Revista GGN

Assine

Barbosa e a questão racial no Brasil

Sugerido por José Carlos Lima

Do site de Edson Santos

O presidente do STF e a questão racial no Brasil

A luta pela promoção da igualdade racial no Brasil ganhou forte impulso a partir de 2003. O primeiro ato presidencial de Lula foi a sanção da Lei 10.639, que torna obrigatório em todas as escolas do país o ensino de história da África e da população afro-brasileira. Ele também criou a Secretaria de Políticas de Promoção da Igualdade Racial, primeiro órgão do mundo a tratar a questão do racismo com status de ministério. E seu governo como um todo se envolveu numa série de embates para reduzir o abismo social entre negros e brancos em nosso país, como a aprovação das cotas para negros nas universidades públicas, o recorte racial do ProUni nas particulares e a aprovação do Estatuto da Igualdade Racial. A presidente Dilma deu sequência a esta trajetória com o recente envio ao Congresso do projeto de lei que cria cotas para negros nos concursos para preenchimento de vagas no serviço público.

Números recentemente divulgados mostram o empenho dos Governos do PT e aliados para reduzir a pobreza entre os negros.  Das 13,8 milhões de famílias atendidas pelo Programa Bolsa Família, 73% se autodeclaram pretas ou pardas. São mais de 10 milhões de famílias que, por meio da transferência de renda, saíram da extrema pobreza e estão construindo um futuro melhor para seus filhos, com mais acesso à saúde e educação. Atualmente, pretos e pardos representam 65% dos alunos matriculados nos cursos do Programa Nacional de Acesso ao Ensino Técnico e Emprego (Pronatec). E em dez anos, o percentual de negros entre 18 e 24 anos no ensino superior mais que triplicou, totalizando mais de 630 mil negros nas universidades.

Apenas os autistas políticos ou aqueles que fazem oposição cega (e por vezes hidrófoba) aos governos do PT são capazes de ignorar estes avanços. Ainda mais cegos são aqueles que “enxergam” no ministro Joaquim Barbosa a redenção dos negros no Brasil, tomando o homem por sua aparência externa. Pois deixam de perceber que ele – embora simbolize por sua simples presença na presidência do Supremo um avanço das relações raciais no Brasil – há muito foi capturado pelo projeto dos setores mais conservadores e reacionários da sociedade. Um segmento que, desta forma, busca conferir verniz politicamente correto a sua tentativa de ressuscitar o projeto neoliberal em nosso país.

Cumprindo sua parte no jogo, o magistrado, que deveria ser imparcial por força do cargo em que está investido, julgou e condenou sem provas expoentes petistas, que já haviam sido pré-julgados pela mídia conservadora e oligopolizada exatamente pelo fato de personificarem o projeto político do PT. Com dinheiro público, o ministro Joaquim Barbosa promoveu deprimente espetáculo midiático ao usar um camburão a jato para transportar “perigosos meliantes” algemados de São Paulo a Brasília, em pleno feriado nacional, além de manter em regime fechado quem havia sido condenado ao regime semiaberto.

Ouvi muitas coisas nos últimos dias por ter tido a audácia de criticar politicamente os atos do ministro Joaquim Barbosa. Felizmente, sou aberto ao diálogo, não tenho problemas com a crítica e nunca fujo de uma boa polêmica. No entanto, causou incômodo quando fui questionado quanto a minha legitimidade para falar sobre as lutas dos negros por igualdade no Brasil.

Minha presença na política sempre teve um sentido, o da transformação da sociedade. Depois de passar pelos movimentos estudantil e comunitário, fui eleito vereador da cidade do Rio de Janeiro em 1988. À frente daquele que é considerado um dos melhores mandatos da Câmara do Rio no período, fui reeleito nas quatro eleições seguintes, totalizando 18 anos de vereança dedicada à cidade. Neste tempo estive envolvido em várias lutas, dentre as quais a questão racial.

Na vice-relatoria da Lei Orgânica do Município, fui responsável pela inserção do Conselho Municipal de Defesa dos Direitos do Negro (Comdedine), o primeiro desta natureza criado no Brasil. Também sou lembrado pela autoria da lei criou no Rio o primeiro feriado municipal no Dia Nacional da Consciência Negra, em 20 de novembro, exemplo que foi seguido por mais de mil cidades brasileiras. E ainda pela briga para instalar na Praça XV um monumento ao herói negro João Cândido, líder da Revolta da Chibata de 1910. Já como ministro da Igualdade Racial, continuei esta luta em várias frentes, dentre as quais se destaca a articulação que possibilitou a aprovação do Estatuto da Igualdade Racial, após mais de dez anos de tramitação no Congresso Nacional.

