newsletter

Pular para o conteúdo principal

Luis Nassif Online

Não se sabe o que o candidato do PSB pretende ao prometer aumentar o atendimento do programa social; por Luis Nassif
80 comentários
Órgãos da Justiça fazem confusão para evitar a batata quente de pedido atípico que infringiu normas para chegar ao STF
38 comentários
Cláusulas de saída só se tornaram nocivas depois do Conselho de Administração da Petrobras proibir cumprimento do acordo
10 comentários

Fora de Pauta

O espaço para os temas livres e variados.

Média: 3 (4 votos)

Clipping do dia

As matérias para serem lidas e comentadas.

Média: 2.3 (3 votos)

Cidades ficam sem bancos no interior do Ceará

Do Diário do Nordeste

 
Os idosos são os que mais sofrem em não dispor de agência na própria cidade, tendo que viajar para longe
 
Muitos moradores chegam bem cedo nas agências bancárias de cidades vizinhas, quando as unidade ainda nem abriram, para conseguirem receber ou fazer pagamentos. Tudo isso como forma de driblar as dificuldades
 
Banco do Brasil de Cariús teve os caixas eletrônicos explodidos, uma estratégia de assalto utilizada na maioria dos casos registrados nos municípios do Interior do Estado
FOTO: HONÓRIO BARBOSA
 
Quixadá. Após os ataques nos primeiros meses deste ano, a 19 agências e postos bancários espalhados pelo Interior do Ceará, a população está sofrendo para pagar as contas e até fazer apostas em jogos de loteria. Filas extensas, horas de espera e muita gente se amontoando nos bancos e casas lotéricas. Esse é o quadro em vários municípios. Os moradores das cidades atacadas são obrigados a seguir para as agências mais próximas, nas cidades vizinhas, sobrecarregando os serviços bancários. Nas lotéricas não é diferente. A situação se agrava no início de cada mês, período do pagamento dos benefícios sociais do governo federal. O descontentamento é geral.

Leia mais »

Média: 1 (2 votos)

Exposição no Arquivo Público de SP lembra 30 anos das "Diretas Já"

Diretas Já

 

Diretas JáAcervo DCS - Apesp

 

Para lembrar os 30 anos do movimento popular que reivindicou eleições diretas, redemocratizou o país e que ficou conhecido como "Diretas Já", o Arquivo Público do Estado de São Paulo apresenta, a partir desta quarta-feira (16), a exposição Povo, Praça e Participação: 30 anos das Diretas Já. A mostra, gratuita, vai até  o dia 16 de agosto e é uma parceria com a Fundação Padre Anchieta e o Memorial da América Latina.

O foco da exposição são as manifestações que pediam as eleições diretas e que levaram milhares de brasileiros às ruas em 1984, quando o país ainda vivia sob o regime militar.

Estarão em exposição relatórios do extinto Departamento de Comunicação Social (DCS), órgão que funcionou no período de 1983 a 1999, e painéis com fotografias, som, vídeos e documentos dos principais comícios pelas "Diretas Já" realizados em São Paulo, tais como o da Praça da Sé, em janeiro de 1984, e que reuniu cerca de 300 mil pessoas, e o do Vale do Anhangabaú, em abril de 1984, que reuniu em torno de 1 milhão.

Leia mais »

Média: 4.3 (3 votos)

A aprovação de mosquitos transgênicos para pesquisas e combate a dengue

Sugerido por Dani

Da Adital

Mosquistos transgênicos são aprovados, mas pesquisadores temem riscos

Mateus Ramos

Um importante, e perigoso, passo foi dado na última semana pela Comissão Técnica Nacional de Biossegurança (CTNBio), que aprovou o projeto de liberação de mosquitos geneticamente modificados no Brasil. Os mosquitos transgênicos serão usados para pesquisa e combate a dengue no país. O projeto, que permite a comercialização dos mosquitos pela empresa britânica Oxitec, foi considerado tecnicamente seguro pela CTNBio e, agora, só necessita de um registro da Agência Nacional de Vigilância Sanitária (Anvisa) para ser, de fato, liberado.

