Revista GGN

Assine

Folha esconde dos leitores os cinco inquéritos contra Eduardo Cunha

Jornal GGN – O deputado federal Eduardo Cunha (PMDB-RJ) está cotado para presidir a Câmara no próximo biênio. Ele é bem visto pelos demais deputados, pela forma que nomeia aliados e controla comissões e pelo enfrentamento à presidente Dilma. “A própria presidente fortaleceu a candidatura de Eduardo ao fazer dele um inimigo. Todos os insatisfeitos com o governo votam nele", disse para a Folha o ex-líder do governo Cândido Vaccarezza (PT-SP).

O perfi benevolente esconde dos leitores a extensa lista de inquéritos contra Eduardo Cunha, de falcatruas na Telerj, no governo Collor, a golpes na Cehab, com Antonio Garotinho e manobras de sonegação de ICMS. 

Cotado para presidir a Câmara, Cunha se mantém com bancada particular

Por David Friedlander e Catia Seabra

Da Folha de S. Paulo

Ele era cabeludo e foi baterista de banda de rock na juventude. Hoje gosta de gospel. Aos 56 anos e calvo, o deputado federal Eduardo Cunha, do PMDB do Rio, levou o estilo agressivo do heavy metal para a política.

Celebridade do toma lá, dá cá no Congresso, Cunha é ídolo de parte dos colegas. Já é líder do PMDB na Câmara e agora desponta como favorito para a presidência da Casa no próximo biênio –contra a vontade do governo e de caciques de seu partido.

Os outros deputados gostam do desembaraço com que Cunha nomeia aliados para cargos na máquina federal, controla comissões que ditam o ritmo do Congresso e afronta a presidente Dilma.

"A própria presidente fortaleceu a candidatura de Eduardo ao fazer dele um inimigo. Todos os insatisfeitos com o governo votam nele", diz o ex-líder do governo Cândido Vaccarezza (PT-SP).

No Palácio do Planalto, Dilma e assessores o apelidaram de "Meu Malvado Favorito", pela frequência com que se posiciona contra os interesses do governo. É uma referência a uma animação em 3D cujo personagem principal, Gru, quer tornar-se o maior vilão da história, mas acaba se redimindo.

A força desse carioca malvado vem de uma bancada particular, que ele lidera e manobra, com pelo menos 50 fiéis seguidores, alguns de outros partidos.

Rumo a seu quarto mandato na Câmara, Cunha cultiva essa lealdade com favores de todo tipo. De ingressos para jogos de futebol no Rio a ajuda financeira para campanhas dos aliados.

O executivo de uma grande empresa disse à Folha que este ano recebeu de Cunha pedido para fazer doações a um grupo de 20 a 30 candidatos a deputado, a maior parte do Rio, de Minas Gerais e do Nordeste.

Foi assim que o líder do PMDB montou "uma cadeia de agradecimentos" dentro do Congresso, segundo o executivo, que não quis ter seu nome publicado nem contar a quantos indicados de Cunha deu dinheiro.

A lista de beneficiários inclui até rivais que já lhe fizeram oposição dentro do partido, como os deputados Gastão Vieira, do Maranhão, e Renan Filho, de Alagoas.

Renan ganhou a presidência de uma comissão que cuidou da Copa. Gastão recebeu R$ 300 mil para sua campanha. "Ele ajudou todo mundo", afirma o parlamentar.

Cunha conta que boa parte das doações que recebe são feitas por empresas que ele defende no Congresso "quando há afinidade nas propostas". Muito procurado por grandes companhias, faz adendos em medidas provisórias e trabalha para agilizar a aprovação ou a derrubada de leis.

"Este ano não tive dificuldade para captar. Até sobrou dinheiro na minha campanha", diz Cunha. "Na maioria das vezes são as empresas que me procuram. Até porque tenho a mesma visão delas".

Este ano, o líder do PMDB recebeu R$ 6,8 milhões dos bancos Bradesco, BTG Pactual, Safra e Santander, e de empresas como Vale, Ambev e Coca-Cola.

COPACABANA PALACE

Casado pela segunda vez, com cinco filhos, Cunha gosta de bons restaurantes, charutos e vinhos. Mora num condomínio de luxo na Barra da Tijuca, no Rio, e passa a semana num apartamento da Câmara em Brasília. Afirma ser dono de duas salas comerciais no Rio. A mulher, Cláudia, tem mais três apartamentos "comprados com dinheiro dela", diz.