Certo de que tenho plena legitimidade para discutir a questão racial brasileira, o que inclui a chegada do primeiro negro à presidência do STF, não descerei à discussão subterrânea da política, como querem críticos raivosos do PT e os cegos seguidores do ministro. Nossa questão com o ministro Joaquim Barbosa é política. Uma vez que o ministro já se comporta como candidato e sinaliza ser uma opção política, deve estar preparado para enfrentar nossa dura e determinada oposição.

Edson Santos,

*Deputado federal e ex-ministro da Igualdade Racial

Média: 5 (6 votos)
43 comentários

Comentários

Espaço Colaborativo de Comentários

Opções de exibição de comentários

Escolha o modo de exibição que você preferir e clique em "Salvar configurações".
imagem de Alberto Monteiro
Alberto Monteiro

Barbosa e a questao racial

Acho um tremendo erro racializar as acoes de Joaquim Barbosa como presidente do STF. Ele seria capitao-do-mato se, ao inves de pugnar pela justica, estivesse no Supremo para defender o PT apenas porque foi apontado por Lula. A luta contra o racismo e pela promocao da igualdade racial, que Barbosa disse em Londres ser o topico mais serio a ser debatido no Brasil, deve ser vista como uma prioridade de qualquer governo brasileiro e nao como um favor para obter reconhecimentos e dividendos politicos, como o articulista sugere. Nao me parece que ele, assumidamente progressista, tenha sinalizado alguma opcao politica e que seja candidato dela. Ele mesmo vem reiteirando o inverso em varias ocasioes dizendo preferir o regresso a uma vida publica sem a exposicao que tem agora. E, note-se, bastou o homem tocar na questao do racismo como o topico mais serio a ser resolvido se o Brasil quiser ser visto como um importante player internacional para que a midia conservadora que o pretende capturar desancasse pau nele. Acho JB um homem de carater apenas preocupado com os males que enfermam a sociedade brasileira.

Seu voto: Nenhum
imagem de Marly
Marly

Parabéns colega "A"

Não acostumei a chamá-lo "D".  Agradeço por postar o texto do Deputado federal EDSON SANTOS. Já votei nele e votarei  novamente, se preciso for!   Edson Santos explicitou tudo!  E você nos brindou ao colocá-lo para nosso conhecimento!

Seu voto: Nenhum (1 voto)

Ah, o A..

Aproveito para te apresentar o Primeiro Avatar da humanidade, quando ainda éramos símios, foi ele que acessou o infinito como sendo um tempo que ficou para trás quando na verdade era o tempo em si,  ah o video foi postado aqui no GGN pelo Antônio Ateu, obrigado a todos vcs - VEJAM(clique aqui), maas saibam que ainda temos seres bem primitivos entre nós e com uma visão lamentável acerca de justiça, no caso, como castigo e nao como cura ou salvação. Mas ele(A)  cumpriu sua missão a contento e da forma como deveria ser: Invisível. Pois que a invisibilidade garantiu sua integridade espiritual. Quem gosta de holofotes e visibilidade é o Burro Rei Midas Barbosa DD. Eh Marly, obrigado por fazer-me lembrar de "A", acabei de sonhar com ele, ele era eu e eu era ele..rss

Seu voto: Nenhum (1 voto)

Grato, Spin F

Não sou fã do Joaquim,

Não sou fã do Joaquim, discordo de muitas das suas decisões. Porém, mais do que suas decisões questionáveis, o que me incomoda é ver como muitos branquelos se julgam no direito de chamar um negro de "capitão do mato". 

Seu voto: Nenhum (7 votos)

Do Poder de um Orelhudo

Caro amigo Rocker, dei-lhe 5 estrelas para vc mas foi por engano, vai aqui então a correção uma vez que não tem como pegar as estrelas de volta: O tenho visto é escravocratas regressistas(desculpa a redudância) usando qualquer pretexto para taxar de racista quem critica JB, até nisso JB é mau caráter, usa a cor da pele para safar-se, até nisso ele demonstra o quanto ele é pequeno, ou seja, do Poder i  de pequeno ordinário tal qual o orelhudo DD ou Rei Midas, aquele que imaginava que em tudo punha a mão virava ouro até o próprio ar que respirava virou ouro e pediu para voltar a ser gente:

O segredo do Rei Midas 
 Dizem que o Rei Midas da Frígia era um sujeito atrapalhado, que ousou afirmar um dia, que a flauta tocada pelo sátiro Marsias era muito mais melodiosa do que a harpa tocada por Apolo. Quando o deus da música soube disso ficou furioso e castigou aquela afronta fazendo as orelhas de Midas crescerem longas e peludas, como as orelhas de burro. Para ocultá-las, o rei colocou na cabeça um barrete vermelho do tipo que os camponeses frígios costumavam usar naquela época.

