Revista GGN

Assine

Cármen Lúcia tem força para peitar Gilmar Mendes? Por Gabriel Alvarenga

Foto: EBC

Jornal GGN - Gilmar Mendes, constantemente acusado de colocar a moral do Supremo Tribunal Federal em xeque, tem mais força dentro da Corte do que imagina-se. É o que aponta Gabriel Alvarenga em artigo no portal Os Divergentes, que levanta dúvidas sobre a possibilidade de Cármen Lúcia peitar o colega.
 
Uma prova de fogo seria derrubar o habeas corpur que Gilmar concedeu ao empresário Jacob Barata Filho, um magnata dos transportes acusado de corrupção no Rio de Janeiro.
 
"Se [Cármen Lúcia] decidisse impedir o ministro monocraticamente, caso fosse provocada novamente, a presidente do Supremo poderia enfrentar resistências dentro da Corte por tomar sozinha uma decisão de tamanha importância. Se levar ao plenário, poderia perder e ver seu poder esvaziado, além de colocar o Tribunal numa situação difícil, usando um eufemismo, perante a sociedade", aponta o artigo.
 
Por João Gabriel Alvarenga 
 
Em Os Divergentes
 
 
Nem crise penitenciária, nem escândalo dos super salários, nem operação Lava Jato. O maior desafio da ministra Cármen Lúcia hoje à frente do Poder Judiciário se chama Gilmar Mendes. Primeiro por se tratar de um colega, segundo pelo grau de influência e poder que o ministro tem hoje em Brasília.
 
Muitos se perguntam se Gilmar é intocável. Suas decisões são constantemente criticadas por juristas, suas declarações públicas frequentemente esbarram em artigos da Lei Orgânica da Magistratura e sua conduta, não raramente, é alvo de questionamentos, seja por encontros com políticos fora da agenda, seja por relações pouco-recomendadas com parlamentares sob investigação.
 
O quadro é grave e já de algum tempo alguns movimentos sociais, associações de classe (Ajufe e ANPR) e partidos vêm cobrando uma postura do Supremo Tribunal Federal ao que eles consideram atitudes perigosas e seguidas que desmoralizam a Corte. A primeira provocação oficial veio do Procurador-Geral, Rodrigo Janot, que pediu ao STF o impedimento de Gilmar nos casos envolvendo Eike Batista. Mas Cármen Lúcia está com o pedido na gaveta desde 26 de maio sem decisão.
 
A presidente do STF será que concorda com as atitudes do colega ou sabe que se entrasse num embate com Gilmar perderia e o fortaleceria? Há um meio termo? São perguntas sem resposta hoje, mas os fatos estão a favor do ministro.
 
Presidente do Tribunal Superior Eleitoral, presidente da segunda turma do STF, amigo do presidente da República, muito bem relacionado no Senado Federal (órgão que julga ministros do STF) e apoiado por colegas dentro do Supremo (vide declaração do ministro-decano Celso de Mello no caso Satiagraha), Gilmar hoje é uma das pessoas mais poderosas e influentes do Brasil.
 
Cármen Lúcia, ainda que presidente do STF e CNJ e maior autoridade do poder Judiciário brasileiro, encontraria enormes dificuldades em disciplinar o ministro.
 
Se decidisse impedir o ministro monocraticamente, caso fosse provocada novamente, a presidente do Supremo poderia enfrentar resistências dentro da Corte por tomar sozinha uma decisão de tamanha importância. Se levar ao plenário, poderia perder e ver seu poder esvaziado, além de colocar o Tribunal numa situação difícil, usando um eufemismo, perante a sociedade.
 
O segundo pedido de impedimento (caso Barata Filho) deve chegar nas mãos de Cármen nos próximos dias. A sociedade já mostrou que não aceita interpretações literais de artigos da lei para justificar o corporativismo e, ao mesmo tempo, violar princípios constitucionais que garantem a credibilidade das instituições. Falta coragem, falta vontade ou sobra perspicácia? Cármen Lúcia vai enfrentar Gilmar?
 
