Revista GGN

Assine

Cardozo desconstrói suposta delação de Delcídio

 
Jornal GGN - "Se for uma delação premiada não sobrevive", disse o ex-ministro da Justiça, em coletiva de imprensa posicionando-se de forma combativa sobre a suposta delação premiada do senador Delcídio do Amaral (PT-MS). "Eu acho triste que isso aconteça. Tanto eu quanto a presidente Dilma Rousseff recebemos isso com indignação", afirmou.
 
Divulgada pela revista IstoÉ, o referido depoimento do parlamentar informava que Cardozo supostamente ajudou a presidente Dilma em tentativas de interferir na Operação Lava Jato e na indicação de ministros de tribunais superiores para favorecer a liberação de acusados presos. "A presidente Dilma nunca se reuniu com o Delcídio para decidir nomeação do Tribunal de Justiça. Isso eu posso falar seguramente, porque todas as reuniões que a presidente teve com representantes do Judiciário, eu participei de todas", desmentiu.
 
Na coletiva, Cardozo afirmou que ficou "completamente decepcionado" com Delcídio, com quem admitiu ter mantido uma boa relação pessoal - descrevendo, por exemplo, que era chamado a assistir partidas de futebol juntos -, após "todos os episódios", referindo-se à divulgação, em novembro do último ano, da fita com o áudio do parlamentar tentando anular as provas da Operação Lava Jato, que acarretou na prisão do senador.
 
"Ás vezes, a gente passa muito tempo sem saber como a pessoa é realmente. O Delcídio ficou oito meses como líder [no Senado]. Era competente, mostrava lealdade. Mas vendo como o Delcídio militava, na minha antessala, ele falava muita coisa. Me pedia também muita coisa. Obviamente, sem fato, sem representação, eu nunca fazia nada. Eu, como Ministro da Justiça, não poderia fazer nada", disse Cardozo.
 
Com as recentes notícias de que Delcídio do Amaral negou o conteúdo divulgado pela revista IstoÉ, o agora advogado-Geral da União foi questionado se o governo não se antecipou antes da confirmação se era verdadeira a publicação do acordo. Cardozo respondeu que não. "Se sendo um esboço de delação, isso não é delação", retrucou.
 
Cardozo explicou que, uma vez que a notícia envolvia o seu nome e o de Dilma, as suas informações já valiam como resposta para as publicações. Lembrou, ainda, que "a delação premiada é o ponto de partida, não é o ponto de chegada". 
 
Diante de todas as contestações, jornalistas perguntaram por quê, então, os procuradores aceitariam o acordo, se com uma rápida busca as declarações não se sustentariam, como informou o ministro. "Com base na delação, se abre inquérito. [Esse suposto depoimento] não para em pé para nós que sabemos que não para. O procurador não sabe. Está se dando um peso judicial para delação que não existe", afirmou. "O fechar de uma delação não significa culpabilidade", completou. 
 
Ainda assim, o ex-ministro da Justiça criticou duramente o ex-senador petista. "Ele está misturando fatos na tentativa de fazer a sua vingança. Delcídio visivelmente quer uma retaliação. No fundo parece que ele quer dividir um pouco do ônus com outros. Sinceramente, tem credibilidade o senador Delcídio do Amaral? Esse não será o cumprimento de uma ameaça?", concluiu.
 
Assista a um trecho da entrevista:
 
 
Desmentido
 
Enquanto a coletiva do Cardozo seguia, o senador Delcídio do Amaral soltou uma nota desmentindo que teria dado entrevista ao site consultado. O senador e sua defesa não confirmam a questão da delação premiada. Eis a nota na íntegra.
 

NOTA DE ESCLARECIMENTO

Em respeito ao povo brasileiro e ao interesse público, o Senado Delcídio Amaral e a sua defesa vêm se manifestar sobre a matéria publicada na Revista IstoÉ na data de hoje. À partida, nem o Senador Delcídio, nem a sua defesa confirmam o conteúdo da matéria assinada pela jornalista Débora Bergamasco. Não conhecemos a origem, tampouco reconhecemos a autenticidade dos documentos que vão acostados ao texto. Esclarecemos que em momento algum, nem antes, nem depois da matéria, fomos contatados pela referida jornalista para nos manifestarmos sobre fidedignidade dos fatos relatados. Por fim, o Senador Delcídio Amaral reitera o seu respeito e o seu comprometimento com o Senado da República.

SENADOR DELCÍDIO AMARAL

ANTONIO AUGUSTO FIGUEIREDO BASTO

 
Média: 3.6 (15 votos)

Recomendamos para você

61 comentários

Comentários

Espaço Colaborativo de Comentários

Opções de exibição de comentários

Escolha o modo de exibição que você preferir e clique em "Salvar configurações".

Acordem Meu Deus

Essa nota de Delcidio e nada é a mesma coisa.

