Revista GGN

Assine

Oposição quer vencer a eleição e desmontar o pré-sal, aponta Gabrielli à CPI

Jornal GGN – A quem interessa que a compra da Refinaria de Pasadena tenha sido um erro e que a Petrobras seja classificada como uma empresa mal gerida e quebrada? Essa foi uma das perguntas que os senadores membros da CPI da Petrobras - todos da situação - fizeram ao ex-presidente da estatal, José Sérgio Gabrielli, na manhã desta terça-feira (20).

“A Petrobras não pode ser considerada uma empresa falida ou mal gerida. Isso é campanha da oposição e luta política. Essas forças são contrárias à Petrobras e querem desqualificá-la criando essa falsa imagem de que ela está em crise”, disparou Gabrielli.

Nenhuma liderança do PSDB ou do DEM - que recorreram, inclusive, ao Supremo Tribunal Federal (STF) para garantir uma investigação exclusiva sobre a Petrobras no Senado - esteve no plenário ou integra a CPI como membro permanente. Eles declinaram a participação mirando uma CPI mista, com menos espaço para o governo.

Ao longo de três horas, Gabrielli respondeu a cerca de 200 perguntas, a maioria sobre a compra de uma refinaria no Texas, Estados Unidos, pelo total de 1,2 bilhão de dólares, em 2006. Segundo a atual presidente da Petrobras, Graça Foster, a aquisição, até o ano passado, acumulou prejuízo de 530 milhões de dólares, mas nos dois primeiros meses de 2014 registrou lucro líquido de 58 milhões de dólares.

"Em 2006, Pasadena era um bom negócio. Em 2008, se torna mau negócio porque reflete a mudança que houve no mundo em 2008 com a crise financeira. Reflete a mudança no mercado dos EUA, que conseguiu reverter a desvantagem que tinha no passado com a venda de petróleo mais leve. Em 2013 volta a ser bom negócio e em 2014 é lucrativa. Compra petróleo leve no Texas que pode ser processado com margem de 30 a 40 dólares por barril, e produz 100 mil barris por dia. São 30 milhões de barris por ano. Se a margem de rentabilidade for de 10%, são 100 milhões de dólares de lucro por ano. Os dados são do mercado, são públicos", pontuou.

Na avaliação do ex-dirigente, as denúncias que a oposição ao PT levantam há meses sobre a estatal têm como pano de fundo o destino da empresa e a exploração do pré-sal. Ele lembrou que, em 2010, o site estrangeiro Wikileaks expôs um telegrama em que o ex-presidenciável José Serra (PSDB) teria sinalizado à petroleira Chevron que mudaria as regras para exploração e repartição dos lucros do pré-sal caso vencesse a disputa eleitoral.

“Em 2009, o Congresso Nacional começou a discutir o marco regulatório do petróleo brasileiro. A primeira mudança com o marco foi definir que os lucros do pré-sal seriam compartilhados entre Petrobras e Estado brasileiro. A segunda, que a Petrobras será a operadora única do pré-sal. Há vazamento no Wikileaks colocando de forma clara que a prioridade do próximo governo [o da oposição, se vencer a disputa em outubro próximo] é desmontar essa lei. Apareceram nomes de políticos, que prefiro declinar, mas são políticos da oposição”, destacou.

Gabrielli apresentou dados do último balanço financeiro da Petrobras para rebater as acusações de que a empresa está afundada em dívidas. Segundo ele, os dados mais recentes comprovam que o lucrou do primeiro trimestre de 2014 foi de 5 bilhões de reais. "Só não chegou a 7 bilhões porque reservou 2 bilhões para o programa de aposentadoria dos funcionários. A Petrobras só toma empréstimo para crescer, não para resolver problemas de caixa. Como falar que ela está em crise? A empresa é pujante, está em crescimento.”

Corrigindo informações

O ex-presidente da Petrobras aproveitou o depoimento no Senado sem intervenções de oposicionistas para corrigir informações publicadas na grande mídia. Para ele, um dos erros foi terem apontado que a compra de Pasadena teria ocorrido “a toque de caixa”. Passou-se pelo menos um ano desde setembro de 2005, quando a Petrobras fez uma proposta à detentora de 100% da refinaria, a empresa belga Astra Oil, até que os contratos fossem assinados, no final de 2006, segundo explicou.

Gabrielli também comentou a entrevista que o jornal O Estado de S. Paulo publicou sobre o tema. Segundo ele, o veículo deu destaque para a parte em que o ele diz que Dilma precisa assumir sua responsabilidade sobre a compra da refinaria. A presidente havia afirmado que se soubesse das cláusulas Put Option e Marlim, que causaram desentendimentos entre as sócias, não teria autorizado a compra. “Pinçar aquela frase é deslocar o que foi dito”, avaliou Gabrielli. Não houve, de acordo com ele, tentativa de imputar a responsabilidade da compra de Pasadena a Dilma simplesmente porque a decisão sobre a compra é de um órgão colegiado.