Quem o conhece de perto conta que é apegado à família. Em 2011, no casamento de uma de suas filhas, deu uma festa para 500 convidados no Copacabana Palace, um dos mais tradicionais do Rio.

"Paguei R$ 40 por um hambúrguer no Copa", reclama o deputado Lúcio Vieira Lima (PMDB-BA).

No aniversário de 55 anos, em 2013, Cunha ganhou dos filhos uma bateria Ludvig. Foi um presente para relembrar os tempos de juventude, quando tinha um grupo de rock com os amigos.

Ele conta que tocava bateria, era o letrista da banda e comprava instrumentos usados para reformar e depois revender. Ouvia muito Led Zepellin e Pink Floyd. Hoje, prefere música gospel.

O deputado tornou-se evangélico há 15 anos. No momento, está deixando a igreja Sara Nossa Terra para se juntar à Assembleia de Deus. No Congresso, defende posições conservadoras. É autor de legislações antiaborto, contra a legalização da maconha e o casamento de pessoas do mesmo sexo.

Diz que costuma frequentar cultos em lugares diferentes aos domingos, para orar e falar de política. Também faz duas inserções diárias de um minuto na rádio Melodia, líder de audiência no Rio.

Cunha começou a trabalhar aos 14 anos. Foi office-boy e corretor de seguros. Formado em economia, virou operador do mercado financeiro.

Uma de suas características mais marcantes é o domínio dos temas nos quais se envolve. Para ajudar as empresas que o procuram, Cunha costuma instalar aliados em postos-chave das comissões que tratam do assunto em debate.

Atuou diretamente em temas do interesse de grandes companhias, como o Marco Civil da Internet, a nova lei dos portos e a medida provisória que mudou a tributação sobre os lucros das multinacionais brasileiras no exterior. Em todos os casos, conseguiu garantir regras que agradaram parte das empresas interessadas e contrariaram o governo.

Alguns empresários e executivos disseram à Folha que o deputado pede ajuda financeira, mesmo fora do período eleitoral, para apoiar as reivindicações corporativas.

"Perguntar isso é até uma ofensa. É claro que não. O que recebo é contribuição de campanha das empresas com que me relaciono. Eu tenho sangue de mercado, não precisam me convencer de suas reivindicações", diz ele.

A esperteza de Eduardo Cunha ficou evidente já na sua estreia na política, na campanha de Fernando Collor à presidência, em 1989.

Pouco antes da eleição, o apresentador Silvio Santos decidiu concorrer pelo nanico PMB e assustou os demais candidatos. O deputado descobriu uma falha no registro do PMB que inviabilizou a candidatura de Silvio.

Como recompensa, foi indicado por PC Farias para a presidência da Telerj, a estatal de telefones do Rio.

O favoritismo na disputa pelo comando da Câmara dos Deputados em 2015 mexeu com os adversários, que passaram revirar a biografia de Cunha para resgatar suspeitas de irregularidades que o acompanham desde os governos Collor e do ex-governador do Rio, Anthony Garotinho.

"Podem escarafunchar quanto quiserem, não tenho nada a esconder", diz. "Estou bem na disputa da Câmara porque os deputados querem alguém que os entenda e não um presidente submisso às vontades do governo."

 

Média: 2.4 (12 votos)
42 comentários

Comentários

Espaço Colaborativo de Comentários

Opções de exibição de comentários

Escolha o modo de exibição que você preferir e clique em "Salvar configurações".
imagem de trovinho
trovinho

anarquista e sério!

Para o anarquista, sério é ele, não o Lula, pois "elegeu a Dilma", vai ver que ele não elegeu o aécio, porque não acredita em governos, como bom anarquista!

Seu voto: Nenhum (1 voto)
imagem de altamiro souza
altamiro souza

h´=a os jaguncos

h´=a os jaguncos magistrados,

cunha é um jagunco urbano,

defensor dos ricos e do mercado.

jagunço armado de insanidades e notório

envolvimento com dinheiro no mínimo obscurso..

Seu voto: Nenhum (4 votos)

Adeus às ilusões.

