Revista GGN

Assine

Clube Militar responde ao Globo: “Equívoco, uma ova!"

Jornal GGN - O Clube Militar do Rio de Janeiro publicou texto em seu site oficial no qual rechaça o editorial do último sábado (31), do jornal O Globo, em que a publicação carioca admite que ter apoiado editorialmente o golpe militar de 1964 foi um erro. No que classifica como “mudança de posição drástica”, o artigo afirma que o impresso da família Marinho cedeu ao que chama de “pressão” do governo federal à “constante ameaça do 'controle social da mídia'”, ainda que tal proposta do PT não seja apoiada pelo ministro das Comunicações, Paulo Bernardo.

Entre outras acusações, o texto afirma que O Globo mentiu em dois momentos no editorial feito para o site Memória. A primeira, segundo o Clube Militar, foi que o apoio do jornal carioca aos militares não aconteceu apenas na época do golpe, mas “antes, durante e por muito tempo depois da deposição de Jango”. Outra mentira do jornal dos Marinho, ainda segundo o Clube Militar, é que que o apoio editorial – agora chamado de “equivocado” pelo jornal – não foi “da redação”, mas “posicionamento político firmemente defendido por seu proprietário, diretor e redator-chefe, Roberto Marinho, como comprovam as edições da época”.

O texto ainda desmente que o apoio de O Globo teria sido passageiro, mudado após engano. “Não foi, também, como fica insinuado, uma posição passageira revista depois de curto período de engano, pois dez anos depois da revolução, na edição de 31 de março de 1974, em editorial de primeira página, o jornal publica derramados elogios ao Movimento; e em 7 de abril de 1984, vinte anos passados, Roberto Marinho publicou editorial assinado, na primeira página, intitulado “Julgamento da Revolução”, cuja leitura não deixa dúvida sobre a adesão e firme participação do jornal nos acontecimentos de 1964 e nas décadas seguintes”.

Por fim, o Clube Militar chama de “mentira deslavada” o posicionamento do jornal carioca, o qual o classifica como “revisionismo, adesismo e covardia do último grande jornal carioca”.

Leia na íntegra o texto do Clube Militar do Rio de Janeiro:

NOSSA OPINIÃO – EQUIVOCO, UMA OVA!

Numa mudança de posição drástica, o jornal O Globo acaba de denunciar seu apoio histórico à Revolução de 1964. Alega, como justificativa para renegar sua posição de décadas, que se tratou de um “equívoco redacional”.

Dos grandes jornais existentes à época, o único sobrevivente carioca como mídia diária impressa é O Globo. Depositário de artigos que relatam a história da cidade, do país e do mundo por mais de oitenta anos, acaba de lançar um portal na Internet com todas as edições digitalizadas, o que facilita sobremaneira a pesquisa de sua visão da história.

Pouca gente tinha paciência e tempo para buscar nas coleções das bibliotecas, muitas vezes incompletas, os artigos do passado. Agora, porém, com a facilidade de poder pesquisar em casa ou no trabalho, por meio do portal eletrônico, muitos puderam ler o que foi publicado na década de 60 pelo jornalão, e por certo ficaram surpresos pelo apoio irrestrito e entusiasta que o mesmo prestou à derrubada do governo Goulart e aos governos dos militares. Nisso, aliás, era acompanhado pela grande maioria da população e dos órgãos de imprensa.

Pressionado pelo poder político e econômico do governo, sob a constante ameaça do “controle social da mídia” – no jargão politicamente correto que encobre as diversas tentativas petistas de censurar a imprensa – o periódico sucumbiu e renega, hoje, o que defendeu ardorosamente ontem.

Alega, assim, que sua posição naqueles dias difíceis foi resultado de um equívoco da redação, talvez desorientada pela rapidez dos acontecimentos e pela variedade de versões que corriam sobre a situação do país.

Dupla mentira: em primeiro lugar, o apoio ao Movimento de 64 ocorreu antes, durante e por muito tempo depois da deposição de Jango; em segundo lugar, não se trata de posição equivocada “da redação”, mas de posicionamento político firmemente defendido por seu proprietário, diretor e redator chefe, Roberto Marinho, como comprovam as edições da época; em segundo lugar, não foi, também, como fica insinuado, uma posição passageira revista depois de curto período de engano, pois dez anos depois da revolução, na edição de 31 de março de 1974, em editorial de primeira página, o jornal publica derramados elogios ao Movimento; e em 7 de abril de 1984, vinte anos passados, Roberto Marinho publicou editorial assinado, na primeira página, intitulado “Julgamento da Revolução”, cuja leitura não deixa dúvida sobre a adesão e firme participação do jornal nos acontecimentos de 1964 e nas décadas seguintes.

Declarar agora que se tratou de um “equívoco da redação” é mentira deslavada.

Equívoco, uma ova! Trata-se de revisionismo, adesismo e covardia do último grande jornal carioca.

Nossos pêsames aos leitores.

Veja o texto original aqui.

Sem votos
11 comentários

Comentários

Espaço Colaborativo de Comentários

Opções de exibição de comentários

Escolha o modo de exibição que você preferir e clique em "Salvar configurações".

“Equívoco, uma ova!"

Acertaram no prognóstico em relação a Globo e erraram nos motivos quando declararam que tudo não passa de “pressão” do governo federal à “constante ameaça do 'controle social da mídia'.