Média: 4.2 (11 votos)
28 comentários

Comentários

Espaço Colaborativo de Comentários

Opções de exibição de comentários

Escolha o modo de exibição que você preferir e clique em "Salvar configurações".
imagem de Júnior 5 Estrelasl
Júnior 5 Estrelasl

Pela Santa Madrugada,nunca vi

Pela Santa Madrugada,nunca vi tanta mala ocupar um espaço tão diminuto.Haja prolixidade,falta de objetividade dos assuntos tipos besterol em seu estado mais puro,uma mistura de alhos com bugalhos,confundiram Ze Carroceiro com Zeca Roceiro,promovem uma verdadeira carnificina com nossos neurônios.Os textos do Dr.Clever me remete aos Procuradores amolecados da Lava Jato tomando depoimentos de delatores mil.A forma pueril,rasa e ingênua que AA trata das questões de além mares,afeta sobremaneira a memória de Newton Carlos.J.B.Costa,um sócia em todos sentidos de Théo Vilela Filho,um poço artesiano que tem uma vazão de 10 litros de agua por hora,completa a trinca.Da.Vera Lucia Venturini,com a experiência de quem trabalhou 12 anos em uma Biblioteca,tentou dá uma mãozinha,mas entornou mais ainda o caldo.Só vejo uma solução que acomodasse a todos.Sabemos nós que a Reforma Política está uma confusão dos pecados.Com uma carta de apresentação do Moreno de Poços,seriam todos encaminhados a Carlos Marun onde passariam a exercerem a função de assessores e ajudariam o Governo a desatar esse nó.Ia me esquecendo.E nósoutros,pobres mortais, teríamos um pouco de paz.

Seu voto: Nenhum
imagem de Jus Ad Rem
Jus Ad Rem

*

Muitas vezes as mulheres surpreendem. 

O que Gilmar poderia efetivamente fazer contra Carmen Lúcia caso ela resolva peitá-lo?

Isso é mais um elogio às mulheres do que propriamente à Carmem Lúcia. 

Desde que ela disse que deveria ser chamada de presidente e não presidenta, porque presidente "é a maneira correta", não dá pra confiar muito no taco dela.

 

Seu voto: Nenhum (1 voto)

Ficar discutindo situações e

Ficar discutindo situações e posturas de membros do judiciário é besteira.
Essa turma não se enquadram, vivem em outro mundo bem "superior" ao nosso.

Digo e repito. Enquanto alguém não meter uma bala na cabeça de um juiz desses, eles continuaram vivendo num mundo paralelo.

Não estão nem ai para as merdas e chincanas que fazem.

Cagam e andam para as arbitrariedades que cometem.

Um ainda é debochado e tripudia do contribuintes brasileiros, dizendo que quando receber 1,5 milh que lhe é devido
vai mostra holerith. Para ninguém se preocupar em investigar

Essa casta só vai parar quando um se ferrar .

O resto depois cai no mundo real e se enquadra .

Seu voto: Nenhum (1 voto)

Estou de saco cheio por tudo que vem acontecendo no país, e nós democratas, não fazemos nada.

Eu inclusive. Parece que estamos todos anestesiados, que fomos dopados. Mas essa lombra vai passar e vamos acordar.

Eu creio !!!

gAS

Mais uma vez discordo

Nada de meter uma bala na cabeça

 

Tem que degolar.

Seu voto: Nenhum (1 voto)

E quem disse que a Carmén

E quem disse que a Carmén quer peitar Gilmar? A diferença dos dois é que Gilmar não é hipócrita. 

Seu voto: Nenhum (5 votos)

Vera Lucia Venturini

imagem de PauloBR
PauloBR

Google translator (trechos selecionados)

"Quando certa manhã uma baratinha acordou de sonhos intranquilos, encontrou-se no STF metamorfoseada num ministro tucano do STF. Estava deitada sobre suas costas duras como couraça e, quando levantou um pouco a cabeça, viu seu ventre avantajado, marrom como a imprensa, dividido em segmentos arqueados como a Câmara, sobre o qual a coberta, prestes a deslizar de vez, apenas se mantinha com dificuldade (como Temer). Suas muitas pernas, lamentavelmente finas em comparação com o volume do resto de seu corpo, vibravam desamparadas ante seus olhos."

