Revista GGN

Assine

A Carne Fraca e o reino dos imbecis

A Operação Carne Fraca, da Polícia Federal, traz uma comprovação básica: o nível de emburrecimento nacional é invencível. O senso comum definitivamente se impôs nas discussões públicas. E não se trata apenas da atoarda que vem do Twitter e das redes sociais. O assustador é que órgãos centrais da República – como o Ministério Público, a Polícia Federal, o Judiciário – tornaram-se reféns do primarismo analítico.

Como é possível que concursos disputadíssimos tenham resultado em corporações tão obtusamente desinformadas, a ponto de não ter a menor sensibilidade para o chamado interesse nacional. Não estou julgando individualmente delegados ou procuradores. Conheço alguns de alto nível. Me refiro ao comportamento dessas forças enquanto corporação.

Tome-se o caso da Operação Carne Fraca.

A denúncia chegou há dois anos na ABIN (Agência Brasileira de Inteligência). O delator informou que a Secretaria de Vigilância Sanitária no Paraná tinha sido loteada para o PMDB. Levantaram-se provas de ilícitos em alguns frigoríficos.

Por outro lado, há uma guerra fitossanitária em nível global, em torno das exportações de alimentos. Se os delegados da Carne Seca não fossem tão obtusos, avaliariam as consequências desse bate-bumbo e tratariam de atuar reservadamente, desmantelando a quadrilha, prendendo os culpados.

Mas, não. O bate-bumbo criou uma enorme vulnerabilidade para toda a carne exportada pelo país. Os anos de esforços gerais para livrar o país da aftosa, conquistar novos mercados, abrir espaço para as exportações ficaram comprometidos pelo exibicionismo irresponsável desse pessoal.

Ou seja, havia duas formas de se atingir os mesmos resultados:

1.     Uma investigação rápida, discreta e sigilosa.

2.     O bate-bumbo de criar a maior operação da história, afim de satisfazer os jogos de poder interno da PF.

As duas levariam ao mesmo resultado e a primeira impediria o país de ter prejuízos gigantescos, que pudessem afetar a vida de milhares de fornecedores, o emprego de milhares de trabalhadores, a receita fiscal dos impostos que deixarão de ser pagos pela redução das vendas – e que garantem o salário do Brasil improdutivo, de procuradores e delegados.

Qual das duas estratégias seria mais benéfica para o país? A primeira, evidentemente.

No entanto, o pensamento monofásico que acomete o país, não apenas entre palpiteiros de rede social, mas entre delegados de polícia, procuradores da República, jornalistas imbecilizados é resumido na frase-padrão de Twitter: se você está criticando a Carne Fraca, então você é a favor de vender carne podre.

Podre se tornou a inteligência nacional quando perdeu o controle de duas corporações de Estado – MPF e PF – permitindo que fossem subjugadas pelo senso comum mais comezinho. E criou uma geração pusilânime de donos de veículos de mídia, incapazes de trazer um mínimo de racionalidade a essa barafunda, permitindo o desmonte do país pela incapacidade de afrontar o senso comum de seus leitores.

Veja bem, não se está falando de capacidade analítica de entender os jogos internacionais de poder, a geopolítica, o interesse nacional, as sutilezas dos sistemas de apoio às empresas nacionais. A questão em jogo é muito mais simples: é saber discernir entre uma operação discreta e outra que afeta a imagem do Brasil no comércio mundial.

No entanto, essa imbecilidade, de que a destruição das empresas brasileiras contaminadas pela corrupção, permitirá que viceje uma economia mais saudável, é recorrente nesse reino dos imbecis. E se descobre que a estultice da massa é compartilhada até por altos funcionários públicos, regiamente remunerados, que se vangloriam de cursos e mais cursos aqui e no exterior. O sujeito diz asneiras desse naipe com ar de sábio, reflexivo. E é saudado por um zurrar unânime da mídia.

Discuti muito com uma antiga amiga, quando mostrava os impactos dessas ações nos chamados interesses nacionais e via mão externa, e ela rebatia com conhecimento de causa: não são conspiradores, são primários.

Imbecil é o país que se desarma completamente, Judiciário, mídia, organizações que se jactam de ter Escolas de Magistratura, de Ministério Público, de Polícia Federal e o escambau, permitindo mergulhar na mais completa ignorância institucional.

Média: 4.5 (164 votos)
178 comentários

Comentários

Espaço Colaborativo de Comentários

Zurrar em rede, e "Cota Hilton"

    Que o DIPOA/SIF - PR tinha problemas, a ABIN foi comunicada há anos, não há dois, foi mais, e foi procurado - tentado - "cintar" este orgão, mas injunções politicas e empresariais ( não das "majors" ), embaçaram a cintagem, inclusive aumentaram o escopo de suspeitas para outros Estados ( GO, TO, MT, SP ).

     Sou de mercado, um vendedor de qualquer coisa, tangivel ou intangivel, inclusive "carnes" ( não importa o bicho ), e sei como funciona o processo de exportação, o qual não é nem de perto a simplicidade que o infimo delegadinho e seus sabujos midiaticos explanaram mal e porcamente ( não referente a suinos de corte, que são muito limpinhos ), pois pelos contratos, tanto com a USDA como a UE, Japão....qualquer País, tanto o frango como o boi, em partes ( resfriados ou processados, inteiros ou em "partes especificas" de acordo com o cliente ), são rastreados desde o pasto, passando pelo abate, pelo corte/processamento, embalagem, despacho, conteiner, navio e recepção no destino.