Ninguém se atentou para duas palvras curciais: À PARTIDA

Só isso basta para que ele depois venha a confirmar tudo pois À Partida se traduz como:

1 - Inicialmente.......e depois

2 - a princípio......,e depois

3 - De início.....e depois

 

Petista e blogs alternativos acordemmmmmmmmmmmmmmmmmmmmmmmmmmmmmmmmmmmmmmmmmm

Seu voto: Nenhum (2 votos)
imagem de nem do nem
nem do nem

eu no lugar dele diria até

eu no lugar dele diria até coisas muito piores só para que pudesse ser solto. Portanto, o que devia valer seria o que ele dissesse solto

Seu voto: Nenhum

Fomentação da opinião pública.

Tem "alguém" pensando muito bem sobre como fomentar a opinião pública no Brasil, a fim de partir de uma ficção à textura de veracidade. Há inteligência nesse novo "causo".

Não podemos esquecer que não é apenas uma vingança pessoal, mas é um depoimento vazado, e mesmo com a nota do Delcídio esse suposto depoimento já é tratado como delação, como podemos ver no jornal nacional o principal termo que usaram seguidas vezes para falar desse objeto (depoimento).

Pois bem, aqui saliento uma curiosidade, não há acordo algum de delação, nem sob sigilo como levanta suspeita a Globo, o procurador negou, a nota de Delcídio negou, então por que usar este termo que dá mais relevância e tem um efeito mais significativo ao público, se, na verdade, não tem essa importância? Pergunto: Isso acontece porque o editor de jornalismo é burro e não sabe a diferença entre os conceitos, ou por que se trata da tentativa de se criar um impacto distorcendo propositadamente signos, significados e identidades dos objetos/conceitos? NÃO É uma delação. (Ah, onde estão os juízes?) Percebam que a suspeita levantada pela Globo de estar sob sigilo, daí a negação de todos, serve mais para que a Globo possa tratar o depoimento como delação, ou ao menos de ser suspeito de ser delação premiada? Essa suspeição de sigilo é apenas um truque de linguagem que a própria emissora usa a seu favor na tenativa de justificar o uso incorreto - propositadamente incorreto - de um termo; delação.

Devido ao teor que foi com certa facilidade contra-argumentado, incluindo explicações que mostram não só a falta de consistência do depoimento como de coerência, soma-se a isso a confissão de culpa de Delcídio, e ninguém acha que ele assumiria, é muito improvável que se torne uma delação. Mas, ainda assim, levando em conta que Delcídio feche acordo de delação, olhem que curioso, isso seria DEPOIS do depoimento ter vazado e insistentemente trabalhado já como delação! Ou seja, com caráter de veracidade que a Globo está tentando através do uso de um termo de forma inapropriada, transformar uma peça ficcional e polêmica em "fato", pois eles precisam de alguma coisa factual. Porém, o que facilitou isso? O vazamento criminoso e seletivo.

Eles não têm nada além desse recurso, criam suas novelinhas e jogam verde para tudo e todos! Suas chamadas nos jornais são ridículas de tedenciosas, acabei de ouvir William Waak do jornal da Globo dizendo sobre a "bomba" que caiu no colo do governo, e completa: "O governo tem saída?"  Uma construção linguística mais que manjada e já meio anacrônica, onde o interlocutor se adianta nas qualidades e no juízo com a pergunta tedenciosa, patético nos dias de maior discernimento de hoje.

Essa nova novela/jurídica/policial tem um objetivo claro: fazer crer as mentalidades que prejulgam culpados de forma genérica, e mentalidades não só entre a população em geral, mas também ao funcionalismo de instituições, policiais, jurídicas. Como não aceitar que muitos delegados acreditam que "todos" da política têm rabo preso? Afinal, é assim o pensamento comum trabalhado pela mídia em geral.

Essa generalização é fomentada por esse tipo de reportagem, para muitos delegados, é apenas uma questão de encontrar a prova, já partem que fulano é culpado, pois a tv "evidenciou" isso. Policiais, juízes, promotores que generalizam culpabilidade e, convenhamos, não é muito incomum assim a mentalidade poilicial que acredita que todo mundo tem culpa no cartório, enfim, midiotas têm em todo o corpo social.

Esse depoimento tem um objetivo claro: pescar crentes, pescar quem compre essa ideia e, talvez, se esse efeito pegar, Delcídio possa resolver fazer acordo para delação premiada de uma peça que foi, antes, trabalhada indevidamente assim pela mídia, dando mais um impulso ao depoimento, confirmado como delação e alimentando um aspecto de credibilidade para a emissora, transparecendo que ela emissora "já sabia" se tratar de uma delação, só que MENTINDO no conceito de um termo, pois não acredito que o sigilo seja verdadeiro, para mim serve apenas ao que eu disse antes. Sei que é uma intuição, apenas.

Seu voto: Nenhum
imagem de Paulo Ress2
Paulo Ress2

Sou crítico deste governo e

Sou crítico deste governo e do PT. Mas tenho que reconhecer que o Cardozo se defendeu muito bem na coletiva. Resta agora aguardar que o MP e a PF investigem os fatos para determinar quem de fato falou a verdade e quem faltou com ela. Se o Delcidio realmente mentiu, isso poderá ser facilmente confirmado por esses orgãos.