“A presidente Dilma é uma gerente de extrema competência. Ela tem posições muito firmes. Porém as decisões Conselho de Administração da Petrobras são de colegiado. Se ela colocasse uma posição [contrária à compra de Pasadena após saber das cláusulas], em 2006, não posso dizer qual seria a conclusão. Haveria debate. A responsabilidade é da diretoria internacional da Petrobras e do Conselho. A responsabilidade não é individualizada. O processo de compra é coletivo.”

Gabrielli reforçou que historicamente o Conselho de Administração da Petrobras desempenha o papel de avalizar decisões estratégicas após as diretorias abaixo do Conselho na hierarquia debaterem os processos. No caso da compra de Pasadena, quem capitaneava a negociação desde o início era a diretoria internacional da Petrobras, chefiada por Nestor Cerveró - que depõe na CPI na próxima quinta-feira (22).

“O Conselho toma decisões com base em sumários executivos, não com base no sumário total, porque são processos grandes. Não há condições de analisar tudo. Tudo precisa passar antes pelo crivo das diretorias competentes. Logo, os membros do Conselho receberam um sumário executivo sobre Pasadena", um sumário sem explicações sobre as cláusulas citadas. Apesar disso, elas não eram "determinantes" para o negócio. "O que estava em jogo não eram as cláusulas, mas saber se iriamos expandir nossa produção pelo mundo ou se ficaríamos apenas na Argentina e Bolívia."

SBM Offshore e Paulo Roberto Costa

O ex-presidente da Petrobras evitou se aprofundar nas questões acerca da relação entra a estatal brasileira e a empresa SBM Offshore. Ele apenas refutou as acusações feitas na imprensa nos últimos meses, dizendo que à mídia internacional a holandesa desmentiu que haja informações contra a Petrobras por pagamento de propina a funcionários brasileiros. “Não há nenhum indício de propina. Não vou comentar porque desconheço esse tipo de informação”, resumiu.

Sobre a relação de Paulo Roberto Costa, ex-diretor da Petrobras preso na Operação Lava-Jato da Polícia Federal - mas recentemente solto por determinação do STF -, Gabrielli também disse pouco. Apenas que no caso de Pasadena, Paulo Roberto teria participado apenas de uma reunião com a sócia Astra Oil para denotar que a Petrobras iria recorrer à justiça para concluir o processo de rescisão da parceria no Texas. 

Média: 4.3 (18 votos)
45 comentários

Comentários

Espaço Colaborativo de Comentários

Opções de exibição de comentários

Escolha o modo de exibição que você preferir e clique em "Salvar configurações".
imagem de Nando Vilela
Nando Vilela

Nassif,   Esse ponto que o

Nassif,

 

Esse ponto que o Wikileaks revelou sobre o Serra é importantíssimo de ser lembrado! O candidato tucano fez acordo secreto com as petroleiras internacionais e dizia para os eleitores que o novo marco regulatório do Pré-sal era bom. Eu lembro de entrevistas dele em que ele dizia ao público eleitor algo  bem diferente do que ele falou pra diretora da Chevron.

Resumindo, o Serra foi totalmente pego na mentira pelo Wikeleaks! Mas isso passou batido por que a revelação foi posterior à eleição. Acho que valeria correr atrás dos vídeos pra confrontar declarações do Serra ao público com o que ele disse pra Diretora da Chevron. Seria uma desmascarada épica e de entrar para a história!

Seu voto: Nenhum
imagem de Carlos Hornstein
Carlos Hornstein

Conforme a articulista

Conforme a articulista informa no paragrafo "Corrigindo Informacoes"  eu digo: Como é bom não haver oposição!...

Seu voto: Nenhum (3 votos)
imagem de Neideg
Neideg

Gabrieli eh esse executivo de

Gabrieli eh esse executivo de visão, iniciativa  e coragem que foi escolhido para transformar a nossa Petrobras na empresa que nos dará suporte energético pelas próximas décadas. Um grande líder com o faro de Lula sabe onde dormem as cobras.

Quem conheceu Gabrieli, PHD em Economia na Universidade de Boston, como professor e diretor da Faculdade de Economia, Superintendente da FAPEX e pro-reitor de Pesquisa e Pos-Graduação da UFBA não se surpreendeu com o seu desempenho.

Graca Foster eh essa gerentona de produção, desprovida de percepção política e estratégica, que Dilma acreditou, um dia, que poderia ser capaz de dirigir uma potência como a Petrobras.

As vezes, eu acho que Dilma foi Economista por não conseguir entrar na Faculdade de Engenharia. Só isso justifica essa fixação, quase infantil, por engenheiros.

