Revista GGN

Assine

Doações a Genoíno já cobrem sua multa

Felizes com a colaboração de brasileiros de diversas partes do Brasil e do mundo, familiares e amigos do ex-presidente do PT, José Genoíno, anunciaram na sexta-feira, dia 17, que praticamente bateram a meta de arrecadação para pagamento da multa do petista com o Supremo Tribunal Federal (STF).

Em apenas oito dias, o site em apoio a Genoíno arrecadou R$660 mil dos R$667 mil necessários para o pagamento da multa do ex-deputado com a Justiça, após a condenação dele no caso do “Mensalão”.

A multa foi imposta a Genoíno pelo juiz da Vara de Execuções Penais do Distrito Federal, indicado pelo presidente do STF para executar as penas dos réus condenados no processo do chamado “mensalão”.

O prazo determinado pelo juiz para o pagamento da multa expiraria no dia 20 de janeiro e a família do ex-deputado não tinha recursos para bancar a despesa. A venda do único imóvel que eles têm no bairro do Butantã, Zona Oeste de São Paulo, chegou a ser cogitada para o pagamento da multa.

Entre as doações ao petista está um quadro do artista plástico Enio Squeff, nascido em Porto Alegre e radicado em São Paulo, que será leiloado para completar a “vaquinha” em favor dos familiares.

Histórico

Genoíno foi condenado a seis anos e onze meses de prisão em regime semiaberto no processo do “mensalão” pelos crimes de formação de quadrilha e corrupção ativa.

No site criado por amigos e familiares, uma mensagem lembra os 50 anos de militância política do ex-deputado, que foi preso e torturado pela ditadura militar e chegou a ser exilado político brasileiro após deflagração de operação da região do Araguaia. “Poucos têm uma história de vida tão comprometida com a justiça social e a liberdade”, diz a mensagem.

O texto também sugere que Genoíno foi vítima de um “linchamento midiático” e que fora condenado sem provas pelo STF.

“Condenado sem provas por um tribunal que se dobrou a um linchamento midiático, Genoíno está sendo alvo agora de uma perseguição rancorosa e odiosa. Apesar de seus gravíssimos problemas de saúde, continua a sofrer ameaças e constrangimentos intoleráveis da parte de algumas autoridades”, afirma.

Genoíno continua preso em regime domiciliar em Brasília, onde espera decisão do STF para uma possível transferência a São Paulo, onde pede para cumprir a pena imposta pelos ministros da Suprema Corte.

Média: 5 (10 votos)
103 comentários

Comentários

Espaço Colaborativo de Comentários

Opções de exibição de comentários

Escolha o modo de exibição que você preferir e clique em "Salvar configurações".
imagem de Mucio L
Mucio L

A filha de Genoíno surge

A filha de Genoíno surge dessa história como uma autêntica e carismática líder política da nova geração! Apoio totalmente o movimento que se alastra na internet para levar Miruna ao Congresso. Foi isso o que as bandas podres da mídia e judiciário conseguiram. Chupa que a manga é doce!

 

Seu voto: Nenhum (3 votos)
imagem de Serralheiro 70
Serralheiro 70

Miruna e contribuição.

Ao me engajar na convocação liderada por Miruna, eu declaro que para mim foi um ato de consciência . Acompanhei toda a história de Genoino, sua luta contra a ditadura e sua vida pública de 50 anos, ilibada, modesta e valorosa. Ser condenado nesta AP470 espectaculosa , através da pressão do PiG e construções mentais inverossímeis de JB, me colocaram como observador involuntário de talvez da maior injustiça cometida neste nosso Brasil. Miruna, vê-la tomar a luta de seu pai e ser vitoriosa aumenta minha confiança na sua geração que pode nos dar um pais melhor do que legado para vocês. Prossiga na sua luta!

Seu voto: Nenhum (4 votos)

$$$$$

Que esses escravocratas que comandam a mídia, judiciário, MPF e tudo mais se empanturrem de dinheiro. Obrigado Zé por tudo, nós é que lhes devemos, por favor me informem como proceder para doar que quero fazer minha transferência o quanto antes e será um prazer prá mim fazer isso, grato

Grato,

Seu voto: Nenhum (3 votos)

Grato, Spin F

imagem de contraditório
contraditório

Vamos agora doar para pagar a

Vamos agora doar para pagar a multa do Pizzo9lato?

Seu voto: Nenhum (5 votos)
imagem de iron
iron

E que tal outra pára o

E que tal outra pára o Dirceu?

Seu voto: Nenhum
imagem de André Sousa
André Sousa

.

Piolho, para de ser chado

Seu voto: Nenhum (1 voto)
imagem de iron
iron

E que tal outra pára o

E que tal outra pára o Dirceu?

Seu voto: Nenhum
imagem de André Sousa
André Sousa

Piolho, para de ser chato

Piolho, para de ser chato

Seu voto: Nenhum (1 voto)

Se ele quiser, estou

Se ele quiser, estou preparada. Sempre se tem algum para financiar a imposição da justiça.