      Funciona assim: Se vc. for a churrascaria ( brazilian barbecue ) Fogo de Chão, em Washington ( Pennsylvania Av. ),ir a dispensa e pegar uma peça de alcatra/contra filé , no corte deles ( sirloin ), será JBS, que pelo numero do lote na embalagem, mais o selo de conformidade do USDA/FDA, vai dar para saber até o numero do boi que foi abatido, até o que ele comeu, se foi de pasto ou de estabulo, onde ele engordou e por quanto tempo, o nome do navio que foi embarcado, o fiscal americano que aprovou a entrada do conteiner no Porto de NY ou Charleston, com cortes de frango ou na Europa/Russia/Oriente Médio = A mesma coisa, o procedimento é igual.

      Porra, desde os anos '80 em algumas unidades da BRF de frangos, existem Imãs (muçulmanos fornecidos por contato com a Mesquita do Brasil em São Paulo ), que verificam se os animais são abatidos de acordo com as leis deles, e como não somos preconceituosos, já vi - ninguem me contou - em um abatedouro/frigorifico em Promissão (SP), todos os meses rabinos de "corte" ( os "mãos de faca do judaismo " ), veem conferir o abate de carnes kosher, visando exportações para paises com comunidades judaicas importantes.

       Exportar alimentos semi-processados e/ou processados é um dos maiores desafios no comércio internacional, não é como exportar farelo de soja para alimentar rebanhos ou esmagar grão para oleo, foi um trabalho desenvolvido por décadas, alcançamos a "cota hilton" ( sou velho ainda uso este termo ) só agora, o de cortes in natura, com teor de gordura especifico ( marmorização ), perda de aguá, sem aditivos/defensivos quimico-biológicos, e agora por culpa de uns frigorificozinhos, um palhaço espanhol vem me dizer, quinta feira passada, que até recebe o conteiner, mas quer um abatimento de 20% e renegociar os futuros.

        Então meus queridos, perceberam qual é o barato, os importadores que dependem de nossas carnes para suprir seus mercados, irão vir com medidas fito-sanitárias, só para começar vão embargar o que esta em transito e depois renegociar os contratos já firmados, poderão alegar o óbvio - se o Brasil desconfia de suas exportações, porque eu não vou desconfiar - e jogar o preço lá para baixo.

         Ai meus filhos, por culpa de um delegadinho e a briga de Poder na PF e MinJustiça ( nunca podemos esquecer que o atual MInJustiça é do Paraná ), muita gente irá de f....der.

         P.S.: Esta mania da esquerdinha culpar os "americanos" cansou, nosso problema são gerados por brasileiros que se acham americanos, nem precisam ser "adquiridos" pelo Tio Sam, eles se vendem de 0800.

 

Seu voto: Nenhum (10 votos)

A POLÍTICA DA PF É DE TERRA

A POLÍTICA DA PF É DE TERRA ARRAZADA. INCRÍVEL O MP, E PARTE DO JUDICIÁRIO, CONCORDAR COM ISSO.

Totalmente fora de controle, não alcançam os membros da PF a importância para o país do significado estratégico dos "interesses nacionais". Preferem o caminho dos holofotes e estrelismo.

O caso da LavaJato (emprego, empresas de base e empreiteiras nacionais destruídas e paralizadas), e, agora, o da carne são exemplares disso.

Ao invés do estardalhaço pirotécnico mediático, a tomada imediata de medidas administrativas duras, completas e rápidas (contra às empresas) poderiam ter sido coordenadas, casadas com o interesse maior nacional, como apreensão dos produtos acompanhadas de pesadas multas. Em relação aos funcionários faltosos, a instauração imediata de procedimentos administrativos de demissão. E tudo no mais absoluto sigilo (interesse nacional estratégico).

Solucionado o problema, levantamento do sigilo, a mais ampla divulgação dos fatos, das medidas tomadas e da normalização da situação.

Medidas criminais devem ser presididas pelo princípio da "ultima ratio".

Em meio a grave crise econômica interna e internacional, só falta o bloqueio internacional as nossas carnes. 

A pergunta que fica: quantas décadas serão necessárias para nos soerguermos?...ou dane-se a nação?...

Seu voto: Nenhum (3 votos)

Opções de exibição de comentários

Escolha o modo de exibição que você preferir e clique em "Salvar configurações".
imagem de Ciro Medeiros
Ciro Medeiros

Mil perdões, mas...

Não quero ofender-lhe com esse post, seu Nassif, mas...

 

"No entanto, essa imbecilidade, de que a destruição das empresas brasileiras contaminadas pela corrupção, permitirá que viceje uma economia mais saudável, é recorrente nesse reino dos imbecis." 

... suspeito que o reino de imbecis é o que cá está: um país subdesenvolvido é um país que exclui a maior parte da sua população da competição pelos "concursos disputadíssimos" e outras posições de status na sociedade - esta é a essência de um país subdesenvolvido porque esta é a contrapartida reservada àqueles que exercem o poder.

A classe média tradicional, de onde saem esses procuradores, é a fração da população que de fato exerce o poder e sem a qual a elite de super-ricos não pode manter em funcionamento o sistema que lhe é lucrativo. O que faz a classe média tradicional exercer o poder em favor dos super-ricos é a possibilidade obter suas posições de status na sociedade sem ter que fazer esforços comparáveis aos esforços dos "vitoriosos" nos países desenvolvidos. 