Essa é a "nova Folha", em busca de "recuperar  a pluralidade editorial", como foi publicado aqui no blog em razão de um artigo de Clóvis Rossi, articulista mais que afinado com a linha do do jornalão do Frias.  

  

Seu voto: Nenhum (3 votos)

MAF

imagem de L. Souza
L. Souza

Que biografia mais linda! Que

Que biografia mais linda! Que orgulho para o Brasil! Mas, não adianta: também vai terminar como comida de verme.

Seu voto: Nenhum (2 votos)
imagem de zuleica jorgensen
zuleica jorgensen

Eduardo Cunha é o Gilmar do

Eduardo Cunha é o Gilmar do legislativo. Cara de pau e vergonha nenhuma de se mostrar exatamente como é. 

Seu voto: Nenhum (3 votos)
imagem de Ramos de Carvalho
Ramos de Carvalho

Ouve Gospel

Acho que ele ouve gospel para acalmar seu espírito, pela falta de amor ao próximo que seu posicionamento conduz.

Seu voto: Nenhum (3 votos)
imagem de VLO
VLO

Tem o olhar alucinado de um

Tem o olhar alucinado de um louco. Um louco de má índole, diga-se de passagem.

Seu voto: Nenhum (2 votos)

Sei não. Mas se eu fosse

Sei não.

Mas se eu fosse Eduardo Cunha ficaria "pianinho", o PT já

ganhou 4 eleições sob porradas e mais porradas.Tem bobo

ai não!

Seu voto: Nenhum (7 votos)
imagem de André Paulo Reis
André Paulo Reis

Sujeito dos zoi ruim

...

Seu voto: Nenhum (6 votos)
imagem de Marcus Augusto
Marcus Augusto

Uns Saem...   Outros

Uns Saem...

 

Outros entram...

 

Se eu não fosse tão bobinho diria: A GENTE FAZ O DIABO PELO PODER,,,,

Seu voto: Nenhum (4 votos)
imagem de alfredo sternheim
alfredo sternheim

posições intolerantes

Candidato a presidência da Câmara, além de estar em muitos processos (deveriam ter sido mais emiuçados), este snehor tem posições intolerantes bem acentuadas. Vai ser uma desgraça para o Brasil. E para o Congresso que tem tido  uma atuação pífia nos últimos anos, marcada por fisiologismo e por um alto custo provocado pela geração imensa de empregos (cabides?) e de regalias. Poderiam diminuir pela metade os cargos de gabinete.  Que tristeza.

Seu voto: Nenhum (1 voto)
imagem de Alvaro Assis
Alvaro Assis

Comentario

Alfredo....apocaliticas e certeiras  suas palavras..long time ago

 

Seu voto: Nenhum
imagem de anarquista sério
anarquista sério

Diante de tantas opções,

Diante de tantas opções, aonde Lula foi eleger essa estrupício de nariz empinado,incompetente,ditadora,centralizadora,antipática,sem jogo de cintura ,apolítica, sem um mínimo traquejo chamada Dilma?

             Lula elegeria até a lâmpada do poste.

          O que deu na cabeça dele pra eleger essa enormidade nonsense da realidade?

               E ainda é pozuda,heim.

Seu voto: Nenhum (1 voto)

O odioso cinismo : "O NOSSO POVO MERECE RESPEITO"

Seu voto: Nenhum (2 votos)

" A injustiça que se faz a um, é uma ameaça que se faz a todos." - Barão de Montesquieu

 

Essa frase final...

Há anos que em todas as campanhas, ele finaliza com essa frase e com essa entonação debochada. Desculpem a palavra que vou citar, mas me causa NOJO toda vez que ouço essa frase. Daí, dá para os que não são do Rio, perceberem o quanto é medíocre até na forma de se comunicar na propaganda. #EduardoCunhanão!!!   

Seu voto: Nenhum (5 votos)

Enquanto o mpe e a puliça federal atucanada persegue petistas...

Vejam neste vídeo, dentre vários outros PMDBestas  uma bela dupla de "parlamentares" que "abrilhantam" a política nacional.

Eduardo Cunha ao lado do deputado reeleito Domingos Brazzão, o político que já respondeu inúmeros processos (participação de máfia de adulteradores de combustíveis,líder de milícias etc...) .