(...)

"A ministra limitou-se a encolher os ombros, mostrando a sensação de desespero que a dominava, em flagrante contraste com a segurança de antes (quando ganhara o Prêmio Innovare).

- Se ele nos notasse... - continuou o restante do STF, como se fizesse uma pergunta.

Cármen, que continuava a soluçar, agitou veementemente a mão, dando a entender como era impensável (tanto quanto algum deles ser imparcial).

- Se ele nos notasse... - repetiu o restante do STF, fechando (como de hábito) os olhos, para avaliar a convicção da Carmenzinha de que não havia qualquer possibilidade de entendimento - talvez pudéssemos chegar a um acordo com ele. Mas assim..."

 

Seu voto: Nenhum
imagem de Marcone
Marcone

Creio que o Gilmar é o

Creio que o Gilmar é o porta-voz do STF, lembrem-se que no diálogo do Jucá com o empresario eles iriam estancar essa sangria com STF e tudo. Acho que os outros ministros são apenas mais discretos... estão todos com ele...

Seu voto: Nenhum (3 votos)
imagem de JoaoMineirim
JoaoMineirim

Só não tem peito, pois ela é

Só não tem peito, pois ela é Presidente "estudada".

Seu voto: Nenhum
imagem de Ivan de Union
Ivan de Union

Por causa de UM HC???

""Se [Cármen Lúcia] decidisse impedir o ministro monocraticamente, caso fosse provocada novamente, a presidente do Supremo poderia enfrentar resistências dentro da Corte por tomar sozinha uma decisão de tamanha importância. Se levar ao plenário, poderia perder e ver seu poder esvaziado, além de colocar o Tribunal numa situação difícil, usando um eufemismo, perante a sociedade", aponta o artigo":

!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!

O supremo brasileiro eh mais fraco e incompetente ainda do que ate eu imaginava!

Seu voto: Nenhum (1 voto)

Receio ou porque compactua?

Não sei se é uma questão de força apenas. Muitos ministros se sujeitam ao jogo truculento de Gilmar Paraguaçu porque eles devem ter esqueletos no armario. Ouvir as pérolas de Luis Roberto Barroso sobre moral, ética e bons costumes e saber que ele e a mulher tem coisas por ai mal explicadas... Acho que dali, o unico que Gilmar não abria o bico era para a cara amarrada do ministro Teori Zavasck. Sem o Teori, o resto, é aluno da escolinha do professor Gilmar. Ah, sim, tem o Marco Aurélio Mello, mas parece que MAM entrou para a turma do "cansei". Ou isso ou o telhado deve ser fragil também...

Seu voto: Nenhum (3 votos)
imagem de Rossi
Rossi

Gilmar, quem arrosta?

Pelo que sei, Mª Luiza, o MAM é professor no IDP do Gilmar, portanto.............

Seu voto: Nenhum

O principal conflito durante

O principal conflito durante toda era colonial e imperial foi "donos do Estado" x "índios, negros, mestiços e brancos pobres rebelados".

A proclamação da república transformou este conflito em "donos do Estado" x " anarquistas, socialistas, comunistas, sindicalistas, trabalhadores em greve e, mais recentemente, petistas".

Carmem Lúcia e Gilmar Mendes tem mais coisas em comum do que diferenças.

Ambos escolheram e sempre escolherão o lado dos "donos do Estado", especialmente quando tiverem que apreciar questões que dizem respeito aos inimigos deles.

Quem quiser esperar um conflito sério entre eles deverá deitar na rede, pois se ficar sentado ganhará calos na bunda.  

Seu voto: Nenhum (2 votos)

Winston Churchill tinha

Winston Churchill tinha varios arquinimigos, nenhum maior que Josef Stalin. Mas Chrchill praticava nos seus píncaros a REALPOLITIK, jogava com a crua realidade do campo de batalha. O grando risco para a Inglaterra era Hitler. Quando este invadiu a União Sovietica em 22 de julho de 1941 Churchill imediatamente se aliou a seu arquinimigo de vespera porque esse era o jogo do campo de batalha naquele momento, não mais interessava as quizilias antigas, foram sepultadas, Churchill não só se aliou mas visitou e brindou com Stalin em meio à guerra, foi tres vezes a Moscou em viagem perigosa em meio à guerra.