Seu voto: Nenhum (8 votos)

Digo o mesmo...

Digo o mesmo...

Seu voto: Nenhum (7 votos)

Despertaram um Gigante

O Brasil acorda desde o interior, com depoimentos emocionados de pessoas humildes atendidas por médicos cubanos. O Brasil acorda nas periferias e na juventude, onde milhares de jovens recebem mais atenção do Governo, seja ouvindo as reivindicações, respeitando as manifestações pacíficas de cidadania, ou apoiando atividades culturais ligadas ao funk. O Brasil acorda nas ruas de São Paulo, com a ação civilizatória da prefeitura em relação aos moradores de rua. E agora, nada menos que a aguerrida militância do PT acorda e sai para o bom combate. Nada melhor que esta Primavera popular, começando simultaneamente com o Inverno tucano, que promete chegar abaixo de zero.

Seu voto: Nenhum (8 votos)

Mensagem da família Genoino

Seu voto: Nenhum (10 votos)
imagem de Maria Rita
Maria Rita

Nessas horas que lembro

Nessas horas que lembro emocionada da musiquinha: "Sem medo de ser, sem medo de ser, sem medo de ser feliz"

Seu voto: Nenhum (12 votos)

A musiquinha:

A musiquinha:

Seu voto: Nenhum (5 votos)

Que emocionate ! Tempos bons.

Que emocionate ! Tempos bons. Só faltou a inesquecível voz de Jessé. Obrigada pelos bons momentos.

Seu voto: Nenhum (6 votos)
imagem de iron
iron

Tenho um pé atras com o PT,

Tenho um pé atras com o PT, acho seus integrantes/militantes extremamente sectários, com manias de perseguição/conspiração, enfim, chatos mesmo, MAS abro um paranteses para o Genoino. Parece daqueles amigos que todo mundo um dia teve, o cara puro, bom, idealista, que era capaz de dar a camisa para um necessitado. Tinha um amigo assim, chegou a morar em um barraco com uma familia de bois frias, sumiu por uns 20 dias. Todo mundo procurando ele, e eis que após este tempo ele reaparece, barba por fazer, sem camisa.  O que houve cara? Que aconteceu ? A resposta curta -queria sentir como se fosse eles . Acho que o Genoino é destes tipos. Embarcou na conversa do Dirceu. Que pena. 

Tem mais, fosse eu o Genoino e seus advogados, não pagaria assim tão facil essa multa. Contrataria um bom tributarista e discutiria os principios que norteiam este valor, como os da razoabilidade, proporcionalidade, etc, etc. Por principio geral, multas não foram idealizadas para quebrar as pessoas e empresas.É assim que funciona.

Seu voto: Nenhum

" Embarcou na conversa de

" Embarcou na conversa de Dirceu" ??? Desculpe mas isso não faz o menor sentido. Primeiro pq Genoíno não é um imbecil teleguiado como, aliás, ninguém dentro do PT é ou foi... Esse papo de que José Dirceu era o carrasco das lideranças " donzelas em apuros " que disputavam o PT internamente, não se sustenta, haja vista, a relação que o PT de José Dirceu estabeleceu com todos os partidos e a dificuldade que as " donzelas em apuros" que acusavam e acusam ainda JD de tudo e qq coisa, já em seus respectivos partidos, encontram para lidar com os demais partidos e mesmo, eles sozinhos dentro de seus próprios partidos; e, segundo, basta que leia o que Miruna disse a respeito da relação de Genoíno com José Dirceu. Num momento em que a militância está unida, ainda tem gente apostando em conflitos menores. No caso de Genoíno com José Dirceu, não vai funcionar. 

Seu voto: Nenhum
imagem de iron
iron

Ingenuos são voces. Basta ver

Ingenuos são voces.

Basta ver como o Zé se deu bem . 

Seu voto: Nenhum (3 votos)
imagem de iron
iron

Ingenuos são voces. Basta ver

Ingenuos são voces.

Basta ver como o Zé se deu bem . 

Seu voto: Nenhum (2 votos)

É... estou vendo... O Brasil

É... estou vendo... O Brasil inteiro está vendo e vc tb, está vendo, só não está querendo enxergar... JD está na cadeia condenado SEM PROVAS e vc vem aqui dizer que o cara se deu bem???????? Quem ACHA que se deu bem é quem acredita que pode vencer o combate com José Dirceu com o Estado segurando ele para que os covardes batam em segurança. Parece que o plano não está dando certo.. Queriam acabar com a imagem de toda a classe política; toda a representação é lixo ( em consequência, o lixo, somos nós ). Já tinham pronta a tese da “crise de representatividade” que foi berrada do plenário do STF, pelos ministros, tendo parlamentares de vários partidos com foco no PT e logo depois espalhada pelas ruas, nas tais jornadas. 


