newsletter

Luis Nassif Online

Ministérios são acertos políticos. Sem minimizar a competência técnica, é onde se montam as alianças; por Luis Nassif
51 comentários
Quem é de fora de São Paulo arrume a trouxa, quem for de Sampa reserve a agenda. O sarau deste ano é no Magnólia
16 comentários
Ao estender para 2014 a quebra de sigilo das empresas de Yousseff, juiz quer encontrar sinais da Lava Jato na campanha
217 comentários

Como os bandeirantes paulistas destruíram Quilombo dos Palmares e Zumbi

Sugerido por Mara L. Baraúna

Bandeirantes paulistas destruíram Palmares e mataram Zumbi

Do Blog Socialista Morena

(A Guerra dos Palmares, óleo de Manuel Vítor, 1955)

Como os bandeirantes paulistas destruíram o Quilombo dos Palmares e mataram Zumbi, do blog Socialista Morena, por Cynara Menezes

Em seu afã de continuar a escrever a história sob a ótica dos vencedores, autores de direita têm se notabilizado por divulgar que no Quilombo dos Palmares também havia negros escravizados. Uma “descoberta” que não chega nem a ser novidade: já aparece no clássico O Quilombo dos Palmares, do baiano Edison Carneiro (1912-1972), publicado em 1947 (leia aqui). “Os escravos que, por sua própria indústria e valor, conseguiam chegar aos Palmares, eram considerados livres, mas os escravos raptados ou trazidos à força das vilas vizinhas continuavam escravos. Entretanto, tinham uma oportunidade de alcançar a alforria: bastava-lhes levar, para os mocambos dos Palmares, algum negro cativo”, diz o livro.

Leia mais »

Média: 5 (8 votos)

Aroma - Lucia Turnbul (de Gilberto Gil)

Enviado por Antonio Carlos Silva

Média: 5 (3 votos)

Os alarmistas estão recebendo o mesmo remédio amargo dos céticos

Por Rdmaestri

Quando há vinte anos se noticiava uma variação extrema positiva de temperatura, rapidamente “Aquecimentistas do Clima” iam para os jornais e noticiavam: “Olhem aí, mais uma evidência do Aquecimento Global Antropogênico”. Junto com a declaração num site pró AGA era trazida uma explicação de um cientista qualquer sobre a danosa influência do CO2 no clima da Terra.

Quando ocorria isto, os Céticos da influência do CO2, que na época eram poucos e desacreditados por argumentos ad hominem como “paus mandados da indústria do petróleo”, refutavam com um argumento científico que tanto os “Alarmistas científicos” como seus congêneres “Céticos” aceitam: TEMPO NÃO É CLIMA, e estes picos de alta temperatura poderiam representar variações naturais que podem ocorrer tanto em períodos quentes como frios.

Este argumento de que tempo não é clima, é um verdadeiro consenso entre qualquer climatologista ou meteorologista, ou seja, que para se configurar uma “Variação climática” é necessária uma deriva no valor médio de uma série de dados por um período de várias décadas. A Organização Meteorológica Mundial (World Meteorological Organization - WMO) de forma mais ou menos arbitrária estabelece um período de 30 anos para se configurar uma mudança de padrão de clima.

Leia mais »

Média: 3.7 (6 votos)

De repente, morreu: João Guimarães Rosa

Enviado por MiriamL
 

Morre João Guimarães Rosa. Jornal do Brasil: Terça-feira, 21 de novembro de 1967

Poema Drummond-Rosa

Leia mais »
Média: 5 (2 votos)

O que acha das manifestações? "Uma perda de tempo"

Enviado por Emerson57

Juventude engajada na "luta pela democracia", visto no blog do professor Hariovaldo:

Média: 5 (4 votos)

A decisão sobre a nova equipe econômica

Atualizado às 16:31

A decisão sobre a futura equipe econômica deve sair daqui a pouco.

Só têm duas pessoas que sabem sobre a indicação do novo Ministro da Fazenda: Dilma Rousseff e o convidado. Não é do perfil de Dilma dividir esses temas com ninguém.

Portanto, minha avaliação abaixo é estritamente pessoal, sem contar com nenhuma informação de bastidores.

Para a área econômica, o perfil ideal seria o seguinte: Leia mais »

Média: 3.7 (15 votos)

Empresas investigadas na Lava Jato reportam doações a Serra, Aécio e Anastasia

Jornal GGN - Eleito senador por São Paulo em outubro passado, José Serra (PSDB) figura na lista de políticos que mais receberam dinheiro das empreiteiras investigadas na Operação Lava Jato. No levantamento publicado pela Folha de S. Paulo nesta sexta-feira (21), Serra ocupa o terceiro lugar, tendo recebido R$ 1,2 milhão para sua campanha, segundo dados da Justiça Eleitoral. A OAS e a Odebrecht foram as principais responsáveis pelo montante.

No topo da lista está o senador Otto Alencar, do PSD da Bahia, com R$ 2,2 milhões doados pela OAS, Odebrecht e UTC. À frente de Serra está Alexandre Leite, deputado federal do DEM paulista, com R$ 1,9 milhão recebidos da Camargo Correa, Mendes Júnior, OAS e UTC.