Depois de um ano, o cabelo do rei tinha crescido tanto que ele precisou chamar um barbeiro ao palácio. Com ar ameaçador, Midas conduziu o homem a uma sala sem janelas e fechou a porta com chave. Quando tirou o barrete e deixou as longas orelhas à mostra, o barbeiro começou a trabalhar com suas tesouras como se nada notasse de diferente. Ao terminar o corte, Midas avisou-o que aquilo era segredo e o ameaçou caso contasse para alguém.

O barbeiro aparentando indiferença, disse: - Não sei do que Vossa Majestade está falando, pois eu nada vi nesta sala que já não tivesse visto antes. O rei ficou tão satisfeito com a resposta que o gratificou generosamente. O barbeiro saiu do palácio trêmulo por perceber que tinha estado em grande perigo.

Pouco a pouco aquele segredo começou a pesar tanto para o pobre barbeiro que ele acabou ficando mais infeliz do que o rei orelhudo. Precisava contar aquilo para alguém, dividir aquele peso insuportável, aliviar sua mente mas temia ainda as ameaças do rei. Continuou a sofrer até que um dia, teve uma inspiração. Afastou-se o mais que pode da cidade e, lá longe, na curva deserta de um rio, cavou um buraco na margem, ajoelhou-se na areia úmida e sussurou ao buraco três vêzes: "Midas tem orelhas de burro".

Aliviado, repôs a terra cuidadosamente, cobrindo assim as perigosas palavras que tinha proferido e retornou em silêncio para casa. Mas bem ali, naquele ponto onde cavou o buraco, algum tempo depois nasceu uma touceira de juncos que, na primavera seguinte, quando o vento agitava suas hastes flexíveis, faziam um barulho que parecia reproduzir na linguagem deles, o segredo que tinha sido confiado à terra: "Midas tem orelhas de burro".

O vento espalhou aquele segredo pelos campos, e os campos o repetiu para os cascos dos cavalos que por ali passavam, em direção à cidade, e a cidade o repetiu nas esquinas, nas feiras e no mercado, até que todos se inteirassem daquele fato.

********************
 Enfrentar a verdade é um modo de evitar tornar-se refém da mentira e das falsidades que tenta sustentar embora saiba que elas tem uma vida curta. Tornar-se íntegro e inteiro é o modo mais eficiente e prático de viver, sem simulações que cedo cedem lugar ao que é verdadeiro.

Midas foi um grande tolo, como tolos são todos aqueles que pensam poder ocultar, com dinheiro, poder e ameaças, as suas orelhas de burro. Mais cedo do que imaginam, o vento espalhará pela cidade os segredos e as verdades que em vão tentam esconder.

Links:

O pais dos orelhudos

http://lorotaspoliticaseverdades.blogspot.com.br/2013/12/brasil-o-pais-de-orelhudos-entrega-os.html

 

Mitologia Grega, sobre o Rei Midas

http://eventosmitologiagrega.blogspot.com.br/2011/01/o-segredo-do-rei-mi...

 

 

Seu voto: Nenhum

Grato, Spin F

imagem de Maria Rita
Maria Rita

A história é fantástica e o

A história é fantástica e o exemplo perfeito! 10 estrelinhas!

Seu voto: Nenhum (3 votos)

Caros colegas

O Sr Barbosa pode e merece ser criticado por tudo que vem fazendo. Tudo isso é muito legítimo. O que eu não acho correto é, por conta de divergências que eu possa ter com ele, deixar de considerar que ele não seja um digno representante dos negros desse país (um capitão do mato). Talvez, ou melhor, provavelmente não seja o melhor deles, mas é um cara que antes de chegar aos holofotes do STF teve uma trajetória bastante respeitável. 

Seu voto: Nenhum (4 votos)
imagem de Marly
Marly

Ninguém tem culpa do apelido!

Ele fez por onde!

Seu voto: Nenhum (3 votos)
imagem de Caetano.
Caetano.

