Revista GGN

Assine

Gabrielli desmente matéria do Estadão

Da Secretaria do Planejamento do Estado da Bahia

NOTA DE ESCLARECIMENTO - JORNAL ESTADO DE SÃO PAULO

São inverídicas as declarações atribuídas nesta quarta-feira (26/03), pelo jornal Estado de São Paulo, ao ex-presidente da Petrobras e atual secretário do Planejamento da Bahia, José Sergio Gabrielli, na matéria intitulada "Comitê de Pasadena não era desconhecido, diz Gabrielli. A matéria teve o claro objetivo de criar um conflito, que inexiste, entre o ex-presidente e a atual presidente da Petrobras, Graça Foster. O ex-presidente não conversou com nenhum jornalista do veículo e também não foi emitida nenhuma "nota" em nome de Gabrielli, conforme cita a matéria no trecho: "(...) Em nota, ex-presidente da Petrobras contradiz atual mandatária da estatal, Graça Foster, que afirmou desconhecer. grupo responsável por gerir refinaria".

 

Média: 4.2 (5 votos)
11 comentários

Comentários

Espaço Colaborativo de Comentários

Opções de exibição de comentários

Escolha o modo de exibição que você preferir e clique em "Salvar configurações".
imagem de Flávio Tonelli Vaz
Flávio Tonelli Vaz

Gabrielli desmente

Se o objeto das inverdades envolvesse o Min. Barbosa, sairia o desmentido. Aliás, o jornaslista correu para se desculpar porque calúncia, difanação e indenizações civis se tornam vultuosas quando o atingido é um magistrado ou promotor. A gonra dos demais mortais não vale nada para o poder judiciário.

Seu voto: Nenhum

antigamente era só 1º de abril

agora nossa imprensa faz os 365 dias do ano de 1º de abril.

Seu voto: Nenhum (3 votos)

Esse documento em que a perícia da PF constatou ter sido feita uma rasura, o senhor sabe quem o rasurou?

A vida é curta demais para se beber cerveja barata!!

A folha é contra a corrupção no pt, no psdb não!!!

 Frede69

imagem de CB
CB

À Mídia Golpitsa:Joseph

À Mídia Golpitsa:

Joseph Goebbels
Wikipédia

Paul Joseph Goebbels (29 de outubro de 1897 - 1º de maio de 1945), foi o ministro da Propaganda de Adolf Hitler na Alemanha Nazista.
"Uma mentira repetida mil vezes torna-se verdade"
- citado em "The Sack of Rome" - Page 14 - por Alexander Stille e também citado em "A World Without Walls: Freedom, Development, Free Trade and Global Governance" - Page 63 por Mike Moore - 2003

Seu voto: Nenhum (1 voto)
imagem de JorgeLuis
JorgeLuis

Eu sabia que a crise dos

Eu sabia que a crise dos jornais estava feia, mas não imaginei que tivessem substituído todos os jornalistas por "ghost writers" de ficção.

Seu voto: Nenhum (2 votos)
imagem de Mauro Segundo 2
Mauro Segundo 2

A matéria sai no estadão,

A matéria sai no estadão, repercute na Folha, Veja, Jornal, Nacional, Fantástico, Jornal da Globo, Jornal da Band, programa eleitoral do PSDB, PPS, DEM, a oposição repercute nos discursos da câmara e senado, esses discursos saem de novo na Folha, Veja, Jornal, Nacional, Fantástico, Jornal da Globo, Jornal da Band, programa eleitoral do PSDB, PPS, DEM......e  a resposta sai no blog do Nassif!!!
Realmente, o Brasil não precisa da lei do direito de resposta do Requião, por isso o governo não mexe uma palha para aprová-la.
Do jeito que tá, tá bom para eles.

Seu voto: Nenhum (6 votos)
imagem de JoselitoSN
JoselitoSN

Façamos assim:   Aproveite o

Façamos assim:

 

Aproveite o tempo ainda na chefia do Executivo Nacional e, por MP, corte 30% de todo patrimônio de todas empresas de comunicação para criar uma empresa própria.

Com esse terço do mercado (MP vale por 3meses, caso nao seja aprovada pelo Congresso), veiculemos histórias com uma roupagem de fatos, atacando a honra da oposição ferozmente (leia-se, calunia, difamaçao, injuria).

Assim, quando a oposição se manifestar por meio de suas empresas subsidiárias (ou será a oposição em si?)  de comunicação, o debate acerca do direito de resposta, bem como de "notícias" mentirosas e fabricadas estará estabelecido!

Seu voto: Nenhum (3 votos)

Temos que colocar as barbas

Temos que colocar as barbas de molho! Em 64 o golpe veio com o sensacionalismo provocado por esta mesma mídia propagandeando a vinda do comunismo e comunistas comedores de criancinhas. Hoje temos a Petrobrás, as ingerências, os negócios ruins, o Porto de Cuba. Só falta a inflação dar uma arrepio que a mídia irá tratá-la como um rugido do Leão temeroso. è bom o governo se mexer logo e mostrar a verdade absoluta e irrestrita sobre Pasadena e sobre a gestão da Petrobrás antes que o caldo entorne!

Seu voto: Nenhum (2 votos)

"Não tenho prova cabal contra Dirceu - mas vou condená-

O ataque sobre a Petrobrás

O ataque sobre a Petrobrás (para atingir a Dilma) está fora de controle. A mídia partiu para o puro terrorismo. Não estão nem aí para o imenso prejuízo (muito maior do que o valor pago por Pasadena) que podem causar ao Brasil e a Petrobrás.  Oposição desesperada e mídia partindo para o Vale Tudo. Salve-se quem puder.

Enquanto isso o governo calado, como se nada estivesse ocorrendo.

 

Seu voto: Nenhum (5 votos)
imagem de Antonio Luiz Teixeira
Antonio Luiz Teixeira

Gabrielli e Estadão

Marco St., a sua afirmação final "Enquanto isso o governo calado, como se nada estivesse ocorrendo." acredito não ser totalmente correta. A resposta de Gabrielli ao ESP já a contradiz, pelo menos em parte. De outro lado, a própria Petrobrás e seu Ministério tomam as medidas cabíveis para enfrentar maledicências e sanear desvios de condutas, porventura perpetrados na empresa. Ao jogo frio e calculista da oposição no congresso o governo responde com a cautela para tentar compor maioria que barre a CPI da Petrobrás. Se terá sucesso ou não veremos. Mas, calado, não acredito que esteja. Só espero que a angústia, que os daqui de fora sofremos, não o contamine, pois senão estaremos todos perdidos.

Seu voto: Nenhum (2 votos)
imagem de edna baker
edna baker

Tem absoluta razão. Parabéns

Tem absoluta razão. Parabéns pela lucidez.

Seu voto: Nenhum
imagem de Zanchetta
Zanchetta

Tão tentando achar um

Tão tentando achar um culpado... Será que não dá para jogar nas costas do Marcos Valério?!?!?

Seu voto: Nenhum (6 votos)

FHC

Ou nas do FHC!

Seu voto: Nenhum (7 votos)

Comentar

O conteúdo deste campo é privado e não será exibido ao público.
CAPTCHA
Esta questão é para testar se você é um visitante humano e impedir submissões automatizadas por spam.