Aliás, o proprio parlamentar que histericamente pede votos para o Eduardo Cunha, já confirmou que já cometeu assassinatos .

Vejam, esta reportagem do Jornal O DIa :

 05/06/2014 00:08:56

Brazão admite já ter matado uma pessoa, mas lembra que Justiça o absolveu

Chapa segue quente entre deputado e Cidinha Campos

Rio - O bate-boca da última terça-feira entre a deputada Cidinha Campos (PDT) e o deputado Domingos Brazão (PMDB) manchou a imagem da Assembleia Legislativa e ambos vão responder por quebra de decoro parlamentar, o que pode acarretar, inclusive em perda de mandato de ambos. Os xingamentos entre os deputados ainda colocaram em xeque o passado de Domingos Brazão, que foi chamado de ladrão, bandido e acusado por Cidinha Campos de ter em sua folha corrida um assassinato.

“Ele me chamou de puta, vagabunda e disse que mandava matar vagabundo, mas vagabunda, não. Mas que tinha vontade de me matar”, reafirmou Cidinha Campos, que ainda na terça-feira registrou queixa contra o colega na Delegacia da Mulher (Deam), conforme o DIA publicou ontem. Domingos Brazão admitiu ter sido preso por assassinato, mas ressaltou que a Justiça entendeu como crime por legítima defesa.

“Matei, sim, uma pessoa. Mas isso tem mais de 30 anos, quando eu tinha 22 anos. Foi um marginal que tinha ido à minha rua, na minha casa, no dia do meu aniversário, afrontar a mim e a minha família. A Justiça me deu razão”, explicou. O deputado do PMDB negou que tenha ameaçado a colega ou dito que “mandava matar vagabundo” no passado. E prometeu processar a deputada, em todas as instâncias, por falsa comunicação de crime.

  

Matava matar vagabundo, mas vagabunda, não. Mas que tinha vontade de me matar”, reafirmou Cidinha Campos, que ainda na terça-feira registrou queixa contra o colega na Delegacia da Mulher (Deam), conforme o DIA publicou ontem. Domingos Brazão admitiu ter sido preso por assassinato, mas ressaltou que a Justiça entendeu como crime por legítima defesa.

“Matei, sim, uma pessoa. Mas isso tem mais de 30 anos, quando eu tinha 22 anos. Foi um marginal que tinha ido à minha rua, na minha casa, no dia do meu aniversário, afrontar a mim e a minha família. A Justiça me deu razão”, explicou. O deputado do PMDB negou que tenha ameaçado a colega ou dito que “mandava matar vagabundo” no passado. E prometeu processar a deputada, em todas as instâncias, por falsa comunicação de crime.

 

 Em 2004, o Ministério Público abriu inquérito contra Domingos Brazão a partir de denúncias de Cidinha Campos. Ela preparou dossiê que deu origem a um processo de 398 folhas contra o colega. As denúncias envolviam Brazão e Alessandro Calazans com a máfia dos combustíveis, através de licenças ambientais da Feema para funcionamento de postos.

Os dois, segundo Cidinha, seriam sócios fantasmas de vários postos de revenda. A deputada pediu a cassação de Brazão e a abertura de uma CPI para investigar irregularidades cometidas na Feema. Temendo por sua vida, ela pediu à Alerj um carro blindado para sua segurança, mas o inquérito acabou sendo arquivado. Domingos Brazão também foi investigado pela CPI das Milícias, presidida pelo deputado Marcelo Freixo, mas nenhuma das denúncias foi comprovada, e o caso também foi arquivado.

 

 

Seu voto: Nenhum

" A injustiça que se faz a um, é uma ameaça que se faz a todos." - Barão de Montesquieu

 

 Corrigindo o título : "

 Corrigindo o título : " Enquanto o mpe/mpf/pgr e "políça federal atucanada PERSEGUEM os petistas ...."

Seu voto: Nenhum (4 votos)

" A injustiça que se faz a um, é uma ameaça que se faz a todos." - Barão de Montesquieu

 

Ele é do bem, é ele é da Sara

Ele é do bem, é ele é da Sara Nossa Terra...PQP!