Seu voto: Nenhum
imagem de Cesar Saldanha
Cesar Saldanha

é a bomba da semana

Quem adora "show de merda" da Rede Esgoto é o Antiético Neves, fica todo eufório chafurdando no chiqueiro do PiG,  tudo a ver com você, coxinha.

Seu voto: Nenhum (8 votos)

A "delação" se desconstrói por si própria. Cardozo só complica.

Por que Cardozo saiu do MJ apenas três dias antes desse "vazamento"? A jornalista da IstoÉ realmente é sua companheira, como informa o DCM? Ele já sabia da "reportagem"? Por que ele se antecipou sobre Delcídio? Por que Dilma o manteve por tanto tempo no MJ, apesar de sua atuação nula? Por que ele permitiu que a PF tocasse o terror pra cima do Lula e vazasse seletivamente? É uma conta que não fecha.

Seu voto: Nenhum (9 votos)

É fácil livrar-se das responsabilidades. Difícil é escapar das consequências por ter-se livrados delas. (Graciliano Ramos)

imagem de Cunha
Cunha

Excelente teste para início

Excelente teste para início do trabalho do novo Ministro da Justiça.

Se já tivesse trocado o Daiello pelo Barbosa da Bahia ficaria mais fácil.

Seu voto: Nenhum (1 voto)
imagem de José CB
José CB

É fato

A delação é um fato.

A revista não inventou nada.

A Istoé e o Alzugaray tem mais história que Lula no Brasil. 

A Dilma nem se fala, perto deles é uma ninfeta.

Dilma não investe contra a revista.

Nem Cardozo.

Os envolvidos, Janot e Delcídio, não negam, apenas não confirmam.

Qualquer manifestação deles invalidaria o acordo, é o que diz a lei.

E apenas para acabar com as esperaças daqueles que querem crer que se trate de uma "invenção da revista", basta analisar o passado recente :

- Nunca o MP ou os delatores confrmaram os vazamentos das delações ;

- Todos os vazamentos se confirmaram verdadeiros.

Portanto, ficar apostando numa "invenção" da IstoÉ neste momento, beira a insanidade. 

Seu voto: Nenhum (1 voto)

Rascunho de delação

Na mimha opinião existe um rascunho de delação. O Delcidio põe um pé em cada canoa. Para os senadores ele diz que não fez delação. Para o MPF ele negocia a sua situação jurídica com informações. A questão é ver quanto tempo ele vai levar para ir ao fundo.

Seu voto: Nenhum (5 votos)

Basta ter mais de 2 neurônos

Basta ter mais de 2 neurônos (me desculpe!) para entender que essa delação nao faz o menor sentido.

O Senador que conhece todos os podres do Congresso Nacional, antes mesmo de começar a sua defesa resolve fazer uma delação que significaria assumir, logo de cara, a culpa de todas as acusações que estão sendo feitas contra ele.

Essa delação maluca, se fosse verdadeira, nem homologada teria sido.. Sem contar o fato que as acusações são completamente descabidas (Dilma e Lula interferindo na Lava-Jato ?????). Faz me rir. Se fosse do PSDB eu até conseguiria acreditar....

Delcídio deve ter muita bala na agulha. Mas os alvos dele estão todos no Congresso. Por isso talvez essa tentativa de transformá-lo num senador porra louca e de nenhuma credibilidade.

Quem é que vai acreditar nele agora?

Enganar coxinhas é facil. Mas mais da metade dos brasileros não são coxinhas.

O buraco é mais embaixo.

 

 

Seu voto: Nenhum (1 voto)

Essa conversa mole da IstoÉ...

... é só cortina de fumaça pra livrar o Cunha. Olha só o que o malandrão conseguiu hoje, na maciota, quanda ninguém tava olhando:

---

http://brasileiros.com.br/2016/03/manobra-livra-cunha-da-acusacao-de-rec...

Manobra livra Cunha da acusação de receber propina e ele pode se livrar da cassação

Aliados do peemedebista conseguiram retirar do texto a acusação de que ele recebeu propina no esquema da Petrobras, a principal razão que coloca em risco seu mandato

---

E tem uma notícia antiga, de 2014, que ajuda explicar pq Cunha não cai:

http://veja.abril.com.br/blog/radar-on-line/brasil/a-paz-entre-a-globo-e...

João Roberto Marinho e Eduardo Cunha tiveram um longo encontro há duas semanas, tendo como palco a casa de um amigo de ambos, o empresário Luiz Affonso Otero.
 

Seu voto: Nenhum (1 voto)
imagem de Antonio Pereira
Antonio Pereira

Jogaram coisa no ventilador

Essa jornalista e a revista ferraram com qualquer credibilidade que tinham. Onde estão os nomes do procuradores que receberam a suposta delação?, o Janot (PGR) declarou que devida ao foro previlegiado do senador, a delação teria que ser recebida diretamente pela PGR, não foi segundo o Janot. Agora o senador desmente tudo e quem divulgou ficou com a cara de bobo, a OAB se apressou e também ficou com cara de taxo.