É óbvio que o PT tinha que ser o alvo ( seus dirigentes mais destacados ) pq outros partidos não tem militância ou, se tem, como no caso do PCdoB, é uma militância menor e um partido com bancadas menores. 

Os tais de extrema-esquerda, além de não ter qq representação, tem militância restrita a classe média alta, eram os que estavam nas ruas fazendo o trabalho sujo, tentando posar de ” não-partido” para capturar o eleitor de esquerda para o tal novo modelo que nem e eles e nem ninguém sabe o que é.

A proposta é derrubar o governo federal e depois ver o que fazemos, como vimos em todas as ” revoluções” fabricadas pela Cia pelo resto do mundo e, todo mundo viu no que deram…

A resposta da militância no caso do Genoíno é um fortalecimento da representação de um modo geral; não é pq o PT tem militância que parlamentares de outros partidos não tenham apoio na sociedade, mesmo que não esteja mobilizado. O Ficha-Limpa, foi a prova definitiva, todos foram reeleitos e seriam tantas outras, se o Judiciário não cassasse seus direitos políticos.

Minha preocupação maior é com José Dirceu; por incrível que pareça, até aqui, trilhamos o caminho mais fácil; essa luta é pela cabeça de José Dirceu e nada mais.

Óbvio que não se trata da pessoa JD e sim do que ele representa para o Brasil e em boa medida para militantes e simpatizantes do Partido dos Trabalhadores ( com relação as lideranças do PT, faço uma ressalva enorme e conto muito mais com os novos apoiadores que as redes sociais trouxeram do que com a lideranças do próprio partido, no caso de JD ).

A culpa estampada nas caras e revelada nos discursos das lideranças ( até mesmo de outros partidos ) com relação a JPC, José Genoíno e mesmo Delubio Soares, não deixa dúvidas; sabem que foi uma armação para tirar JD da jogada e lamentam que outros tenham sido envolvidos na patranha.

A disputa política na esquerda, inclusive, dentro do PT facilitou muito a vida dos golpistas ( uma conta pra ser acertada mais a frente ). 

Notem que o ÚNICO réu da AP 470 que não sai da mídia é JD ( ontem já vieram com a estória de um telefonema de dentro da Papuda )… Uns vão cumprir pena em seus Estados, outros vão trabalhar… as coisas vão se ajeitando mas, a situação de JD, não muda e qdo parece que vai mudar, é para pior ( caso do telefone celular )…. 

O ódio que os partidos ditos de extrema esquerda, todos saídos do PT nutrem por JD, já ultrapassou a política e se transformou numa patologia que faz com que canalizem esse sentimento para os próprios eleitores e para o país. 

Por mais absurdo que possa parecer, os partidos de extrema-esquerda, contavam com um JULGAMENTO DE EXCEÇÃO, para resolver seus traumas adolescentes.

Não funcionou e a culpa será de José Dirceu… num daqueles casos clássicos em que o culpado é a vítima pq os detratores não conseguem encontrar uma explicação razoável, sequer, para o seu sentimento de revolta, sabe-se lá com o que. Ah, JD é arrogante e prepotente, dizem os adoradores de….Joaquim Barbosa (!!!!!????? ). 

Isso faz algum sentido? O que esperavam que JD fizesse? Chorasse, pedisse perdão pelo que não fez, jogasse no lixo um projeto de país que vem dando certo? 

O que os partidos ditos de extrema-esquerda pretendem alegar em suas defesas qdo isso tudo terminar; que fizeram o serviço sujo em solo latino-americano pq estavam muito #xatiados pq não conseguiram impor suas teses dentro do PT nos anos 80 pq a tendência liderada por JD era mais forte? Essa será a explicação para seu empenho e apoio ao golpe branco. 

O tamanho de sua insignificância está revelado na opção dos golpistas por vcs. Os golpistas entenderam adequado, trancar JD e pedir sua ajuda, precisa dizer mais alguma coisa?

Aos que estão se achando grandes combatentes ( aqui falo de lideranças ), que estão achando que seu momento é esse… lembro que só estão em combate pq jamais ofereceram qq risco ou representaram ameça aos planos sionistas. 

Os que, de fato, lutaram e lutam pelo país foram retirados a força do combate e encarcerados pela nossa própria Justiça com todo o apoio dos que se imaginam capazes de levar o combate adiante… são tão bons que, sequer percebem que, não estão no comando; situação clara e cristalina para quem olha sua atuação de fora. 

Eu já vi soldado manipulado; comando manipulado, é a primeira vez…

Enfim, 2014 não será um ano fácil e vamos precisar de José Dirceu, não a toa, o STF, fez questão de trancá-lo na Papuda. Vamos ter que tirar ele de lá."

