Revista GGN

Assine

Moro, que vazou grampo à Globo, nega ter "influenciado" a imprensa contra Lula

Foto: Agência Brasil

 

 

Jornal GGN - Na sentença em que condenou Lula a 9 anos e meio de prisão no caso triplex, Sergio Moro negou que tenha utilizado parte da grande mídia para ajudar a força-tarefa a liquidar o direito à presunção de inocência do ex-presidente.

 

O juiz - que às vésperas do impeachment alimentou a Globo com grampo posteriormente anulado pela Suprema Corte, de conversa entre Lula e a então presidente Dilma Rousseff - disse na sentença do triplex que "não controla e não pretende controlar a imprensa, nem tem qualquer influência em relação ao que ela publica."

 

"Em ambiente de liberdade de expressão, cabe à imprensa noticiar livremente os fatos. O sucessivo noticiário negativo em relação a determinados políticos, não somente em relação ao ex-presidente Lula, parece, em regra, ser mais o reflexo do cumprimento pela imprensa do seu dever de noticiar os fatos do que alguma espécie de perseguição política a quem quer que seja", disse Moro.

 

O juiz ainda avaliou que "deve-se tirar a política das páginas policiais, mas isso se resolve tirando o crime da política e não a liberdade da imprensa."

 

Segundo Moro, diante da dimensão do escândalo revelado pela Lava Jato, "é natural, no contexto, que a imprensa tenha notícias para divulgar." Apesar disso, afirmou que sua sentença foi proferida com base "nas leis e nas provas", "independentemente de qualquer posicionamento da imprensa a respeito do caso."

Média: 1.9 (9 votos)
15 comentários

Comentários

Espaço Colaborativo de Comentários

Opções de exibição de comentários

Escolha o modo de exibição que você preferir e clique em "Salvar configurações".
imagem de Rui Ribeiro
Rui Ribeiro

Foi a imprensa que influenciou o Moro

Moro só influencia }Coxinhas e Troxuinhas mas ele os Coxinhas são influenciados pela Globo

Seu voto: Nenhum (2 votos)

Sordidez...

Bom, a insinuação (sim, pois isto é uma insinuação sórdida) que há mais audios comprometedores, mas que ele - tão bonzinho - não mostrará, me autoriza a dizer aqui que tenho um video dele, como voyeur de uma festa, onde uma certa senhora, que lançou um site em sua defesa, aparece renrabichada por um bando de passistas de uma escola de samba aqui do Rio - em pelo. Verdade mentira? Não importa. Só mostrarei depois que ele divulgar este lote específico de canalhice que ele diz guardar.   

Seu voto: Nenhum (2 votos)

considero provado então...

que Globo e Moro sempre atuaram de mãos dadas

Seu voto: Nenhum (3 votos)
imagem de Dulce Madame X
Dulce Madame X

INTERCEPTAÇÕES TELEFÔNICAS

INTERCEPTAÇÕES TELEFÔNICAS devem ser destruidas, como manda a lei. Não ficarem nas MÃOS OU GAVETAS DE UM ESQUISOFRÊNICO travestido de JUIZECO. 

Seu voto: Nenhum (1 voto)
imagem de Schell
Schell

O ápice da cretinice se

O ápice da cretinice se consubstancia na mentira. O desMoronado é exemplo cuspido e escarrado dessa merdiática hipocrisia.

 

Seu voto: Nenhum (1 voto)
imagem de Indio Guinado
Indio Guinado

Sleazocracy: um presente da Grã-Bretanha para os EUA (só?)

De acordo com o "desconhecido" The New York Times, a mais importante exportação cultural recente dos britânicos (esqueçam Shakespeare, Dickens, Beatles ou Bowie)  e é a "sleazocracy", ou o uso de truques, manipulações e técnicas de "realidade" televisiva para a influência e o lucro na era da politica como entretenimento.

... A mídia/imprensa sórdida, corrupta, imoral ... (como já antecipava Pulitzer, aqui já estamos criando a consequência: ).

Em traduções criativas, podemos dizer que "sleazocracy" = corruptocracia, sordidocracia ou ... imorocracia...

Encerram o artigo com um bem vindos à nova classe dominante: "Welcome to new ruling class. Made in Britain".

https://www.nytimes.com/2017/07/14/opinion/rob-goldstone-russia-donald-t...

Seu voto: Nenhum
imagem de PauloBR
PauloBR

Dizem...

De certas pessoas, dizem que é fácil saber quando mentem: basta ver que seus lábios se movem.

No caso da fuinha das araucárias, porém, a gente vê os lábios se moverem, mas se pergunta se não é ventriloquismo...

Seu voto: Nenhum (1 voto)

Novos Tempos?

Nassif: a Cíntia que me perdoe, mas Savonarola dos Pinhais tem razão. Pô, se é fato notório que foi a grande mídia quem redigiu a condanação (com 70% escrito pelos do Jardim Botânico e 10% pelo bando de Don Raton) temos então uma inversão. O Verdugo é que ficou impressionado com o volume de provas originários dos noticiários poderosos. Inclusive, as delações eram incorporadas aos autos conforme orientação desses "patriótas" investigadores. Ele só emprestou o nome e rubricou, tipo Juíz de aluguel. Só esperam, os tubarões, que ele não cobre royalties, o que seria mereceido.