A pesquisa mostra que 41% do Congresso recebeu, ao todo, R$ 50 milhões das empresas envolvidas no escândalo de desvio de recursos da Petrobras. O Top 15 da Folha reúne ainda políticos do PT, PMDB e PP - partidos que recebiam propina de até 3% dos contratos superfaturados na estatal, segundo depoimento colhido pelas autoridades. 

Antonio Anastasia, correligionário de Serra e eleito senador por Minas Gerais, recebeu R$ 1 milhão da UTC, Odebrecht, OAS e Queiroz Galvão.

Leia mais »

Média: 5 (3 votos)

Aimaras, ou a nova face dos milionários bolivianos

Jornal GGN - Os aimaras fazem fortuna na Bolívia. Em 2006, depois da nacionalização, os recursos com o gás aumentaram demais com impacto direto no setor de comércio. Além disso, a Bolívia com câmbio fixo e valorizado, além de renda em alta, também fez com que aparecesse um novo mercado consumidor considerável. Os aimaras, com isso, ascenderam economicamente e, é claro, políticamente, com a chegada de Evo ao poder. Leia matéria do Valor.

Sugerido por Pedro Penido dos Anjos

do Valor

'Burguesia aimara' faz fortuna com Evo

Por Fabio Murakawa | De El Alto e La Paz

Juan Karita/AP - Uma chola dança em salão de um dos 'cholets' de El Alto; opulência das construções é a face visível do enriquecimento da 'burguesia aimara' durante o governo Evo

Leia mais »

Média: 5 (2 votos)

Torcedor, que eu sou, por Caiubi Miranda

Decididamente, futebol nunca foi o meu forte. Pelo menos, não era até a última quarta-feira, quando fui assistir ao jogo do Palmeiras na inauguração de seu novo estádio, segundo consta, o mais moderno do mundo. Na verdade, essa foi a segunda vez que, nos meus 63 anos de vida, fui a um estádio de futebol.  A primeira foi pelo menos uns 40 anos atrás quando fui ao Maracanã num jogo do Santos com o Vasco da Gama. Depois disso, nunca mais voltei aos estádios, não senti falta disso. Nunca mais, não. Como eu disse, quarta-feira fui à reinauguração do estádio do Palmeiras.

Esse desinteresse por futebol já me provocou alguns constrangimentos ao longo da vida. Um deles – já se vai aí uns vinte e tantos anos, mas que eu nunca me esqueci - foi quando meus filhos Max e Pablo, então na faixa de dez ou doze anos de idade, me procuraram para uma, digamos, audiência particular e me apresentaram uma situação de constrangimento que viviam. Segundo eles, os pais de todos os seus amigos, sem exceção, torciam por algum time de futebol. Uns eram santistas, outros são-paulinos, alguns eram até corintianos. Eles eram os únicos cujo pai não torcia por time nenhum! E isso era causava estranheza aos amigos deles e a eles mesmos. Como era possível que eu não torcesse por time nenhum?

Leia mais »

Imagens

Média: 4.3 (6 votos)

Governos da ditadura, do PMDB e PSDB têm muitas obras com Camargo Corrêa

Sugerido por Assis Ribeiro

Camargo Corrêa, ditadura, Petrobras e outros partidos

Por Caco Schmitt, na Carta Maior

Governos da ditadura, do PMDB e PSDB têm muitas obras com a Camargo Corrêa, que possui uma histórica tradição de se envolver em polêmicas de corrupção

Se a gente prestar bem atenção ao noticiário da grande imprensa sobre o "escândalo" da Petrobras, a Sétima etapa da Operação Lava Jato, parece que o Grupo Camargo Corrêa é novato em matéria de corrupção. Ele e todas empreiteiras envolvidas. E parece também que na Petrobras está o único caso de denúncia de corrupção envolvendo serviço público, na história do Brasil. Então, vamos recuar no tempo pra refrescar a memória.

A Camargo Corrêa foi criada em 1939 como uma simples construtora. Fez grandes obras para a ditadura militar em várias regiões do Brasil. Ouvi seu nome pela primeira vez na Amazônia, nos anos 1970. Ela participou da tentativa dos militares de construir a Perimetral Norte (BR-210), em1973. Rodovia que cortaria a calha norte do Rio Amazonas, paralela ao rio, do Amapá até a divisa com a Colômbia.

Leia mais »

Média: 5 (6 votos)

Morre o jornalista Sérgio Fleury

Do Ancelmo.com

O jornalista Sérgio Fleury morreu hoje à tarde aos 73 anos de idade, vítima de infecção hospitalar após sofrer uma isquemia. Ele será sepultado neste dia 20, às 16h, no Cemitério São João Bastista, no Rio. 