O PT foi e está sendo atacado como nunca foi antes, seu inimigo d hoje, a Lava Jato,  pode LIQUIDAR o partido, fecha-lo,

extinguir o PT. A maior força contraria a Lava Jato chama-se Gilmar Mendes. Pois inves de se alinhar com essa força, o PT não consegue ver o campo de batalha e fica contra o Ministro Gilmar por razões ideologicas, , o PT não consegue sequer saber quem é seu maior inimigo atual, vive do passado e para o passado, hostiliza o in imigo do passado enquanto o inimigo do presente devora suas bases de agora. Mas para a esquerdolandia vale a vinagnça contra o antigo inimigo e não a luta contra o inimigo de hoje, o PT é o anti-Churchill, Churchill cultivava a Historia, o PT cultiva a vingança, coisa miuda.

 

 

Seu voto: Nenhum (2 votos)
imagem de Clever Mendes de Oliveira
Clever Mendes de Oliveira

Os asseclas de um partido não respondem pelo partido

 

Andre Araujo (terça-feira, 22/08/2017 às 13:55),

Primeiro não sei de onde você retirou esse comentário. Isto é, não sei se você tinha essas ideias para serem colocadas por extenso e este post “Cármen Lúcia tem força para peitar Gilmar Mendes? Por Gabriel Alvarenga” de terça-feira, 22/08/2017 às 13:05, aqui no blog de Luis Nassif e com texto de Gabriel Alvarenga lá no site Os Divergentes pareceu-lhe oportuno. Ou se foi diante de alguns comentários ou se foi diante do próprio texto de Gabriel Alvarenga, que surgiu o motivo que o levou a censurar o PT por combater o Gilmar Mendes.

Bom, se foi só por oportunidade, eu considero que você acertou. Aqui é um bom lugar para dizer que não faz sentido o PT criticar o Gilmar Mendes. Se foi pelas críticas dos comentaristas a Gilmar Mendes, eu não vejo razão para atacar o PT a partir das opiniões dos comentaristas. Um comentarista pode fazer um comentário mais ou menos técnico, mais ou menos bem fundamentado, mas evidentemente ele não sofre as condicionantes que sofre um partido político. Então com ou sem razão ele pode criticar o Gilmar Mendes e mesmo sendo petista não vejo razão para ele não fazer a crítica a Gilmar Mendes apenas sob o argumento de que Gilmar Mendes é o único crítico da Lava Jato e a Lava Jato é basicamente contra o PT.

E se o motivo para o seu comentário crítico à crítica petista ao Gilmar Mendes apareceu a partir do texto de Gabriel Alvarenga parece-me ainda menos justificável atacar o PT. Primeiro que não me parece que o Gabriel Alvarenga seja petista. Ele me parece mais um mexeriqueiro interessado em criar atrito entre a Carmen Lúcia e o Gilmar Mendes.

Aliás, esse site Os Divergentes não é muito confiável como fonte de informação e nem de análise política. Há pouco chamou-me atenção um link para o seguinte post lá no site Os Divergentes: “Lula e Meirelles, versão alucinada para uma chapa impossível” de autoria de José Antônio Severo, publicado sexta-feira, 18/08/2017 às 17:30, e que pode ser visto no seguinte endereço:

https://osdivergentes.com.br/outras-palavras/lula-e-meireles-versao-alucinada-para-uma-chapa-impossivel/

Depois de se fazer de historiador para relatar os acordos que embora parecessem impossíveis foram realizados no Brasil, ele termina o texto dele com os três seguintes parágrafos:

“Não será surpresa compor um governo sem surpresas em 2019, com uma dupla provada na prática, Lula e Meirelles, pensam muitos sócios da Amcham. O ministro terá até abril do ano que vem para fazer o “serviço” e arrumar as contas públicas e o mais que possa para pavimentar a trajetória do futuro governo.