Seu voto: Nenhum
imagem de iron
iron

"acho seus

"acho seus integrantes/militantes extremamente sectários, com manias de perseguição/conspiração, enfim, chatos mesmo,"

A senhora acabou por confirmar integralmente o que eu escrevi em comentario anterior. O assunto era o Zé e Genoino, e a senhora vem me falar de sionismo ?!. Francamente, a senhora é um caso perdido.

Seu voto: Nenhum (2 votos)
imagem de iron
iron

Mas a senhora coloca ateh

Mas a senhora coloca ateh sionismo em vossa resposta ?!

Eh caso perdido. Notei tambem que ninguem da militancia sugeriu vaquinha pro Ze.

Seu voto: Nenhum (2 votos)
imagem de André Sousa
André Sousa

Iron, para de ser ser chato,

Iron, para de ser ser chato, vai caçar o que fazer, vai estudar, se informar, para de falar abobrinha

Seu voto: Nenhum (1 voto)

O cara acha que Genoino é

O cara acha que Genoino é ingênuo e embarcou na conversa do malvado Dirceu, mas embarca na conversa de que dá para discutir "razoabilidade" com Joaquim Barbosa, de que esta multa não foi "idealizada para quebrar" ninguém. 

Seu voto: Nenhum (6 votos)

Exatamente.... para rifarem

Exatamente.... para rifarem Zé Dirceu como o gênio do mal, saem rotulando todo mundo de imbecil... ah fala sério... Como é que uma pessoa acredita nessa conversa de um ser pleniponteciário que dominava todo um partido do mais novo militante a mais consagrada liderança? E, o mais bizarro, aceitar essa opinião fuleira, de pessoas que não conseguem acordar nada com ninguém. Tudo deles tem que ser imposto; nada é negociável; essa imagem que tentam atribuir a JD é deles mesmos. Heloísa Helena, Marina Silva... Estão sempre com esse papo de ressentidos com o PT mas não conseguem produzir nada...

Seu voto: Nenhum (12 votos)

por aqui mesmo..

Cristiana como não estou conseguindo estrelar seu comentário vai por aqui mesmo..rs

 

                                         

 

 

Seu voto: Nenhum (8 votos)

Não vejo muita relevância nas

Não vejo muita relevância nas estrelinhas, mas quando o comentário é mais longo e aparece o malfadado "ver mais "e você quiser estrelar, tem que clicar em Link permanente. Daí o comentário fica todo aparente e aberto para avaliação.

Seu voto: Nenhum (1 voto)
imagem de aliancaliberal
aliancaliberal

A mente revolucionária.

A mente revolucionária tem 3 características essenciais:

A inversão da percepção do tempo

As pessoas normais consideram que o passado é algo imutável e que o futuro é algo de contingente ― “o passado está enterrado e o futuro a Deus pertence”, diz o senso-comum.

A mente revolucionária não raciocina desta forma: para ela, o futuro utópico é um objetivo que será inexoravelmente atingido ― o futuro utópico é uma certeza; não pode ser mudado.
Por outro lado, a mente revolucionária considera que o passado pode ser mudado (e ferozmente denunciado!) através da reinterpretação da História por via do desconstrucionismo ideológico (Nietzsche → Gramsci → Heidegger → Sartre → Foucault → Derrida → Habermas). Em suma: o futuro é uma certeza, e o passado uma contingência ― isto é, o reviralho total.

A inversão da moral

Em função da crença num futuro utópico dado como certo e determinado, em direção ao qual a sociedade caminha sem qualquer possibilidade de desvio, a mente revolucionária acredita que esse futuro utópico inexorável é isento de “mal” ― esse futuro será perfeito, isento de erros humanos. Por isso, em função desse futuro utópico certo e dado como adquirido, todos os meios utilizados para atingir a inexorabilidade desse futuro estão, à partida, justificados. Trata-se de uma moral teleológica: os fins justificam todos os meios possíveis.

Inversão do sujeito – objeto

A culpa dos atos de horror causados pela mente revolucionária é sempre das vítimas, porque estas não compreenderam as noções revolucionárias que levariam ao inexorável futuro perfeito e destituído de qualquer “mal”. As vítimas da mente revolucionária não foram assassinadas: antes suicidaram-se, e a ação da mente revolucionária é a que obedece sem remissão a uma verdade dialética imbuída de uma certeza científica que clama pela necessidade desse futuro sem “mal” ― portanto, a ação da mente revolucionária é impessoal, isenta de culpa ou de quaisquer responsabilidades morais ou legais nos atos criminosos que comete.
Segundo a mente revolucionária, as pessoas assassinadas por Che Guevara ou por Hitler, foram elas próprias as culpadas da sua morte (suicidaram-se), por se terem recusado a compreender a inexorabilidade do futuro sem “mal” de que os revolucionários seriam simples executores providenciais.

....................................