O descontrole são o Blogs sujos e seu contraponto a hegemonia midiática! O governo Dilma ainda sofre com o PIG!

Seu voto: Nenhum

"O que fazemos na vida, ecoa na ETERNIDADE!" (Máximus - Gladiador)

"Os dois mais importantes dias em sua vida são o dia em que você nasceu e o dia em que você descobrir o porquê... - M

imagem de Luiz de Souza-
Luiz de Souza-

O Globo X Clube Militar

Esta briguinha de compadres não dura nem um dia.

Seu voto: Nenhum (1 voto)
imagem de IZASOUZA
IZASOUZA

izasouzaig.com.br

qual é da milicada?

São todos traidores.

Hoje mesmo, a presidente "comunista" está lá enfrentando os gringos, defendendo o Brasil, contra a espionagem industrual, políticas e das forças armadas, da defesa nacional, e os babacas, que nunca tiveram coragem de enfrentar um guerilheiro sozinho frente a frente, vem falar merda?

Que se lasquem todos os velhinhos de pijama coverdes!

 

Seu voto: Nenhum

falando sobre a ditadura

a rede lodo abriu a fossa, e o clube dos milicos golpistas remexeu. resultado final, esse cheiro infindável de fezes no ar!!

Seu voto: Nenhum

"Se é para o bem de todos e felicidade geral da Nação, estou pronto! Digam ao povo que fico" MT

A vida é curta demais para se beber cerveja barata!!

A diferença entre o Brasil e a República Checa é que, a República Checa tem o gove

imagem de Eduardo Gonçalves
Eduardo Gonçalves

Pois é, mas os políticos não

Pois é, mas os políticos não justamente o antídoto contra "essa gente", que prefere uma ditadura (para poder saquear o país sem ser denunciado/contrariado).

Não dá para confundir o ódio aos maus políticos (que todos nós sentimos) com o ódio a todos os políticos (que é uma verdadeira insanidade e, por sinal, bastante propagada pela mídia). Ruim com eles, pior sem eles!

Acredito que usar a expressão genérica "os políticos", sem discriminar, é prestar um excelente serviço aos maus, e ajudar a desacreditar os bons.

Seu voto: Nenhum
imagem de Orlando Soares Varêda
Orlando Soares Varêda

PROBLEMAS NOS ESGOTOS

 

O socavão se põe de quatro e aplica vigoroso coice na bunda da rede globo, e, termina por desmascarar seu principal colaborador golpista.  Duas pragas que infernizam o País, desentendem-se. Há forte indício de fissuras na rede de esgoto, pressagiando derrame de matéria fecal na via pública.

A esta altura, bombeiros e encanadores atónitos cuidam apressados de remendar os buracos para estancar o chorume, e selar a fedentina que a todos eles envolve.

Orlando

Seu voto: Nenhum
imagem de paulo v - sou o próprio!
paulo v - sou o próprio!

clube militar responde ao globo

Ler a nota dos nossos estimados militares foi algo magnífico. Eia, sus, avante!

Seu voto: Nenhum

O resultado da Ditadura no Brasil

Depois de prender, torturar e assassinar nossos jovens, a Ditadura Militar entregou o país ao civís, após 21 anos de desastrada administração, endividado e com a economia em frangalhos. Muitos desmandos foram cometidos.

Seu voto: Nenhum
imagem de Henrique Men
Henrique Men

Sem falar sobre o sucateamento da educação,

Eles acabaram com o ensino Publico, para perpetuar o Ensino Particular e são Hoje tesponsaveis pelo grande diferença de Niveis Educacionais hoje enfretado pelos jovens pobres perantes os ricos nos vestibulares e sem contar os  concursos Publicos para escolas militares onde os seus filhos (deles) entram em Colegios Militares com vagas asseguradas e que tem um excelente nivel de ensino pago pelo povo, ao Jovem pobre resta o famigerado vestibulinho que ira concorrer com os jovens classe médias ricas, ou seja vai ficar de fora tambem. Nunca tera acesso ao um IME, AFA, ITA ou AMAN. Hipocritas de uma figa.

Seu voto: Nenhum
imagem de wendel
wendel

Clube Militar responde ao Globo: “Equívoco uma ova!"

Querer ser surpreendido pela nota do Club Militar, é pedir demais! Sobre o que é dito do Jornal O Globo, nada mais verdadeiro, e a declaração de "meia-culpa" que seus herdeiros ora publicam, uma pilhéria!!!!

Que apoiaram, foram cumplices, e se foram que assumam e não fiquem tentando manilpular a história!!!

Chega!!!!!! É  notória sua habilidade para denegrir, e assassinar reputações, além de  mentir e  manipular !

Querer se desculpar dizendo que "... outros também o fizeram...", é demais para o meu intelecto, e só posso declarar que, nunca me foi simpática, e agora menos ainda!!!!!!

Que a "Vênus Platinada", se recolha à sua insignificância, e arque com o seu passado!!!!!!!

Seu voto: Nenhum

A emenda saiu pior que o

A emenda saiu pior que o soneto...

Seu voto: Nenhum

Esse do clube militar é o

Esse do clube militar é o VERDADEIRO...o GLOBO acha que somos IDIOTAS.

Seu voto: Nenhum

Comentar

O conteúdo deste campo é privado e não será exibido ao público.
CAPTCHA
Esta questão é para testar se você é um visitante humano e impedir submissões automatizadas por spam.