Revista GGN

Assine

Multimídia do dia

As imagens e os vídeos selecionados.

Média: 3 (2 votos)
6 comentários

Comentários

Espaço Colaborativo de Comentários

Opções de exibição de comentários

Escolha o modo de exibição que você preferir e clique em "Salvar configurações".

Fascismo em vídeo de filme antigo

Seu voto: Nenhum

Karaokê do João Gilberto, por Irajá Menezes

Irajá Menezes12 min ·  

KARAOKÊ DO J. G.

Enquanto estudo é análise, arte é síntese. A voz, a harmonia e a batida do João Gilberto formam tramas inextricáveis e firmes como um tapete persa. Para estudá-lo a gente precisa desfiar o tapete.

Quando eu procurei saber como o João tocava e cantava nos primórdios encontrei dois livros preciosos: 'João Gilberto Complete Transcription' do Hideki Nakajima e 'Bim Bom: a contradição sem conflitos de João Gilberto', do Walter Garcia. 'João Gilberto Complete Transcription' registra todas as centenas de shapes de mão esquerda escolhidos em todas as gravações disponíveis no mercado, do primeiro compacto em 1958 até os 'ao vivo' do século XXI. Em 'Bim Bom' Walter Garcia anotou cada compasso das batidas do primeiro LP, sem deixar passar uma única variação da mão direita. O compêndio inicial de combinatórias entre patterns de ritmo sistematizado pelo Walter abre caminho para perceber inúmeros achados da produção gilbertiana posterior.

Este violão sem voz que trouxe hoje sou eu tentando encontrar fluência na execução da harmonia somada às divisões rítmicas da 1.ª versão do 'Chega de Saudade'. A cara preocupada de quem está monitorando várias 'telas' ao mesmo tempo ilustra a multiplicidade de elementos que a gente tem que dar conta quando tenta mimetizar o baiano. Acontece que eu sou pedestre, acontece que ele não é. João Gilberto fabrica tapete voador.

Para quem quiser fazer o karaokê, segue a dica: a introdução termina depois da 6.ª mudança de acorde. Aí entra o canto: 'Vai, minha tristeza e diz a ela que sem ela não pode ser'...

https://www.facebook.com/iraja.menezes/videos/vb.1354542003/10210006441101651/?type=2&theater

 

Seu voto: Nenhum

*

 

 

 

Seu voto: Nenhum (2 votos)

*

 

 

 

Seu voto: Nenhum (1 voto)

*

 

 

 

Seu voto: Nenhum (1 voto)

Criança desEsperança . Quase tudo fake. Hiprocrisia extrema !!

Renado Aragão quase todos os anos utiliza a mesma estorinha da carochinha e choraminga artificialmente, sem uma gota de lágrima, para fazer com que trouxas façam doação para a campanha dos hipócritas marinhos .

Mamãe, no céu tem pão ? E morreu 

 

Seu voto: Nenhum (1 voto)

Comentar

O conteúdo deste campo é privado e não será exibido ao público.
CAPTCHA
Esta questão é para testar se você é um visitante humano e impedir submissões automatizadas por spam.