Tudo isto, na minha opinião, foi armado para tirar o foco do caso Miriam-FHC; triplex da Globo e, a questão da merenda das crianças de SP que os tucanos comeram. A elite raivosa não permite que seus apaniguados sejam investigados, mas a luta tem que continuar pois o povo não pode ficar eternamente subjugado a essa elite.

 

Seu voto: Nenhum (1 voto)
imagem de Manoel Junior
Manoel Junior

Dormindo com o inimigo.

     O comportamento do Zé ,não deixa dúvidas. Mulher jornalista , êle, ex-Ministro defenestrado , magoado. 

      Vazamentos e mais vazamentos , e ninguém sabia de nada,até um japonês foi elevado a ¨furador¨. Que nada,

não seria possível que réles policial, ainda mais processado, t.ivesse acesso a tanta documentação. Ao que pare-

ce deu Zé na cabeça.

      

Seu voto: Nenhum (5 votos)
imagem de IZA13
IZA13

Eu realmente de saco cheio!

Eu realmente estou de saco cheio!!

Cansado da incompetência desse sr. que não consegue enxergar o próprio nariz.

Não consegue ver que há mais de 2 anos, Moro e todos aqueles vigaristas travestidos de "otoridades" em Curitiba, estão preparando um golpe descaradamente.

Tudo isso já estava armado há muito tempo.

O pateta, não viu os grampos ilegais!

Não viu os achaques da PF!

Não viu os vazamentos seletivos!

Não viu as armações com a imprensa!

Não deu um pio sobre cidadãos que estão presos (amigos) a quase um ano sem qualquer julgamento (Imagine o sujeito era Ministro da "justiça)

E agora, para a surpresa de todos, a "companheira" do sr. Ministro, lhe dá uma punhalada nas costas pra ele deixar de ser idiota.

O que é isso? 

Gostaria de ver o idiota tentando se explicar para a presidente Dilma?

 

Seu voto: Nenhum (2 votos)

Mau cheiro

Há um termo de declarações - que não necessariamente de delação premiada - de Delcídio colhido quando da sua prisão. É possível que o "jornalismo de esgoto" tenha se utilizado dele.

Seu voto: Nenhum (5 votos)
imagem de Ivan de Union
Ivan de Union

Impossivel, Luciano.  As

Impossivel, Luciano.  As diversas situacoes psicologicas contraditorias -que mesmo o Nassif nao viu- podem muito bem ser verdadeiras.  Para Marcianos ou Venusianos.  Humanos nao se comportam assim.  Pra ficar so no cerne da "reportagem":

Delcidio eh grampeado ilegalmente pelo filho de Cervero e denuncia...  ninguem exceto Lula e Dilma.

Entao ta...

Seu voto: Nenhum (3 votos)
imagem de TJ
TJ

revistinha de fofoca

é nisso que as publicações semanais da abril e da globo se tornanram...revistas de fofoca, tipo Contigo!

Seu voto: Nenhum (1 voto)
imagem de Estrela Vermelha
Estrela Vermelha

Acho que finalmente se

Acho que finalmente se descobriu quem é o VAZADOR: o namorado da jornalista

Seu voto: Nenhum (13 votos)
imagem de H66
H66

E a mossack?

Esta história tem a ver com a mossack, a miriam, a fifa e o lava jato.

Fontes confiáveis dizem que é mais ou menos assim. O lula era o mentor da corrupção contra a petrobrá porque queria dinheiro para comprar uns pedalinhos para presentear à miriam com quem estaria tendo um caso, e que seria levado ao triplex de parati. Mas a mossack já havia comprado o triplex com o dinheiro roubado da fifa e não aceitou nem a troca pelo apartamento de guarujá, razão pela qual o lula, sempre ele, pediu ajuda a globo que disse não ter nada com a mossack, embora tenha tentado, mas a veine não deixou. A veine é aquela senhora que roubou o processo da globo no IR, o que não vem ao caso. O cerveró entra na jogada porque ele cria ostras na praia do triplex e se sentiu prejudicado. Foi o cerveró que pediu ajuda da dilma contra o lula e ela para não aumentar a rixa com o lula deu como compensação ao cerveró duas diretorias na petrobras, sem saber que uma delas já pertencia ao aécio. A ignorância, o nassif já vem alertando quanto a isso há anos, custou caro à Dilma. Aí o escândalo. O fhc, que nunca gostou da miriam, o negócio dele é na cosinha, só assistiu a tudo isto se divertindo e nem emitiu comunicado.

Quanto ao delcidio, que disse que tem no bolso uns ministros... esquece. Cês viram o jogo do corintians, quanto ficou, até quando vi estava 0X0?.

 

Seu voto: Nenhum (2 votos)
imagem de Ivan de Union
Ivan de Union

!!!  Impressivo!