Para o professor da Universidade Federal de São Carlos (SP) e ex- membro da CTNBio, José Maria Ferraz, em entrevista à Adital, a resposta positiva dada ao projeto, pela Comissão, é um forte indicativo de que o mesmo será feito pela Anvisa. "Com certeza será aprovado, o próprio representante do Ministério da Saúde estava lá e disse que, frente às epidemias de dengue, era favorável à aprovação do projeto.”

Ferraz faz duras críticas à aprovação concedida pela CTNBio e ao projeto. "Não existe uma só política de enfrentamento à dengue, mas sim um conjunto de ações, além disso, não há garantias de que os mosquitos liberados também não carreguem a doença, ou seja, vão liberar milhões de mosquitos em todo o país, sem antes haver um estudo sério sobre o projeto. É uma coisa extremamente absurda o que foi feito. É uma insanidade, eu nunca vi tanta coisa errada em um só projeto.”

Leia mais »

Média: 5 (2 votos)

Papa Francisco e os pecados dos meios de comunicação

Por Anivaldo Padilha, via facebook

O Papa Francisco discursou para trabalhadores da RAI )Rede de TV e Rádio italiana) mas acho que ele se referia à grande mídia brasileira, aquela controlada por sete famílias.

Domingo, 06/04/2014

"Para mí, los pecados de los medios de comunicación, los más grandes, son los que van por el camino de la mentira, de la falsedad, y son tres: la desinformación, la calumnia y la difamación. Estas dos últimas son graves, ¿eh? pero no tan peligrosas como la primera. ¿Por qué? Les explico. La calumnia es pecado mortal, pero se puede aclarar y llegar a conocer que aquella es una calumnia. La difamación es pecado mortal, pero se puede llegar a decir: "pero esta es una injusticia porque esta persona ha hecho aquello en aquel tiempo, después se ha arrepentido, ha cambiado de vida". Pero la desinformación es decir la mitad de las cosas, las que son para mí más convenientes y no decir la otra mitad. Es así, de lo que se ve en la televisión o aquello que se escucha en la radio no se puede dar un juicio perfecto, porque no se tiene los elementos y no se los dan. De estos tres pecados, por favor, huyan. Desinformación, calumnia y difamación."

O discurso completo pode ser lido na página do Vaticano

Leia mais »

Média: 5 (4 votos)

Schumacher apresenta sinais de consciência

Da BBC 

Médico explica momentos de consciência de Schumacher

Hospitalizado há quatro meses em Grenoble, na França, após sofrer um acidente enquanto esquiava nos Alpes, o heptacampeão da Fórmula 1 Michael Schumacher ainda não despertou totalmente do coma induzido, mas já apresenta "sinais de consciência", segundo confirmou sua agente à imprensa.
 
Mas para o neurocirurgião Peter Hutchinson, professor da Universidade de Cambridge e chefe médico do GP da Fórmula 1 na Grã-Bretanha, tais momentos de lucidez não significam necessariamente uma melhora da saúde do piloto.

"Avaliamos a consciência de duas formas: a primeira é se os olhos estão abertos e a segunda é quando o paciente responde a ordens simples", explicou Hutchinson ao programa Health Check, da BBC.

Sono profundo

Em acidentes graves, como o sofrido por Schumacher, é comum que os médicos coloquem o paciente em coma induzido.

O objetivo é evitar que a inflamação originada no cérebro mate os neurônios.

Com isso, a pressão sobre o órgão diminui e o órgão passa a trabalhar menos, o suficiente para manter as funções vitais do indivíduo.

A técnica permite que os médicos apliquem outros tipos de tratamento que assegurem o fluxo de sangue e leve oxigênio ao cérebro.

