Revista GGN

Assine

Alckmin paralisa projeto cultural na cracolândia por alto custo e "cara de coisa para rico"


da Folha

Alckmin paralisa projeto de complexo cultural na cracolândia


Após R$ 53 milhões com arquitetos e consultores e R$ 65 milhões em desapropriações, o governo paulista decidiu paralisar o mais ambicioso projeto do Estado para a cultura: o Complexo Cultural Luz, que teria três teatros, duas escolas e ajudaria, em tese, a revitalizar a cracolândia.

O governador Geraldo Alckmin (PSDB) mandou paralisá-lo por considerá-lo caro demais (R$ 600 milhões) e porque "tem cara de coisa para rico", como disse a dois interlocutores ouvidos pela Folha.
O plano agora é reduzir o complexo -o original tinha 100 mil m², mas já havia sido encolhido para 70 mil m² (o que equivale a duas vezes e meia o prédio da Bienal).

Num ano eleitoral como 2014, Alckmin temia que a obra se tornasse alvo de protestos e sinônimo de desperdício, tal qual o rótulo colado por ativistas nos estádios da Copa.

  Editoria de Arte/Folhapress  

O complexo consumiu dois anos e meio de projeto de um dos mais célebres escritórios de arquitetura do mundo, o suíço Herzog & de Meuron, autor do Estádio Nacional de Pequim, o "ninho de pássaro", e da Tate Modern, de Londres.

Em 2009, quando o projeto foi lançado, o então governador, o também tucano José Serra, disse que a ambição era que ele tivesse um efeito restaurador na vizinhança, como ocorreu com a Tate Modern, velha usina que revitalizou a área ao sul de Londres ao ser convertida em museu.

Desde que Mário Covas assumiu o governo, em 1995, os tucanos tentam revitalizar a Luz com obras como a Sala São Paulo, sem sucesso.

Alckmin sempre teve reservas ao complexo. Dizia que era obra para "ricos" feita sem licitação, porque não houve concorrência para contratar os arquitetos. Há duas semanas, chegou a dizer a Serra que não seria feita. Sua equipe, porém, ponderou que a desistência teria repercussão péssima para a reeleição.

  Apu Gomes/Folhapress  
Terreno na cracolândia, onde está prevista a construção do Complexo Cultural Luz
Terreno na cracolândia, onde está prevista a construção do Complexo Cultural Luz

Sem o complexo, o governo jogaria no lixo R$ 53 milhões -R$ 45 milhões para os arquitetos e R$ 8 milhões para a Theatre Projects Consultants, consultoria inglesa especializada em teatros.

O projeto dos arquitetos suíços foi entregue em agosto de 2012. A desapropriação de 205 imóveis em três quadras só ampliou a degradação da cracolândia. Uma favela chegou a ser criada na área.

Com a demolição dos prédios, a região ganhou ares de cidade bombardeada, como Bagdá, ao lado da Sala São Paulo, o principal espaço de concertos na cidade.

Uma das críticas aos projetos culturais feitos nos últimos 15 anos na região é que eles só geram ocupação eventual; não há moradores dia e noite nas ruas. É o local perfeito para marginalizados como dependentes de crack.

Colaborou DANIELA LIMA

 

Média: 2.4 (7 votos)
13 comentários

Comentários

Espaço Colaborativo de Comentários

Opções de exibição de comentários

Escolha o modo de exibição que você preferir e clique em "Salvar configurações".
imagem de Marcelo Melo
Marcelo Melo

A antiga rodoviária

Podia até ser feia, mas era parte da história de São Paulo.

 

http://www.saopauloantiga.com.br/terminal-rodoviario-da-luz/

Seu voto: Nenhum (1 voto)
imagem de MarcosCN
MarcosCN

Se não rolar um "cartel" não

Se não rolar um "cartel" não tem obra!

Seu voto: Nenhum (4 votos)

Modelo de gestão

Qual a obra entregue pelos tucanos à São Paulo?

1) aprofundaram a calha do tietê e abandonaram depois.

2) Nunca concluiram o expansão paulista,obra que visava expandir o metrô e CPTM (pelo contrário foi parcialmente sucateado e privatizado)

3) Rodoanel sob a gestão de Mario Covas foi concluido o trecho sul depois disso foi privatizado e ainda não foi terminado

4) combate a cracolândia foi um fracasso total apenas a expandiu para o resto da area central da cidade

5) Segurança publica a criminalidade em SP só aumentam, 70% dos homicidios no estado sequer são investigados, aumento do poder dos que eles chamam de grupos que agem dentro e fora dos presidios,assaltos a condominios arrastões a restaurantes.furto e roubo de veículos....

6) Na educação a criação emanutenção da aprovação dos alunos de forma automatica diminiu consideravelmente a qualidade do ensino basico /fundamental,além da desmotivação dos professores por causa dos baixos salários.