"A mentalidade revolucionária"

Para facilitar as coisas, uso as expressões “mente revolucionária” e “mentalidade revolucionária” para distinguir entre o fenômeno histórico concreto, com toda a variedade das suas manifestações, e a característica essencial e permanente que permite apreender a sua unidade ao longo do tempo.

“Mentalidade revolucionária” é o estado de espírito, permanente ou transitório, no qual um indivíduo ou grupo se crê habilitado a remoldar o conjunto da sociedade – senão a natureza humana em geral – por meio da ação política; e acredita que, como agente ou portador de um futuro melhor, está acima de todo julgamento pela humanidade presente ou passada, só tendo satisfações a prestar ao “tribunal da História”. Mas o tribunal da História é, por definição, a própria sociedade futura que esse indivíduo ou grupo diz representar no presente; e, como essa sociedade não pode testemunhar ou julgar senão através desse seu mesmo representante, é claro que este se torna assim não apenas o único juiz soberano de seus próprios atos, mas o juiz de toda a humanidade, passada, presente ou futura. Habilitado a acusar e condenar todas as leis, instituições, crenças, valores, costumes, ações e obras de todas as épocas sem poder ser por sua vez julgado por nenhuma delas, ele está tão acima da humanidade histórica que não é inexato chamá-lo de Super-Homem.

Autoglorificação do Super-Homem, a mentalidade revolucionária é totalitária e genocida em si, independentemente dos conteúdos ideológicos de que se preencha em diferentes circunstâncias e ocasiões.

Recusando-se a prestar satisfações senão a um futuro hipotético de sua própria invenção e firmemente disposto a destruir pela astúcia ou pela força todo obstáculo que se oponha à remoldagem do mundo à sua própria imagem e semelhança, o revolucionário é o inimigo máximo da espécie humana, perto do qual os tiranos e conquistadores da antigüidade impressionam pela modéstia das suas pretensões e por uma notável circunspecção no emprego dos meios.

O advento do revolucionário ao primeiro plano do cenário histórico – fenômeno que começa a perfilar-se por volta do século XV e se manifesta com toda a clareza no fim do século XVIII – inaugura a era do totalitarismo, das guerras mundiais e do genocídio permanente. Ao longo de dois séculos, os movimentos revolucionários, as guerras empreendidas por eles e o morticínio de populações civis necessário à consolidação do seu poder mataram muito mais gente do que a totalidade dos conflitos bélicos, epidemias terremotos e catástrofes naturais de qualquer espécie desde o início da história do mundo.

O movimento revolucionário é o flagelo maior que já se abateu sobre a espécie humana desde o seu advento sobre a Terra.

A expansão da violência genocida e a imposição de restrições cada vez mais sufocantes à liberdade humana acompanhampari passu a disseminação da mentalidade revolucionária entre faixas cada vez mais amplas da população, pela qual massas inteiras se imbuem do papel de juízes vingadores nomeados pelo tribunal do futuro e concedem a si próprios o direito à prática de crimes imensuravelmente maiores do que todos aqueles que a promessa revolucionária alega extirpar.

Mesmo se não levarmos em conta as matanças deliberadas e considerarmos apenas a performance revolucionária desde o ponto de vista econômico, nenhuma outra causa social ou natural criou jamais tanta miséria e provocou tantas mortes por desnutrição quanto os regimes revolucionários da Rússia, da China e de vários países africanos.

Qualquer que venha a ser o futuro da espécie humana e quaisquer que sejam as nossas concepções pessoais a respeito, a mentalidade revolucionária tem de ser extirpada radicalmente do repertório das possibilidades sociais e culturais admissíveis antes que, de tanto forçar o nascimento de um mundo supostamente melhor, ela venha a fazer dele um gigantesco aborto e do trajeto milenar da espécie humana sobre a Terra uma história sem sentido coroada por um final sangrento.

Embora as distintas ideologias revolucionárias sejam todas, em maior ou menor medida, ameaçadoras e daninhas, o mal delas não reside tanto no seu conteúdo específico ou nas estratégias de que se servem para realizá-lo, quanto no fato mesmo de serem revolucionárias no sentido aqui definido.

O socialismo e o nazismo são revolucionários não porque propõem respectivamente o predomínio de uma classe ou de uma raça, mas porque fazem dessas bandeiras os princípios de uma remodelagem radical não só da ordem política, mas de toda a vida humana. Os malefícios que prenunciam se tornam universalmente ameaçadores porque não se apresentam como respostas locais a situações momentâneas, mas como mandamentos universais imbuídos da autoridade de refazer o mundo segundo o molde de uma hipotética perfeição futura. A Ku-Klux-Klan é tão racista quanto o nazismo, mas não é revolucionária porque não tem nenhum projeto de alcance mundial. Por essa razão seria ridículo compará-la, em periculosidade, ao movimento nazista. Ela é um problema policial puro e simples.