Crítica partidária

A crítica feita não tem fundamento. Primeiro, porque não foi Barbosa quem condenou, aliás merecidamente, os mensaleiros; foi o STF, por maioria de votos. Segundo, porque afirma, sem constrangimento e sem argumentos, que a a condenação se deu sem provas (!!!). Ora, seriam todos os ministros do STF tolos, que não sabem o que fazem? Ou, pior, segundo o sr. Edson Santos, teriam eles sido coagidos ou comprados, já que a "mídia conservadora e oligopolizada" já os havia pré-julgado? Dizer que Barbosa "cumpriu sua parte no jogo" o reduz a um servidor público que conspira contra a própria instituição e contra o povo brasileiro, sendo passível de demissão e, talvez, de processo criminal. Dá para sustentar essa acusação?

 

Seu voto: Nenhum (6 votos)

Lewandowski també condenou

Lewandowski também condenou vários réus do mensalão, inclusive Delúbio Soares. Toffoli, idem, chegando a condenar Genoino. Não foi só Joaquim Barbosa quem condenou. Ele sofre a maior perseguição porque foi o relator e não poupou ninguém do PT. Aí a raiva contra ele é maior. Mas Lewandowski condenou Delúbio e reconheceu a existência do mensalão.

Seu voto: Nenhum (8 votos)

"É relativamente fácil suportar a injustiça. O mais difícil é suportar a justiça." Henry Louis Mencken.

tolos seria o mais brando

tolos seria o mais brando adjetivo que se possa dar a um juiz que condena sem prova, sem direito de defesa e tolo tambem é o adjetivo mais leve pra quem ainda acredita nessa farsa....

Seu voto: Nenhum (11 votos)

alexandre toledo

imagem de Marly
Marly

É isso, além de condenar sem prova...

Sempre arrogante, debochado, demonstrando maldade ao humilhar, denota também um grande complexo de inferioridade! Precisa dessas artimanhas para aparecer. Feliz retorno vascaíno!  Estamos sofrendo!

Seu voto: Nenhum (2 votos)
imagem de Branca Teresinha
Branca Teresinha

Opções de vida


Alguém aí disse muito bem: Lula achou que estava promovendo um quilombola e nomeou um capitão do mato. O problema de Lula e parte da esquerda é achar que todo negro por ser pobre apoia a esquerda. Erro lamentável. Negros e brancos, pobres e ricos servem aos dois senhores direita e esquerda conforme sua formação familiar, religiosa e política ao longo da vida. Há ricos de esquerda e pobres de direita. Há negros de esquerda e negros de direita. Desde que entrei na universidade há muito tempo percebi isso de cara. Se ninguém (partidos, religiões, colegas) despertar a consciência de uns e outros eles optam pelo mais conveniente e mais próximo, independente de sua condição de classe. Só lamento que neste país nenhum sociólogo ou aproximado estudou este fenômeno tão banal.

 

 

 

 

Seu voto: Nenhum (1 voto)

Este fenômeno já foi estudado, sim

Em 1936, a FNB transformou-se em partido político e pretendia participar das próximas eleições, a fim de capitalizar o voto da “população de cor”. Influenciada pela conjuntura internacional de ascensão do nazifascismo, notabilizou-se por defender um programa político e ideológico autoritário e ultranacionalista.22 Sua principal liderança, Arlindo Veiga dos Santos, elogiava publicamente o governo de Benedito Mussolini, na Itália, e Adolfo Hitler, na Alemanha. O subtítulo do jornal A Voz da Raça também era sintomático: “Deus, Pátria, Raça e Família”, diferenciando-se do principal lema integralista (movimento de extrema direita brasileiro) apenas no termo “Raça”. A FNB mantinha, inclusive, uma milícia, estruturada nos moldes dos boinas verdes do fascismo italiano. Leia mais em  http://www.scielo.br/pdf/tem/v12n23/v12n23a07

Seu voto: Nenhum

Houve, sim, estudos acadêmicos

Minha pesquisa foi bem rápida, mas encontrei  menções interessantes sobre opção para a "direita":

Há um texto que discorre, dentre outras, sobre a FNB, Frente Negra Brasileira sucessora do Centro Cívico Palmares de 1926. Retirei do link este pequeno trecho:

 

http://www.scielo.br/pdf/tem/v12n23/v12n23a07

 

Em 1936, a FNB transformou-se em partido político e pretendia participar das próximas eleições, a fim de capitalizar o voto da “população de cor”. Influenciada pela conjuntura internacional de ascensão do nazifascismo, notabilizou-se por defender um programa político e ideológico autoritário e ultranacionalista.22 Sua principal liderança, Arlindo Veiga dos Santos, elogiava publicamente o governo de Benedito Mussolini, na Itália, e Adolfo Hitler, na Alemanha. O subtítulo do jornal A Voz da Raça também era sintomático: “Deus, Pátria, Raça e Família”, diferenciando-se do principal lema integralista(movimento de extrema direita brasileiro) apenas no termo “Raça”. A FNB mantinha, inclusive, uma milícia, estruturada nos moldes dos boinas verdes do fascismo italiano.  