Seu voto: Nenhum (2 votos)

Ques as forças maiores me livrem de linchar o devido processo legal

imagem de Motta Araujo
Motta Araujo

http://www1.folha.uol.com.br/

http://www1.folha.uol.com.br/fsp/poder/po0307201112.htm

A REGISTRAR a festa de casamento da filha do Deputado Eduardo Cunha no Copacabana Palce, ocupou todos os salões,

festa das mais caras já realizadas no hotel, o pai nunca teve empresa ou outra atividade que não a de politico profissional.

Seu voto: Nenhum (5 votos)

Lista de ações contra Cunha em maio/2013

http://jornalggn.com.br/blog/as-acoes-que-correm-contra-eduardo-cunha

Seu voto: Nenhum (1 voto)

Esse é o Eneas Uma verdade

Esse é o Eneas

Uma verdade que nunca foi dita explicitamente pelo PT

 

o jogo da mídia e PSDB - Plano Real

 

Seu voto: Nenhum (1 voto)

O caminho do mistério aponta para dentro!

imagem de Gringo
Gringo

E quanto aos detalhes dos

E quanto aos detalhes dos inquéritos contra o moço? Nada?

Não entendi... !

Gringo

Seu voto: Nenhum

Esse homem tem na sua ficha o

Esse homem tem na sua ficha o apadrinhamento de gente absolutamente nociva a moralidade publica...

Seu voto: Nenhum (4 votos)

leonidas

Eu nao estou preocupado com a

Eu nao estou preocupado com a moralidade, mas sim em que as coisas sejam feitas de forma a representar o eleitor. No caso desse FDP os eleitores são as empresas que ele julga "compartilham do mesmo ideal que o dele". Cristo!

Seu voto: Nenhum (1 voto)

Ques as forças maiores me livrem de linchar o devido processo legal

Quem diria que ainda lhe daria mil estrelinhas!

Tem razão!  Um dos piores e perigosos  políticos!  #EduardoCunha não !!!!  

Seu voto: Nenhum (2 votos)

Rs melhor dar " mil

Rs melhor dar " mil entrelinhas!

Seu voto: Nenhum (2 votos)

Há esperança pro Leônidas

Há esperança pro Leônidas rsrs

Seu voto: Nenhum (4 votos)

Ques as forças maiores me livrem de linchar o devido processo legal

Eduardo Cunha, cuidado que você também é vidraça...

Eduardo Cunha, cuidado que você também é vidraça...

Seu voto: Nenhum (2 votos)
imagem de CEduardo
CEduardo

Assistam a entrevista dele

Assistam a entrevista dele com muita atenção,

depois...assistam a ultima oitiva de uma das contadoras do Youssef, na CPMI. 

“Alguém tem dúvidas de que esse escândalo é um escândalo que ainda vai ter filhotes por muitos anos? É uma situação absolutamente inédita. Você chegou a um nível de corrupção [...] que nós não tivemos conhecimento em nenhum outro momento da história do país.”

Coloquem na taquigrafia o que ele diz a Meire Poza, e façamos a acareação = dele com ele mesmo.

 

Seu voto: Nenhum (2 votos)

Por onde o rapaz que postou

Por onde o rapaz que postou aqui dia desses que certamente

devido ao "golpe" Dilma nem voltaria para o Brasil no pos

G20 .Esses trolls que fazem jogo duplo são os mais hilários..

estaõ povoando o blog por esses , vão se rebelar quando

receberem a gratificação.

Seu voto: Nenhum (6 votos)

Cunhas,sorriam,vocês estão

Cunhas,sorriam,vocês estão sendo filmados,rastreados,monitorados...

Seu voto: Nenhum (7 votos)

chico da dilma

Profeta do Apocalipse?

Tenho tentado entender a atual diretiva do blog. É previsão atrás de previsão de impeachment, golpe de estado, catástrofe atrás de catástrofe. Ainda não consegui chegar a uma conclusão.

De concreto, o que vejo é a pretensão de saber mais do que aqueles que tem o poder real em mãos. É uma manifestação de hubris, aquela condição que nos leva a todos, quando perdemos a noção da própria importância na ordem das coisas, a pensar que sabemos mais, ou podemos influenciar mais, do que realmente sabemos e do quanto somos importantes na cadeia alimentar.