Seu voto: Nenhum (2 votos)

O que ele fêz quando o site "

O que ele fêz quando o site " o antagonista", transmitiu ao vivo o depoimento de Lula?

Seu voto: Nenhum (2 votos)
imagem de João de Paiva
João de Paiva

Nem preciso comentar

Leiam o blog do Romulus. Na análise que ele fez destaco uma frae genial que resume o óbvio que todos percebemos, mas que sérgio moro se esforça em negar

""Em ambiente de liberdade de expressão, cabe à imprensa noticiar livremente os fatos. O sucessivo noticiário negativo em relação a determinados políticos, não somente em relação ao ex-presidente Lula, parece, em regra, ser mais o reflexo do cumprimento pela imprensa do seu dever de noticiar os fatos do que alguma espécie de perseguição política a quem quer que seja""

Diz o Romulus:

"Estamos diante do exemplo pronto e acabado de uma afirmação que é a sua própria negação!"

Seu voto: Nenhum (1 voto)

operador da Globo

Quando o falsário Moro diz que deu publicidade aos audios de grampos mente. Ele deu para a Globo. Age como agente infiltrado no judiciário para fazer tráfico de influência. Beneficia uma empresa, Globo, que comanda um imenso cartel de comunicação social. Muito pior que os cartéis de emprenteiras, pois a Globo opera sob concessão pública.

Ao trabalhar em tabelinha com cartel, oro faz parte dele e deveria ser processado por corrupção e tráfico da influência.

Ele quer fazer crer que Lula não contestou reportagem do Globo de 2010 e diz nos autos que isto transforma a reporcagem em prova material. Por outro lado, nunca questionou as capas da Veja, sobretudo aquela em que o fantasiaram como super herói com as cores do PSDB em confronto com o Lula vermelho. Pela lógica dele, ele é sim uma parte contendora no processo e não permite que se possa dizer que seja isento. Deveria ser afastado e também processado por descumprimento do dever de se afastar de casos que digam respeito aos seu anseios políticos.

Seu voto: Nenhum (1 voto)

WRamos

imagem de Orlando Soares Varêda
Orlando Soares Varêda

Perfeito Wilson. Além do mais

Perfeito Wilson. Além do mais esse serviçal da rede globo de trapaças, corrupção e chantagens, deveria ter mais respeito com aqueles que pagam suas gordos salários e mordomias indecentes. Lembre-se de quando era estudante, e passe trabalhar com mais discrição, seriedade e independência. Para de aparecer como celebridade de TV. Do contrário, quer ser artista de novela? Larga a Toga, a justiça vai agradecer. Quem sabe, os irmãos Marinho arrumam ao menos uma vaga no proximo BBB.

Tá certo que deve favores aos seus patrocinadores da globo, mas, ainda é tempo creio, seja altivo, passe para o lado do povo e da justiça, seus verdadeiros, patrão e norte.

Orlando

Seu voto: Nenhum (1 voto)

Além de péssimo juiz

Além de péssimo juiz (parcial,  partidário e maquiador) é mentiroso.

Seu voto: Nenhum (2 votos)

Quem mata é Deus

Ele poderia usar essa clareza de raciocinio na sentença condenatoria de sua autoria ,né ?

Há policiais que afirmam que nao atiram pra matar , pois quem mata é Deus , se Moro fosse policial diria isso tambem ! 

Seu voto: Nenhum (2 votos)
imagem de Serjão
Serjão

Criador e criaturas

deus = marinho's family - a famiglia

demiurgo = rede esgoto

Seu voto: Nenhum (1 voto)

MORO/GLOBO INTIMIDADOS POR LULA: “LEÃO” DE CURITIBA... MIOU

Atualizado HOJE:

MORO/GLOBO INTIMIDADOS POR LULA: “LEÃO” DE CURITIBA... MIOU! – DE NOVO!

Por Romulus

Muitos leitores vieram me perguntar o que eu achei da condenação de Lula por Sergio Moro ontem. Queriam saber “quando eu ia publicar um artigo sobre isso”.

Confesso que, assim que saiu a notícia, além de postagem sumária nas redes sociais, não pretendia escrever sobre isso não.

E por quê?

Ora, porque essa “notícia” foi uma...

- ... NÃO-notícia!

Pior: foi uma não-notícia visando, justamente, a virar a pauta do noticiário em relação a notícias de verdade.

Ia lá eu fazer o jogo da Globo/ Moro e ajudar a pauta fake a subir?

Tratando dela especificamente?

Não...

Nada disso!

Não que o (não) acontecimento seja irrelevante...

Não é bem isso...

A questão é a minha “pegada” como analista...

Como os leitores já sabem, pensando ~estrategicamente~, meu foco costuma ser muito mais no ~subtexto~ do que nos textos disparados pelos diversos atores do jogo político.

E em “atores do jogo político” entram, evidentemente, a Globo e Sergio Moro.

Muito mais importante do que a condenação de Lula por Moro - per se - são:

 

(i) a sua timidez!;

(ii) o timing;

(iii) as limitações técnicas; e

(iv) os movimentos casados da Globo para tentar pautar os seus desdobramentos.

 

Passemos, pois, à análise desse subtexto.
 

LEIA MAIS »

 

Seu voto: Nenhum (1 voto)

Comentar

O conteúdo deste campo é privado e não será exibido ao público.
CAPTCHA
Esta questão é para testar se você é um visitante humano e impedir submissões automatizadas por spam.