Seu voto: Nenhum

Fascismo de movimentos negros no Brasil

E observe o que diz o texto acadêmico  Diversidade e pluralidade: o negro na sociedade brasileira, publicado na Revista USP, do qual copiei este trecho: 

O negro como ator social ressurge na transição da década de 30 (século XX) na figura da Frente Negra Brasileira, idealizada e liderada por Arlindo Veiga dos Santos, professor da Faculdade de Filosofia São Bento e jornalista doCorreio Paulistano. Sua proposta de luta era a ascensão do grupo negro na sociedade brasileira, paradoxalmente, dentro de um ideário conservador, diria mesmo, à direita desse pensamento. Nesse ponto, a FNB se aproximava muito de uma organização paramilitar, espécie de face negra do patrionovismo que unia um catolicismo antiliberal e nacionalista a um projeto político igualmente antiliberal e nacionalista, nas vizinhanças do integralismo de Plínio Salgado. Além do mais, a Frente Negra Brasileira, em sua proposta original, pregava o retorno do país ao regime monárquico, ao mesmo tempo em que criticava o projeto imigrantista que havia beneficiado os estrangeiros e deixado o negro à mercê de suas próprias desditas. Ao tentar se transformar em partido político, a FNB foi desfeita por Vargas; antes, porém, já estava internamente dilacerada por confrontos entre militantes de esquerda e militantes de direita (Malatian, 1990). Muitos frentenegrinos (autonominação) formaram, cada qual em suas posições ideológicas, a militância negra posterior, denominada hoje "velha militância" em oposição aos que, na geração de 70, assumiram a liderança do "protesto" negro (Cuti, 1992; também Lucrécio, 1987). Cabe observar que foram os "velhos militantes" que contribuíram com suas histórias de vida para que Roger Bastide e Florestan Fernandes realizassem a primeira pesquisa sociológica sobre a questão racial, na década de 50 (Bastide & Fernandes, 2006).

 

http://rusp.scielo.br/scielo.php?script=sci_arttext&pid=S0103-9989201100...

Seu voto: Nenhum

o prblema foi que o Lula pra

o prblema foi que o Lula pra escolher um negro teve que achar uma excessão, ou seja, alguem que não segue a formula de sucesso brasileira que é do branco da classe A.

Seu voto: Nenhum (4 votos)

alexandre toledo

imagem de euclides santa cruz
euclides santa cruz

Execelente análise para

Execelente análise para acabar de vez com essa estórinha de que há preconceito racial contra o  presidente do stf, joaquim barbosa. Ele é o que é não por sua cor de pele, poderia ser azul que seria igual, é uma questão de caráter, índole e educação. Todo o esforço que fez para conseguir ser culto, de nada adiantaria se o Presidente Lula não tivesse iniciado os programas sociais de integração das classes menos favorecidas, sejam negros, pardos ou simplesmente pobres de qualquer raça ou credo. A mais pura verdade é que somente foi indicado pelo Presidente Lula para a mais alta corte do País, que hoje está desmoralizada,  porque é negro. Foi certamente o maior de todos os erros cometidos pelo ex-Presidente, porque o indicado não se mostra digno para exercer o cargo, lamentávelmente.

Considero que o sistema de cotas do Governo é justo e necessário para corrigir as injustiças e atrocidades cometidas pela elite branca  e escravagista. Espero ver a sociedade brasileira mais justa e integrada pela tolalidade de seu POVO exercendo todos os cargos e trabalhando pelo Páis, com a esperança de que,  como disse o Deputado Edson Santos,  não sejam capturados pelos projetos dos setores mais conservadores e reacionários da sociedade.

 

Seu voto: Nenhum (1 voto)
imagem de Carlos Roberto
Carlos Roberto

O sr. Edson Santos é muito

O sr. Edson Santos é muito mais petista do que negro.

Seu voto: Nenhum (13 votos)

Não entendi a sua colocação.

Não entendi a sua colocação. Poderia se explicitar melhor? Eu sou petista e de olhos azuis. Como poderei explicar meu Deus !  Assim como o Borhausen agora é socialista.

"O mau é o que sai da boca dos homens", não da pele ou dos olhos.

Seu voto: Nenhum (2 votos)

lenita

imagem de Marly
Marly

Excelente!

" O mau é oque sai da boca dos homens", não da peleou dos olhos!    ADOREI!