Seu voto: Nenhum

Sabem qual é o cúmulo da

Sabem qual é o cúmulo da crença nas oposições do Brasil?  É o Nassif acreditar que o Aécio Neves do PSDB, sei lá por qual razão, fará uma campanha melhor e mais qualificada do que a do Serra em 2010 que desembocou em abortos e barrigudas em horário nobre. Me desculpe Nassif, sei que seu papel como jornalista com J maiúscula é prá lá de nobre neste blog em conter os ânimos, mas esqueça isso. Nós teremos a campanha mais infame de todos os tempos, não por conta do Governo, mas pelos alinhamentos e contratos que já estamos a ver do outro lado. Quem contrata jornalista da Veja que fez uma biografia difamatória de José Dirceu para sua assessoria, fará o que na campanha eleitoral?

Seu voto: Nenhum (9 votos)

 

Combatendo a hipocrisia nacional que alimenta o fascismo.

O Tucano e a Tartaruga

Conversa de bar se derem duas tartarugas para um Politico do PSDB cuidar, elas fogem, meu irmão diz que o Tucano mata as tartarugas para não cuidar, eu afirmo que ele as vendem, para não cuidar e claro.

Seu voto: Nenhum (1 voto)

O que é bom e dá orgulho não passa no PIG

 Publicado em 20/05/2014AVIÃO KC-390: 
DEFESA DÁ UM SALTO

Aviões, caças, blindados Guarani – e submarino com propulsão nuclear. O pré-sal exigiu



A Presidenta Dilma Rousseff inaugurou nesta terça-feira (20), em Gavião Peixoto (SP), um hangar em que ficará a linha de montagem do avião KC-390, que será produzido em série pela Embraer com a Força Aérea Brasileira (FAB)

A FAB vai comprar  28 exemplares do KC-390.

A construção da aeronave em solo nacional representa um salto na estratégia de Defesa do país, além dos ganhos na Economia. 

“Com este avião podemos garantir a presença em todo o território nacional. Ao mesmo tempo, esse projeto fortalece a indústria aeroespacial nacional, que dará um salto e atingir um novo patamar. Além disso, a FAB precisa substituir aviões de transporte e é muito mais vantajoso comprar da indústria nacional”, afirmou Sergio Henrique da Silva Carneiro, Coronel Engenheiro e gerente do projeto.

 


Dilma comemora ao lado do governador Geraldo Alckmin e do Ministro da Defesa, Celso Amorim, no evento. Foto: Roberto Stuckert Filho


Para a Presidenta Dilma Rousseff, “ninguém em sã consciência pode duvidar que a indústria da Defesa é estratégica. Muitos concordarão que tem potencial extraordinário para o desenvolvimento tecnológico. São razões suficientes para ficar orgulhoso do que fizemos aqui. Mas,  acredito que tem uma outra razão para celebrar esse programa (…): a quantidade de empregos diretos e indiretos previstos na construção do KC-390. (…) Vamos produzir aviões e desenvolvimento, com mais empregos, melhores empregos, mais renda e mais oportunidades para todos os brasileiros e brasileiras  …”.

O projeto, firmado em 2009, ainda no governo Lula, com Dilma como Ministra-chefe da Casa Civil, já conta com países que mostram  interesse em adquirir 32 aeronaves:  Argentina, Colômbia, Chile, Portugal e República Tcheca. O contrato firmado prevê a construção de 28 aviões em dez anos. O primeiro deve levantar voo no fim de 2014.

A assinatura do contrato significa uma nova postura das autoridades brasileiras quanto aos investimentos na defesa do interesse nacional. No evento de hoje, a Presidenta lembrou o Plano Estratégico de Defesa Nacional, criado em 2008 por Lula, e citou o lançamento do Plano Brasil Maior com medidas para desenvolver a indústria nacional.

Afirmou, também, que o Brasil conta desde 2012 com legislação específica para estimular as empresas brasileiras, o que garante ao Estado a possibilidade de realizar concorrências exclusivamente entre empresas estratégicas de defesa brasileira.


“Esse contrato assinado aqui hoje, pelo qual a FAB vai adquirir 28 unidades, é estratégico para a Embraer. É importante para vocês na medida em que mostra um horizonte no qual essa empresa vai se desenvolver, ter sustentabilidade e gerar os empregos de qualidade que nós achamos fundamentais para o país. Ela mostra também que, a partir de agora, nós também temos melhores condições de transformar o KC-390 num produto que será vendido, acredito, em todas as partes do mundo. Na nossa América Latina, na África, na Europa, nos Estados Unidos, enfim, nós queremos esse produto em todas as partes do mundo”, disse.


Tecnologia do avião permite reabastecer outras aeronaves em voo





 

 

O KC-390, que é o maior avião produzido em território nacional e no Hemisfério Sul, teve como fatores determinantes para a sua escolha o fato de ser multiúso, pois pode desempenhar diversas funções, como operar em pequenas pistas na Amazônia, lançar paraquedistas, realizar busca, reabastecer outras aeronaves em voo, pousar na Antártica e lançar carga em pleno voo, o que diferencia das demais aeronaves.

A parceria entre Embraer e FAB possui bons frutos, como o Super Tucano. Para o desenvolvimento do atual projeto, a FAB investiu R$ 4,9 bilhões. O programa da aeronave foi incluído no Programa de Aceleração do Crescimento (PAC).