Lula tinha mandado Meirelles para salvar Dilma. Ela não quis. Então nesta segunda metade do mesmo governo da dupla vencedora em 2014, coube ao banqueiro goiano a missão que poderia ter feito antes do impeachment da titular.

O Brasil continua o mesmo? O repórter deve reportar o que se ouve de fontes críveis.”

Não há nada de errado no primeiro dos três parágrafos e no último também. O segundo, entretanto, só pode ser feito com o intuito de enganar o leitor desatento ou teria que ser fruto de muita ignorância. Como o José Antônio Severo escreveu parece que se a ex-presidenta às custas do golpe Dilma Rousseff tivesse acolhido o conselho de Lula e indicado o Henrique Meirelles, ele teria salvo o mandato dela. É preciso ser um ignorante da realidade política que levou ao impeachment da ex-presidenta às custas do golpe Dilma Rousseff para fazer uma afirmação assim de boa-fé.

E no mais, para qualquer comentarista, interessado em empresar opinião, mas com um mínimo de fundamentação, avalio que Gilmar Mendes deve ser analisado pelos atos dele e não pelo benefício que se posicionar em defesa dele pode trazer para o partido a ou b.

Não sei qual foi a posição de Gilmar Mendes no julgamento de Jackson Lago, um dos grandes crimes que o Supremo e, antes, o STE teriam cometido. A defesa dele da absolvição do presidente antes provisório agora definitivo às custas do golpe Michel Temer no STE, em meu entendimento, o absolve de muitos outros erros já cometidos.

Ainda mais que ali ele teve que ir contra a sanha de juizinhos que devem considerar o processo eleitoral uma piada. Acham que é uma piada porque seria um processo aleatório que escolhe pessoas sem nenhuma capacidade e não pessoa com o cabedal de conhecimentos que eles têm. Quer dizer se não fosse Gilmar Mendes, o instante mais importante do processo democrático que é uma eleição, com todo o gasto monstruoso que o processo requer e com toda a segurança que ele oferece poderia ser derrubado por um concurseiro.

É claro que conhecendo os asseclas, prosélitos e eleitorado de um partido sabemos como é o partido. E também conhecendo o partido conhecemos os seus seguidores. Não podemos, entretanto, estabelecer para o partido a mesma linha de conduta do seu eleitorado. E pelo menos até aqui, eu não vi um posicionamento do PT contra Gilmar Mendes, salvo naquele episódio das vésperas do julgamento da Ação Penal 470. O partido e seus seguidores são instâncias diferentes.

Clever Mendes de Oliveira

BH, 22/08/2017

Seu voto: Nenhum

Você só esta esquecendo que o

Você só esta esquecendo que o Gilmar é um juiz tão incoerente e sem caráter que vai defender o fim da lava jato para os tucanos e camarilha de ladrões que esta no governo. Para o PT, com certeza,  vai dar um jeito de dar  continuidade a perseguição. No Judiciário do Brasil hoje cabe tudo, não há mais leis ou limites. Lembra do grampo sem áudio? E do Lula ter pedido pra parar o mensalão? E porque um juiz do STF se reúne com o Temer da mala de dinheiro  para acertar  o parlamentarismo?

Stalin era um estadista, gostem dele ou não. Não posso externar o que é Gilmar Mendes senão o Nassif é que é processado. Até para Stalin a comparação com Gilmar Mendes é desonrosa.

Seu voto: Nenhum (4 votos)

Vera Lucia Venturini

Não  trata aqui do  jogo de

Não  trata aqui do  jogo de Stalin e sim do de Churchill por que  foi ele, Churchill quem se dirigiu a Stalin na noite do 22 de julho oferecendo aliança. Stalin esteve prostado por 9 dias, sem sair dos aposentos no Kremlin, pelo choque da invasão alemã

que ele não esperava, isso tudo é historico e relatado por todas as mais de 400 biografias de Stalin.

Tanto Stalin como Churchill eram adeptos do vale-tudo, nenhum era santo ou bom carater, eram jogadores da politica mas nesse caso quem tomou a iniciativa foi Churchill.