"Podemos alterar os ajustes da máquina que mantem o indíviduo com vida para administrá-lo a quantidade desejada de oxigênio e de outro gás muito importante, o dióxido de carbono, que influencia na pressão intracraniana", explica Hutchinson.

Leia mais »
Média: 5 (1 voto)

Atividade econômica reduz ritmo, mas cresce em fevereiro

O ritmo de crescimento da atividade econômica diminuiu, em fevereiro. O Índice de Atividade Econômica do Banco Central (IBC-Br) dessazonalizado (ajustado para o período) apresentou expansão de 0,24% em fevereiro, comparado com o mês anterior. Em janeiro comparado com dezembro, o crescimento ficou em 2,35%, de acordo com os dados revisados divulgados hoje (16).
 
Já na comparação com fevereiro de 2013, o crescimento ficou em 4,04%, de acordo com dados sem ajustes, uma vez que a comparação é entre períodos iguais. Em 12 meses encerrados em fevereiro, a expansão ficou em 2,57%. No primeiro bimestre, o crescimento ficou em 2,46%.
 
O IBC-Br é uma forma de avaliar a evolução da atividade econômica brasileira. O índice incorpora informações sobre o nível de atividade dos três setores da economia: indústria, comércio e serviços e agropecuária.
Média: 5 (1 voto)

O aniversário de Charles Chaplin

Enviado por Mara L. Baraúna

Charles Spencer Chaplin (Londres, 16 de abril de 1889 — Corsier-sur-Vevey1 , 25 de dezembro de 1977)

Charles Chaplin, gênio universal do cinema

Retirado de Histórias de Cinema, por A.C. Gomes de Mattos

Charles Chaplin foi o gênio mais universal do Cinema. Carlitos seduziu simultaneamente as massas e os intelectuais, fez rir e chorar as plateias de todo o mundo e, na linha do humanismo poético, o solitário tragicômico nos estimulou  ao desejo das coisas que nunca perecem: a beleza, o sonho, a ternura,  o sentimento de liberdade, a esperança.

Charles Spencer Chaplin nasceu a 16 de abril de 1889 em Londres, Inglaterra, filho de Charles Chaplin e Hannah Hill. Hannah era filha de um fabricante de sapatos de origem cigana. Ela fugiu de casa aos 16 anos e foi trabalhar no music-hall, adotando o nome artístico de Lily Harley. Hannah logo se apaixonou por Charles Chaplin, o filho de um açougueiro, que se tornara ator. Porém, três anos depois, ela o abandonou e foi para a África do Sul com outro amante, Sydney Hawkes.  

Segundo apurou o Dr. Stephen Weissman, autor de Chaplin, A Life (Arcade, 2008), Hawkes, um vigarista que se fazia passar por aristocrata rico, mas era de fato um cafetão, levou Hannah para Witwatersrand, cidade de crescimento rápido em virtude da corrida para as jazidas de ouro, e a explorou como prostituta nos salões de baile frequentados pelos garimpeiros.

Leia mais »

Vídeos

Veja o vídeo
Veja o vídeo
Média: 5 (1 voto)

Autor de 'Operação Banqueiro' fala sobre o processo movido por Gilmar Mendes

Sugerido por Klaus BF

Do Comunique-se

“Em nenhum momento excedi o meu direito”, relata repórter processado por ministro do STF

O jornalista Rubens Valente, autor de ‘Operação Banqueiro’, e a editora Geração Editorial, responsável pela publicação da obra, estão sendo processados pelo ministro do Supremo Tribunal Federal Gilmar Mendes, que pede R$ 200 mil em indenização por danos morais, alegando que o livro atenta contra sua dignidade. 