Para a classe média (que não anda de jatinho, não faz parte das "cortes modernas" de plutocratas reminiscentes das antigas aristocracias e não possui aplicações financeiras rendendo o suficiente para viver em uma bolha), o dinheiro não é suficiente; é necessário, além do dinheiro, o status proveniente das posições de comando na sociedade. Os integrantes da classe média são seres humanos que querem socializar, se divertir, saciar seus fetiches de consumo e a necessidade de criar uma imagem de vencedor na vida para admirar - eles precisam das posições de status na sociedde para isto... 

E eles não são imbecis - não nesse aspecto, pelo menos - porque eles sabem que se o Brasil se desenvolver, a competição pelos seus cargos vai apertar e, apesar de todos problemas relacionados a escassez de capital cultural, os pontos fora da curva vindo das classes pobres vão tomar-lhes os empregos que lhes dão status. Obviamente, eles jamais vão admitir isto e se farão de idiotas para que ninguem perceba; mas se eles não são imbencis, eles também não são gênios e o que eles fazem não tão imperceptível assim. Talvez, imbecis mesmo são aqueles não percebem.     

 

PS: "O empregado tem carro e anda de avião. E eu estudei pra quê"? Quem veio de classe média tradicional ouviu isto nos almoços de domingo muito antes de ler nos jornais. 

Seu voto: Nenhum (6 votos)
imagem de sieroder
sieroder

"...reino dos imbecis..."

A grande maioria

ora vive alienada

não sabia

ora vive indignada

também queria

mais valia!

Seu voto: Nenhum (2 votos)

Ah é, peço licença para

Ah é, peço licença para colocar aqui um comentário de Waleska Falci:"Não é só a carne que é podre na JBS. É por causa de empresas como a JBS que o governo quer cortar na carne dos trabalhadores e fazer a reforma da Previdência. Considerada uma das maiores empresas de alimentos do mundo, ela também é uma das 10 maiores devedoras da Previdência no Brasil. A divida da JBS é de quase 2 bilhões de reais. Se empresas devedoras como a JBS pagassem o que devem, talvez não estaríamos discutindo a reforma da Previdência. Mas ja que a JBS não paga a Previdencia, querem na carne é dos trabalhadores!!"

Seu voto: Nenhum (9 votos)

E o Caiado? Ainda não se

E o Caiado? Ainda não se pronunciou?

 

Seu voto: Nenhum (7 votos)

Se a polícia sabia disto 2 anos atrás...

Se a polícia já sabia disto  dois anos atrás, me parece um tempo muito longo. Se estivessem de fato interessados em nossa saúde teriam agido dois anos atrás. Afinal isto significa que sabendo dos problemas nos deixaram durante este tempo comendo carne estragada. 

Curiosamente tudo isto ocorre no meio de uma briga pelo poder dentro da polícia, A denuncia anunciada em grande pompa, pela  mídia, afirma que é a maior operação, e logo a seguir aparecem delegados para apresentar a denuncia mídiaticamente. Isto ocorre coincidentemente  quando o Brasil consegue a abertura do mercado americano.   No meio da denuncia escapa o nome do Ministro da Justiça, ( Chefe maior da PF), mas com a frase, de que nada de ilícito havia no telefonema. Obviamente  não posso deixar de pensar que é uma mensagem  meio ameaçadora ao proprio chefe.

E a mesma emissora que fala de agro é tec, agro é tudo, reverbera tudo isto, mostrando a imbecilidade e ou a cumplicidade de seus analistas e jornalistas.Obviamente  no dia seguinte, mudam o tom , "ma no troppo"  pois são pressionados pelos seus  patrocinadores no Brasil e pelos interesses externos. A mesma analista muda  e agora  fala em  problemas localizados.  Mas continuam na mesma tonica de tentar transformar o brasileiro de maneira geral em imbecil.  E nossa televisão reflete esta casta enclausurada no poder e que quer continuar no poder. Cometem todas as imbecilidades do mundo, destroem o país, mas todos tem diploma.  E são estes imbecis que chamam todos o brasileiros de imbecis.  Mas parodiando alguém :  não se pode imbecilizar o povo   o tempo todo.

E hoje  na telinha um desfile de autoridades e experts falando de tudo para minimizar o que foi a destruição de mais  uma parte de nossa economia. Enquanto isto a operação continua e não se vê sequer uma crítica nominal aos Delegados que apareceram midiaticamente, nem contra um que falou textualmente que os brasileiros não podem confiar na carne que comem. E  tudo isto apenas para satisfazer os interesses de corporações que defendem ter mais e mais poderes, para violar mais e mais direitos. Aos que deram suporte ao golpe jamais compreenderam que a violação dos direitos de um cidadão é a porta de abertura para a violação de direitos de qualquer cidadão. Se hoje são vítimas, ontem foram cumplices. E ao final com tantos manobras na informação, através da mídia jamais  saberemos muito sobre os fatos, mas com certeza sentiremos o efeito de ações irresponsáveis.

Seu voto: Nenhum (1 voto)

É Nassif... A coisa tá do

É Nassif...

A coisa tá do jeito de a vaca não reconhecer o bezerro.

Seu voto: Nenhum (6 votos)

"Penso, logo existo"

imagem de Egomet Leão
Egomet Leão

Caro Luis Nassif, gostaria de

Caro Luis Nassif, gostaria de propor (na verdade, solicitar) sua atenção para algo que me atormenta: alguém com projeção e capacidade - e eu gostaria de que esse alguém fosse você - pensasse a respeito do fato de que os problemas que são causados pelo Ministério Público Federal e pela Polícia Federal são casos seríssimos e precisam de ser cuidados.