!!!  Impressivo!

Seu voto: Nenhum
imagem de veras
veras

E aí:

 

Seu voto: Nenhum (3 votos)
imagem de Mario Monsores
Mario Monsores

delcidio

Ele era Amaral.....aí foi no numerólogo e virou Do Amaral......Agora voltou a ser Amaral só ???????

Seu voto: Nenhum

Pela tangente

Essa nota não diz muita coisa.

Seu voto: Nenhum (8 votos)
imagem de Luiza
Luiza

Grito de Guerra é para os 2 lados. É agora, minha gente !

Diz sim.... ele reitera o seu “comprometimento com o Senado da República”. “Comprometimento”!, como bem observou o Azenha no Viomundo[http://www.viomundo.com.br/politica/house-of-cards-a-quem-interessa-o-vazamento-da-falsa-delacao-premiada-de-delcidio-do-amaral.html]

Deem uma lida no artigo abaixo [grifos são meus]

JN promove massacre contra Lula: a guerra total da Globo pra exterminar a esquerda, Por Rodrigo Vianna, no Escrevinhador [http://www.viomundo.com.br/denuncias/rodrigo-vianna-capas-da-istoe-que-nao-foram-repercutidas-pela-tv-globo-traziam-acusacoes-a-serra-revista-suspeita-de-vender-espaco-disse-diretor.html] 

A Globo, nesta quinta-feira, dobrou a aposta. O alvo é Lula, depois Dilma. E por fim o PT. Cercados, a esquerda e os movimentos sociais começam a travar uma espécie de batalha de Leningrado no Brasil.

Foi um massacre com mais de quarenta minutos. Estou numa pequena cidade no interior do Ceará. Na pracinha central, numa pequena lanchonete, vi (mais do que ouvi) as TVs ligadas na Globo, no horário do Jornal Nacional.

Duas matérias (cada uma com cerca de 4 minutos, uma eternidade em TV) promoveram a “leitura” da revista Istoé. Sim, numa estratégia antitelevisiva, que só se justifica nos momentos de intervenção política total dentro do noticiário, a revista foi exposta na tela, enquanto os repórteres escalados por Ali Kamel liam cada trecho da suposta delação de Delcídio Amaral.

[...] Em 2016, Ali Kamel usou a Istoé contra Lula nesta quinta-feira. E depois veio muito mais no massacre do JN: “juristas” a favor do impeachment, especulando em cima de uma suposta delação. Ministros defendendo o governo, mas cuidadosamente colocados (pela edição da Globo) numa defensiva sem saída. A narrativa era a de um governo que cai.

Mas a cereja do bolo era outra: o ataque a Lula. Primeiro, na boca de Delcídio e da revista Istoé (de novo!). Depois, numa “reportagem” que significou o retorno da Globo ao triplex do Guarujá, incluindo fotos de Marisa e de um dos filhos de Lula com os rostos levemente deformados.

João Roberto Marinho está possesso porque a filha dele foi exposta na internet: blogueiros descobriram as peripécias do ex-marido de Paula Marinho e divulgaram até endereços da família bilionária. O capataz dos Marinho, Ali Kamel, deu então o troco no JN: expôs a família Lula, de novo. Com as expressões deformadas…

Mas não interessa tanto contar em detalhes o que foi o JN. A ideia desse texto é outra: alertar que a edição do Jornal Nacional cumpre uma dupla tarefa. Primeiro, preparar o terreno para nova operação da PF (agora centrada em Lula) que deve acontecer nos próximos dias. Um observador experimentado da política carioca me disse: os Marinho não promoveriam esse massacre, se não soubessem que o ataque é apenas parte de uma escalada maior. Portanto, estamos já numa escalada sem volta.

Em segundo lugar, o JN cumpre a tarefa de reunir a oposição e dar o grito de guerra: “avancem! e sejam rápidos”.

Na pracinha do Ceará, onde eu estava, reparei que só havia gente com 40 anos ou mais olhando para a TV. Os jovens namoravam, tomavam sorvete, olhavam o celular.

A Globo não tem o poder de outras épocas, é verdade. Mas segue a cumprir o papel de organizar a tropa conservadora. O sinal está dado: se forem para o ataque, bravos líderes da oposição, vocês terão o apoio da máquina midiática da Globo. Mas não titubeiem. Avancem!

A guerra contra Lula foi declarada há vários meses. Nas últimas semanas, Lula topou a briga (até porque não tinha saída), e também declarou guerra: “nesse país, não há partido de oposição, partido é a Globo”, disse ele.

A Globo, nesta quinta-feira, dobrou a aposta. O alvo é Lula, depois Dilma. E por fim o PT.

Essa guerra, se tiver o desfecho que a família Marinho pretende, pode transformar o Brasil numa Colômbia. A esquerda seria proscrita. Lula seria preso. Os movimentos sociais voltariam a ser o que sempre foram: forças marginais, excluídas do jogo político. Os sindicatos seriam massacrados (já há CPI a caminho).