As novas aquisições se juntarão ao caça sueco Gripen e aos submarinos nucleares, responsáveis pela defesa do Pré-sal e manutenção de instalações estratégicas como Itaipu, Furnas e Usinas nucleares de Angra. Elas substituirão o C-130 Hercules, da norte-americana Lockheed Martin, atualmente na frota da FAB.

 

O AVIÃO

 


Arte: Blog do Planalto

 

 


A aeronave de transporte tático militar e de reabastecimento em voo pode ser configurado como avião reabastecedor, operar a partir de pistas curtas e semipreparadas. Um sistema de comandos elétricos de voo (fly-by-wire), com funções otimizadas, garante o melhor desempenho de missão e um voo seguro, com reduzida carga de trabalho da tripulação.

O KC-390 tem o menor custo total do ciclo de vida e a maior disponibilidade em sua classe, segundo a Embraer.

A principal diferença para outros aviões do tipo, mesmo em relação ao  C-130 Hércules, é que o KC-390 é multiuso: pode desempenhar diversas funções, como operar em pequenas pistas na Amazônia, lançar paraquedistas, realizar busca, reabastecer outras aeronaves em pleno vôo.

Pode transportar tropas e armamentos, helicópteros e, inclusive, os modernos tanques blindados da série Guarani, já em operação, em fase experimental, no 33o. Batalhão de Infantaria Mecanizado, em Cascavel, Paraná (perto de Itaipu).  Os Guarani pesam 18T, e os KC-390 podem levá-los.

Os KC-390, assim como o submarino com propulsão nuclear (dentro do PROSUB), em produção em Itaguaí, RJ,  e os Guarani fazem parte de uma política de radical modernização das Forças Armadas – o que se tornou imprescindível, com a descoberta do pré-sal.

Alisson Matos, editor do Conversa Afiada



Clique aqui para ler texto do ansioso blogueiro, no “Camping Digital” do PT, sobre a Defesa do Brasil


Arte: Blog do Planalto

 

 

Seu voto: Nenhum
imagem de Motta Araujo
Motta Araujo

Que coisa heim e pensar que a

Que coisa heim e pensar que a EMBRAER é uma criação do Governo Militar tão execrado pelo PT e que a EMBRAER se desenvolveu porque foi privatizada pelo igualmente execrado Governo FHC, não é interessante?

Seu voto: Nenhum (1 voto)
imagem de fabiano trivilin diniz
fabiano trivilin diniz

Olha primeira emnte a embraer

Olha primeira emnte a embraer foi feita durante o segundo governo de getulio vargas se eu nao me engano em 1953 , e segundo imagine se fosse estatal...

Seu voto: Nenhum (2 votos)
imagem de Itamar Branco
Itamar Branco

Origem da Embraer

A Embraer foi criada em 01/1970 por iniciativa do Ministerio da Aeronáutica e apoio do Governo Militar. A decisão e confiança na viabilidade técnica foi facilitada pela existencia do CTA (1946) e ITA (1954) criados no Governo Getulio Vargas. Estava literalmente quebrada no inicio dos anos 90. Duas alternativas restavam: fechamento ou venda dos ativos imobilizado e tecnico. Em 1994, no Governo Itamar e FHC Ministro da Fazenda, a empresa foi privatizada e por isso está em atividade. Ainda não ajuda muito na balança comercial. Importa o que exporta, mas gera muitos empregos e orgulho para o Brasil. O Governo não mete o nariz lá e por isso está entre as 5 primeiras industrias aeronáticas do mundo. Seus sócios são bancos e industrias aeronáuticas internacionais, fundos de pensão e alguns minoritários nacionais. Se deixasse por conta do Lula ele esqueceria os aviões e usaria a área de 1,5 mi de m2 para criar jumentos e assim atender as necessidade de mobilidade da população. Nesse ponto, parabéns ao regime militar que criou Embratur, fez Itaipu, entre outras coisas boas e más também. Aconselho procurar um livro do Osires Silva.

Seu voto: Nenhum
imagem de Pachecão
Pachecão

Nossa. Declarações fortes e

Nossa. Declarações fortes e surpreendentes do Gabrieli. KKKKKK

E tem gente que vai ao êxtase com isso.  KKKKK

Seu voto: Nenhum (12 votos)

Declarações fortes porém

Declarações fortes porém verdadeiras.

Seu voto: Nenhum (6 votos)

ABAIXO A DITADURA

 

oposição de hoje...

sem dúvida alguma, representa o maior nível de ameaça que já tivemos

Seu voto: Nenhum (4 votos)

bendito seja o voto do eleitor...

que escolher Perder a Petrobrás Não

Seu voto: Nenhum (2 votos)
imagem de DeSola
DeSola

Quanto a crítica à oposição

Quanto a crítica à oposição Gabrielli foi certeiro ao lembrar das intenções de Serra. 