Como nos mostram as atuações do MPF e da PF (combinadas com atuações de parte da Justiça de São Paulo e do Paraná) são casos que têm de ser supervisionados, inclusive quanto ao aspecto de traição à Pátria.

Está demonstrado de sobra que tem de haver uma supervisão capaz. Um Órgão de Controle com força para conter os descaminhos por que esses "resultados" de trabalhos da Justiça e da PF geram no País.

Precisamos de alguém (insisto que esse alguém fosse você) que tenha ferramenta e envergadura para propor bem alto e claro aos Deputados e Senadores da República que eles deveriam estabelecer POR LEI - o mais rapidamente possível!, que o Ministério da Defesa - não obstante regido por um civil, um General, um Almirante ou um Brigadeiro - deveria controlar a Polícia Federal e o Ministério Público Federal.

Seria fundamental que o Ministério da Defesa os controlassem, defendendo febrilmente o cumprimento da Constituçao e a observância do respeito ao interesse do Brasil como País.

Estou certo de que as Forças Armadas, através do Ministério da Defesa demonstrariam com pertinência e capacidade a diferença entre o joio e o trigo. E a farra do boi acabaria, porque eles apenas teriam de trabalhar honestamente.

E os fanfarrões e os exibidos certamente teriam de trabalhar como se fossem gente para garantir seus salários e não escarrar no País.   

Seu voto: Nenhum (3 votos)
imagem de Serjão
Serjão

Órgão de Controle

Em tempo real, e nesse exato momento, o único órgão de controle é a ponta de um fuzil.

Seu voto: Nenhum

eu trabalho a quarenta e nove

eu trabalho a quarenta e nove quilometros de minha casa e todos os dias, ida e volta, eu trefego pela a BR153. todos os dias eu vejo caminhoes indo e voltando carregados de animais que vão encontrar a morte nos frigorifocos do pais. sinceramente tenho mais dó deles do que dessse capitalismo que faz uma matança todos os dias pra satisfazer sabe-se  lá quem for...não consumo carne de bicho nenhum.. não como bicho. agora que o assunto tá na baila tome imagem de bicho morrendo por lá! ninguem merece isso.

se eu tivesse terra ia formar um pomar e deixar todos livres.

pra ver... gente estuda pra criar armas que matam... pra criar maquinas que matam... facas que matam.. maquinas que trituram..

outros estudam e matam um pais..

em nome do combate a corrupção vamos fechar toda a cadeia alimenticia e entregá-la  a estrangeiros...

como já disse Gobineau, no século XIX: o branco no brasil se desumaniza a ponto de se confundir com escravos. negocios só nas mãos de estrangeiros.. ou comercio ou industria..

estrangeiros?? 

e quem não se lembra quando na Europa estourou o escandalo que estavam produzindo alimento de bebe com carne de cavalo?

Imbecil?

de maneira nenhuma..

e de novo se  produz o efeito manada que vai fazer o povão ir pra rua pedir cabeças de quem a mdia mandar...

 

Seu voto: Nenhum (1 voto)

Re: Marcos Oliveira

Marcos Oliveira, nas mãos do Moro a VW teria virado pó em nome da desnacionalização - leia-se entreguismo -  da economia, aliás, isso está servindo de desculpa para os crimes de lesa-pátria  e o desmonte sem limites.

PHA: Moro ia fechar a Volkswagem

https://www.conversaafiada.com.br/economia/moro-ia-fechar-a-volkswagen

Seu voto: Nenhum (4 votos)

 

...spin

 

 

chegamos às raias do absurdo com esses jovens...

nunca atraímos contra nós , contra o Brasil, tanta investigação, perseguição e destruição

sinal de que as leis que eles seguem ou obedecem não são as nossas, da terra, do Brasil ou do lugar em que nasceram e foram educados

nem conspiradores, nem primários, são jogadores que não querem mudar o jogo, apenas implantar novas regras altamente prejudiciais aos nossos interesses

os traidores da pior espécie são os jovens imbecis e aventureiros. É a imbecilidade legalizada

Seu voto: Nenhum (5 votos)

é da imbecilidade legalizada, após criada pela mídia...

que surgem estes jogadores querendo mais poder do que tem quem eles devem respeitar

e não respeitam ninguém. Infelizmente a liberdade total criou grupos

Seu voto: Nenhum (1 voto)
imagem de saulogeo
saulogeo

Efeito colateral?

A "zelite nacional" que comprou, com casca e tudo, a idéia do bolivarianismo tomando conta de toda a América Latina, parece que está assustada com o monstro produzido. 

Tudo indica que salgaram a terra por onde o PT e aliados passaram....

O clã Sarney foi ferido mortalmente;

A cadeia de petróleo e gás foi dizimada;

As empreiteiras colocadas a pão e água;

Eduardo Campos seria abatido de um jeito ou de outro;

O Banco Rural desapareceu?

A indústria automobilística produziu os seus próprios escândalos, mas estão tentando encontrar novos "fatos" pprara comprovar convicções pré determinadas;

Os submarinos estão submergindo?

A Embraer, por enquanto, foi penalizada de leve. Também, tratou logo de transferir linhas de produção para os esteites;

Não vai estourar algum escândalo com o blindado Guarani? O KC 390 está associado com a Boeing, desta forma está protegido......

O monstro criado ganhou vida própria e começa a atingir hostes e setores, majoritáriamente, apoiadores do golpe. Faz 

parte da inércia. 

Efeito colateral à vista.

