como titular de Planejamento. Ele é ex-secretário-executivo da Fazenda.

Leia mais »

Média: 5 (4 votos)

O governo a reboque da mídia, por Luciano Martins Costa

Como é praxe desde Lula, o comando petista demonstra pouca habilidade para lidar com problemas de comunicação

Por Luciano Martins Costa

No Observatório da Imprensa

Mais um pouco, e o povo brasileiro, através da imprensa, estará pedindo desculpas às grandes empreiteiras e outros fornecedores de obras e serviços públicos. Pelo andar do noticiário e levando-se em conta alguns artigos plantados aqui e ali, tem-se a impressão de que a Petrobras é uma organização criminosa que achacou os pobres empreendedores com a ajuda de uma quadrilha de coletores de dinheiro.

O ponto de partida desse movimento é o advogado do lobista apontado como intermediário na distribuição de propinas milionárias. Na sua opinião, sem “composição ilícita”, ninguém consegue fazer negócios com o Estado, seja um complexo petroquímico ou um assentamento de paralelepípedos. O portador do discurso dos empresários corruptores ganhou destaque em todos os principais jornais – a Folha de S.Paulo ofertou quase uma página inteira para sua aleivosia.

Leia mais »

Média: 2.3 (6 votos)

Ébano

Sugestão de Jns

Esculturas em Madeira

Wood carvings for sale in gift shop, Arusha, Tanzania

Leia mais »

Média: 5 (4 votos)

Brasilianas.org discute prevenção e combate à corrução

Como aprimorar os controles públicos a partir da experiência da Operação Lava Jato?
 
 
A Operação Lava Jato, esquema de propinas descoberto pela Polícia Federal, envolvendo políticos e grandes empreiteiras, poderá resultar no aprimoramento do controle de recursos públicos. A ação criminosa ocorreu ininterruptamente durante vários governos, exigindo, portanto, um novo debate sobre os critérios aplicados hoje para combater a corrupção em vários níveis de governo e empresas públicas. 
 
Para avaliar a fundo esta questão, o próximo programa Brasilianas.org receberá na segunda-feira (24) o coordenador da 5ª Câmara de Coordenação e Revisão do MPF - que se dedica ao combate à corrupção -, Nicolao Dino e o Controlador Geral do Município de São Paulo e ex-secretário de Prevenção da Corrupção da Controladoria-Geral da União, Mário Spinelli. Outro objetivo desta edição é compreender o papel vigilante da sociedade civil. União, Estados e Municípios tem legitimidade para arrecadar impostos, mas também o dever de exercer um controle efetivo sobre a aplicação de recursos públicos. Por outro lado, o controle não deve ser visto como uma tarefa exercida unicamente pela burocracia das repartições públicas, exigindo cada vez mais a participação cidadã.
 
Não perca! Segunda (24), a partir das 20h00, na TV Brasil.
 
Saiba onde sintonizar a TV Brasil, em canal aberto, parabólica ou TVs por assinatura: clique aqui.

Leia mais »

Média: 3.8 (4 votos)

AP 470 é digna de juizado de "pequenas causas" perto da Lava Jato, diz Gilmar

Gilmar ataca de novo: mensalão é causa pequena

Do Brasil 247

O ministro Gilmar Mendes, do Supremo Tribunal Federal (STF), antecipou sua posição sobre o chamado escândalo do "petrolão", em mais uma declaração ácida, nesta quinta-feira. “No caso do mensalão, falávamos que estávamos julgando o maior caso de corrupção investigado e identificado. Agora, a Ação Penal 470 teria que ser julgada em juizado de pequenas causas pelo volume que está sendo revelado nesta questão”, afirmou.

Leia mais »

Média: 2.3 (9 votos)

As pinturas de Daudi ES Tingatinga

Por Jns

Se você gosta de cores vivas e simplicidade de design, as pinturas Tingatinga são para você.

 

Leia mais »

Média: 5 (2 votos)

A belíssima e imortal Take Five nas melhores versões

Sugerido por Antonio Carlos Silva

Dave Brubeck
 

George Benson

Leia mais »

Tags

Média: 5 (1 voto)

O sentimento nazista por trás do impeachment, por Laura Capriglione

Enviado por MiriamL

Quem são os bandidos que batem em jornalistas e pedem o impeachment de Dilma

Por Laura Capriglione, no Yahoo

Acostumados a se esgueirar pela noite, sempre em bandos, em busca de homossexuais e negros andando desacompanhados (para cobrir de porradas, quem sabe matar), predadores neonazistas agora deram para exibir sua truculência à luz do dia.

Como participantes das manifestações que a direita paulistana vem promovendo para disseminar seus ideais golpistas, esses órfãos de Hitler parecem ter encontrado uma turma disposta a acolhê-los e legitimá-los, como se fossem apenas mais alguns entre os opositores do governo da presidente Dilma Rousseff, do PT, recém-eleita.

Seria apenas uma moçada jovem, careca e muitas vezes musculosa exercendo o sagrado direito democrático de manifestação e expressão.

Só que não.

Leia mais »

Média: 4.6 (16 votos)

Dandara, uma das lideranças femininas que lutou contra o sistema escravocrata

Sugerido por Mara L. Baraúna

Dandara: A Face Feminina de Palmares

Do Geledes

"Eu quero uma história nova

Não este conto de fadas brancas e ordinárias

Donas de nossas façanhas

Eu quero um direito antigo

Engavetado em discursos

Contidos, paliativos

(Cheios de maçãs e pêras)

Bordados de culpas e crimes

Eu quero de volta, de pronto

Leia mais »

Média: 5 (2 votos)

A corrupção como instrumento de extorsão do mundo do trabalho, por Mário Tomé

Enviado por Almeida

Óleos e lubrificantes

Por Mário Tomé, no Esquerda.net

A corrupção tem que ser denunciada como um instrumento nuclear da acumulação capitalista, da extorsão sem peias feita ao mundo do trabalho

“A corrupção é o lubrificante da democracia”, dizia Espinoza, o deus ex-machina da cooperação da Máfia com o Estado, ao esforçado Corrado Catani, o polícia que não desistia de desmantelar essa poderosa máquina de uso da corrupção estruturante do sistema capitalista, no seu grau menos sofisticado e mais directo mas não menos eficaz, a Máfia italiana.

Corrado foi assassinado a mando do dito Espinoza que antes lhe mostrara as fichas que detinha, correspondentes às altas figuras do Estado, da Igreja e do Exército.

Leia mais »

Média: 4.3 (6 votos)

Presidente da Abimaq critica incentivos a montadoras

Sugerido por Henrique Torres

Para dirigente da Abimaq, incentivo a montadoras é ‘pornográfico

Do Globo

Recém-eleito presidente da Associação Brasileira da Indústria de Máquinas e Equipamentos (Abimaq), o espanhol naturalizado brasileiro Carlos Pastoriza assumiu a direção da principal entidade do setor de bens de capital do país atirando. Dono de uma fábrica de equipamentos de mineração, o empresário contesta as medidas de incentivo promovidas pelo governo Dilma Rousseff, que beneficia setores específicos, como o automobilístico. Pastoriza disse que as montadoras vêm recebendo “favores pornográficos”. Ele cita o InovarAuto, novo regime criado para promover a competitividade do setor, mas que, na prática, adiciona mais 30% à barreira do IPI (Imposto sobre Produto Industrializado) para carros feitos fora do país.

Leia mais »

Média: 4.2 (5 votos)