Quanto ao preço pago pela refinaria já foi mais que explicado que foi um bom negócio. 

Agora dizer que as cláusulas não são importantes isso não da pra concordar. Então qual a 

razão de ter ido à justiça e ter levado uma senhora derrota?

 

Seu voto: Nenhum

Gabrielli deu a linha e

Gabrielli deu a linha e mostrou como fazer o feitiço se voltar contra o feiticeiro. Só não empina a pipa quem não quiser...

Seu voto: Nenhum (4 votos)

o pig sepre foi inimigo da petrobras

Tudo que está ai nasceu do pig, E  pig sempre foi inimigo da petrobrás. O globo deve ter mil editoriais dizendo da inutilidade e no prejuiso que a exploração do petróleo nos daria. Mil. Já nasceu atacando a petrobras. O primeiro editorial da globo foi atacando o petrobrás. O robert fields sempre foi contra o patrocinou todo boicote dos eua nas ajudas ao Brasil como pena pela criação da estatal. Está no seu livro. Ainda consideram este cara como brasileiro...

Então o Gabiele não diz nehuma novidade. Eu disse mil editoriais do globo sempre contra a própria existencia da petrobras. Mil. Está lá registrado. . Seu donos ficaram bilionários fazendo este serviço. É o pig inimigo do país.

Seu voto: Nenhum (8 votos)

Quem não desconfia de si próprio não merece a confiança dos outros (ditado árabe)

Quem? Eu?

Humor   Nixon, Aécio e a crise na Petrobras

 

publicado em 12 de março de 2013 às 18:38

 

 

por Luiz Carlos Azenha

Antes de se tornar presidente dos Estados Unidos, ainda senador, Richard Nixon fez um discurso na TV se defendendo de acusações de desviar recursos de campanha e dizendo que os únicos presentes que tinha recebido em sua carreira política eram os filhos e um cãozinho chamado Checkers.

No discurso, Nixon fez uma declaração que ecoaria muito mais tarde, especialmente durante o escândalo de Watergate: “I’m not a crook”, ou seja, não sou trapaceiro.

À época, alguns jornalistas perguntaram: mas, Nixon, quem é que disse que você é trapaceiro?

Era.

Lembrei-me disso quando compartilhei, no Facebook, a foto acima, sugerida pelo Wagner Iglecias.

Que um partido tenha de deixar tão explícito que é a favor do Brasil e a favor da Petrobras deixa um odor de Richard Nixon no ar.  O episódio da Petrobrax veio imediatamente à mente de muitos leitores — eu estava lá, pessoalmente, como repórter, quando o plano foi anunciado, com o objetivo de dar um ar mais “internacional” à empresa.

É como a Folha se anunciar “a serviço do Brasil” ou o Globo usar uma tarja verde-amarela na capa. Mas, quem disse que são trapaceiros?

 

Seu voto: Nenhum (1 voto)
imagem de NRA Borges
NRA Borges

A confiabilidade dos

A confiabilidade dos políticos. Quando o Nixon foi eleito li uma matéria altamente elogiosa no Time Magazine onde o autor fazia considerações sobre a origem quaker do novo presidente. As pessoas dessa confissão - dizia - não podem mentir em nenhuma circunstância. Como seria então o desempenho de um presidente com um tal perfil? Então aconteceu o Watergate. Vivendo e aprendendo (sem chegar a questionar apesar de tudo a necessidade do debate político livre e de um Congresso eleito pelo povo). 

Seu voto: Nenhum

Eles vão continuar tentando...

Mas esse pessoal que quer tomar o país vem tentando desmontar a Petrobrás há tempos.

 

Seu voto: Nenhum (4 votos)
imagem de carlosc
carlosc

Desde 1994, Luciano. No 1º


Desde 1994, Luciano.

No 1º mandato (1994 a 1998) havia uma carta do FHC ao PMDB se comprometendo em não privatizar a Petrobras em troca de apoio do partido a sua candidatura. Já no 2º mandato não havia mais o compromisso e eles partiram com tudo para o desmonte e privatização. 

E farão novamente se retornarem ao poder...

É muita grana em jogo e as empresas do setor vão continuar a pressionar todos os nossos políticos para o desmonte final.

 

 

Seu voto: Nenhum (2 votos)
imagem de josé adailton
josé adailton

Gigante adormecido

Determinados fatos sempre estarão fora do alcance do cidadão comum.No passado, no presente e no futuro a transparência do Estado sempre será embaçada e embaralhada pelas versões e distorções.

Seu voto: Nenhum (9 votos)
imagem de basílio
basílio

Apenas os Fatos

Os fatos:

 

 

Produção de Derivados

Produção de Derivados

 

Pré Sal

Produção do Pré Sal

(Previsão de 2014 já superada, a empresa está produzindo neste mês 470 mil barris do Pré Sal por dia)

 

O resto é blá, blá, blá eleitoral.

Seu voto: Nenhum (2 votos)
imagem de sersikera
sersikera

A diferença principal.