Gilmar nunca morreu de amores pelo PT mas no jogo atual ele ajuda o PT, é circunstancial mas toda politica é sempre de circunstancias e não de valores.

Quando houve criticas a Churchill sobre seu abraço a Stalin ele retrucou: "Se necessario for me alio com o Diabo em pessoa".

Seu voto: Nenhum

Final da guerra e stalin.

Realidade da europa pós guerra:

Todos os paises da europa haviam perdido a guerra, todos tinham sido invadidos e tiveram suas filhas em risco de  violência sexual, todos renderam ao invasor e e vários casos tinha se aliado ao invasor e lutado junto a eles. Com excessão da inglaterra que o hitler não achou conveniente invadir e preferiu humilhar com os foguetes V2 enquanto churchil bebia galões diários de uisquei e fazia planos de como transferir a corte para o oeste do canadá. Os eua brigavam com o japão pelo domínio do pacífico e só foi à europa depois que o alemanha recuava e apanhava muito da russia.

Só houve um ganhador, a russia comandada por stalin. Imagine a admiração do europeu comum com aquele país pobre e lutando contra tudo e todos e era o grande e único vencedor. Imagine a adimiração pelo comandante stalin.

Daí o plano marshal de recuperação economica da europa para que ela não se rendesse ao comunismo.

AA, lsto é realidade nua e crua. Tony Judt  bem conta, nem precisava, esta história.

Seu voto: Nenhum

Quem não desconfia de si próprio não merece a confiança dos outros (ditado árabe).

Você esta elevando um

Você esta elevando um escroque a categoria de estadista. Não cabe a comparação, André. Churchill e Stalin tinham os seus paises em primeiro plano. Qual é o respeito que Gilmar tem pelo nosso país?

Seu voto: Nenhum (2 votos)

Vera Lucia Venturini

Minha cara, não cabe na

Minha cara, não cabe na Historia analise subjetiva e sim analise historica. A maioria dos personagens da Revolução Francesa

não tinha nenhum carater mas cabe analisar o papel de cada um em determinadas circusntancias da Historia, um escroque pode ser um estadista no sentido de beneficio ao Pais, cito Talleyrand como exemplo de escroque com um grande papel historico e um bem intencionado por der um desastre para  seu  Pais, cito Chamberlain e Jimmy Carter, um bom homem

e um pessimo Presidente, Clinton tem um carater discutivel e foi um excelente Presidente.

Não é o carater do personagem que define seu papel historico e sim o resultado de suas ações no contexto da Historia.

Seu voto: Nenhum (1 voto)
imagem de Murio Cico
Murio Cico

Quanta tolice, nem parece que

Quanta tolice, nem parece que o autor do comentário tem mais de 20 anos.

Stalin e Churchill se uniram porque tinham objetivos em comum, acabar com Hitler. Gilmar não tem interesse nenhum em se aliar ao PT, até a velhinha de Taubaté sabe que o PT é o boi de piranha que Gilmar usa pra salvar os seus na lava jato.

Seu voto: Nenhum (3 votos)

Nada a ver. No momento em que

Nada a ver. No momento em que Gilmar enfrenta o poder dos procuradores ajuda o PT, queira ele ou não.

Lula enxerga muito bem isso, ele é praticante da realpolitik e não vive no passado, como a maioria dos petistas.

Seu voto: Nenhum (3 votos)
imagem de Cris Kelvin
Cris Kelvin

Prove, Carmem Lúcia....

... a sua virilidade jurídica ou faça coro  com os passivos....

Seu voto: Nenhum

Não tem peito, nem barriga,

Não tem peito, nem barriga, nem canela para enfrentar Gilmar Mendes. Nem ela nem seu ninguém no Supremo. 

Sim, Gilmar Mendes, não de agora, é um dos homens mais poderosos da República. Seus colegas se borram de medo dele, a começar pelo decano; a imprensa corporativa é sua aliada e cúmplice; o estamento político(mesmo alguns da Esquerda) o tem como um fiel aliado, em especial os tucanos; e no mundo empresarial talvez seja uma unimidade em termos de aprovação. 

Gilmar Mendes foi um dos grandes maestros do golpe que derrubou o governo Dilma. 