Por enquanto, é a direita apenas que exibe seu poder – com a violência simbólica de um JN tomado pelo ódio, como vimos hoje. Mas se a esquerda for jogada mesmo pra fora do jogo institucional, a escalada de violência política pode ganhar outros contornos, atingindo também aqueles que – do Jardim Botânico, ou de seus gabinetes acarpetados em Curitiba e Brasília – lançaram o país nessa espiral.

Lula não escolheu a hora de combater. A guerra chegou até ele. Os que se reúnem em torno do petista devem ter a certeza de que estamos diante de um momento decisivo. Agora, só um dos lados vai sobreviver.

O lado de lá é mais forte (até pela tibieza de um partido e de um governo que apostaram em Cardosos e Delcídios para dar “governabilidade”).

O que pode acontecer?

“A sensação de cerco às vezes faz milagre na política”, disse um amigo que também gosta de metáforas bélicas. O cerco ao lulismo ficou mais forte hoje: há uma espécie de batalha de Leningrado em curso.

Os que se defendem parecem fracos e sem munição, como se sentiam os soviéticos diante do avanço nazista. Mas, a favor da turma que defendia Leningrado, havia um fator imponderável: sabiam que deviam resistir até o último homem, casa a casa.

A esquerda no Brasil (com todos seus defeitos, com todas as limitações do que foi o PT nos últimos anos) trava, a partir de agora, sua batalha de Leningrado.

Lula também está cercado. E decidiu lutar. Não é pouco.

Seu voto: Nenhum
imagem de veranis
veranis

Realmente que situação

Realmente que situação esquisita. Se a moça soltou um track ao invés de  uma bomba, que deixou em segundo plano cunha e seu gangsterismo, enlouqueceu a bolsa de valores, acabou com o coitado  do Zé de  vez, ela não teria que ser presa?

Seu voto: Nenhum (7 votos)
imagem de Cláudio José
Cláudio José

Tudo muito estranho, por que

Tudo muito estranho, por que o Zé se antecipou? Fala logo senador, delatou ou não? Pois os espertalhões da Bolsa estão adorando essa novela e o pobre se ferrando. 

Seu voto: Nenhum (3 votos)
imagem de Praxedes
Praxedes

É uma putaria generalizada. Republicanismo é isso aí

Delcídio enforca PiG na IstoÉNão disse nem falou com suposta repórter Imprimirpublicado 03/03/2016, no Conversa Afiadadelcidio__________phixr.jpg

"Não conhecemos a origem, tampouco reconhecemos a autenticidade dos documentos"

Conversa Afiada reprodua nota de esclarecimento do senador Delcídio Amaral (PT-MS):

Em respeito ao povo brasileiro e ao interesse público, o Senado Delcídio Amaral e a sua defesa vêm se manifestar sobre a matéria publicada na Revista IstoÉ na data de hoje. À partida, nem o Senador Delcídio, nem a sua defesa confirmam o conteúdo da matéria assinada pela jornalista Débora Bergamasco. Não conhecemos a origem, tampouco reconhecemos a autenticidade dos documentos que vão acostados ao texto. Esclarecemos que em momento algum, nem antes, nem depois da matéria, fomos contatados pela referida jornalista para nos manifestarmos sobre fidedignidade dos fatos relatados. Por fim, o Senador Delcídio Amaral reitera o seu respeito e o seu comprometimento com o Senado da República.

SENADOR DELCÍDIO AMARAL

ANTONIO AUGUSTO FIGUEIREDO BASTO

 

Seu voto: Nenhum (1 voto)
imagem de Mauricio Salles
Mauricio Salles

Caraca

Mas não é que o Zé Cardoso está falando! Tá falando mais do que quando era um republicanissimo ministro da Justiça. Será que era voto de silêncio?

Seu voto: Nenhum (7 votos)
imagem de Estrela Vermelha
Estrela Vermelha

será que descobrimos quem é o

será que descobrimos quem é o VAZADOR??

Seu voto: Nenhum (5 votos)

Essas delações premiadas

Essas delações premiadas estão virando "esculhambação premiada", de tão vulgar que passaram a ser.

A negatória do senador foi menos firme que o desejável. A dubiedade foi proposital. Somente afirmar que desconhece o teor e não foi consultado é muito pouco. Deveria gritar com todos os pulmões: NEGO! JAMAIS FIZ DELAÇÕES PREMIADAS. ISSO É UMA MENTIRA DESLAVADA!

Mesmo assim, ainda resta uma tênue possibilidade da ISTO É ter dado uma barrigada. Uma barrigada, frise-se, que faz a festa da imprensa engajada e mentirosa. 

A Cristiane Lobo, mais realista que o Rei, afirma que mesmo que o Delcídio negue, tem que ser investigada a "denúncia". Que a Dilma está acuada e o Lula com o c...na mão. Para esse final de semana, vê-se, há carniça em profusão para satisfazer hienas e chacais. 