A diferença principal é que o GaBrielli é um quadro do PT que presidiu a Petrobras priorizando os interesses do partido em detrimento da empresa, enquanto a Graça Foster é uma funcionária de carreira que, em que pese as enormes pressões políticas, tenta dirigir a empresa com um mínimo de responsabilidade empresarial.

O Gabrielli conseguiu baixar a eficiência operacional da Bacia de Campos da casa dos 90% para os 70%, negligenciando paradas de manutenção que prejudicariam a produção que garantiu toda a propaganda da autosuficiência, ainda que efêmera e com alicerces de barro, e seus efeitos eleitorais. A Graça consegiu reverter a queda e a eficiência este ano voltou a casa do 80%.

Outra herança de Gabrilelli pa a Graça foram dezenas de poços secos, irresponsavelmente deixados sem dar baixa para melhorar artificialmente os resultados da empresa. Foram responsáveis pelo primeiro prejuízo trimestral da Petrobras no século quando a Graça Foster assumiu e cumpriu sua obrigação de dar baixa nos poços.

Não é a toa que a maioria dos petistas prefere o Gabrilelli. 

Seu voto: Nenhum (3 votos)

A singularidade do plural.

"Não é a toa que a maioria dos petistas prefere o Gabrilelli." 

Na linha do "como o PT está destruindo o Brasil". Mas a pluralidade do blog permite.

Tente comentar num blog limpinho da direita reaça, o desastre que representa mais de 20 anos de tucanato em São Paulo. Ou comentar a trágica situação chamada de "crise hídrica" (eufemismo para a falência do sistema de abastaceimento de água aqui, na Paulicéia Desvairada)

O censor, também conhecido como "moderador", não lia nem até a metade do primeiro prágrafo e vetava a bagaça. Depois vem com papinho de que o totalitarismo é de esquerda.  

Seu voto: Nenhum (13 votos)

MAF

Grana garantida prá saúde e educação

Nem pensar os brasileiros perdermos os 100% dos royalties para educação e saúde, o que ocorrerá se o pré-sal for desmanotado, fora outros prejuizos

Seu voto: Nenhum (13 votos)

 

...spin

 

 

PiG-psdb: Entreguistas... e covardes!

Não há qualquer dúvida.

Os entreguistas do psdb-PiG, liderados por aécio never, atacaram a Petrobrás para roubar o pré-sal do povo brasileiro.

Se deixar... a pior "elite" do mundo entrega a própria mãe pro tio sam. rsrs

E o pior é que fugiram da cpi... que covardes.

Seu voto: Nenhum (13 votos)
imagem de AlvaroTadeu
AlvaroTadeu

Operários morreram, mas o assunto, não.

Acompanhei de perto o afundamento da P-36, no governo Fernando Henrique. Meu colega de projeto no NCE-UFRJ era engenheiro naval embarcado numa das plataformas de petróleo. Estava envergonhado com o que acontecera e chamava FHC de "assassino" para todo mundo ouvir. Perguntei qual a responsabilidade do presidente no afundamento da P-36, não havia ligação, segundo meu ver. Ele respondeu que as pessoas nomeadas para a PETROBRAS, a divisão da empresa em unidades de negócio autônomas, a terceirização radical, eram políticas de governo. E uma brigada de incêncio em plataforma de petróleo não pode ser formada nem por bombeiros experientes, quanto mais um bando de operários desinformados e ignorantes em segurança do trabalho. Equipes de segurança em plataformas de petróleo tem de ser formadas por gente altamente especializada e treinada, com condições de em poucos minutos chegar à fonte, avaliar os riscos do princípio de incêndio e debelá-lo. Da forma com que o incêndio foi combatido, poderia ter morrido muito mais gente, foi brincar com a vida das pessoas. Eu assino embaixo.

Seu voto: Nenhum (2 votos)
imagem de DUDE
DUDE

ONZE MORTOS!

O afundamento da P-36 resultou em onze mortos.

Mesmo lamentando os prejuízos financeiros,´350 milhões de reais, o seu custo, estes são reparáveis, o tempo pode saná-los.

A Petrobrás se recuperou,  mas os onze mortos são irreparáveis.

Jamais!

Seu voto: Nenhum (1 voto)

Se depender de mim, esta

Se depender de mim, esta oposição entreguista não ganha no voto, não ganha no grito e não ganha na porrada. 

Seu voto: Nenhum (16 votos)
imagem de Vitor Hugo Piangers
Vitor Hugo Piangers

Entrega da Petrobrás

Fábio de Oliveira, não se trata de quem estiver no governo para ser entregue aos investidores internacionais. O cenário para a entrega foi montado pelo próprio PT, veja só: Petrobrás sabidamente vende gasolina mais barata do que importa e isto lhe dá um deficit no fluxo financeiro. Para cobrir o rombo a Petrobrás se vale de empréstimo via emissão de debendures (ou Bonds no mercado internaciona). Ela é hoje a empresa mais endividada do planeta terra. Os investidores temem que ela não venha a pagar os empréstimos feitos. Agora, caso a Petrobrás venha a se tornar inadimplente no pagamento dos empréstimos, os investidores irão exigir mais garantias e aí que nasce o problema. A Petro pode dar reservas como garantias ou poderá oferecer as investidores se tornarem sócios da Petro e assim torná-la adimplente novamente. Caso ela venha a oferecer sociedade aos investidores, eles poderão ter mais ações do que o governo e assim ela ficará nas mãos destes investidores.