Em desabafo publicado na página ‘Operação Banqueiro’, administrada pela Geração Editorial no Facebook, Valente falou sobre a ação movida pelo contra ele. “É parte da democracia e em nenhum momento excedi o meu direito de expressão consagrado na Constituição”. O livro revela os bastidores Operação Satiagraha, realizada em 2008 pela Polícia Federal, que resultou na prisão de controladores e executivos do grupo Opportunity, entre eles o banqueiro Daniel Dantas.

Na ação, que será julgada pela 15ª Vara Cível de Brasília, o magistrado também pede que sejam publicadas nas futuras edições do livro e em revista de grande circulação a sentença a ser proferida e a petição inicial. Para o jornalista, isso configura “uma clara tentativa de alteração do conteúdo de uma obra que foi publicada de acordo com as leis em vigor”. Ele também afirma que procurou o ministro inúmeras vezes ao longo da elaboração do livro, que recusou-se a oferecer sua versão dos fatos. 

“No decorrer da ação, vou demonstrar que simplesmente exerci o meu ofício de jornalista e o meu direito de cidadão de fazer um retrato de determinada realidade, tendo por base inúmeros documentos e entrevistas, incluindo declarações públicas do próprio ministro”, escreveu Valente.

Leia mais »

Média: 5 (6 votos)

Aeroporto do Galeão: estacionamentos caros e desorganização

Por MRE

Usei neste último final de semana o Galeão.

Gastei uma grana preta de estacionamento. Em Curitiba, vários estacionamentos, as diárias variavam de R$ 14,00 a R$ 20,00 com serviços de lava-jato. No Galeão custa R$ 56,00 e você tem que procurar vagas e perde um bom tempo. No meu caso tentei o estacionamento 1 , em eterna obra, e fui parar no 2.

Na volta, domingo a noite, para apanhar as malas uma zona, provavelmente por conta das obras de melhoria - mas estamos há menos de mês e meio da COPA e não vi ninguém trabalhando.

Banheiros no local acima piores do que botequins da zona da Central. E nenhum representante visível para você reclamar.

Carrinhos elétricos entre o terminais 1 e 2, para compensar a paralização das esteiras rolantes por conta de obras, existem vários, mas só um  motorista em dia de movimento.

O site da Infraero dá e-mails inoperantes. A Ouvidoria transfere você para telefones que tocam, tocam, tocam,,..

Quando uma ouvidora atende as informações institucionais dificukltam um diálogo inteligente e prático. A própria ficha da ouvidoria é desatualizada ( não acompanha o aumento de algarismos de celulares).

E a falta de gestão ou gestão com respeito ao usuário é flagrante e estamos a pouco tempo da Copa. Tom Jobim, o  poeta que exaltava o belo e a harmonia de conviver, deve estar meio P da Vida de emprestar seu nome, sem autorização, para promover  respeitadores sem compromissos com os seus ideais.

Um espaço maravilhoso, encantador, dinâmico, emocionante,  não aproveitável.

Leia mais »

Média: 4 (4 votos)

Aneel aprova aumento para consumidores da Região Nordeste

Jornal GGN - A Agência Nacional de Energia Elétrica (Aneel) aprovou na noite desta terça-feira (15) aumentos de 15,35% para consumidores da Coelba (BA), 16,77% para Coelce (CE), 11,85% para Energisa Sergipe (SE) e 12,75% para Cosern (RN).
 
Os valores se devem ao acionamento das térmicas em 2013, o que gerou um maior custo da energia na região Nordeste. A medida respondeu por 7 a 8 pontos percentuais dos reajustes tarifários aprovados, de acordo com a diretoria geral da entidade.
 
Ainda segundo a agência, não fosse o acionamento das térmicas, os reajustes autorizados pela Aneel seriam inferiores a 10%.
 
As usinas térmicas permaneceram acionadas praticamente durante todo o ano passado para garantir o abastecimento do país, diante do baixo nível dos reservatórios das hidrelétricas. Como o custo da energia produzida pelas térmicas é mais alto do que o produzido por hidrelétricas, as distribuidoras estão adquirindo energia a um preço mais alto.
 