Seu voto: Nenhum (2 votos)

Sobre delações, fofocas, mentirosos e anônimos

Em primeiro lugar, não defendo delatores e não acredito (pelo menos não imediatamente)  em delações premiadas ou não, vindas de quem for, mas sobretudo de pessoas que supostamente estão envolvidas em crimes, em falcatruas. Faço coro a todos aqui que denunciam, criticam e contestam tais delações, ainda que elas tenham sido feitas no âmbito da justiça.

Dito isso, vejo uma enorme contradição naqueles que pensam como eu, mas aceitam de imediato -  como verdade ou fato consumado -  uma fofoca, uma intriga, um simples fuxico, disseminado na internet sem o menor compromisso legal, sem um mísero indício real que seja. Até agora, pelo menos, não passa disso: uma fofoca. Pior, vinda de um "anônimo". 

Se fosse para escolher entre a palavra de um bandido e a de um anônimo, eu acho que ficaria com a do bandido. Pois no que diz respeito ao anônimo, junta-se à falta de caráter a falta de coragem. 

Por fim, lembrem-se que a manjada desculpinha de "interesse público" é usada constantemente pelo famigerado PIG e seus discípulos para atacar reputações alheias. Sem o menor compormisso ou responsabilidade.

Seu voto: Nenhum (7 votos)

♦ Xô golpistas ♦

Também acho pra lá de

Também acho pra lá de estranha essa boataria sobre a mulher de Cardozo ter escrito a matéria da Istoé.

Isso deve ser algo fácil de se apurar, sem ser através de um "anônimo"...

Seu voto: Nenhum (7 votos)
imagem de sergior
sergior

Cardoso é sucessor de

Cardoso é sucessor de Toffolli na AGU, que sucedeu Gilmar. 

Seu voto: Nenhum (2 votos)

Cardoso sucessor de Toffoli?

Cara, você só não errou mais porque foi uma frase só...

Gilmar Mendes foi sucedido por José Bonifácio de Andrada, que foi sucedido por Álvarao Augusto Costa, e só aí veio o Toffoli.

Toffoli foi sucedido pelo Luíz Inácio Adams, e aí veio o Cardozo...

Seu voto: Nenhum (3 votos)

Primeiramente: FORA TEMER!

E pra encerrar: FORA TEMER!

imagem de sergior
sergior

Talvez precise de desenhar...

Talvez precise de desenhar...

Seu voto: Nenhum (2 votos)
imagem de PauloBR
PauloBR

Perguntas sérias

Se ficar demonstrado que a "delação" publicada é falsa, a repórter e a revista poderão alegar a tal defesa do sigilo da fonte? Ora, a fonte terá sido mentirosa. Os efeitos da mentira se fizeram sentir na brutal oscilação das ações em bolsa de valores. E o Senador Dulcídio, por quê somente desmentiu a notícia após o fechamento do pregão da Bovespa?

Comentário incidental: tudo que Felipão queria logo depois do 7 X 1 o Cunha (e quem o mantém) conseguiu no dia em que o STF decidiu por 10 X 0...

 

Seu voto: Nenhum (4 votos)

O Ze Cardozo não tem que

O Ze Cardozo não tem que ficar indignado com o Delcidio.

Afinal, ele desmentiu peremptoriamente a materia da IstoÉ.

Cardozo, o ministro, assim como o homonimo Presidente

dormiam com o inimigo e agora ficam fazendo cara de paisagem..

Não vou dizer que aí tem.

Mas digo que aí tem que ter.

É uma zona, uma esculhambação total.

Seu voto: Nenhum (4 votos)
imagem de Ivan de Union
Ivan de Union

DUAS reportagens em um dia,

DUAS reportagens em um dia, Walter.

Cardoso esta com a media, fazendo o jogo da media, e em geral fudendo tudo em que encosta.

Nao foi isso que ele fez no MJ?

Seu voto: Nenhum (6 votos)
imagem de Neideg
Neideg

Esse é o tipo de jogador que

Esse é o tipo de jogador que só faz gol contra. Parece até de propósito.

Seu voto: Nenhum (7 votos)
imagem de Ivan de Union
Ivan de Union

Ok, uma ate passa mas DUAS

Ok, uma ate passa mas DUAS ENTREVISTAS com a Branca de Neve por dia?!?!  Ninguem esta vendo o quao absolutamente burro ele eh?

Ninguem esta vendo que ele esta tocando Delcidio pra cima do PT?  Ninguem esta vendo que ele comentou uma REPORTAGEM FALSA pra ir com o jogo da media?

Seu voto: Nenhum (5 votos)

O mais engraçado é que o

O mais engraçado é que o Delcídio foi diretor da Petrobrás no governo do Fhc e Cerveró e outro que não lembro o nome, são crias dele. E a delação, segundo a pigoé, seria contra o governo atual. Os trolls são doentes mentais,

Seu voto: Nenhum (12 votos)
imagem de Severino Januário
Severino Januário

Se é verdade o que dizem, que

Se é verdade o que dizem, que Delcídio foi solto para fazer número na votação a favor da entrega do présal, então a dedução é que quem está por cima da carne seca e completamente sintonizado com a cúpula golpista é o presidente do Senado, Renan Calheiros. Ele amaciou o terreno para que Delcídio voltasse ao Senado da maneira mais natural possível. Só faltou uma festinha de boas vindas.