Pelo que sei este cenário foi montado durante o governo Lula e Dilma e naturalmente o próximo governo terá que descascar o abacaxi. Seja Dilma ou quem quer que seja o próximo presidente, a Petro já está na berlinda e poderá ser forçada a oferecer a sociedade e assim ficar nas mãos destes investidores. Eu particularmente gostaria que a Dilma ganhasse as próximas eleições pois ela terá que pagar o preço político por esta cagada que fizeram com a Petro. Acho mesmo que Aécio será esperto em não assumir este abacaxi.

Seu voto: Nenhum (1 voto)

A Petrobrás é campeã nacional

A Petrobrás é campeã nacional na emissão de títulos de dívida no exterior e o mercado não rejeita nenhum lançamento. Ou o mercado está louco, ou você está falando do que não conhece.

Seu voto: Nenhum (1 voto)

 

Combatendo a hipocrisia nacional que alimenta o fascismo.

Se os investidorem temem que

Se os investidorem temem que ela não venha a pagar o que toma emprestado, qual é a razão de suas captações internacionais serem sempre recordes? Acho que você precisa atualizar suas informações.

Seu voto: Nenhum (1 voto)

 

Combatendo a hipocrisia nacional que alimenta o fascismo.

imagem de carlosc
carlosc

Nem de mim. Os passos

Nem de mim. Os passos dessa corja tem que ser acompanhadados permanentemente e denunciados todos seus atos de entreguismo. Voto até no Pastor Everaldo mas neles nunca! 

Seu voto: Nenhum (7 votos)

Como sempre a imprensa que se

Como sempre a imprensa que se comporta como um partido de oposição distorceu a mais não poder declarações de um lado e de outro e informações sobre Pasadena e sobre a Petrobrás. Seu objetivo claro neste caso foi municiar a oposição que acionou o STF, obteve liminar favorável a CPI e agora boicota a CPI pela qual foi à Justiça. Ou seja, a oposição praticou litigância de má fé junto ao STF, pois seu objetivo jamais foi apurar nada significativo sobre a empresa, mas criar factóides que repercutissem na mídia venal sua parceira.

No mais o desconhecimento público sobre o funcionamento do Estado, sobre o funcionamento de decisões colegiadas dentro de empresas de economia mista, a não contextualização do momento da compra da Refinaria nos EUA e os movimentos subsequentes no mercado internacional de petróleo, resultaram em espaços para criar este carnaval todo sobre a Petrobrás. No frigir dos ovos trata-se da velha disputa entre setores neoliberais (PSDB, DEM, PPS e PSOL) que preconizam o fim do modelo de partilha para abrir espaços às empresas privadas internacionais atuarem nas gigantescas reservas do pré-sal.

Seu voto: Nenhum (1 voto)

 

Combatendo a hipocrisia nacional que alimenta o fascismo.

imagem de Durvaldisko
Durvaldisko

 O PIG, como previsto

 O PIG, como previsto  distorceu tudo.Pinçou   o insignificante  e ocultou o principal. Omitiu a  ausência  dos picaretas

da oposição que ficaram amuados. Sugere-se uma  CPI,convocando os  irmãos  Marinho para que esclareçam como é que se  acumula   28 bilhões de dólares,em  50 anos,vendendo jornal e exibindo novelas,com  veiculo de concessão pública.

Seu voto: Nenhum (8 votos)
imagem de mokiti
mokiti

A diferença entre o Gabrielli

A diferença entre o Gabrielli e a Graça Foster mostra o porque muitos querem o Volta Lula,faltou a Graça Foster a mesma  vontade de defender a Petrobrás como o Gabrielli o fez,a outra chegou lá e deu algumas explicações técnicas mas que foi muito pouco usada na defesa da Petrobrás,já o Gabriele foi superior nas explicações técnicas e ainda disse o que muitos ja sabem,a vontade de muitos de prepararem o terreno para a Privatização da Petrobrás e o uso de uma crise para levar essa eleição.

 Só vou votar na Dilma pois tenho esperanças que o Lula volte depois,e por causa tb do DUDU e do Aécio,do qual eu não gosto muito,outra coisa que a DiLMA precisa aprender é não ficar com essa bobagem de escolher mulheres para cargos importantes,pelo fato dela serem mulheres,pode ser mulher,homem,mas tem que ter competencia,deixar a IDELI Salvati na coordenação política foi um dos maiores erros que ela cometeu,uma mulher despreparada para um cargo desses.