Seu voto: Nenhum (1 voto)

Muita gente só ficou sabendo

Muita gente só ficou sabendo que Edson Santos é negro porque voce o disse agora. No texto dele em nenhum momento ele dá essa informação. Só porque participa do movimento negro ele necessariamente será?

Pois bem, a autoridade do deputado como combatente vem por sua atuação pela causa, não pelo fato de ser um negro que chegou ao Parlamento brasileiro, um dos poucos.

Já o JB só tem significado para a causa do negro pelo fato dele estar lá. Fora isso, suas ações se norteiam por uma unica causa apenas, a dele mesmo

Seu voto: Nenhum (6 votos)

Juliano Santos

Apenas os autistas políticos ou aqueles que fazem oposição cega

Pronto, apareceu o primeiro classificado. Chama a carrocinha!

Seu voto: Nenhum (4 votos)

"Ser petista"(apesar do

"Ser petista"(apesar do "ser") dá para entender. Mas, o que significa "ser negro"? 

Aguardo ansioso a vossa justificação. 

Seu voto: Nenhum (3 votos)
imagem de jossimar
jossimar

Tem uma coisa que me pergunto

Tem uma coisa que me pergunto todo dia: Porque, diante de tantas arbitrariedades cometidas por este sujeito, ninguém ainda pediu o seu impeachment?

Porque, ninguém investiga para valer aquela história do apartamento em  Miami?

E do filho que foi premiado com um emprego na Globo?

Como digo, não dá para ficar rico com salário do STF, mas, por serviços prestados dá.

Vejam aquela que roubou o processo da Globo da receita. A imprensa disse que ela mora em um apartamento de 4 milhões.

Se trabalhasse toda sua vida na receita não recebeira isto de salários.

Seu voto: Nenhum (10 votos)
imagem de Marly
Marly

Copa das Confederações!

E porque assistiu à Final da Copa das Confederaçãoes no aconchego do Camarote do Luciano e Angélica? Porque vive aparecendo em fotos com os Marinho?  Ele não representa os negros. Ele só gosta de estar com os poderosos do dinheiro! Não à toa escolheu o LEBLON para morar!   Está podendo! 

Seu voto: Nenhum (3 votos)

São perguntas pertinentes.

São perguntas pertinentes. Mas você não tem nenhuma ideia da razão?

Tem muita gente com o rabo preso por aí. Esse é um ponto que tem o seu peso. Colidir com um ministro do STF, presidente ainda por cima, em certas condições, não seria tão promissor. O poder de um presidente do STF é muito grande. Processos que estão parados podem, de uma hora para outra, ter os seus andamentos acionados, acelerados. Julgamentos importantes, com milhões ou até bilhões de reais em jogo, podem ser influenciados pelo jogo político. Por outro lado, pode ser uma estratégia política para não dar munição aos adversários. A primeira coisa que surgiria é dizer que estão querendo calá-lo pela sua atuação no processo do mensalão e à frente do STF (vide as polêmicas com inúmeros setores do judiciário). Isso seria uma coisa óbvia. Talvez não queiram dar esse espaço a ele.

Joaquim Barbosa mesmo, ele nunca perde a oportunidade, se for preciso, de colocar o racismo em pauta quando recebe críticas políticas.

Enfim, são várias coisas que podem explicar essa apatia toda diante de situações que, se fosse com o Governo ou o PT, já teriam desdobramentos mais sérios.

Seu voto: Nenhum (3 votos)

"É relativamente fácil suportar a injustiça. O mais difícil é suportar a justiça." Henry Louis Mencken.

imagem de ArthurTaguti
ArthurTaguti

Que mania que as pessoas têm

Que mania que as pessoas têm de cobrarem que todo negro bem sucedido neste país seja uma imitação de Martin Luther King ou Malcolm X, ou que se case com uma mulher negra ao invés de uma branca.

Parece até que se o sujeito é negro, e chega ao poder, tem a obrigação de não ser liberal, ou conservador, ou de direita, senão será chamado de "traidor da raça" ou "capitão do mato". 

Visão reacionária esta. Imagino o que será dito da classe C se em algum ponto, os beneficiários do Prouni se tornarem conservadores e começarem a votar no PSDB..