Seu voto: Nenhum (3 votos)

Factóide altamente perecível

Do Stanley Burburinho (https://goo.gl/nkZVJ):

Quem matou a charada sobre Delcídio ter ou não aderido a "delação premiada" foi o senador Temário Mota (PDT-RR), relator do processo de cassação do ex-líder do governo no Senado. Mota afirmou que a "delação premiada" de Delcídio, se concretizada, acelerararia a cassação do mandato dele. "Se fez delação premiada é réu confesso e réu confesso é com a Justiça. Se o cara é réu confesso, depõe contra si mesmo". Por que Delcídio aceleraria a perda do previlégio de ser julgado pelo STF em vez de ser julgado por Sergio Moro? Esse factoide é altamente perecível.

Como isso, tiraram o foco do Cunha, e com a mentira da delação do Delcídio, acusaram Lula e Dilma e ainda ganharam grana na Bolsa.

Seu voto: Nenhum (3 votos)

Armação

O DCM está dizendo a jornalista responsável pela matéria é amante do José Cardozo.

Seu voto: Nenhum (13 votos)

Ouso pensar porque ouso pensar que ouso pensar.

 

Amante não

Segundo o texto (que reproduz algo que um anônimo disse...), ela é namorada, ou se quiser mulher, vive junto com ele. O site insinua que a jornalista teve acesso ao material pelo Cardozo.

Se for isso mesmo, jogada de mestre do Cardozo: anula o Delcídio e suas chantagens e ameaças, rompe de vez com ele e vai pro pau. De quebra, força o Delcídio a recuar, pois se ele insistir na delação fornece munição pra cassação dele e vai perder o foro privilegiado, caindo na mão do Moro...

Seu voto: Nenhum (11 votos)

Primeiramente: FORA TEMER!

E pra encerrar: FORA TEMER!

Muito rocambolesco esse

Muito rocambolesco esse enredo, mas não me espantaria se fosse verdade!

Seu voto: Nenhum (3 votos)
imagem de PauloBR
PauloBR

Poema triste

A Lava-Jato é tão confusa,

Mas sabe bem qual verbo usa:

É petista?

- Prende!

É tucano?

- Não vem ao caso, compreende?

Barco do Lula, de lata?

- Delata!

Denúncia sobre Aécio, o asceta?

- Deleta!

Seu voto: Nenhum (13 votos)

O que se fala em Brasília

O que se fala em Brasília sobre os bastidores da delação de Delcídio. Por Anônimo Delcídio

Polêmica em torno do novo delator: Delcídio

O mais novo escândalo sexual de Brasília envolve a diretora da IstoÉ em Brasília, Débora Bergamasco, que abandonou o marido, o jornalista Marcelo Moraes, diretor do Estadão, também em Brasília, para ir viver com José Eduardo Cardozo, então ministro da Justiça.

Débora, antes de ser da IstoÉ, passou uma temporada chefiando a assessoria de imprensa do Ministério da Justiça, ironicamente indicada pelo marido, que foi obrigado a tirá-la do Estadão por conta de sua ação errática como repórter.

 Débora Bergamasco

A autora da matéria: Débora Bergamasco

Na IstoÉ, Débora foi autora de uma entrevista com Cardozo, de quem já era namorada, chamada “A resposta de Cardozo”, feita para isentá-lo das responsabilidades em relação à atuação da PF.

Hoje, Débora Bergamasco publica com exclusividade a delação premiada de Delcídio Amaral, que provavelmente ela já tinha em mãos, graças a sua ligação com Cardozo.

É uma matéria que, apesar de não ter uma única prova que não sejam as falas de, levanta denúncias graves contra Lula e Dilma, e a autora é atual mulher do atual Advogado Geral da União.

http://www.diariodocentrodomundo.com.br/o-que-se-fala-em-brasilia-sobre-...

Seu voto: Nenhum (3 votos)

 "Se eu tiver que escolher entre um amigo e um oprimido, eu fico com o oprimido. Eu tenho lado e não escondo! Não sou daqueles que ficam em cima do muro para agradar lad

imagem de Cláudio José
Cláudio José

Xiiii Isso tá parecendo uma

Xiiii Isso tá parecendo uma novela mexicana! 

Seu voto: Nenhum (3 votos)
imagem de Ivan de Union
Ivan de Union

Novela mexicana eh so

Novela mexicana eh so dramalhao mesmo, CJ.  Esse item em bem sordido, no entanto.

E -pelo menos por enquanto- simplesmente nao bate.

Seu voto: Nenhum (2 votos)

Comentar

O conteúdo deste campo é privado e não será exibido ao público.