O bicho-papão Eduardo Cunha pode até ter alguma influência na Câmara. Pode comandar uma bancada particular de meia dúzia de gatos pingados. Mas não chega nem aos pés do poder do Executivo, que detém a caneta que libera verbas e cargos na administração federal. Ele só se elege presidente da Câmara se o governo quiser. O que, por óbvio, não vai acontecer.

O Gilmar Mendes pode fazer quantas bruxarias quiser com as contas de campanha do PT. Quem decide é o pleno do TSE e, em caso de problema, o pleno do STF. O Tóffoli pode ter quanto ódio quiser da Dilma e do PT. Pode inclusive, se rasgar todo de raiva, e nem assim vai ser capaz de fazer alguma coisa. Porque ele, como o Gilmar Mendes, não tem o poder de decidir sozinho.

O Sergio Moro e os delegados da PF podem odiar o PT o quanto quiserem. Eles não decidem porra nenhuma. A Veja pode publicar todas as capas que desejar. Ela prega para convertidos. O William Bonner pode fazer todas as caretas que quiser no JN. Ninguém mais assiste essa merda. 

Então não entendo esse catastrofismo todo. Essa busca da disseminação do medo. O terrorismo psicológico que tenta produzir um clima de instabilidade que não existe. Menos, gente, menos.

 

Seu voto: Nenhum (7 votos)
imagem de roberto c
roberto c

não não Jorge, a essencia do

não não Jorge, a essencia do jornalismo esta em ver a politica por detraz dos "inocentes" comentarios, até mesmo dos leitores. Respeito muito a visão profunda que Nassif tem da politica e economia.

Seu voto: Nenhum

Através de manipulação da opinião publica(da)

O bicho-papão Eduardo Cunha(...) não chega nem aos pés do poder do Executivo/ O Gilmar Mendes(...) Quem decide é o pleno do TSE/ pleno do STF (...) O Tóffoli pode ter quanto ódio quiser da Dilma e do PT/O Sergio Moro e os delegados da PF (...) não decidem porra nenhuma/A Veja (...) prega para convertidos/O William Bonner (...) Ninguém mais assiste essa merda

Amigo Jorge, entendo sua preocupação, bom seria se não tivéssemos que nos ocupar com este assunto mas permita-me discordar. Não podemos ignorar que através da manipulação da opinião publica(da) estes personagens bateram na trave no segundo turno e insistem em alguma jogada que lhes permita o golpe a la Zidane neste terceiro turmo que se encontra em andamento. Não dá prá confiar numa elite que só pensa em dar o golpe durante as 24 horas do dia e esperam apenas uma brecha. Lamentável que um caso de corrupção que está sendo apurado, o qual fora descoberto e denunciado pelo próprio governo via COAF, que deveria servir para traçar novos rumos no que diz respeito ao combate a esta praga chamada corrupção, possa servir para a prática de um crime bem mais grave que é o retrocesso da nossa democracia. O que podemos fazer para que esta gente respeite o povo brasileiro?  Que os brasileiros sejamos capazes de nos mobilizar no sentido de exigir nas ruas o respeito à democracia bem como a aprovação das mudanças que queremos, como por exemplo o decreto da participação popular, a elite brasileira não quer saber de povo participando e muito menos de fim da corrupção, governo eficiente assusta (isso é coisa de estado policial), fogem da transparência como o diabo foge da cruz, por isso não duvido de que farão de tudo para que este país volte aos bons tempos da Era FHC quando se podia roubar à vontade e nada era investigado, tudo era engavetado, não saia nada no JN, o povo morria de fome e tudo bem. Estamos falando de uma elite secularmente podre e corrupta, que de boba não tem nada, rumina golpes  por anos que nem uma sucuri, há momentos em que o vomita a presa para salvar-se, como fez quando do suicídio de Vargas, mas não demorou muito para entrar em campo à procura de nova presa, Jango dançou, por um triz Lula não foi engolido em 2005 quando estourou o "mensalão", história que agora se repete com o "petrolão". Sabe duma coisa, melhor dormir com um olho bem aberto, pois o mar não está prá peixe não e pode piorar se não tomarmos pé da situação, ou será que é melhor dar uma de avestruz.

Seu voto: Nenhum (2 votos)

 

...spin

 

 

Nós vivemos em uma democracia, IV AVATAR

Os "checks and balances" continuam valendo. Por isso acho uma besteira e desserviço esse clima de catastrofismo. Há uma continuada tentativa de promover o terror psicológico no blog, como se estivéssemos na iminência de uma ruptura da ordem democrática.