 

 

Seu voto: Nenhum (15 votos)

Concordo com você. Isso é

Concordo com você. Isso é obviamente um tipo de racismo. É querer compartimentar os negros. O direito de um negro defender políticas de direita é o mesmo de um branco. Caso contrário, isso poderá chegar ao absurdo de dizer que branco não pode ser de esquerda. Seria uma "traição" à raça/etnia branca (não que eu endosse a ideia comum de que o racismo é uma coisa intrinsecamente vinculada à direita). O problema é a ênfase na questão étnico-racial, ao ponto disso definir as opções políticas. Aliás, nesse ponto, a crítica que sempre foi feita às políticas afirmativas ganha respaldo na realidade. Uma crítica comum é a de que o Brasil não é os EUA etc. Acontece que nada mais americano do que analisar a opção política do eleitor com base na raça/etnia a que pertence. Pode prestar atenção nas pesquisas americanas de intenção de voto. Tem sempre um espaço reservado para analisar como votam os negros, os brancos (anglo-saxão), os "hispânicos" (descendentes de latino-americanos, geralmente um perfil miscigenado entre espanhóis e índios pré-colombianos), os judeus (que são classificados etnicamente como brancos nos EUA, mas têm tratamento diferenciado nessas pesquisas) etc.

Seu voto: Nenhum (3 votos)

"É relativamente fácil suportar a injustiça. O mais difícil é suportar a justiça." Henry Louis Mencken.

Denzel Washington é o unico

Denzel Washington é o unico negro famoso a assumir-se republicano, que eu saiba. Tudo bem, direito dele, mas um negro americano apoiar um partido dominado pelo Tea Party é o fim da picada, né, Argolo? Vamos combinar

 

Seu voto: Nenhum (6 votos)

Juliano Santos

Acho que tem mais

Creio, salvo engano, que o Sammy Davis Jr simpatizava com os republicanos. E James Brown era "chapa" do Nixon.

Seu voto: Nenhum

Você tem uma certa razão. A

Você tem uma certa razão. A direita um tanto radical americana, como o Tea Party, que se faz presente na direita do Partido Republicano (não é exatamente uma ala do partido, mas um movimento de direita nos EUA), que já é de direita, não é exatamente solidária aos negros, ao contrário. Muitas vezes é abertamente racista. Mas aí já estamos falando de extremos.

Mas existem políticos negros importantes no Partido Republicano. O atual presidente do Comitê Nacional do Partido Republicano, que já foi vice-governador de Maryland, entre 2003 a 2007, Michael Steele, é um exemplo.

Seu voto: Nenhum (3 votos)

"É relativamente fácil suportar a injustiça. O mais difícil é suportar a justiça." Henry Louis Mencken.

Concordo. Sò mal faz(e como?)

Concordo. Sò mal faz(e como?) quem sublima cor de pele(ou outra característica singular) quando do debate político ou de qualquer outra estirpe. 

Mesmo sem o querer, quem assim procede chancela o racismo. 

Seu voto: Nenhum (4 votos)

Perfeito .

Perfeito .

Seu voto: Nenhum (5 votos)
imagem de mauro silva 1
mauro silva 1

E não é

E não é capitão-do-mato?

Qual diferença teria um capitão-do-mato de um juíz negro "bem sucedido" que, antes de aventurar-se por lojas de quinquilharis de luxo em Paris, COM DINHEIRO PÚBLICO, teve tempo de negar recursos aos paulistanos pobres, inclusive às creches municipais, cujo aumento de oferta de vagas foi imposto por sentença ilegal do Tribunal de Justiça que negou, em contrapartida, os recursos para tal, que seriam oriundos da tributação dos imóveis subavaliados das classes abastadas?

...um juíz que fraudou um processo para facilitar a condenação de agentes políticos antipáticos às elites?

Isso é crime GRAVÍSSIMO e até agora nem se cogita investigar-lo.

São acusações feitas diuturnamente contra o Presidente do Supremo Tribunal Federal que faz a elas ouvidos moucos.

Um juíz tem obrigação de ser honesto e de parecer honesto.

Um juíz que adquire em negócio nebuloso um apartamento de luxo por 10 dólares nos EUA não parece honesto e levanta sérias desconfianças de tratar-se de um grande picareta.

Um Juíz que administra um empresa que TRAFICA apartamentos a preços irrisórios nos EUA É DESONESTO.

Um juíz que usa como sede de empresa que TRAFICA apartamentos de luxo nos EUA, o apartamento funcional de propriedade do Esatdo É DESONESTO.

Esse juíz DESONESTO é o atual Presidente do Supremo Tribunal Federal.

São acusações gravíssimas, fartamente documentadas, e que o Sr Joaquim Barbosa se nega a explicar, considerando que basta um "faço porque posso" para intimidar.

Essa situação mostra o quanto sefaz necessário um expurgo; uma faxina no judiciário brasileiro infestado por tipos sem qualquer envergadura intelectual ou molral para o exercício da magistratura.