Seu voto: Nenhum (6 votos)

Meu caro Costa, voce como

Meu caro Costa, voce como sempre enxerga longe, é um realista e um fino analista. Assino embaixo do que vc escreveu.

Seu voto: Nenhum (1 voto)
imagem de Rei
Rei

Gilmar Mendes é um "mal necessário" para a imprensa brasileira

Apenas "críticas sóbrias", em terceira pessoa, divergentes, irônicas... quando a situação pede um ataque frontal e agressivo. Gilmar Mendes é uma afronta e precisa ser afrontado diretamente. A nossa imprensa sabe muito bem como fazer isso... faz diariamente contra Dilma e Lula... mas no caso de Gilmar as críticas são sempre como um tapa de luva... um morde-assopra.

A mídia vê em Gilmar Mendes "um mal necessário"... mais cedo ou mais tarde, Gilmar Mendes é escalado para proteger a Globo/Abril/Band de algum processo ou algum aliado político do esquemão... sendo assim é até preferível que ele se comporte sempre dessa forma para encobrir suas ações futuras.

Algum repórter tem que fazer perguntas indigestas e constrangedoras para Gilmar Mendes... ao estilo CQC e Pânico...

Depois que o governo começou a inflar as verbas publicitárias se extinguiram os programas onde repórteres pressionavam e ridicularizavam políticos... É exatamente isso que está fazendo falta agora.

Não esperem que algum dos repórteres da Globo vá perguntar a Carmem Lucia: "A senhora não vai fazer nada diante de tanta falta de vergonha na cara?"... 

Talvez algum canal do youtube pudesse fazer esse trabalho uma vez que a imprensa brasileira é 100% patronal e financiada pelo governo.

Seu voto: Nenhum (1 voto)

Não deveria ser Cármen Lúcia

Não deveria ser Cármen Lúcia a enfrentar Gilmar Mendes, mas a Instituição Supremo Tribunal Federal. O órgão deveria dispor de instrumentos para enfrentar esse tipo de desafio. Até mesmo o CNJ poderia agir, mas o tempo presente é de instiuições fracas.

É como se a boiada estourasse e cada boi fosse para um lado, dono do seu "louco" instinto.

"...E lá se vão: não há mais contê-los ou alcançá-los. Acamam-se as caatingas, árvores dobradas, partidas, estalando em lascas e gravetos; desbordam de repente as baixadas num marulho de chifres; estrepitam, britando e esfarelando as pedras, torrentes de cascos pelos tombadores; rola surdamente pelos tabuleiros ruído soturno e longo de trovão longínquo…"

Seu voto: Nenhum (2 votos)
imagem de Somebody
Somebody

O artigo vê a questão pelo

O artigo vê a questão pelo lado errado. Não é Gilmar Mendes que é poderoso, é a constituição brasileira que é ridiculamente ineficaz e a aparente falta de agentes públicos que tenham a obrigação de fazer cumprir a lei e prender criminosos como Mr. Mendes quando estes cometem crimes disfarçados de "decisões judiciais".

Ficou óbvio para mim que vocês brasileiros não têm ninguém que seja obrigado a prender um juíz quando é este juíz que está cometendo crimes, e portanto quando um criminoso no Brasil assume o cargo de juíz ele pode fazer o que quiser.

Seu voto: Nenhum (4 votos)
imagem de sergioa
sergioa

Só rindo ... Carmen Lúcia

Só rindo ...

Carmen Lúcia enfrentar Gilmar Mendes.

Não tem competência, carisma ... foi mais uma sortuda por ter sido nomeado pelos incautos petistas que um dia ocuparam a cadeira de presidnete.

Só rindo igual aos idiotas

kkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkk

Seu voto: Nenhum (1 voto)

Resposta:

Não. Não tem força nem "peito".

Gilmar "nada de braçadas" no çupremo de phrango!

Seu voto: Nenhum (2 votos)

Comentar

O conteúdo deste campo é privado e não será exibido ao público.
CAPTCHA
Esta questão é para testar se você é um visitante humano e impedir submissões automatizadas por spam.