Por isso mesmo é preciso enfatizar que o sentido aqui atribuído ao termo “revolução” é ao mesmo tempo mais amplo e mais preciso do que a palavra tem em geral na historiografia e nas ciências sociais presentemente existentes. Muitos processos sócio-políticos usualmente denominados “revoluções” não são “revolucionários” de fato, porque não participam da mentalidade revolucionária, não visam à remodelagem integral da sociedade, da cultura e da espécie humana, mas se destinam unicamente à modificação de situações locais e momentâneas, idealmente para melhor. Não é necessariamente revolucionária, por exemplo, a rebelião política destinada apenas a romper os laços entre um país e outro. Nem é revolucionária a simples derrubada de um regime tirânico com o objetivo de nivelar uma nação às liberdades já desfrutadas pelos povos em torno. Mesmo que esses empreendimentos empreguem recursos bélicos de larga escala e provoquem modificações espetaculares, não são revoluções, porque nada ambicionam senão à correção de males imediatos ou mesmo o retorno a uma situação anterior perdida.

O que caracteriza inconfundivelmente o movimento revolucionário é que sobrepõe a autoridade de um futuro hipotético ao julgamento de toda a espécie humana, presente ou passada. A revolução é, por sua própria natureza, totalitária e universalmente expansiva: não há aspecto da vida humana que ela não pretenda submeter ao seu poder, não há região do globo a que ela não pretenda estender os tentáculos da sua influência.

Se, nesse sentido, vários movimentos político-militares de vastas proporções devem ser excluídos do conceito de “revolução”, devem ser incluídos nele, em contrapartida, vários movimentos aparentemente pacíficos e de natureza puramente intelectual e cultural, cuja evolução no tempo os leve a constituir-se em poderes políticos com pretensões de impor universalmente novos padrões de pensamento e conduta por meios burocráticos, judiciais e policiais. A rebelião húngara de 1956 ou a derrubada do presidente brasileiro João Goulart, nesse sentido, não foram revoluções de maneira alguma. Nem o foi a independência americana, um caso especial que terei de explicar num outro artigo. Mas sem dúvida são movimentos revolucionários o darwinismo e o conjunto de fenômenos pseudo-religiosos conhecido como Nova Era. Todas essas distinções terão de ser explicadas depois em separado e estão sendo citadas aqui só a título de amostra.

* * *

Entre outras confusões que este estudo desfaz está aquela que reina nos conceitos de “esquerda”e “direita”. Essa confusão nasce do fato de que essa dupla de vocábulos é usada por sua vez para designar duas ordens de fenômenos totalmente distintos.

De um lado, a esquerda é a revolução em geral, e a direita a contra-revolução. Não parecia haver dúvida quanto a isso no tempo em que os termos eram usados para designar as duas alas dos Estados Gerais. A evolução dos acontecimentos, porém, fez com que o próprio movimento revolucionário se apropriasse dos dois termos, passando a usá-los para designar suas subdivisões internas. Os girondinos, que estavam à esquerda do rei, tornaram-se a “direita” da revolução, na mesma medida em que, decapitado o rei, os adeptos do antigo regime foram excluídos da vida pública e já não tinham direito a uma denominação política própria. Esta retração do “direitismo” admissível, mediante a atribuição do rótulo de “direita” a uma das alas da própria esquerda, tornou-se depois um mecanismo rotineiro do processo revolucionário. Ao mesmo tempo, remanescentes contra-revolucionários genuínos foram freqüentemente obrigados a aliar-se à “direita”revolucionária e a confundir-se com ela para poder conservar alguns meios de ação no quadro criado pela vitória da revolução. Para complicar mais as coisas, uma vez excluída a contra-revolução do repertório das idéias politicamente admissíveis, o ressentimento contra-revolucionário continuou existindo como fenômeno psico-social, e muitas vezes foi usado pela esquerda revolucionária como pretexto e apelo retórico para conquistar para a sua causa faixas de população arraigadamente conservadoras e tradicionalistas, revoltadas contra a “direita” revolucionária imperante no momento. O apelo do MST à nostalgia agrária ou a retórica pseudo-tradicionalista adotada aqui e ali pelo fascismo fazem esquecer a índole estritamente revolucionária desses movimentos.

O próprio Mao Dzedong foi tomado, durante algum tempo, como um reformador agrário tradicionalista. Também não é preciso dizer que, nas disputas internas do movimento revolucionário, as facções em luta com freqüência se acusam mutuamente de “direitistas” (ou “reacionárias”). À retórica nazista que professava destruir ao mesmo tempo “a reação” e “o comunismo” correspondeu, no lado comunista, o duplo e sucessivo discurso que primeiro tratou os nazistas como revolucionários primitivos e anárquicos e depois como adeptos da “reação” empenhados em “salvar o capitalismo” contra a revolução proletária.

Os termos “esquerda” e “direita” só têm sentido objetivo quando usados na sua acepção originária de revolução e contra-revolução respectivamente. Todas as outras combinações e significados são arranjos ocasionais que não têm alcance descritivo mas apenas uma utilidade oportunística como símbolos da unidade de um movimento político e signos demonizadores de seus objetos de ódio.