Pena que, pouco deste efeito atingirá a Globo, judiciário e imprensa golpista....

Seu voto: Nenhum (1 voto)
imagem de Samdra
Samdra

Carne fraca

Não me conformo com esta república do Paraná, olho para aqueles imbecis, com cara e pompa de super heróis, sem nenhum escrúpulo e com certeza adestrados por quem, eu não sei, e fico pensando, é ego? Ou será mau caráter? Não é possível, que não se pesquise, quem é essa gente midiática, que adora destruir tudo, sem se importar com seu próprio país, com as leis e que não respeita nada.passa o trator. Quando isso vai parar?

Seu voto: Nenhum (3 votos)
imagem de adroaldo lima linhares
adroaldo lima linhares

não é ego, não é mau

não é ego, não é mau caráter... é muita grana!

Seu voto: Nenhum
imagem de Celso Paulo da Silva
Celso Paulo da Silva

E quando tudo estiver

E quando tudo estiver acabado, queimado, demolido ergam uma estátua gigantesca do doutor moro em plena praça dos três poderes. Sim, porque ele se fez o poder. E com a ajuda da globo não sustituiu apenas, ele devastou os outros três e fez_se a única fonte obedecida no país. Uma fonte de ódio, de discórdia, preconceito, de sabotagem conpleta de qualquer projeto de libertação e soberania nacional. 

Seu voto: Nenhum (4 votos)
imagem de Celso Paulo da Silva
Celso Paulo da Silva

E quando tudo estiver

E quando tudo estiver acabado, queimado, demolido ergam uma estátua gigantesca do doutor moro em plena praça dos três poderes. Sim, porque ele se fez o poder. E com a ajuda da globo não sustituiu apenas, ele devastou os outros três e fez_se a única fonte obedecida no país. Uma fonte de ódio, de discórdia, preconceito, de sabotagem conpleta de qualquer projeto de libertação e soberania nacional. 

Seu voto: Nenhum (1 voto)

Sigilo? É sério isso?

Por mais que eu também ache que a PF tem abusado da espetacularização das suas ações, não consigo imaginar que é do interesse público - leia-se, da imensa maioria da população que consome os produtos, e não de uma minoria específica que trabalha na cadeia alimentícia - que uma investigação dessas corra de forma sigilosa. Além disso, o problema não é exclusividade do Brasil: para ficar em dois exemplos, um teste na Alemanha (aqui) e um caso bem recente na Suíça (aqui).

Agora imagine só, se existisse uma revista no Brasil similar à Öko-Test da Alemanha, e ela detectasse que a carne de determinadas marcas ou supermercados tivesse problemas similares aos que foram detectados pela PF, ela não poderia publicar a matéria porque ela fere o "interesse nacional"? E já que a gente falou na Alemanha, não me parece que o governo alemão está "passando a mão na cabeça" da Volkswagen, um patrimônio nacional lá - muito mais do que qualquer frigorífico aqui - após o escândalo de emissões da empresa.

E, para completar, após as notícias de ontem, e apenas no meu círculo de amizades, já apareceram diversos relatos de amigos ou familiares que compraram carne da Friboi e perceberam que ela estava literalmente podre ao abrir a embalagem! Assim, continuo tendo dificuldades em entender como o tratamento de um problema desses deveria ser tocado em sigilo...

Seu voto: Nenhum (5 votos)

Seus amigos deviam processar

Seus amigos deviam processar a PF  por ocultar o fato da população por dois anos. 

Seu voto: Nenhum

Você não entendeu. Ficou

Você não entendeu. Ficou preso apenas a uma parte da questão. O autor fala em operação rápida, discreta e sigilosa.

Vc se apegou somente ao sigilo. Eles vão ficar meses nesta pirotecnia. Nada de rapidez e discrição, uma vez que o sigilo já foi pro brejo. Nada de levar em conta um setor tão estratégico. Não tem como não achar isso imbecilizante.

Sugiro você dar um passeio e um mergulho nas praias do mediterrâneo, onde nem plâncton existe mais. Pode ficar tranquilo que terá um monte de turista te fazendo cia. Mas não vai encontrar nenhum poste com bandeira indicando a qualidade da praia.

Seu voto: Nenhum (3 votos)
imagem de J.Conselheiro
J.Conselheiro

Soldadinhos de chumbo

O povo brasileiro virou um exército de soldadinhos de chumbo manipulados pela Globo. É impressionante como atendem ao seu chamdo no primeiro apito, e o pior,  é que não há esperança à vista que mude esse situação. O país se encontra na UTI em estado terminal. Não há simplesmente um órgão público em quem confiar tudo está um verdadeiro caos.

Seu voto: Nenhum (6 votos)

Não virou. Sempre foi assim. 

Não virou. Sempre foi assim. 

Seu voto: Nenhum (1 voto)
imagem de Pedro Rinck
Pedro Rinck

  Essas escolas de

 

Essas escolas de magistratura, do MP e da PF discutem apenas teses jurídicas, sem uma visão de conjunto, do país institucional, de nação.

O concurso na área jurídica pode apenas conhecimento de leis e teses jurídicas, fazendo juízes, promotores e delegados sem nenhuma visão institucional de nação. 

O pior é que estamos sendo "governados" por esses concursados analfabetos institucionais.

Seu voto: Nenhum (4 votos)
imagem de Schell
Schell

Caro Pedro, não nos

Caro Pedro, não nos esqueçamos que esses concursos possuem "crivo" através de provas orais (não gravadas, diga-se). Então, o cara entra na sala disputando a última da última vaga e, ó, sai da oralidade entre os dez primeiros colocados...