Seu voto: Nenhum (1 voto)

Concordo. Vou votar na

Concordo.

Vou votar na situação para evitar o retrocesso que significa essa oposição. O brasil é grande demais para viver de desinformação e demagogia.

Realmente, a postura da Graça Foster naquela audiência não foi nem um tiro no pé, foi no peito do Getúlio novamente.

E é verdade, ideli, gleisi hoffmann... são muito fraquinhas.

Seu voto: Nenhum (4 votos)

PJ não VOTA!

O Jornalismo acabou e a eleição não tem fim!

Graça Foster

Sobre Ideli e Gleisi, bem que o Nelson Jobim avisou.... Ja sobre a Graça Foster, fiquei com a impressão de que "ha mais coisas entre o céu e a terra de que nossa vã filosofia possa decifrar neste momento."  Sera que ela continua a frente da Petrobras em um segundo mandato ? Dependendo da resposta, ja da para imaginar o que Graça Foster reprova a Gabrielli e Dilma apoia... 

Seu voto: Nenhum

Se incluir o STF

Se incluirmos as senhoras do STF, veremos que as indicações foram um lastima.

Sou da opinião de que as mulheres não são inferiores aos homens em nada, mas que as indicações para estes cargos,  feitas pela Dilma, foram equivocadas, isto é verdade.!  

Seu voto: Nenhum (4 votos)

julião

imagem de Motta Araujo
Motta Araujo

Não há termos de comparação

Não há termos de comparação entre o nivel profissional de Graça Forster, respeitada mundialmente no meio petrolifero e um mediocre como esse Gabrielli com um papo tão pobre e sem categoria, o que tem a ver o que a oposição vai fazer, segundo ele supõe, com os problemas ATUAIS da Petrobras? Um CEO de nivel internacional responderia de forma objetiva e não palanqueira, chinfrim, apelativa, se defendendo ao invocar " o que a oposição vai fazer", como ele sabe?

E porque qualquer oposição iria desmontar o pre-sal? Qual a logica dessa afirmação de porta de padaria?

Não é atoa que um tonto desses afundou a Petrobras, basta ter transferido a Divisão Financeira para Salvador só para engrossar sua candidatura a Governador, que não decolou porque Jacques Wagner sacou a mediocridade que jogaram no seu colo e pulou fora.

Graça Forster se sair da Petrobras seria contratada por qualquer das grandes petrolifera internacionais, ele não precisa de padrinhos para rer um cargo de executiva top, ela já é por seus proprios meritos.

Seu voto: Nenhum (3 votos)

E porque qualquer oposição iria desmontar o pre-sal?

Realmente essa informação do Gabriele era dispensável. Todos nós tomamos conhecimento da promessa do José Serra à embaixada dos EUA, de que imediatamente após ser eleito, ele e o PSDB, entregaria a exploração do Pré-Sal às Companhias Petroleiras internacionais. Esses tucanos são bandidos, tai o escândalo do trensalão em São Paulo, que envolve até o finado Mario Covas - que era tido como honesto, até esse caso vir à tona.

Seu voto: Nenhum (4 votos)
imagem de Motta Araujo
Motta Araujo

""Todos nós sabemos"" é

""Todos nós sabemos"" é piada. Uma conversa de Serra com o Embaixador americano, quando, como? Contaram para você? Esse tipo de assunto, se existisse, não se trata com o Embaixador e sim em Washington com o Secretario de Energia. mas é muita imaginação, é um negocio sem logica, depende do Congresso e não havia nada a ganar prometendo isso para os americanos, se fosse verdadeiro Serra negociaria depois de ser eleito e não antes.

Seu voto: Nenhum
imagem de Vivinha
Vivinha

Essa conversa do Serra com o

Essa conversa do Serra com o pessoal da Chevron já vazou há muito tempo, via Wikileaks. Tá por fora, hein?

Faça uma busca no "Tio Gúgol" !!!

Seu voto: Nenhum

Tu é muito pedante

Que arrrogância imbecilizante cara. Tu é o oba oba de tudo? Politicamente a Graça Foster foi um tiro no pé do PT. Achei até que ela era outra Hoplias malabaricus do pedaço.

Seu voto: Nenhum (3 votos)
imagem de Mauricio Jonas
Mauricio Jonas

Muito boa os esclarecimento

Muito boa os esclarecimento dado pelo ex-presidente da Petrobrás.

Seu voto: Nenhum (5 votos)
imagem de jns
jns

Vamo nessa Brasil!

 Carlos Barria, AP / Reuters POOL

 Carlos Barria, AP / Reuters POOL

 Carlos Barria, AP / Pool Reuters

Rússia & China, 20 de Maio de 2014

Seu voto: Nenhum (8 votos)

Comentar

O conteúdo deste campo é privado e não será exibido ao público.
CAPTCHA
Esta questão é para testar se você é um visitante humano e impedir submissões automatizadas por spam.