Nos EUA, o termo “direita” é usado ao mesmo tempo para designar os conservadores em sentido estrito, contra-revolucionários até à medula, e os globalistas republicanos, “direita” da revolução mundial. Mas a confusão existente no Brasil é muito pior, onde a direita contra-revolucionária não tem nenhuma existência política e o nome que a designa é usado, pelo partido governante, para nomear qualquer oposição que lhe venha desde dentro mesmo dos partidos de esquerda, ao passo que a oposição de esquerda o emprega para rotular o próprio partido governante.

Para mim está claro que só se pode devolver a esses termos algum valor descritivo objetivo tomando como linha de demarcação o movimento revolucionário como um todo e opondo-lhe a direita contra-revolucionária, mesmo onde esta não tenha expressão política e seja apenas um fenômeno cultural.

A essência da mentalidade contra-revolucionária ou conservadora é a aversão a qualquer projeto de transformação abrangente, a recusa obstinada de intervir na sociedade como um todo, o respeito quase religioso pelos processos sociais regionais, espontâneos e de longo prazo, a negação de toda autoridade aos porta-vozes do futuro hipotético.

Nesse sentido, o autor destas linhas é estritamente conservador. Entre outros motivos, porque acredita que só o ponto de vista conservador pode fornecer uma visão realista do processo histórico, já que se baseia na experiência do passado e não em conjeturações de futuro. Toda historiografia revolucionária é fraudulenta na base, porque interpreta e distorce o passado segundo o molde de um futuro hipotético e aliás indefinível. Não é uma coincidência que os maiores historiadores de todas as épocas tenham sido sempre conservadores.

Se, considerada em si mesma e nos valores que defende, a mentalidade contra-revolucionária deve ser chamada propriamente “conservadora”, é evidente que, do ponto de vista das suas relações com o inimigo, ela é estritamente “reacionária”. Ser reacionário é reagir da maneira mais intransigente e hostil à ambição diabólica de mandar no mundo.

http://espectivas.wordpress.com/a-mente-revolucionaria/

http://www.olavodecarvalho.org/semana/070813dc.html

 

 

 

Seu voto: Nenhum

Alguém...

.... poderia puxar a descarga, por favor?

Seu voto: Nenhum (7 votos)

Flics

imagem de Álvaro Noites
Álvaro Noites

Perdi alguns segundo lendo

Perdi alguns segundo lendo tudo isso e parei na referência a Gramsci.

Ia escrever que o texto parecia ser de um certo "filósofo" que chama seus leitores de idiotas na capa de seu Mein Kempf pessoal. Quando minha não tão surpresa assim, referências ao filósofo, referido como mestre pelo idolo coxinha Danilo Gentilli, Olavo Carvalho.

Daqui a pouco aparece uma citação do Lobão por estas bandas.

Seu voto: Nenhum (9 votos)
imagem de edna baker
edna baker

Parabéns PT!! Estarei sempre

Parabéns PT!! Estarei sempre ao seu lado. Edna Baker

Seu voto: Nenhum (9 votos)

Estou muito feliz, de alma

Estou muito feliz, de alma lavada!

Segunda-feira será mais um dia de celebração para aqueles que sempre lutaram por um Brasil mais justo!

Já que o STF não está conseguindo fazer justiça, os apoiadores do Genoíno "fazem justiça com as próprias mãos".

E, como disse a Cristiana, vamos nos preparar por que vem mais por aí.

Seu voto: Nenhum (9 votos)

Mil vezes doaria ! Agora é

Doei e mil vezes doaria ! Agora é arrecadar para os outros companheiros ! E viva a militância do PT !

Seu voto: Nenhum (10 votos)

O mais engraçado é se o

O mais engraçado é se o resultado das eleições para o senador capa preta pelo PSTF, pelo estado do rio de janeiro, for 667 mil votos. rsrs

Seu voto: Nenhum (7 votos)

Hélio Jorge Cordeiro

O dia que a oposição acordar

O dia que a oposição acordar e perceber que já não  manipula como

antes a opinião pública , sera tarde. Vem perdendo ,perdendo e sumindo,

tanto que que dependendo dos resultados das eleições desse ano , já

teremos uma"  ave em extinção". Que surjam outras espécies mais evoluidas!

Seu voto: Nenhum (10 votos)

ânimo e alegria petista

Puxa, como este fato me alegra e anima! A alma petista não morre. Como disse a Cristiana, estejamos preparados, pois com o aproximar das eleições, os ataques aumentarão. Sou apenas um simples professor da rede píblica estadual, mas faço questão de me integrar nesta campanha para amparar os companheiros que deram de si para garantir a democracia que hoje temos. Para mim é importante deixar claro que não somos mercenários a serviço de partidos, mas militantes apaixonados por uma causa.