Seu voto: Nenhum
imagem de arsen salibian
arsen salibian

Carne Seca

Para o strike final....faltam a Embraer e os blogs "sujos"

Seu voto: Nenhum (5 votos)

Aqui matutando sobre que

Aqui matutando sobre que estrangeiras - conforme o receituário do Sergio Moro(http://jornalggn.com.br/noticia/como-a-lava-jato-foi-pensada-como-uma-operacao-de-guerra) - deverão abocanhar os frigoríficos brasileiros, me lembrei que no Sul do Maranhão, mais especificamente em Balsas, há por exemplo duas empresas, uma de nome Bunge e outra denominada Cargil: não é que as danadinhas estão entrando no mercado de carnes....humm...será que a ordem para eliminar as concorrentes brasileiras veio do Norte....tem gato nessa tuba...

http://jornalggn.com.br/blog/jose-carlos-lima/agronegociantes-estao-entrando-no-mercado-de-carnes

 

Seu voto: Nenhum (8 votos)

 

...spin

 

 

...

tem australianas nessa parada também, e não só nesse ramo, construção e mineração também

Seu voto: Nenhum (4 votos)
imagem de josias rodrigues
josias rodrigues

carne misturada

Não teve um caso de mistura de carne  de boi com cavalo na alemanha , europa há alguns anos atras; como se resolveu esse episodio  

Seu voto: Nenhum (2 votos)
imagem de josias rodrigues
josias rodrigues

carne misturada

Não teve um caso de mistura de carne  de boi com cavalo na alemanha , europa há alguns anos atras; como se resolveu esse episodio  

Seu voto: Nenhum
imagem de Paulo Dantas
Paulo Dantas

só não podemos cair ....

Só não podemos cair no "muito grande" para ser punida , aí as empresas podem fazer o que quiser pois punoções prejudicariam a economia , mas concordo que a operação foi midiatica e irresponsável , o maior exemplo é o "papelão".

Seu voto: Nenhum (2 votos)

Todos eleitores do

Todos eleitores do Abominåvel. 

Seu voto: Nenhum (3 votos)
imagem de Pedro Fernandes
Pedro Fernandes

Bem vindos ao reino dos

Bem vindos ao reino dos Coxinhas!!!

Ai que saudade dá Dilma!

Seu voto: Nenhum (9 votos)
imagem de Lucio Vieira
Lucio Vieira

É como no filme 2012 (o do fim do mundo)

Esta frase do Nassif me lembrou o que pensei ao ver o filme: "No entanto, essa imbecilidade, de que a destruição das empresas brasileiras contaminadas pela corrupção, permitirá que viceje uma economia mais saudável, é recorrente nesse reino dos imbecis".
como poderia um grupo de pessoas imbuidas pelo egoísmo, mesquinharia (no filme mostrado pelas cenas finais do salve-se que poder), estarem aptas a construir um mundo melhor?

Como pode estes imbecis de pensamentos e atitudes medíocres conseguirem construir um país melhor? Vai ser cada dia pior e em breve, inclusive para eles.

Seu voto: Nenhum (5 votos)
imagem de Maria Antonieta Gomes Penteado
Maria Antonieta Gomes Penteado

Operação Carne Fraca

Perfeito, Luis Nassif.

Dos tempos da vovó:  "Roupa suja se lava em casa". 

Seu voto: Nenhum (4 votos)
imagem de Rei
Rei

Escândalo sob encomenda para desviar o foco da Lava-Jato

Os mesmos grupos de direita do impeachment estão atacando

É incrível o sincronismo... os mesmos grupos de direita agora atacam em coro a Friboi, associam a Lula e ao PT... sabe-se lá o motivo... piadinhas, montagens, memes, Tony Ramos, filho do Lula, Dilma... voltou tudo para o menu com esse escândalo.

Isso mostra o quanto esses grupos estão integrados e coordenados... e aponta outra possibilidade:

SERÁ QUE ESSE ESCÂNDALO NÃO VEIO PARA TENTAR DESPISTAR A LAVA-JATO, REFORMA DA PREVIDÊNCIA, ETC.?

A esquerda agora só tem esse assunto... defender a indústria nacional representada pela Friboi... a direita forçou uma polarização e mais uma vez pegou o papel de moralismo fake para si... esse papel ela adora!

A mídia vai abraçar esse caso para aliviar para o govermo Temer.

Seu voto: Nenhum (2 votos)
imagem de Sílvio André Barth
Sílvio André Barth

Queriam tão-somente desviar o

Queriam tão-somente desviar o foco das trapalhadas golpistas e parece que conseguiram!

Seu voto: Nenhum (2 votos)

E eu na minha inocência ia

E eu na minha inocência ia comentar a foto do Karnal com o Padre mais amado do Brasil, o Fábio de Melo....como estratégia sutil midiática...o Karnal é ateu, né? Mas perdeu a graça por conta desse jumentinho... do boi...do frango...do porco! 

Seu voto: Nenhum (4 votos)

Região Serrana Fluminense:Vergonha!Vergonha!Vergonha!

Na última palestra dia 17...

Karnal repetiu o básico da mesma e acrescentou que já há sinais EVIDENTES de RECUPERAÇÃO da Economia brasileira...

 

Rapaz virou o fio mesmo.

 

Triste fim!

Seu voto: Nenhum (1 voto)
imagem de Leandro A.
Leandro A.