Enfim o que SP ganhou com os 20 anos de Gestão tucana ?

 

Seu voto: Nenhum

Parece piada, mas é apenas

Parece piada, mas é apenas mais uma palhaçada tucana.

Como pode ser gasto milhões em um projeto de arquitetura para depois o governador fazer um muxoxo e dizer que "não gostou".

Que ridículo!!!

Se fosse o Haddad ou algum governador petista a imprensa já estaria com mil materias prontas pára reclamar da incompetência, do desperdício de dinheiro público, aquele deputado palhaço do PSDB iria entrar na justiça contra, etc, etc... O roteiro a gente conhece bem faz trempo.

Mas os tucanos tudo podem, tudo roubam e tudo estragam, sem o menor problema.

Estamos com o sistema cantareira em pleno processo de colapso, ao que tudo indica irreversível, cujo único culpado é a incompetência desmensurada do governo tucano e os jornais só publicam um racionamento de energia que não virá porque não será necessário.

Agora essa do governador pegar um projeto bilionário, que já custou dezenas de milhões aos cofres públicos e afetou negativamente uma região da cidade e resolver mudar (pode ser apenas um balao de ensaio para cancelar de vez) em função de argumentos simplórios e personalistas, como se a moralidade pública não exigisse planejamento e coerência nos investimentos públicos.

As coisas são assim. Os tucanos, corruptos e incompetentes, fazem as maiores falcatruas e barbeiragens administrativas e são protegidos pela mídia que se ocupa apenas de inventar mentiras contra os governantes petistas.

Depois dizem não saber por que não tem votos. Não é à toa que estão caindo no golpismo, defendendo a ditadura e se alinhando cada vez mais com a extrema direita. Eles sabem que sendo do jeito que são não vão conseguir ganhar no voto e sua decadência eleitoral é inexorável.

Seu voto: Nenhum (1 voto)

ABAIXO A DITADURA

 

imagem de escrevente
escrevente

Complexo Cultural da Luz


Complexo Cultural da Luz Sérgio Guerra...... aí não dá, aí não pode mesmo ........

Seu voto: Nenhum (3 votos)
imagem de Mauricio Salles
Mauricio Salles

Custo-benefício

O Alckmin prefere projetos mais baratos como a desocupação do Pinheirinho. Aquilo sim é coisa para pobre.

Seu voto: Nenhum (8 votos)
imagem de Durvaldisko
Durvaldisko

Além de incompetente

Além de incompetente ,pusilânime.

Seu voto: Nenhum (6 votos)

Mais xoq de jestam!

Que marravilha!

Seu voto: Nenhum (4 votos)
imagem de Cesar BBJ
Cesar BBJ

A quem pertencia este terreno?

Vale levantar a lebre: a quem pertencia este terreno que o então prefeito desapropriou?

Seu voto: Nenhum (4 votos)

Não sei a quem pertencia, mas

Não sei a quem pertencia, mas o prédio que ocupava o espaço era o da antiga rodoviária, que foi desativada com a inauguração do terminal rodoviário do Tietê, nos anos 80.

Não sei o que funcionou no prédio de lá para cá, da última vez que eu ví era um outlet com lojas de roupas.

Seu voto: Nenhum (4 votos)

ABAIXO A DITADURA

 

imagem de Casoares
Casoares

Viva! Governo baaumm!

Em pouco tempo, vai virar um grande condominio de prédios de luxo em troca da promessa, totalmente mentirosa e furada, de que serão construidas mais não sei quantas creches na cidade de são paulo, como tentou fazer o senhor ex-prefeito Gilberto Karossab alguns anos atras.

Seu voto: Nenhum (4 votos)

Antes fosse!

Meu caro Casoares, antes este terreno fosse transformado em condomínio, de luxo q seja. Naquela região nenhum granfino ou novo rico gostaria de morar. É uma das regiões mais feias de SP. Se morassem, seria pelo menos um alento para o bairro. O destino ali será provavelmente bem pior do que vc preveu.

Seu voto: Nenhum
imagem de Ivan de Union
Ivan de Union

Acertou em cheio!  O terreno

Acertou em cheio!  O terreno vai ser privatizado.

Seu voto: Nenhum (2 votos)
imagem de Patricinho
Patricinho

Eras Frias

A Rodoviária era dos Frias. Eles mesmos, da Folha. Muita grana rolava por ali. Lá dentro tinha tv interna com notícias (hum) e propaganda. Era um espaço muito vigiado, contando até com uma sala de pancada da polícia. Era também uma rodoviária, mas isso é irrelevante.

Seu voto: Nenhum (5 votos)

Comentar

O conteúdo deste campo é privado e não será exibido ao público.
CAPTCHA
Esta questão é para testar se você é um visitante humano e impedir submissões automatizadas por spam.