Seu voto: Nenhum (11 votos)

O Mundo Encantado de José Genoino

 Vencer! Lutar! Avancar!

vencemos mais um passo. 

Seu voto: Nenhum (10 votos)

Um cálculo, aproximado, sim,

Um cálculo, aproximado, sim, mas razoável. 

Supondo que a mioria das contribuições sejam de pessoa simples, de classe média para baixo, poderíamos sugerir que de 4 a cinco mil pessoas(ou até mais) contribuíram. Um número certamente espetacular, em especial nesse começo de ano onde os compromissos se avultam(IPVA, IPTU, matrículas escolares etc etc).

Eis a diferença entre o PT e o demais partidos. 

Seu voto: Nenhum (11 votos)
imagem de Joel Miranda
Joel Miranda

Amigos, esta é a forma ideal

Amigos, esta é a forma ideal de acabarmos com o financiamento privado ao PT, o partido seria sustentado pelos seus adéptos, serviria de exemplo, nos daria independência e liberdade de agir no governo.


Há que ter coragem para ser um partido político do povo!

Seu voto: Nenhum (8 votos)

essa é para os paulistas..

essa é para os paulistas começarem um "rolezinho" por Miruna em 2014..

Seu voto: Nenhum (23 votos)
imagem de Flavio de Oliveira Lima
Flavio de Oliveira Lima

Será a melhor resposta ao

Será a melhor resposta ao consórcio direitista que continua a tentar o golpe.

Seu voto: Nenhum (4 votos)

Lindo! Bela campanha,

Lindo! Bela campanha, encheram-me os olhos de lágrimas. Com a nossa força ela estará lá. 

Seu voto: Nenhum (17 votos)

Tamára Baranov
'Nada é para sempre'

http://pintandomusica4.blogspot.com.br/

Também me emocionei, apesar

Também me emocionei, apesar de não saber se o momento é apropriado. 

Uma menina tão linda e meiga quando pequena transformou-se numa mulher maravilhosa! 

Seu voto: Nenhum (11 votos)

  Percebo que já começou a

 

Percebo que já começou a virada .

Explico : Os dirigentes do PT (principalmente Lula) agiram de forma absolutamente inteligente , ao deixarem os hipócritas (mídia e supreminho) atuarem de forma tão acintosa contra o Dirceu, Delúbio e Genoíno, perceberam que tão logo a poeira assentasse o povão perceberia que todo aquele julgamento foi um espetacular factóide contra o PT .

Pois bem, a poeira está assentando, o povão já está refletindo sobre toda a sujeira do conluio mídia e ministrinhos do stf.

Possivelmente, a desmoralização da máfia se dará muito brevemente( antes de 2015) e de uma forma rotunda  .

 

Seu voto: Nenhum (18 votos)

" A injustiça que se faz a um, é uma ameaça que se faz a todos." - Barão de Montesquieu

 

esquentando os tamborins..

foi só para esquentar os tamborins, caso o STF proíba a doação de empresas para as campanhas políticas esse ensaio foi uma sinalização de quem farinha no saco para arrecardar com CPF, depósito bancário, nome, endereço e etc..

Seu voto: Nenhum (10 votos)
imagem de Daytona
Daytona

Miura tem que ser candidata,

Miura tem que ser candidata, não por causa própria, mas para levantar a bandeira contra os abusos e arbítrios do Judiciário brasileiro(que ela sentiu na pele)e defender uma Reforma do Judiciário visando democratizar esse que permanece um verdadeiro entulho autoritário da ditadura.

Seu voto: Nenhum (9 votos)

Ela é aguerrida, mas não é um

Ela é aguerrida, mas não é um touro Miura, é a menina Miruna .

Seu voto: Nenhum (1 voto)
imagem de Flavio de Oliveira Lima
Flavio de Oliveira Lima

Miruna vai ser candidata, tem

Miruna vai ser candidata, tem força, presença e moral, e sera a resposta do povo brasileiro a essa palhaçada de mau gosto do stf.

Sera uma lavada de alma para o José Genoíno.

Seu voto: Nenhum (2 votos)

se a moda pega!

se a moda pega!

PT&Cia não vai mais precisar de caixa 2 na boca do caixa

a lavoura arcaica do clã PMDB Sarney/Renan  ficará na faixa

Seu voto: Nenhum (13 votos)

"Não há segredo que o tempo não revele, Jean Racine - Britânico (1669)" - citação na abertura do livro Legado de Cinzas: Uma História da Cia, de Tim Weiner. 

PT&CIA

PT & Cia pode ser que não, mas os outros ainda vão precisar bastante da Cia.

Seu voto: Nenhum (8 votos)

Comentar

O conteúdo deste campo é privado e não será exibido ao público.
CAPTCHA
Esta questão é para testar se você é um visitante humano e impedir submissões automatizadas por spam.