[email protected]

Estamos colhendo os frutos da Lei de Diretrizes e Bases sobre a formação educacional do Brasil, o país dos facebookers e concurseiros.

No entanto, este caso apresenta uma variável pouco considerada até aqui, que é o perfil da classe produtiva prejudicada com esta nova presepada da PF/MPF.

Até agora assistimos o desmantelamento do setor de petróleo atingir em sua base a Petrobrás e a grande massa de trabalhadores e fornecedores da cadeia de petróleo e gás. Grandes somas, mas ainda um nicho setorial.

Da mesma forma se verifica com a caça às grandes empreiteiras, que apesar do grande número de trabalhadores que empregam, pertecem a poucas famílias e grupos.

Ambos, petróleo e construção pesada, representam bases estruturais da indústria e emprego, mas fora o grande número de trabalhadores desempregados, o impacto direto se deu no bolso de uma casta de oligarcas.

Com a indústria da carne é diferente. Os frigoríficos e beneficiadoras são apenas a ponta de lança de uma cadeia produtiva que envolve milhares de produtores diretos, trabalhadores, e se espalha de norte a sul. Quem conhece a história da formação do Brasil não pode esquecer que o Rio São Francisco era conhecido como o "rio dos currais".

O gado é uma moeda paralela neste país, principalmente nos grotões.

E, ao contrário do que se verifica nos casos da cadeia de petróleo e da grande empreiteira, a capilaridade da cadeia da carne tem um impacto direto na vida dos proprietários e ciclo produtivo primário. E, tal fato anda por demais esquecido, mas não se pode deixar de recordar que nenhuma classe é mais violenta que o campônio na defesa de seus interesses. Desta vez PF, MPF podem esperar reação tremenda dos lobbies do agronegócio. Assistiremos ao surgimento de contínuos projetos de lei com objetivo de ceifar autonomia funcional e financeira destas corporações pelas bancadas do boi e da bala. Como diz o velho brocardo: "Amontoaram brasas vivas sobre as próprias cabeças". 

 

Seu voto: Nenhum (1 voto)
imagem de paulmoura
paulmoura

Muito bom seu comentário

e para quem conhece o meio sabe muito bem que é assim.

Talvez por linhas tortas se torne ao caminho da civilidade. 

Seu voto: Nenhum

Onde eu assino?

Nem um soco de raiva sobre a mesa, seguido de um palavrão, dariam a mais fidedigna indignação, do que a provocada pelo seu texto...

Isso é poder das palavras!

Muito bom!

Seu voto: Nenhum (5 votos)

"O que fazemos na vida, ecoa na ETERNIDADE!" (Máximus - Gladiador)

"Os dois mais importantes dias em sua vida são o dia em que você nasceu e o dia em que você descobrir o porquê... - M

imagem de Dulce (Madame X)
Dulce (Madame X)

Também assino. Perfeito.

Também assino. Perfeito.

Seu voto: Nenhum (4 votos)
imagem de AleaJactaEst
AleaJactaEst

Idiocracia

Realmente é desproporcional o alarde criado pela PF a esses eventos que são tão isolados em escala nacional que não se justifica a histeria global criada tanto pela mídia, cujo jornalismo se tornou sinônimo de sensacionalismo, quanto pelo povo nas redes sociais. O Secretário-Executivo do Ministério da Agricultura, Eumar Novacki, deu a seguinte informação em entrevista coletiva sobre a ocorrência:

Segundo ele, são 21 estabelecimentos de quatro grupos econômicos sob suspeita de fraudes no escopo de mais de 4800 estabelecimentos em todo o Brasil. http://www.jb.com.br/pais/noticias/2017/03/17/sao-fatos-isolados-minimiza-governo-sobre-carnes-estragadas-e-contaminadas/

Se o que ele disse estiver correto, fazendo uma continha básica podemos chegar a conclusão que, então, o número de estabelecimentos suspeitos corresponde a 0,4% do total de estabelecimentos. 0,4%! Isso porque são apenas suspeitas, já que as investigações nem terminaram. Em que universo paralelo 0,4% seria representativo dos outros 99,6%?

A tendenciosidade da maior parte dos brasileiros e, na verdade, da maioria das pessoas é tomar os eventos transmitidos pela mídia como amostra suficiente do que acontece em escopo maior na realidade. A mídia sabe disso e frequentemente a utiliza como arma política, cabendo a população discernir o que é verdadeiro diante de tanta desinformação. Mas como se as pessoas vibram cada vez mais quanto mais escandalizado forem as notícias? Não estão nem aí para a repercussão ecônomica? Depois a crise bate nas suas portas e a culpa será sempre do outro, do governo, das circunstâncias globais desfavoráveis, menos de si. E o que é desanimador? É que a própria PF é composta dessas pessoas.

Seu voto: Nenhum (2 votos)
imagem de carlos Taurus
carlos Taurus

Eu já sabia!

Desde que bateram panela para uma presidente honesta. Um parente que é juiz disse, quando o impeachment aconteceu, que tinha demorado. Um juiz!!! Qual a prova que o juizeco tinha? Nenhuma. Só sabe falar de tabela do brasileirão o do timinho dele. Um asno!!