Fleury, que não tinha qualquer parentesco com o temido torturador Sérgio Paranhos Fleury, foi um dos jornalistas mais criativos de sua geração. Em 2015, ele iria completar 50 anos de bons serviços prestados ao jornalismo. Começou a batucar as pretinhas em 1965, o ano do quarto centenário do Rio de Janeiro. Foi foca, repórter, chefe de reportagem, pauteiro, editor, blogueiro, tuiteiro, cronista de Facebook, assessor de imprensa. Trabalhou no GLOBO, "Jornal do Brasil", "O Dia", TV Globo, foi um dos fundadores da TV Manchete. Foi assessor de imprensa do procurador-geral de Justiça Antônio Carlos Biscaia e do prefeito Saturnino Braga. Seu último emprego foi o de redator da Federação das Indústrias do Rio de Janeiro (Firjan).

Leia mais »

Média: 5 (2 votos)

Apesar da desaceleração, investimento estrangeiro segue em bom patamar

Jornal GGN - Apesar da desaceleração do crescimento econômico, o fluxo de Investimentos Diretos Estrangeiros (IDE) para o Brasil, segundo dados da Cepal, continua em patamares elevados. Isso, segundo mostra reportagem da BBC, tem mantido o interesse de multinacionais. A maioria das grandes empresas sente que precisa ter um plano para o Brasil dos próximos anos.

Além do IDE, o desemprego em baixa histórica, o crescimento da classe C (ainda em curso), a estabilidade interna e a elaboração de incentivos estão entre os fatores que explicam, por exemplo, a instalação de fábricas da Jaguar Land Rover, da BMW e das chinesas Chery Internacional e Geely Automobile no país. 

Sugerido por Assis Ribeiro

Por que o investimento estrangeiro se sustenta no Brasil?

Da BBC

Apesar de dados que têm despertado o pessimismo de analistas e de uma parte da sociedade, a economia brasileira continua atraindo o interesse de alguns investidores estrangeiros - uma contradição aparente que encontra explicações no longo prazo.

Leia mais »

Média: 5 (1 voto)

Nunca se roubou tão pouco, por Ricardo Semler

Enviado por Pedro Penido dos Anjos

Da Folha

Nunca se roubou tão pouco, por Ricardo Semler

Não sendo petista, e sim tucano, sinto-me à vontade para constatar que essa onda de prisões de executivos é um passo histórico para este país

Nossa empresa deixou de vender equipamentos para a Petrobras nos anos 70. Era impossível vender diretamente sem propina. Tentamos de novo nos anos 80, 90 e até recentemente. Em 40 anos de persistentes tentativas, nada feito.

Não há no mundo dos negócios quem não saiba disso. Nem qualquer um dos 86 mil honrados funcionários que nada ganham com a bandalheira da cúpula.

Os porcentuais caíram, foi só isso que mudou. Até em Paris sabia-se dos "cochons des dix pour cent", os porquinhos que cobravam 10% por fora sobre a totalidade de importação de barris de petróleo em décadas passadas.

Leia mais »

Média: 5 (10 votos)

Brasil precisa endireitar a sociedade estimulando o talento e o trabalho

Enviado por Alexis

ECONOMIA, CULTURA E POLÍTICA

Sabemos que mais de 520 bilhões de dólares depositados em paraísos fiscais, fora do Brasil, pertencem a poucos maus brasileiros. Naquela quantia deve estar a recente história de corrupção neste país.

SEGUINDO O DINHEIRO:

1.       Controlar movimento: Voltar com a CPMF, desta vez com abrangência apenas às movimentações mais volumosas, gerando dinheiro para a saúde e taxando um pouco mais aos mais ricos;

2.       Fiscalizar, anualmente, as declarações de impostos de todos os cidadãos brasileiros visando aumento injustificado de patrimônio. Obrigatório para empregados e agentes públicos;

Leia mais »

Média: 5 (2 votos)

Aumenta proporção de negros e pardos nas universidades brasileiras

Enviado por Assis Ribeiro

do Blog do Zé

População negra e parda ultrapassa os 40% de matriculados em universidades

Uma excelente notícia. Pela primeira vez, a PNAD registra um aumento acima de 40% da proporção da população negra matriculada nas universidades brasileiras. Os números são do IBGE (PNAD 2013) e vem sendo divulgados nesta Semana da Consciência Negra – depois de amanhã, 5ª feira, é o Dia Nacional da Consciência Negra.

Os dados são importantes se avaliarmos que a população negra é maioria da população brasileira (54%) e que durante toda a década de 90, o índice permaneceu ínfimo, chegando a 18% de matriculados nas universidades em 1998. O crescimento registrado a partir deste ano se intensifica nos últimos doze anos, com as políticas de cotas, o ProUni e o FIES.

Segundo o IBGE, em números absolutos, pegando o intervalo de 12 anos de PT no governo, o total da população negra e parda quadruplicou nas universidades particulares, saltando de 453 mil para 2,1 milhões. Nas públicas, o número cresceu de 318 mil para 697 mil estudantes. O crescimento acompanha, também, o avanço do total do número de matrículas no ensino superior. Em 1992, o Brasil contava com apenas 1,4 milhão de estudantes universitários. Ano passado, o número atingiu 6,9 milhões.

Leia mais »

Média: 5 (6 votos)