De acordo com a Aneel, as distribuidoras podem decidir repassar aos consumidores o reajuste que quiserem até os tetos aprovados. Um aumento médio de 14,24% na tarifa para consumidores residenciais da Cemig, em Minas Gerais, e de 17,2% para clientes atendidos pela CPFL Paulista (SP) também já haviam sido discutidos e aprovados.
Média: 5 (1 voto)

As questões sobre a segurança do sistema de votação

Sugerido por MarcioGM

Do Observatório da Imprensa

O seu voto conta mesmo? 

Por Pedro Antonio Dourado de Rezende

Em janeiro deste ano, o jornal O Globo publicou matéria opinativa de um advogado e ex-ministro da Cultura, Luiz Roberto Nascimento Silva, que questionava: “Nosso sistema de votação é seguro?“. Isto provocou um debate público com réplica do Corregedor Regional Eleitoral do Rio de Janeiro e tréplica de um colunista da revista Veja. Mencionando pulga atrás da orelha e reiterando a questão original, a tréplica revisitava o que fora esquivado na réplica: por que só nós no mundo democrático votamos assim? Como fui citado nas três ocasiões, cabe-me dirimir dúvidas e tentar esclarecer lacunas referentes a minha participação, inicialmente involuntária, nesse importante debate. Para isso, refraseio com menor ambiguidade, no título deste artigo, a pergunta que não quer calar, e nele cito extensamente a réplica do Corregedor, com amparo no inciso III do Art. 46 da Lei 9.610/98, como roteiro necessário e adequado a este fim. E peço desculpas antecipadas ao leitor se as lacunas a preencher são muitas.

No início da réplica, lemos:

“O sistema eletrônico de votação foi implementado pela Lei 9.100/95, tendo observado todo o processo legislativo necessário para sua aprovação e posterior sanção presidencial. Já são quase 20 anos de sua vigência. Nesse período, a Justiça Eleitoral vem implementando uma série de mecanismos para assegurar a lisura do processo de votação, inclusive contemplando a participação de órgãos como o Ministério Público e a Ordem dos Advogados do Brasil, os quais têm acesso ao desenvolvimento dos programas utilizados no processo eleitoral, ocasião em que poderão suscitar dúvidas ou questionamentos técnicos junto ao Tribunal Superior Eleitoral (TSE).”

Leia mais »

Média: 3 (2 votos)

Marqueteiro de Aécio diz que desafio é torná-lo conhecido nacionalmente

Do Valor

 
Por Marcos de Moura e Souza
 
O publicitário Paulo Vasconcelos, marqueteiro do senador Aécio Neves (PSDB-MG) em sua pré-campanha presidencial, encerrou ontem a primeira fase de seu trabalho para o tucano. Ele finalizou o programa de dez minutos que irá ao ar amanhã em rádio e TV e que mostrará com mais detalhes a trajetória de Aécio. É o último programa do horário gratuito antes de a campanha na TV começar, em meados de agosto.
 
Vasconcelos e sua equipe foram os criadores dos vídeos de 30 segundos exibidos nos últimos dias e que tiveram Fernando Henrique Cardoso como principal cabo eleitoral de Aécio. Foi a primeira vez, desde que deixou a Presidência em 2003, que FHC apareceu em inserções de campanha desse tipo.
 
Aos 53 anos, o publicitário mineiro está no comando da criação da campanha tucana desde fevereiro. Seu contrato vai até julho. Se agradar, fica para a campanha. Ele está longe de ser um guru de Aécio, papel que marqueteiros de outros candidatos pareceram assumir tamanha a influência que tinham nos rumos de campanhas.
Leia mais »
Média: 1 (4 votos)

As novas tecnologias de animação no cinema

Enviado por Djijo

Pra lá de sensacional.

Leia mais »

Média: 5 (2 votos)