Seu voto: Nenhum (2 votos)
imagem de serralheiro 70
serralheiro 70

imbecilidade

Nas primeiras manchetes sobre corrupção na Petrobras lamentei o despropósito da campanha difamatória instalada na mídia . Ficou patente para mim que se buscava fragilizar no caso a vítima, a empresa, muito mais que cobrar a responsabilidade de corruptos e corruptores.Tendo trabalhado por mais de 30 anos na Petrobras sou testemunha do valor desta empresa, construída com sacrifício do povo e dedicação de empregados , alguns e não poucos dedicando até sua própria vida em eventos operacionais. Vi que a destruição da Petrobras agradava significativa porção de brasileiros sensibilizados pelas falaciosas campanhas midiáticas negativas ao petróleo brasileiro .Não imaginei naqueles dias que não tardaria ver este mesmo processo destruindo vastos outros setores da nossa economia, destruindo empregos, bens e conhecimento adquiridos em tantas gerações e comprometendo nosso futuro. Nassif , você responsabiliza com justa razão agentes do MPF e PF nestas ações,  imbecilizados pela nossa maior fonte de corrupção, a mídia hegemônica brasileira

Seu voto: Nenhum (2 votos)
imagem de serralheiro 70
serralheiro 70

imbecilidade

Nas primeiras manchetes sobre corrupção na Petrobras lamentei o despropósito da campanha difamatória instalada na mídia . Ficou patente para mim que se buscava fragilizar no caso a vítima, a empresa, muito mais que cobrar a responsabilidade de corruptos e corruptores.Tendo trabalhado por mais de 30 anos na Petrobras sou testemunha do valor desta empresa, construída com sacrifício do povo e dedicação de empregados , alguns e não poucos dedicando até sua própria vida em eventos operacionais. Vi que a destruição da Petrobras agradava significativa porção de brasileiros sensibilizados pelas falaciosas campanhas midiáticas negativas ao petróleo brasileiro .Não imaginei naqueles dias que não tardaria ver este mesmo processo destruindo vastos outros setores da nossa economia, destruindo empregos, bens e conhecimento adquiridos em tantas gerações e comprometendo nosso futuro. Nassif , você responsabiliza com justa razão agentes do MPF e PF nestas ações,  imbecilizados pela nossa maior fonte de corrupção, a mídia hegemônica brasileira

Seu voto: Nenhum
imagem de serralheiro 70
serralheiro 70

imbecilidade

Nas primeiras manchetes sobre corrupção na Petrobras lamentei o despropósito da campanha difamatória instalada na mídia . Ficou patente para mim que se buscava fragilizar no caso a vítima, a empresa, muito mais que cobrar a responsabilidade de corruptos e corruptores.Tendo trabalhado por mais de 30 anos na Petrobras sou testemunha do valor desta empresa, construída com sacrifício do povo e dedicação de empregados , alguns e não poucos dedicando até sua própria vida em eventos operacionais. Vi que a destruição da Petrobras agradava significativa porção de brasileiros sensibilizados pelas falaciosas campanhas midiáticas negativas ao petróleo brasileiro .Não imaginei naqueles dias que não tardaria ver este mesmo processo destruindo vastos outros setores da nossa economia, destruindo empregos, bens e conhecimento adquiridos em tantas gerações e comprometendo nosso futuro. Nassif , você responsabiliza com justa razão agentes do MPF e PF nestas ações,  imbecilizados pela nossa maior fonte de corrupção, a mídia hegemônica brasileira

Seu voto: Nenhum (1 voto)

CARNE ESTRAGADA MATA

Carne estragada contém toxina botulínica, o veneno mais poderoso do mundo. Apenas 700 gramas pode matar toda a população do planeta.

Salmonella causa infcções intestinais gravíssimas, que podem levar à septicemia e à morte.

Todos estamos morrendo?

Não? 

E sendo enganados?

Seu voto: Nenhum (12 votos)

Limpas são as estrangeiras.....como o Carrefour...

Com esse poder avassalador, se os grandes frigoríficos estivessem espalhando botulismo e salmonella a torto  e a direito, estaríamos todos morrendo. As vezes que tive algum problema neste sentido isso ocorreu por falta de cuidado do restaurante ao cuidar da carne, ou do sistema de conservação do supermercado. Quando exportadas, essas carnes passam por uma infinidade de testes. Vejo muito mais perigo nas verduras e frutas envenanadas pelo agrotóxicos da Monsanto. Não estou dizendo que alguns frigoríficos não tenha cometido crimes, mas usar isso para destruir todo um setor da nossa economia como a Lava Jato já fez com 13% do PIB,  isso é inaceitável. Será que as estrangeiras são limpinhas: Carrefour frauda embalagem e vende carne podre

http://eduardomate.blogspot.com.br/2013/03/carrefour-frauda-embalagem-e-vende.html

Seu voto: Nenhum (3 votos)

 

...spin

 

 

imagem de Frederico Borges da Costa Barros
Frederico Borges da Costa Barros

República de Curitiba

Enquanto a Repuública Imbecil de Curitiba composta por uma quadrilha de Delegados Federais, Promotores Públicos Federais e alguns juízes Federais prevalecer sobre os interesses Nacionais com certeza o Brasil terminará a década com sua economia esfacelada. É o que dá um Supremo incompetente e covarde, e o pior é que o Ministro Barrozo ainda tem a cara de pau de botar a culpa só na classe média, como se ELE não tivesse nada com os últimos acontecimentos acontecimentos, principalmente com a omissão contra os abusos da Lava Jata. O resultado é esse que vemos, um delegadinho ignorante destruindo 15 bi em exportação.

Seu voto: Nenhum (3 votos)

Comentar

O conteúdo deste campo é privado e não será exibido ao público.
CAPTCHA
Esta questão é para testar se você é um visitante humano e impedir submissões automatizadas por spam.