Concordo que "todo negro bem sucedido" não tem obrigação de ser de esquerda, mas adianto que juíz safado não exclusividade de branco, e o Sr. Joaquim Barbosa deve muitas explicações sobre seus negócios.

Seu voto: Nenhum (2 votos)

Boa!!!

É o preconceito véio.

Ganhou cinco estrelinhas.

Seu voto: Nenhum (4 votos)
imagem de mauro silva 1
mauro silva 1

Os capitães-do-mato

É isso aí: os capitães-do-mato não eram os brancos, donos dos escravos; eram os mestiços, geralmente filhos de negros, que caçavam seus iguais a soldo daqueles.

Nada muda?

Vem de longa data essa prática da casa-grande de cooptar ou corromper com falsas deferências. E não faltam tolos que se deixam enlevar por esse canto de sereia, arrebatados em sua ignorância pela duvidosa beleza de uma libré, até se darem conta de que, nela ernfiados, não passam da cozinha.

Dentro desse contexto, flagar um desses jeca-togados, babando por quinquilharias de luxo numa loja em Paris, é o máximo de "refinamento" que se pode esperar desses indivíduos.

Opostos a esses tipos rasteiros, gente como o Deputado Edson Santos honra seus eleitores e o Brasil.

Seu voto: Nenhum (3 votos)
imagem de Eneuton
Eneuton

Disse tudo, Deputado. Não há

Disse tudo, Deputado. Não há como contemporizar com os desmandos e desvios do Batman. Sua atuação pública e mesmo sua personalidade atentam contra as conquistas democráticas, inclusive as que garantem maior igualdade de oportunidade racial. Sua personalidade e ética particular não condizem com o cargo que ocupa nem com a vida republicana.

Seu voto: Nenhum (3 votos)

Para ele jogou fora um

Ele jogou fora um possível prestígio ao abraçar a "Teoria do Domínio do Fato" DE FORMA NÃO PRAGMÁTICA e outras atitudes no mesmo tom.

A distorção incluida com fins politicos, mataria sua carreira em um país SÉRIO. Como aqui ex-presidentes SEM compromissos sérios para com o país tornam-se eleitos em academias e são convidados de honra em outras solenidades, tornou-se figura política de destaque.

Mas, como não sou filiado ao PIG, o barbosão NÃO TEM ASSENTO em meu círculo familiar e de amizades.

Seu voto: Nenhum (5 votos)

"O que fazemos na vida, ecoa na ETERNIDADE!" (Máximus - Gladiador)

"Os dois mais importantes dias em sua vida são o dia em que você nasceu e o dia em que você descobrir o porquê... - M

imagem de ze marcio
ze marcio

Cuidado!

Meu amigo,cuidado.O "capitão do mato" pega você.

Seu voto: Nenhum (3 votos)

Lula tentou elevar ao poder

Lula tentou elevar ao poder um quilombola, e nomeou um capitão do mato. Muitos dos capitães do mato eram arregimentados dentre os próprios negros, por saber-lhes os costumes, a língua. Não sei se teria sido mesmo capturado, cooptado, ou se sua formação ideológica é mais consistente que isso. 

Seu voto: Nenhum (4 votos)

Parabéns!!!

O Deputado mostrou o que outros petistas já deveriam ter feito. O Barbosão tem a cara feia mas não morde! É hora de militantes, partidários e parlamentares abrirem suas vozes e entoarem em todos os cantos deste país os mandos e desmandos do STF. Esperemos pois a AP 2474. Será a nossa redenção!!

Seu voto: Nenhum (5 votos)

"Não tenho prova cabal contra Dirceu - mas vou condená-

imagem de Orlando Fogaça Filho
Orlando Fogaça Filho

Parabéns, Edson

Parabéns, Edson Santos.

Excelente texto.

Seu voto: Nenhum (4 votos)
imagem de Mar da Silva
Mar da Silva

As ações do Barbosão na Ação

As ações do Barbosão na Ação Penal 470 é criminosa. Ele conseguiu se igualar ao Gurgel e ao Gilmar em sua caça cega ao PT e a tudo que isso representa, inclusive a proteção dos opositores. Para ter o respeito dos seus e da população deveria respeitar a CF/88. Mas preferiu vestir a fantasia do negro aceito pela burguesia nacional e seus holofotes.

Seu voto: Nenhum (6 votos)

Comentar

O conteúdo deste campo é privado e não será exibido ao público.
CAPTCHA
Esta questão é para testar se você é um visitante humano e impedir submissões automatizadas por spam.