É uma grande bobagem, e continuo sem saber qual a razão da insistência em promover esse clima de insegurança. Como disse antes, a explicação mais óbvia é pretensão do autor acreditar que sabe mais do que aqueles que detém o poder real. 

Quem quiser embarcar nessa canoa que embarque. Eu me reservo o direito de considerar que não sei nada sobre o que está realmente acontecendo nas altas esferas do Poder. E seria sensato que todos tivessem a humildade pensar da mesma maneira.

Seu voto: Nenhum

É um bom nome

Para a transição.

Seu voto: Nenhum (9 votos)
imagem de Ugo
Ugo

troll sem graça

Sem meias palavras, te rotular como desinformado é um elogio à ignorância, portanto não se orgulhe por este tipo de tratamento. Má-fé tampouco te pertence, pois é das pessoas muito perversas, aquelas que podem, tem um plano e uma finalidade, as que têm o verdadeiro poder.

Para falar, escrever e divulgar bobagens os argumentos invocados devem ser apresentados como algo que na duvida possa despertar duvidas para o leitor, quase uma verdade a ser avaliada em seguida. Agora como troll de direita morta(n)dela, um goebbel caricato o efeito é: quais os idiotas que pagam este coiso?

Seu voto: Nenhum (1 voto)

Noticia ruim em série.

Noticia ruim em série.

Seu voto: Nenhum (7 votos)

E se tudo isso for igual a

E se tudo isso for igual a jogada do neymar, ou seja: a Dilma está de acordo para receber a joelhada!

A política se revelará ser igual ao futebol, isto é: governa só quando eles quiseram!

Será que vale o velho ditado: Religião, Política e Futebol não se discute!

É tudo manipulado.

Esses políticos são todos dissimulados, não escapa um!

Será?

Seu voto: Nenhum (4 votos)

O caminho do mistério aponta para dentro!

imagem de armandolo
armandolo

Eh soh escafafunchar mesmo.

Eh soh escafafunchar mesmo. Bom samaritano ? No congresso? Soh conheco dois, Suplicy e Simon.

Seu voto: Nenhum (1 voto)
imagem de maria cecília p binder
maria cecília p binder

Ainda é possível ter esperança?

Com esse oportunista na Presidência da Câmara, o que será de nós? Sim, de nós, do povo, vítimas das consequências das batalhas insanas que, provavelmente, serão travadas entre o executivo e o legislativo. Como sempre, vai sobrar para o povo. Porque a elite sabe muito bem se defender, como provam as doações que o "ilustre" deputado Eduardo Cunha tem recebido ao longo de sua carreira política! Em dias como hoje, após ler a Folha (assinante uol, não assino esse jornal) e meus blogs preferidos (Nassif, Azenha, Miro, Kotscho, Carta maior, Tijolaço, dentre outros) gostaria que o mundo acabasse! É isso aí, parece que não adianta lutar, que não é possível ter qualquer esperança. Como alguém comentou hoje, “Lasciate ogni speranza voi che entrate” parece a frase mais atual para quem ainda esperava dias melhores com o segundo mandato da Presidente Dilma.

Seu voto: Nenhum (1 voto)
imagem de Wendel
Wendel

E então.........................

Contra a esperteza, a competência !!! Se o governo e sua base aliada não conseguem impedir um adversário como este de conquistar a presidencia da Câmara, só posso dizer que é  uma completa lincompetência !!!!!!!!!!!!!!

Seu voto: Nenhum (1 voto)
imagem de anarquista sério
anarquista sério

Como é possível um governo

Como é possível um governo apoiado pela maioria abismal no Ocidente,perder pra um rival?

        A resposta é simples: Dilma não é ''malaca''.Não aprendeu nada com Lula.

           Como pode presidir um país sem gostar e nem ter capacidade pra ser política?

           Golpe não existe.Isso é fantasia.Teoria da conspiração e outros babados.

                  Mas auto-golpe é possível.

Seu voto: Nenhum (4 votos)

Comentar

O conteúdo deste campo é privado e não será exibido ao público.
CAPTCHA
Esta questão é para testar se você é um visitante humano e impedir submissões automatizadas por spam.